26 março 2010

Homenagem a Dr. Ossian de Alencar Araripe - Missa de 3 anos do seu Falecimento - Por: Dihelson Mendonça


Um Ilustre Cratense

"Há exatamente 3 anos, no dia 26 de Março de 2007, falecia vítima de uma das grandes tragédias acontecidas recentemente no Ceará, em lamentável incêndio em plena Avenida Beira-Mar em Fortaleza, o ilustre político Cratense, Dr. Ossian de Alencar Araripe, que foi prefeito do Crato, de 1955 a 1959 pela UDN, e chegou a exercer nada menos do que seis mandatos de deputado federal (1963-87) e ainda presidiu a ARENA (Aliança Renovadora Nacional) . A lista de benefícios que o Dr. Ossian Araripe trouxe para o Crato é incomensurável, tendo suas qualidades reconhecidas até por seus opositores. Amado pelo seu povo, certamente sua imagem permanecerá gravada para sempre no coração de todos os Cratenses de boa índole, e perpetuada através das inúmeras homenagens que lhe são conferidas todos os anos, bem como através do nome de um Bairro Inteiro na nossa cidade, merecidamente.

Pai do não menos ilustre e atual prefeito do Crato, Dr. Samuel Vilar de Alencar Araripe, que percorre os mesmos caminhos trilhados, Dr. Ossian Araripe pertence à linhagem dos grandes homens que construíram a história viva do Crato, ao lado de Alexandre Arraes, Pedro Felício Cavalcante, J. de Figueiredo Filho e tantos outros que com seu suor e suas lágrimas, souberam escrever o nome do Crato nos quadros do futuro, deixando a semente para que nós possamos hoje, colher os frutos e olharmos para esta geração e as próximas, com a certeza de que trilhamos os rumos do desenvolvimento, porque nossos antepassados souberam cumprir seus deveres, e aquilo que o povo esperou deles. Ouso afirmar que se o Crato teve na metade do século XX e posteriormente, um período Áureo em que a cidade se tornou o real Pólo de desenvolvimento e referência nas Artes, na Cultura, nas Letras do Cariri, certamente que se deve a ter existido esses grandes cidadãos que com a força do seu trabalho, souberam impulsionar o Crato nos rumos do desenvolvimento, da Liderança e do Progresso. Porque imbuídos daquilo que todos nós temos de melhor: O Patriotismo e o Amor às grandes causas, não se deixaram abater diante dos obstáculos da vida, e se tornaram vencedores. Que essa luta, essa garra e essa fibra possam servir-nos de farol a guiar esta e as futuras gerações para que assim como Dr. Ossian de Alencar Araripe, possamos imprimir nosso próprio nome nos caminhos indefinidos do futuro, assegurando-nos para o Crato, que tanto precisa, a senda do desenvolvimento e de melhores dias para todo o seu povo.

Hoje eu desejo os pêsames à família enlutada de Dr. Ossian Araripe, pelo aniversário do lamentável incidente que lhe tirou a vida. Mas ao mesmo tempo, sabemos que certamente, no Céu ou no Olimpo, no lugar reservado aos grandes heróis, há um espaço especial, dedicado ao Dr. Ossian e a tantos outros que merecem estar neste pé de igualdade, por promover o justo reconhecimento que o Crato mereceu e merece diante das cidades mais desenvolvidas do Brasil. Que este nobre cidadão que carrega consigo até no nome e no seu coração o verde da Chapada do Araripe, possa vislumbrá-la de longe e provar dos frutos que hoje são colhidos, porque ele soube plantar, para que nós outros, hoje, possamos colher e compartilhar com todo o nosso povo da mesma felicidade, da alegria e do entusiasmo que o guiaram sempre, na luta por um mundo melhor."

Por: Dihelson Mendonça
ADMINISTRADOR DO BLOG DO CRATO
www.blogdocrato.com


Conheça mais

Ossian de Alencar Araripe nasceu em 29 de setembro de 1923, na cidade do Crato, fez curso científico no Liceu do Ceará e se formou em Direito pela Universidade Federal do Ceará, em 08 de setembro de 1948. Ossian Araripe foi prefeito do Crato (1955-59) pela velha UDN. Exerceu seis mandatos de deputado federal (1963-87) e presidiu a Arena (Aliança Renovadora Nacional. Em 2006, Ossian Araripe foi homenageado pela Prefeitura do Crato com o troféu da Corrida de São Sebastião por suas realizações pelo esporte cratense e com o troféu Excelência 2005 pela criação da antiga Guarda Municipal. Na ocasião, o homenageado registrou o exemplo de trabalho e de família, e que ficava feliz em ter ao seu lado seus pais, seus maiores exemplos de vida, e fez um chamamento a que o povo do Crato busque a consolidação do Crato como uma cidade em desenvolvimento, em busca de seu espaço na política cearense. É pai do atual prefeito do Crato, Samuel Araripe.

