xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 07/11/2009 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

07 novembro 2009

A POLÍCIA CIDADÃ E A SOCIEDADE - Por: Archimedes Marques *


Um dos problemas mais afligente do Brasil de hoje é sem sombras de dúvidas, a questão da Segurança Pública que deixa a desejar no seu preceito constitucional. Durante muito tempo a problemática da Segurança Pública foi vista apenas como questão dos Estados, das Polícias. Pouca participação e interferência do Governo Federal e nenhuma participação da sociedade. Agora que a “epidemia” da insegurança se alastrou por todo o Brasil a própria sociedade se mostra preocupada com o problema e até já comunga com o preceito constitucional de que a Segurança Publica é responsabilidade de todos, contudo, os conceitos antigos sobre a Polícia atrapalham e emperram essa interação entre os segmentos que se faz necessária. Vários fatores contribuem para o aumento desenfreado da violência e criminalidade que traduz a crescente sensação de insegurança existente, contudo, o ponto nefrálgico de ataque em geral, é sempre a Polícia como se ela pudesse ser onipotente e onipresente para constantemente evitar crimes. Vale registrar o que asseverou o colega Delegado de Policia do Distrito Federal, WILMAR COSTA BRAGA no seu artigo pertinente à Segurança Pública: “Parece ser a Polícia o único órgão responsável pela segurança, mas não é. Apenas tem a função mais árdua de todos os outros, porque atua na garimpagem de criminosos e na execução das Leis, a fim de torná-las efetivas ao exigir o cumprimento das regras sociais e solucionar os seus conflitos. Daí a preocupação que deve ter o dirigente de um órgão policial com o perfil, com a remuneração, com o preparo técnico e operacional, com a coibição dos desvios de conduta, em face da vulnerabilidade com a criminalidade e com o risco de vida.”

É comum ainda ouvirmos e constatarmos verdadeiros absurdos e acusações descabidas às Instituições Policiais por parte de diversos segmentos da Sociedade. Parece ser tradição enraizada do povo em generalizar que a Polícia é ineficiente, corrupta e corruptível, que todo Policial é ignorante, arbitrário e irresponsável, quando na verdade, de uma maneira geral, tais entendimentos não passam de pensamentos ilógicos, egocêntricos e insensatos, pois a Polícia também evoluiu com o tempo, não estagnou como continuam em teimar com tais concepções retrogradas. Hoje existimos com capazes e excelentes profissionais em todos os Órgãos Policiais do país. Temos - em grande maioria - componentes com boa qualidade cultural e nível intelectual adequado possuidores de cursos universitários ou pós-graduados nos diversos ramos da Segurança desempenhando suas funções a contento e trabalhando para o bem estar da coletividade fazendo cumprir as Leis e as obrigações inerentes aos seus cargos. As ações desastradas e violentas com crimes ou transgressões diversas ocorridos no passado e ainda no presente protagonizado por muitos componentes dos órgãos Policiais trouxeram conseqüências negativas e depreciativas para todos. Tais atributos, com o passar dos tempos, fizeram com que a Polícia ganhasse a pecha de arbitrária e ignorante, enquanto que, falsos Policiais que se afastaram dos seus objetivos precípuos praticando ilícitos penais ou desvios de conduta arrebanharam outros adjetivos pejorativos que infelizmente grudaram feito uma “sanguessuga” e acompanham as classes por gerações sem fim.

A questão da violência policial de outrora que ultrapassou todos os limites do direito do cidadão quando da Ditadura Militar que assolou o país por muito tempo, trouxe conseqüências marcantes e desagradáveis para a Polícia atual. Nesse sentido há de se registrar o que disse o colega Delegado de Polícia e Professor de Direito, ANDRÉ LUIZ LUENGO, num dos seus artigos publicados: (...) “atingir o direito de liberdade da pessoa humana ficou marcado na época da Ditadura Militar, criando o estigma da expressão polícia-repressão. Repressão como sinônimo das atrocidades que ocorriam nos porões dos departamentos policiais, através das práticas de tortura e até desaparecimento de opositores ao regime do governo ditatorial. A polícia, naquele período, ao invés de ser o órgão de conservação e garantidor da paz e da tranqüilidade pública, na verdade era o braço humano utilizado nessas práticas covardes. (...) Mesmo agora, vencida a ditadura e instalado o Estado Democrático de Direito, resta ainda às mazelas desta triste impressão que permanece incutida na sociedade. A ditadura não tratou o ser humano com dignidade. As manchas sujaram toda a história e a estrada a ser palmilhada pelos agentes policiais visando extirpar essa infeliz fase dos anais policiais é árdua e difícil, mas passível de ser vencida. Um dos caminhos é trabalhar alicerçado na máxima: a dignidade do ser humano é direito essencial de todos.” Ainda nesse mesmo sentido é de bom alvitre observar o entendimento do Advogado militante em Brasília e Mato Grosso, EDUARDO MAHON quando asseverou num dos seus artigos recentemente publicado: (...) “Essa dicotomia, espécie de tatuagem ideológica, nunca mais foi removida na mentalidade brasileira - o bem contra o mal.

Minguada, humilhada, submetida, à polícia restaram todas as críticas, as denúncias, as desconfianças, despojos das duas décadas de golpe militar. Um “mal necessário”, cujo cidadão teme, desconhece e quer distancia.” Com a Constituição de 1988 morreu a polícia ditatorial para nascer e crescer a Polícia cidadã. O instrumento principal que era usado pela polícia da Ditadura Militar, qual seja, a tortura, transformou-se em crime inafiançável e insuscetível de graça ou anistia. O método da tortura até então utilizado por aquela antiga polícia que era a imposição de dor física ou psicológica mediante crueldade para obtenção de confissão ou informação foi abolido do dicionário da Polícia cidadã - embora haja exceções à regra que deve haver punição na forma da lei para tais atos covardes e insanos quando ocorrer - para o bem da sociedade e para o próprio bem da Instituição. Outro problema crônico que influencia diretamente a população brasileira para o continuísmo destas negatividades sobre a Polícia é também a questão apresentada em filmes nacionais, novelas ou seriados em que se mostram situações hilárias, grotescas ou bem aquém da realidade dos nossos profissionais. Policiais Civis ou Militares são apresentados naquelas tramas como se insanos fossem, ou mesmo, vemos também então a figura do Delegado de Polícia sempre ultrapassar todos os limites das Leis com suas ações impensadas e inconseqüentes.

Na verdade os autores ou escritores dessas “estórias” cinematográficas ou televisivas, quase sempre são mal informados ou distorcem as coisas na tentativa de agradar ao público com cenas cômicas ou deseducadas mostrando o irreal da atualidade policial, incutindo em suas tramas que as nossas classes são compostas por pessoas inferiores de baixa cultura, arbitrárias, ignorantes e que sempre se corrompem no desenrolar dos textos apresentados. Assim, várias culturas foram cultivadas através das eras com todas essas questões pejorativas em desfavor da Polícia. A sociedade teme a Policia ao invés de respeitá-la com aliada. A sociedade repudia a Polícia e dela quer distância. Referente à cultura do medo bem entende o professor JOSE PASTORE quando assevera no seu artigo intitulado “MEDO DE POLÍCIA” publicado no Jornal da Tarde: “O cultivo e a implementação de medidas de respeito à lei depende muito de uma cooperação entre os cidadãos e a polícia. Na verdade, a eficiência do trabalho da polícia está intimamente ligada ao bom relacionamento entre cidadãos e policiais. Os estudiosos da sociologia criminal chamam essa interação da “co-produção dos serviços policiais”, querendo com isso chamar a atenção para a relação simbiótica que existe entre polícia e público. Essa interdependência pode ser melhor entendida quando se examinam alguns dados. Em quase todos os países, a grande maioria das intervenções policiais ocorre por chamadas das pessoas. Assim, cidadãos e policiais estão do mesmo lado. Um vê o outro como elemento de apoio. Os policiais dependem da iniciativa das pessoas e estas dependem da proteção dos policiais”.

Buscando dar um melhor entendimento ao objetivo do presente texto que visa mudança de comportamento na sociedade, necessário se faz tecer algumas considerações sobre o nosso poderio , assim como, pelo que passamos ao sermos confundidos e mal interpretados no nosso labor. LUIZ MARCELO DA FONTOURA XAVIER, Professor e Delegado de Polícia do Estado do Rio de Janeiro num dos seus artigos publicados recentemente bem exemplifica conceito e fato, explanando que: “Poder de Polícia, em definição simplista, nada mais é que o poder do Estado de invadir e limitar certas garantias e direitos individuais quando o interesse público prevalecer sobre o interesse particular. Todavia vivemos a “cultura do abuso”, isto é, sempre que uma pessoa discorda de uma atuação policial estritamente legal afirma aos quatro cantos que “ISSO FOI ABUSO DE AUTORIDADE” e infelizmente a afirmação desta pessoa que é totalmente leiga juridicamente encontra espaço de mídia e ressonância nos sensacionalistas de plantão... essa cultura do abuso desencadearam outras posições errôneas, onde a polícia fica de “mãos atadas”, em alguns casos até receosa em atuar e mesmo assim é responsabilizada quando ocorre um fato criminoso”. Por outro lado as Organizações não Governamentais que tratam dos DIREITOS HUMANOS do cidadão de quando em vez confunde seus objetivos tratando desiguais como iguais, ou seja, tratando até mesmo marginal perigoso, criminoso contumaz, reincidente e irrecuperável como se ele fosse igual às suas próprias vítimas, qual seja, igual ao cidadão de bem que vive trabalhando honestamente e que necessita da verdadeira Segurança Publica, esquecendo que o outro é quem traduz a insegurança, o trauma familiar e o crescente índice de criminalidade, ao passo que, no meio desses dois está a Polícia para cumprir a sua missão.

