xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 19/11/2009 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

19 novembro 2009

Prefeito do Crato, Samuel Araripe,consegue 500 vagas para o PROJOVEM TRABALHADOR em Brasília


O
Prefeito do Crato Samuel Vilar de Alencar Araripe, reuniu-se na manhã de ontem, quinta-feira, em Brasília com o ministro do Trabalho Carlos Luppi, onde assinou um convênio entre PROJOVEM TRABALHADOR e o Governo do Crato. A audiência consolida a conquista de um número maior de bolsas, que passou de 125 para 500 vagas, com bolsas de R$100.00 ( Cem Reais ) para os participantes, durante 6 meses. O programa irá atingir uma faixa etária de 18 a 29 anos.






Fotos enviadas por: Renato Fernandes Alves
Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Crato

NOTÍCIAS DA GUERRILHA


GUERRILHA SE CONSOLIDA COMO ESPAÇO DAS ARTES CÊNICAS DO CARIRI

A Guerrilha do Ato Dramático Caririense é um projeto de grande repercussão e aceitação popular, consolidando-o como um importante veículo de difusão dos espetáculos locais.

Na noite de quinta-feira, ontem, a Cia. Mandacaru de Arte e Eventos apresentou a peça "AS IRMÃS CASTANHOLAS", escrita e dirigida por Joylson John Kandahar. O teatro estava lotado, demonstrando o prestígio da Guerrilha junto à população.

Cacá Araújo, coordenador do evento, adianta que, nestes 13 dias, mais de 3.500 pessoas assistiram aos espetáculos. Estima-se que até o dia 22, pelo menos 4.500 pessoas tenham participado da Guerrilha.

Hoje, sexta-feira, 20 de novembro, a Cia. Livremente de Teatro entrará em cena com o espetáculo "ESPERANDO COMADRE DAIANA", às 19h30min, no Teatro Rachel de Queiroz, em Crato-CE. O texto é de Emannuel Nogueira e a direção de Jean Nogueira.

Liberdade de expressão e privacidade são pontos mais debatidos no marco regulatório da internet


São Paulo - As questões relativas à privacidade e liberdade de expressão estão entre os temas mais debatidos pelos internautas que fizeram contribuições à consulta pública sobre o marco regulatório da internet. O texto-base, disponibilizado em um blog pelo Ministério da Justiça, foi acessado 120 mil vezes e recebeu 433 comentários. Para o coordenador do projeto de construção colaborativa do marco civil da internet, Guilherme Almeida, a discussão está sendo pautada pelo projeto de lei idealizado pelo senador Eduardo Azeredo (PSDB – MG) que endurece as penas para crimes cometidos na internet. O texto prevê que, quem obtiver ou transferir dado ou informação disponível em rede de computadores, dispositivo de comunicação ou sistema informatizado sem autorização do legítimo titular, poderá ser preso.

“O Azeredo conseguiu polarizar negativamente as pessoas”, acredita Almeida. Segundo ele, a proposta do senador mobilizou os internautas no sentido contrário a sua posição. Ele avalia que, por esse motivo, as discussões dos internautas sobre o marco regulatório tenham sido pautadas pelos assuntos abordados no projeto. Para Almeida, questões “não tão óbvias” presentes no eixo temático que trata do papel do governo em relação à rede mundial de computadores receberam muito menos contribuições. Dentro dessa temática serão discutidas questões de grande importância, como a uniformização da atuação governamental em relação à rede, a disponibilização eletrônica de dados e a adoção de políticas públicas. “O governo edita decretos, portarias, normas internas nos seus mais diferentes ministérios. Muitas vezes, acontece que essas diretrizes não são convergentes, elas apontam para caminhos diferentes.”

O marco regulatório estará disponível para contribuições até o dia 17 de dezembro. Após essa data será elaborado o anteprojeto de lei que ficará sob consulta pública pela mesma metodologia por 45 dias. O coordenador do projeto espera que o texto final possa ser enviado para apreciação pelo Congresso em março do próximo ano.

Fonte: Agência Brasil

BNB - Troca de Idéias - Temas da Atualidade

bnb temas da  atualidade


O Nosso sincero agradecimento ao Valdemir Correia


NE - Empresário Valdemir Correia inova mais uma vez, e investe na Publicidade Eletrônica.

Valdemir Correia e Filha

Acima: Valdemir Correia e sua funcionária "Lu". Após mais de 50 anos no comércio do Crato como empresário de sucesso, sua visão de empreendedor só tem aumentado, qundo investe na mídia eletrônica para a publicidade, a exemplo dos grandes empresários do país. Valdemir é dos empresários que acreditam que a Propaganda é a Alma do Negócio, e que investir em publicidade, não é despesa, é investimento. Uma das razões do seu sucesso inquestionável, e que outros empresários deveriam seguir o exemplo.

O Blog do Crato deseja agradecer ao amigo Valdemir Correia por todo o esforço e força de vontade em tentar conseguir patrocinadores para manter os nossos diversos sistemas de comunicaçlão no ar. Por seu intermédio, conseguimos algumas empresas que irão anunciar conosco, inclusive uma grande publicidade para o Shopping Residence durante todo o mês de Dezembro. Ficamos muito felizes com essa parceria importante, e por fazermos a publicidade de empresas que acreditam no nosso trabalho e que torcem para o nosso sucesso. A recíproca é verdadeira. Como parceiros, trabalharemos em conjunto, para que o sucesso dessas empresas seja o maior possível, principalmente quando nos aproximamos das festas de fim-de-ano.

Um grande abraço, e em breve, as logomarcas, fotos e matérias sobre os nossos novos patrocinadores.

Abraços,

Dihelson Mendonça
Administrador do Blog do Crato

Programa Cariri Encantado com Salete Libório

Aquela que é considerada a Dama do Teatro Cratense, Salete Libório, será a entrevistada do programa Cariri Encantado desta sexta, 20 de novembro.
A pessoa de Salete Libório confunde-se plenamente com o Teatro. Incontáveis são os anos de sua militância na arte dramática, notadamente em benefício do teatro cratense. A sua montagem da peça Bárbara (texto de José Carvalho), quando interpretou o papel principal, é considerada como uma das eficientes produções teatrais da região. A propósito, a admiração por esta heroína da história brasileira, de quem é descendente direta, é outra paixão que motiva a atriz.
Salete Libório reside atualmente em Fortaleza, mas se encontra na terrinha por conta da realização da Mostra Sesc Cariri de Cultura, acompanhando, árdua e ardorosamente, a programação teatral.
O programa Cariri Encantado é veiculado todas as sextas-feiras, das 14 as 15 horas, na Rádio Educadora do Cariri AM 1020, com apoio do Centro Cultural BNB Cariri.
A apresentação é de Luiz Carlos Salatiel e Carlos Rafael Dias.

Notícias da URCA - Dia 19 de Novembro de 2009


URCA faz entrega de kits com móveis para Centros Acadêmicos da Instituição

Será realizada hoje, às 19 horas, no Salão da Terra, na Universidade Regional do Cariri (URCA), solenidade para repasse oficial de móveis para os Centros Acadêmicos da Instituição. Um kit contendo mesas, cadeiras e armário para dar suporte aos trabalhos dos estudantes dentro da Universidade. O investimento foi feito por meio da Pró-Reitoria de Administração da URCA, abrindo espaço para o fortalecimento da luta estudantil e integração. A entrega contará com a presença do Reitor da URCA, Professor Plácido Cidade Nuvens, Pró-Reitor de Assuntos Estudantis, José Cavalcante, Pró-Reitora de Administração, Cileide Araújo.

Obra de construção do Campus Multiinstitucional custará cerca de R$ 16 milhões

A abertura dos envelopes que conclui o Processo de Licitação da Cidade Universitária que funcionará na antiga CIDAO, abrigando a Universidade Regional do Cariri (URCA), Campus de Iguatu, a FECLI e a nova FATEC ocorrerá nesta sexta-feira, dia 20. Será divulgado o nome da construtora responsável pela Obra, ressalvadas as possibilidades de recurso. O investimento para a construção do Campus Multiinstitucional gira em torno de R$ 16 milhões de reais e tão logo a Licitação estiver concluída, o Governador estará em Iguatu para assinar a Ordem de Serviço.

Campus de Iguatu realiza III Semana de Direito e lembra 30 anos de anistia no Brasil

Com presença expressiva dos alunos do Curso de Direito, o Campus Avançado de Iguatu abriu oficialmente, na última terça-feira, as atividades da III Semana de Direito. Palestras, Mini - Cursos e Exposição compõem a programação. O evento este ano é temático e pretende refletir sobre os 30 anos da Lei da Anistia no Brasil, seus avanços e suas incongruências. Com foco voltado para reflexões sobre o Regime Militar, acadêmicos e professores discutem sobre Direitos e Garantias Fundamentais, Liberdade e Democracia. Na solenidade de abertura, foram homenageados os iguatuenses perseguidos pela Ditadura Militar, declarados anistiados recentemente pelo Governo Federal. Receberam reconhecimento de Honra ao Mérito da URCA a Senhora Alzira Virgulino, o Frei Chico, Vandeilton Ferreira, o ex-prefeito Elpídio Cavalcante e in memorian Pedro Gomes e José Ferreira do Nascimento. José Ferreira do Nascimento é avô do hoje Presidente da Comissão Gestora do Campus Avançado de Iguatu, Professor Ivo Ferreira, que abriu o evento, representando o Reitor, Professor Plácido Cidade Nuvens. O docente destacou sua emoção pela homenagem prestada a seu avô, exemplo que inspira a firmeza na luta pela democracia e pela liberdade. Ressaltou ser esta Semana de debates muito especial. “Não devemos esquecer jamais que no Brasil houve estes momentos de tortura e perseguição. Temos que motivar os jovens a lutar com a liberdade que nos é hoje garantida para a consolidação plena da democracia”, disse. O Coordenador do Curso de Direito, Professor Ramon Gabriel Matos, que preside o evento, ressaltou que toda programação que se estende até esta sexta-feira, dia 20, com palestras no Auditório da Crede 16 e Mini - Cursos no Campus Iguatu é motivadora para que os jovens, discutindo juridicamente temas políticos, possam ser tornar atores de verdadeira transformação social.

Contato:
Assessoria de Comunicação
Universidade Regional do Cariri - URCA
(88) 3102-1212 ramal 2617
www.urca.br - Elizangela Santos
Crato, 19 de novembro de 2009.

