xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 12/12/2009 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Em breve, estaremos de volta com as novas transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, alguns programas ao vivo ). O modelo será mais ou menos como no vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos em que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

12 dezembro 2009

Quem não teve seu artigo publicado, envie novamente !

Olá, Amigos,

Peço aos colaboradores que enviaram textos nessa semana e que porventura não foram publicados até hoje, que envie novamente para nosso e-mail. Estive muito atarefado nos últimos dias, e hoje tentei deixar tudo em órdem, mas se faltou algum texto, peço que envie novamente.

Abraços,
Bom Domingo!

Dihelson Mendonça

O cinismo no combate à corrupção no Brasil - Postado por Océlio Teixeira


Por: Erivaldo Carvalho

"A solenidade em que o presidente Lula anunciou o projeto que transforma casos de corrupção em crimes hediondos, no último dia 9, é a cara do Brasil: um enfadonho faz-de-conta de que alguma coisa está sendo feita, para ficar tudo como está. O ato não passou de (mais) um golpe de mídia. No dia internacional de combate à corrupção, com ampla cobertura jornalística, o petista só teve o trabalho de convocar a imprensa e faturar mais essa. Dois dias depois, ao fazer uma repercussão para O POVO com políticos e especialistas no problema, o repórter Gabriel Bomfim deparou-se com algo que ilustra bem o ``balão de ensaio``, como definiu o presidente da OAB nacional, Cezar Britto. O líder do PT na Câmara dos Deputados - por onde o projeto deverá começar a tramitar -, Cândido Vacareza (SP), esquivou-se de comentar a iniciativa do Palácio do Planalto, alegando que não estava a par dos detalhes. Dá para levar a sério uma matéria que não é do conhecimento do principal partido do Governo?

A propósito disso, outra pergunta: o Lula que quer penas mais severas para corruptos é o mesmo que tenta pichar o trabalho do Tribunal de Contas da União, que vira e mexe encontra indícios de irregularidade em obras federais? Em tempo: o presidente da República defende publicamente que mais vale uma obra, mesmo sob suspeitas, andando, do que parada. Segundo ele, os prejuízos são menores. É o autêntico rouba mas faz.

PROJETOS JÁ TEM DEMAIS
Se a chaga nacional da corrupção na política fosse efetivamente uma preocupação dos governos - deste e de tantos outros -, não precisaríamos de mais um projeto. Bastaria que fossem tirados do fundo das gavetas no Congresso Nacional todas ou parte das 14 propostas que por lá dormitam. Uma delas foi enviada pelo então presidente Itamar Franco, em 1993. Portanto, há 16 anos. No mesmo dia que o presidente Lula protagonizou, com pompa e circunstância, o envio do seu projeto, a Frente Parlamentar de Combate à Corrupção divulgou a lista. Os temas vão desde a prioridade nos processos envolvendo autoridades à prisão de funcionários públicos ou ocupantes de cargos eletivos, passando pelo endurecimento da legislação eleitoral. Neste último ponto, destaque para o projeto ``ficha limpa``, pelo qual políticos, uma vez condenados em qualquer instância, seriam banidos do processo eleitoral. Detalhe importantíssimo: seis dos 14 projetos estão prontinhos para entrar na pauta do Plenário.

JUSTIÇA E ELEITOR
A quantidade de projetos no Congresso que tocam na prevenção ou punição de atos de corrupção é muito maior do que a lista que a frente anticorrupção faz supor. Uma rápida pesquisa da Coluna identificou 67 matérias do tipo. Apenas em 2007, foram apresentadas 31 & o mesmo número de propostas sugeridas entre 1993 e 2006. Em 2008 e 2009, foram mais cinco. Como se percebe, ninguém está inventando a roda no assunto. Tem muita gente jogando para a plateia. O que poderia diferenciar a seriedade de uma proposta das iniciativas "cara lavada" de sempre talvez fosse o envolvimento político-partidário para valer de quem propõe. Para começar, não sendo um ato isolado, em busca de holofotes. Mas algo envolvente e articulado entre o Executivo e o Legislativo. O segundo ponto seria sensibilizar o Judiciário. De quase nada adiantará pilhas de projetos aprovados se a Justiça não entender que o País precisa aposentar - em alguns casos, tirar de circulação - boa parte de sua classe política.

O terceiro - e, provavelmente, o mais importante ponto - está com o eleitor. Ainda não inventaram melhor antídoto contra a ladroagem do dinheiro público do que informação e acompanhamento dos mandatos eletivos. Portais e sites de transparência financeira dos governos são um bom começo. Já no período eleitoral, é preciso responsabilidade cidadã. O corrupto vive em função do corruptor. Basta de o sujeito vender sua consciência política e depois fingir que foi enganado."

Fonte: O POVO

Crato – Cidade Hospitaleira - Por: João Nicodemos


A cidade do Crato, com sua natureza exuberante repleta de nascentes e dona de uma história rica em personagens atuantes que marcaram a própria história do Brasil, desde há muito conquistou meu coração. Sou cratense por adoção e com isso me alegro. Uma das características que sempre me atraiu nesta cidade foi sua inclinação para as Artes.

Grandes nomes do passado, sempre presente, como Sinhá D’amora, Vicente Leite, Cego Aderaldo, Dona “Ciça do Barro cru” e tantos mais, servem de inspiração para os artistas contemporâneos, igualmente talentosos e atuantes. Não sem razão, foi escolhida a primeira “Capital das Artes” do Ceará, num justo reconhecimento aos seus valores culturais, tanto acadêmicos como populares. Seus Mestres de Cultura Popular, Mestre Aldenir, Mestre Cirilo, Banda Cabaçal dos Irmãos Aniceto, Coco de Mulheres da Batateira, Zulene Galdino, e tantos outros, são os pilares de sustentação e transmissão de nossa herança cultural, este grande tesouro. Os saudosos Festivais da Canção dos anos 70; os Salões de Outubro; a OCA (Oficinas de Cultura e Arte); a Academia de Cordelistas do Crato; o ICC - Instituto Cultural do Cariri; a SOLIBEL – Sociedade Lírica do Belmonte; a SCAC – Sociedade de Cultura Artística do Crato e tantas entidades e pessoas envolvidas, conjunta ou individualmente na produção, criação e transmissão das Artes fazem desta cidade um exemplo de como cultuar e difundir a Arte como ferramenta de desenvolvimento humano.

Em face da diversidade cultural e de sua aptidão para as Artes, a cidade sempre recebe visitantes ilustres que aqui aportam para ensinar e aprender sobre nossa cultura e tradição. Alguns, de passagem, seguem seus destinos, maravilhados com o que vêem e vivem por aqui. Outros ainda mais impressionados e apaixonados resolvem ficar, desenvolver seus trabalhos e pesquisas por aqui, fixando residência e adotando a cidade do Crato como berço, conquistando amigos e sendo cativados pela hospitalidade de nossa gente. Passam a integrar os grupos de artistas pesquisadores e produtores culturais enriquecendo ainda mais nossa cidade.

Um desses casos é o de Maria Gabriella Federico, restauradora de obras de arte com formação na Europa e grande experiência na área. Chegou ao Crato em Agosto de 2006, sendo recebida pela eminente Madre Feitosa, com seu peculiar carinho e atenção. Durante o período em que mora no Crato restaurou oito esculturas na catedral da Sé, a poltrona do Bispo e o altar; treze esculturas da capela do hospital São Francisco; duas imagens pertencentes a Dom Fernando Panico (uma com mais de 400 anos); em Santana do Cariri, a imagem da padroeira; em Maurití e Missão Velha, restaurou diversas imagens de capelas; e imagens particulares de vários locais. Atualmente está trabalhando na restauração de dezenove obras do acervo do museu Vicente Leite, no Crato, cujos trabalhos vêm valorizar ainda mais este importante patrimônio cultural, além de outras obras de particulares.

Como se não bastasse fundou em 2008, o “OLHAR – Casa das Artes”, uma entidade que se ocupa em difundir e ensinar as diversificadas formas de Arte que são praticadas no Cariri, tais como: xilogravura, modelagem e escultura (tendo construído um forno para finalizar as peças), mosaico, dança de salão, restauração e outras formas de expressão artística. Os facilitadores desses cursos são artistas locais que têm a oportunidade se desenvolver ensinando sua Arte, contando ainda com um espaço para expor seus trabalhos. Na área da Música, Teatro e Dança oferece espaço para estudo e espaço para apresentações. Diversos Saraus Poéticos foram realizados bem como apresentações musicais e Performances temáticas.

Os investimentos iniciais foram todos, iniciativa da idealizadora e criadora do espaço, Maria Gabriella Federico que em breve estará contando com o apoio técnico e estratégico de entidades como o SEBRAE, SESC, SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA e do MINISTÉRIO DA CULTURA, bem como de outras entidades sociais e pessoas físicas interessadas no desenvolvimento cultural de nossa cidade.

Congratulações à Gabi e às correntes progressistas da Cidade que recebem com alegria, iniciativas tão importantes para o nosso desenvolvimento.

Por: João Nicodemos

A amizade Por Carlos Bernardo González Pecotche (Raumsol)

A amizade, tal como é no fundo e em sua singeleza, equivale ao afeto que, nascendo no coração dos seres humanos, emancipa-se de toda mesquinhez e interesse, enaltecendo e enobrecendo o pensamento e o sentimento dos homens. Não se poderia conceber a amizade se ela não fosse presidida pelo ternário simpatia-confiança-respeito, indispensável para nutrir o sentir que a constitui. Se admitimos que o ódio é movido por espíritos em discórdia que as forças do mal aproveitam para ampliar sua abominação, com maior convicção ainda deveremos admitir que a amizade, encarnando o espírito de solidariedade pela compreensão do afeto, pode mover forças muito mais potentes que as do mal, pois ela é o grande ponto de apoio sobre o qual se concentram as maiores esperanças do mundo.