Relacionado ao tema, quanto aos atos praticados pela Polícia atual, pela Polícia cidadã, bem entende o colega ANDRÉ LUIZ LUENGO: “Hoje a atuação policial deve se balizar nos princípios norteados pelos Direitos Humanos, os quais constam expressamente ou intrinsecamente na nossa normatização, ou seja, os Direitos Humanos refletindo na conduta policial.” Entretanto, em dicotomia, é mais do que comum vermos no cotidiano nossos agentes sendo vítimas de criminosos sem assim haver interferência de tais Organismos defensores dos Direitos Humanos em seu favor, diferentemente do que ocorre quando é o contrário, situação em que o Policial é mistificado e massacrado até mesmo pelo próprio Sistema. As ações despropositadas, abusivas e ilegais dos Policiais devem realmente ser combatidas, entretanto, vemos que o estrito cumprimento do dever legal, a auto defesa, a ação da reação à prisão, os atos da perseguição de marginais e até mesmo a legítima defesa própria ou de terceiros, são confundidos e veementemente criticados por muitos como se os agentes tivessem a praticar ilícitos penais ou transgressões administrativas. É preciso que não se confundam os atos legais praticados pela Polícia com os seus excessos, para o próprio bem da Instituição e da sociedade.

O conjunto das regras que garante a segurança e a ordem que rege os atributos da Polícia se confundem com essas problemáticas citadas, enraíza e cria os preceitos verdadeiros de que vivemos uma atividade desprezada, uma função incompreendida, uma trajetória ilógica, um labute controverso, uma vida atropelada dentro de uma classe tão dispersa. A árdua luta para preservar a ordem pública e a incolumidade das pessoas e do patrimônio, bem como a atribuição de auxiliar a Justiça, estando atenta aos seus próprios atos para evitar conseqüências desagradáveis são, portanto, algumas das regras básicas a serem observadas pela Polícia cidadã. O pensamento popular referente à questão da Polícia ser ineficiente e irresponsável também é descabida, pois na verdade, conforme o explicitado, transformaram a nossa Polícia numa Polícia vulnerável e sem garantias. Receosos dos eventuais abusos e punições os policiais se sentem enfraquecidos. De tão esvaziada, desprezada, desvalorizada, desmoralizada e humilhada que foi a Polícia esmoreceu, perdeu forças e aumentou as suas dificuldades para o enfrentamento do crime. Polícia é instituição essencial, não um mal necessário com entendem muitos. É preciso que se repensem esses conceitos irracionais para o próprio bem estar da coletividade. Urge, portanto, de mudanças nessas concepções errôneas para que haja uma maior união e interatividade entre o povo e a sua Polícia. Para que haja confiança do cidadão nas ações da Polícia. Para que a sociedade tenha a Polícia como sua amiga, como sua aliada no combate ao crime e no cumprimento das Leis. A Polícia é a guardiã da sociedade e da cidadania. No seu cotidiano o Policial investiga, protege o bem, combate o mal, gerencia crises, aconselha, dirime conflitos, evita o crime, faz a paz e regula as relações sociais. O Policial é também o sustentáculo das Leis Penais e deve seguir sempre o princípio primordial de jamais colocar as conveniências da sua carreira acima da sua trajetória moral. A sociedade atua sobre a Polícia cobrando a sua devida proteção, enquanto que a Polícia atua sobre a sociedade na medida em que é capaz de realizar os seus projetos funcionais inerentes sem ser confundida. A Polícia cidadã é o elo de boas ações que estabelece um sincronismo entre o seu labor direcionado verdadeiramente a serviço da comunidade, ou seja, uma Polícia em defesa do cidadão e não ao combate do cidadão. Aliado a esse conjunto de problemas ainda existe a falta de reconhecimento por parte dos Poderes públicos relacionado à questão salarial dos Policiais. Ao longo dos tempos os Governos Estatais vêm relegando a Polícia ao segundo plano. As políticas salariais não são diferenciadas das outras classes funcionais e com isso a Polícia está sempre trabalhando inferiorizada piorando ainda mais o seu desempenho e aumentando consideravelmente o índice de corrupção existente no seio das Instituições. No tocante a esse item, observa-se também que no âmbito Federal nunca houve uma política firme de incentivo ao trabalho dos Policiais dos Estados. Nunca houve um programa de complementação salarial geral para as classes dos valorosos Policiais. Entretanto, o Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci) já é uma realidade e uma demonstração de que o Governo Federal enfim começa a se preocupar com a problemática da insegurança e violência que assola a Nação, embora a questão salarial da Polícia que continua pouco atrativa devido a sua importância no contexto geral não tenha sido resgatada. O Programa marca uma iniciativa inédita no enfrentamento à criminalidade no país. O projeto articula políticas de segurança com ações sociais, prioriza a prevenção e busca atingir as causas que levam à violência sem abrir mão das estratégias de ordenamento social. Relacionado ao incentivo do profissional da área existe bolsa de estudo para aqueles que participam de cursos específicos, assim como, há projeto habitacional que abrange certas classes Policiais de baixa renda. Remediando esses males questionados, com a ajuda e a conscientização de todos os segmentos, por certo a Polícia cidadã alcançará os seus objetivos com mais presença para oferecer uma conseqüente melhor Segurança para a sociedade.

(*Delegado de Polícia, Pós-Graduado em Gestão Estratégica de Segurança Pública)

Publicidade - AraújoSAT - Empresa Líder em Internet no Cariri


O Blog do Crato tem o grande prazer de anunciar um dos nossos melhores e mais importantes parceiros: ARAUJOSAT, um nome que nem precisa se falar tanto aqui no cariri, pois todos conhecem os bons serviços prestados. Empresa de internet totalmente legalizada, possui uma equipe formada por 10 profissionais qualificados para realizar a instalação e a manutenção da sua internetsem fios. Além disso, é empresa líder no mercado, com o maior know-how, fazendo a cobertura inteira do município de Crato e cidades vizinhas. Por isso, na hora de escolher seu provedor de internet, não precisa sair procurando...chega de amadorismos e de perder tempo com provedores de principiantes. Nesta difícil área, que exige responsabilidade, escolha pessoas honestas, credenciadas e que trabalham com profissionalismo e experiência no ramo. O Blog do Crato recomenda AraújoSAT como a sua melhor solução quando o assunto é Internet no Cariri. O preço ideal para a qualidade de internet que você precisa.

Atendimento personalizado

Equipamento profissional ligado à embratel


Profissionais competentes para melhor atendê-lo

Empresa Profissional dentro de todas as normas

Quem pode, faz bonito. por Elmano Rodrigues Pinheiro


Num jantar aqui em casa há mais ou menos uns dez dias, num bate papo informal com Rosemberg Cariry, Myrlla Muniz, Flávio Martins " Editora Conhecimento", Marcopolo " Editora Verbis, Sonia Araujo - Bibliotecária da Unb, Eu e Mena, falávamos do trabalho maravilhoso realizado pelo Monsenhor Ágio na Sociedade Lírica do Belmonte, e os frutos dessa vida dedicada ao povo e à sociedade do Cariri. Falei do projeto de criar a Padaria Espiritual do Belmonte, para onde já havia doado um pequeno acervo bibliográfico e que estava selecionando mais obras, e havia solicitado ao Ministério da Previdência uma ajuda para a área virtual, disponibilizando computadores e mobiliário. O Flávio que ouvia tudo com atenção, de repente nos falou: Eu quero ajudar, e vou doar dois violinos para a orquestra.

Meus amigos. Hoje apareceu na Sociedade Lírica do Belmonte, aí no Crato, o nosso amigo Flávio Martins para levar o primeiro violino prometido, e que voltará em breve para conhecer o trabalho realizado pelo Monsenhor, pois gostaria de ajudar nesse bonito projeto. Ao Flávio além da adimiração, deixo um abraço de agradecimento, pois sei o quanto por onde tem passado, tem deixado de bons serviços na área de educação. O Carriri precisa ter como parceiros, pessoas de visão, que além de negócios, saibam semear belas atitudes, em prol da toda comunidade.

Por: Elmano Rodrigues

O SENTIMENTO NÃO PODE PARAR - Por Océlio Teixeira



Parabéns à imensa torcida vascaína em todo o Cariri e ao primeiro clube do futebol brasileiro que aceitou  negros e pobres no seu elenco, em 1923. O VASCÃO VOLTOU, cantou mais de 80 mil torcedores no Maracanã, hoje à tarde. De quebra o vascão bateu recorde de público neste ano de 2009 no Brasil.  Que venha 2010!