Roque pede inclusão do Crato no Programa Leite Fome Zero


O Ceará já soma 150 municípios contemplados no Programa Leite Fome Zero. Porém, o município do Crato, Região do Cariri, ainda não faz parte do Programa. Executado através de uma parceria entre o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e a Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), o Programa distribui, diariamente, 54.777 mil litros de leite para crianças de até seis anos, gestantes e idosos em situação de insegurança alimentar. Na tentativa de levar os benefícios do Programa Leite Fome Zero para a população do Crato, o deputado estadual Sineval Roque (PSB), apresentou um requerimento à Secretaria de Desenvolvimento Agrário solicitando a inclusão do município do Crato no Programa Leite Fome Zero.

Além de contribuir para o combate à fome nos municípios cearenses com menores índices de desenvolvimento social, o Leite Fome Zero ainda provoca o fortalecimento da agricultura familiar do Estado. Ele garante a compra do leite de cerca de 2.000 produtores familiares, pagando R$ 0,69 por litro, um valor acima do mercado, onde, atualmente, o litro é adquirido por R$ 0,60.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Dep. Sineval Roque

Futebol - Por Amilton Silva

Fluminense é Finalista da Sul-Americana

Com quase 40 mil torcedores presentes no Maracanã, na noite de ontem (19), O Fluminense venceu de virada o Cerro Porteño por 2 X 1. Demonstrando cansaço em virtude da maratona de jogos seguidos, o Tricolor foi surpreendido com o gol do Cerro logo no início da partida. Apesar de não atuar tão bem como nas partidas anteriores, o Fluminense conseguiu virar o marcador já no final da partida com gols de Alan e Gum. No final da partida houve uma briga envolvendo jogadores do Cerro e Fluminense, sendo necessária a intervenção da polícia. O adversário do Fluminense para as finais da Sul-Americana, sairá na partida de hoje entre as equipes do LDU e River do Uruguai.

Palmeiras Perde e Fica distante do Título

Grêmio e Palmeiras se enfrentaram nesta quarta feira, em partida válida pela 36ª rodada do Brasileirão Série A. O Grêmio venceu por 2 X 0, deixando o Palmeiras praticamente fora da disputa pelo título. O zagueiro Maurício e o atacante Obina, protagonizaram no intervalo da partida uma briga, e foram expulsos prejudicano o Palmeiras na luta pelo título do Brasileirão. Após a partida, dirigentes palmeirense com o aval do Técnico Muricy Ramalho, declararam que os dois atletas jamais vestirão a camisa Alvi-verde.

Crise no time do Crato

Segundo declarações do Presidente Guigui do Crato Esporte Clube, caso persista a crise política que está envolvido o time, será pedido o afastamento da equipe na primeira divisão do próximo ano. Se a decisão for mantida, pelo regulamento do Futebol Cearense , o Crato voltará para terceira divisão do certame. A torcida do Crato esperou nove anos por este momento. Acreditamos que a hora é de união dos desportistas e toda a sociedade para salvar o time desta situação. Esperamos que a melhor solução possível seja encontrada, não é possíves que depois de nove anos de sofrimento, tenhamos que regridir. Conclamaos mais uma vez a toda sociedade cratense que salvem o nosso futebol.

Por: Amilton Silva - Editor de Esportes do Blog do Crato


História Social do Cuidado no Brasil Colonial - Por: j.taborda


Sabemos que até o século XIX, o uso de mão de obra escrava no Brasil servia para todos os fins. As atividades dos negros eram utilizadas para todos os serviços braçais, inclusive aos cuidados dos filhos dos senhores: “Se o recém nascido pertence a uma classe distinta, raro é que a própria mãe o amamente: este cuidado é incumbido usualmente a uma mulata ou preta” (FERDINAND DENIS, 1816, p. 213 apud LEITE, 1997, p. 29). Como a atividade de cuidar dos filhos exigia um grande esforço por parte das senhoras, rapidamente a utilização das amas-de-leite se tornou muito comum, inclusive com o aluguel destas (MAUAD, 2000; LEITE, 1997). Segundo Ariès (1978), esta tradição de entregar o cuidado dos filhos a outra pessoa remonta a Europa do século 17, mesmo com os alertas dos educadores para que estes cuidados fossem feitos pelas próprias mães. Aliás, quanto mais alta a classe social, mais distante era o convívio das crianças com seus pais (MAUAD, 2000).

Isto significa que era algo bastante comum, filhos de senhores e de escravos conviverem juntos e compartilharem os mesmos espaços. Uma explicação para esta “trégua democrática” pode ser verificado por um comentário retirado da época: “estabelece-se entre eles uma familiaridade que, forçadamente, terá de ser abolida na idade em que um deve dar ordens, [...] enquanto o outro terá de trabalhar e obedecer [...] de forma a tornar o jugo da escravidão menos penoso” (JOHN MAWE, 1809, p. 91 apud LEITE, 1997, p.31). Nesse meio tempo, os pequenos escravos serviam para entreter as senhoras e seus filhos. Contudo, a partir dos sete anos a classe social falava mais alta: os filhos dos senhores seguiam para os estudos e a dos escravos para o trabalho (DEL PRIORE, 2000). A rotina das escravas parturientes não era menos penosa: em questão de dias após o parto estas já deviam retornar ao duro trabalho (SCARANO, 2000; CIVILETTI, 1991).

Podemos nos perguntar: e quem cuidava destas crianças? Muitas tinham de permanecer amarradas junto ao corpo de suas mães durante o trabalho; outras, caso fosse necessário à venda da mãe, iam literalmente como um bônus; mas tanto no primeiro caso como no segundo podiam acabar sendo abandonadas, e isto geralmente era feito na Roda dos Expostos (DEL PRIORE, 2000). A Roda dos Expostos teve origem nos antigos monastérios europeus. Recebeu este nome devido à roda que geralmente havia numa parte do muro, que separava os monges do restante da sociedade, por onde se podiam deixar doações. Com a miséria imperando nestes lugares, os pais logo viram nestes uma esperança de melhor cuidado a seus filhos. Por fim, as Rodas acabaram se disseminando por quase todas as colônias e transformou-se em verdadeiros depositários de crianças abandonadas (LEITE, 1997).

Outra alternativa aos cuidados destas crianças era a presença dos familiares, já que, necessitando a mãe voltar ao trabalho “o pequenino fica entregue a negras velhas ou a meninos de seis a sete anos, que lhes dão de comer” (ADÈLE TOUSSAINT-SANSON, 1851, p. 17 apud LEITE, 1997, p. 32). Góes e Florentino, também salientam o amparo familiar deste período: este “incluía irmãos, primos, avós ou padrinhos que viviam fora do seu plantel” (2000, p. 185).

Referências:

ARIÈS, P. História Social da Criança e da Família. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1978. CIVILETTI, M. V. P. O Cuidado às Crianças Pequenas no Brasil Escravista. Dissertação de Mestrado em Psicologia social. Universidade Gama Filho. Rio de Janeiro: 1991. Disponível em: http://www.uff.br/. Acesso em: 16/01/2009. DEL PRIORE, M. História das Crianças no Brasil. São Paulo: Contexto, 2000. GÓES, J. R. de; FLORENTINO, M. Crianças escravas, crianças dos escravos. In: DEL PRIORE, M. História das Crianças no Brasil. São Paulo: Contexto, 2000. P. 177-191. LEITE, M. L. M. A Infância no Século XIX segundo memórias e livros de viagem. In: FREITAS, M. C. de (org). História Social da Infância no Brasil. Cortez Editora, 1997. p. 17-50. MAUAD, A. M. A vida das crianças de elite durante o Império. In: DEL PRIORE, M. História das Crianças no Brasil. São Paulo: Contexto, 2000. P. 137-176. SCARANO, J. Criança esquecida das Minas Gerais. In: DEL PRIORE, M. História das Crianças no Brasil. São Paulo: Contexto, 2000. P. 107-136.

Por: j.taborda

Grupo de flautas da Escola Rotary se apresentará hoje no Rotary Club do Crato

Por Carlos Rafael Dias
Um grupo de flautas formado por alunos da Escola Rotary se apresentará hoje, 19/11, na plenária do Rotary Club do Crato - RCC, quando será comemorado o Dia da Música, cujo transcurso ocorrerá no próximo dia 22 de novembro.

Cerca de vinte crianças da Educação Infantil e do Ensino Médio da Escola Rotary integram o referido grupo, formado no âmbito de um projeto musical recentemente reativado a partir da idéia da coordenadora da Casa de Amizade do Crato, Rose Herculano, de prestar homenagem ao ex-presidente e fundador do RCC, Jefferson de Albuquerque por ocasião do transcurso do seu centenário, que ocorrerá em breve. O pensamento inicial era formar um coral de crianças da Escola para se apresentar no evento, mas a idéia tomou uma dimensão maior quando a professora Maria Ivanete Paulino dos Santos propôs a reativação de um projeto de iniciação musical que existia na Escola. Rose Herculano encampou a idéia e, para tanto, foi contratado o professor de música Antonio Almeida, o Tom, que já presta serviço semelhante em outras escolas da rede pública municipal de educação. Tom, que é do quadro efetivo da Secretaria de Educação do Crato, ministra duas aulas semanais na Escola Rotary, promovendo a prática de instrumento, no caso da flauta, e recebe um salário custeado pela Casa da Amizade do Crato.
A professora Ivanete dos Santos, que coordena o projeto, destaca a importância do ensino de música enquanto um importante instrumento de formação de cidadãos conscientes e atuantes, além da Escola cumprir da melhor forma possível uma diretriz do Ministério da Educação que obriga a inclusão da educação musical e artistíca no currículo da Educação Básica. O projeto conta com o apoio integral da diretora Leônia Ribeiro Barbosa e de todo o quadro de professores e funcionários da Escola.

Na apresentação de logo mais, o grupo de flautas executará um diversificado repertório, tendo como base músicas populares infantis, como as tradicionais cantigas de roda.