A missa de Dr. Ossian Araripe acontecereu ontem, dia 26, às 17 horas, na Capela do lameiro.

12 comentários:

  1. Caro Dihelson:

    Apenas uma correção a sua excelente matéria. Ossian de Alencar Araripe foi deputado federal de 1963 a 1987.
    O resto está impecável.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pela correção, Armando! Estarei consertando esse erro agora mesmo no texto. Que bom que vc fez uma revisão. Eu estava mesmo preocupado com algumas datas, pois consultei depois o Samuel, e ele me disse que o Dr. Ossian foi prefeito de 1954 a 1958, mas se vc atesta que foi de 1955 a 1959 sem apontar um erro, então tá certo, ok?

    Abraços,
    Obrigado.

    Dihelson Mendonça

    ResponderExcluir
  3. Prezado Armando Rafael,

    Terá sido só COINCIDÊNCIA o fato de exatamente neste período, 1963 a 1987, ter se iniciado e se perpetuado a decadência política e econômica do nosso Crato?

    Ou foi coisa da ditadura militar?

    Mas, como alguém sendo presidente da UDN, depois ARENA, que deu todo suporte político ao regime militar, permitiu que isso viesse a acontecer com o nosso município?

    Quais foram os determiantes da decadência política, econômica e cultural do nosso município?

    ResponderExcluir
  4. Prezado Dihelson,

    Está do seu texto:

    "A lista de benefícios que o Dr. Ossian Araripe trouxe para o Crato é incomensurável,"

    Eu lhe pergunto:

    Você poderia enumerar alguns benefícios desta, que você diz ser "incomensurável", lista?

    ResponderExcluir
  5. Já inventaram hemodiálise para limpar o sangue poluído das pessoas, que o nosso excelentíssimo Dr. Valdetário faz 3 vezes por semana. Entretanto, não inventaram ainda nenhum processo químico que limpe a cabeça das pessoas da inveja e da falta de Bom Senso.

    A pessoa que fala muito, cedo ou tarde, acaba falando uma besteira muito grande e arrumando encrencas. É o que faz aí o Dr. Valdetário, conhecidíssimo criador de confusões na cidade do Crato. Atira pra todo lado, destilando o seu ódio e o seu descontentamento, pelo fato de o Crato nunca ter lhe confiado sequer um mandato, ficando sempre no último lugar. É uma espécie de Rubinho Barrichelo da Política Cratense.

    O comentário do Dr. Valdetário é muito infeliz, de extrema maldade e mentira para com alguém que muito fez pela nossa cidade e não pode se defender. E mais ainda, quando vem comentar aqui, num local que é para ser uma homenagem a este grande político que fez muito pelo Crato e faleceu num trágico incêndio.

    No período em que Ossian Araripe foi deputado, o Crato atingiu exatamente seu período de maior destaque no cenário local e Nacional, e a sua saída da política coincide exatamente com o início da decadência do Crato. A lista de serviços prestados ao Crato pelo Dr. Ossian é tão grande em 6 legislaturas que exigiria uma página do Blog inteira para relatar, e irei fazer isso posteriormente, mas quero aqui lembrar apenas as pessoas que lhe são gratas pelas milhares de bolsas de estudo que ele conseguiu inclusive da sua cota e da cota dos colegas deputados de outros estados para que os Cratenses pudessem estudar e se formarem e brilharem no que são hoje.

    Dr. Valdetário, o que foi que o Sr. Já fez pela vida pública do Crato seriamente, ( sem falar da vida de qualquer médico ), além do fato de CRIAR CONFUSÃO com as pessoas desta cidade ?

    Respeite para ser Respeitado!

    Dihelson Mendonça

    ResponderExcluir
  6. Dr.Valdetário:

    A rigor seus questionamentos deveriam ter sido dirigidos a quem postou a matéria.
    Eu apenas retifiquei – num comentário - os anos do exercício do mandato de deputado federal do Dr. Ossian.
    Mas, em atenção a sua pessoa, responderei.
    Acho que é muito discutível essa propalada “decadência” de Crato
    Na minha ótica o Crato vem crescendo. Não no ritmo de Juazeiro do Norte que é um crescimento vertiginoso. Fora do comum. Igual a Juazeiro do Norte só vamos encontrar crescimento igual em Imperatriz (MA), Palmas (TO) e Petrolina (PE).
    O Sr. afirma peremptoriamente:
    “exatamente neste período, 1963 a 1987, ter se iniciado e se perpetuado a decadência política e econômica do nosso Crato?”

