xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 30/12/2009 | Blog do Crato
.

VÍDEO - ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Prefeito do Crato é escolhido um dos melhores prefeitos do Ceará pela PPE Eventos, em Fortaleza. ( 09-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

30 dezembro 2009

MENSAGEM PARA VOCÊ REFLETIR - Por Maria Otilia

Pagando três vezes pela mesma coisa

Conta uma lenda da região do Punjab que um ladrão entrou numa fazenda e roubou duzentas cebolas. Antes de conseguir fugir, foi preso pelo dono do lugar, que o levou diante do juiz. O magistrado pronunciou a sentença: pagar dez moedas de ouro. Mas o homem alegou que era uma multa muito alta, e o juiz, então, resolveu oferecer-lhe mais duas alternativas; receber vinte chibatadas ou comer as duzentas cebolas. O ladrão resolveu comer as duzentas cebolas. Quando chegou na vigésima-quinta, seus olhos estavam inchados de tanto chorar e o estômago queimava como o fogo do inferno. Como ainda faltavam 175, e viu que não aguentaria o castigo, ele pediu para receber as vinte chibatadas. O juiz concordou. Quando o chicote bateu em suas costas pela décima vez, ele implorou para que parassem de castigá-lo, porque não suportava a dor. O pedido foi obedecido, mas o ladrão teve que pagar as dez moedas de ouro.

– Se você aceitasse a multa, teria evitado comer as cebolas e não sofreria com o chicote – disse o juiz. – Mas preferiu o caminho mais difícil, sem entender que, quando se faz algo errado, é melhor pagar logo e esquecer o assunto.

Que neste ano de 2010 busquemos mais a sabedoria, o bom senso, a solidariedade, mais ousadia, mais confiança no ser humano

FELIZ ANO NOVO !
Texto de Paulo Coelho - Postado por Maria Otilia

Aeroporto Internacional de Jericoacoara



O Jornal O POVO/ Fortaleza publicou, na edição de 26 de dezembro, carta de um leitor questionando o Aeroporto de Jericoacoara. Confiara o texto e dê sua opinião:

Aeroporto Internacional em Jericoacoara

O turismo foi identificado como uma grande oportunidade para a economia do Ceará. Virou credo e verdade absoluta. Mesmo assim, fiquei assustado com a notícia da construção de um aeroporto internacional em Jericoacoara. Que chique! Será gasto algo em torno de 50 milhões de reais. Até prova em contrário trata-se um grande desperdício. Deve ser brincadeira!... Internacional? Pensei, será que essa notícia não está errada?

O Governo do Estado sabe o que é um aeroporto internacional? Qual a infra-estrutura necessária para a sua manutenção? Quantos aviões "internacionais" pousarão em dita praia? Que estudo foi realizado sobre a viabilidade? Meu Deus! Estão brincando com o dinheiro público... Nada que uma estrada bem pavimentada não possa resolver, até beneficiando todo mundo... Ou mesmo uma pista de pouso, simples e segura.

Aqui mesmo, parte internacional do Aeroporto internacional de Fortaleza, tem fraco movimento. Quase inexiste. E vai-se fazer outro no Estado? Uma farra com o dinheiro público ou coisa pior.
Temos grandes e graves problemas & urgentes! - para resolver na área de segurança, de saneamento básico, de saúde, de educação, de formação profissional, dentre outras....

O povo do Ceará merece respeito. Vão destruir a praia com obras faraônicas que depois, serão abandonadas. Sucateadas, pela evidente inutilidade. Governo que vier, terá que cuidar de um elefante... Alguém precisa ter a coragem de dizer que isso é um insulto ao povo. Quem assume essa responsabilidade?

Professor Antonio Mourão Cavalcante
Fortaleza/ Ceará .Fonte: O POVO

Nota da postagem:
Como dados comparativos para nossa reflexão há também a proposição do Aeroporto Regional Canoa/ Aracati onde já estão sendo aplicados outros R$50 milhões de reais, perfazendo aplicações em aeroportos, da ordem de R$ 100 milhões, com recursos do MTUR/ Ministério do Turismo e Governo do Estado do Ceará.

Enquanto isto o Aeroporto Regional do Cariri, já incluso de fato, na malha nacional aeroviária, está em vias de ultrapassar a marca de 300.000 passageiros/ ano, sem condições operacionais adequadas, que impedem maiores frequencias e com uma estação de passageiros totalmente obsoleta e subdimensionada, que utiliza até a praça em frente ao terminal, como sala de espera optativa. Se aguardam verbas de R$ 5 milhões para melhorias da estação de passageiros e há promessas de mais recursos para 2013(Isto mesmo: 2013). Postado por José Sales

Governo anistia 40 mil estrangeiros em seis meses

O governo brasileiro anistiou 40 mil estrangeiros que viviam em situação irregular no país nos últimos seis meses. Na véspera do fim do prazo para a regularização de estrangeiros que pretendem fixar residência no país, o secretário Nacional de Justiça, Romeu Tuma Júnior, disse que o total de anistiados inclui cidadãos de até 135 países. "Até o momento são 40 mil anistiados, de 130 a 135 países diferentes. Eles deram entrada nos processos que estão sendo analisados pelo governo. Os estrangeiros pedem residência temporária de dois anos, prazo que temos para analisar o pedido de residência definitiva", afirmou Tuma à Folha Online. O governo estimava que até 50 mil estrangeiros que viviam em situação irregular no Brasil entrariam com o pedido, contemplados pela Lei da Anistia. Em julho, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou lei que determina a regularização dos estrangeiros que ingressaram no Brasil até o dia 1º. de fevereiro deste ano --mesmo que de forma irregular. Tuma disse acreditar que a procura por residência no Brasil tenha relação com a diversidade cultural do país. "O Brasil é um país protagonista na questão humanitária na imigração. Ninguém se sente deslocado, todos têm algum tipo de vínculo com os seus países de origem", afirmou o secretário. Entre os 40 mil estrangeiros que conseguiram anistia do governo, a maioria é composta de bolivianos. Há também paraguaios, peruanos, portugueses, italianos e chineses, entre outras nacionalidades.

A Lei da Anistia autoriza a residência provisória de cidadãos estrangeiros em situação irregular no Brasil. Ela permite que todos os estrangeiros que estejam em situação irregular e tenham entrado no Brasil até o dia 1º de fevereiro deste ano regularizem sua situação e tenham liberdade de circulação, direito de trabalhar, acesso à saúde e educação públicas e à Justiça. A medida alcança pessoas que tenham entrado irregularmente no Brasil, cujo prazo do visto de entrada tenha vencido ou que não tenha se beneficiado da última Lei de Anistia Imigratória, de 1998.

Novos pedidos

Termina nesta quarta-feira (30) o prazo estabelecido pelo governo para que estrangeiros em situação irregular no Brasil obtenham a concessão de residência provisória no país. Segundo o Ministério da Justiça, a anistia vale tanto para quem ingressou no país legalmente, mas ficou por período maior que o concedido no visto de entrada, quanto para aqueles que cruzaram a fronteira na clandestinidade. "Quando o estrangeiro der entrada com a documentação em ordem, ele recebe a concessão de residência provisória. Depois de dois anos, aí é possível solicitar a residência definitiva", afirmou Tuma Júnior. Para solicitar o pedido de anistia, o estrangeiro deve procurar uma unidade da Polícia Federal até esta quarta com o requerimento de registro preenchido e com a lista de documentos abaixo. O estrangeiro beneficiado pela anistia não precisa pagar nenhuma taxa, além das pagas para expedição dos documentos. "Depois de regularizado, o estrangeiro poderá ter uma vida tranquila, com cidadania e liberdade, se livrando de situações como o tráfico de migrantes", disse o secretário.

Documentos necessários para o pedido de residência provisória de 2 anos

- Requerimento de registro;
- Comprovante original do pagamento da taxa de expedição de Carteira de Identidade de Estrangeiro, que deve ser paga por meio da Guia de Recolhimento da União, código 140619 Valor: R$ 31,05;

- Comprovante original do pagamento da taxa de registro, que deve ser paga por meio da Guia de Recolhimento da União, código 140082 Valor R$ 64,58;
- Declaração de próprio punho, sob as penas da lei, de que não responde a processo criminal ou foi condenado criminalmente, no Brasil e no exterior;
- Comprovante de entrada no Brasil ou qualquer outro documento válido que permita atestar o ingresso no Brasil até o dia 1º de fevereiro de 2009;
- Cópia autenticada do passaporte ou documento de viagem equivalente; ou certidão expedida pela representação diplomática ou consular do país de origem do estrangeiro, atestando a sua qualificação de nacionalidade; ou qualquer outro documento de identificação válido, que permita a Administração identificar e conferir os dados de qualificação;
- Duas fotos coloridas recentes, tamanho 3x4.

GABRIELA GUERREIRO
da Folha Online, em Brasília

Inversão de Valores – Que País é este? - Por: Alessandra Amato


Inversão de Valores – Que País é este? A inversão de valores, nos últimos anos chega a assustar. O tempo está passando mais rápido, a tecnologia a todo vapor e o comportamento humano está a cada dia, mais degradante. Poderíamos citar inúmeros exemplos da total inversão de valores, porém o artigo se transformaria num livro. Antigamente, por exemplo, as pessoas eram mais amáveis, companheiras, fieis, amigas, etc. Hoje o que verificamos é cada um por si, cada um com seus problemas, não é mesmo? Os cumprimentos pelas datas comemorativas, em geral, são através de torpedos, e-mails ou mesmo pelo orkut (data maxima venia, o meio de comunicação da discórdia e da fofoca).

Até o rompimento de relacionamentos estão sendo utilizados por esses mecanismos...assustador. A televisão brasileira, a meu ver, e de acordo com estatísticas é uma das piores do mundo, chega a ser repugnante. Com raríssimas exceções e transmissoras há algo cultural, que beneficia a sociedade. Há uma extrema pobreza de conteúdos, com programas pornográficos, fúteis, violentos, que contribuem em muito, para colaboração da intensa inversão de valores. Os mesmos se utilizam da desgraça humana e de mulheres vulgares para terem a tão sonhada audiência. Seria esse tipo de programação que o povo brasileiro se interessa? Celebridade? Qual o conceito desta palavra ao povo brasileiro? A meu ver, seriam pessoas que trazem algo positivo, concreto, útil a humanidade. Se você perguntar ao povo, nas ruas, quais foram os melhores cientistas, compositores, inventores, etc., da humanidade, com certeza pouquíssimas pessoas saberiam responder.

