04 outubro 2010

ELEIÇÕES:Crato Vai as Urnas Pensando Nos Futuros Eleitores-Por Wilson Bernardo.

Foi grande o numero de crianças acompanhado seus pais nas urnas cratenses. Exercer a precoce cidadania do voto, deveria ser incentivada pelos magistrados, pois aí se encontra o futuro eleitor, que irá modificar o peleguismo da grande maioria do eleitorado brasileiro. Em todas as crianças percebia-se em seus olhares, uma euforia, mesmo que pra eles aquilo fosse incompreensível. Mas é de criança que se forma o cidadão do futuro de uma nação tão viciada ao clientelismo. Por diversas vezes fui impedido de trabalhar, devido a mesários analfabetos funcionais, que não sabem ler porque não sabem interpretar o que se ler. É proibido sim, segundo a portaria do juizado eleitoral, fotografar dentro da cabine de votação, mas não dentro da seção ou da porta da seção, e eu fui por diversas vezes impedido de fazer o meu trabalho, fica aqui o meu protesto e espero que se corrijam senhores mesários não funcionais.

Olha só que segura de si, e no voto do pai
A mãe feliz com o sinal de positivo,da filha mais feliz ainda com o voto do seu futuro


Seguro do voto e seguro de um titulo a espera de se concretizar o futuro

Crianças brincam a espera dos pais,mas pensando em um futuro melhor politicamente
Detalhes do jogo,improvisando a bolinha com adesivos de candidatos que sujam a cidade

Flagrante de urna,e o compromisso de cidadania exercido
Olha só que felicidade,ainda impedem que crianças não acompanhem os pais,se é a lei?Esse País tem muitas leis não cumpridas e fichas sujas ainda na politica.

Wilson Bernardo (Texto & Fotografia)

2 comentários:

  1. Valeu pela excelente cobertura, Wilson,

    Como eu não tava a fim de bater boca com algum mesário burro, ou algum policial ignorante, deixei minha câmera em casa mesmo, pra não ter dor-de-cabeça. Apanhar da Polícia é possível aqui no Crato, lugar onde o impossível acontece, a gente tem que ter muito cuidado com a ignorância dos policiais.

    Outro dia eu ia saindo da eletrônica Charles e a polícia estava fazendo uma batida nuns caras com escolpetas na mão. Ao invés de eles me pedirem educadamente para eu desviar o rumo, e sair da calçada para me proteger de algum problema, o policial falou comigo como quem fala com uma mula. Eu fiquei tão chocado com aquilo que não falei nada, mas era pra ter tomado um aprovidência e ligado para o seu superior, que num instante resolveria.

    Muita gente reclama aqui no Crato da falta de EDUCAÇÃO da Polícia, e do despreparo que eles têm em não saber separar o Cidadão do Bandido.

    Afinal, Educação e PREPARO não ficaram pra todo mundo não. Deveriam tratar melhor as pessoas.

    Abraços,

    Dihelson Mendonça

    ResponderExcluir
  2. era só vc falar com hermam que com certeza o pouco que o conhecemos ele não concorda com tais atitudes.\\z

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.