05 abril 2010

GAROTA DE IRACEMA - POR XICO BIZERRA

Na segunda, lamentávamos que o domingo próximo estivesse muito distante e torcíamos para que ele fosse tão bom quanto fora o anterior. Toda a turma que frequentava a Praia de Iracema concordava que Vinícius cometera um erro de digitação na letra de sua cantiga, trocando Iracema por Ipanema, em louvor àquela Garota.
A de Iracema, essa sim, ‘era a coisa mais linda, mais cheia de graça’ e, tenho certeza, ria e passava a caminho do mar com muito mais elegância que a sua colega, a de Ipanema. Ainda que de longe, ainda que sem chances, era bom olhá-la, admirá-la, ‘babar’.
Até que o filho da Chevrolet – assim o chamávamos por ser o seu pai o maior revendedor GM da região, à época – com ela casou, privando-nos de sua beleza, desensolarando nossas fantasias. Nossa praia de sonhos não mais se encheu de graça. Nublaram-se os domingos.
Xico Bizerra.

Um comentário:

  1. “IRACEMA – (lábios de mel) – índia da tribo dos tabajaras, filha de Araquém, velho pajé; era uma espécie de vestal (no sentido de ter a sua virgindade consagrada à divindade) por guardar o segredo de Jurema (bebida mágica utilizada nos rituais religiosos); anagrama de América”.
    Jose de Alencar.

    Garota de Ipanema - Vinicius e sua bela criação.

    Garota de Iracema, Xico Bizerra e sua imaginação prodigiosa.

    Salve os tres. Parabens Xico.

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.