Celebridades para uma grande parcela dos brasileiros são os jogadores de futebol e mulheres que acabam com a reputação das mesmas, no nosso próprio país e no mundo afora. Celebridade agora virou fruta, pedaços de carne, participantes de um dos programas mais fúteis da televisão (BBB). Mulheres são sinônimos de seios, nádegas e pernas. Homens de contas bancárias, carros, etc. E o caráter das pessoas, o seu “eu” interior, não conta mais? O casamento e a família são umas instituições falidas? O que ensinar aos seus filhos? Vai estudar, ter moral e princípios ou vai jogar futebol, ficar rico, malhar, colocar silicone e ser vulgar? Por que será que muitas meninas menores de idade estão tão banalizadas? Por que há tanta traição e divórcio? A falta de humanidade, respeito e educação estão desaparecendo da cartilha da vida. Palavras chaves como: por favor, com licença, desculpa, talvez não estejam mais nos dicionários. As pessoas matam por matar, já repararam? A vida não tem mais valor para muitas pessoas. E a educação? Devido à evasão escolar e a péssima classificação mundial brasileira neste setor, a regra é não reprovar.

Há crianças, por exemplo, nas escolas públicas, que estão no quarto ano do ensino fundamental e não sabem ler e escrever. Para muitos conseguirem chegar até a graduação passaram mais de quinze anos em bancos escolares, hoje só não tem diploma, quem não quer. Há cursos por correspondência, pela internet, etc. Que país é este? Resultado: Profissionais cada vez mais despreparados, um país cercado de pessoas incompetentes, não é verdade? Vamos citar o carnaval. Antigamente o carnaval era uma festa de alegria, respeito, amizade e hoje em dia? Acho que não preciso tecer maiores comentários. Parar uma nação devido ao carnaval? O ano só começa depois do carnaval? Um país de terceiro mundo pode ter essa regalia? E o número de feriados? Sem comentários... E as atitudes das pessoas ao seu redor? Ficamos indignados muitas vezes, com a total falta de solidariedade, respeito e educação do povo brasileiro. Queremos um país de verdade, uma educação digna, para que este quadro possa ser revertido. Termino o artigo com um enorme pesar. Que país é este?

Por: Alessandra Amato

A Festa de Olugbejé

Por: J. Flávio Vieira

Quem são estas figuras esquálidas , transpirando um consolado sofrimento, que se postam pacientemente sentados , em volta do Terreiro, como se esperando a aparição súbita da Virgem? Trazem consigo um ar cansado , como se houvessem sido arrancados, a contra vontade, de uma tela de Portinari. São faces apáticas , tintas de desencanto, onde no entanto, sublevam-se, misteriosamente, raros fios de esperança. À sua volta o Terreiro Axé Ilê Uilá, fazendo um brusco contraponto, explode de alegria. O calor de Agosto parece se amplificar nas cores branca, preta e marrom- rajado, em homenagem a Omulu. É a Festa de Olugbejé que reverencia o Orixá da Saúde e das Pestes. O Runtó , num canto, percutindo o atabaque, imprime um ar de estranho mistério no ambiente. A gugura é dada, fartamente, em oferenda ao Orixá. Quase que matematicamente os circunstantes saúdam Omulu:
---- Atótóo !!!!!
Em suas vestes sacerdotais, Pai Katolé, o Babalaoô do Axé Ilê Uilá, , ajudado pelo Pejigan , manipula calmamente o Rosário . Ao derredor seus filhos aguardam, ansiosos , abertura do Oráculo de Ifá.. Anualmente, já é uma tradição, no Olugbejé, Pai Katolé joga os búzios e ouvindo Orunmirá , faz as previsões para o ano vindouro.Fim de século, término de milênio, a solenidade religiosa tomava características bastante especiais. Esta é a razão maior para tamanha concentração naquela Segunda-Feira, no culto a Omulu.
---- Atótóo !!!!!
Em profundo êxtase, Pai Katolé toma da peneira com os 16 búzios sagrados- o Merindologún. A platéia, num misto de ansiedade e expectativa, aguarda as misteriosas palavras de Oludumaré , na certeza de que terá a antevisão do caos ou da bonança. Um agricultor do Barro Branco, face esculpida pelo barro e pelo Sol, adianta-se na primeira pergunta:
--- Teremos Inverno , nos próximos anos?
O Babalaoô arremesa os búzios sagrados e, enquanto os recolhe , meticulosamente, responde, com voz cavernosa:
--- Chuvas cairão, mais fortes em alguns locais e mais fracas em outros. Onde houver fartura Olurum mandará junto a alegria, onde houver seca dará força e resignação para vencer a sede e a fome.
---- Nosso povo será feliz no próximo milênio , Pai Katolé? Indaga uma mocinha , ainda não contaminada pelo amargor dos anos.
Búzios atirados, atenta leitura feita, o Sacerdote, pausadamente , retruca:
---- Impossível falar-se em felicidade por todo um milênio. A felicidade nutre-se na água da fugacidade. É volátil e transitória por própria essência. Fosse eterna, não teria qualquer significado, talvez se chamasse monotonia. Ela só existe com sua irmã xifópaga: a Tristeza. A felicidade, por outro lado, é um estado de espírito pessoal e intransferível, independe de tudo que está ao seu derredor. Não tem cabimento, pois, falar na felicidade de um povo ou de uma nação.
Os atabaques marcam ritmadamente as palavras do Pai de Santo.Sem piscar os olhos, a platéia bebe sôfrega os ensinamentos do Sacerdote de Ifá.
--- No próximo Século, Pai Katolé, os pobres terão direito ao Reino da Terra ou precisarão esperar pelas benesses do Reino de Olurum, após a morte?
Búzios abertos, búzios fechados... O êxtase... e a resposta:
---- A terra não foi criada para ser o paraíso de poucos, o purgatório de alguns e o inferno de muitos.Este estado de coisas foi criado pelo próprio Homem e pelas forças negativas espirituais.O Homem tornou-se a anti-matéria do próprio Homem.Só teremos dois caminhos a seguir: ou viveremos com alguma equidade social ou nos auto-extinguiremos como espécie, no planeta.
--- O que o futuro, enfim nos proporcionará? O que dizem os búzios?
Olhos fitos na peneira, Pai Katolé em transe, declara:
---- O futuro, amigos, não são as páginas subseqüentes de um livro, previamente escrito e editado. O futuro é uma página em branco e que cabe a nós rascunhá-la , com as multicoloridas tintas da aquarela, com o rubro da violência ou com o preto – e –branco da trivialidade. O futuro é, pois, inescrutável, pois ele existirá como mero reflexo do que formos projetando no presente. Esta pergunta não deve ser feita aos Orixás , mas a nós próprios.
Por fim , um velho de barbas brancas caídas ao peito, interroga:
---- Qual serão os acontecimentos mais importantes do próximo milênio?
Pai Katolé lança os búzios, num movimento nervoso. Os olhos brilhantes fitam-nos dispersos erroneamente na peneira. O Babalaoô, com voz doce, conclui:
---- Muitos acontecimentos pretensamente soberbos acontecerão nos próximos mil anos, mas os mais importantes continuarão sendo: a alternância do sol e da lua, a áurea e púrpura floração do Pau-d’arco nas encostas das serras e o voejar despretensioso das borboletas nos campos de girassóis...

MENOS IMPOSTOS PARA OS ARTISTAS

Sancionado o Simples da Cultura
Em 2010, artistas e produtores culturais poderão pagar menos impostos

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou o projeto de lei que enquadra produções cinematográficas, artísticas e culturais no regime de tributação para Micro e Pequenas Empresas. Na prática, isso vai permitir que, a partir de 2010, trabalhadores do setor cultural passem a pagar uma alíquota mínima de 6%, em vez dos atuais 17,5%. A sanção foi publicada no Diário Oficial da União (Seção 1, página 1), desta terça-feira, 29 de dezembro.

Ao todo, o Simples da Cultura - como ficou conhecida a Lei Complementar nº 133/2009 - une quatro impostos federais, um estadual e um municipal. O texto sancionado altera a Lei Complementar nº 123/2006 (que instituiu o Estatuto Nacional da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte) para que trabalhadores do setor cultural possam ser enquadradas na tabela do chamado Simples Nacional.

No último dia 22 de dezembro, o ministro da Cultura, Juca Ferreira, intermediou um encontro entre o representante da Associação dos Produtores Teatrais do Rio de Janeiro (APTR), Eduardo Barata, com o Presidente da República.

Na ocasião, Barata entregou uma carta ao presidente Lula reforçando a necessidade do reenquadramento dos produtores culturais no Super Simples e obteve como resposta a certeza de que a matéria seria sancionada ainda este ano.

Histórico - Na primeira reunião ministerial de 2009, a questão da tributação na área cultural foi apresentada pelo ministro Juca Ferreira que foi autorizado, pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, a buscar uma solução. No mês de abril, foi enviada a Mensagem Presidencial ao Congresso Nacional encaminhando a proposta de alteração da Lei Complementar nº 123/2006.

Fonte: Informativo MinC RRNE: divulgacao.ne@cultura.gov.br

2010 - Mais que um ano-novo, um sonho coletivo - Por: José Cícero





Neste ano de 2010
quero de novo
todas as minhas utopias
até mesmo as impossíveis;
Uma a uma renovadas.
Como um rosário de contas
disperso e que juntamos
sobre a superfície longa
dos meus sonhos mais ousados
e mais incríveis.
Quero ainda,
que as minhas esperanças teimosas
sejam como foram antes:
Uma grande estrada
que se bifurque para todos os lados.
Uma ponte para o desconhecido.
Um encontro para a conquista.
Braços abertos e espíritos desarmados
para abraçar meus inimigos verdadeiros.
Uma escada para o Olimpo
das coisas que nos engrandece
a alma, inteligência e a sabedoria.
Que neste ano alvissareiro de 2010
a própria existência como um todo,
se rejuvenesça na mancietude do mundo.
Assim como na consciência das massas,
diante da política e da ecologia.
Na coexistência pacífica das raças
de um mundo sem fronteiras.
Como o rosto da criança
Feliz da vida...
Iluminado com o sorriso inocente
diante do papai Noel;
recebendo o seu presente.
Quero de novo,
que minhas ilusões possíveis
e inimagináveis,
tal qual um realismo fantástico
de vez se fortaleçam,
para que assim eu consiga
sempre acreditar
na glória do amanhecer
que agora se renova
diante da vida,
e dentro de mim.
Como uma manhã de sol.
Aurora dos deuses,
clareando o meu semblante.
Para que eu consiga
de novo acreditar
no exército dos meus semelhantes.
Como uma trincheira de luta
travando, ante a face de Deus,
o bom combate.
Um bastião de sonhadores
desfraldando junto comigo
a bandeira da vida.
Em nome do futuro
que nos espera.
Na construção da felicidade coletiva.
Como um sonho antigo
que nos anima
e que anos a fio
tenho pacientemente acalentado,
guardado comigo.
No mais profundo do meu ser.
Como um legado,
Que com unhas e dentes
terei que construir para meus filhos.