As gêmeas Bia e Branca Feres/ Erasmo e o Filho
(Foto: Globo.com)


Atores Rodrigo Hilbert e Antônio Pitanga
(Foto: Globo.com)


O Capitão Carlos Alberto e o Maraca lotado

Postado por Océlio Teixeira de Souza

Brasil esqueceu combustíveis 'verdes' após descobrir pré-sal, diz FHC


NE
- "Se nós teremos petróleo, o Etanol e BioDiesel que se danem..."


'Estamos a ponto de esquecer o etanol de cana', disse ex-presidente. Conferência elaborou documento que será apresentado em Copenhague. O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso criticou neste sábado (7) a ausência de debate sobre questões ambientais entre as discussões em torno das regras para a exploração do petróleo do pré-sal. Segundo FHC, o foco na pesquisa e no uso de combustíveis "verdes" como o etanol e o biodiesel foi abandonado no Brasil diante da descoberta das reservas de petróleo.

"Nós levamos esses anos todos nos gabando que nós tínhamos energia verde. Esquecemos. O biodiesel hoje é alguma coisa arqueológica. Ninguém mais fala, sumiu. Nós estamos a ponto de esquecer o etanol de cana. Nem se aprofundou a discussão da compatibilidade com a produção agrícola da alimentação e da cana. Parece todo esse esforço do etanol agora é do pré-sal", afirmou. FHC discursou em São Paulo durante o evento "Conferência de São Paulo", promovido pelo Instituto Fernando Henrique Cardoso, pela CPFL Cultura e o Collegium internacional. Durante a conferência, foi divulgado um documento que será apresentado à ONU durante a 15ª Conferência das Partes da Convenção do Clima (COP 15), em dezembro.

"O nosso problema aqui [no Brasil] é tão grave que a maior discussão que está havendo aqui no Congresso Nacional diz respeito a como distribuir os frutos de um petróleo que não existe ainda. A questão substantiva, como é que nós vamos explorar esse petróleo, quais vão ser os cuidados que nós vamos ter que tomar para não ser destrutor do meio ambiente? Como é que nós vamos agir diante das outras tecnologias? Não tem nenhuma palavra, nenhuma discussão", afirmou.

Críticas ao governo Lula
No mesmo evento, FHC disse que não quer transformar em acusações pessoais as críticas que fez ao governo federal em artigo publicado no domingo (1º) nos principais jornais do país. "Não quero entrar nesse debate de baixo nível das questões", afirmou. Nesta sexta-feira (6) à noite, durante participação no 12º Congresso do PCdoB em São Paulo, Lula disse que o PSDB treinava cabos eleitorais no Nordeste contra ele. “É um pouco do que Hitler fazia para os alemães pegarem os judeus, ou seja, vamos treinar gente para não permitir que eles sobrevivam”, afirmou.

Fonte: G1

Publicidade - Terapêuta Francisco Mércio Fabiano


Quiropraticia – reabilitação do sistema ósseo (problemas de coluna )
Shiatsu – técnica de acumpuntura sem agulhas.
Reflexologia – visa a melhoria dos órgãos internos.
Drenagem Linfática – desintoxicação dos tecidos, inchaços e prevenção de celulites.
Massoterapia – relaxamento, tonificação corporal e bem-estar.
Massagem Estética – tonificação facial e perda de medidas.
Massagem Terapêutica – direcionada à pessoas
com problemas locomotores.


Terapêuta Francisco Mércio Fabiano
CRS 8477 IM 336120-9
(88) 3521 1590 (88) 9245 6839
franco-fabiano@hotmail.com

Entregue sua saúde em boas mãos. Exija profissional capacitado.

Bombeiro encontra R$ 28 mil no chão e devolve; dinheiro tinha sido roubado de aposentado

Nota do Blog do Crato: Ainda existe gente honesta neste mundo...

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo informou que um soldado do Corpo de Bombeiros encontrou e devolveu, na última quarta-feira (4), R$ 28 mil a um aposentado que havia sido roubado alguns minutos antes por dois homens, em São José dos Campos (a 97 km de São Paulo). O assalto ocorreu logo após o aposentado, de 66 anos, ter deixado uma agência bancária, no bairro Jardim Paulista, com os R$ 28 mil sacados para, segundo ele, comprar um carro à vista com desconto. Pouco depois, um homem armado exigiu o dinheiro, que estava dentro de um envelope. O assaltante subiu na garupa de uma motocicleta, pilotada por um segundo homem. No entanto, ao virar em uma rua, encontraram um veículo do Corpo de Bombeiros. Na manobra para desviar do veículo, os assaltantes deixaram cair o envelope e fugiram. O soldado pegou o envelope e percebeu a grande quantia de dinheiro. Ele então acionou uma base da Polícia Militar e descobriu que a vítima do roubo estava na 2º DP registrando o ocorrido. O soldado foi até a delegacia e devolveu o dinheiro para o aposentado. Os dois assaltantes ainda não foram presos.

Da Folha OnLine

Princesa Isabel - 1846 - 1921. - Por: Antonio Morais

NE - Uma Justa Homenagem !



Princesa Imperial do Brasil, Isabel nasceu no Palácio de São Cristóvão, no Rio de Janeiro, em 29 de julho de 1846, como segunda filha dos Imperadores do Brasil – Dom Pedro II e Dona Tereza Cristina Maria. Com a morte precoce do primogênito do casal, Dom Afonso, Isabel tornou-se a sucessora direta do pai. Casou-se com Gaston de Orleans, conde d’Eu, e com ele teve três filhos.
Princesa Isabel regeu o Império do Brasil por três vezes distintas e, durante os períodos de sua regência, leis importantes que mudariam a história brasileira entraram em vigor. Sem dúvida essas leis são reflexo do posicionamento abolicionista da princesa. Neste caminho, apoiou jovens políticos e artistas, ainda que muitos deles fossem ligados ao movimento republicano. Financiava alforrias com seu próprio dinheiro e apoiava a comunidade do Leblon, que cultivava camélias brancas, símbolo do abolicionismo, chegando mesmo a enfeitar os cabelos com a flor em eventos da corte imperial.
Copo de leite - símbolo do abolicionismo.
Umas das leis sancionadas pela princesa de mais impacto na sociedade da época, foi a lei 2.040, de 28 de Setembro de 1871, conhecida como Lei do Ventre Livre, que estabelecia, entre outras coisas, que os escravos poderiam acumular pecúlio, transmitir heranças e que as crianças nascidas de mães escravas seriam, a partir de então, livres. Esta lei acabaria com a escravidão no Brasil, mas a um longo prazo, até que toda a geração dos escravos vivos tivesse fim.
Deve-se perceber que a abolição da escravidão foi uma decisão intensamente discutida pelo governo imperial e pelos produtores agrícolas. Temia-se a desestruturação do trabalho agrícola, principalmente da produção cafeeira, por isso a Lei do Ventre Livre era importante, pois a escravidão acabaria gradualmente, de forma que o escravo fosse progressivamente substituído pelo trabalhador livre. O próprio Imperador Pedro II considerava-se um abolicionista, a escravidão brasileira era uma mácula que envergonhava o país internacionalmente. Apesar disso, o problema da escravidão jamais foi encarado seriamente, de forma a oferecer alternativas concretas para o trabalho escravo. O resultado prático desse dilema se deu de forma abrupta.

Ao assumir pela terceira vez a Regência, a Princesa Isabel assinou em 13 de maio de 1888 a Lei Áurea, que abolia definitivamente qualquer forma de escravidão nas terras do império brasileiro. Por conta de seu gesto, em 28 de Setembro do mesmo ano o Papa Leão XIII remeteu à princesa a comenda da Rosa de Ouro. Foi também por esta lei que a sucessora de d. Pedro II ficou conhecida como “A Redentora”. O fato é que apesar de tantos debates, a abolição foi assinada sem qualquer proposta que solucionasse a questão do trabalho agrícola. Os fazendeiros não foram indenizados, os libertos não foram fixados ao campo nem se pensou em alternativas para sua inclusão social. As plantações se perderam e a indústria cafeicultora, esteio do Império, quebrou. Antigos senhores abastados foram a miséria e a população liberta vagava pelas estradas e cidades, sem trabalho nem moradia fixa. A estrutura política imperial, já abalada por outras crises, não resistiria a perda de uma de suas principais bases de apoio. Além disso, o Imperador encontrava-se velho e doente, e diversos grupos políticos temiam a ascensão de Isabel como imperadora. A resistência à ela devia-se muito as suas posições políticas, seu clericalismo exacerbado, que defendia a ligação entre Igreja e Estado, mas também a possibilidade do Brasil vir a ser governado por um estrangeiro, o francês conde d’Eu. O resultado disso, foi que no ano seguinte, proclamou-se a República e toda a família Imperial foi banida das terras brasileiras, seguindo, assim, para o exílio. Com a morte de Dom Pedro II em Paris, aqueles que continuavam defendendo a monarquia passaram a chamá-la de Imperatriz do Brasil Dona Isabel I.