MOVIMENTO OAB PRA VALER REALIZA GRANDE CONFRATERNIZAÇÃO NO CRATO - Por Océlio Teixeira e Dihelson Mendonça


Cobertura Fotográfica


IMG_7421



IMG_7467

Foto acima: Dr. Aglézio de Brito

IMG_7490



IMG_7492

Acima: Océlio Teixeira

IMG_7512


IMG_7432


Image2



IMG_7464



IMG_7516



IMG_7472



IMG_7444



IMG_7439



Image1


IMG_7481



IMG_7500



IMG_7521

Foi realizado ontem, dia 18, na Chopperia do Mercadinho São Luiz, uma grande confraternização do MOVIMENTO OAB PRA VALER. Com as presenças dos candidatos Fabrício Callou(Subsecção Crato) e Valdetário Andrade(Secção Ceará), cerca de 200 advogadas e advogados manifestaram seu apoio aos referidos candidatos e à construção de uma OAB DEMOCRATICA E INDEPENDENTE, que defenda os interesses e prerrogativas da categoria.

Durante o evento se pronunciaram o Dr. Aglésio de Brito, representando a advocacia do Crato, o Dr. Josué de Souza, atual vice-presidente da Ordem no Ceará, o Dr. Fabrício Callou e o Dr. Valdetário Andrade. Na fala de cada orador e no semblante dos presentes a certeza de que a partir de 1º de janeiro de 2010, as advogadas e advogados do Ceará terão uma OAB atuante, não apenas na capital, mas em todo o interior, inclusive com a instalação da FESAC - Fundação Escola Superior de Advocacia do Estado do Ceará - no Cariri e em outras regiões do Estado. Mereceu efusivos aplausos também a proposta do Centro de Apoio e Defesa do Advogado e da Advocacia.

Após a fala dos oradores, foi apresentado um DVD, com depoimentos de apoio do Dr. Reno Feitosa, Dr. Alcântara Filho, Dra. Ingrid Feitosa, Dr. Everton Brito, dentre outros.

Manifestaram ainda apoio ao MOVIMENTO OAB PRA VALER o Dr. Ernani Brígido, Procurador Geral do Município de Crato e o Dr. Bernardo Oliveira, Procurador Geral do Município de Juazeiro do Norte.

O encontro foi prestigiado também pelo Dr. Cláuver Barreto, candidato à presidência da Subsecção de Juazeiro do Norte, e pelos amigos e familiares dos candidatos, tendo à frente Dona Inez Andrade(genitora do Dr. Valdetário) e a Sra. Angélica Siebra(mãe do Dr. Fabrício).

Visite o site http://www.oabpravaler.com.br/ e conheça em detalhes o MOVIMENTO OAB PRA VALER e suas propostas.

DIA 20 VOTE 20 para OAB CEARÁ e 55 OAB CRATO. POR UMA OAB PRA VALER.

Postagem: Océlio Teixeira de Souza
Fotos: Dihelson Mendonça - Proibida a reutilização sem autorização do autor.

País se torna o quarto maior credor dos EUA


Reservas internacionais do Brasil estão hoje no patamar de US$ 235 bilhões

Brasília. O aumento no fluxo de dólares para o Brasil tem ajudado o País a reforçar a sua posição como um dos maiores credores do governo norte-americano. De acordo com o Tesouro dos EUA, o investimento do governo brasileiro em títulos do País alcançou em setembro o maior nível em 12 meses. São US$ 145 bilhões que estão hoje financiando a dívida do País, o equivalente a quase dois terços das reservas internacionais. Esse valor coloca o Brasil como o quarto maior credor dos EUA, atrás apenas de China, Japão e Reino Unido. No fim do ano passado, o governo brasileiro havia reduzido a aplicação nesses títulos, que ficaram muito valorizados durante a fase mais aguda da crise, quando investidores buscaram proteção naquele que é considerado o investimento mais seguro do mundo.

Ao vender esses papéis, e embolsar algum lucro, o País migrou para outras aplicações, também consideradas seguras, mas que pagavam juros maiores. É o caso de papéis de organismos multilaterais, como o KfW (o BNDES alemão) e o BIS (o BC dos bancos centrais).

Apesar do aumento em termos absolutos, percentualmente, o País ainda está distante do recorde alcançado em junho de 2008. Na época, o Brasil aplicava 80% das suas reservas em títulos dos EUA. O governo buscava, naquele momento, tirar o dinheiro dos bancos internacionais, que já enfrentavam problemas de solvência.

Reservas

Uma das explicações para esse aumento nas compras é o crescimento das reservas internacionais, que estão hoje no patamar recorde de US$ 235 bilhões. As reservas funcionam como uma garantia para o País em momentos de crise. Graças a esse dinheiro, o Brasil deixou de ser um devedor e é hoje credor em moeda estrangeira. Além dos papéis dos EUA, o BC - que administra as reservas internacionais- mantém esse dinheiro aplicado em bancos estrangeiros e em ativos como o ouro. Há ainda os recursos que estão no FMI - hoje o País é credor do Fundo em mais de US$ 5 bilhões.

Ao contrário do Brasil, outros grandes credores mantiveram, e até aumentaram, essas aplicações em papéis dos EUA no momento mais agudo da crise. O Reino Unido, por exemplo, mais que dobrou sua participação nos últimos 12 meses. Ultrapassou a posição brasileira em março deste ano, quando o Brasil chegou a ficar atrás da Rússia também. O Japão também aumenta gradativamente suas aplicações. A China, maior credor dos EUA, tem mantido o seu nível de investimento estável nos últimos meses. O país asiático possui hoje cerca de US$ 800 bilhões nos papéis, o que representa quase 25% da dívida americana em títulos nas mãos de países estrangeiros.

Fonte: Diário do Nordeste
Foto: Reuters

Postagem: Océlio Teixeira de Souza

Novo Sistema de Transporte Intermunicipal Garante tarifas 14% Mais Baratas


Por: Lêda Gonçalves

Governador assinou ordens de serviço para que as cinco empresas entrem em operação em sete áreas do Estado

Foi um processo de 30 meses de duração e cheio de questionamentos na Justiça para o Ceará formalizar seu novo sistema de transporte rodoviário intermunicipal de passageiros. A concretização ocorreu, na manhã de ontem, no auditório do Palácio Iracema, quando o governador Cid Gomes assinou ordens de serviço que deram início à operação.

Com isso, o usuário do serviço tem a partir de agora, um transporte mais confortável (todos com ar-condicionado e veículos com até cinco anos de uso), mais seguro e, o melhor, mais barato em média 14%. Moradores de Juazeiro do Norte e Crato, por exemplo, terão redução de 19% no preço da passagem. O Ceará é o pioneiro no Brasil a legalizar seu sistema de transporte, com base no que determina a Constituição Federal.

O serviço prevê a circulação de uma frota de 380 ônibus, em 91 linhas, para transportar uma demanda de 1,2 milhão de passageiros por mês, abrangendo todas as regiões do Estado, exceto a Região Metropolitana.

Protesto

Nem tudo foram flores na solenidade. A partir da formalização das empresas vencedoras, cerca de 30 empresas perdedoras da licitação estão "proibidas" de circular. Isso gerou revolta e ameaças de confusão por parte de um grupo, que promoveu manifestação do lado de fora do Palácio Iracema.

Alguns conseguiram entrar no auditório e questionaram o governador sobre a "lisura do processo". Muito tenso, Cid Gomes respondeu que eles estavam fora porque não cumpriram as regras do edital e muitos nem sequer tinham seguro pago. "O Estado oferece melhorias e vocês me dando chutes na canela...não vou permitir. O processo acabou e quem ganhou, ganhou e quem perdeu está fora, não adianta gritar".

Para evitar confrontos e quebra-quebra, o Detran e Companhia de Policiamento Rodoviário (CPRV) iniciaram, na manhã de ontem, no Terminal Rodoviário João Thomé, uma operação conjunta. A ação acontece sempre das 5 às 8 horas e das 17 às 20 horas, sem data prevista de encerramento. "Eles (o governo estadual) não podem fazer isso. Vão obrigar a gente a demitir mais de 15 mil funcionários", aponta o gerente de uma das empresas, Sérgio Cruz "A partir de amanhã, nós não temos mais como pagar a folha dos funcionários. Não sabemos mais o que fazer também com os carros e nem como vamos sobreviver".

Segundo os empresários, o governo do Ceará nomeou as cinco vencedoras - São Benedito, Expresso Guanabara, Fretcar, Princesa dos Inhamuns/Gontijo e Metropolitana - de forma irregular. De acordo com eles, existia uma liminar que autorizava suas empresas a operarem e se adequarem às normas exigidas em um ano, mas ela não foi respeitada. "Eles prometeram dá um prazo de um ano para a gente se organizar".

Ao todo, foram licitados oito lotes (áreas de operação) de linhas de transporte. Apenas uma, o número cinco, ainda não teve o julgamento finalizado, em função de ações administrativas. O lote é o da região Oeste, abrangendo municípios como Itapipoca, Paracuru, Paraipaba, Jijoca de Jericoacoara e Cruz.

As sete ordens de serviço contemplaram as áreas 1, operada agora pela empresa São Benedito Autoviação; 2, ganha pela empresa Fretcar Transporte; 3, operada pelo consórcio Viação Princesa dos Inhamuns/Gontijo; 4, Expresso Guanabara, 6, pela Expresso Guanabara, 7 Expresso Guanabara; e 8 pela Auto Viação Metropolitana.

Fonte: Diário do Nordeste
Foto: Kid Júnior
OBS:O destaque em negrito é meu.

Postagem: Océlio Teixeira de Souza

Para pré-candidato do Psol, Marina é ``ecocapitalista``


Por Hébely Rebouças

Diferentemente do que defendeu a ex-senadora Heloisa Helena (Psol), o pré-candidato da sigla ao Planalto, Plínio de Arruda Sampaio, condenou a aliança com o PV de Marina Silva

O pré-candidato à Presidência da República pelo Psol e um dos nomes históricos da esquerda brasileira, Plínio de Arruda Sampaio, 79 anos, rechaçou ontem, em Fortaleza, qualquer possibilidade de aproximação com a candidatura "burguesa", "morna" e "ecocapitalista" representada, segundo ele, pela senadora Marina Silva & escolhida pelo PV para disputar o Palácio do Planalto em 2010. A fala

Durante entrevista coletiva na sede do Psol cearense, Plínio foi enfático ao defender sua campanha para a sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e duro ao criticar a postura ambígua do PV em alguns estados. ``Nós temos que ter um discurso de choque. A Marina tem a mania de engolir sapo, passou seis anos engolindo o Governo Lula. E esse discurso ameno não ganha eleição, não se sustenta``, criticou.

