10 junho 2010

Trem do Metrô do Cariri com problema - Reportagem: Antonio Vicelmo


Devido a paralisação de um dos trens, o trajeto entre o Crato e Juazeiro demorou um hora - ANTÔNIO VICELMO - Uma das máquinas foi retirada de circulação para manutenção. O trajeto foi feito apenas com uma composição

Crato. Depois de dez dias de operação comercial, um dos trens do Metrô do Cariri, que liga Crato à Juazeiro do Norte, apresentou problemas no sistema de freios. A máquina foi retirada de circulação para manutenção. O trajeto entre as duas cidades foi feito apenas com uma composição. Por isso, o tempo entre uma viagem e outra, que era de 30 minutos, aumentou para uma hora. Na manhã de ontem, a administração regional do Metrô ainda não tinha informações sobre a normalização do sistema. A operação comercial foi iniciada no dia 31 de maio, com a cobrança de passagens, depois de seis meses de operação assistida que teve como objetivo o treinamento do pessoal, o ajuste das composições e a adaptação dos passageiros ao novo sistema de transporte, que cobra apenas R$ 1,00 pela passagem. O sistema está funcionando de segunda à sexta, das 6 às 19 horas e aos sábados das 6 às 14 horas. São 46 viagens por dia de segunda a sexta-feira e 30 aos sábados. Nesta nova fase, estão operando sete estações: Crato, Padre Cícero, Muriti, São José, Antônio Vieira, Teatro e Juazeiro do Norte. A previsão é que a Estação Fátima fique pronta até o fim de junho. O percurso de 13 quilômetros está sendo feito em apenas 30 minutos. O trem demora 1 minuto nas estações intermediárias e 5 minutos nos terminais de Crato e Juazeiro.

Encontro

O encontro dos dois trens acontece na Estação São José, na divisa entre Crato e Juazeiro, onde foi instalado o parque de manobras. A manobra das duas composições é controlada por um sistema de comunicação. Com a manutenção de uma das máquinas, apenas um trem está fazendo o percurso.

Passageiros

No primeiro dia de funcionamento da operação comercial, foi registrada uma média de 12 passageiros por viagem, cerca de 550 usuários por dia, nos terminais de Crato e Juazeiro, nas 46 viagens. Este movimento de passageiros está sendo mantido nos dez primeiros dias. "O fluxo de passageiros está acima da expectativa", diz o assistente de operação do Metrô do Cariri, José Mauro Bezerra Aranha, lembrando que os passageiros ainda não estão habituados com os novos horários. A tendência, segundo Aranha, é aumentar a procura. A direção do Metrô do Cariri prevê um fluxo de 1.200 passageiros por dia. A aposentada Maria Sueli, que foi várias vezes a Juazeiro quando a passagem era grátis, voltou a utilizar o sistema de transporte em companhia de uma amiga. Sueli diz que a cobrança da passagem não vai alterar a preferência dos passageiros pelo trem que, segundo afirma, é mais seguro.

MAIS INFORMAÇÃO
Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos de Fortaleza. Rua 24 Maio, 60 Centro, Fortaleza - (85) 3101.71 15

Antônio Vicelmo
Repórter do Jornal Diário do Nordeste

Colaborador do Blog do Crato

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.