É pelo signo da amizade que se unem os homens, os povos e as raças, e é sob seus auspícios que há de haver paz na Terra. Se algo existe na natureza humana que demonstre de forma mais palpável a previsão do Criador Supremo ao lhe infundir seu hálito de vida é, sem dúvida alguma, a propensão de todo ser racional a estender seu afeto ao semelhante, já que nisto, poderíamos dizer, se apoia a manutenção ou perpetuação da espécie humana. A força que a amizade infunde reciprocamente nos seres sustenta a vida através de todas as adversidades e a perpetua, apesar dos cataclismos que o mundo já teve de suportar.

A amizade entre os homens consegue realizar o que nenhuma outra coisa consegue, por maior que seja. Não seria ousado afirmar que ela é um dos poucos valores de essência superior que ainda restam no homem, que o elevam e dignificam, tornando-o generoso e humanitário. Não se violam impunemente os preceitos naturais que tornam possível a convivência humana. Toda amizade sincera é presidida pelo próprio Deus; quem atraiçoa essa amizade comete, em conseqüência, uma inqualificável ofensa ao Supremo Juiz de nossos atos.

Embora seja certo que nem todos podem inspirar e ainda professar uma verdadeira amizade, por carecerem de sentimentos adequados que não desvirtuem o significado que substancia seu inegável mérito, ou por impedi-lo, geralmente, características mentais ou psicológicas adversas, é de todo ponto de vista admissível que possam, superando suas condições pessoais, alcançar a graça de uma amizade ou de muitas. Mas uma coisa que não sabem os que destroem francas e nobres amizades é que a corrente de afeto altruísta bruscamente cortada por quem defrauda seu semelhante encontra sempre sólidos pontos de apoio no coração dos demais, daqueles que mais próximos estiveram dessa amizade.

Em geral, os homens esquecem em que circunstâncias nasceu esse sentimento e como foi aumentando gradualmente, até os limites do maior apreço. Daí também que apareça, na alma dos que o truncam sem justificativa alguma, o tão desprezível estigma da ingratidão. Fácil será deduzir, pois, que a humanidade só deixará de existir como tal se a amizade se extinguir por completo no coração dos homens.

Coletânea da Revista Logosofia Tomo 2 p.1

Texto enviado por Mário Amorim


Nobel da Paz - Por: Hildeberto de Aquino

NOBEL DA PAZ – Uma concessão que se tornará o símbolo extremo da incoerência! Qualquer um, mesmo o Obama - não presidente, mas enquanto cidadão e um símbolo da luta e força étnica no seu país - faria jus sim! Mas o quê está a representar, NÃO! Qual nação fomenta mais guerras que os Estados Unidos? O Comitê pecou, abriu um precedente comprometedor e é imperdoável! Para tantos perdeu a credibilidade. Distorções dos tempos atuais!

Hildeberto AQUINO
Corretor de Imóveis
Russas (CE)

DEPUTADO ROQUE É A FAVOR DA CRIAÇÃO DE NOVOS MUNÍCIPIOS

O Deputado Roque, em recente entrevista ao Jornal do Cariri, defendeu a emancipação de novos distritos no Estado, aprovando a Lei Complementar que disciplina a efetiva criação de novos municípios. “Eu não vejo nenhum município por onde ando no Brasil que hoje esteja pior do que quando eram distritos. Em todos os distritos emancipados, as condições de vida da população melhoraram. O poder público passa a ser mais presente e as ações sociais e governamentais ficam mais perto da população. Por isso, sou a favor da emancipação’’, afirmou Roque.

O Deputado é um dos defensores da emancipação do Distrito de Ponta da Serra, em Crato, que se encontra entre os critérios estabelecidos na lei. No que diz respeito à população, deve-se dizer, que de acordo com o IBGE, no censo 2000, Ponta da Serra contabilizava 8.234 habitantes. Hoje, em vista do acelerado crescimento dos últimos dez anos, acredita-se que o distrito já ultrapassa a faixa de 10 mil habitantes.

GABINETE DEPUTADO ROQUE
85-3277 2562/88-3523 2438
www.sinevalroque.com.br

Vamos fazer o bem e viver a vida da melhor maneira possível! - Por: Arimatéa


Ninguém vive só. Todos nós vivemos em sociedade e este fato aprendemos desde pequenino em casa. Mas parece que tem pessoas que não aprenderam bem os ensinamentos da mãe. Por que estou falando assim? É que é dureza aguentar certas figuras que estão ao nosso lado. Digo isto por que o mundo tem gente de todo tipo. Acredito que a maioria das pessoas são boas e sempre estão de bem com a vida e com os seus semelhantes. Digo isso, pois seria impossível viver num mundo em que os maus fossem maioria. Maus mesmos são esses safados e sem vergonhas que na sua maioria comanda a política nacional. Não vou nem citar nomes e nem escândalos, pois assim daria mais propaganda a esses ladrões da merenda das crianças, hospitais públicos ou investimentos no social.

Procuro viver de bem com a vida e com meus semelhantes, sempre procurando trabalhar do meu jeito e sem falar dos outros de uma forma depreciativa. Das pessoas que convivo tem alguns que noto que vive a falar dos outros colegas ou de outras pessoas de uma forma que considero, a meu ver, pejorativa ou até mesmo preconceituosa. Esses dias mesmo pensei comigo:

-Vou rezar por mim e por essas pessoas!

Rezei por causa de um comentário sobre a minha pessoa que escutei de um colega meu. Ele disse que nem doente eu fico. Isso me machucou e certamente várias pessoas se sentem machucadas com comentários maldosos de pessoas que convivem ao nosso lado. São pessoas com algum problema e com isso tenta descontar nos outros ou quem está por perto ou não. No convívio de todos nós conhecemos pessoas que vive a falar mal dos outros, a comparar as horas de trabalho dele com a dos outros colegas ou ainda não digerir a competência e o desprendimento do semelhante. Defendo que quem fala mal do outro é por que tem inveja. A inveja é coisa muito feia, mas o invejoso não se contenta com nada e o seu esporte favorito é vigiar as outras pessoas. Sempre comparando sua situação com a dele.

Divagações assim como a minha são importantes por esse momento que vivemos, em que o desprendimento deve ser lei o ano todo. O momento é muito propício para se fazer uma análise da nossa vida e por aí procurar viver em paz, principalmente conosco. Falei acima que o mundo é feito em sua maioria por pessoas boas e façamos convergir para todos essa força que é o bem. Mas um bem para todos, até para aquelas pessoas que lhe fazem comentários maldosos, cheios de malícia. Ih! Não estou falando besteiras! A convivência entre os seres humanso é possível, basta cada um fazer o seu papel, sua tarefa ou seu dever de casa visando o melhor para si e para o semelhante que está ao nosso lado. Vamos lutar por ética, justiça, solidariedade, paz e amor!
José de Arimatéa dos Santos

Texto e Foto: Arimatéa


Supostos Ovnis são investigados no Ceará


Mais de 3 mil casos ufológicos foram investigados pelo Centro de Pesquisas Ufológicas do Ceará. Segundo o presidente do centro, há muitas fraudes nessa área. Quixadá é a cidade onde mais .aparece histórias envolvendo extraterrestres - 12 Dez 2009 - 14h53min.

Desde que foi criado, em 1959, o Centro de Pesquisas Ufológicas (CPU) do Ceará já investigou 3.418 casos que, supostamente, envolviam discos voadores ou extraterrestres. Desse total, só 700 foram considerados verídicos. ``A maioria das histórias é mentirosa``, atesta o presidente do centro, Reginaldo de Athayde. Atualmente, o CPU conta com 312 associados, mas ``somente nove ou dez trabalham de fato nas pesquisas.`` Os ufólogos viajam por conta própria para os locais onde aconteceu algum fenômeno ufológico. Na bagagem, levam máquina fotográfica, filmadora e equipamentos que detectam metais e objetos em movimento. ``A gente recolhe todo material que encontra. Pode ser areia, pedra, água, o que estiver por perto para saber se tem alguma coisa que foge ao normal``, informa Athayde.

Os associados ao CPU têm um método de trabalho próprio. ``A gente já vai acreditando que é mentira, como se fosse o advogado do diabo. Quando não conseguimos desmentir a história é que consideramos o caso verídico e passamos para uma investigação mais séria, que pode durar meses``, explica o presidente. O representante comercial Hélio Loyola, que também é ufólogo da CPU, lembra que as entrevistas com os envolvidos nos casos são fundamentais. ``A gente prova a partir de perguntas e do tempo. O diagnóstico não é dado nas primeiras visitas. Geralmente, passa seis meses para dar um veredicto.``

Ceará

Quixadá é a da cidade cearense onde mais aparece histórias envolvendo extraterrestres. ``Mas tem no Ceará quase todo``, comenta Loyola, citando, além da Capital, as cidades de Baturité, Crato, Guaraciaba do Norte, Juazeiro do Norte, Massapê, Morada Nova, Pacajus, Quixeramobim, São Benedito, Sobral e Viçosa do Ceará. O presidente do CPU cita três casos que foram comprovados pelos ufólogos do centro: um policial militar que teria sido abduzido na cidade de Palhano, em 1992; um outro homem que teria sido levado pelos extraterrestres da lagoa da Maraponga, em Fortaleza, ``há uns 20 anos``; e um fenômeno ocorrido em Baturité no ano de 1994, quando milhares de pessoas avistaram objetos luminosos no céu. ``Foi analisado e constatado que eram discos voadores``, diz Athayde. (Tiago Braga)


E-Mais

> O presidente do Centro de Pesquisas Ufológicas do Ceará, Reginaldo de Athayde, diz que, para ser ufólogo, é preciso ``ter curiosidade, gostar de investigar e acreditar naquilo que está buscando.``

> Não existe faculdade de ufologia no Brasil. Mas Athayde diz que os ufólogos estudam e trocam conhecimentos durante congressos realizados todos os anos. ``A gente debate os processo de investigação.


