xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 23/10/2009 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

23 outubro 2009

ELEIÇÃO PRESIDENCIAL: acordo PT-PMDB deve tirar Ciro da corrida


Dentro do Palácio do Planalto já existe uma certeza: o deputado Ciro Gomes (PSB-CE) não disputará a corrida presidencial contra a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff (PT).

Oficialmente, Ciro Gomes manterá a candidatura à Presidência até os primeiros meses do próximo ano, mas seu destino eleitoral já está definido e será a disputa pelo governo de São Paulo, com o apoio do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do PT.

A retirada da candidatura não será feita com antecedência por razões estratégicas. Primeiro, o próprio Lula quer esperar pela consolidação do nome de Dilma. A expectativa é de que as viagens da ministra, como a feita ao lado do presidente e de Ciro por cidades do Rio São Francisco, já comecem a produzir efeito, refletindo nas pesquisas eleitorais.

Além disso, o governo entende que a presença momentânea de Ciro como fator favorável, pois tem disputado intenção de voto nos mesmos segmentos que o governador de São Paulo, José Serra, (PSDB), principal pré-candidato da oposição. Ele também tem assumido o debate crítico contra o tucano, o que ajuda na campanha governista. No entanto, existe uma condição clara para que esse movimento se concretize. Dilma precisa ultrapassar Ciro nas pesquisas. "Se ela não decolar, ele disputa a Presidência", avisa um dirigente do PSB. Outro claro sinal da sintonia com o Planalto é que Ciro e os dirigentes do PSB nem sequer têm se movimentado para atrair o apoio de outros partidos. Sem alianças, terá pouco tempo de propaganda eleitoral. Na prática, Ciro e seu partido têm acompanhado com serenidade o movimento de Lula e Dilma para fecharem acordo com todas as outras legendas da base governista, sem se apresentarem como alternativa.

Fonte: Diário do Nordeste - Via Lindomar Rodrigues

CONFERÊNCIA DE COMUNICAÇÃO CARIRI E CENTRO-SUL


A Conferência Regional de Comunicação do Cariri e Centro-sul será realizada no dia 6 de novembro em Juazeiro do Norte. A mudança ocorre em virtude de, o governo federal ter adiado a Conferência Nacional de 1º a 3 de dezembro para 14 a 17 daquele mês por incompatibilidade com a agenda do Presidente. A conferência estadual do Ceará foi adiada para os dias 20, 21 e 22 de novembro, em Fortaleza. Outra conferência regional que teve a data alterada foi a de Sobral que foi reagendada para 5 de novembro. Permanece com datas inalteradas, Quixadá, 23/10 e Fortim, 24/10.

A CONFECOM/Nacional é uma realização do Governo Federal que destinou R$ 8,2 milhões para realização do evento. Deverão ser levados a Brasília cerca de 2.000 participantes incluindo delegados, convidados e observadores. As estaduais, municipais e regionais são custeadas pelo governo dos estados com contrapartidas das prefeituras. No caso do Ceará o governo sinaliza com orçamento de R$ 100 mil reais e espera a participação de 720 pessoas de todo o estado. A conferência de comunicação do Cariri e Centro-sul contará com a participação de 42 municípios. Os organizadores estimam que 200 pessoas participem desta Conferência Regional, a maior das quatro regionais quanto ao número de municípios contemplados e a densidade demográfica. Esses municípios somados contam com 1 milhão, 225 mil e 532 habitantes, 16,49% da população do estado.

Informações:
ASCOM/PMJN(88) 3566-1020
Geraldo Sales(85) 8879-2434
e-mail: gdosales@gmail.com

As histórias dos outros IV: O feitiço contra o feiticeiro – por Carlos Eduardo Esmeraldo

O menino Tomé morava com os pais e sete irmãos no Sítio Riachão em Milagres, na parte oriental do Cariri cearense. Em fins de 1912, a família resolveu mudar-se para o Crato, passando a residir no início da atual Rua Senador Pompeu, que na época denominava-se mui apropriadamente de “Fundo da Maca.” Por trás da casa se estendia imenso matagal no qual a criançada pegava passarinhos com arapucas.