    ResponderExcluir
  7. – 2 –
    ECONOMIA/EDUCAÇÃO
    Já que o Sr. PERIODIZA essa “decadência”, gostaria de lembrar ao Sr. que foi na década 60 que o Crato ganhou suas primeiras faculdades (Filosofia e Economia); foi nos anos 60 que o Governo Federal destinava muitas verbas para a Fundação Padre Ibiapina, pertencente à Diocese de Crato (responsável pela implantação dos primeiros sindicatos dos trabalhadores rurais no Cariri; por muitos melhoramentos no mais importante hospital da região: o são Francisco de Assis; na criação do ginásio Madre Ana Couto; na Empresa Gráfica Ltda (que imprimia o mais importante jornal da região; “A Ação”) etc.etc.
    Foi na década 80 que o Governo Federal criou as agências da Caixa Econômica e BNB de Crato; criou o Colégio Agrícola. E de lá para cá nunca mais nenhum empreendimento federal veio para Crato.
    Já na década 80, o Governo do Ceará criou a URCA com sede em Crato.

    ResponderExcluir
  8. – 3 –
    Sobre a POLÍTICA.
    Um cratense, na década 60, era o vice-governador do Ceará (Wilson Gonçalves) que depois foi Senador por 16 anos e terminou sua vida pública como Ministro do Tribunal Federal de Recursos. O Crato tinha um deputado Federal (Ossian Araripe) e dois estaduais (Kleber Callou e Derval Peixoto. Depois o Dr. Raimundo Bezerra foi deputado estadual e federal).
    O Crato recebia visitas dos presidentes da República e ministros de estado.
    Então não vejo essa alardeada decadência nos anos 60 a 80.
    Decadência vejo hoje, pois até o Campus da UFC que estava destinado a Crato, o atual governo federal levou para Juazeiro do Norte.
    A URCA com 24 anos tem apenas 16 cursos. O Campus da UFC-Cariri com apenas 4 anos caminha para funcionar com 10 cursos.
    Nesta proporção...
    Enfim, com o devido respeito, peço que cite uma ÚNICA OBRA do atual governo federal que está sendo feita em Crato (Bolsa-esmola não vale). Se o Sr. citar eu darei a mão à palmatória, pois tenho humildade para aceitar a verdade.
    Já em Juazeiro do Norte e Missão Velha existem obras federais.
    O presidente Lula em seus dois períodos de governo NUNCA veio a Crato. A Juazeiro ele – pelo menos no Aeroporto e para inaugurar o Campus da UFC já veio várias vezes. Bom lembrar que FHC veio a Crato 2 vezes: lançar a Área de Proteção Ambiental (APA-Araripe) em solenidade no Serrano e inaugurar a Grendene.

    É isso aí caro Dr. Valdetário.
    Caso eu esteja errado, por favor me corrija.
    Não ficarei chateado. Agradecerei pela(s) correção(es)

    ResponderExcluir
  9. É incrível como o Dr. valdetário tem a capacidade de criar confusão com todas as pessoas. Ele está atirando agora pra todo lado, como uma metralhadora enloquecida. Atira no Governo Municipal, Atira na história da cidade, e noutro tópico, atira até na Igreja, tendo o Océlio lá para defender. Ele só não atira no Lula, pelo contrário, quer sempre justificar os desmandos desse governo, querendo tapar o sol com uma peneira grossa.

    Sei não...

    O Armando nos trouxe dados valiosíssimos que eu conheço e todo mundo dentro do Crato sabe que é verdade. Que basicamente TODO o progresso da era áurea do Crato, ocorreu nas décadas de 50, 60, 70 e até 80. Nos anos 90, é que veio uma decadência brutal na nossa cidade, uma espécie de Marasmo que tomou conta daqui, com Prefeitos que não fizeram quase nada e uma falta de representantes na esfera Federal. Inclusive, a questão que sempre defendo é que Não foi o Juazeiro que cresceu tanto. Cresceu, é verdade, mas o problema está que o Crato se acomodou. Faltaram homens exatamente do meio da década de 80 até 2004 no fim trágico da administração Walter Peixoto, que pouco desenvouveu.

    Tudo que o Armando disse aí é a mais absoluta verdade, só não vê quem é cego, ou quem quer deturpar as coisas.

    Dihelson Mendonça

    ResponderExcluir
  10. Calma Dihelson,

    Você se irrita muito facilmente. Cadê a tão necessária "tolerância"? Afinal, o Blog deve ser um espaço democrático. Não acho correto o administrador de um órgão de comunicação está agredindo as pessoas de forma gratuita, nem também está assumindo lados. Acho que o seu papel deve ser o de mediador nos embates.

    Por que a fúria? Faça como o Armando Rafael, que sabe dizer as verdades dele de forma educada e elegante.