SAIBA MAIS

CASO BARROSO
> Outro caso considerado como verídico pelo Centro de Pesquisas Ufológicas do Ceará teria acontecido em Quixadá, no ano de 1976. Na época, o comerciante Luiz Barroso Fernandes relatou que foi abduzido por ETs.

> De acordo com depoimentos dados na época, ele estava em uma estrada quando ouviu um ruído que lembrava zumbido de abelhas. Depois, viu uma bola de luz que girava sobre sua cabeça. O objeto parou de girar e uma pequena porta abriu. Por ela, teriam saído dois seres baixos de aspecto humano. Barroso contou que foi atingido por um raio de luz, perdeu os sentidos e acordou horas depois, em outro local.

> Ainda segundo os depoimentos, o fazendeiro estava meio dormente, com sensação de febre e o lado esquerdo do corpo queimado, como se tivesse sido exposto ao sol por um tempo prolongado. Barroso foi socorrido por um vaqueiro conhecido seu que passava pelo lugar e lhe prestou auxílio, levando-o até sua fazenda.

> O caso foi pesquisado durante 17 anos. No transcorrer desse período, Barroso entrou numa regressão mental inexplicável até parecer uma criança de não mais que nove meses de idade. Barroso morreu em abril de 1993.

Fonte: O Povo

Grupos de lapinhas vivas exaltam o Natal - Postado por Océlio Teixeira


Normalmente os grupos, em sua maioria formados por crianças, são coordenados por mulheres

Por: Elizângela Santos

"Os caboclinhos da aldeia se deslocam para ver Jesus, de Belém. Nos trechos dos cânticos ensaiados das lapinhas, segue uma tradição popular nas ruas de cidades do Cariri. Normalmente os grupos, em sua maioria formados por crianças, são coordenados por mulheres. Zulene Galdino, mestre da Cultura do Ceará, é uma delas. Uma amante das artes populares, reúne os meninos desde setembro, para ensinar as antigas tradições.

São quase 40 anos na rima: "Vamos, vamos com fervor, adorar Nosso Senhor. Vamos, vamos com alegria, adorar a Virgem Maria". Os cânticos da tradição popular nas apresentações abrem alas para a festa da chegada do Menino Deus. Os personagens da lapinha saúdam com festa. São diversos e devidamente caracterizados. Desde a Península Ibérica ao Cariri, muita coisa mudou...

Este ano, Zulene ainda não recebeu nenhum convite para se apresentar com as crianças. Mas isso não é motivo de preocupação. "Quando comecei, ninguém sabia, e fazia isso com muita alegria". A terreirada que aconteceu em novembro, na porta de sua casa, para a apresentação da lapinha na Mostra Sesc, foi a oportunidade. Acredita que as pessoas estão cada vez mais distantes dessas tradições, que traduzem como elemento de grande valor de formação educativa para as crianças.

Zulene lembra da importância de dar oportunidade às crianças e aos jovens. Ela vê uma alternativa para retirá-los de caminhos que levam ao vício. "Ninguém aqui usa droga. Ficam aprendendo as cantigas, dançando. São coisas leves, que falam de Jesus, Maria, José. Os maiores dão até aulas para os outros aqui em casa, à noite". Isso acontece após os ensaios.

É reunindo todo mundo que se forma a alegria dessa mestre, que tem dedicado a sua vida a repassar valores que aprendeu na infância e adolescência. Ela segue as recomendações dadas pelo pai de ensinar as outras gerações. Em 1975, ele fez o pedido para a filha não abandonar as tradições religiosas na comunidade.

As lapinhas se apresentam no Cariri até 6 de janeiro, Dia de Reis, também dia da queima. Em cidades como Crato e Juazeiro do Norte, as lapinhas vivas, com os personagens principais: Menino Jesus, Maria, José e os três reis magos. Têm também os personagens incorporados à cultura popular, como os anjos, as pastorinhas, os índios, caboclinhos, ciganas e animais - misto da criativa nordestinidade com as heranças ibéricas.

Na terra do Padre Cícero ainda estão presentes, pelo menos quatro lapinhas vivas, das cerca de dez existentes no município,principalmente no Bairro João Cabral, área onde estão concentrados vários grupos de tradição popular da cidade. No Crato, no Bairro Novo Horizonte e no Muriti, os reisados vão às ruas e reservam o grande dia, 6 de janeiro, para se reunir com todos num grande espetáculo nas praças principais da cidade.

Há 40 anos, Josefa Pereira (Zefinha), reúne crianças para formar a sua lapinha viva. São 35 pequeninos artistas. Os cânticos foram memorizados por ela ainda na infância. Já fazia parte dos grupos de lapinha em Juazeiro. Continuou animada e decidiu montar a sua própria lapinha. A cada ano junta os meninos e começa os ensaios, também no mês de setembro. Há 12 anos morando no João Cabral, bairro da periferia, ela afirma que sente tratamento diferente da sociedade por não ter uma lapinha tão sofisticada, mas é consciente de que faz um trabalho social com as crianças. "Algumas delas chegam para o ensaio no início da noite em casa e tem feito apenas uma refeição ou simplesmente tem tomado o café da manhã. Eles lancham e começamos os ensaios", diz."

Fonte: Diário do Nordeste
Foto: Elizângela Santos

BlogHumor - As Últimas Notícias em Brasília

Essas aqui nos foram enviadas pelo Jair Rolim:






















Blog Humor - Vejam só essa Anedota...


Olá, Pessoal,
Essa aqui nos foi enviada pelo Jales ( da Locadora ):

UM CIDADÃO MORREU E FOI PARA O CÉU.
ENQUANTO ESTAVA EM FRENTE A SÃO
PEDRO NOS PORTÕES CELESTIAIS, VIU UMA
ENORME PAREDE COM RELÓGIOS ATRÁS DELE,
ELE PERGUNTOU:
- O QUE SÃO TODOS AQUELES RELÓGIOS?
SÃO PEDRO RESPONDEU:
- SÃO RELÓGIOS DA MENTIRA..
TODO MUNDO NA TERRA TEM
UM RELÓGIO DA MENTIRA.
CADA VEZ QUE VOCÊ MENTE, OS PONTEIROS
SE MOVEM MAIS RÁPIDO.
OH!! EXCLAMOU O CIDADÃO
- DE QUEM É AQUELE RELÓGIO ALI?
- É O DE MADRE TERESA.
OS PONTEIROS NUNCA SE MOVERAM,
INDICANDO QUE ELA NUNCA MENTIU.
- E AQUELE, É DE QUEM?
- É O DE ABRAHAM LINCOLN.
OS PONTEIROS SÓ SE MOVERAM DUAS VEZES,
NDICANDO QUE ELE SÓ MENTIU DUAS VEZES
EM TODA A SUA VIDA.
- E O RELÓGIO DO LULA, TAMBÉM ESTÁ AQUI?
- AH! O DO LULA ESTÁ NA MINHA SALA.
- UÉ ESPANTOU-SE O CIDADÃO.
- POR QUE?
E SÃO PEDRO, RINDO, RESPONDEU:
ESTOU USANDO COMO
“VENTILADOR DE TETO”!!!

OFICINAS DE ENFEITES NATALINOS- Por Maria Otilia



Foram realizadas neste mês de dezembro várias oficinas de enfeites natalinos para as mães que tem filhos matriculados nas CRECHES da rede municipal. Esta ação é da competencia da Secretaria da Ação Social do municipio do Crato, através do programa ASEF ( recursos do governo federal).

O projeto da realização das oficinas tem como objetivo elevar os indicadores sociais bem como a geração de emprego e renda, melhorando assim a qualidade de vida destas famílias.


Foto : Maria Otilia

Texto postado por Maria Otilia Moreira

Renovação do Sagrado Coração de Jesus - Postado por Océlio Teixeira


Católicos fazem renovação na Festa do Sagrado Coração de Jesus

Por: Antônio Vicelmo

A festa da renovação é uma continuidade da consagração das famílias ao Sagrado Coração de Jesus

"Com a chegada do mês de dezembro, começa a temporada de renovações na zona rural do Cariri, uma das festas religiosas mais populares do sertão. A renovação do Sagrado Coração de Jesus ou festa da renovação, como é mais conhecida, segundo o vigário geral da Diocese da cidade do Crato, monsenhor Dermival de Anchieta Gondim, "é um ato religioso que simboliza o compromisso verdadeiro da família em viver o Evangelho e seguir a Deus pela obediência às suas leis na fé, esperança e caridade".

Na verdade, segundo ele, a renovação é uma continuidade da consagração das famílias ao Sagrado Coração de Jesus, um evento religioso que consiste em entronizar a imagem do Sagrado Coração de Jesus para que o lar e as pessoas que ali habitam sejam agraciadas pela proteção e bênçãos divinas.

