04 março 2010

Você tem R$ 418,42? Então abra sua igreja e fique milionário - Por: Samuel P. Teles


Você sabia que com apenas R$418,42 é possível abrir uma igreja? Pois é, com pouco mais de 418 reais, você já fica livre de impostos e pode fundar a sua própria religião e o melhor, sem a necessidade de nenhum tipo de comprovação e muito pouca burocracia, é o que descobriu e divulgou Hélio Schwartsman, da Folha.

Para a criação da igreja, não é necessário possuir nenhum fundamento histórico ou teológico, nem ter seguidores, é só registrar a assembléia de fundação e o estatuto social em um cartório, pagar as taxas que somam R$418,42 e esperar cerca de 5 dias úteis. E não se preocupe, o governo não pode lhe negar esse “benefício”, pois conforme o primeiro parágrafo do artigo 44 do Código Civil: “São livres a criação, a organização, a estruturação interna e o funcionamento das organizações religiosas, sendo vedado ao poder público negar-lhes reconhecimento ou registro dos atos constitutivos e necessários ao seu funcionamento“.

A grande vantagem na criação de uma igreja é a total dispensa do pagamento de impostos, como IOF, IPTU, IPVA, ISS, o demoníaco Imposto de Renda, além de ICMS em alguns estados. Claro que também tem alguns outros benefícios interessantes, como a garantia de cela especial para líderes religiosos em caso de prisão (lembrando que pessoas com ensino superior não tem mais esse direito, só líderes religiosos e políticos mantêm esse benefício), além de dispensa militar e claro a polêmica cobrança de dizimo.

Só para constar, Hélio Schwartsman e a equipe de articulistas da Folha, durante esta pesquisa criaram a Igreja Heliocêntrica do Sagrado EvangÉlio, uma instituição com CNPJ que os permitiu abrir uma conta bancária e realizar aplicações financeiras livres de imposto de renda.

Claro que não estamos alegando que existem por aí igrejas e religiões que abusam da fé de seus fiéis para lucrar (sim, estamos), nem que algumas instituições usam destes benefícios para lavar dinheiro, tirar vantagem ou manter suas mega-emissoras de televisão, apenas estamos apontando que esta possibilidade existe, é simples e amparada por lei.

Afinal, se a lei garante que criemos a nossa própria igreja, sem grande custo ou burocracia, para explorar a fé de um povo desamparado, lavar dinheiro, burlar todo o tipo de imposto (que por acaso, muitos são abusivos e mau empregados), adquirir bens e o status próximo a de um político, como condenar tantos que fazem isso por aí ? Eles são apoiados pelo governo oras!

Enfim, preparamos este texto para informá-los que estamos angariando fundos e fiéis seguidores para fundarmos a “Santíssima Igreja Modernista do Pai Google“, pois acreditamos que só Google pode apontar o real caminho da salvação e só Ele, Google, tem todas as respostas em um universo de caos. Se junte a nós no iluminado quartel da salvação.

Oremos, irmãos!

Fonte: QGnet.com.br

Por: Samuel P. Teles

Um comentário:

  1. Essa informação é muito útil ou Inútil. Espero que os espertalhões de plantão não a tenham por base para abrirem mais uma Igreja no Brasil.

    Aliás, uma estatística interessante seria alguém dizer quantas Igrejas novas são abertas todos os dias no Brasil.

    PEÇO que este tópico nunca seja direcionado para atacar nem defender ESSA ou AQUELA Igreja. Enquanto estamos dialogando no mundo dos números e fatos, estaremos bem.

    Abraços,

    DM

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.