Camélia Branca - símbolo do abolicionismo.
Apesar da condição de exilada, Dona Isabel teve uma velhice tranqüila na Normandia, no castelo da família de seu marido, cercada de seus familiares. Ainda em vida teve a felicidade de saber que a lei do banimento da Família Imperial do Brasil havia sido revogada pelo presidente Epitácio Pessoa. Com a saúde fragilizada e abalada pela morte de dois de seus filhos em 1918 e 1920, a Princesa Isabel morreu em 14 de Novembro de 1921 e foi enterrada em cemitério local. Em 1953 seus restos mortais foram transferidos para o Rio de Janeiro e, em 1971, para o Mausoléu Imperial na Catedral de Petrópolis, no estado do Rio de Janeiro, onde se encontram até hoje.

Postado por A. Morais - no Blog do Sanharol

Matuto e Jorge da Lua - por Glória Pinheiro


O que me chamou a atenção no poeta Xico Bizerra foi sua bendita herança de dois grandes nomes que não mais estão entre nós, consagrados em todo Brasil. Luiz Gonzaga e Patativa do Assaré lá de cima têm colaborado muito com o poeta de hoje. Por certo, falaram: "Xico, coloca um pouco de romantismo nas músicas!" Xico entendeu, obedeceu e respondeu: "Fiquem tranquilos!!!"

Abaixo, as letras de dois baiões:

MATUTO (Xico Bizerra)

Matuto eu conheço pelo ajeitado do chapéu
Matuto eu conheço pelo carregar do matulão
Matuto eu conheço pelo olho que olha pro céu
Matuto eu conheço pela pisada do pé no chão

Pela fé que tem em Nosso Senhor
Pela paz bem guardada no seu coração
Pela crença incontida que tem no amor
Pelo jeito tão sincero de apertar a mão

Todo dinheiro vale menos que o fio do seu bigode
Ele fala 'pro mode' mas sabe mais do que qualquer doutor
No terreiro do seu peito tem fartura de felicidade
Plantação de amizade, colheitas de amor

Matuto eu conheço pelo caminho que estradou
Matuto eu conheço quando escuta um baião
Matuto eu conheço quando canta o fogo-pagou
Matuto eu conheço pelo amor que tem pelo sertão

Pelo ombro largo sempre a amparar
Pela mesa que sempre cabe mais um
Pela coragem grande que tem para lutar
Pelo braço forte sem medo nenhum


JORGE DA LUA (Maria Dapaz e Xico Bizerra)

Jorge Guerreiro, desapeie do seu jumento
Que o dragão é sonolento, 'tá' roncando, já dormiu
'Tás' tão distante, habitante dessa lua
E eu sozinho aqui na rua não sei porque tu sumiu
A lua é cheia, mas 'tô' cheio dessa lua
Quero uma 'maozinha' tua
Pra encontrar um grande amor
Venha avexado, dê um pulo aqui embaixo
Mostre que é cabra macho,
E acabe com a minha dor


Já falei com Santo Antônio, não teve jeito
Até hoje o meu peito 'tá' vazio sem ninguém
Minha esperança é contar com tua ajuda
Por favor, venha, me acuda, eu só quero ter um bem
É ligeirinho, depois tu volta pro céu
Sem fazer muito escacéu
Pro dragão não se acordar
E se 'amunta' de novo no teu jumento
No dia do casamento eu te convido pra voltar...
(Tu vem me apadrinhar...)

Para quem tiver interesse e quiser apreciar o poeta e a boa música, indico o site http://www.forroboxote.mus.br/ Explorem o site e não esqueçam de ligar o som.

Por: Gloria Pinheiro

Guia sobre novas regras para adoção


Dia 4 de novembro entrou em vigor a nova lei de adoção no Brasil. Tire dúvidas no guia comentado da Associação dos Magistrados Brasileiros.Nova lei de adoção entrou em vigor. Crianças não podem ficar mais de dois anos em abrigos. Só que há muitas crianças que vivem há anos em abrigos.
Se você pode, adote uma criança. Ela mudará a sua vida. São muitas crianças nos orfanatos a espera de alguem para mudar suas vidas. O amor é tudo é que elas precisam para mudar seus destinos tristes e terem o direito de sonhar e receber carinho e amor. Adote uma criança, ela nunca vai esquecer este ato de amor. E você mudará sua vida para sempre...

Áustria coloca à venda casa de Hitler por R$ 5,6 mi e preocupa vizinhos


A venda da casa da família de Adolf Hitler na cidade austríaca de Braunau am Inn levantou a preocupação de que o local se torne uma espécie de "santuário" para simpatizantes do nazismo. A casa onde Hitler nasceu em 1889 foi colocada à venda ao preço de 2,2 milhões de euros (cerca de R$ 5,6 milhões). Os moradores da cidade e políticos locais temem que a casa caia nas mãos de extremistas de direita. O prefeito da cidade, Gerhard Skiba, quer evitar que isso ocorra, mas a prefeitura não tem recursos para comprar a propriedade. Atualmente, a residência está sendo usada por uma organização de ajuda a deficientes e no passado já abrigou uma biblioteca, um banco e um instituto técnico. Alguns historiadores sugeriram que o prédio deveria ser transformado em um museu, mas o prefeito se opõe vigorosamente à ideia, afirmando que isso poderia encorajar pessoas de vários países a visitar o local. Por enquanto, a única menção ao passado da casa é um memorial dedicado às vítimas do nazismo.

Fonte: BBC Brasil

BlogHumor - Fim de Semana - "Test Drive" - Por: José Nilton Mariano Saraiva


Uma moça escreveu um e-mail para uma revista financeira pedindo dicas sobre "como arrumar um marido rico". Contudo, mais inacreditável que o pedido da moça foi a disposição de um rapaz que, muito inspirado, respondeu à mensagem, de forma muito bem fundamentada.

Mensagem/e-mail da MOÇA: "Sou uma garota linda ( maravilhosamente linda) de 25 anos. Sou bem articulada e tenho classe. Estou querendo me casar com alguém que ganhe no mínimo meio milhão de dólares por ano. Tem algum homem que ganhe 500 mil ou mais neste site? Ou alguma mulher casada com alguém que ganhe isso e que possa me dar algumas dicas? Já namorei homens que ganham por volta de 200 a 250 mil, mas não consigo passar disso. E 250 mil por ano não vão me fazer morar em Central Park West. Conheço uma mulher (da minha aula de ioga) que casou com um banqueiro e vive em Tribeca! E ela não é tão bonita quanto eu, nem é inteligente. Então, o que ela fez que eu não fiz ? Qual a estratégia correta ? Como eu chego ao nível dela ? (Rafaela S.)

*******************************************
Mensagem/resposta do (inspiradíssimo) RAPAZ: "Li sua consulta com grande interesse, pensei cuidadosamente no seu caso e fiz uma análise da situação. Primeiramente, eu ganho mais de 500 mil por ano. Portanto, não estou tomando o seu tempo a toa...Isto posto, considero os fatos da seguinte forma: Visto da perspectiva de um homem como eu (que tenho os requisitos que você procura), o que você oferece é simplesmente um péssimo negócio. Eis o porquê: deixando as firulas de lado, o que você sugere é uma negociação simples. Você entra com sua beleza física e eu entro com o dinheiro. Proposta clara, sem entrelinhas. Mas tem um problema. Com toda certeza, com o tempo a sua beleza vai diminuir e um dia acabar, ao contrário do meu dinheiro que, com o tempo, continuará aumentando. Assim, em termos econômicos, você é um ativo sofrendo depreciação e eu sou um ativo rendendo dividendos. E você não somente sofre depreciação, mas sofre uma depreciação progressiva, ou seja, sempre aumenta! Explicando, você tem 25 anos hoje e deve continuar linda pelos próximos 5 ou 10 anos, mas sempre um pouco menos a cada ano. E no futuro, quando você se comparar com uma foto de hoje, verá que virou um caco.

Isto é, hoje você está em 'alta', na época ideal de ser vendida, mas não de ser comprada. Usando o linguajar de Wall Street , quem a tiver hoje deve mantê-la como 'trading position' (posição para comercializar) e não como 'buy and hold' (compre e retenha), que é para o quê você se oferece... Portanto, ainda em termos comerciais, casar (que é um 'buy and hold') com você não é um bom negócio a médio/longo prazo! Mas alugá-la, sim! Assim, em termos sociais, um negócio razoável a se cogitar é namorar. Cogitar... Mas, já cogitando, e para certificar-me do quão "articulada, com classe e maravilhosamente linda" seja você, eu, na condição de provável futuro locatário dessa "máquina", quero tão somente o que é de praxe: fazer um 'test drive' antes de fechar o negócio... Podemos marcar?" (Não é a toa que ele ganha $ 500.000 por ano.)

Autor: Desconhecido - Postagem: José Nilton Mariano Saraiva

China bloqueia site alemão sobre Muro de Berlim com fórum anticensura


NE - No comunismo da China é assim, ou você concorda, ou você concorda!


A implacável censura chinesa voltou a negar a história bloqueando uma página alemã na internet que lembra os horrores do período do Muro de Berlim. Internautas chineses estavam utilizando a página para colocar um fórum de denúncia da censura em Pequim.