O vigário geral explica que "a entronização é o nome que se dá, quando o ato é realizado pela primeira vez geralmente por um sacerdote, para que as imagens sejam abençoadas, e colocadas em lugar honroso da casa". No dia da renovação, a imagem é instalada na sala principal e preparado um pequeno altar abaixo, onde são colocadas as imagens. Ali, a família e os vizinhos renovam o seu compromisso de fé. "É como se fosse a confirmação do batismo", compara o sacerdote.

Dermival lembra a mensagem do papa Leão XIII que recomendou: "No Sagrado Coração está o símbolo e a imagem expressa do amor infinito de Jesus Cristo, que nos leva a retribuir-Lhe esse Amor".

O tradicional evento sertanejo é, sobretudo, a festa da família. A renovação é, geralmente, celebrada na data de nascimento do primeiro filho ou no aniversário de casamento. Depois do ato religioso, são servidos refrigerantes, aluá e bolos à família e aos vizinhos, em meio ao foguetório. Em alguns casos, é contratada uma banda cabaçal.

Uma das mais conhecidas "tiradeiras" de renovações do Cariri é Inês Gonçalves de Barros, residente no Sítio Coité, município de Missão Velha. Ela está com a agenda cheia para este mês. "Tem dia que eu ´tiro´ duas renovações". Para Inês, esta prática religiosa é um "sacrifício santo, uma missão que eu sinto prazer em cumprir".

Muitas vezes, ela anda quilômetros na garupa de uma moto, a fim de atender famílias em locais distantes. "Nunca cobrei um tostão por esta prática religiosa", garante, acrescentando que "este ofício faz parte da tradição de minha família". Ela lamenta as mudanças que estão ocorrendo nas renovações tradicionais com a introdução de músicas modernas.

Ela diz que prefere os benditos antigos que lhe foram ensinados por uma tia, que deixou um caderno com todo o ritual da renovação, inclusive as letras das músicas entoadas.

A principal oração da cerimônia religiosa é o Ato de Consagração, quando a "rezadeira" diz: "Sagrado Coração de Jesus que manifestastes à Santa Margarida Maria o desejo de reinar sobre as famílias cristãs, nós vimos hoje proclamar vossa realeza absoluta sobre a nossa família. Queremos, de agora em diante, viver a vossa vida, queremos que floresçam, em nosso meio, as virtudes às quais prometestes, já neste mundo, a paz. Queremos banir para longe de nós o espírito mundano que amaldiçoastes. Vós reinareis em nossas inteligências pela simplicidade de nossa fé; em nossos corações pelo amor sem reservas de que estamos abrasados para convosco, e cuja chama entreteremos pela recepção frequente de vossa divina Eucaristia. Dignai-Vos, Coração divino, presidir as nossas reuniões, abençoar as nossas empresas espirituais e temporais, afastar de nós as aflições, santificar as nossas alegrias, aliviar as nossas penas. Se, alguma vez, algum de nós tiver a infelicidade de Vos ofender, lembrai-Vos, ó Coração de Jesus, que sois bom e misericordioso para com o pecador arrependido. E quando soar a hora da separação, nós todos, os que partem e os que ficam, seremos submissos aos vossos eternos desígnios. Consolar-nos-emos com o pensamento de que há de vir um dia em que toda a família, reunida no Céu, poderá cantar para sempre a vossa glória e os vossos benefícios".

Fique por dentro
Promessas de Jesus

A história das renovações surge a partir das promessas feitas por Jesus Cristo à Santa Margarida Maria Alacoque, uma religiosa nascida no dia 22 de agosto de 1647 em Verosvres, na França. Jesus faz 12 promessas em favor de seus devotos à Santa Margarida, das quais uma delas expressaria, claramente, o seu desejo em originar uma festa que se renovaria ao longo do tempo até chegar aos dias atuais. Em sua nona promessa Jesus Cristo diz: "A minha bênção pousará sobre as casas em que se achar exposta e venerada a imagem do meu Sagrado Coração", iniciando, dessa forma, a entronização de sua Santa imagem nas casas, formando uma corrente de fé e, também, de tradição. "

MAIS INFORMAÇÕES

Cúria Diocesana do município do Crato, Cariri
Rua Teófilo Siqueira, 631 (88) 3521.1110
Cregional@diariodonordeste.com.br

Fonte: Diário do Nordeste
Foto: Antônio Vicelmo

PEREIRA BELÉM - Por: Emerson Monteiro

Vez por outra, protozoários resistentes ao passado pregam lá suas peças e fazem retornar ao écran da memória fantasmas meio adormecidos pelos cantos distantes das ruas de antigamente. Postam intactos, ao dispor das rotativas da atualidade, exemplares raros, carismas, parecidos com desafios que desçam da comodidade e venham se beatificar nas formas posteriores, o que, por vezes, levam a outras telas e viram movimento de pensamentos. Em tudo isso, um desejo de perenidade, peças soltas por dentro da alma vigilante.
Bom, essa volta toda para contar de Pereira Belém, um alcoólatra sorridente que circulava as minhas ruas de menino, no Crato dos anos 60, pelo bairro onde eu morava, Pinto Madeira.
De tez morena intumescida no uso da bebida, olhos empapuçados, ainda moço, de seus trinta e poucos, camisa aberta ao peito, sapatos rotos nos pés, cabelos pretos oleosos, escorridos para trás, palavras irreverentes agradáveis para tudo e todos, deslizava rua acima, rua abaixo, de preferência num itinerário de bodegas, a fechar longos discursos de atrapalhados assuntos com o grito sonoro de “Viva Pereira Belém!”. No brado, a senha da própria preservação, o que emitia com entusiasmo de causar inveja aos vocacionados profissionais da louvação e ganância, característicos da política ocidental.
Por trás daquele jeito animado de Pereira Belém, o ar de quem zombava de si mesmo, vítima que se via dos porres homéricos que lhe compunham a tortuosa sobrevivência. À maneira de instrumentista que maestro conduzisse, movia as hastes matemáticas das cifras na execução de invisível peça, a dependência química de ator burlesco dos teatros decadentes.
Os meninos, nisso, sentiam o par dos acontecimentos na feira do cotidiano. Espontâneo chegava, montava a cena, alegrava e saía dos nossos intervalos de escola e elaboração das tarefas. Compreendíamos virem só mostrar, no picadeiro das esquinas, sua desgraça, quais espinhos da garrancheira maior da raça humana, semelhante aos espinhos que formam troncos das vistosas roseiras do bem sucedido. Algo comparável ao cinema da sociedade, à literatura dos que aperreados.
Destarte, as moendas da imaginação voltaram com essa figura do Crato de meu tempo de menino, num vigoroso “Viva Pereira Belém!” suficiente a montar palavras que lhe preservam um pouco adiante a existência, cinco décadas depois do seu desaparecimento.

Por: Emerson Monteiro


Nossos Parceiros - Mercadinho Matos


O
Mercadinho Matos firmou-se na cidade como um locais preferidos pelos Cratenses para fazerem as suas compras. Bons preços, excelente atendimento, e variedade. Produtos sempre novos, longe do prazo de vencimento. Tudo em: Cereais, enlatados, perfumaria, biscoitos, bebidas e frios em geral. MERCADINHO MATOS - O Prazer de comprar bem pelo melhor preço da cidade, com entrega em Domicílio. Rua Dr. João Pessoa, 73 - Fone (88) 3521-3893 - Crato - CE.

roda

Variedade...


IMG_5343


Qualidade dos Produtos...


IMG_5353

Dona Almina Arraes, uma das primeiras clientes do Mercadinho Matos:

IMG_5395

Na foto Abaixo: Os proprietários: Aluísio e Adiê

IMG_9021


mercadinho matos

Mercadinho Matos - A Sua melhor Compra !

A queda do Muro de Berlim: o Julgamento de Nuremberg que não houve - por Luis Dufaur - postado por Armando Lopes Rafael

Fonte: revista "Catolicismo", dezembro de 2009
Assim como houve o processo de Nuremberg (foto acima) para julgar os delitos dos nazistas, não se realizou essa indispensável nova Nuremberg que deveria ter denunciado e julgado os crimes marxistas...

Duas décadas após a queda do Muro de Berlim, imensa dívida não paga paira sobre o ex-império soviético e sobre o Ocidente. Pesadas ameaças abalam o mundo, devido à recusa de realizar um processo contra o comunismo, análogo ao realizado em Nuremberg no fim da II Guerra Mundial.
Alguém poderá argumentar que ocorreram processos individuais como houve na Romênia, onde o sanguinário tirano marxista Nicolae Ceausescu foi julgado e fuzilado apressadamente no Natal de 1989. Em virtude do caráter vertiginoso do procedimento, “muitas perguntas ficaram sem respostas. Foi um grande erro ter matado Ceaucescu”, explicou o Prof. Horia Terpe, diretor do Centro de Análise de Desenvolvimento Institucional (CADI) romeno. “Foi feito de tudo para apagar os crimes do regime comunista”, acrescentou Terpe.
Os partidos comunistas encerraram suas atividades em muitos países da Europa Oriental, mas seus quadros continuam articulados sob rótulos como “Partido Socialista”. É o caso da Romênia, da Hungria e da Bielorússia. A escritora Herta Muller, prêmio Nobel de Literatura 2009, denunciou que 40% da classe política romena é composta de ex-funcionários da Securitate, a polícia secreta responsável por um banho de sangue no país. Na Alemanha, 17.000 agentes da polícia secreta Stasi fazem parte do funcionalismo público alemão, especialmente na polícia e nas escolas.
E é típico o caso da Rússia, onde a KGB — cerne do esquema de espionagem, repressão e extermínio soviéticos — assumiu as rédeas do poder e vem extinguindo as frágeis liberdades que surgiram no país, após os fatos de 1989. Hoje a “nova KGB” tenta reconstituir o poder da antiga URSS sob o comando do premiê Vladimir Putin, ex-coronel da temida polícia secreta.
Tal situação paradoxal ocorre porque não houve essa indispensável nova Nuremberg. Ela deveria ter denunciado os crimes marxistas — derivados em linha direta dos falsos princípios da Revolução Francesa — que escravizaram a Rússia, e por meio dela flagelaram a humanidade toda.
Uma Nuremberg equitativa teria exigido o desmantelamento da rede de cumplicidades montada pelo Kremlin no Ocidente, composta por seus colaboracionistas conscientes, seus cooperadores “centristas” e seus “idiotas úteis”. Essa Nuremberg, além do mais, poderia ter aberto os olhos dos irmãos na fé que militam na esquerda católica e colaboraram com o processo comunista de conquista e opressão mundial
Esse salutar e necessário dever de justiça não foi cumprido. A rede comunista e seus erros, na realidade, ficaram intocados. Hoje sob outros rótulos –– como por exemplo socialismo do século XXI, bolivarianismo –– e organizadas em movimentos sociais como as FARC, o Sendero Luminoso, etc., os mesmos erros e subversões estão sendo disseminados pelo mundo.
Texto: Luis Dufaur