Com a morte da mãe, uma tia de Tomé, de nome Inês, que todos chamavam tia Badêz, passou a cuidar com muito rigor da educação da criançada. Todos lhe devotavam profundo respeito. E ela correspondia orientando os sobrinhos da melhor forma possível, não dispensando a correção de nenhuma pequena traquinagem.

Por essa época, uma das irmãzinhas de Tomé tinha o péssimo hábito de chupar o dedinho polegar. Num dia de domingo, após o almoço, a menina dormia numa rede armada na sala de visita com a mão direita estendida por fora da rede. Todos pareciam dormir naquele inicio de tarde quente de verão. Tomé era o único ser movente naquela casa, tamanho era o silêncio que reinava. Ao ver a irmãzinha sem o dedo na boca, brotou-lhe do cérebro uma terrível idéia, logo colocada em prática.

Tomé dirigiu-se, então, ao quintal da casa, onde vicejava um robusto pé de pimenta malagueta, com bastante carrego. Colheu um punhado de pimenta vermelhinhas de tão maduras, previamente esmagado entre suas mãos e esfregou no dedinho da irmã. Feito isso, ganhou o bredo, somente retornando, ao ouvir o choro da criança.

A tia Badez reuniu os irmãos defronte para ela e perguntou a cada um: “Foi você?” “Não,” respondiam os meninos olhando nos olhos da tia. Quando chegou a vez de Tomé, ela perguntou: “Só resta você. Responda: foi você que passou pimenta no dedo da menina?” “Não!” Respondeu Tomé, sem coragem de encarar a tia. Como resposta a sua negativa, Tomé foi agraciado com umas merecidas chineladas no traseiro, e a voz da tia: “Você não respondeu me olhando nos olhos! E era o único ausente de casa quando a menina acordou chorando. Está mentindo!” Estava, mas insistiu na mentira. “Não, não estou mentindo!” Disse-lhe Tomé esfregando os olhos com os dedos das mãos. Estes, impregnados de pimenta denunciaram a peraltice, pois Tomé com os olhos ardendo recobrou o choro com maior intensidade e as palmadas se repetiram também com maior vigor. Castigo dobrado, ou multiplicado, porque se esquecera de lavar as mãos, como narrou ele anos depois.

Tomé cresceu, foi exemplar funcionário do Banco do Brasil e depois de aposentado transformou-se no talentoso escritor Tomé Cabral. Escreveu os deliciosos livros:"Patuá de Recordações", cujo prefácio é da escritora Rachel de Queiroz; "A Europa é bem ali" e o "Dicionário de Termos e Expressões Populares". Vale a pena lê-lo!

Adaptado por Carlos Eduardo Esmeraldo de “Patuá de Recordações” (Memórias de Tomé Cabral) pág. 150, capítulo: “E o feitiço virou mesmo contra o feiticeiro.” Edição do Autor: Campinas – SP: 1978

Com crise no Rio, uso de força militar divide opiniões. Por:João Paulo Fernandes



SÃO PAULO (Reuters) - O debate sobre a utilização das Forças Armadas em operações de segurança pública voltou à tona nesta semana após a mais recente onda de violência no Rio de Janeiro, mas especialistas divergem sobre a forma que os militares seriam empregados no combate ao crime e se poderiam solucionar crises deste tipo em todo o país.

Pelo menos 33 pessoas morreram desde sábado, quando começaram confrontos entre facções criminosas rivais e a polícia em favelas no Rio de Janeiro, entre elas três policiais que estavam em um helicóptero abatido por criminosos no Morro dos Macacos, zona norte fluminense.

"O Exército, para entrar aí, não pode ser empregado como força policial. Ele tem de ser empregado como força militar", argumentou o coronel da reserva Geraldo Cavagnari, pesquisador do Núcleo de Estudos Estratégicos da Unicamp, acrescentando que não vê o governo e a sociedade brasileira dispostos a arcar com o ônus da participação dos militares em crises urbanas.

"A missão dos militares nesse caso seria aniquilar as gangues do ponto de vista militar e praticamente fulminar o narcotráfico", acrescentou, lembrando que mortes de civis seriam inevitáveis nas densamente povoadas favelas do Rio.

"Não há condições de uma operação desse tipo numa favela do Rio de Janeiro, porque nem o governo nem a sociedade aceitam esse compromisso, com esse ônus."