"Sr. Hu Jintao [o presidente da China], por favor, desative os dispositivos de segurança [firewall]", assinalava um dos internautas chineses em um paralelismo do famoso discurso de 1987 do então presidente, Ronald Reagan, quando pediu ao presidente da União Soviética, Mikhail Gorbatchov que "derrube este muro [wall, em inglês]". Segundo a empresa que gerencia a web no país, quase a metade dos 3.300 comentários de até 140 caracteres em comemoração aos 20 anos da queda do Muro de Berlim, celebrados na próxima segunda-feira (9), eram procedentes da China. Foram os próprios organizadores alemães que informaram do bloqueio do site www.berlintwitterwall.com, que convidava os usuários da rede de microblog Twitter a comentar sobre a queda do Muro que dividia em duas a Alemanha.

O site pedia mais informações sobre os muros que ainda precisam ser derrubados para tornar o mundo um lugar melhor. Os internautas chineses começaram a denunciar seu "Firewall", um dispositivo de proteção que é utilizado para censura na internet chinesa. Apesar do Twitter (como Facebook, YouTube e incontáveis páginas de direitos humanos) estar bloqueado desde julho passado no país asiático, os internautas chineses conseguiram romper o bloqueio e inundaram a web alemã com suas denúncias contra a censura. Também conhecido como a "NET Nanny", o sistema censor chinês é um dos mais sofisticados do planeta, segundo relatórios de ONGs de direitos humanos como Human Rights Watch e Repórteres Sem Fronteiras.

As pesquisas assinalam que as principais multinacionais de internet, como Google, Cisco, Yahoo! e Microsoft, apresentaram a tecnologia para a censura chinesa, e em alguns casos facilitaram dados de dissidentes chineses para sua detenção. Neste contexto não foi um grande problema para Pequim bloquear imediatamente o acesso à web alemã em seu território. Quando a República Popular completava 60 anos, o regime comunista se mostrou prolixo em sua atividade censora, sobretudo a partir dos distúrbios étnicos entre uigures e chineses de Urumqi em julho passado, nos quais morreram 197 pessoas, segundo números oficiais. Desde então Facebook e Twitter se uniram à lista de sites censurados, junto com blogs, BBC, Wordpress, Blospot, Vimeo, TypePad e todas as relacionadas com assuntos delicados para o regime: direitos humanos, Tibete, o massacre de Praça da Paz Celestial, a independência de Taiwan, e o grupo budista Falun Gong, entre outros.

Mascarada

Esta censura permite ao Partido Comunista da China maquiar sua própria história, já que em julho chegou a dizer que os protestos uigures eram "os piores desde a fundação da República Popular (1949)", já que o massacre de estudantes de Praça da Paz Celestial de 1989, na qual morreram mais de 400 inocentes, não existe virtualmente. Foi em 1989, quando os analistas esperavam que o regime chinês fosse aberto, como estava ocorrendo em outros pontos do planeta com Governos comunistas e socialistas e que culminou com a queda do Muro e a desintegração da União Soviética em 1991. Não ocorreu dessa forma, como no mês de junho o Exército chinês carregou contra os estudantes que pediam democracia e o país se contraiu de novo social e politicamente até a abertura econômica afiançada em 1996. Os chineses menores de 20 anos desconhecem o que ocorreu na Praça da Paz Celestial, e desconhecem os detalhes da queda do Muro de Berlim, exceto aqueles que sabem como utilizar proxys. Segundo Pequim, a censura está destinada a frear, sobretudo, a pornografia e outras depravações, embora ainda hoje, após dezenas de campanhas, a rede chinesa esteja infestada de sexo, e frequentemente com a aprovação do Birô de Segurança Pública.

Paradoxalmente, a China conta atualmente com a maior comunidade de usuários de internet --340 milhões-- e o número segue subindo, por isso que a rede se transformou pela primeira vez na história do país asiático em um perigoso fórum no qual se critica e desvela a corrupção e abusos dos quadros comunistas.

MARGA ZAMBRANA
da Efe, em Pequim (China)

CRATO - Histórias e Estórias do Crato de Antigamente - Por: Ivens Mourão


Crato - Histórias e Estórias - 1a Edição.

OS GÊMEOS

Quando morei na Praça Francisco Sá, nº 26, o vizinho da esquerda era o Sr. Mário Teixeira com a esposa, Dona Maria. Tinham vários filhos Dentre eles os gêmeos idênticos Ronaldo e José Alfredo. A Dona Maria, sempre às três horas da tarde servia uma merenda aos filhos. Os meninos geralmente ficavam brincando na própria Praça. Um certo dia, Dona Maria chegou à porta e gritou:

- “Merenda!”


O Ronaldo, que era o mais esperto dos gêmeos, correu pra dentro de casa para merendar. O José Alfredo continuou brincando. O Ronaldo chegou e disse:

- “Mamãe, minha merenda”.

- “Quem é você?”
- “Eu sou o Ronaldo, Mamãe”.

Merendou apressado e voltou para a praça. Só que, ao chegar na calçada, deu meia volta e, novamente diante da mãe, pediu a merenda. A Dona Maria serviu-lhe, pensando que era o José Alfredo. Passado algum tempo, o José Alfredo lembrou-se da merenda e correu para casa. Chegou junto da mesa e pediu:

- “Mamãe, minha merenda”.

A mãe, pensando que era o Ronaldo fazendo se passar pelo José Alfredo, pegou-lhe pelo braço e mandou-lhe a chinela. O Zé Alfredo dizia:
- “Mamãe, eu sou o ‘Safredo’.”
E a pisa comendo. E ela:
- “Você é o Ronaldo. Quer me enganar, não é?”.
- “Mamãe, eu sou o ‘Safredo’”.
E a pisa comendo...

DENTE INDISCRETO

Se existe um trauma do qual nunca consegui me recuperar foi o do tratamento de dentes com aquele aparelho de obturação movido a pedal. Que tortura! Não consigo, até hoje, nem falar em dentista. Estando numa roda, se o assunto descamba para tratamento dentário eu vou saindo de fininho, só retornando quando a conversa volta a ser civilizada. Até para escrever este texto, fico arrepiado. O torturador era o dentista da família, muito amigo de papai. Estava sempre rindo. Mas acho que aquela tortura não ficou impune. Certo dia extrai um dente. A recomendação era guardar repouso até o outro dia. Ao invés de correr na rua ou jogar futebol resolvi brincar de baralho, jogando uma partida de ‘batalha’ com um amigo. Comecei a sentir uma coisa estranha na boca. Fui à pia cuspir e saiu muito sangue. E não parava. Estava com uma hemorragia. Papai, apavorado como era, tratou de localizar o dentista. Ligou para todos os locais em que ele poderia estar e nada de achá-lo. A esposa dele também entrou na busca. Os amigos comuns, também. Até que um deles o encontrou na ‘Glorinha’. Ele curou a minha hemorragia, mas não sei se curou a raiva da esposa, devido àquele dente indiscreto...

SÓ DEU ISSO?

Os médicos, antigamente, eram os chamados ‘médicos de família’. Acompanhavam o desenvolvimento da família toda. Raramente ia-se ao consultório. Eles é que visitavam as residências. Toda casa tinha a bacia do médico, a toalha do médico, o sabonete do médico. Se tiver alguém que usou desse direito foi papai. Um filho não podia dar um espirro e ele já estava ligando para o médico. Acredito que deva ter ficado ainda mais preocupado quando perdeu o primeiro filho a nascer no Crato, o Geraldo. Foi apresentar o filho à mãe, em Crateús, e lá a criança morreu. Foi um trauma do qual papai e mamãe nunca se recuperaram. Não comentavam nada sobre este fato para nós. Eu fui o primeiro a nascer após este drama. O nosso médico era o Dr. Macário, que acompanhou passo a passo o meu crescimento que, aliás, quase não houve. Herdei a altura dos Aráujos e não a dos Mourões. Os outros irmãos são altos e eu sou o baixinho da família. E também, sempre fui de compleição magra. Nunca passei dos cinqüenta quilos.
Estava uma época construindo no Crato, quando encontrei o Dr. Macário. Alguém disse: “Este é o Roberto, filho do Mourãozinho e da Giseuda”. Olhou-me de “baixo” a baixo e disse:

- “Espere, e só deu isso?”
- “O culpado foi o senhor, Doutor, que era o meu médico!!”


Dr. Macário o “meu” médico. Ao lado, a minha irmã Yara.

E A COCA?

O meu irmão Marcelo Mourão é cinco anos mais novo do que eu. Foi o protótipo do menino levado, danado, terrível, traquina. Tudo o que tiver de adjetivo para qualificá-lo como terrível, ajusta-se a ele. Quando se juntava com o Querginaldo, filho do Dr. Aloísio Cavalcante (morava quatro casas depois da nossa), não tinha quem suportasse. O Zé Porrada, coitado, sofreu muito nas mãos deles. Todos os funcionários da Rádio Araripe já os conheciam como autênticos pimentinhas. Em frente à minha casa existia um pequeno bar, chamado Quitandinha, por sugestão do meu pai. Todos esses artistas famosos do Rio, nas horas de folga, geralmente iam até lá beber um refrigerante ou tomar um café. Um dia estava o Vicente Celestino conversando despreocupadamente com o Wilson Machado. Ele resolveu tomar uma coca-cola no Quitandinha. Comprou a coca naquela garrafa pequena, americana, de vidro de cor esverdeada. Colocou o canudo. Como a conversa estava muito boa, pôs os braços para trás, e ficou segurando a garrafa de Coca-Cola. Nisso o Marcelo chegou, sorrateiramente, e sugou a coca inteira. Saiu de fininho e ficou encostado na porta lá de casa, com a cara mais sonsa do mundo. Quando o Vicente Celestino levou a Coca à boca para beber, exclamou:

- “A coca sumiu!!!”