A. R. Mapurunga, o novo Cidadão Cratense – por Pedro Esmeraldo


Conhecemos Mapurunga - um integrante da torcida do Botafogo, na Princesa do Cariri - no ano de 1962. Pessoa simples, cordata, amena, jovial e amigo dos amigos. Agradava a todos sem procurar desgostar aos seus semelhantes, principalmente no exercício de suas atividades como bancário.
Por isso, granjeou simpatia de todos os cratenses, pois não deixava de atender ninguém, mesmo nas horas difíceis, dentro do limite de seu serviço. E agradava-os com sinceridade e sem falsidade.

Hoje – funcionário aposentado do Banco do Brasil – continua prestigiando os amigos.
Certa vez, no primeiro dia de 1965, convidou-nos para saborear uma cachacinha antiga, fabricada no ano de 1936, proveniente de Viçosa, sua cidade natal. Foi um sucesso, já que deixou todo mundo tonto de tanto exagero da bebida. Mas num ambiente onde não havia espaço para xingamento e nem desmerecimento a ninguém. Lembramos desse fato como se fosse hoje, pois dali saímos tontos e sem direção certa, chegando em casa com dificuldade.

Mapuruanga morava numa casa alugada, na Rua Rui Barbosa, bem pertinho do canal do Granjeiro. Ele amava o Crato como a si mesmo, exagerando no seu amor mais do que os filhos desta terra. Defendia esta cidade nas horas difíceis e comungava alegremente os bens conquistados pelo Crato.
Anos depois, com o crescimento dos filhos, Mapurunga mudou-se para Fortaleza, objetivando proporcionar os estudos mais adiantados a sua prole, pois aqui ainda não existia escolas superiores como hoje. Mas este amigo do Crato não perdeu, com a distância irreparável, o amor por nossa terra. Jamais esqueceu o Crato, e este permaneceu guardado seu coração. Um homem de força espiritual, honesto, que até hoje vive prestando serviço ao Crato, através da Asfac (Associação dos Filhos e Amigos do Crato, com sede em Fortaleza).
Hoje nos encontramos com Mapurunga na Praça Siqueira Campos. Ele veio receber o título merecido de Cidadão Cratense que lhe foi outorgado pela Câmara de Vereadores. E aproveitou para, numa conversa informal, recordar os bons e férteis tempos do passado. Mapurunga foi, e continua sendo, um fiel escudeiro e defensor das causas do Crato. Até hoje, luta por isso com muito amor, enaltecendo os direitos de que o Crato é possuidor. Protestando,quando preciso, contra o que nos foi arrebatado na marra, deixando nossa cidade desprestigiada pelas astúcia de malfeitores e inimigos desta sempre amada cidade.
Texto de Pedro Esmeraldo

Doenças do Humor III - Depressão na Vida Adulta – Homens e Mulheres – Por César Mousinho


Uma depressão é um ponto ou região mais baixa que os pontos à sua volta. A depressão (também chamada de transtorno depressivo maior) é um problema médico caracterizado por diversos sinais e sintomas, dentre os quais dois são essenciais Depressão. Portal Banco de Saúde. Ciclone (ou depressão ou centro de baixas pressões) é uma região em que o ar relativamente quente se eleva e favorece a formação de nuvens e precipitação. Por isso, tempo nublado, chuva e vento forte estão normalmente associados a centros de baixas pressões. A depressão é uma forma de relevo aplainado, onde podem ser encontradas baixas colinas. Como exemplo, podemos citar as Depressões Norte e Sul Amazônica. Um exemplo geral de depressão é crateras. Fase do ciclo econômico, característica das economias capitalistas, marcadas pela diminuição da produção, uma tendência à baixa dos preços e ao aumento do desemprego. (Recessão grave).Uma doença onde existe humor depressivo durante a maior parte do dia, com sentimentos de tristeza, desespero ou desmotivação, que se arrastam há já muito tempo, que interferem no normal funcionamento familiar, no trabalho ou na escola. Queda do tono normal em direção à tristeza e à melancolia. A depressão é um estado patológico com um humor triste e doloroso associado à redução da atividade psicológica e física. A pessoa afetada pela depressão se sente impotente e a doença vem quase sempre acompanhada de outros sintomas, como a ansiedade ou a insônia.A depressão pertence ao grupo de doenças do nosso tempo e segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde, em Genebra, CID-10, ONU,UNESCO) ela está entre as três doenças que agravam cada vez mais a qualidade de vida das pessoas. Ressaltamos também que a depressão afeta duas vezes mais as mulheres do que os homens. Depressão Masculina - segundo os especialistas a testosterona é um hormônio de interação social; é secretado em resposta a estímulos sociais como situações que despertam o interesse sexual, a hostilidade ou o humor, pois age diretamente no cérebro. Não se tem certeza ainda se os sintomas depressivos são causa, efeito ou se não têm relação alguma com os níveis de testosterona no homem. Muitos casos de depressão resistente nos homens podem ter na deficiência de testosterona (a exemplo do que acontece com o estrogênio com a mulher) sua explicação.

Talvez alguns homens deprimidos com baixos níveis de testosterona só se recuperem adequadamente depois de se normalizar os níveis dos hormônios masculinos. Estudos apontam que nos homens a secreção de testosterona afeta as funções neurológicas e comportamentais como o interesse sexual, agressividade, grau de emoções. A partir dos 50 anos de idade aproximadamente começa a diminuir lentamente a secreção de testosterona. Aproximadamente 20% dos homens com mais de 60 anos de idade têm os níveis desse hormônio abaixo do "normal". As seqüelas psiquiátricas disso ainda não foram satisfatoriamente compreendidas. Existem algumas evidências da relação entre a queda dos níveis hormonais e o surgimento de depressão. Essas informações são derivadas de dois tipos de estudos: observação do comportamento dos homens com níveis baixos de testosterona circulante, e do tratamento dos sintomas depressivos com reposição hormonal complementar. Depressão Feminina: Um dos achados frequentemente observados é o do risco para transtorno depressivo unipolar ser duas ou mais vezes maior para mulheres do que para os homens. Por transtorno depressivo unipolar se entende o quadro em que não ocorrem episódios de mania, somente depressão.

O transtorno afetivo bipolar (com episódios maníacos e depressivos) parece ter distribuição semelhante entre ambos os sexos. A distimia, transtorno caracterizado por quadro depressivo leve, porém crônico (mais de dois anos de sintomas), também é duas vezes mais freqüente em mulheres. Um fato interessante levantado no estudo realizado por Ernest e Angst, em Zurique, em 1992. Em relação aos sintomas, as diferenças são menores que as observadas nas taxas de prevalência. Ainda assim, mulheres costumam apresentar com maior freqüência do que homens: desesperança, diminuição do interesse sexual, sentimentos de culpa, aumento do apetite e ganho de peso, queixas somáticas, hipocondria e manifestações de raiva/agressividade. A investigação de comorbidade (doenças associadas à depressão) em homens e mulheres, avaliados pelo já citado estudo de Zurique, revelou que mulheres deprimidas apresentavam mais fobia social, agorafobia, fobia simples e Binge Eating (comer compulsivo) do que homens deprimidos.

A síndrome do climatério compõe-se de sintomas gerais (neurogênicos, psicogenéticos e metabólicos), mamários e genitais. Entre os psicogenéticos, além da depressão, na síndrome também podem se manifestar ansiedade, irritabilidade e diminuição da libido. O estrógeno tem efeito positivo sobre o psiquismo, tais como estabilidade emocional, segurança, autoconfiança, humor, relacionamento social, antidepressivo e ansiolítico.

Tratamento: Vários tipos de depressão não podem ser evitados já que algumas teorias científicas indicam que eles podem ser causados pelo mau funcionamento do cérebro. Mas há boas evidências de que ela pode ser evitada com bons hábitos de saúde. Uma alimentação adequada, exercícios, férias, não trabalhar em excesso e guardar um tempo para fazer as coisas que curte são algumas das coisas que ajudam a deixar a tristeza de lado. Antidepressivos (são bons, mas não buscam as causas).Psicoterapia (precisa de complementos como consultas às nutricionistas, pois os depressivos necessitam de alimentações a base de ferro para aumentar a Serotonina, exercícios físicos com caminhas no período matutino, e trabalhos filantrópicos).

SãoPaulo,12/12/09–Sim Para Boas Festas - Não ao Ato Médico - www.sosdrogasealcool.org

Publicidade: Shopping RESIDENCE - No Crato, você compra bem...