________________________________

José Cícero - Professor, poeta e pesquisador. Dirigente do PC do B
e Secretário de Cultura e Esporte/Aurora-CE

AVATAR - O Filme - Por: Antonio paiva Rodrigues

O filme Avatar vem causando polêmica, expectativa e um interesse muito grande para os adeptos do cinema. O cenário da peça se baseia no futuro. Jaze - a principal personagem do filme é um ex-fuzileiro naval paraplégico enviado a um planeta chamado Pandora. No mundo dos filósofos podemos aquilatar a sinonímia da caixa de pandora. A mulher não fora ainda criada. A versão (bem absurda) é que Júpiter a fez e enviou-a a Prometeu e seu irmão, para puni-los pela ousadia de furtar o fogo do céu, e ao homem, por tê-lo aceito. A primeira mulher chamava-se Pandora. Foi feita no céu, e cada um dos deuses contribuiu com alguma coisa para aperfeiçoá-la.

Vênus deu-lhe a beleza, Mercúrio a persuasão, Apolo a música, etc. Assim dotada, a mulher foi mandada a terra e oferecida a Epimeteu, que de boa vontade a aceitou, embora advertido pelo irmão para ter cuidado com Júpiter e seus presentes. Epimeteu tinha em sua casa uma caixa, na qual guardava certos artigos malignos, de que não se utilizara ao preparar o homem para sua nova morada. Pandora foi tomada por intensa curiosidade de saber o que continha aquela caixa, e, certo dia, destampou-a para olhar. Assim, escapou e se espalhou por toda a parte uma multidão de pragas que atingiram o desgraçado homem, tais como a gota, o reumatismo e a cólica para o corpo, e a inveja, o despeito e a vingança para o espírito. Pandora apressou-se em colocar a tampa na caixa, mas, infelizmente, escapara todo o conteúdo da mesma, com exceção de uma única coisa, que ficara no fundo, e que era a esperança. Assim, sejam quais forem os males que nos ameacem a esperança não nos deixa inteiramente; e, enquanto a tivermos nenhum mal nos torna inteiramente desgraçados.

Outra versão é de que Pandora foi mandada por Júpiter com boa intenção, a fim de agradar ao homem. O rei dos deuses entregou-lhe, como presente de casamento, uma caixa, em que cada deus colocara um bem. Pandora abriu a caixa, inadvertidamente, todos os bens escaparam, exceto a esperança. Essa versão é, sem dúvida, mais aceitável que a primeira. Realmente, como poderia a esperança, jóia tão preciosa, ter sido misturada a toda a sorte de males, como na primeira versão? Lá, além da riqueza em biodiversidade, existe também a raça humanóide Na'vi, com sua própria língua e cultura. O que evidentemente entra em choque com os humanos da Terra. Campeã de bilheteria e um dos mais caros já filados nos dias atuais traz os seguintes aspectos; “Ficha Técnica: título original Avatar; gêneros: ação, aventura, ficção científica e thriller. Ano de lançamento: 2009. O filme tem a direção e roteiro de James Cameron um elenco bastante diversificado. Michelle Rodriguez (Trudy Chacon); Scott Lawrence (Vaklyrie Crew Chief); Julene Renee (Med Tech #1); Jacob Tomuri (Dragon Navigator); Dileep Rao (Dr. Max Patel); Noli McCool (Diui); Peter Dillon (Shuttle Crew Chief); Sean Anthony Moran (Fike); Dean Knowsley (Samson Pilot); Matt Gerald (Lyle Wainfleet); Peter Mensah (Akwey); Zoe Saldana (Neytiri); Sam Worthington (Jake Sully); Laz Alonso (TSU’TEY); Sigourney Weaver (Dr. Grace Augustine); Giovanni Ribisi (Selfridge); Stephen Lang (Col. Quaritch); Joel Moore (Norm Spellman); CCH Pounder (Moha) e Kevin Dorman (Tractor operator).

A avaliação feita pelos cinófilos é variável, pois varia de ótimo para regular. O - longa metragem toca não por suas técnicas revolucionárias, mas, pelos personagens virtuais em três dimensões, mas pela sua forte mensagem de como a humanidade está tratando o planeta. Entrando neste foco de como o humano lida com seu habitat natural já é algo de arrepiar e causar revolta. Cenário muito bem elaborado causa espanto pela floresta bioflurescente com plantas que emitem luzes multicoloridas, lugar inabitado para os humanos e que tem seres parecidos com dinossauros, predadores, e criaturas assustadoras. O magnetismo da selva são também os belos humanóides azulados e esguios que se conectam com animais e plantas. Humanóide é todo o ser que tem aparência semelhante ou que mesmo lembre um humano, não o sendo. Seres humanóides são geralmente apresentados como bípedes de corpo ereto e possuem dois olhos , um nariz e uma boca na face disposta com a mesma ordem da face humana. O termo é muito usado na ficção para designar seres fantásticos a exemplo de robôs, personagens e monstros diversos. O mesmo ocorre comextraterretres que são apresentados com essas características, sendo, muitas vezes, absolutamente semelhantes aos humanos — possibilidade praticamente descartada pela ufologia

Este cenário mostra a que se propõe o diretor do filme mostrar a parta da ficção ao que se planejou ser mostrado ao público expectador. Na realidade a sinonímia da palavra Avatar quer dizer no sânscrito avatara, 'descida' (do Céu a Terra), derivação francesa de avatar. O seu forte significado refere-se à reencarnação de um deus, e, especialmente, no hinduísmo, reencarnação do deus Vixnu, e vai mais além como transformação, transfiguração. Nessa concepção Jesus Cristo também teria sido um Avatar, pois na concepção histórica ela tanto teria se transformado como transfigurado. O avanço tecnológico tem mostrado aos homens que alguns aspectos antes impossíveis hoje são potencialmente reais, mas em outros aspectos o que é real para eles vira ficção. A cultura popular sempre se fez a seguinte questão: "Se os robôs se parecerem com humanos, andarem como humanos e falarem como humanos, eles seriam humanos?". É claro que a resposta é um belo e acachapante não. Robôs não podem chorar e não sentem como os humanos, e isto é apenas parte do que os torna diferentes. Ainda que chips neurais tridimensionais como os da foto, tentem aproximá-los dos humanos. São brinquedos ou inventos que necessitam de um comando para movê-los e cumprirem a destinação para cumprirem a finalidade com que foram criados. Jamais o homem chegará a colocar um robô com a mobilidade humana. Segundo o site inovação tecnológica - o que aconteceria se eles pudessem pensar como humanos? Robôs inspirados na biologia não são apenas uma fascinação saída de filmes e de histórias em quadrinhos; eles estão sendo construídos por engenheiros e cientistas em vários laboratórios ao redor do mundo.

Embora tenha sido dada muita ênfase ao desenvolvimento das características físicas dos robôs, tais como rostos ou músculos artificiais, engenheiros trabalhando do Grupo de Pesquisa Aplicada em Telerobótica, que funciona no Laboratório de Propulsão a Jato da NASA, estão entre aqueles pesquisadores trabalhando para programar robôs com formas de inteligência artificial similares aos processos de pensamento humano. De uma indagação inserimos outra voltada para a dúvida. Se eles conseguissem pensar como humanos - o que aconteceria: "Pela forma com que os robôs funcionam hoje, se algo dá errado, os humanos podem modificar seu código de programação e reiniciá-lo, esperando então que eventualmente tudo funcione." afirma o Dr. Barry Werger, da NASA. "O que nós esperamos conseguir é tornar os robôs mais independentes e capazes de ajustar sua própria programação." Cientistas e engenheiros têm adotado vários enfoques para controlar robôs.

Os dois extremos do espectro são chamados de "controle deliberativo" e "controle reativo." O controle deliberativo é o método tradicional e dominante de funcionamento de robôs, para o qual devem ser construídos mapas e outros tipos de modelos detalhados, que eles utilizam para planejar seqüências de ações com precisão matemática. O robô desempenha essas seqüências tal como um pirata com uma venda no olho procurando por seu tesouro enterrado: a partir do ponto A, ande 36 passos para o norte, daí 12 passos para o oeste, então quatro passos para o nordeste até o ponto X; aí está o ouro!

O livro sagrado dos cristãos a Bíblia fala sobre o Deus Jeová afirmando que Ele teria descida a Terra, se isto realmente aconteceu teria citada entidade passado por um processo de materialização e se tornado mais um Avatar. As religiões das antiguidades usam com bastante singularidade esta nomenclatura. No frigir dos ovos como os produtores americanos adoram enlatados como esse. O filme tem tudo para se tornar um enlatado custeado por muitos dólares com a interação da intenção do fictício e do imaginário arrecadar o dobro ou triplo das pessoas que vêem, mas não entendem nada. Pensem nisso!

ANTONIO PAIVA RODRIGUES- MEMBRO DA ACI-DA ALOLERCE E DA AOUVIRCE

Microcélulas solares podem ser o invento da década

Cientistas do Laboratório Sandia, dos Estados Unidos, criaram um novo tipo de célula solar que, mais do que nenhuma outra, merece de fato ser chamada de "célula." Lembrando as minúsculas partículas cintilantes usadas em decoração - conhecidas como glitter - as minúsculas células solares utilizam 100 vezes menos silício para produzir a mesma quantidade de energia elétrica.

Microcélulas solares

As minúsculas células solares poderão ser incorporadas nas superfícies irregulares de prédios e veículos e até mesmo de roupas, transformando as pessoas em recarregadores solares ambulantes, que ficarão independentes das tomadas para recarregar seus aparelhos portáteis. As "partículas solares" são fabricadas de silício cristalino, o mesmo material usado na fabricação das células solares tradicionais. Mas suas dimensões e seu formato abrem a possibilidade de novos usos impensáveis para os rígidos painéis solares. Elas têm ainda potencial para serem mais baratas e apresentarem uma eficiência maior do que os atuais coletores fotovoltaicos.