Vicente Celestino
O Wilson Machado, quando viu o Marcelo na porta lá de casa, foi logo esclarecendo:
- “Foi o Marcelo que bebeu sua Coca!”
Ele só fez dar meia volta e correr para dentro de casa!



Wilson Machado, quando vereador em Crato, em 1950. Era o autor das crônicas diárias na Amplificadora Cratense. O programa era “Folias Cratenses”. Tornou-se Diretor da Rádio Araripe e posteriormente foi para a rádio e TV em Fortaleza. Em Fortaleza no seu programa “Cantinho da Saudade” estava sempre enviando alguma mensagem para o meu pai, seu grande amigo a quem o chamava de Mourãozinho. Amizade selada com o amor comum ao Flamengo. Conhecia bem as artimanhas do meu irmão Marcelo.

GATO ARTISTA

Na programação diária da Rádio Araripe tinha os programas musicais. Enquanto estava tocando uma música, o locutor ausentava-se do estúdio para tratar de outro assunto qualquer. Nas salas da emissora existiam aparelhos de rádio sintonizados na própria estação. Certo dia, durante um programa do Wilson Machado, estando ele na sua sala quando, ao invés de música, ouviu miados de gatos. Espantado com aquilo, correu para o estúdio. Flagrou o Marcelo e o Querginaldo de posse do microfone, imitando gatos.

O CENSO

Quando o meu irmão Marcelo nasceu, o que hoje é cardiologista em Porto Alegre, mamãe conseguiu uma babá para ele. Tinha o apelido de ‘Véia’. Não sei o porquê do nome, pois era jovem, não tinha nada de velha. Ela se apegou muito à criança, e o Marcelo a ela. Era muito despachada, não tinha papas na língua. Vez ou outra se engalfinhava com a copeira, Alice, que era sua prima. Sobrava sempre para a copeira, pois o meu irmão não podia mais se afastar dela. Com a idade de um ano, o Marcelo adoeceu, chegando a ser desenganado por um médico. Papai chamou o Dr. Jézer, recém chegado ao Crato, que discordou do parecer do colega. Mudou o tratamento e a criança recuperou-se completamente. Dias depois, a Véia estava dando banho de sol no Marcelo na Praça, quando o médico que o havia desenganado cruzou com ela e perguntou:


A Véia, primeira da esquerda para a direita, com o Marcelo. Ao lado o “chapéu de engenheiro” e eu “debaixo dele”. Minha mãe com uma sombrinha para proteger do sol, o Raimundo de terno, a Yara com suas tranças e uma parenta, Adilce. Foto colhida na entrada do Crato Tênis Clube.

- “De quem é esse menino?”.
- “É do Sr. Mourãozinho e da Dona Giseuda.”
E demonstrando ressentimento com ele, completou:
- “É aquele que o senhor desenganou!”
Em 1950, houve o censo e a Véia foi entrevistada. Quando o pesquisador indagou se ela era solteira ou casada, indignou-se. Ficou em pé, pôs as mãos nas cadeiras, tomou um fôlego e, com o dedo em riste na cara do entrevistador, disse, com os dentes cerrados de raiva:
- “Eu sou é MOOOOÇAAA!!!!”.


Fonte: Livro "Só no Crato" de Ivens Mourão - Direitos de Publicação concedidos ao Blog do Crato pelo autor - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Cineasta Anselmo Duarte morre aos 89 anos em São Paulo


Brasília - O cinema brasileiro perdeu uma de suas figuras mais importantes. Morreu na madrugada de hoje (7) o ator e diretor Anselmo Duarte, único brasileiro a receber a Palma de Ouro, o prêmio de melhor filme no Festival de Cannes, na França. Segundo o Hospital das Clínicas de São Paulo, onde ele estava internado, o cineasta, de 89 anos, faleceu à 1h30. Ele estava internado desde o último dia 27, depois de sofrer um acidente vascular cerebral. Em 1962, Duarte dirigiu o filme O Pagador de Promessas, baseado no texto do dramaturgo Dias Gomes. Protagonizada por Leonardo Villar e Glória Menezes, a obra chegou a concorrer ao Oscar de melhor filme estrangeiro e, até hoje, é a única a ter recebido a Palma de Ouro. O filme conta a história de um agricultor que enfrenta a intolerância da Igreja ao tentar cumprir uma promessa feita a uma mãe de santo e carregar uma cruz do interior da Bahia até a Igreja de Santa Bárbara, em Salvador.

Além de O Pagador de Promessas, Duarte disputou o Urso de Ouro do Festival de Berlim em 1964, na Alemanha, com o filme Vereda de Salvação. Ele começou a carreira em 1947 e trabalhou em mais de 40 longa-metragens brasileiros, como ator, diretor e roteirista. A última aparição no cinema foi em Brasa Adormecida, de 1987, como ator. Por meio de nota oficial, o ministro da Cultura, Juca Ferreira, lamentou a morte do cineasta. Na avaliação dele, o país perdeu uma das principais figuras que ajudaram a consolidar um cinema “clássico e popular” brasileiro. No texto, o ministro destacou que a conquista da Palma de Ouro ajudou não apenas a promover a cultura brasileira no exterior como trouxe reconhecimento internacional à obra de Dias Gomes. Segundo o comunicado, por meio de sua trajetória, Duarte deixou um sentimento de “carinho e gratidão” na população brasileira.

Fonte: Agência Brasil

Se já não basta ter que agüentar as tradicionais campanhas eleitorais agora virou moda a exibição de campanhas para gerir entidades em Fortaleza





Estas entidades em busca do seu presidente devem gerar uma mina de ouro para o cabra que levar mais voto ou você acha que toda esta caríssima campanha que se assemelha até as melhores campanhas eleitorais é por pura vontade e amor dos candidatos de ver as suas entidades perfeitas? O pior é que os caras em campanhas fazem das mesmas baixaria e desvios como se fossem as campanhas nojentas para eleger prefeitos, vereadores, deputados, senadores, governadores, presidentes. Deveriam pelo menos privar de uma campanha íntegra, e não apenas se exibir para todo o Estado, por que o cidadão comum não é obrigado a ver todos os dias as campanhas destas entidades. O direito dos outros ficam onde? Na ordem?

Até que ponto esta exibição gratuita para população, mas cara para quem paga tem sua eficiência na conquista dos votos entre os sócios destas entidades? Por que se tenta envolver toda a população nestas disputas particulares? Não se trata de coisa interna, então para que tamanha gigantesca campanha ganhar as ruas? Estas campanhas têm o único objetivo de dar visibilidade eleitoral aos candidatos em disputa. Não estranhe se no futuro próximo alguns destes candidatos se lançarem deputados, vereadores e prefeitos. Trata-se de uma campanha legalizada para estas entidades, mas com foco e mira apenas nas eleições públicas dos próximos anos. Estas campanhas que parecem políticas ultrapassaram todos os limites, ausentes de leis, e de gastos. Ache bom ou ache ruim, o desafio dos jornais continua, é isto!
.
SAC RI’s:
Para reclamar da campanha da OAB Ceará passe um email para entidade (clique aqui).
Ou
contato@oabce.org.br
.
Para reclamar da campanha da CRC Ceará passe também um email:
conselho@crc-ce.org.br
crc-ce@secrel.com.br

Por: Tiago Viana - Do Rastreadores de Impurezas

CABRAS DA FOME - Por Mundim do Vale


Seu moço preste atenção
Na nosa cunveça triste
Vamo saí do sertão
Pruque nóis num arrisiste.
Mais num é pur malandrage
É pruque essa istiage
Foi pió do qui castigo,
Queimô o nosso roçado,
Mato tombém nosso gado
E fez nóis virá mendigo.

O sertão tá um supriço
O sufrimento é profundo
Tem as frente de serviço
Mais num dá pra todo mundo.
Nóis tamo cuma indigente
Feito subêjo de gente
Pidindo cuma irmoléu.
Só pode sê omissão,
Do gunverno da nação
Ou um castigo do céu.

È mardade alguém dizê
Qui nóis fáis agitação
Num tem quem possa vivê
Sem um pedaço de pão.
A fome num maica a ora
Quando ela chega apavora
E o jeito é nóis se virá.
Ir atráis adonde tem,
Sem isperá pru ninguém
Mode pudê iscapá.

Se o gunverno quisesse
Pudia ajudá a nóis
Só bastava qui fizesse
Um bucado de Oróis.
Nóis num ia pricisá
De saí desse lugá
Mode aumentá as favela.
A gente vortava a vê,
Os alimento frevê
De novo im nossas panela.

Essa vida de carença
Deixa nóis munto avexado
Já perdemo a paciença
Pruque num somo alejado.
A situação tem pressa
Mais num passa de premessa
Já perdemo inté a fé.
Nóis tamo levando a vida
Qui nem na triste partida
Do poeta do Assaré.