IMG_0959


As festas de fim de ano se aproximam!
Compre bem! Compre nas lojas do Shopping Residence, em Crato.
Conforto e Qualidade.

Dsc04012


Dsc03933



Dsc03892



Dsc03980


Shopping RESIDENCE - Parceiro do Blog do Crato

Quem deve cuidar do Planeta? - Por: Leonardo Boff

Um teólogo famoso, no seu melhor livro – Introdução ao Cristianismo – ampliou a conhecida metáfora do fim do mundo formulada pelo dinamarquês Sören Kirkegaard, já referida nesta coluna. Ele reconta assim a história: num circo ambulante, um pouco fora da vila, instalou-se grave incêndio. O diretor chamou o palhaço que estava pronto para entrar em cena que fosse até à vila para pedir socorro. Foi incontinenti. Gritava pela praça central e pelas ruas, conclamando o povo para que viesse ajudar a apagar o incêndio. Todos achavam graça pois pensavam que era um truque de propaganda para atrair o público. Quanto mais gritava, mais riam todos. O palhaço pôs-se a chorar e então todos riam mais ainda. Ocorre que o fogo se espalhou pelo campo, atingiu a vila e ela e o circo queimaram totalmente. Esse teólogo era Joseph Ratzinger. Ele hoje é Papa e não produz mais teologia mas doutrinas oficiais. Sua metáfora, no entanto, se aplica bem à atual situação da humanidade que tem os olhos voltados para o pais de Kirkegaard e sua capital Copenhague. Os 192 representantes dos povos devem decidir as formas de controlar o fogo ameaçador. Mas a consciência do risco não está à altura da ameaça do incêndio generalizado. O calor crescente se faz sentir e a grande maioria continua indiferente, como nos tempos de Noé que é o “palhaço” bíblico alertando para o dilúvio iminente. Todos se divertiam, comiam e bebiam, como se nada pudesse acontecer. E então veio a catástrofe.

Mas há uma diferença entre Noé e nós. Ele construiu uma arca que salvou a muitos. Nós não estamos dispostos a construir arca nenhuma que salve a nós e a natureza. Isso só é possível se diminuirmos consideravelmente as substâncias que alimentam o aquecimento. Se este ultrapassar dois a três graus Celsius poderá devastar toda a natureza e, eventualmente, eliminar milhões de pessoas. O consenso é difícil e as metas de emissão, insuficientes. Preferimos nos enganar cobrindo o corpo da Mãe Terra com band-aids na ilusão de que estamos tratando de suas feridas.

Há um agravante: não há uma governança global para atuar de forma global. Predominam os estados-nações com seus projetos particulares sem pensarem no todo. Absurdamente dividimos esse todo de forma arbitrária, por continentes, regiões, culturas e etnias. Sabemos hoje que estas diferenciações não possuem base nenhuma. A pesquisa científica deixou claro que todos temos uma origem comum pois que todos viemos da África.

Consequentemente, todos somos coproprietários da única Casa Comum e somos corresponsáveis pela sua saúde. A Terra pertence a todos. Nós a pedimos emprestado das gerações futuras e nos foi entregue em confiança para que cuidássemos dela.

Se olharmos o que estamos fazendo, devemos reconhecer que a estamos traindo. Amamos mais o lucro que a vida, estamos mais empenhados em salvar o sistema econômico-financeiro que a humanidade e a Terra.

Aos humanos como um todo se aplicam as palavras de Einstein: “somente há dois infinitos: o universo e a estupidez; e não estou seguro do primeiro”. Sim, vivemos numa cultura da estupidez e da insensatez. Não é estúpido e insano que 500 milhões sejam responsáveis por 50% de todas as emissões de gases de efeito estufa e que 3,4 bilhões respondam apenas por 7% e sendo as principais vitimas inocentes? É importante dizer que o aquecimento mais que uma crise configura uma irreversibilidade. A Terra já se aqueceu. Apenas nos resta diminuir seus níveis, adaptarmo-nos à nova situação e mitigar seus efeitos perversos para que não sejam catastróficos. Temos que torcer para que em Copenhague entre 7 e 18 de dezembro não prevaleça a estupidez mas o cuidado pelo nosso destino comum.

Leonardo Boff é autor de Opção-Terra. A solução para a Terra não cai do céu, Record 2009.



Anistia deve absolver crimes contra a humanidade ?


11/12/2009 - 22h51
Argentina condena general da ditadura a terceira pena de prisão perpétua

O ex-chefe do Terceiro Corpo do Exército argentino Luciano Benjamín Menéndez recebeu nesta sexta-feira uma nova condenação à prisão perpétua por crimes contra a humanidade cometidos durante a última ditadura no país (1976-1983). O Tribunal Oral Federal 1 da Província de Córdoba também condenou à prisão perpétua o ex-coronel Rodolfo Aníbal Campos e os ex-policiais Hugo Cayetano e Armando Cesar Britos Cejas, como resultado do julgamento iniciado em outubro passado.
Os juízes também condenaram o ex-policial Miguel Angel Gomez a 16 anos de prisão por sequestro e tortura, enquanto o ex-policial Calixto Luis Flores foi absolvido pelo tribunal.
Este foi a terceira sentença de prisão perpétua de Menendez, de 82 anos, conhecido como "A hiena de La Perla" e "Cachorro". Os juízes também decidiram revogar o benefício de prisão domiciliar do ex-general, indicando que ele deverá cumprir a nova pena em prisão comum. Ele foi considerado responsável pelos crimes de "privação ilegal da liberdade, lesões gravíssimas, a imposição de tortura e homicídio".meEm sua alegação final, antes da sentença, o militar reivindicou a repressão da ditadura e disse que "os guerrilheiros [que afirmou enfrentar nos anos 70] estão [agora] no governo ocupando postos sob uma pele de cordeiro".
"A intenção dos guerrilheiros no poder é matar os pássaros com um só tiro: desprestigiar a justiça e desprestigiar as Forças Armadas", declarou, referindo-se ao incentivo dado pela presidente argentina, Cristina Kirchner, e por seu marido, o ex-presidente Néstor Kirchner, aos julgamentos por violações dos direitos humanos contra membros da ditadura.
O tribunal condenou-o por sequestro, tortura e assassinato do subcomissário Ricardo Fermín Albareda em 1979, e pela ilegítima da liberdade e tormentos aplicados contra outras dez vítimas, que sobreviveram.
Menéndez havia sido processado em 1988 por 47 casos de homicídio, 76 de tortura --quatro seguidas de morte--, e quatro subtrações de menores, mas foi beneficiado em 1990 por um indulto do ex-presidente Carlos Menem (1989-99).
O militar é atualmente investigado por sua participação no Plano Condor, de coordenação repressiva entre as ditaduras do Cone Sul.

Repressão
Segundo números oficiais, 18 mil pessoas desapareceram na Argentina durante o regime militar, embora organismos de direitos humanos afirmem que as vítimas chegam a 30 mil. Organizações de direitos humanos estimam ainda que 500 bebês nascidos durante o cativeiro de suas mães foram roubados, dos quais 97 recuperaram a verdadeira identidade.
A ditadura no país aconteceu em uma época em que a maioria dos países da América do Sul caíram sob regimes autoritários, em conflito com grupos de esquerda, no âmbito da Guerra Fria entre os Estados Unidos e a União Soviética.
Na Argentina há 204 causas abertas por violações aos direitos humanos durante a ditadura, nas quais estão sendo julgados 526 repressores, dos quais 385 se encontram detidos, segundo um recente levantamento do Centro de Estudos Legais e Sociais (CELS).
Os julgamentos dos acusados de crimes durante a ditadura argentina foram retomados depois da revogação, em 2005, das "leis do perdão" -- Ponto Final e Obediência Devida-- aprovadas em 1986 e 1987, e que foram consideradas inconstitucionais pela Suprema Corte.
Vários oficiais da ditadura foram condenados a penas de prisão perpétua após a retomada dos julgamentos referentes ao período. Em julho de 2008, o ex-comandante Luciano Menéndez foi condenado a passar a vida na prisão por crimes cometidos em La Perla, um dos três maiores campos clandestinos de detenção da ditadura do país.Quatro meses depois, o coronel da reserva Alberto Barda recebeu a mesma pena por crimes de lesa-humanidade cometidos no centro clandestino de detenção conhecido como La Cueva, na cidade de Mar del Plata, a 400 km ao sul da capital argentina.
No último dia 12 de agosto, o ex-general Santiago Omar Riveros, 86, ex-comandante do Campo de Mayo, foi condenado à prisão perpétua por crimes de lesa-humanidade, por implicação no assassinato de Floreal Avellaneda, de 15 anos, filho de um militante comunista, e pelo sequestro da mãe do jovem, Iris Avellaneda.
Também está preso o ex-ditador Jorge Videla, 84, que presidiu a junta militar desde o golpe de Estado, em 1976, até 1981. Em agosto passado, a Justiça informou que ele voltará ao banco dos réus devido a uma acusação pelas mortes de 32 presos políticos na Província de Córdoba em 1976. Será a primeira vez desde 1985 que o ex-ditador voltará a enfrentar um tribunal em um julgamento oral, ainda sem data, embora pesem sobre ele dezenas de acusações por violações dos direitos humanos.
No julgamento anterior, Videla foi condenado à prisão perpétua, mas acabou indultado em 1990 pelo ex-presidente Menem. Esse perdão foi anulado em 2007 pela Justiça.
No Uruguai, onde o número estimado de vítimas é de cerca de 200, a Justiça condenou em outubro o ex-ditador Gregorio Goyo Álvarez a 25 anos de prisão pelo "homicídio especialmente agravado" de 37 opositores e por um delito de lesa-humanidade. Os casos foram reabertos no país a partir de brechas na lei, mas a população rejeitou em referendo no mês passado a revogação da lei de anistia.
No Brasil, onde o governo reconhece que houve ao menos 475 mortos e desaparecidos políticos durante a ditadura, a Lei de Anistia impede processos contra os agentes do Estado envolvidos em tortura e assassinato durante o regime militar e contra os membros de grupos armados da oposição esquerdista que praticaram sequestros e assassinatos politicamente motivados durante o período.
Diante da pressão de grupos de direitos humanos brasileiros e de membros do governo, como o ministro Paulo Vannucchi, da Secretaria Especial de Direitos Humanos, para a reabertura dos casos e a revisão da Lei de Anistia, o ministro da Defesa, Nelson Jobim, disse, em junho, que a ideia de punir militares por atos de tortura cometidos durante a ditadura militar é "revanchismo".

