05 abril 2010

Terremoto mata duas pessoas no México; governo decreta estado de emergência


Nota: Agora é a vez do México ???
- 7.2 graus

O governador do estado mexicano da Baixa Califórnia, José Guadalupe Osuna, decretou na madrugada desta segunda-feira estado de emergência em Mexicali, a cidade mais afetada pelo terremoto de 7,2 graus de magnitude que atingiu o país na tarde de ontem. Ao menos duas pessoas morreram em Mexicali. De acordo com o diretor da Defesa Civil da Baixa Califórnia, Alfredo Escobedo, uma das vítimas morreu com a queda de uma casa no Vale de Mexicali, a 18 quilômetros de onde foi o epicentro do tremor. O outro homem teria morrido após sair correndo da sua casa, em pânico por causa do tremor, ser atropelado por um carro que passava na rua. "Ao menos outras 100 pessoas estão feridas", disse Escobedo.

Cerca de 20 tremores secundários foram sentidos na cidade após o terremoto principal.

Segundo Escobedo, problemas com as linhas telefônicas e o corte na energia elétrica dificultam a difusão de informação sobre os danos, sobretudo em Mexicali, cidade de 1,2 milhão de habitantes. A falta de luz elétrica deve permanecer pelas próximas 14 horas, segundo o diretor. Com a falta de luz, cerca de 300 pacientes tiveram de ser transferidos do Hospital Geral de Mexicali para clínicas particulares que permanecem funcionando a base de geradores elétricos. Segundo Escobedo, esses equipamentos não devem suportar muitas horas e ele acredita que será necessários transferir os pacientes para clínicas de outras cidades.

Rosendo Garcia, 44, disse que estava levando sua filha para casa quando sentiu o tremor. "Eu senti como se estivesse dentro de uma canoa no meio do oceano", disse à agência de notícias Associated Press. Em Tijuana, o terremoto balançou alguns prédios e causou o corte de energia em algumas áreas. Segundo a Associated Press, moradores dos prédios saíram correndo em direção às ruas após o tremor.

Impacto nos EUA

Segundo a agência de notícias Associated Press, o impacto pôde ser sentido nas cidades americanas de Los Angeles, San Diego e Palm Springs, além de Phoenix, no Estado do Arizona.

Ainda de acordo com a agência, a região tem sido atingida por tremores de magnitude 3,0 durante toda a semana. Impactos do terremoto foram sentidos até a cidade de Santa Bárbara, na Califórnia, informou Susan Potter, sismóloga do USGS.

Mais de 160 km a oeste do epicentro do tremor, em San Diego, os hoteis Sheraton e Marina foram esvaziados após rachaduras pequenas aparecerem no chão, segundo o porta voz dos bombeiros, Maurice Luque. Porém, todos os hóspedes já puderam retornar.

Susan Warmbier estava guardando suas compras no subúrbio de San Diego, quando o marido perguntou, "A casa está mexendo?". Ela contou a agência Associated Press que realmente era possível ver a casa movendo para esquerda e para a direita. Em outras áreas de San Diego houve relatos de vidros quebrados e de rompimento de canos de água nos edifícios, porém não há feridos, informou o corpo de bombeiros. Jacqueline Land, que mora no segundo andar de um edifício em Phoenix, disse que sua cama de casal parecia um barco navegando pelo mar. O tremor também foi sentido em Las Vegas, porém não há relatos de danos nem feridos, segundo informações dos bombeiros. Houve relatos de tremor no sul da Califórnia. O terremoto sacudiu prédios na parte oeste de Los Angeles e em San Fernando Valley. Houve queda de energia por alguns minutos, segundo o departamento de polícia local. Não há registro de feridos.

Fonte: Folha OnLine
Foto: BBC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.