A reação veio dias após a senadora Heloisa Helena, uma das principais referências do Psol no Brasil e ex-candidata à Presidência pelo partido, ter dito que Marina é a melhor opção para governar o País. Reforçando sua insatisfação diante da hipótese de aliança, Plínio chegou a dizer que pretende formalizar uma reclamação à executiva nacional do partido, por causa da decisão de abrir o diálogo com o PV. Segundo ele, a Conferência Nacional do Psol & ocorrida em agosto deste ano & deliberou que o partido lançaria candidato próprio à Presidência.

Apesar do racha, Plínio considerou natural e legítima a discussão, lembrando que qualquer decisão só será tomada em março do ano que vem, quando o Psol se reúne novamente para definir os rumos para a corrida eleitoral.

Pragmatismo?

Não se alinhar ao PV em 2010 significa reduzir o arco de apoios e, consequentemente, aumentar o nível de dificuldade para eleger deputados federais, estaduais, por exemplo? Para Plínio, não necessariamente. Ele avaliou que é pura ilusão imaginar que o PV pode fazer a diferença na performance eleitoral do Psol. ``Na atual conjuntura, nós não temos a hegemonia. Eles, sim. Os votos deles não serão transferidos para nós``, argumentou.

O socialista foi além ao afirmar que ser pragmático, no momento, é levantar a bandeira socialista e defender o programa da legenda & e não entrar em uma aliança que, segundo ele, pode ser facilmente desmascarada. ``Precisamos fazer uma proposta anticapitalista``, bradou.

Questionado sobre as limitações de uma possível campanha protagonizada por ele, que já se aproxima dos 80 anos, Plínio lançou mão do bom humor e garantiu que é possível fazer um bom debate sem precisar sair pulando de estado em estado. ``Vou ficar sentadinho, tomando meus remedinhos, levantando o debate``, brincou.

Fonte: O POVO ONLINE
Postagem: Océlio Teixeira de Souza

PT defende controle público e sanções à imprensa

Um texto aprovado pelo diretório nacional do PT defende o controle público dos meios de comunicação e a criação de mecanismos de sanção à imprensa. No documento, intitulado “Resolução Sobre a Estratégia Petista na Confecom (Conferência Nacional de Comunicação)”, o PT também defende mudanças no atual modelo de outorga de concessões no setor de comunicação que, segundo o partido, é anacrônico, autoritário e “privilegia grupos comerciais em detrimento dos interesses da população”.

No documento, o PT revela ainda a estratégia de apresentar as propostas aos representantes do partido no governo envolvidos com a Confecom. A conferência organizada pelo governo Lula e prevista para acontecer entre os dias 14 e 17 de dezembro tem como objetivo levantar propostas para nortear a elaboração de políticas públicas para o setor. A previsão é que participem representantes do governo, sociedade e empresas de comunicação.

Entre os temas em debate pelo governo está o sistema de outorgas de concessões, que faz parte do eixo temático “Meios de Distribuição”.

O texto do PT afirma que o marco regulatório atual é “anacrônico, autoritário, fragmentado e privilegia os grupos comerciais, em detrimento dos interesses da população. Esses modelos permitem a uns poucos grupos empresariais — muitas vezes associados a fortes conglomerados estrangeiros — exercer o controle quase absoluto sobre a produção e veiculação de conteúdos informativos e culturais”, diz o texto.

Documento fala em “proibição de monopólios” Para substituir o modelo atual, o PT propõe: fortalecimento dos meios de produção público-estatais, regulação sobre conteúdo, mecanismos de controle público, proibição de monopólios, criação de um modelo que garanta mecanismos efetivos de sanção aos meios de comunicação, produção de nova legislação para direito de resposta, paridade racial de gênero na publicidade e um percentual para programas que tratem de história da África.

Perguntado se as propostas ferem princípios universais de liberdade de imprensa e expressão, o secretário nacional de Comunicação do PT, Gleber Naime, respondeu: — Esta proposta é para garantir a liberdade de imprensa e não a das empresas.

Naime prometeu detalhar por e-mail as propostas do partido, mas até as 20h de ontem não respondeu às perguntas.

Segundo ele, o texto foi elaborado num Seminário Nacional do partido sobre comunicação e referendado pelo diretório nacional sem a participação de petistas que ocupam cargos no governo.

O Ministério das Comunicações também foi procurado para explicar, entre outras coisas, o que o governo pretende mudar no sistema de outorgas, mas não respondeu.

Para o especialista em comunicação Carlos Alberto Di Franco, da Universidade de Navarra, as propostas do PT preocupam pois podem esconder objetivos de controle ideológico como os que foram aplicados em outros países latino-americanos, como Venezuela e Argentina.

— Sob o pretexto de democratização, o que se oculta é a tentativa de um crescente controle ideológico da informação.

As empresas brasileiras de comunicação deram exemplo histórico de seu compromisso em defesa da democracia. Os jornais combateram a ditadura militar.

Mas combateram a ditadura em defesa de uma sociedade aberta e plural. O que vemos em alguns países da América Latina — e a Venezuela é um exemplo claro — é o crescimento de uma visão autoritária, centralizadora e antidemocrática — disse ele.

Nos últimos meses, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva não tem poupado ataques à imprensa. Em encontro com catadores de material reciclável, há cerca de três semanas, Lula disse que os formadores de opinião já não exercem influência sobre a população.”

Fonte: O Globo - Via Blog do Eliomar

Postagem: Océlio Teixeira de Souza

BlogCuriosidade: Se o mundo acabar agora, corra para o lago Titicaca; leia trecho de livro

NE - Como sobreviver a 2012

Líder no ranking dos livros sobre o fim do mundo mais vendidos na Livraria da Folha, "Como Sobreviver a 2012" foi escrito pelo pesquisador belga Patrick Geryl, autor de nove best-sellers. Com toque futurista, o título detalha como será a vida dos sobreviventes à inversão polar que os maias antigos vaticinaram para o final de 2012.

No capítulo "Um lugar geograficamente adequado", Geryl escreve sobre os critérios para a escolha de um lugar pelos sobreviventes (é preciso ter R$ 36 mil para escapar, segundo o autor) para que se estabeleça uma nova civilização. O nível da água é apontado como o principal parâmetro. Se o fim do mundo ocorrer agora e você acreditar nas teorias do escritor belga, não tenha dúvidas: corra para o lago Titicaca, o mais alto do mundo, entre a Bolívia e o Peru, um dos locais recomendados pelo livro.

Leia trecho:

"Há doze mil anos, o nível dos oceanos era cerca de 120 m mais baixo que atualmente. Grandes extensões da América do Norte e Europa setentrional estavam cobertas por centenas de metros de gelo. Em seguida à inversão polar anterior, essas áreas se deslocaram para climas mais temperados e a calota de gelo se derreteu. Isso resultou numa elevação considerável do nível do mar. No final de 2012, a situação se inverterá. A América e a Europa mergulharão de novo sob bilhões de toneladas de gelo; e de novo, a água refluirá dos oceanos. Numa velocidade, espantosa, portos construídos às pressas ficarão secos. Em muitos casos, outros terão de ser feitos talvez a milhares de quilômetros da antiga costa. Não é uma ideia lá muito agradável para quem acaba de montar sua infraestrutura. Portanto, convém esperar até que a situação se estabilize um pouco. Mas essas é uma decisão a ser tomada pelas próximas gerações. Não é difícil imaginar como será o mundo futuro. Será uma cópia do que existiu antes do último dilúvio:

* Haverá de novo um istmo entre o sul da Inglaterra e o norte da França. Em certos pontos o canal da Mancha terá apenas uns quarenta metros de profundidade e logo irá secar. Se surgirão geleiras nesses lugares, isso dependerá da magnitude do deslocamento da crosta terrestre.

* O istmo entre o Alasca e a Sibéria também reaparecerá. Partindo da Europa, futuras expedições conquistarão a América de novo. Será de bom aviso, porém, usar roupas quentes, ainda que na época aquelas regiões gozem de um clima temperado. A América continental, por seu turno, gemerá sob uma espessa cama de gelo.

* Muitas ilhas terão seu território aumentado; outras aflorarão em águas rasas. Malta e Sicília se juntarão; Córsega e Sardenha formarão uma só massa. Marinheiros e cartógrafos precisarão ajustar frequentemente seus mapas às circunstâncias mutáveis; para evitar naufrágios.

* Hoje, os recifes das Grandes Bahamas são cobertos por águas rasas. Há doze mil anos, formavam um enorme planalto cerca de 120 m acima do nível do mar.

* Austrália e Nova Guiné voltarão a ser ligadas como antes, formando assim um vasto continente. Os colonizadores ficarão espantados diante da imensidão do território.

* O Japão, que atualmente consiste de três ilhas principais, se transformará numa massa contínua ligada à extensa costa chinesa.

* O estreito de Ormuz é uma rota marítima das mais movimentadas. A cada ano, um número considerável de petroleiros passa por ele. Depois da inversão polar, secará rapidamente, pondo à mostra restos de tubulações e plataformas de prospecção - panorama bem diverso do que se observava nos primeiros anos do século XXI, quando quase se ia à guerra para garantir o fornecimento de petróleo.

* Boa notícia para os turistas: a superfície das ilhas Maldivas praticamente dobrará. Todavia, na nova realidade, será difícil alcançar aquela região. A viagem de volta em barcos a vela, depois do cataclismo, poderá durar dois anos. Não fosse assim, o lugar ficaria cheio de gente.

* O Sri Lanka estará de novo ligado ao continente indiano. As costas da Índia, como as da China, aumentarão.

* Malásia, Bornéu e Sumatra se juntarão e se conectarão às costas do Vietnã, Tailândia e Camboja. Dado que as áreas intermediárias serão muito rasas, isso poderá acontecer bem depressa.

* As zonas costeiras do Brasil e especialmente da Argentina se dilatarão bastante.

Em suma, os países menos industrializados do mundo se tornarão propícios à colonização. Exemplos: o Saara e várias áreas costeiras que reaparecerão e serão de novo acessíveis. Muitas terras aflorarão por mundo inteiro, equivalentes aos territórios dos Estados Unidos, América do Sul e Europa juntos. Isso será o bastante para manter bom número de colonizadores atarefados durante milhares de anos. Mas, melhor ainda, muitas áreas costeiras novas oferecerão um clima agradável. Como as antigas fontes poluidoras terão, na sua maioria, desaparecido, a humanidade renascida sem dúvida florescerá.