O povo da capitá
Tão fazendo doação
Mais custa munto a chegá
Nesse sufrido sertão.
Passa dia e mais dia
E essa burocracia
Já fez nóis mudá de nome.
Cum a seca do Nordeste
Im vez de “ Cabras da peste “
Viramo “ CABRAS DA FOME.

Por: Mundim doVale

Ladrão se arrepende de furto de moto e liga para PM para devolver


Um homem ligou para a Polícia Militar de Sorocaba (SP) na manhã deste sábado com um pedido inusitado. Pelo 190, ele informou que havia furtado uma moto e queria devolver. De acordo com a polícia, a chamada foi recebida por volta das 5h40. O homem marcou um endereço para a entrega da moto. Os policiais foram até o local, onde ele aguardava para realizar pessoalmente a devolução. O homem foi levado para o DPP (Delegacia de Polícia Participativa) norte, onde o caso foi registrado. Ele não ficou preso e responderá pelo crime de furto em liberdade.

Fonte: Folha OnLine

Vox Populi – Serra é líder na corrida presidencial 2010


Uma pesquisa nacional do Vox Populi concluída na segunda-feira passada confirmou a folgada liderança de José Serra na corrida presidencial. Ele tem 40% das intenções de voto. É mais do que o dobro dos 15% obtidos por Dilma Rousseff e mais do que o triplo dos 12% registrados por Ciro Gomes. Marina Silva ficou com 5%. Nesse quadro, Serra levaria no primeiro turno. Quando Aécio Neves é apresentado como candidato tucano no lugar de Serra, constatou-se uma surpresa: Aécio superou Dilma Rousseff pela primeira vez numa pesquisa do Vox Populi. Ainda que seja por 1 ponto porcentual e, portanto, dentro da margem de erro.

(Revista Veja)

DETALHE – O presidenciável José Serra deve vir à Capital cearense ainda neste ano, segundo o presidente do Cntro Industrial do Ceará (CIC), Robinson Castro e Silva. Ele está listado entre últimos convidados do ciclo de debates que comemora os 90 anos da entidade.

Através de Eliomar de Lima

Lula diz que bom salário é a fórmula para "policial não levar propina da bandidagem"


O presidente Lula discursou durante a solenidade de sanção
 do plano de carreira dos militares da PM e do Corpo de
Bombeiros do DF, nesta sexta-feira (6)
(Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

O presidente sancionou a lei que altera o plano de carreira dos policiais militares e bombeiros do Distrito Federal

Ao sancionar a lei que altera o plano de carreira dos policiais militares e bombeiros do Distrito Federal (DF), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva nesta sexta-feira, 6, que o pagamento de um bom salário é única forma para que policiais não recebam suborno de criminosos.

"A única hipótese de a gente não ter um policial levando propina da bandidagem é o policial ganhar o suficiente para cuidar da sua família", afirmou Lula, durante cerimônia realizada no ginásio de esportes Nilson Nelson, em Brasília. O ato reuniu cerca de 7 mil pessoas, sendo a maioria policiais e bombeiros.

O plano de carreira aprovado por Lula prevê regras para promoções nas duas categorias e também uma gratificação por risco de vida. O diploma de nível superior também passa a ser uma exigência para as carreiras. A Gratificação por Risco de Vida (GRV) é de R$ 250 por mês e as promoções estão programadas para começar em dezembro. Conforme dados da Polícia Militar do Distrito Federal, devem ser realizadas 12 mil promoções em um ano.

Apesar de defender que é preciso pagar bem para evitar a corrupção dentro da polícia, o presidente Lula admitiu que nem todos os estados podem oferecer as mesmas condições salariais do DF que paga seus policiais com recursos da União. O policial militar da capital federal é um dos mais bem pagos do país, com salário inicial de aproximadamente R$ 4 mil.

Postado por Océlio Teixeira de Souza

Fonte: Agência Brasil - 06..11-2009

HAPPY HOUR PRA VALER - POR: Océlio Teixeira

Foi um sucesso o Happy Hour Pra Valer promovido ontem, dia 06 de novembro, pelas Chapas OAB PRA VALER, que tem como candidato a presidente da OAB-Ceará o Dr. Valdetário Andrade, e Confiança e Coragem, cujo candidato a presidente da Subsecção da OAB-Juazeiro do Norte é o Dr. Clauver Barreto. O encontro de confraternização ocorreu na Churrascaria Bom Paladar e congregou mais de 200 advogadas e advogados.  Abaixo algumas imagens desse encontro de Amigos Pra Valer.

Antes do Happy Hour, o Dr. Valdetário Andrade e comitiva foram recebidos em audiência pelo Prefeito de Juazeiro do Norte, Dr. Manoel de Santana, pelo Vice-Prefeito, Roberto Celestino, e pelo Procurador do Município, Dr. Bernardo Oliveira.


Dr. Bernardo, Dr. Santana, Dr. Valdetário e
Roberto Celestino
(Foto: Océlio Teixeira)


Dra. Zulene, Dr. Valdetário e Dr. Cláuver
(Foto: Wilo Araújo)


Dr. Cláuver, Dr. Valdetário e Amigos Pra Valer
(Foto: Wilo Araújo)


Dr. Cláuver
(Foto: Wilo Araújo)


Dr. Valdetário
(Foto: Maria da Paz)


Dr. Valdetário concede entrevista
(Foto: Océlio Teixeira)


Dr. Cláuver concede entrevista a Lucion Oliveira
(Foto: Océlio Teixeira)


Visão ampla do encontro
(Foto: Wilo Araújo)


Visão ampla
(Foto: Wilo Araújo)

Por: Océlio Teixeira de Souza

De Londres... Por: José Nilton Mariano Saraiva

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu em Londres o prêmio Chatham House, concedido anualmente, como “uma homenagem ao povo brasileiro”, que para ele foi “o principal protagonista da grande transformação” do país. No discurso de agradecimento ao prêmio, dado à figura que mais contribuiu para melhorar as relações internacionais no último ano, Lula falou das conquistas alcançadas sob sua Presidência e destacou, sobretudo, a capacidade para, pela primeira vez, redistribuir riqueza. O presidente celebrou o fato de ter conseguido “combinar crescimento com justiça social” e de investir na fórmula de que era “necessário primeiro crescer para depois distribuir”.
Lula citou o espírito pacifista do Brasil, um país segundo ele sem armas de destruição em massa e partidário de um enfoque multilateral mais amplo na esfera internacional. Por essa razão, voltou a defender um Conselho de Segurança da ONU “reformado e ampliado”, que “reflita a nova correlação de forças internacionais”. “O Brasil, que ocupa pela décima vez uma cadeira no Conselho, reivindica junto a outros países uma presença permanente neste organismo que tem a grande responsabilidade de zelar pela segurança coletiva da humanidade”, frisou. Em linhas gerais, Lula pediu novos “mecanismos de Governo estáveis, representativos e eficazes” para enfrentar o novo panorama nascido da superposição de várias crises: a financeira, a econômica, a energética, a ambiental e a alimentícia.
O prêmio foi concedido durante um jantar oferecido em honra do presidente Lula na Banqueting House, habitual nas cerimônias especiais da Whitehall, sede do Governo britânico. O evento, que encerrou a visita de Lula à capital britânica, teve a presença do ministro da Empresa, Peter Mandelson, do Duque de Kent e de Lorde Robertson, presidente da Chatham House.
Mandelson destacou a importância da figura política e pessoal do presidente. “Não é um exagero dizer que o Brasil que conhecemos hoje é o Brasil de Lula”, afirmou. Já o presidente da Chatham House explicou que a escolha de Lula para o prêmio teve uma razão fundamental: encontrar a fórmula para explorar com eficácia e equidade o enorme potencial que o Brasil sempre teve.
“Durante muito tempo, ao mesmo tempo em que admirávamos o Brasil, nos frustrávamos ao ver que os líderes anteriores ao senhor nunca desperdiçavam a oportunidade de desperdiçar a oportunidade”, afirmou Lorde Robertson, Presidente do Chatham House.
*************************
Sabedoria
Sabedoria não é proporcional a grau de instrução. Sabedoria é proporcional à capacidade do homem de entender e apreender seu entorno. Racionalizando e equacionando suas observações de modo a poder aplicá-las em benefício próprio e de seu “habitat” social.
FHC nunca vai ser grande: falta-lhe discernimento.
Fonte: Luis Nassif - Postagem: José Nilton Mariano Saraiva

Nota - Governo Itinerante - Por: Roberto Siebra

Na ultima segunda-feira, dia 09 de novembro, transcorreu mais um “governo itinerante” no município de Campos Sales, com a presença do Chefe do Executivo Regional e todo o seu secretariado, além de deputados estaduais, prefeitos, vereadores, lideres comunitários, representantes da URCA e o publico em geral.