Painéis solares inteligentes

As células solares tipo glitter são fabricadas usando o princípio dos dispositivos microeletromecânicos (MEMS). Isto permitirá que os "painéis" ou outras superfícies sobre as quais elas forem fabricadas recebam também circuitos eletrônicos adicionais, integrando funções que hoje são desempenhadas por circuitos externos. "Módulos fotovoltaicos feitos a partir dessas microcélulas solares, para uso nos telhados das casas e dos prédios, poderão ter controles inteligentes, inversores e até mesmo sistemas de armazenamento de energia em nível de chip. Um módulo assim integrado poderia simplificar o design e até permitir a integração dos painéis com a rede de energia," diz o engenheiro Vipin Gupta, um dos criadores das microcélulas solares.

100 vezes menos silício

Parte do potencial de redução dos custos da energia solar decorre do fato de que as microcélulas solares necessitam de relativamente pouco material - o caro silício cristalino - para criar células de grande eficiência e de funcionamento robusto. Medindo entre 14 e 20 micrômetros de espessura (um cabelo humano tem aproximadamente 70 micrômetros de espessura), elas são 10 vezes mais finas do que as células solares convencionais, mas operam nos mesmos níveis de eficiência. "Com isto, elas usam 100 vezes menos silício para gerar a mesma quantidade de eletricidade," disse Murat Okandan, outro membro da equipe. "Como elas são muito menores e têm menos deformações mecânicas para um dado ambiente do que as células convencionais, as microcélulas solares podem também ser mais confiáveis no longo prazo."

Vantagens das microcélulas

As características e as minúsculas dimensões das microcélulas solares têm vantagens tanto no momento da fabricação quanto na hora da operação. Elas podem ser fabricadas a partir de pastilhas de silício de qualquer dimensão. Como são fabricadas para serem independentes umas das outras - só sendo montadas em painéis numa etapa posterior - se uma célula der defeito, apenas ela estará perdida - hoje, uma pastilha de silício inteira pode se perder por um único defeito. No momento da operação, um painel solar tradicional pode deixar de gerar energia mesmo quando apenas uma parte dele fica sombreado. Na mesma situação, as novas células solares que se mantiverem ao Sol continuarão gerando energia. Os primeiros testes indicam uma eficiência das microcélulas solares de 14,9%. Os módulos solares comerciais variam entre 13 e 20 por cento de eficiência.

Custo das células solares

Cada microcélula solar é fabricada sobre a pastilha de silício, cortada em formatos hexagonais e pronto. Cada uma delas já contém seus contatos elétricos pré-fabricados, graças às técnicas utilizadas na fabricação dos MEMS. Um robô industrial comum pode colocar até 130.000 peças de glitter por hora nos pontos de contato elétrico pré-estabelecidos no substrato que servirá de suporte para as células solares. O número de microcélulas solares por módulo é determinado pelo nível de concentração óptica utilizada (concentradores são conjuntos de lentes usados para focar a luz do Sol e aumentar a eficiência das células solares individuais) e pelo tamanho do substrato - um número que variará entre 10.000 e 50.000 microcélulas solares por metro quadrado. O custo dessa operação é de aproximadamente um décimo de centavo de dólar por peça. Os pesquisadores afirmam já estar trabalhando em uma técnica alternativa de automontagem, com potencial para reduzir os custos ainda mais.

Redação do Site Inovação Tecnológica
Fonte: Website: Inovação Tecnológica
http://www.inovacaotecnologica.com.br

CRATO - Notícias para o Dia 30 de Dezembro de 2009



Prefeito em exercício decreta Ponto Facultativo, amanhã dia 31 de Dezembro


O Prefeito do Crato em exercício, Helder França, Guer, decreta Ponto Facultativo amanhã, dia 31 de dezembro, por conta do feriado nacional do Dia 1 de janeiro 2010. Segundo a determinação do decreto, neste feriado, não se aplica aos funcionários que realizam serviços essenciais nas áreas médico-hospitalar, Secretaria de Saúde, trânsito, DEMUTRAN e abastecimento de água SAAEC. Próxima segunda-feira, dia 4 de janeiro de 2010, todos os serviços voltam a funcionar normalmente.

Restaurante Popular do Crato volta a funcionar normalmente próxima segunda-feira

Em virtude dos feriados nacionais e das comemorações de fim de ano o Restaurante Popular do Crato entrou em recesso, no ultimo dia 24, voltando com suas funções, na primeira segunda-feira de 2010, dia 4. É importante salientar que o Restaurante Popular do Crato, bem como todo o seu quadro funcional continuará trabalhando sempre atento a excelência no atendimento e o cuidado na realização das refeições diárias para a comunidade.

Atividades da Secretaria de Ação Social recomeçam próximo dia 4

A Secretaria de Ação Social do Crato e os serviços dos Centros de Referencia em Assistência Social, CRAS, bem como os projetos ProJovem, Unidade Produtiva, entre outros retornarão suas atividades, no próximo dia 4 de janeiro de 2010. Segundo a coordenadora Elza de Oliveira, do ProJovem os serviços sociais que a Ação Social do Crato disponibiliza estarão cada vez mais próximos da população oferecendo qualidade de vida aos cratenses. A secretária de Ação Social Liduina Alves de Andrade se propõe a trazer ainda mais melhorias para o município, promovendo mais ações de proteção educação, inclusão e bem estar a comunidade como um todo.

Curso de capacitação sobre a dengue termina hoje

A Secretaria de Saúde do Crato termina, nesta quarta-feira, a capacitação sobre dengue da segunda turma de agentes de endemias. Este grupo vem passando pela capacitação desde o último dia 28. Também foram capacitados integrantes do Programa de Saúde da Família (PSF). O curso tem o objetivo de atualizar os profissionais e manter o controle da dengue no município.

Meio ambiente do Crato obtém avanços

A Secretaria de Meio Ambiente e Controle Urbano do Município do Crato, durante este ano, deu início a importantes trabalhos, visando à melhoria da paisagem urbana do município, além de intensificar a sua atuação na área de educação ambiental e divulgação, com a Sala Verde, recentemente inaugurada no Centro Administrativo, uma parceria do Governo do Estado com Município. A Sala Verde recebeu toda uma estruturação com material didático, acervo paleontológico, acesso à internet e outros meios para estudo do meio ambiente e conhecer um pouco da diversidade da Chapada do Araripe. A retirada de placas comerciais que descaracterizavam a cidade, mediante acordo com comerciantes, foi um dos passos importantes para dar segmento ao projeto de diminuição da poluição visual no centro. Tendo em vista importantes projetos desenvolvidos na área de meio ambiente, o Crato, pela terceira vez, é agraciado com o Município Selo Verde. Uma conquista que demonstra um trabalho continuado na área ambiental, com resultados positivos.

Fonte: Assessoria de Imprensa
Governo Municipal do Crato
Fone/Fax - (88) 3521.9960
Mais informações:

http://www.crato.ce.gov.br
http://www.prefeituramunicipaldocrato.blogspot.com

Crato - Geopark certifica entidade no Cariri - Reportagem: Elizângela Santos


IDALÉCIO FREITAS entrega placa de certificação a Alemberg Quindins e Rosiane Limaverde, da Casa Grande. Estabelecer vínculos de parceria é a meta do Geopark ao criar placas de certificação para entidades no Cariri.

Nova Olinda. A Fundação Casa Grande, Memorial do Homem Cariri, no município de Nova Olinda, é a primeira instituição da região a receber a certificação do Geopark Araripe, como entidade colaboradora do projeto. A entrega da placa aconteceu na sede da própria entidade, em Nova Olinda, durante as comemorações dos 17 anos da Instituição neste mês. O Geopark foi destacado pelo seu gerente e gestor científico, Idalécio de Freitas, como um programa do Governo do Estado, gerido pela Universidade Regional do Cariri (Urca). O significado do Geopark foi ressaltado pelo gerente, que explicou ser um parque aberto. "O que a Casa Grande fez e faz é Geopark. É social, é geologia, são os fósseis de Nova Olinda, os melhores em qualidade do mundo. O Geopark foi criado no intuito de preservar essas riquezas, para as gerações futuras. Nós não podemos deixar de explorar as riquezas naturais, mas devemos saber como explorar, como preservar", explica. O gerente destacou o trabalho da Casa Grande como entidade colaboradora e desejou um segmento do projeto, aliado do Geopark Araripe. Com a placa, certificando a cooperação mútua das duas instituições, os projetos em prol do desenvolvimento sustentável da região serão realizados em conjunto. O presidente da Fundação, Alemberg Quindins, destaca a importância do Geopark Araripe para destacar as riquezas naturais da região.

A Casa Grande tem desenvolvido um trabalho de educação patrimonial e preservação, tanto na área da Arqueologia até na memória dos índios kariri, história da cultura regional, e conservação dos sítios arqueológicos, envolvendo crianças e jovens, sem perder de vista principalmente os valores regionais. Recentemente recebeu do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) o título de Casa do Patrimônio da Chapada do Araripe. A diretora da Fundação Casa Grande, Rosiane Limaverde, que também recebeu o título de cidadania de Nova Olinda, juntamente com o presidente da Fundação, Alemberg Quindins, destacou o ato de entrega da placa como um momento importante para se trabalhar mais pela região do Cariri e pela Chapada do Araripe. Segundo ela, a área da Chapada tem uma riqueza incalculável para a pesquisa. "É uma alegria para a Fundação Casa Grande esse reconhecimento do Geopark, de nos tornarmos parceiros de uma forma mais efetiva", diz.

A vice-reitora da Urca, Otonite Cortez, ressaltou o convênio já existente entre a Urca e a Casa Grande, que tem a finalidade de atuar por meio de uma mútua colaboração em nível cultural e técnico-científico. "Pretendemos estreitar ainda mais os laços e faremos mais ainda, por meio de vários projetos e programas desenvolvidos. Um deles é inserir no aparelhamento do Geopark Araripe, que é um programa de estado, confiado a gestão da universidade", salienta. Ela destacou o papel do Geopark na proteção de toda a riqueza fossilífera e arqueológica do território do Araripe.

MAIS INFORMAÇÕES

Escritório do Geopark Araripe
Rua Teófilo Siqueira, 712, Centro
Crato, Cariri (CE)
(88) 3102.1237

Elizângela Santos
Repórter do Jornal Diário do Nordeste

Colaboradora do Blog do Crato e Chapada do Araripe OnLine

CRATO - Previsão do Tempo e Almanaque - Dia 30 de Dezembro de 2009

Bom Dia!