"Como Sobreviver a 2012 - Locais e Táticas de Sobrevivência para Enfrentar a Inversão Polar"
Autor: Patrick Geryl
Editora: Pensamento
Páginas: 240
Quanto: R$ 36
Onde comprar: 0800-140090 ou na Livraria da Folha

Fonte: Livraria da Folha

Um frio febril - por José do Vale Pinheiro Feitosa


Uma vez corpos vivos retemos tempo e calor. Ao tempo inventamos, ao calor produzimos. O tempo como fração do universo ao calor natureza do cosmo. O tempo é elástico. Expande-se naquilo que se denominou espaço. Mas o calor é primordial, tende a esgotar-se na elasticidade do tempo. Ambas as retenções que conceituam nossos corpos vivos estão no cosmo e temos uma dificuldade imensa de imaginar que pela natureza elástica, não tenham um estado de origem. Uma vez que o tempo se elastece somos levados irremediavelmente para imaginar uma origem de máximo repouso desta natureza elástica. Igualmente se deve ao calor igual paradigma, localizando-o em primórdio explosivo quando surgiu o calor.

Acontece que nenhum corpo vivo se origina espontaneamente no cosmo. Há uma descendência e, portanto, uma gênese. Isso significa que nenhum ser vivo tem um lugar ou um tempo ou um calor devido no cosmo. Todos dependem da originalidade e suas conseqüências (que se diga não deixa de ser uma parte da originalidade).

Ao que dialogo com você em estado febril. Após uma alternância entre o frio do outono italiano, seus trens e prédios em estágio de produção de calor em ambiente de calefação. Tantas tosses, igualmente assoadas nas narinas (nisso os europeus são escrachados, fazem um canto nasal úmido em pleno restaurante), por momento suores e noutro a frígida natura com olhar nas montanhas e seus picos nevados.

Com o centro do compasso no lago de Como girando por Zurique, Lugano, Turim e Milão. Toda a vizinhança do planeta em seu hemisfério norte pronto para o inverno com aquele frio que é frio mesmo se não venta. Mais ainda frio se uma brisa contempla todas as nossas fossas e transita na superfície como em busca do mais profundo do nosso corpo.

Eis o frio externo. O frio que está fora de nós e vem como um exército para nos conquistar.

Mas já nos trópicos escaldantes deste Rio de Janeiro, tão belo e sujeito a chuvas e trovoadas, outro frio me dominou o corpo. Um frio que vem do calor. Um frio sem externalidade. Um frio que vem de dentro, com tremores sob qualquer variação deste tão homogêneo tempo quente de verão carioca. É um frio de filigranas, um ventilador que assopre qualquer vento todo o corpo se abala numa calda instável de “morte e de dor”.

Mesmo que a cabeça esteja escavada por tanta bacteriemia, o corpo dolorido de uma sova jamais sofrida, é no âmago de meu corpo que nasce este frio febril. Um frio que na vizinhança do possível nos afaga com a verdade que o corpo se conceitua em tempo e calor. Sem os dois é apenas matéria comum sem originalidade, gênese ou conseqüências.

Por: José do Vale Feitosa

NOSSO TEATRO É MAIOR!!!

Olha só quem foi pra DENTRO DA NOITE ESCURA!




Dia 18 de novembro de 2009, foi a oportunidade de ver um grande espetáculo na Guerrilha do Ato Dramático Caririense: DENTRO DA NOITE ESCURA, texto de Emannuel Nogueira, com a Companhia Livremente de Teatro, no Teatro Rachel de Queiroz, em Crato-CE.

A Guerrilha do Ato Dramático Caririense é a reunião das potencialidades artísticas da região. Desde o dia 7 até 22 de novembro, várias companhias de dança e teatro se apresentam ao grande público, mostrando a riqueza cultural do Cariri.

Hoje, dia 19 de novembro, 13° dia de guerrilha, teremos comédia: AS IRMÃS CASTANHOLAS, com a Cia. Mandacaru de Artes e Eventos, às 19h30min, no Teatro Rachel de Queiroz, Crato-CE.

Mostra Sesc Cariri de Cultura - Programação de Hoje, 19 de Novembro - Por Valdenio



Polo 1 - Crato - CE

Mostra nos Bairros - 17H
Bairro: São Miguel

Cidade das Donzelas
Troupp Pas D’argent - Rio de Janeiro - RJ

Franzilino Sertanejo Peregrino Conta a historia de Carolino Que sem lenço, documento ou certidão, Chega na Cidade das Donzelas no meio do sertão E se espanta ao ouvir falar Que não existe nem homem ou mulher bonita naquele lugar E que as moças feias que habitam por lá Matam qualquer um que arrisca se aproximar Tentando desvendar esse mistério acolá A gente embarca nessa história, temendo nunca mais voltar...

RFFSA - Centro Cultural do Araripe

17h - - A Farsa do Panelada
Cia Artes Cínicas de Teatro - Tauá – CE

Um paneleiro conhecido popularmente como Panelada usa de má fé e se aproveita da ingenuidade de sua freguesa para conseguir ascender ao poder. A Farsa começa de fato quando, para ajudar Dona Marica e Dona Maroca, Santa Edwiges, a Padroeira dos Endividados, alinha-se à estirpe de personagens como Ferrabrás e Panelada. É uma história que mostra a convivência atual entre as figuras do corrupto, fraudador de impostos e ludibriador e, de outro lado, do inocente, esperançoso e alienado. A Farsa do Panelada mostra uma vitória dos oprimidos na derrubada do Paneleiro revestido de mau-caratismo.

18h - Treminhão
Recife - PE

Treminhão: grupo instrumental que trabalha as influências de outras culturas como a música eletrônica e jazz etc, de forma singular junto com os ritmos regionais de Pernambuco.

Teatro Municipal 20:00hs

Levantado do Chão
Usina de Artes - Rio Branco - AC

O roteiro de "Levantado do Chão" é uma adaptação feita pelo dramaturgo Juarez Dias do romance de mesmo nome escrito pelo renomado escritor português José Saramago. Na história, mergulhamos na luta, amor, dor e sofrimento de 4 gerações de uma mesma família: Domingos Mau-Tempo, o seu filho João e os netos António e Gracinda, casada com Manoel Espada e mãe de Adelaide. Eles representam o povo do Alentejo. Um povo do campo, pobre, trabalhadores da terra, que lutam contra as forças opressoras (os latifundiários, as forças da ordem e a Igreja). Vários ambientes serão representados no espetáculo.

Sesc Crato - 22:00hs

A Noite dos Palhaços Mudos
La Mínima - São Paulo - SP

Os palhaços Mudos são seres que habitam a cidade e dedicam-se a praticar palhaçadas. Existe uma seita, no entanto, que os considera uma ameaça alarmante e os persegue, na tentativa de extingui-los. Numa noite de caça a dois palhaços, conseguem capturar apenas um na tentativa de matá-lo, conseguem apenas arrancar seu nariz. O pobre mutilado escapa, e não conseguindo suportar a vergonha ele se desespera. Surge então o segundo Palhaço Mudo, que entende o que aconteceu e arrasta-o para um ousado resgate nasal. Perseguições em meio às sombras misturam-se a truques de magia, números musicais e outros absurdos cômicos, para apresentar os conflitos entre intolerâncias contemporâneas e a lógica do palhaço, se é que ela existe.

Galpão das Artes - 23:00hs

A Margem
Cia do Gesto - Rio de Janeiro - RJ

A história de dois moradores de rua, que dividem o cotidiano em uma relação criativa com o mundo, vivendo situações que vão do grotesco ao lírico é o mote do espetáculo A MARGEM. Criado para comemorar os 20 anos de pesquisa do teatro gestual da Companhia do Gesto, a montagem, sem nenhuma fala, é a síntese da trajetória de criações do grupo e reúne técnicas de máscaras, teatro de sombras, teatro de animação e cinema.

Crato Tênis Clube– Banquete Dionisíaco

22h Mangiare
Grupo Pedras - Rio de Janeiro - RJ

O espetáculo apresenta o tema da comida como num menu. O público é convidado a se sentar em três grandes mesas com capacidade total de 70 pessoas. De entrada uma salada oriental é preparada e servida ao público por uma mãe e duas filhas com seus conflitos e intimidades. O prato principal é feito por divertidas máscaras balinesas que sonham com a fortuna ao preparar um nhoque de inhame. Histórias e segredos culinários são confidenciados ao público por personagens que se sentam à mesa e o tema da compulsão é abordado com música, tragédia e humor. No final as sobremesa são oferecidas numa brincadeira de tentação e desejo. A música ao vivo que alimenta todo o espetáculo finaliza essa farra gastronômica. Bom apetite!

23h Tem Juízo Mas Não Usa
Lula Queiroga - Recife – PE

O pernambucano Lula Queiroga é nome de destaque no cenário da música brasileira. É parceiro de Lenine em várias músicas, com quem dividiu o Prêmio Sharp de melhor música (A Ponte) em 1998. o album Tem Juizo mais não Usa mescla samba, maracatu, pop e rock.

Mamelo Sund System
São Paulo – SP

Entidade sônica urbana movida a batidas, rimas & a vida, capitaneada pelos microfones de Lurdez Da Luz e Rodrigo Brandão, o Sound System original da Babilônia ganhou as ruas no fatídico ano 2000, com a missão de pavimentar novas avenidas no imaginário do hip hop brasileiro.

Farra no Cariri
Convidados - Várias

Por: Valdenio

Inventur aponta Juazeiro como caldeirão de fé, cultura e trabalho

O município de Juazeiro do Norte é um imenso caldeirão de fé, cultura e trabalho. Essa foi a conclusão dos professores e alunos do curso de Turismo do IFET (Instituto Federal de Educação e Tecnologia) responsáveis pela elaboração do Inventur – Inventário da Oferta Turística – do município. Na manhã desta quarta-feira, no auditório do Panorama Hotel, eles apresentaram o resultado desse trabalho que se iniciou no mês de maio percorrendo quase toda cidade e algumas localidades da zona rural.