Na oportunidade o tema escolhido para o debate com foi o Ensino Superior no Ceará, momento em que o governador Ciro Gomes fez uma avaliação de sua gestão enfatizando as políticas estaduais desenvolvidas para a melhoria desta modalidade de ensino no Estado, com destaque para o seu compromisso de até o final de sua gestão dobrar o orçamento desta pasta no Estado.
No decorrer de sua oratória o Governador foi enfático ao lembrar que a responsabilidade do ensino superior pertence ao Governo Federal , o que justificou a sua defesa de que as lideranças da região se mobilizassem em defesa da FEDERALIZAÇÃO da URCA, proposta que o Dr. Ciro Gomes tem gestado a muito tempo, mas que agora se tornou pública, exigindo da comunidade acadêmica uma reflexão aprofundada sobre o tema. Destacamos que no decorrer do debate publico, o gestor estadual foi instigado a se pronunciar a respeito da possibilidade da construção de instalações na região para abrigar os cursos que funcionam na Unidade Descentralizada de Campos Sales (UDS), momento em que se comprometeu e tornar este sonho realidade no decorrer de sua gestão, particularmente, após a construção das instalações em Iguatú que vai abrigar os cursos da URCA, UVA e UECE.

No período da tarde, realizou-se no Campus Cariri Oeste da URCA uma audiência com a presença da Profa. Tereza Mota, Secretária Adjunta da SECITECE, do Magnífico Reitor da URCA - Plácido Cidade Nuvens, Pró-Reitor Mota (PROGRAD) e representantes do corpo discente, onde na oportunidade foi discutido questões relacionadas ao ensino superior na região. Na oportunidade o Prof. Roberto Siebra, diretor da UDS, fez um resumo das condições de funcionamento do Campus enfatizando principalmente a inviabilidade de continuar o funcionamento dos cursos existentes nas atuais instalações que já no próximo semestre(2010.1) não conseguirá abrigar os novos alunos ingressos do próximo vestibular, momento em que solicitou que fossem tomadas providencias no sentido da construção, o mais rápido possível, de um espaço para receber estes alunos, e que tenha em anexo equipamentos como biblioteca, laboratórios e outros, necessários a formação de estudantes capacitados e habilitados a competir no mercado de trabalho.

No decorre da reunião os estudantes presentes e representantes da URCA expressaram livremente suas opiniões a respeito do assunto em pauta e reforçaram as solicitações feitas. Sem dúvidas este encontro foi muito importante para selar o compromisso de todos os presentes com a da melhoria do Ensino Superior na região Cariri Oeste

Texto enviado por: Roberto Siebra


Centro Cultural BNB Cariri: Programação Diária


Dia 07/11, sábado

Atividades Infantis - CRIANÇA E ARTE
14h Bibliotequinha Virtual. 240min.
14h Teatro Infantil: O Mistério do Boi Mansinho. 60min.
15h30 Oficina de Arte e Recreação Educativa. 90min.
16h Teatro Infantil: O Mistério do Boi Mansinho. 60min.
17h Sessão Curumim: Os Piratas que não Fazem Nada. 85min.

Cinema - CURTA MUITO
Local: Crato
19h Centopéia. 8min.

Rua São Pedro, 337 - Centro - Juazeiro do Norte
Fone (88) 3512.2855 - Fax (88) 3511.4582

Retórica Nacional - Por: Roberto Jamacaru

NE - No reino das Falácias...


Retórica Nacional

O projeto humano é a obra máxima de Deus onde Ele usou de todos os seus poderes para vê-lo funcionar com perfeição nos seus mecanismos físicos, emocionais, intelectuais e espirituais.
Na fase de conclusão, porém, o Onipotente esqueceu-se de testar o componente de saída de dados chamado de língua, o que lhe custou muito caro, pois, com ela desprogramada, o homem saiu por aí falando coisas devidas e indevidas a ponto de blasfemar contra seu próprio criador, anunciando-se um ser superior a este. Mas foi na comunidade brasileira que essa peça viciosa se exacerbou. Os nacionalistas, utilizando-se do famoso “jeitinho brasileiro”, tentaram fazer uma gambiarra nela o que findou deixando os nossos modelos ainda mais controvertidos que os estrangeiros. Em função disso, até hoje não sabemos se o que o brasileiro fala tem a conotação de verdade, honestidade, comicidade ou ironia... Quando você pensa que a coisa é seria, ela não é! Quando você pensa que ela não é, ela é! Vejam, nas retóricas abaixo, algumas dessas máximas:

Em Brasília são dezenove horas!
No ar...
A Voz do Brasil!

RETÓRICAS NACIONAIS AUTORES

Errar é humano, jogar a culpa nos outros, também! - Millôr Fernandes.
O Jumento é nosso irmão. Padre Antônio Vieira
Ô abre alas que eu quero passar Chiquinha Gonzaga
Eu nasci há dez mil anos atrás Raul Seixas - músico
O sertanejo é, antes de tudo, um forte! Euclides da Cunha
Nós somos as Cantoras do Rádio Rainhas - Emilinha e Marlene
O petróleo é nosso! General Horta Barbosa
O Repórter Esso informa! César Alencar
Independência ou morte! D. Pedro I
Se é para o bem e felicidade geral da Nação, diga ao povo que fico! D. Pedro I
Darei a última pedra da coroa para acabar com a seca do Nordeste! D. Pedro II
Só morto sairei do Catete! Presidente Getúlio Vargas
50 Anos em cinco! Presidente JK - Juscelino Kubistschek
Fi-lo porque qui-lo! Jânio Quadros
Fé em Deus e pé na tábua. Governador Adhemar de Barros
Somos povo honrado governado por ladrões Presidente João Goulart
A economia vai bem, mas o povo mal! Presidente Emílio Garrastazu Médice
Dêem-me um ano, que eu vos darei uma década. Ministro Delfin Neto
Todos presos! 1964: Exército no Congresso da UNE
Quem sabe faz a hora, não espera acontecer. Geraldo Vandré
Apesar de você Chico Buarque de Holanda
Nem mil bombas impediriam a abertura. Presidente João Batista Figueiredo
Diretas Já! Deputado Ulisses Guimarães
Esta foi a última eleição indireta deste País! Presidente Tancredo Neves
Tudo pelo social! Presidente José Sarney
Eu nasci com aquilo roxo! Presidente Fernando Collor
Não roubarei nem deixarei que roubem Presidente Itamar Franco
O aposentado é um vagabundo! Presidente Fernando Henrique
Vagabundo é você! Aposentados do Brasil
Fome Zero! Presidente Lula
Trabalhador, unido, jamais será vencido! Classe operária brasileira
Eu te conheço, Ceará! Governador Adauto Bezerra
Do Ceará, cuido eu! Governador Ciro Gomes
Meu nome é Enéeas!!! Deputado Enéas
Deus me ajudou e eu ganhei na loteria. Deputado João Alves
Mamãe... Estou aqui no plenário! Deputado Agnaldo Temóteo
É dando que se recebe! Máxima do Congresso Nacional
Este é um país que vai pra frente! Dom e Ravel
Plim, Plim! Rede Globo de Televisão
Baú, Baú da Felicidade! SBT - Sílvio Santos
Brasil... Ame-o ou deixe-o! Dom Paulo Evaristo Arns
Eu adoro as criancinhas do Brasil! Pelé
Não, a maior força do mundo é a doçura! Lima Barreto
Brasil, meu Brasil brasileiro. Ary Barroso
Moro num país abençoado por Deus! Jorge Bem Jor
Beijinhos, beijinhos... Musical - Xuxa
E que tudo mais vá pro inferno! Roberto Carlos
Não há luar como este do meu sertão. Catulo da Paixão Cearense
É Lampião amando e querendo bem! Capitão Virgulino - Lampião
Tornei-me um ébrio. Musical - Vicente Celestino
Cante de lá que eu canto de cá! Patativa do Assaré
Minha vida é andar por este país. Musical Luiz Gonzaga
Alô, Terezinha... Chacrinha
O Brasil já vai à guerra! Juca Chaves
Chega de saudades. João Gilberto
A Taça do mundo é nossa! Hino da Copa de Futebol 1958
Esse homem é um cavalo! O boxeador Maguila após ser nocauteado por Evander Hollyfield
Olha que coisa mais linda. Vinícius de Moraes
Faz parte do meu show! Cazuza
Pernambuco speaking for the world Radio Clube Pernambuco
Eu era feliz e não sabia. Musical - Ataulfo Alves
Já amei essa gente, já corneei essa gente. Leila Diniz
Os verdadeiros analfabetos são os que Aprenderam a ler, mas não lêem. Mário Quintana
Goool, legal!!! Mário Viana
E o salário, ó!!! Professor Raimundo (Chico Anísio)
O povo gosta de luxo! Joãozinho Trinta
Eu não sou cachorro não! Musical - Valdick Soriano
Você já foi à Bahia? Dorival Caimmy
Beijo do Gordo! Jô Soares
O Cowboy da propaganda de cigarro morreu de câncer. Ministério da Saúde
Absolutamente certo! J. Silvestre
Um Instante Maestro Flávio Cavalcante
E agora, José? Carlos Drumond de Andrade


Por enquanto ainda não foi encontrada solução para o defeito técnico da língua nacional, pois, conforme o mostrado, ela continua desprogramada, grande e solta... Ora falando verdades, ora mentiras e ora coisa com coisa... Ou será ela a única no mundo a falar o errado pelo certo e o certo pelo errado?

Desfaz-se neste momento a cadeia nacional!
Senhoras e senhores ouvintes da Voz do Brasil,
boa noite!

Do livro “Os Rolling Stones do Brasil” de

Roberto Jamacaru de Aquino

Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30