E continuando nossa contagem regressiva ( engraçado este termo, regressivo = Regressivo, geralmente é de quem volta, e estamos indo adiante, para 2010 ). De qualquer modo, hoje é o dia 30 de Dezembro de 2009. A um dia do fim do ano, o comércio da cidade vive um período de grande movimentação. Alguns especulam que as vendas deste ano serão recordes. No Crato, conforme explicamos logo abaixo, na previsão do tempo, nada de chuvas ainda. Pelo menos os dois últimos dias, que seriam de chuvas segundo fontes meteorológicas, não choveu. E a previsão para hoje é de dia de sol. Quero enviar um grande abraço para nosso amigo e colaborador do Blog do Crato, advogado Carlos Alberto, o Carlão, um abraço todo especial para o professor e amigo Jayro Starkey, e um abraço para Gabriella Federico. Aliás, já antevendo as festividades, um Feliz Ano Novo para todos!

Previsão do Tempo

Olhaí, nem choveu! O Site Climatempo havia previsto chuva para os últimos 2 dias em Crato. Como o sertanejo diz, "nem chuva nem cabaça". As previsões do Climatempo costumam se concretizar com um certo atraso. Por exemplo, quando eles dizem que choverá à tarde, geralmente chove à noite e quando dizem que choverá à noite, geralmente chove no dia seguinte. Bom, o certo é que transcorridos mais de 24 horas da previsão de chuvas, nada de chuva aqui no Crato. A previsão para o dia de hoje, 30 de Dezembro é de Dia de sol com algumas núvens e ...Não Chove! Você acredita ? Temperatura máxima de 30 graus e mínima de 20.

ALMANAQUE

30 de dezembro. Dia de São Rugero.

Rugero nasceu entre 1060 e 1070, na célebre e antiga cidade italiana de Cane. O seu nome, de origem normanda, sugere que seja essa a sua origem. Além dessas poucas referências imprecisas, nada mais se sabe sobre sua vida na infância e juventude. Mas ele era respeitado, pelos habitantes da cidade, como um homem trabalhador, bom, caridoso e muito penitente. Quando o bispo de Cane morreu, os fiéis quiseram que Rugero ficasse no seu lugar de pastor. E foi o que aconteceu: aos trinta anos de idade, ele foi consagrado bispo de Cane. No século II, essa cidade havia sido destruída pelo imperador Aníbal, quando expulsou o exército romano. Depois, ela retomou sua importância no período medieval, sendo até mesmo uma sede episcopal. No século XI, mais precisamente em 1083, por causa da rivalidade entre o conde de Cane e o duque de Puglia, localidade vizinha, a cidade ficou novamente em ruínas. O bispo Rugero assumiu a direção da diocese dentro de um clima de prostração geral.

Assim, depois desse desastre, seu primeiro dever era tratar da sobrevivência da população abatida pelo flagelo das epidemias do pós-guerra. Ele transformou a sua sede numa hospedaria aberta dia e noite, para abrigar viajantes, peregrinos e as viúvas com seus órfãos. Possuindo o dom da cura, socorria a todos, incansável, andando por todos os cantos, descalço. Doava tudo o que fosse possível e a sua carruagem era usada apenas para transportar os doentes e as crianças. Todavia esse século também foi um período conturbado para a história da Igreja. Com excessivo poder civil estava dividida entre religiosos corruptos e os que viviam em santidade. Rugero estava entre os que entendiam o episcopado como uma missão e não como uma posição de prestígio para ser usada em benefício próprio. Vivia para o seu rebanho, seguindo o ensinamento de são Paulo: "Tudo para todos".

Por tudo isso e por seus dons de conselho e sabedoria, no seu tempo foi estimado por dois papas: Pascoal II e Celásio II. Para ambos, executou missões delicadas e os aconselhou nas questões das rivalidades internas da Igreja, que tentava iniciar sua renovação. Entrou rico de merecimentos no Reino de Deus, no dia 30 de dezembro de 1129, em Cane, onde foi sepultado na catedral. Considerado taumaturgo em vida, pelos prodígios que promovia com a força de suas orações, logo depois de sua morte os devotos divulgaram a sua santidade. No século XVIII, a cidade de Cane praticamente já não existia. A população se transferira para outra mais próspera, Barleta. Mas eles já cultuavam o querido bispo Rugero como santo. Pediram a transferência das suas relíquias para a igreja de Santa Maria Maior, em Barleta. Depois, foi acolhido na sepultura definitiva na igreja do Mosteiro de Santo Estêvão, atual Santuário de São Rugero. Os devotos o veneram no dia de sua morte como o bispo de Cane e o padroeiro de Barleta. Em 1946, são Rugero foi canonizado pela Igreja.

Eventos históricos

* 1352 - É eleito o Papa Inocêncio VI
* 1460 – Guerra das Rosas – Batalha de Wakefield: Grande vitória dos Lencastre (ou Lancaster em inglês) de Margarida de Anjou; Ricardo de York é executado por traição ao rei; o seu filho Eduardo sucede-lhe como Duque de York
* 1848 - Acordada a Compra Gadsden entre os Estados Unidos e o México.
* 1851 - Fundação do Condado de Whitfield
* 1916 - Grigori Rasputin é assassinado a mando da família imperial russa, para pôr fim à sua influência sobre a czarina Alexandra.
* 1922 - O Conselho dos Sovietes cria a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas
* 1927 - Abre a primeira linha de metrô japonesa, em Tóquio
* 1944 - O estado de Washington registra sua temperatura mais baixa: -44 °C
* 1947 - Sob pressão dos comunistas, Miguel I da Romênia abdica
* 1957 - Rede Globo: o Conselho Nacional de Telecomunicações publica decreto concedendo o canal 4 do Rio de Janeiro à TV Globo Ltda
* 1959 - Fundação do município de Solânea
* 1962 - Emancipação do município de Olaria
* 1968 - Golpe militar de 1964: divulgada uma lista de políticos cassados
* 1972 - Guerra do Vietnã: os EUA suspendem os pesados bombardeios ao Vietnã do Norte
* 1973 - O Vaticano e Israel estabelecem relações diplomáticas
* 1999 - o programa Jô Soares Onze e Meia sai do ar.
* 2000 - Sonda Cassini-Huygens faz a maior aproximação ao planeta Júpiter
* 2000 - Acidente no estádio São Januário, do Vasco da Gama, na final da Copa João Havelange, contra o São Caetano, deixando mais de 100 feridos.
* 2004 - Incêndio na Discoteca República Cromagnon em Buenos Aires mata 194 pessoas e deixa mais de 950 feridos. Ficou conhecido como Massacre de Cromañon, o maior da história da argentina não causado por acidentes naturais.

Nascimentos

* 39 - Tito Flávio, imperador romano (m. 81).
* 1865 - Rudyard Kipling, Prémio Nobel da Literatura (m. 1936).
* 1851 - Asa Griggs Candler, magnata norte-americano (m. 1929).
* 1861 - Paiva Couceiro, governador de Angola (m. 1944).
* 1864 - Max von Stephanitz, padronizador da raça canina conhecida como pastor Alemão (m. 1936).
* 1883 - Leonardo Coimbra, político e filósofo português.
* 1884 - Hideki Tojo, Primeiro-ministro do Japão (m. 1948).
* 1898 - Luís da Câmara Cascudo, escritor e folclorista brasileiro (m. 1986).
* 1904 - Dmitriy Borisovich Kabalevskiy, compositor soviético (m. 1987).
* 1917 - Seymour Melman, engenheiro, escritor e precursor do complexo militar-industrial. (m. 2004)
* 1928 - Bo Diddley, cantor, guitarrista e compositor de blues estadunidense.
* 1935 - Omar Bongo, presidente do Gabão (m. 2009).
* 1937 - Gordon Banks, ex-goleiro inglês, famoso pela histórica defesa na Copa do México.
* 1942
o Guy Edwards, ex-automobilista inglês.
o Fred Ward, ator estadunidense.
* 1946 - Patti Smith, poetisa, cantora e musicista norte-americana.
* 1956 - François Hesnault, ex-piloto francês de Fórmula 1.
* 1957 - Larri Passos, ex-técnico de Gustavo Kuerten.
* 1959 - Tracey Ullman, atriz inglesa.
* 1962
o Donato, ex-futebolista hispano-brasileiro.
o Alessandra Mussolini, política italiana.
* 1963 - John van 't Schip, ex-futebolista holandês.
* 1965 - Fabián Cancelarich, ex-goleiro argentino.
* 1967 - Colin Kolles, ex-diretor técnico da Force India.
* 1969 - Jay Kay, cantor inglês.
* 1971 - Juan Carlos Henao, goleiro colombiano.
* 1972
o Daniel Amokachi, ex-futebolista nigeriano.
o Selton Mello, ator brasileiro.

Falecimentos

* 1591 - Papa Inocêncio IX (n. 1519)
* 1852 - Francisco Gomes da Silva, o Chalaça, amigo de Dom Pedro I (n. 1791)
* 1896 - José Rizal, herói nacional Filipino (n. 1861)
* 1941 - El Lissitzky, artista, designer, fotógrafo, professor, tipógrafo e arquiteto russo (n. 1890)
* 1944 - Romain Rolland, escritor francês (n. 1866)
* 1947 - Alfred North Whitehead, filósofo e matemático estadunidense (n. 1861)
* 1995
o Heiner Müller, poeta e dramaturgo alemão (n. 1929)
o Antônio Brochado da Rocha, advogado e político brasileiro (n. 1907)
* 1996 - Lew Ayres, ator norte-americano, famoso por interpretar o personagem Dr. Kildare no cinema (n. 1908).
* 2005 - Gianni Ratto, cenógrafo brasileiro (n. 1916)
* 2006 - Saddam Hussein, o ex-ditador do Iraque (n. 1937)

Feriados e eventos cíclicos

* Dia de Rizal nas Filipinas, relembrando a morte de José Rizal, herói nacional.
* México: Noite dos Prazeres.

Fontes: Edições Paulinas, Climatempo, e Wikipedia

Nesta data, em 2006, o líder Saddam Hussein foi Executado - Hoje na História


"A Ascensão e queda de um semi-deus!"