O encontro reuniu o vice-prefeito, José Roberto Celestino, diversos secretários municipais, vereadores, empresários e profissionais liberais para ouvir a exposição coordenada pela professora Ione Chaves. O Secretário de Turismo e Romarias, José Carlos dos Santos, definiu o Inventur como um banco de dados com informações sobre a oferta turística do município, credenciando Juazeiro a poder pleitear recursos federais para o setor de turismo. O resultado desse trabalho de pesquisa, que durou oito meses, está condensado em cinco volumosos cadernos e vai ser disponibilizado no Site do Ministério do Turismo. Zé Carlos fez questão de ressaltar o apoio concedido pelo prefeito Manoel Santana na elaboração do Inventur que é uma determinação da nova lei nacional do turismo. Segundo a professora Ione Chaves, a confecção do inventário obedeceu a toda uma metodologia própria do Ministério do Turismo.

Da mesma forma como foi o trabalho de campo, ela dividiu a apresentação em módulos e os alunos do curso de Turismo do IFET se revezaram na mostra do material aos presentes. Dentre os itens, as informações básicas como de infraestrutura de apoio turístico, serviços e equipamentos turísticos, além dos atrativos oferecidos no município nos mais variados setores. Para a professora Ione Chaves, trata-se de um diagnóstico amplo que vai oferecer condições de provocar debates no sentido da busca de um melhor planejamento para o turismo.

Por: Demontier Tenório - Site JuaOnline

Não existe "queima controlada" - postado por José Sales

Diferentemente do que afirmam os técnicos da SEMACE, se manifestam outras opiniões abalizadas e baseadas em fundamentos científicos que afirmam que não existe controle possível às queimadas. Não existe "queima controlada" sendo esta afirmação totalmente carente de fundamentação técnico científica. Pois além da queima superficial da vegetação há também queima do solo e do subsolo e, seus nutrientes, além do aquecimento do próprio solo de maneira elevada, comprometendo inclusive quaisquer resquício de reserva própria existente nas raízes da vegetação e também os aquíferos e outras reserva de água subterranea.

Por outro aspecto existem as questões evidentes das altas temperaturas do ar no entorno da área queimada que comprometem não só a qualidade do ar como taxas de umidade no mesmo que chegam a níveis baixissimos, além de comprometer brutalmente a vegetação remanescente por desumidificação. Por fim temos o aumento geométrico da emissão de CO², que contribui para o aquecimento local/ regional e global. E há ainda a propagação da "queima controlada" por ação dos ventos fortes do período, confirmada pelos próprios técnicos da instituição de controle e fiscalização do meio ambiente.

Donde se conclui que não existe e nunca existiu, em nenhuma forma, a "queima controlada"e sim um processo de predação consentido que se repete ano a ano, há mais de cinco séculos no Brasil, neste período da estação mais seca, comprometendo irremediavelmente a sobrevivencia dos ecossistemas da região e consequentemente da flora, da fauna e nós próprios, os "queimadores".

Na realidade, estamos repetindo um roteiro que vem do Neolítico da época da chamada Revolução da Agricultura, que há seis mil anos dizimou a vegetação no Crescente Fértil, na antiga Mesopotamia, passou pelo Norte da Africa, atingiu a Europa Mediteranea, todas estas hoje situações deserticas ou pré - deserticas e foi trazido até nós pelos "colonizadores" portugueses.

Barbárie Social ou Sociedade da Barbárie? - Por: José Cícero - Aurora - CE

Há quem diga que estamos prestes a vivenciar o estágio da barbárie a qualquer momento. Que me perdoem os incautos e os iluminados da esperança pelo meu pessimismo exagerado, mas diria que a tal barbárie já nos chegou faz tempo. Não sei por qual motivo geral, mas digamos que o capitalismo no seu estágio terminal tenha de algum modo substantivo, dado uma forcinha das mais consideráveis a este atual estado de coisa. Dentre as quais por intermédio de alguns expedientes do tal sistema, dentre os quais: a competição desenfreada, a fome devoradora do ter além da conta e em detrimento do Ser. A febre da lucratividade em todo o quer se faz.

Ademais, é forçoso dizer que a suposta barbárie que possa nos vir é uma piada; o fato que é que a tal barbárie que eles falam já a vivenciamos e, só não nos demos conta, simplesmente porque nos acostumamos a ela. Somos seres altamente adaptados e adaptativos... Com quase tudo que há de ruim também nos acostumamos e por esta razão ficamos quase sempre no lugar-comum da praxe social. Resta saber se também nos tornaremos bárbaros-selvagens por capricho ou convieniência, posto que em todo o resto, de alguma maneira já nos adaptamos aos malefícios que lhe é peculiar (digo a barbárie).

Destarte, o desejo de poder. O sonho de se dá bem a qualquer custo... A mania de grandeza, a ânsia louca de consumir e de se mostrar para os outros o que não é. O fisiologismo, o modo de vida elitista e maquiado, tudo isso num só conjunto vem contribuindo efetivamente para a deterioração do mundo, da vida e do gênero humano como um todo. Chegou-se ao tempo em que alertara o mestre Rui Barbosa, de o homem sentir vergonha de ser honesto. Agora, confesso que piorou, posto que haveremos de ter medo/receio de não sermos selvagens, brutamontes, violentos, salafrários... A sociedade denominada de pós-moderna perdeu seu rumo. Está sem prumo e sem contenção naquilo que a coletividade mais temia que se chegasse um dia: o estado de barbárie absoluta. Mesmo pagando um alto preço por este descalabro, figimos não enxergar o óbvio. Como se tamanha desfarçatez não fosse igualmente uma característica inerente a esta situação calamitosa. Somos em nossa maioria uma gente sem nenhuma espécie de comprometimento real com os princípios éticos e morais. Deseducados, amorais, patéticos, ignorantes, desobedientes, covardes e mentirosos... Quando não nos dispomos a enxergar isso, creio que estamos com efeito, mentindo para nós mesmos. Esta é, impreterivelmente, a sociedade da modernidade tecnológica supostamente avançada, mas que se mostra contraditória, em face de todo o atraso que se verifica em outros aspectos importantes do seu dia a dia.O gênero humano está mergulhado numa crise humana, moral, cristã e social sem precendentes. Vivemos por conta de tudo isso, uma verdadeira época apocalíptica não apenas no quesito da moralidade ou da solidariedade humana, mas, sobretudo e, inclusive na maneira com que nos relacionamos com a mãe natureza e os recurso naturais. O planeta está por um fio. A sociedade hodierna há muito que vem perdendo os seus antigos referenciais. Dantes importantes para o equilíbrio e a harmonia natural, ético-social e humano. O homem nunca se comportara tão mal diante dos seus irmãos de caminhada e do estado de direito como agora se apresenta. De modo que nunca em outro momento da história, se tornara tanto, “lobo do próprio homem”. Ao ponto que, chamar o homem de racional é força de expressão ou no mínimo, uma definição bizantina e também a um só tempo precipitada. O homem atual é o que esta sociedade promíscua e deletéria vem fazendo amiúde dele mesmo. No mais, todo o resto não passa de pura ilação de poetas.

Por José Cícero
Aurora-CE.

COMPOSITORES DO BRASIL


Por Carlos Rafael e Zé Nilton


Luiz Carlos Salatiel é um dos mais importantes, atuantes e influentes artistas do cenário cultural cearense. Nado e criado no Cariri cearense, é desse solo, onde estão fincadas suas raízes familiares e culturais, que ele cria, recria, inova, revigora e vanguardiza sua arte extraída das entranhas multiculturais do povo cariri.

Cantor, compositor, ator de teatro e cinema, poeta, comunicador, militante e produtor cultural desde os anos de 1970, fazendo ainda incursões esporádicas no campo das artes plásticas e gráficas.

Iniciou sua carreira artística já no final dos anos de 1960 como “crooner” da banda de baile The Hunters, de Juazeiro do Norte.

Viveu intensamente os anos sessenta e setenta, antenado nas revoluções musicais (ouvia Beatles, Rollingstone, Jimmy Hendrix, Jane Joplin, Luiz Gonzaga e iniciou o gosto pela música cubana e caribenha... acompanhou daqui os ecos do Festival de Woodstock), feminina ( fazia eco aos revolucionários apelos de Bette Friedman em favor da libertação da mulher), estudantil ( maio de 1968 na Europa e seus desdobramentos no Brasil e no mundo) e, principalmente, foi um fiel admirador da contracultura hippie.

Achamos mesmo que Luiz Salatiel encarnou todas as determinações que criaram um novo mundo e suas múltiplas tendências, pela permanência dos fartos cabelos e barba, sem falar no modo de se vestir, sempre solto e descompromissado, que muito o destaca na seara humana e cultural desses Cariris.

Ao longo da década de 1970, Luiz Carlos Salatiel desponta, enfim, para toda região, como vencedor de vários festivais da canção, que aconteceram em Crato. Simultaneamente, participou do Grupo de Artes “Por Exemplo”, ao lado de Rosemberg Cariry, Cleivan Paiva, Jackson Bantim, Jefferson Júnior e outros, movimento cultural que sacudiu a cena local com a publicação de antologias de poesia e conto. O ponto alto de sua inquietação cultural foi a promoção do histórico Salão de Outubro. Esse acontecimento chamou a atenção do mundo cearense e selou o Crato como “capital da cultura”.

Ainda na década de 1970, participou como cinegrafista e produtor de vários projetos cinematográficos realizados na região, a exemplo de um documentário sobre Patativa do Assaré. Como ator, em 1992, fez papel de destaque no Filme “Corisco e Dadá”, do premiado cineasta caririense Rosenberg Cariry.

Obrigado a migrar para outros centros urbanos, como Recife, Fortaleza, São Paulo e Rio de Janeiro,- Salatiel, não obstante, sempre se manteve conectado com o que acontecia no Cariri. No final dos anos de 1970 e início dos anos de 1980, foi um dos fundadores e principais colaboradores do jornal Nação Cariri, que além de editar o referido periódico, editou discos, filmes e livros, e promoveu diversos eventos artísticos de integração dos artistas do Cariri com artistas de outras regiões.

Retornando ao Cariri, em meados dos anos de 1980, Salatiel integrou-se de corpo e alma ao movimento cultural que se desenvolveu em torno do Jornal Folha de Piqui. Apresentou o hoje lendário programa radiofônico Terra Brasilis e fundou a OCA - Officinas de Cultura e Artes & Produtos Derivados – responsável dentre outras realizações, pela gravação e edição de Avallon, primeiro disco do cantor e compositor cratense Abidoral Jamacaru.

