12 abril 2010

MST ocupa dois engenhos e uma fazendo em Pernambuco

Cerca de 580 famílias ligadas ao MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) ocuparam na madrugada deste domingo (11) dois engenhos de cana e uma fazenda em três municípios de Pernambuco. Em Tacaratu, a fazenda Salgadinho foi ocupada por 350 famílias. No município de Moreno, outras 130 famílias ocuparam o engenho Poço de Anta e, em Maraial, 100 famílias ocuparam o engenho São Salvador. De acordo com a assessoria do MST, o engenho São Salvador possui cerca de 700 hectares. O MST informou que não sabe o tamanho das duas outras áreas. As famílias pretendem permanecer no local até que o Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) termine a vistoria do local.

A ocupação deu início à Jornada Nacional da Luta pela Reforma Agrária em São Paulo, que acontece em vários Estados e lembra os 14 anos da morte dos 19 trabalhadores rurais em Eldorado dos Carajás (PA), em 17 de abril de 1996. A assessoria do movimento informou que jornada vai até o dia 23 de abril e que, até lá, devem ocorrer outras 25 ocupações. O MST exige o assentamento das 90 mil famílias acampadas em todo o país, a atualização dos índices de produtividade, garantia de recursos para as desapropriações de terras e investimentos públicos nos assentamentos.

Fonte: Folha de São Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.