HOJE NA HISTÓRIA

Saddam Hussein nasceu na aldeia Al-Awja, pertencente à cidade muçulmana sunita de Tikrit, situada a 150 quilômetros de Bagdá. Nascido no mesmo lugar que o lendário Saladino e descendente de uma família de camponeses. Saddam, ainda na adolescência, se mudou para Bagdá. Em 1956, aos dezenove anos, aderiu ao Partido Socialista Árabe Ba'ath (fundado na Síria por Michel Aflaq) e, no mesmo ano, participou de um golpe de Estado fracassado contra o rei Faisal II. Dois anos depois, participou de outro golpe, dessa vez contra Abdul Karim Qassim, carrasco do monarca e líder do novo regime golpista. Acusado de complô, foi condenado à morte à revelia em fevereiro de 1960, sentença da qual conseguiu escapar fugindo para o Egito e através da Síria, onde as autoridades lhe concederam asilo político.

No Cairo, concluiu seus estudos secundários e foi admitido na Escola de Direito — terminaria a faculdade anos depois, em 1968 —, onde se relacionou com jovens membros do Partido Ba'ath egípcio, de inspiração esquerdista e pan-árabe. Acabou sendo perdoado e voltando a Bagdá após a revolução liderada pelo partido Ba'ath em fevereiro 1963. Saddam assumiu o comando da organização militar do partido. No ano seguinte, voltou à prisão, que só deixaria três anos depois.

Aspectos de família

O presidente iraquiano se casou duas vezes: em 1963, com sua prima de sangue Sajida Khairallah, filha do tio que o adotou e com quem teve dois filhos e três filhas, Raghad, Rana e Hala — que após o desmoronamento do regime foram acolhidas pelo rei Abdullah II da Jordânia —; e em 1988, com uma mulher também de seu clã, Samira Fadel Shahbandar, que lhe deu supostamente outro filhos de nome Ali que atualmente vive em Beirute. Saddam teve também dois filhos varões — Uday e Qusay.

Ascensão ao poder

Conhecido por admirar o ex-presidente soviético Josef Stalin, Saddam nunca foi um ideólogo, mas apelou muitas vezes ao nacionalismo árabe, ao Islã e ao patriotismo iraquiano para cimentar sua liderança. Embora o revolucionário Ba'ath, o qual combinava o pan-Arabismo secular com a modernização econômica e o socialismo, tenha sido momentaneamente derrubado e Saddam, figura influente no partido, mandado para a prisão, o partido protagonizou outro golpe em 1968, e desta vez tomou o poder sem derramar uma gota de sangue. O ditador de Bagdad começara sua carreira no Partido Ba'ath e chegou à chefia da polícia secreta iraquiana do serviço secreto, a terrível Mukhabarat.

Vice-presidente

Em novembro de 1969, Saddam foi nomeado vice-presidente do Conselho do Comando Supremo da Revolução, tornando-se assim o "número dois" do regime, depois do presidente general Al-Bakr, que era seu parente. Como vice-presidente do Iraque durante o governo do idoso e frágil General Ahmed Bakr, Saddam controlou firmemente o conflito entre os ministérios governamentais e as forças armadas numa altura em que muitas organizações eram consideradas capazes de derrubar o governo, criando um aparelho de segurança repressivo. O novo regime logo se aproximou da União Soviética e em 1972 um Tratado de Amizade e Cooperação foi assinado entre os dois países. Depois, também foram selados acordos com a Alemanha Ocidental, o Japão e os Estados Unidos. A economia do Iraque cresceu a um ritmo forte na década de 1970. Saddam destacou-se por investir pesado em saúde e em educação. Devido ao sucesso do programa, o número de matrículas acabou batendo recorde, e Saddam recebeu um prêmio da Unesco em 1977.

Presidente

No final dos anos 1960 e início dos anos 1970, como vice-presidente do Conselho do Comando Revolucionário, formalmente o segundo em comando da al-Bakr, Saddam construiu uma reputação como um politico progressista e eficaz . Neste momento, Saddam subiu na hierarquia do novo governo auxíliando nas tentativas de reforçar e unificar o partido Ba'ath e tendo um papel preponderante na resolução dos grandes problemas internos do país e à expansão dos seguidores do partido. Após os Baathists tomarem o poder em 1968, Saddam se concentrou em atingir a estabilidade em um país cheio de profundas tensões. Muito antes de Saddam, o Iraque havia sido dividido ao longo das linhas: social, étnica, religiosa, económica: xiita contra sunitas, árabes versus Kurd, chefe tribal versus comerciante urbano,nômade versus camponeses. Um governo estável em um país repleto de faccionismo exigia tanto repressão maciça quanto melhoria dos padrões de vida. Saddam promoveu ativamente a modernização da economia iraquiana, juntamente com a criação de um forte aparato de segurança para evitar golpes na estrutura do poder e insurreições . Sempre preocupado em ampliar sua base de apoio entre os diversos elementos da sociedade iraquiana e mobilizando o apoio popular, ele seguiu de perto a administração dos programas de bem estar social e desenvolvimento. No centro desta estratégia estava petróleo do Iraque. Em 1 de junho de 1972, Saddam supervisionou a estatização dos interesses internacionais do petróleo, que, na época, dominavam o sector petrolífero do país. Um ano mais tarde, os preços mundiais do petróleo subiu drasticamente, como resultado da crise energética de 1973 a receita do país cresceu assustadoramente o que permitiu Saddam expandir sua agenda.

Dentro de apenas alguns anos, o Iraque estava prestando serviços sociais que eram sem precedentes entre os países do Médio Oriente. Saddam estabeleceu e controlou a "Campanha Nacional de Erradicação do Analfabetismo" e campanha de "Educação obrigatória gratuita no Iraque, e em grande parte sob a sua égide, o governo estabeleceu escolarização universal gratuitos do mais alto níveil de ensino; centenas de milhares aprenderam a ler nos anos seguintes ao início do programa. O governo também apoiou famílias dos soldados, concedeu hospitalização gratuita para todos, e deu subsídios aos agricultores. Iraque criou um dos mais modernizados sistemas de saúde público e no Oriente Médio, Saddam ganhou um prêmio da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO). Para diversificar a enorme "oleo-baseada" economia Iraquiana, Saddam implementou uma campanha de infra-estrutura nacional a qual fez grandes progressos na construção de estradas, a promoção da mineração, e desenvolvimento de outras indústrias. A campanha do Iraque revolucionou indústrias energéticas. A electricidade foi levada para quase todas as cidades no Iraque e em muitas regiões periféricas. Antes da década de 1970, a maior parte dos Iraquianos viviam no campo, onde ele próprio Saddam nasceu e foi criado, e cerca de dois terços eram camponeses. Mas esse número diminuiria rapidamente durante a década de 1970 porque o país investiu muito dos seus lucros do petróleo em expansão industrial. Depois de nacionalizar os interesses das petrolíferas estrangeiras , Saddam supervisionou a modernização do campo, a agricultura mecanizada em grande escala e distribuição de terras aos camponeses. Os Ba'athists estabeleceram cooperativas agrícolas, em que os benefícios foram distribuídos de acordo com o merecimento individual e os trabalhadores não qualificados foram treinados. O governo também duplicou despesas para o desenvolvimento da agricultura em 1974-1975. Além disso, a reforma agrária no Iraque melhorou o nível de vida do camponeses e o aumento da produção.

Aos olhos de muitos iraquianos Saddam se tornou pessoalmente associado com os programas Ba'athistas de desenvolvimento económico e bem-estar, alargando o seu dominio tanto dentro de sua base tradicional, como entre os novos setores da população. Estes programas eram parte de uma combinação de "cenoura e pau" táticas de reforçar o apoio da classe trabalhadora, o campesinato, dentro do partido e da burocracia governamental. A proeza organizacional de Saddam fez com que o Iraque se desenvolvesse em ritmo acelerado na década de 1970, o desenvolvimento foi tão grande que dois milhões de pessoas de outros países árabes, Iugoslávia e até mesmo o Brasil(Mendes Junior) trabalharam no Iraque para satisfazer a crescente procura de trabalho.

Para a consternação dos islâmicos conservadores, o governo de Saddam deu às mulheres mais liberdades e ofereceu-lhes alto nível de empregos no governo e na indústria. Saddam também criou um sistema jurídico no estilo ocidental,fazendo do Iraque, o único país na região do Golfo Pérsico que não era governado de acordo com a lei islâmica (Sharia). Saddam aboliu os tribunais Sharia,com exceção para os casos de danos pessoais .

Em 16 de julho de 1979, o presidente Al-Bakr renunciou por motivos de saúde. Saddam assumiu então os títulos de chefe de Estado, presidente do Conselho do Comando Supremo da Revolução, primeiro-ministro, comandante das Forças Armadas e secretário-geral do partido Ba'ath. Quinze dias depois, uma conspiração surgida entre os membros do partido do recém-nomeado líder máximo do Iraque terminou com a execução de 34 pessoas, entre elas membros do Exército e alguns dos mais íntimos colaboradores de Saddam Hussein. Saddam logo cercou-se imediatamente de uma dezena de oficiais leais, os quais colocou em cargos de responsabilidade. É então que o poder se torna verdadeiramente autocrático, com os primeiros anos de governo do auto-intitulado El-Raïs el-Monadel (o Presidente Combatente) a serem marcados pela execução de centenas de oposicionistas e a morte de 5.000 curdos em Halabja, em conseqüência da intoxicação provocada pelas bombas de gás Tabun lançadas pela aviação iraquiana.

Alegado antepassado de Saddam

Saddam Hussein ganhou espaço nos noticiários contemporâneos quando alegou ser descendente direto de Nabucodonosor II, auto-proclamando-se reencarnação literal dele.

A Terceira Guerra do Golfo: Guerra do Iraque

Durante os anos 90, a ONU exigiu a eliminação das supostas armas de destruição de massa, que o Iraque sempre negou ter. A população do país foi castigada pelas duras sanções econômicas impostas pelas Nações Unidas. Em 1997, começaram as desavenças do regime com a UNSCOM, comissão da ONU encarregada de supervisionar o desarmamento do Iraque - por causa da suspeita de que país buscava armamento químico e nuclear -, o que se prolongaria por seis anos e que serviria de pretexto para os Estados Unidos invadirem o Iraque. Em 1998, EUA e Reino Unido bombardearam o Iraque, tentando forçar o regime de Saddam a colaborar com as inspeções da ONU. Em 2001, como uma resposta aos ataques terroristas do 11 de setembro em Nova York e Washington, o presidente dos EUA, George W. Bush, incluiu o Iraque no chamado "eixo do mal", o que abria caminho para a nova campanha militar norte-americana contra o país. Após a campanha afegã contra o regime talibã, o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, iniciou a "segunda fase contra o terrorismo internacional".

