10 junho 2010

Não dêem rabo a nambu --- por Pedro Esmeraldo





Esta frase eu a ouvi pela primeira vez ser pronunciada por uma camponesa, moradora no Sitio São José neste município. Guardei-a em minha memória e agora passo a narra-la para o conhecimento dos apreciadores da filosofia matuta.
Em décadas passadas, havia um afro-descendente que se dizia esperto e trabalhador, vangloriava- se, de momento a momento, achando que era o maioral. Bisbilhoteiro contumaz, afirmava que era versátil em seu trabalho. Esnobava e dizia que venceria na vida sem ajuda de ninguém.
Os seus companheiros, não gostando de suas chatices, achavam ridículo as palavras exdruxulas que não expiravam nenhuma confiança. Apesar de inteligente, era completamente analfabeto, mas desempenhava bem as suas tarefas. Era sagaz e veloz no seu serviço. Era invejoso, pois tinha inveja do seus companheiros que melhoravam de vida. Salpicava conversas intolerantes, visto que se considerava o mais bem aquinhoado entre todos os seus colegas do sítio. Tinha um só pensamento, pois não tinha acordo com seus companheiros a não ser quando viesse em seu próprio benefício. Dizia que no futuro próximo seria rico sem ajuda de ninguém.
Um dia, não gostando da cozinheira do engenho do meu pai, inventou uma conversa caluniosa com essa mulher, queixando-se que estava sendo desprezado pela dita cuja. Meu pai, homem sério, gostava das coisas positivas, sem discriminação. Foi diretamente repreender a cozinheira dizendo para ela que todo mundo era igual e não aceitava discriminação.
A pobre mulher, muito ativa e com sutileza, olhou para o meu pai dizendo: "Seu Zé, não dê rabo a nambu, porque nambu não tem rabo". Meu pai, muito experiente, compreendeu logo a resposta daquela mulher que quer dizer: Não dê valor a quem não tem.
Nesse episódio, relato o caso de alguns políticos do Crato, principalmente os ex-prefeitos que deram total valor ao Distrito da Ponta da Serra, desprezando totalmente os outros distritos. Esse pequeno lugarejo foi bem aquinhoado por esses políticos de pensamentos curtos e obteve todos os melhoramentos provindo da cidade-mãe-Crato, tudo isto provocado pela causa inobservante desses prefeitos que viviam pela cata de votos, causando aborrecimento aos demais distritos como: Santa Fé e outros e ainda, prova-se que, no sítio São José, que é totalmente desprezado pela municipalidade o único melhoramento que recebeu foi o fechamento de uma escola que está ocupada por marginais.
Nesse caso, observa- se que esses prefeitos preferiram valorizar a quem não merece, visto que acarretou a maior fatia do desenvolvimento, deixando os outros distritos ao abandono. Isso é um desaforo e um desrespeito ao contribuinte que paga imposto e não vê os melhoramentos desejados.
Como cratense autêntico, tenho de gritar, com brados bem alto e ao mesmo tempo, reclamar a falta de credibilidade desse políticos urubus do poder legislativo estadual. Um deles, sendo filho adotivo do Crato, apareceu com grande desrespeito, tirando do Crato um grande património, merecedor de melhores condições sociais, educativos e saúde, dando um equilíbrio moral e corti atividade peculiar a nobre cidade do Crato.
Lembro que o pequeno município é considerado como uma ave de asa quebrada, pois não pode voar e vive se arrastando pelo chão, exposta ao predadores.
Convém notar que esse distrito, bem contemplado pelo poder público, devia por ser, perto da cidade do Crato, tranformar-se em bairro; pois é melhor para si e para a cidade do Crato.
Texto de Pedro Esmeraldo

8 comentários:

  1. A Nambu está furiosa, tem foto de codorniz ou perdiz,tomando o seu lugar. rsrsrsrsrsrsrsr
    Pedrador conhece a sua vítima de longe,

    ResponderExcluir
  2. Concordo plenamente com o artigo... Inclusive foi isso que defendi em outro artigo de temática semelhante e me disseram que eu estava errado.

    Se você, Pedro Esmeraldo, puder citar os motivos pelos quais o Crato sairá prejudicado com a emancipação de Ponta da Serra, por favor faça-o, pois seria bom para a população, já que vai haver um plebscito, saber o que mudaria tanto...

    Abraços

    ResponderExcluir
  3. É um puxa de um lado e outro puxa de outro. Que bom que temos essa disparidade de informações. Logo acima desta, tem uma que é A FAVOR da emancipação.

    O Pedrinho tá cumprindo aí o seu papel de bom cratense, na defesa do território da cidade.

    Abraços,

    DM

    ResponderExcluir
  4. Antonio ALTANEIRA fco: da rocha sp10 de junho de 2010 22:31

    mais o dono do artigo peca quando diz que os outros distritos estão abandonados . o que faz se por mais merecer a emanicipação de ponta da serra pra deixar de ficar pedindo esmola ao doutor de la de cima que muitas vezes só se lembra dos municípios com mais freqüência perto das eleição.é isso ai.

    ResponderExcluir
  5. Amigo Matheus , agradeço pelo seu interesse pelo tema. Veja sua resposta na matéria que postei, agora. Caso o amigo tenha interesse de se aprofundar no tema, diga-me seu e-mail, pois tenho vasto material a esse respeito, e te enviarei o maior prazer.
    Pode ficar tranquilo que o Crato não perderá nada com a emancipação de Ponta da Serra, ao contrário lucrará, pois, ele continuará na mesma faixa populacional para o cáLculo do rateio do ICMS.
    Gostaria que o amigo entendesse que um direito nosso de reivindicar a nossa emancipação política.
    Somos cratenses e vamos continuar amando o nosso Crato, só que já estamos grandinhos e queremos caminhar com as nossas próprias pernas. Isso é um direito natural, e para tanto, pedimos a todos os cratenses essa permissão.
    Mais uma vez te agradeço pelo interesse na discussão e te convido a conhecer um pouco do nosso movimento no EMANCIPALISTA, em um dos links do Http://blogdapontadaserra.blogspot.com
    Um forte abraço e espero que até outubro o amigo se decida em dizer SIM Á PONTA DA SERRA.

    ResponderExcluir
  6. Caro Antônio Correia,

    Pois é, como eu já havia dito, preciso me aprofundar sobre este tema. Se realmente não for encomodo enviar-me este e-mail, por favor envie.

    blacklottus2500@hotmail.com

    este é o meu endereço

    Caso eu fique convencido de que a emancipação do distrito não causará prejuízo ao Crato, tenha certeza que sua causa vai ganhar meu apoio.

    Abraços

    ResponderExcluir
  7. "Eita! Que isto tá muito bom, isto tá bom demais quem tá fora não entra e quem tá dentro não saiiiii"
    Eu amo todo este puxa daqui puxa de lá, porque nós menos " esclarecidos "
    saímos ganhando com isto, mas espero de todo interesse que seja muito bem entendido tudo para que tenhamos mais SIM pra minha AMADA PONTA DA SERRA. Afinal quero ir morar na minha CIDADE já emancipada, não aguento esperar mais um ano.
    Abraços pra todos.
    Maria Írismar Pereira ( Íris Reflete)

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.