13 janeiro 2010

MARIA ALICE VAI Á ESCOLA por JOÃO MARNI DE FIGUEIRÊDO

Nossa neta Maria Alice, de apenas dois anos e três meses, pela razões habituais - os pais trabalham, os avós também, e boas babás são raras e em extinção, como as ararinhas azuis -, precisa ficar pelo menos um expediente na escola. Já sabemos o que acontecerá: gripes mais frequentes, sarna, varicela, piolhos, conjuntivite... E muitas orações para que não adquira coisas piores! Sim, porque há famílias que levam seus filhos doentes para o colégio,como se não tivessem nada com isso.

Passará a conviver com pessoinhas pequeninas que nem ela, porém com toda a expressividade de seus traços familiares, numa babel de comportamentos e costumes. Terá coleguinhas carinhosos e simpáticos, outros tanto tímidos ou tristonhos, haverá os egoístas que não partilham nada mas querem tudo, e alguns se mostrarão vorazes feitos formigas vermelhas, da roça, "cortadeiras", que deixarão marcas em seu espírito compassivo e em seu corpinho imaculado.

De certa forma, meio a contra gosto, entendo que, a exemplo dos animais que nascem já com o instinto de correr fugindo dos predadores (alguns têm até veneno!), precisamos desde cedo aprender rapidamente os recados e lições da vida.

Maria Alice, esperamos que tenha a sorte de seus colegas tendo você como coleguinha e a felicidade de conviver com uma professora maternal,amiga, que sai de casa alegre e contente pela estrada afora, como Chapeuzinho, que tenha capacidade de amar porque sabe ouvir a todos, de aconselhar, de saber compreender com sabedoria e afeto. Pois é sabido que um único grito pode encher o espaço (a sala) de medo, desfazendo o sorriso e a confiança dos pequeninos. A escuta e o trato com o coração, compôem um bom colo para uma criança se assentar...

Seja feliz, meu amor!

Vô João e Vó Fatima

Um comentário:

  1. Que lindo, João Marni!

    Que fique aqui registrado nessa nave que ruma para o futuro, esse seu belo depoimento, que desejamos possa ser lido daqui a 10 gerações ou mais no tempo infinito e indefinido.

    Abraços,

    Dihelson Mendonça

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.