Nos últimos vinte anos, Salatiel mantém-se incansável na sua militância cultural, mas com o diferencial de ter retornado aos palcos, atuando em eventos musicais e teatrais, a exemplo dos shows “Soy Loco por ti América Latina” e “Contemporâneo.” Eeste último tendo como base o repertório do disco homônimo que lançou em meados desta década.

Este homem de muitas faces e produto de muitas fazes é um exemplo de generosidade e de desprendimento. Debaixo dos caracóis de seus cabelos há uma cabeça voltada para viver a vida, mas, com responsabilidade. Foi, por muitos anos, um exemplo de servidor público, exercendo destacadas funções no Banco do Brasil.

Vamos estar, hoje, a partir das 14 horas, na Rádio Educadora, conversando e tocando as músicas desse excelente compositor brasileiro, no Programa COMPOSITORES DO BRASIL.
Limite (Pachelly Jamacaru e Luiz Carlos Salatiel), com Luiz Carlos Salatiel (Disco “Contemporâneo”, de Luiz Carlos Salatiel)
Dona Rute, Meu Amor (Luiz Carlos Salatiel e Geraldo urano), com Luiz Carlos Salatiel (Disco “Contemporâneo”, de Luiz Carlos Salatiel)
Luar de Oslo (Luiz Carlos Salatiel e Geraldo Urano), com Luiz Carlos Salatiel e João do Crato (Disco “Contemporâneo”, de Luiz Carlos Salatiel)
Leia na minha camisa (Luiz Carlos Salatiel e Geraldo Urano), com Pachelly Jamacaru (Disco “Com as palavras, as músicas”, de Pachelly Jamacaru)
Besame Mucho (Consuelo Velásques). com Luiz Carlos Salatiel (Disco “Fui”, de Manel D’Jardim)
Porque não cantar? (Pachelly Jamacaru), com Luiz Carlos Salatiel (Disco “Balaios da vida”, de Pachelly Jamacaru)
Visões do Paraíso (Zé Nílton), com Abidoral Jamacaru, Zé Nilton e Luiz Carlos Salatiel (Disco "De onde olho”, de Zé Nilton )
Sagração de Mateus (José Flávio Vieira e Luiz Carlos Salatiel), com Abidoral Jamacaru (Disco “Bárbara”, de Abidoral Jamacaru)
Girassóis (Calazans Callou e Geraldo Urano), com Luiz Carlos Salatiel (Disco “Perfeita mistura”, de Calazans Callou)

Limite -(Pachelly Jamacaru e Luiz Carlos Salatiel), com Banda Tchopo – RJ (Disco “Crias minhas”, inédito, de Pachelly Jamacaru)
Nossa Canção (Luiz Ayrão), com Luiz Carlos Salatiel (Disco “Timbres”, de Manel D’jardim)

Quem ouvir, verá!
Informação.
Programa Compositores do Brasil
Pesquisa, Produção e Apresentação de Zé Nilton
Sempre às quintas-feiras, a partir das 14 horas
Rádio Educadora do Cariri – 1020 klz
Apoio Cultural: CCBN

Fidel diz que EUA usam paramilitares colombianos contra Venezuela


O ex-ditador cubano Fidel Castro voltou nesta quarta-feira a defender a posição do presidente venezuelano, Hugo Chávez, em relação à Colômbia, e reiterou que as forças paramilitares colombianas são "a primeira tropa de choque" dos Estados Unidos contra Caracas. "Os paramilitares da Colômbia constituem hoje a primeira tropa de choque do imperialismo para combater a revolução bolivariana", afirma Fidel no último artigo na coluna "Reflexões", que é divulgada pela imprensa oficial. "Chávez sabe que a luta contra o narcotráfico é um pretexto vulgar dos EUA para justificar um acordo militar que responda em cheio à concepção estratégica dos EUA ao finalizar a Guerra Fria, para estender seu domínio do mundo", escreve o ainda primeiro-secretário do governante Partido Comunista de Cuba.

Fidel ressalta que "as bases aéreas [...] e a impunidade total dada pela Colômbia a militares e civis ianques em seu território não têm nada a ver com o combate ao cultivo, à produção e ao tráfico de drogas". Para ele, "se enganam os que acham que dividindo colombianos e venezuelanos terão sucesso em seus planos contra-revolucionários". A mais nova "Reflexão" de Fidel diz que Chávez é "um verdadeiro revolucionário, pensador profundo, sincero, valente e incansável trabalhador", que "não chegou ao poder através das armas". "O império não decretou um bloqueio econômico contra a Venezuela --como fez com Cuba-- após o fracasso de seus golpes sofisticados contra o povo venezuelano, porque teria bloqueado a si mesmo, dada sua dependência energética do exterior", acrescenta Fidel.

Fonte: da Efe, em Havana

Bandidos invadem agência do BB em Potengi

Continuam foragidos os bandidos que tentaram assaltar, na madrugada de quarta-feira (18), o Banco do Brasil de Potengi, no Cariri cearense. Segundo testemunhas, dez homens fortemente armados invadiram a agência com a ajuda de um maçarico. Mario Gomes, chefe de cartório da Delegacia Regional do Crato, encarregado das investigações, informou que a quadrilha não conseguiu levar dinheiro, mas a polícia suspeita que dois revólveres e dois coletes da vigilância do banco tenham sido roubados.

Durante manhã , os policiais do município e do quartel de Campos Sales fizeram um cerco na região, a tarde os policiais estiveram na divisa entre o municipio de Salitre e Piaui.

Fonte: Tv Verdes Mares

CARIRI - Começa temporada de queimadas - Por: Antonio Vicelmo


O fogo usado por agricultores já pode ser visto no Crato, o que demanda maior ação dos órgãos ambientais. A antiga prática de preparar o solo para o plantio utilizando o fogo pode se tornar um crime ambiental previsto em lei.

Crato. Começou a temporada de queimadas no Cariri, uma prática agrícola conhecida na região como "brocas", ou "coivaras", que degrada o solo e leva risco de incêndio às reservas florestais. O processo rudimentar de preparação da terra para o plantio deve ser controlado pela Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), que intensificou a fiscalização com o objetivo de evitar o desmatamento com as queimadas clandestinas na região. Está sendo autorizada a chamada "queima controlada", aplicação do fogo na vegetação sob determinadas condições ambientais. "Antes de conceder a autorização, os técnicos da Semace analisam detalhadamente as condições do terreno, como topografia, vegetação e variáveis meteorológicas", explica o gerente regional da Semace, João Josa. No Cariri, as queimadas começam em novembro e dezembro. A vegetação da Caatinga na futura roça é cortada e deixada no campo para secar. No fim da estação seca, a madeira é queimada, colocando-se fogo na roça inteira. "Estas queimadas, frequentemente, saem do controle, especialmente quando há fortes ventos, comuns nesta época do ano. Então, outras áreas pegam fogo também, provocando incêndios florestais graves. Daí a necessidade do acompanhamento dos engenheiros florestais", adverte Josa.

Autuação.
Este mês, foi intensificada a fiscalização na área de abrangência do escritório da Semace que abrange 42 municípios do Cariri e da região Centro-Sul. Duas equipes estão percorrendo a área. Segunda-feira, a fiscalização foi realizada com o apoio da Companhia de Polícia Militar Ambiental (CPMA). A equipe autuou oito pessoas que cometeram irregularidades na Área de Proteção Permanente (APP), e prendeu o comerciante que estava construindo um bar na beira do Açude Várzea Alegre. O engenheiro florestal da Semace, Manoel Silva, admite que é muito grande o número de queimadas clandestinas. Ele adverte que, para a liberação da queima controlada, será feita uma vistoria na propriedade para verificação se o produtor tomou as providências necessárias. "Cabe lembrar que todo incêndio provocado poderá ser considerado crime ambiental", avisa o funcionário da Semace.

Tombamento

"A segunda etapa da preparação do solo para o plantio é o tombamento da terra, com a utilização de tratores e arados, que começa depois das primeiras chuvas, de dezembro para janeiro", diz o gerente regional da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ematerce), Adonias Sobreira, advertindo que a prática é também condenada pelos técnicos. Tanto este manejo como as queimadas provocam a degradação do solo e favorecem o processo de desertificação no Estado. A Ematerce recomenda o plantio direto, um sistema de manejo do solo onde a palha e os restos vegetais são deixados na superfície. Adonias explica que o solo é revolvido apenas no sulco onde são depositadas sementes e fertilizantes. As plantas infestantes são controladas por herbicidas. Não existe preparo do solo além da mobilização no sulco de plantio. Este método de plantio reduz a erosão, melhora as condições físicas e de fertilidade do solo, aumenta o teor de matéria orgânica, nutrientes e água e diminui o impacto ambiental.

FIQUE POR DENTRO - CRIME AMBIENTAL

A queimada, sem licença do órgão ambiental, é tida como incêndio criminoso e é punida pela Lei de Crimes Ambientais (9.605/98), com pena de um a quatro anos de reclusão. Antes de fazer uma queimada, o produtor rural deve providenciar a sua licença no órgão ambiental de sua cidade. Pode ser até o Corpo de Bombeiros ou a Polícia Militar (Ambiental). A Lei 9.605/98, chamada de Lei de Crimes Ambientais, e o Decreto 3.179/99, que a regulamentou, preveem multa de R$ 1.000 por hectare ou fração para quem fizer uso de fogo em áreas agropastoris sem autorização; prisão e multa para quem fabricar, vender, transportar ou soltar balões que possam provocar incêndios; prisão de até cinco anos e multa no valor de R$ 1.500 por hectare ou fração para quem provocar incêndio em mata ou floresta. As queimadas também levam risco de incêndio à Floresta Nacional do Araripe. "Este ano, felizmente, não ocorreu nenhum foco de fogo em cima da serra", comemora a chefe da Floresta, Verônica Figueiredo. Houve apenas um princípio de incêndio no sopé da serra que foi combatido pela Brigada Florestal, um grupo de trabalhadores rurais, contratado pelo Ibama, que está mobilizado com o objetivo de combater os eventuais incêndios na floresta.