Bush acusou o Iraque de ter ou desenvolver armas de destruição em massa, contrariando as resoluções da ONU impostas após a Guerra do Golfo, e de manter vínculos com o terrorismo internacional. Saddam Hussein, que negou as acusações, acusou Bush de manipular a suposta ameaça que o Iraque representava para a paz mundial e acrescentou que a única coisa que Washington buscava no Iraque era o controle do petróleo no Oriente Médio. Em 2003, George W. Bush moveu contra Saddam uma guerra para tirá-lo do poder, acusando-o de cúmplice no terrorismo antinorte-americano. Em 20 de março, a coalizão anglo-americana iniciou a intervenção militar no Iraque com um bombardeio inicial sobre Bagdá. Saddam foi expulso do poder pelas tropas estado-unidenses e britânicas numa guerra não autorizada pelo Conselho de Segurança da ONU. Sua retirada do poder, porém, não significou paz para o Iraque, mas sua definitiva conflagração. O paradeiro de Saddam foi desconhecido durante vários meses até que, em 4 de abril, a televisão iraquiana mostrou o ex-ditador, cercado de aliados seus, passeando pelas ruas da cidade. Em 8 de abril, um dia antes de as forças americanas atingirem o coração de Bagdá, um bombardeiro B-1 lançou quatro bombas de perfuração de bunkers contra um edifício da capital iraquiana, onde se acreditava que Saddam Hussein estivesse reunido com outros hierarcas do regime com o deliberado objetivo de assassiná-lo.

Mas ele conseguiu desaparecer depois que as forças da coalizão invadiram Bagdá, em 9 de abril. Escondido, continuou tentando motivar seus antigos combatentes, que se mostraram mais frágeis do que se imaginava e não resistiram ao poderio militar dos EUA — nem tampouco usaram as supostas armas químicas que motivaram o ataque. Em 13 de dezembro de 2003, Saddam Hussein foi localizado, militando na resistência à ocupação, e preso num porão de uma fazenda da cidade de Adwar, próxima a Tikrit, sua cidade natal, numa operação conjunta entre tropas estado-unidenses e rebeldes curdos. As tropas encontraram o ex-presidente escondido num pequeno buraco subterrâneo camuflado com terra e tijolos. Embora estivesse armado com uma pistola e duas metralhadoras AK-47, rendeu-se pacificamente após uma suposta patética negociação onde pretendia subornar seus captores com a soma de US$ 750.000 que guardava numa maleta. "Sou o presidente do Iraque e quero negociar", teria proposto, em inglês. Segundo a coligação militar, foi um membro de uma família próxima a Saddam quem o delatou. Um jornal jordano publicou uma versão alternativa da prisão. Saddam teria sido drogado por um parente, que lhe servia de guarda-costas, e vendido aos americanos, em troca da recompensa milionária que era oferecida. A filha Raghad, exilada na Jordânia, diz que com certeza seu pai foi drogado, de outra forma teria lutado como "um leão". Paul Bremer e Tony Blair confirmaram esta notícia.
Saddam barbeado após sua captura por forças norte-americanas.

Saddam, que não apresentou resistência alguma, estava sujo e desorientado quando foi capturado. Posteriormente, foi submetido a um exaustivo reconhecimento médico e a um teste de DNA, que confirmou sua identidade. Entre as primeiras imagens transmitidas, algumas mostravam Hussein sendo examinado por um médico militar americano, assim como outras mostravam o local de sua captura. Tais imagens causaram variadas reações pelo mundo, desde aqueles que - tais como grande parte da população americana e até iraquiana — as justificaram por motivos políticos, sociais e militares, até os que (baseando-se em interpretações do direito internacional) argumentaram que as imagens representavam uma violação intolerável à Convenção de Genebra acerca do tratamento a prisioneiros de guerra capturados.

Em 1º de janeiro de 2004, o Pentágono o reconheceu como "prisioneiro de guerra", e, em 30 de junho, transferiu sua custódia judicial ao novo Governo provisório iraquiano.

Durante 24 meses, Saddam permaneceu sob custódia das forças norte-americanas, à espera de ser julgado por um Tribunal Especial iraquiano patrocinado pelos Estados Unidos, que em 19 de outubro de 2005 iniciou o processo contra o ex-ditador e o condenou à morte na forca em 5 de novembro de 2006.

O julgamento e morte

Apesar dos grandes genocídios a ele atribuídos, os defensores de Saddam Hussein argumentam que carecia de neutralidade o julgamento que, segundo eles, deveria acontecer em um tribunal internacional, com juízes de várias nacionalidades. Os apoiantes do julgamento, contudo, defendiam que ele fosse julgado pelo próprio povo iraquiano, o que duvida-se que tenha acontecido, pois o país estava sob ocupação militar e com um governo universalmente reconhecido, tanto por seus adversários como até por seus partidários, como fantoche e o julgamento se deu com as forças de ocupação dando treinamento meticuloso à promotoria e lhe disponibilizado recursos e informações imensamente desproporcionais aos da defesa.

Saddam foi formalmente acusado de genocídio cometido em 1982 (foi acusado de ter ordenado o massacre de 148 iraquianos xiitas em Dujail, após ter sido alvo de um atentado fracassado à sua vida). Como espetáculo mediático, esporadicamente vinham cenas do julgamento sendo-se que o fato de apresentarem-se testemunhos e provas de que o referido massacre aconteceu era aceito como a validar a culpa de Saddam, quando se trataria de ver qual seria sua responsabilidade concreta nos fatos e não a mera constatação de que os mesmos se deram. Recorde-se que o Iraque então estava em uma das guerras mais sangrentas depois da Segunda Guerra Mundial.

O Irã era em 1982, como hoje, uma teocracia xiita e os xiitas são maioria no Iraque, tendo sido o governo de Saddam predominantemente de sunitas, embora fosse um governo laico (não-religioso). Esse atentado à vida de Saddam desse ano, ao que se sabe, foi feito no Iraque por um grupo militante xiita (talvez tido como pró Irã ou pelo Irã patrocinado) em plena guerra Irã-Iraque. Aliás o mesmo grupo militante do presidente xiita do Iraque que, com sua mão e caneta, assinou a pena de morte de Saddam. O julgamento também sequer esclareceu se o massacre foi uma retaliação ao mencionado atentado ou se o atentado foi um estopim de um confronto que já precedia. Se em quase todas as guerras há massacres, tampouco esclareceu-se se este não deveria ser compreendido no contexto dessa guerra, ou seja, uma gota do sangue derramado num conflito que fez milhares de vezes mais mortos e de vítimas que esse massacre.

Recorde-se adicionalmente que Saddam foi durante essa guerra apoiado pelas potências ocidentais o tempo todo, as quais eram então adversárias da república teocrática iraniana, incluíndo precisamente as que compuseram a coalizão invasora de 2003, apoio esse que nunca foi comprometido pelos crimes atribuídos a Saddam, sejam aqueles pelos quais foi julgado, sejam quaisquer outros, acrescentando-se que eram todos eles de conhecimento internacional. Saddam somente cairia em desgraça por invadir o Kuweit e por manter uma postura desafiadora frente Israel e a seus anteriores patrocinadores ocidentais. Essa invasão se deu paradoxalmente sob um pretexto de legalidade: através de documentos falsificados acusou-se o Iraque de ter armas ilegais e mesmo sob as equipes de inspeção da ONU pleiteando mais prazos para inspecionar o país, o Iraque foi invadido ao arrepio de toda lei internacional, com a mesma ilegalidade que este invadira o Kuweit. Posteriormente, o argumento das armas ilícitas foi totalmente desacreditado ficando o motivo da invasão meramente especulativo, se seria este o objetivo humanitário de fazer bem ao Iraque democratizando-o ou demagogia belicosa para se exorcisar a derrota americana no Viet-nam ou vingança de algum tipo ou por interesses estratégicos e econômicos nesse país e região do mundo de importância petrolífera máxima.

O júri foi marcado pelo assassinato de três advogados de defesa, pela troca do juiz-chefe, pelo comportamento rebelde do réu e por sucessivos adiamentos e interrupções. Organizações de defesa dos direitos humanos, como a Anistia Internacional, condenaram o julgamento, afirmando que ele teve erros e vícios, por ter sido realizado em um país dominado por conflitos sectários.

Em 5 de novembro de 2006, após um julgamento conturbado, o tribunal iraquiano condenou Saddam à pena de morte por enforcamento por crimes contra a humanidade. No dia 26 de dezembro de 2006, um tribunal de apelação do Iraque confirmou a sentença contra Saddam Hussein. Em sua última carta pública, dita testamento, escrita porque sua “sentença fora proferida por ordem dos inimigos invasores”, Saddam, mostrando valores da paz, respeito e tolerância, despede-se da vida terrena e dos “heróis corajosos e fiéis da nossa resistência, das iraquianas virtuosas e dos filhos da gloriosa nação iraquiana”, pedindo a reconciliação dos iraquianos afundados em conflitos entre sunitas e xiitas e deixando um apelo:

“Peço-lhes, meus irmãos e irmãs: não tenham ódio dos povos dos países que nos atacaram, causaram danos, nos separaram e afetaram a tomada de decisão”. E segue (trechos selecionados): “Paciência, em Deus procuramos conforto e ajuda contra os tiranos. Ofereço minha alma em sacrifício, e Deus Todo Poderoso a levará para onde estão os mártires, pois Deus Glorificado quis mais uma vez que eu estivesse no coração da jihad. Ou que seja feita a Sua vontade, Ele, o Clemente, o Misericordioso. Dele somos e a Ele retornaremos. Não odeiem o ser humano, mas repudiem o mal. (...) Saibam perdoar, pois Deus é clemente e perdoa mesmo sendo superior. Ele nos quer ideal exemplo do amor, do perdão e da fraterna convivência entre si. Que a lei seja seu embasamento e que sejam justos, pois as nações e os povos só crescem com justiça e não com rancores e ilegalidades. Os que se apóiam nos poderosos ocupantes para se sentirem mais fortes que os demais são banais e vis.”

