02 dezembro 2010

Coletiva da Nasa sobre vida extraterrestre é hoje!

A Nasa, a agência espacial americana, revelará nesta quinta feira uma descoberta que promete causar impacto na comunidade científica. A descoberta está relacionada à existência de vida extraterrestre. Em seu site oficial na web, a agência convocou uma entrevista coletiva para anunciar a revelação, adiantando se tratar de uma descoberta astrobiológica que afetará diretamente a pesquisa de vidas em outros planetas.

EXPECTATIVAS

O anúncio da coletiva deu início a uma série de especulações e teorias, sobretudo na internet. A versão mais provável é de que o anúncio seja relacionado a alguma descoberta da sonda Cassini, que desde 2004 estuda a órbita de Saturno, e recentemente recolheu amostras de oxigênio e dióxido de carbono na atmosfera de Réa, uma das maiores luas que orbitam o planeta.
Se a sonda Cassini constatar que a densa atmosfera das luas de Saturno possui os elementos químicos necessários para a proliferação de formas de vida, um grande passo terá sido dado em direção à descoberta de lugares habitáveis na Via Láctea, ainda que seja frustrante para a grande maioria dos conspiradores que esperam ansiosamente que a Nasa apresente seres extraterrestres na coletiva.

Entretanto, a expectativa não é em vão. É possível ter uma ideia do caráter "astrobiológico" da coletiva apenas analisando os nomes envolvidos no anúncio. Além da diretora do Programa Astrobiológico da Nasa, Mary Voytek, a oceanógrafa Felisa Wolf-Simon é responsável por diversas pesquisas sobre o uso de arsênico em processos de fotossíntese de algumas formas de vida, e sua implicação na evolução de espécies.

Em relação à proliferação da vida em lugares inóspitos, a geobiologista Pamela Conrad, do Centro Espacial Goddard da Nasa, também estará na coletiva e é responsável por um ensaio sobre a geologia e a hipótese de vida em Marte, publicado no ano passado. Outra pesquisa relacionada ao tema é a desenvolvida por um programa específico da Nasa, o "Follow the Elements" (algo como: Siga os elementos), que pesquisa elementos químicos necessários para a existência e evolução das mais variadas formas de vida. O programa também terá um representante na mesa, é o ecologista James Elser.

Completando a mesa, o quinto integrante que participará da coletiva é o biologista Steven Benner, um biologista especialista em evolução molecular que faz parte da equipe responsável por explorar Titã, a maior das 62 luas de Saturno. Benner também está envolvido na missão da sonda Cassini. Com a crise financeira atravessada pela NASA após o corte de verbas em grande parte de suas missões, especula-se também em blogs e sites que a coletiva seria a supervalorização de uma descoberta simples, e teria a intenção de chamar atenção para a importância de projetos desenvolvidos pela agência, como a própria pesquisa da sonda Cassini, e claro, a necessidade de maiores investimentos.

Jornalistas que já tiveram acesso ao documento que será divulgado na coletiva estão proibidos de comentar o assunto, mas uma dica já foi dada: é bom não criar tantas expectativas em relação a contatos imediatos de terceiro grau. (Alexandre Nascimento, DOL)

SERVIÇO

A coletiva acontece em Washington D.C., a partir das 16h no horário de Belém do Pará, e pode ser acompanhada ao vivo no endereço: http://www.nasa.gov/multimedia/nasatv/index.html

FONTE: http://diariodopara.diarioonline.com.br/N-120978-COLETIVA+DA+NASA+SOBRE+VIDA+EXTRATERRESTRE+E+HOJE.html

2 comentários:

  1. Legal Janinha, que sabe vou para Saturno, as vezes tenho a impressão de ter errado planeta.(Riso)
    Beijão,
    Gabí

    ResponderExcluir
  2. Excelente postagem, Janinha. melhor, impossível. Por coincidência, agora mesmo estava vendo um documentário sobre o assunto.

    Olha, desde quando eu me entendo de gente que eu tenho uma certeza íntima de que não estamos sós no universo. Vejo muitos documentários no Discovery Channel, History Channel, e outros. Já li inúmeros livros sobre o assunto, inclusive o do Projeto Blue Book, um dos mais famosos, com relatos impressionantes de avistamentos. Conheço muitas pessoas que já presenciaram fatos realmente estranhos acontecerem.

    Porque a vida se resumiria ao planeta Terra ? O que é a terra senão um pontinho de poeira na imensidão do universo ? Somos muito arrogantes em pensar que só existe vida aqui e vida inteligente aqui.

    Acho até que a terra foi colonizada. Somos parte de outro povo, que nos deixou aqui há muito tempo.

    Antes diziam que a terra era o centro do universo, depois descobriram que ela girava em torno do sol, depois afirmavam que nao existiam outros sistemas solares, já se descobriram dezenas ou centenas deles. Depois afirmaram que nao existiria água...ora, já encontraram água em várias partes. E por fim disseram que não existiria vida. Todos os MITOS estão caindo por terra, até o dia em que for confirmado que existe inclusve vida Inteligente, e que já estamos sendo visitados por milhares de anos.

    É que a humanidade precisou de muitos séculos para se preparar para esta realidade. Saber que pertencemos a uma realidade cósmica muito maior do que esse cantinho aqui.

    Ainda bem que surgiu Einstein para provar que o espaço e o tempo são formas diversas da mesma coisa. E que as últimas teorias apontam que para se viajar enormes distâncias, não precisaríamos de veículos próximos da velocidade da luz, mas apenas gerenciando a curva de espaço-tempo. Acabamos de descobrir isso, no primitivo estágio em que nos encontramos. Mas uma tecnologia muito avançada já aprendeu há milênios como isso funciona e construiu máquinas capazes de cruzar as imensas distâncias interestelares.

    Vou ficar de olho nesta coletiva da NASA. Sem dúvida, será histórica.

    Dihelson Mendonça

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.