DESCONTROLE

"O grande número de queimadas clandestinas fogem ao controle da Semace"
JOÃO JOSA
Gerente regional da Semace no Crato

"As queimadas dependem de autorização prévia da Semace para realização"
MANOEL SILVA
Engenheiro florestalda Semace no Crato

MAIS INFORMAÇÕES
Superintendência do Meio Ambiente do Ceará (Semace), Escritório Regional, Rua Cel. Secundo Chaves, 255, Centro, Crato, (88) 3102.1288

ANTÔNIO VICELMO Repórter do Jornal Diário do Nordeste Colaborador do Blog do Crato e Jornal Chapada do Araripe

CRATO - Previsão do Tempo e Almanaque - Dia 19 de Novembro de 2009


Bom Dia, turma boa do Blog do Crato!

Apesar da previsão do tempo nos sites de meteorologia dizerem o contrário, choveu hoje de madrugada em Crato. Uma chuva leve, é verdade, mas que com certeza, vai amenizar o imenso calor que estávamos sentindo nos últimos dias na cidade de Frei Carlos Maria de Ferrara. Uma chuva leve, mas bonita, como não se via há muitos meses. Hoje é o dia das crônicas. Já nesta madrugada, diversas crônicas de colabordores do Blog de outros estados foram postadas. Um bom dia especial para o Aderbal Aragão, grande radiotécnico do Crato. um abraço especial também para a professora Diana Pierre. Falando nisso, temos aí no quadro "Adivinhe quem está nas fotos" uma foto do seu esposo, Luciano Pierre, gente muito boa!

Previsão do Tempo

Hoje, nada de novo. Dia de Sol, com algumas núvens e não chove! Temperatura máxima de 31 graus e mínima de 20. Informa o Site Climatempo.

ALMANAQUE

19 de novembro. Dia de São Rafael de São José

Nascido no dia 1o de setembro de 1835, em Vilna, antiga Lituânia, atual Polônia, era filho do casal André e Josefina, ambos de famílias nobres. Foi batizado com o nome de José e educado pelos pais dentro da religião cristã. Aos oito anos, ingressou no Instituto para os Nobres, da sua cidade natal, onde seu pai era professor e diretor. Na juventude, pensando em cursar estudos superiores, o pai sugeriu-lhe que freqüentasse a universidade de agronomia, mas ele preferiu estudar engenharia civil. Em 1852, foi para a Rússia, onde ficou durante dois anos, mas não conseguiu vaga na Universidade de Petersburgo, Então, matriculou-se na Escola Militar de Engenharia. A sua fé durante a vida juvenil decorreu à sombra do Santuário de Nossa Senhora do Carmo. Era um aluno brilhante, mas estudando perdeu a fé. Em 1855, terminado o curso básico, foi admitido para a Academia Militar Superior. Seus dotes morais e sua inteligência realmente eram muito evidenciados Atingiu altos postos na carreira militar, apesar de que não era essa vida que pretendia, mas a Providência Divina o guiava nessa direção.

Em janeiro de 1863, apesar de ter renunciado, foi convidado para o cargo de ministro da Guerra da Lituânia. Assumiu, porque havia estourado a guerra contra a Polônia, para lutar pela liberdade do seu povo e nação. Mas, ao mesmo tempo, também se reconciliou com a fé. Nesse mesmo ano se confessou, comungou e iniciou uma vida de intensa espiritualidade e devoção a Jesus, José e Maria. Os lituanos foram os perdedores e ele acabou prisioneiro. Foi deportado para a Sibéria, levando consigo apenas o Evangelho, o livro "Imitação de Cristo" e um crucifixo bento, presente de uma de suas irmãs. Foram dez anos no campo de concentração passados nos trabalhos forçados e rezando com seus companheiros. Libertado e repatriado, entrou na Ordem dos Carmelitas Descalços de Graz, aos quarenta e dois anos de idade, em 1877. Vestiu o hábito dos carmelitas e tomou o nome de Rafael de São José, em 1882, quando recebeu a ordenação sacerdotal.

Distinguiu-se no zelo pela unidade da Igreja e no apostolado infatigável do sacramento da reconciliação. Foi trabalhar no Convento de Cezerna, na Polônia, país em que fundou diversas comunidades. O grande restaurador da Ordem dos Carmelitas na Polônia morreu no dia 15 de novembro de 1907, em Vadovice, cidade natal do papa João Paulo II, que o canonizou em 1991. A festa em memória a são Rafael de São José foi indicada para o dia 19 de novembro.

Eventos históricos

* 461 — É eleito o Papa Hilário.
* 1499 — Vicente Yáñez Pinzón, navegador espanhol, partiu da Espanha, tendo alcançado a costa brasileira em janeiro do ano seguinte, antecedendo a Pedro Álvares Cabral, o seu descobridor oficial.
* 1807 — Humphry Davy escreve à Sociedade Real Britânica sobre as propriedades do elemento que acaba de descobrir: o Potássio
* 1807 - Junot cruza a fronteira portuguesa dando início à 1ª invasão francesa.
* 1819 — Inauguração do Museu do Prado em Madrid, Espanha.
* 1863 — O presidente americano Abraham Lincoln dedicou a Gettysburg Adress em uma homenagem à todos os soldados americanos mortos na Batalha de Gettysburg (veja também Pensilvânia)
* 1889 — Proclamação da República do Brasil: o governo provisório brasileiro baixa os primeiros decretos, regulamentando a bandeira do Brasil, o brasão de armas, o hino Nacional do Brasil e o selo nacional.
* 1906 — Comemora-se pela primeira vez o Dia da bandeira do Brasil.
* 1910 — Chegada dos missionários da Assembléia de Deus no Brasil
* 1946 — Afeganistão, Islândia e Suécia são admitidos como Estados-Membros da ONU
* 1964 — Primeira votação do documento Lumen Gentium no Concílio Vaticano II
* 1966 — Lacerda e Juscelino emitem a Declaração de Lisboa, onde afirmam a intenção de trabalhar juntos numa frente ampla de oposição
* 1969 — Pelé marca o seu milésimo gol, às 23h11, na sua 909º partida, realizada no Maracanã, no jogo Vasco 1 x Santos 2, válido pelo Torneio Roberto Gomes Pedrosa.
* 1969 - Os astronautas da missão Apollo 12, Charles Conrad e Alan Bean, alunaram.
* 2000 — No Japão, o presidente do Peru, Alberto Fujimori, anuncia a sua renúncia ao cargo.

Nascimentos

* 1600 — Rei Charles I de Inglaterra.
* 1711 — Mikhail Lomonosov, cientista e artista russo (m. 1765).
* 1724 — Bartolomeu de Gusmão, padre e inventor brasileiro, um dos pioneiros da aviação.
* 1805 — Ferdinand de Lesseps, diplomata e empresário francês (m. 1894).
* 1831 — James A. Garfield, vigésimo presidente dos Estados Unidos (m. 1881).
* 1863 — Borges de Medeiros, político brasileiro (m. 1961).
* 1865 — Leandro Gomes de Barros, escritor brasileiro (m. 1918).
* 1888 — José Raúl Capablanca, enxadrista cubano (m. 1942).
* 1894 — Américo Thomaz, almirante e político português.
* 1912 — Domingos da Guia, futebolista brasileiro (m. 2000).
* 1917 — Indira Gandhi, política indiana (m. 1984).
* 1919 — Gillo Pontecorvo, cineasta italiano (m. 2006).
* 1920 — Tinoco, cantor brasileiro de música sertaneja.
* 1924 — Marlene, cantora brasileira.
* 1936 — Francisco Milani, ator brasileiro (m. 2005).
* 1938 — Ted Turner, magnata e filantropo estadunidense.
* 1942 — Calvin Klein, estilista norte-americano.
* 1946 — Paulo Souto, ex-governador da Bahia (1995-98 e 2003-06).
* 1954 — Kathleen Quinlan, atriz norte-americana.
* 1956
o Marco Chagas, ciclista português.
o Gloria Guida, atriz italiana.
* 1957
o Ofra Haza, cantora israelense (m. 2000).
o Tom Virtue, ator americano.
* 1958
o Márcia Peltier, jornalista brasileira.
o Isabella Blow, editora de moda britânica (m. 2007).
* 1961 — Meg Ryan, atriz norte-americana.
* 1962 — Jodie Foster, atriz norte-americana.
* 1965
o Laurent Blanc, ex-futebolista e treinador francês.
o Douglas Henshall, ator escocês.
* 1966
o Narjara Turetta, atriz brasileira.
o Jason Scott Lee, ator norte-americano.
* 1969
o Philippe Adams, automobilista belga.
o Curt Onalfo, treinador de futebol norte-americano.
o Ertuğrul Sağlam, treinador turco de futebol.
o Leila Lopes, atriz brasileira.
o Erika Alexander, atriz norte-americana.
* 1973 — Murilo, ex-goleiro brasileiro.
* 1976 — Stylianos Venetidis, futebolista grego.
* 1977 — Shady Mohamed, futebolista egípcio.
* 1979
o Michelle Vieth, atriz mexicana.
o Sandro Hiroshi, futebolista brasileiro.
* 1980 — Adele Silva, atriz inglesa.
* 1981
o André Lotterer, piloto alemão de corridas.
o Gaël Danic, futebolista francês.
* 1982 — Krystal Steal, atriz pornográfica norte-americana.
* 1983 — Meseret Defar, atleta etíope.
* 1984 — Jorge Fucile, futebolista uruguaio.
* 1985
o Bianca Comparato, atriz brasileira.
o Chris Eagles, futebolista inglês.
* 1986
o Dayron Robles, atleta cubano.
o Milan Smiljanić, futebolista sérvio.
o Ricardo Batista, goleiro português.
* 1987 — Iryna Krasnianska, ginasta ucraniana.

Falecimentos

* 496 - Papa Gelásio I.
* 1887 - Emma Lazarus, poeta estadunidense (n. 1849).
* 1967 - João Guimarães Rosa (n. 1908).
* 1983 - Tom Evans, membro da banda de rock Badfinger (n. 1947).
* 1995 - Adolpho Bloch, empresário ucraniano, naturalizado brasileiro (fundador da Rede Manchete) (n. 1908).
* 2002 - Neville George, ator, dublador e locutor brasileiro.

Feriados e eventos cíclicos

* Dia da Bandeira do Brasil
* Dia Internacional do Xadrez
* Dia Nacional de Mônaco
* Dia do Cordelista (Brasil)
* Feriado Municipal de Odivelas(Portugal)
* Dia Internacional do Homem
* Feriado Municipal da Trofa(Portugal)

Fontes: Climatempo, Edições Paulinas, 10emTudo, Wikipedia

Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31