Saddam Hussein, 69, foi entregue aos seus executores iraquianos pelas forças americanas que o custodiavam alguns minutos antes de seu enforcamento no início do dia 30 de dezembro, em Bagdad, gerando posições contrárias de várias instituições internacionais, como a Anistia Internacional, o Vaticano, bem como de vários países. A televisão estatal iraquiana levou ao ar imagens de Saddam Hussein, aparentando estar calmo, conversando com o carrasco que ajeitava a corda em volta de seu pescoço e o encaminhava para o cadafalso. Saddam se recusou a usar o capuz preto na hora da execução, tendo preferido ser enforcado com o rosto à mostra. Segundo o conselheiro da Segurança Nacional do Iraque, Mouwafak al-Rubai, durante a execução estiveram presentes um juiz do Tribunal de Apelação iraquiano, um representante da Promotoria, outro do Governo e "um grupo de testemunhas". Através de um celular foram ilegalmente filmados os instantes finais de Saddam em que se comprova outra versão de que sua execução não foi formal cumprimento de sentença judicial, mas com os presentes fazendo-lhe humilhações e insultos a impedir-lhe que morresse proclamando a oração "Só há um Deus e Muhammad é Seu profeta".



Saddam foi não julgado por genocídio contra os curdos iraquianos nem por quaisquer outros fatos relacionados que lhe pudessem ser imputados. O prosseguimento do julgamento de Saddam, anunciado que continuaria mesmo após a execução, foi suspenso, ficando assim sem julgamento quase a absoluta totalidade dos crimes que lhe foram imputados, passando o assunto da justiça para os historiadores, um dia, quem sabe, estabelecer a verdade.

O ex-presidente iraquiano foi sepultado no dia 31 de dezembro, próximo de sua cidade natal, Tikrit, numa propriedade de sua família, perto dos túmulos de seus dois filhos, Uday e Qusay, mortos pelas tropas de coalizão em julho 2003, vendidos pela recompensa de US$ 15 milhões oferecida por cada um deles, juntamente com seu neto.

Em 2008, a vida de Saddam Hussein foi retratada em uma minissérie britânica, produzida por BBC e HBO, intitulada House of Saddam. Dividida em quatro capítulos, a minissérie exibe a trajetória do ditador, desde sua posse, em 1979, até a queda em 2003, além de seu relacionamento familiar e com seus conselheiros.

Literatura

Saddam Hussein dedicou-se também à literatura, o primeiro romance, Zabibah e o Rei de 2001, foi um sucesso de vendas e foi igualmente transposto para um musical no Iraque. Mais tarde, terá editado A Fortaleza Inexpugnável, que também a ele é atribuída. Em 2003 foi publicada a biografia política de Saddam Hussein intitulada Saddam Hussein: A Political Biography escrito por Efraim Karsh e Inari Rautsi.

Fonte: Wikipedia

Pensamentos do Dia - 30 de Dezembro de 2009


"Não nos deixemos perturbar por ninharias, que devemos desprezar e esquecer. Lembre-se " A vida é muito curta para sermos mesquinhos".

Dale Carnegie

"O homem que tem coragem de desperdiçar uma hora do seu tempo não descobriu o valor da vida."

Charles Darwin


"Erros são, no final das contas, fundamentos da verdade. Se um homem não sabe o que uma coisa é, já é um avanço do conhecimento saber o que ela não é."

Carl Jung

"Em vão procuramos a verdadeira felicidade fora de nós, se não possuímos a sua fonte dentro de nós."

Marquês de Maricá

"A infelicidade tem isto de bom: faz-nos conhecer os verdadeiros amigos."

Honoré de Balzac

"Poucas são as dores, por mais agudas que sejam, às quais uma boa renda anual não traga um certo conforto."

L. Smith

Notícias da URCA - Dia 30 de Dezembro de 2009


Administração da URCA faz avaliação positiva e destaca boas perspectivas para 2010, em festa de confraternização

A Universidade Regional do Cariri (URCA) fecha o ano com um balanço positivo de atividades e boas perspectivas para o desenvolvimento de ações importantes para 2010. Um momento de confraternização, foi realizado na última semana, com a participação dos funcionários da instituição e administração superior. O evento contou com as presenças do Reitor, Professor Plácido Cidade Nuvens, e da Vice-Reitora, Professora Otonite Cortez. Uma missa foi celebrada no Salão de Atos da Instituição pelo padre José Vicente. O Reitor Plácido destacou a importância da fraternidade, num momento de agradecimento pela colaboração de todos pelo trabalho desenvolvido na instituição ao mesmo tempo em que desejou boas festas e um feliz ano novo a todos. A Vice Reitora, Professora Otonite Cortez, destacou os trabalhos desenvolvidos em 2009, ressaltando a postura do Reitor Plácido Cidade Nuvens, com a abertura de pensamento e visão democrática com que tem desenvolvido a sua administração, de forma tranqüila, à frente da Instituição Universitária. Ela destacou a papel da URCA, que considera de maior alcance social no Cariri e Centro-Sul do Estado, enquanto instituição pública e gratuita. Ressaltou, ainda, as conquistas quanto ao projeto administrativo, de proporcionar ensino de qualidade, público e gratuito. Este ano, a Universidade deu mais um passo, com a gratuidade dos cursos no Campus de Campos Sales, além do conquistado em Iguatu. Otonite também destaca a conquista do projeto de doutorado interinstitucional para a Universidade. Em 2010, novos projetos como a construção da sede do Geopark Araripe, em Crato, a inauguração do Restaurante Universitário e construção da Residência Universitária, um sonho antigo dos estudantes, com investimento de mais de R$ 480 mil. Dentro dos projetos está inserida a construção do tão sonhado Ginásio Poliesportivo para a URCA. Durante a confraternização houve o sorteio de brindes, com distribuição de cerca de 300 cestas para os funcionários, entregues pelo Reitor e a Vice-Reitora.

URCA recebe novos espaços e equipamentos de informática em 2009

Com a presença do Governador do Estado, Cid Gomes, Reitor da Instituição, Plácido Cidade Nuvens, e administração superior, a URCA teve inaugurado este ano novos espaços, como a praça dos Coqueiros e o Salão da Terra. Foi efetivado o processo de modernização de equipamentos de informática, com a aquisição de quase 300 computadores, impressoras, com a implementação desses equipamentos de salas de informática no Campus do Pimenta e também no Centro de Ciências e Tecnologia, de Juazeiro do Norte. Outro destaque importante dos trabalhos, tem sido a mudança no mobiliário da Universidade, que há vários anos não acontecia, com o investimento de cerca de R$ 470 mil em móveis, inclusive proporcionando maior conforto aos estudantes e professores que visitam a biblioteca da URCA, além das salas de coordenações, diretorias e dos Centros Acadêmicos, que receberam novo mobiliário.

Bolsistas do Geopark Araripe aprovados em Mestrado da UFC

Gabriela Karine Rocha de Carvalho e Rafael Celestino Soares, pesquisadores bolsistas do Geopark Araripe, prestaram seleção para o Mestrado em Geologia da Universidade Federal do Ceará – UFC, edital 2010.1, com sucesso. Rafael é licenciado em Geografia pela URCA e obteve a 2° colocação no processo seletivo. Irá desenvolver a tese intitulada “Similaridades Geológicas e Paleontológicas entre as Formações Santana (Bacia do Araripe) e Codó (Bacia do Grajaú)”, sob orientação do Professor Doutor José de Araújo Nogueira Neto. Gabriela é licenciada em Biologia pela URCA e irá desenvolver a tese intitulada “O Gástropodos da parte superior do Membro Romualdo da Formação Santana da Bacia do Araripe”, sob orientação do Professor Doutor Cristiano Magini. Ambos serão também co-orientados pela Professora Ph.D Maria Helena Ribeiro Hessel, da UFC- Cariri.

Confraternização realizada no Campus de Iguatu

No último dia 16 de dezembro, o Professor Elpídio Cavalcante, do Curso de Enfermagem do Campus Avançado da URCA, de Iguatu, recebeu os professores e servidores para a Confraternização Natalina. Presentes o Magnífico Reitor, Prof. Dr. Plácido Cidade Nuvens, a Vice - Reitora, Profª Otonite Cortez e o anfitrião, o Presidente do Campus, Prof. Ivo Ferreira, dentre outros integrantes da Administração.

Contato:
Assessoria de Comunicação
Universidade Regional do Cariri - URCA
(88) 3102.1218 www.urca.br
urca.imprensa@gmail.com
Crato, 29 de dezembro de 2009.

LULA assina lei que estabelece redução de emissões de carbono de até 39% até 2020


Presidente vetou três pontos que haviam sido aprovados pelo Congresso. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou nesta terça-feira (29) a lei que estabelece a Política Nacional de Mudanças Climáticas. Conforme negociações acertadas com os ministros do Meio Ambiente, Carlos Minc, e de Minias e Energia, Edison Lobão, a proposta aprovada pelo Congresso teve três vetos. A lei deve ser publica ainda hoje em uma edição extra do "Diário Oficial da União". A lei estabelece uma meta de redução das emissões nacionais de gases de efeito estufa entre 36,1% e 38,9% até 2020.

Na última segunda (28), após reunião com o Lula, Minc informou que um dos pontos que seriam vetados era o que trata da proibição do contingenciamento de recursos destinados a ações voltadas ao enfrentamento das mudanças climáticas. Segundo ele, o veto ocorreu por motivos técnicos, já que a lei não pode dispor sobre o bloqueio de verbas orçamentários. Outro veto, pedido pelo ministério de Minas e Energia, elimina determinação de o país abandonar "paulatinamente" o uso de combustíveis fósseis. Minc diz que a proposta é estimular fontes limpas e não necessariamente deixar de usar por completo fontes não renováveis. Também foi barrado pelo presidente dispositivo que condicionava estímulos governamentais apenas para usinas de pequeno porte. Segundo Minc, as usinas médias e grandes também têm de ser estimuladas. Ontem, Minc fez elogios ao papel que o Brasil desempenhou na reunião do clima em Copenhague, afirmando que foi reconhecido por todos os países "o protagonismo do Brasil".

– O mundo percebeu isso por nossas metas ousadas e pela nossa posição de cobrança e até pelo compromisso de colocar dinheiro (para financiar políticas de redução de emissões).

Segundo Minc, no início de 2010 devem ser realizadas reuniões com governos estaduais e municipais, acadêmicos e empresários de áreas como construção civil, mineração, agropecuária, indústria de bens de consumo, de serviços de saúde e de transporte público para discutir as metas que constarão no decreto presidencial que definirá as metas de redução de gases poluentes de cada setor.

Do R7, com Agência Brasil

Edições Anteriores:

Novembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30