Com Efe e France Presse

Conselho Federal confirma Valdetário presidente - Postado por Océlio Teixeira


Fim da polêmica: Valdetário Monteiro será empossado presidente da OAB-CE no dia 1º de janeiro de 2010

"A OAB Federal decidiu pela manutenção do resultado da eleição do Ceará e pela posse de Valdetário Monteiro.

O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) negou, ontem, o pedido de liminar apresentado pela chapa "A Ordem É do Advogado" e pelo candidato Erinaldo Dantas Filho, visando o efeito suspensivo da votação na Subseção do Crato, nas eleições da OAB Ceará, realizada no dia 20 de novembro deste ano.

Em Fortaleza, a eleição foi realizada no Clube Náutico. No Interior, o pleito aconteceu nas subsecionais de Crato, Juazeiro do Norte, Iguatu, Quixadá, Crateús, Sobral e Itapipoca.

A relatora do processo, conselheira federal Dinara de Arruda Oliveira, entendeu que a Ação Cautelar não continha requisitos necessários para concessão da medida liminar. De acordo com a conselheira, não foram comprovadas as supostas irregularidades na eleição do Crato, havendo meros indícios, bem como a impugnação pela chapa "A Ordem é do Advogado" no momento do pleito.

Resultado proclamado

Segundo informações do processo, na ata não constam provas de irregularidades e de impugnação. Além disso, não se encontra caracterizado perigo de dano irreparável ou até mesmo de difícil reparação se a posse do candidato vencedor se efetivar, conforme a relatora.

O processo ressalta, também, que ainda que houvesse a presença dos requisitos necessários para concessão de liminar, não seria possível suspender o resultado da eleição, como a ação pretendia, já que os recursos interpostos não possuem efeito suspensivo quando se trata de eleições.

O Estatuto da Ordem dos Advogados do Brasil estabelece efeito suspensivo a todos os recursos, exceto àqueles que versem sobre eleições porque o que o órgão quer evitar é a acefalia da Seccional Ceará por não empossar os eleitos, mesmo na hipótese de haver controvérsia sobre a validade do pleito.

Há suspeitas de que ocorreram irregularidades na eleição da Subseção do Crato pelo fato de que nove eleitores inadimplentes e advogados registrados fora da cidade teriam votado, o que não é permitido pela OAB.

De acordo com Valdetário Monteiro, a impugnação deveria ter sido pedida na hora do pleito. "Eles que organizaram a eleição (referindo-se ao atual presidente da Ordem no Ceará, Hélio Leitão, que foi candidato ao Conselho Federal na chapa de Erinaldo Dantas) poderiam ter pedido a impugnação na hora", declarou.

De acordo com o presidente eleito, não é possível suspender um resultado proclamado e registrado em ata. Monteiro afirmou que o recurso impetrado pela chapa encabeçada por Erinaldo Dantas fala em "erro da OAB" o que ocorreu nas eleições do Crato, região do Cariri.

"O pleito foi suspenso por algumas horas e, quando a lista correta de eleitores chegou, a eleição continuou. Eles (a chapa "A Ordem é do Advogado") usaram o erro para tentar anular a eleição", disse.

Sobre o resultado do recurso, Valdetário Monteiro ressaltou que "tinha certeza disso". O presidente eleito da OAB-CE afirmou ter se mantido de forma humilde à espera do resultado, mas sem deixar de planejar a implementação dos projetos da sua gestão.

"Já estava trabalhando a agenda propositiva do meu mandato", informou.

O atual presidente da OAB-CE, Hélio Leitão, e o candidato Erinaldo Dantas, afirmaram, ontem à noite, não ter ciência do resultado do recurso deferido pelo Conselho Federal, por meio da conselheira federal e relatora do recurso Dinara de Arruda Oliveira.

A posse do presidente eleito, Valdetário Monteiro, e da nova diretoria da Ordem dos Advogados do Ceará será no dia 1º de janeiro de 2010."

Fonte: Diário do Nordeste
LINA MOSCOSO - REPÓRTER
Foto: Dihelson Mendonça

Sobre o Geopark Araripe - Postado por José Sales



Um Geopark é um parque aberto da natureza, que compreende um território caracterizado por uma riqueza natural, vinculada a uma herança geológica, mas também concebido dentro de diretrizes voltadas ao desenvolvimento sustentável. Nesse território está localizado um determinado número de sítios geológicos e paleontológicos, selecionados conforme a relevância das suas características para a história da terra. Apesar do destaque principalmente relacionado ao patrimônio geológico, também se considerou a ocorrência de outros aspectos fundamentais relacionados à biodiversidade, história, cultura, arqueologia, dentre outros.

Um Geopark tem papel ativo no desenvolvimento econômico de seu território, que passa a ser mais reconhecido em função da suas riquezas naturais, possibilitando o desenvolvimento do Geoturismo, como estratégia na dinâmica econômica local.
Em resumo, cada Geopark UNESCO configura-se como um território protegido com sítios de grande relevância científica, ambiental e cultural, em razão de suas características geológicas, paleontológicas, arqueológicas, ecológicas e paisagísticas, que se apresentam como sinônimo de proteção patrimonial e desenvolvimento sustentável, com seus Planos de Estruturação e Ordenamento Territorial e Plano de Manejo ambiental, com roteiros de conservação dos aspectos relevantes e estratégias de desenvolvimento compactuadas pelos poderes públicos, sociedade civil e setores empreendedores.

O Geopark Araripe foi encaminhado à verificação da UNESCO pelo Governo do Estado do Ceará, URCA/ Universidade Regional do Cariri, que é a gestora do Geopark Araripe, representando nessa ação o Governo do Estado do Ceará e pelo Governo Alemão, através do intercambio de cooperação do DAAD/ Deutscher Akademischer Austausch Dienst, deu apoio à iniciativa. Em 21 de setembro de 2006, após se submeter aos procedimentos padrões de vistoria e avaliação pela comissão oficial da UNESCO, Divisão de Ciências da Terra o Geopark Araripe foi aprovado e oficializado na II Conferência Mundial dos Geoparks (World Conference of Geoparks), realizada na Irlanda do Norte, em Belfast. Participaram da proposição original os Professores Geor Hillmer, André Herzog Cardoso, Alexandre Feitosa Sales e José Sales Costa Filho. A função do Geopark Araripe está além da proteção e preservação dos registros geológicos, paleontológicos, antropológicos, ambientais, paisagísticos e culturais. As visitas exploratórias originadas desta ação e a infra-estrutura de apoio ainda em consolidação proporcionam um processo natural e desejável de inclusão social, onde a participação da sociedade se constitui em um pilar importante para o funcionamento pleno do Geopark. De uma maneira geral podemos sintetizar como características gerais do Geopark Araripe:
  • Proteger e preservar legalmente os principais sítios selecionados, nomeados cientificamente como Geotopes, verdadeiras “janelas” educativas da história da evolução do planeta e da vida;
  • Proporcionar à população local e visitantes oportunidades adicionais de conhecer e compreender tanto os contextos científicos selecionados das várias eras geológicas componentes do Período Cretáceo, como outros contextos regionais existentes, como o ecoturismo ambiental na FLONA (Floresta Nacional do Araripe).
  • Possibilitar o contato com registros arqueológicos, próprios do povoamento ancestral da região e característicos de cultura própria até hoje impressiva;
    Intensificar relações com todo um espectro de atividades – científicas, culturais, turísticas e econômicas, com ênfase na história evolutiva da Terra e da vida, e das ciências do ambiente e da natureza, das humanidades e da cultura;

  • Validar as relações entre aspectos da história da ocupação do território, a cultura regional e suas manifestações e as formas de apropriação dos recursos naturais da região.
Este texto foi escrito por mim, em portugues e inglês, em Setembro/ 2006, colocado na página do Geopark Araripe e em alguns blogpsot e hoje é de dominio público, sendo utilizado por todos os interessados no assunto e em milhares de republicações na internet. Fotografia de Daniel Roman de fragmento de tronco fossilizado, de mais de 130 milhões anos, da Floresta Fóssil de Missão Velha/ Geotope Missão Velha. Direitos autorais reservados.

Última Terreirada Cearense de 2009!




Queridos Terreirantes!

No mês de Santa Bárbara a Terreirada Cearense volta para comemorar também o dia do Forró!

Dia 13 de dezembro a última Terreirada do ano de 2009! Depois disso só em no segundo domingo de janeiro!

Forró de Raiz com a formação completa (Ranier, Beto, Geraldo, Marcelo, Filipe, Francisco e Cláudio),
DJ Dona JÔ e muitos convidados celebram a festa com todos vocês...

