14 maio 2010

PENSÃO A JOGADORES - Por: Hildeberto AQUINO


A que ponto chega a falta de comedimento e o aproveitamento político do Excelentíssimo Presidente da República que nega legítimos direitos aos aposentados - tornando-se o inimigo número 1 dos idosos - enquanto faz a farra politiqueira com o dinheiro público. Jogadores - que não são heróis, mas que são endeusados pela mídia, parte da qual sobrevive as custa desses - já são privilegiados pelos salários astronômicos, maioria das vezes incompatíveis com o seu talento e que por falta de controle de alguns, esbanjam desregradamente o que ganham e somos nós brasileiros que trabalhamos e contribuímos por décadas que vamos sustentar esses privilegiados. Essa é a ótica distorcida, oportunista e insensível de um político em franca campanha eleitoral. Além de R$100 mil a cada titular e reserva, ainda pleiteia um auxílio de R$3.416, como pensão. Um despautério inconcebível! Esperamos que o Congresso tenha discernimento e adote uma postura coerente rejeitando esse absurdo!

Hildeberto AQUINO
Corretor de Imóveis
Russas (CE)

Um comentário:

  1. Olá.

    Meu caro Hildeberto.
    Apesar de não conhece-lo sou da mesma opinião.
    Eu sou um dos tais "Aposentados" que estou sentindo o efeito dos aumentos do Governo, deste e dos anteriores.
    Já fiz uma retrospectiva do tempo que me aposentei (há treze anos).
    Se o meu "Aposento" acompanhasse o aume4nto do salário, hoje eu estaria numa bôa.
    E isto não está acontecendo.
    Quanto aos "Jogadores" se não estão bem hoje,com certeza é que talvez não souberam usufruir do tempo que estavam ativos.
    Há alguns anos atrás vi em uma reportagem que o famoso "Ronaldo" se ficasse impossibilitado de jogar teria um seguro de Cr$ 50.000 por mês.
    Isto sim é que é vida, e nós brasileiros é que pagamos o pato.
    Tenho dito...

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.