A participação das Forças Armadas foi defendida esta semana pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, que propôs uma política nacional abrangente para combater a violência desde a entrada de armas pelas fronteiras até os confrontos urbanos.

O Ministério da Defesa estuda o envio ao Congresso de um projeto que cria um estatuto jurídico para a atuação das Forças Armadas na segurança pública e o ministro Nelson Jobim costuma citar a experiência dos militares brasileiros no comando da força de paz da ONU no Haiti para afirmar que há competência para isso.

Mas o diagnóstico da professora-doutora Jaqueline Muniz, integrante do Grupo de Estudos Estratégicos da Coppe/UFRJ e da Universidade Cândido Mendes, vai no sentido contrário. Para ela, a crise da segurança no Rio de Janeiro é de governança e corrupção, não do tamanho das forças envolvidas.

"(O uso das Forças Armadas na segurança pública) não vai produzir o resultado desejado", disse.

"Isso é uma cortina de fumaça, no meu ponto de vista. É como se se quisesse pôr o problema para longe", disse.

Para a especialista, falta regulamentação sobre o que as polícias podem e não podem fazer. Isso, argumenta, transforma os mandatos policiais em "cheques em branco", dando margem a "toda forma de manipulação".

Segundo Jaqueline Muniz, é crucial para o Rio de Janeiro e outras cidades brasileiras seguir o exemplo de metrópoles como Nova York e Chicago que se concentraram no combate à corrupção em todos os níveis da polícia para solucionar seus problema de segurança pública.

"Me surpreende que o Supremo, o Congresso não se mobilizem para a construção de uma força-tarefa anticorrupção no Rio de Janeiro. É disso que nós precisamos", avaliou.

Fonte Yahoo
Por Eduardo Simões

Inauguração da Verdes Mares Cariri com Padre Marcelo Rossi

A inauguração da TV Verdes Mares Cariri contará com a presença do Padre Marcelo Rossi. Será a primeira vinda do reconhecido padre a Juazeiro do Norte e região. A festa ainda com vários detalhes em aberto (como por exemplo o local, que possivelmente acontecerá no Parque de Eventos Padre Cícero) é destaque do Jornal do Cariri e está programada segundo o mesmo para o próximo dia 28 de Outubro. A TV iniciou suas atividades em carater experimental no último dia 1° de outubro e conta com 04 equipes de reportagens que exibem suas matérias em parte do CETV 1ª Edição. Outros espaços destinados há programação local pela Rede Globo, como: Bom Dia Ceará, CETV 2ª Edição, Globo Esporte Local e Nordeste Rural são editados na emissora homônima da capital. Esperamos que em breve haja aumento do espaço para a programação local gerada no Cariri e as cidades cobertas tenham uma melhor cobertura. Sugerimos a substituição do Quadro "Meu bairro na TV" por outro que contemple os 66 municípios cobertos pela nova emissora. A diminuta cobertura jornalística atual diverge da expectativa criada pela ampla campanha publicitária deflagada pelo Sistema Verdes Mares dias antes do inicio das atividades de TV Verdes Mares Cariri e abre um nicho de mercado exclusivo a ser ocupado pela Tv Verde Vale, que aos trancos, barrancos e muitas críticas têm uma programação predominatemente local e valorizada por muita gente. O próprio Sistema Verdes Mares teve ciência disto ao lançar a Tv Diário em Fortaleza. Mas enquanto na capital Diário e Verdes Mares são empresas do mesmo grupo, em Juazeiro: Verde Vale e Verdes Mares Cariri são concorrentes!