Atenção para o novo endereço...
CTO – Centro de Teatro do Oprimido
Rua Mem de Sá, 31 – Lapa (Próximo aos Arcos)

A partir das 20h! (Mulher até as 21h não paga!)

(responda esse email com nome e pague com desconto,só para terreirantes masculinos)
*veja nosso vídeo no youtube : http://www.youtube.com/watch?v=_gLxi61xaws

BAIXEM AS MÚSICAS NO www.geraldojunior.palcomp3.com.br

Agradecemos e desejamos a todos uma feliz Terreirada e um fantástico 2010!

Morre o ator Gene Barry, da série "Bat Masterson"



O ator Gene Barry, que interpretou o personagem título da série de TV "Bat Masterson", morreu na última quarta-feira numa casa de repouso em Los Angeles, nos Estados Unidos. A causa da morte ainda não é conhecida, segundo o filho do ator, que divulgou a informação ontem. Barry tinha 90 anos. No final da década de 1950 e começo da da década de 1960, Barry fez sucesso na pele do personagem título da série "Bat Masterson", um faroeste em que ele chamava a atenção pelo estilo elegante. Ele interpretou tipos parecidos nas séries "Burke's Law" (1963-1966) - que teve um remake com o próprio ator em 1994 - e "The Name of the Game" (1968-1971).

Gene Barry, que interpretou o personagem Bat Masterson no seriado homônimo, exibido nas décadas de 50 e 60. No cinema, um de seus papeis mais marcantes foi o do doutor Clayton Forrester, no clássico "A Guerra dos Mundos" (1953). Ele também esteve no remake da produção, dirigido por Steven Spielberg e protagonizado por Tom Cruise em 2005. Gene Barry participou de mais de 80 produções nos Estados Unidos.

Por: Fábio Oliveira

Notícias do Crato para o Dia 12 de Dezembro de 2009


Ação Social do Crato realiza passeata com o tema “Diga não as drogas”

O Governo Municipal do Crato em parceria com a Secretaria de Ação Social realiza hoje, sábado, dia, 12, passeata contra às DROGAS. A saída será do Centro de Referencia em Assistência Social - CRAS da Batateira à partir das 9 horas. O movimento será coordenado pelas técnicas do referido CRAS e os alunos que fazem parte do Projeto ProJovem Adolescente. Vale ressaltar que em meio a manifestação contra as drogas haverá também uma exposição dos trabalhos manuais dos alunos do ProJovem.(pintura em cerâmicas e em telhas)

Abertura Oficial do Doce Natal acontece amanhã

Em sua quinta edição o projeto social Doce Natal, uma idéia da primeira dama cratense Mônica Araripe, vem oferecendo carinho, atenção e muita solidariedade para os munícipes que mais precisam. Com o tema Adoção: adote uma praça, adote um animal, adote uma criança, adote uma família, adote uma postura cidadã, adote uma instituição a equipe do Doce Natal se empenha para conseguir cada vez mais parceiros que queiram participar desse ato de humanidade e amor pelo próximo. Participe! Seja um parceiro desse lindo projeto e lembre-se: a abertura oficial do Doce Natal será amanhã, domingo, 13 às 20 horas na Praça da Sé, com apresentação da Banda Mirim, musical natalino, chegada do Papai Noel e show pirotécnico.

Secretaria de Agricultura do Crato entrega boletos do garantia Safra até a próxima segunda-feira

Até a próxima segunda-feira, dia 14, a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Recursos Hídricos do Crato está realizando a entrega dos boletos dos agricultores inscritos no Programa Garantia Safra 2009/2010. A entrega dos referidos boletos está acontecendo na sede da Associação Atlética Banco do Brasil AABB de Crato de 7 as 13 horas. O Secretário de Agricultura, Pecuária e Recursos Hídricos do Crato, Erasmo Ferrerira ressalta a importância do comparecimento de todos e solicita aos agricultores que compareçam ao local indicado portando os documentos de Identidade e CPF, do titular e da esposa.

Fonte: Assessoria de Imprensa
Governo Municipal do Crato
Fone/Fax - (88) 3521.7069
Mais informações:

http://www.crato.ce.gov.br
http://www.prefeituramunicipaldocrato.blogspot.com

"Antes tarde do que nunca " - postado por Armando Lopes Rafael


Fonte: Veja

Enquanto o PT festeja seus mensaleiros, o presidente Lula propõe que os corruptos sejam tratados como criminosos hediondos, com penas mais duras do que as que já existem


CALEIDOSCÓPIO
Lula compara a corrupção à droga, enquanto o PT e a ministra Dilma Rousseff, candidata do partido, afirmam que mensaleiros como José Dirceu (de costas) são vítimas de persegui
ção

N
ão é por acaso que o Brasil ocupa um vergonhoso lugar no ranking mundial dos países contaminados por elevados índices de corrupção. Os escândalos envolvendo políticos, parentes de políticos e amigos de políticos parecem episódios de um seriado que não tem fim. Os personagens podem mudar, mas o enredo é sempre o mesmo: o corrupto é pilhado enchendo os bolsos de dinheiro, segue-se uma passageira onda de indignação e, no fim, nada acontece.

O corrupto continua sua vida livre, leve, solto e, quase sempre, também muito rico. Para interromper esse ciclo vicioso, especialistas apontam a punição como a arma principal, se não para acabar, ao menos para reduzir o problema. Depois de seis anos, onze meses e nove dias e vários escândalos em seu governo, o presidente Lula apareceu em público para condenar a corrupção – e com uma inédita veemência. Em discurso, comparou o poder destrutivo da corrupção ao de uma droga, que, sem que se perceba, pode estar presente dentro da própria casa. Depois, criticou o Congresso por não votar projetos de reforma política e, por fim, apresentou sua proposta para atacar de frente o problema: um projeto de lei que pretende transformar a corrupção em crime hediondo.

Hediondo é algo repulsivo, sórdido, que provoca indignação. A pedofilia, o sequestro e o estupro são considerados pela lei como crimes hediondos, punidos com penas mais severas. Ao roubarem dinheiro público, os corruptos estariam sujeitos ao mesmo rigor, o que, teoricamente, é uma excelente iniciativa. Ocorre que o problema da corrupção tem raízes mais profundas. As mudanças substanciais propostas pelo governo se dariam depois de uma eventual condenação. A pena mínima para um corrupto, hoje de dois anos, passaria para seis anos, e a máxima chegaria a dezesseis. Os corruptos só poderiam reivindicar benefícios, como trabalhar fora da prisão, depois de cumprir dois quintos da pena.

Os grandes escândalos, porém, têm sempre políticos envolvidos, que gozam de excepcionais privilégios, como foro especial. É nesse ponto que surge a primeira curva em direção à impunidade. Deputados, senadores e ministros, por exemplo, só podem ser investigados e julgados pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Apesar da profusão de denúncias de corrupção, nos últimos vinte anos nenhum político foi punido. A maioria dos casos prescreveu sem que fossem a julgamento. Ou seja, de nada adianta simplesmente aumentar as penas se, hoje, os corruptos não chegam sequer a julgamento. No Superior Tribunal de Justiça (STJ), onde são analisados os casos dos governadores acusados de desvios, a situação não é diferente. Segundo a Associação dos Magistrados Brasileiros, apenas 1% dos processos contra autoridades resulta em alguma condenação e, ainda assim, as penas acabam convertidas pelos juízes em multas irrisórias. É como declarar guerra a uma praga de insetos sem usar inseticida.

Outro problema é que o Congresso Nacional demonstra tanto empenho em aumentar o cerco legal aos corruptos quanto o senador Wellington Salgado em cortar o cabelo. Há anos, tramitam no Legislativo diversos projetos sobre o tema, alguns do período em que eclodiu o escândalo do mensalão petista. Um deles é do então senador Hélio Costa (PMDB-MG), ministro do governo Lula, que propunha transformar a corrupção num crime inafiançável e imprescritível. Um ano antes, o ex-deputado Babá, então do PT, havia protocolado um projeto idêntico ao do governo, tipificando a corrupção como crime hediondo. Eles nunca foram a plenário para votação. Trazida à tona em meio a denúncias contra a oposição, depois de varridos para debaixo do tapete os escândalos petistas, a proposta do presidente Lula soa oportunista.

Antes tarde do que nunca, porém. Diz o jurista, professor e juiz aposentado Luiz Flávio Gomes: "É preciso atacar o bolso dos corruptos. Eles devem ser obrigados a pagar com a liberdade e a devolver o dinheiro roubado dos cofres públicos. É assim que se faz justiça, e é com exemplos desse tipo que você inibe os criminosos".

Fonte:VEJA


Projeto Rapadura Cultural homenageia Luiz Gonzaga




“RAPADURA CULTURAL” (projeto coordenado pelo prof. Jorge Carvalho)


12 de dezembro de 2009

Local: Praça São Vicente
Horário: 9 horas
Tributo aos 97 anos de Luis Gonzaga


1. Missa de Ação de graças pelos 97 anos de nascimento de Luis Gonzaga na Igreja de São Vicente.
Padre Raimundo Ribeiro.

2. Crônica Olival Honor: Praça Juarez Távora (3 de maio)

3. Ligação Crato/Exu pelo jornalista Huberto Cabral.

4. Apresentações de cordéis citando os compositores:
- Zé Marcolino
- Zé Dantas
- Humberto Teixeira
- João Silva

5. Sanfonas saúdam o sanfoneiro Luis Gonzaga
- Zé de Benona
- Fábio Carneirinho
- Maurício Jorge
- Jota Farias
- Xôta
- Aluisio
- Zim
- Josniel



Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30