    Muito freqüentemente você fala nessa questão da hemodiálise, já está "cheirando" a preconceito. A HD é apenas mais uma forma de tratamento. Só isso, uma maneira de manter algumas pessoas com o divino direito à vida. Não mexe, nem poderia ser assim, com os princípios das mesmas. Se há alguma cabeça precisando de alguma limpeza, com certeza, não é a minha.

    Também não é verdade que sou “criador de confusão” como afirma o senhor; apenas exponho os meus sentimentos de forma límpida, sem máscaras, sem rodeios. Se isso não lhe agrada, talvez seja porque você aja de forma diferente. Mas se os meios comentários estão lhe fazendo mal, é muito fácil fechar a ferida; afinal, você é detentor das senhas.

    E quando você diz: “destilando o seu ódio e o seu descontentamento, pelo fato de o Crato nunca ter lhe confiado sequer um mandato, ficando sempre no último lugar.” Você está apenas sendo deselegante além de faltar com a verdade. Durante minha vida política disputei apenas 2 pleitos eletivos: ganhei um e perdi outro. Aliás, quem perdeu foi o Crato.

    O saudoso Pedro Felício Cavalcante foi, na minha compreensão, o maior Prefeito do Crato de todos os tempos, entretanto, perdeu as 4 primeiras eleições. O mesmo aconteceu com o Presidente Lula, que também passará para a história, querendo ou não você, como o maior de todos os nossos Presidentes. Assim, espero que DEUS me permita viver, com ou sem hemodiálise, para também chegar lá. Sem nenhum ódio no coração.

    Não é bem isso que o povo da Crato acha sobre o período em que se iniciou, lamentavelmente, a nossa decadência. Mesmo assim, ficarei no aguardo da sua listagem.

    Quando fui vereador cumpri com muito esmero o meu mandato, inclusive denunciando com provas documentais um esquema de desvio de dinheiro público que há muito tempo vinha sangrando os cofres públicos. Isso pode ser pouco para alguns; mas pra mim já justificava o meu mandato. Fizemos muitas outras coisas, inclusive criamos a Medalha Eloi Teles de Morais de incentivo às pessoas que se dedicam à cultura do nosso município. Acho, inclusive, que você é merecedor desta comenda, verdadeiramente.

    Fizemos muitas Audiências Públicas tratando de muitos interesses da nossa cidade. Apresentamos e vimos aprovados vários projetos de lei que beneficiam a comunidade. Conseguimos implantar o “Orçamento Participativo” em nosso município. Foram os vereadores do PT que acionamos a Justiça para que o prefeito da época realizasse concurso público para admissão legal e democrática dos funcionários públicos municipais. Muitas outras ações foram praticadas. Inegável que no nosso mandato, não por coincidência, a CMC tinha vida, havia efevercência política; diferentemente das que nos sucederam. Isso sem contar que éramos vereadores de OPOSIÇÃO.

    Já que você me perguntou, eu também gostaria de lhe indagar: O senhor acha que é função do vereador, EXECUTAR? O senhor acha, verdadeiramente, que é justo cobrar de um político que ainda não assumiu o cargo maior no
    executivo?

    Terminarei meu comentário da mesma forma que iniciei: Calma Dihelson!

    ResponderExcluir
  11. Dr. Valdetário começou uma Agressão GRATÚITA contra uma pessoa que já faleceu e que fez muito pelo Crato. Um fato deplorável para uma pessoa que se diz pública...

    Valdetário, não é atacando um homem morto que não tem condições de se defender, que o Senhor vai poder crescer politicamente no Crato, mas deixando obras duradouras, para um povo que o ama, que o respeita e que o conhece. A História está aí para mostrar o que Ossian de Alencar Araripe fez pelo Crato. E o Senhor ? O que já fez?

    Agora, responda sobre a lista de empreendimentos que o Prof. Armando Rafael apresentou sobre os anos apontados, que põe por terra a sua própria acusação contra o Ossian Araripe e o Crato dos anos 60, 70 e 80, ou não responda. E assim nós saberemos se há ou não apenas mais um caluniador a levantar acusações infundadas contra pessoas de bem.

    Isso que você iniciou, é muito Feio!

    Dihelson Mendonça

    ResponderExcluir
  12. Este tópico é para ser uma homenagem a um homem de bem, que fez muito pelo Crato e que exatamente no aniversário da sua morte, em plenas homenagens feita pelos amigos, não merece ter sua honra enlameada por um "qualquer" que nunca foi eleito pra nada nesta cidade.

    Este tópico estará fechado para novos comentários, e fica prevalecendo a nossa sincera e justa homenagem ao Dr. Ossian de Alencar Araripe, um homem que contribuiu sobremaneira para o desenvolvimento do Crato em 6 legislaturas de Deputado federal e uma como Prefeito do Crato.

    Parabéns, Dr. Ossian Araripe, e nossa solidariedade à família enlutada.

    Dihelson Mendonça

    ResponderExcluir