Fonte: Juanews

Sexta-feira = Humor - Por: José Nilton Mariano Saraiva

Senhores:
Vejam até onde as “patacoadas” (tolice, chocarrice, bazófia, lorota) da nossa grande mídia (Veja, Folha, Globo à frente), findaram por levá-la: à desmoralização completa (através de um humor fino e requintado).
Obs: transcrito "ipsis litteris" da coluna do Luis Nassif.
****************************
Cena na CPI do Judas:
Senador Arthur Virgílio: Relate, evangelista João, o que sabe sobre o episódio de um unguento.
João: “Então Maria, tomando um arrátel de ungüento de nardo puro, de muito preço, ungiu os pés de Jesus, e enxugou-lhe os pés com os seus cabelos; e encheu-se a casa do cheiro do ungüento.” (Evangelho de João 12: 3)
Senador Arthur Virgílio: Que Maria, ó João?
João: “Maria era aquela, cujo irmão Lázaro estava enfermo.” (Evangelho de João, 11:2).
Senador Arthur Virgílio: E o Judas, estava lá ?
João: Então, um dos seus discípulos, Judas Iscariotes, filho de Simão, o que havia de traí-lo, disse: “Por que não se vendeu este ungüento por trezentos dinheiros e não se deu aos pobres?” (João 12: 4-5)
Senador Aloizio Mercadante: Um aparte, por favor. Mas então Judas queria fazer justiça social! Esperava que Jesus realizasse o Céu aqui na Terra, com distribuição de renda! João: “Ora, ele disse isto, não pelo cuidado que tivesse dos pobres, mas porque era ladrão e tinha a bolsa, e tirava o que ali se lançava.” (João 12: 4-5)
Senador Aloizio Mercadante: Há provas dessa acusação?
Senador Arthur Virgílio: Claro que há! Segundo a Folha de São Paulo, o digníssimo Prefeito Herodes Antipas teria afirmado que a mui pura e honrada Salomé encontrou, em sua agenda, o registro do encontro que teve com Judas, quando esse lhe confessou os desvios!
Senador Aloizio Mercadante: Qual a data desse encontro?
Senador Arthur Virgílio: nove de outubro do ano trinta e quatro, de acordo com a Veja.
Senador Aloizio Mercadante: "Ano trinta e quatro"? Mas nessa data Judas já havia se enforcado!

Fonte: Blog do Luis Nassif – Postagem: José Nilton Mariano Saraiva

RESTOS DE ONTEM - Por: Emerson Monteiro


Um grande grupo de artistas invocou nesta quinta-feira a Lei de Liberdade de Informação para exigir do governo norte-americano que revele o nome das gravações que foram utilizadas durante os interrogatórios de suspeitos de terrorismo na prisão de Guantánamo ou em alguma das prisões secretas que a CIA espalhou pelo mundo durante o mandato de George W. Bush. James Taylor, Christina Aguilera, Britney Spears, Neil Diamond, AC/DC, Red Hot Chili Peppers e muitos outros lançaram um protesto contra o uso da música em torturas. (El País, 23/10/09).

Essa coisa de escrever impacta semelhante a vícios, mania dos dependentes compulsivos. No ar, um chamado qual das vezes em que chega o desejo de comer um doce de leite caseiro, uma goiabada, pensando no prazer do copo d’ água a lhe sequenciar. Ou mesmo de uma fruta tirada do pé, uma manga jasmim, um caju, cedo, de madrugada. E nisso o ímpeto de transmitir palavras impacientes, às vezes desobedientes, ânsia de lançar esporos ao vento das moções saboreadas e suaves.

Quase um "release" da função da psiquiatria, na vida de quem a pratica como instrumento de libertação, há que se conhecer de tudo, ou fazer espécie de esforço continuado de virar folhas secas das estradas e olhar o que se esconde embaixo, na busca constante dos "porquês" infinitos; há que se... Nada vejo de oposto ao gesto puro e simples de virar essas páginas dos livros da vida, da história, no dia, a cada novo tempo. A propensão incontrolável de conhecer e apreciar o âmbito multiforme dos caminhos, nessa jornada em linha reta do berço ao túmulo, tantas vezes percorrida quantas necessárias, a formular os conceitos definidos da real libertação aos padrões além da dimensão gelada dos passos conhecidos.

Saber, saber e saber mais um pouco, até entornar o copo da seiva vital dos conexos... A revelação de todos os diademas do mistério e suas esferas longitudinais, ficcionais, imaginárias... Esgotar o possível nas malhas do indizível. Saber jamais ofenderá. E saber de si próprio, nos divãs ou nos estádios, ou mesas de bar, cheiro a flores metálicas, trilha luminosa das matas do Inconsciente em chamas. O perfume apaixonado da mulher amada e seu hálito silvestre, permissivo, fagueiro..
Existe mais coisa que só se saberá no contato do diálogo. O atrito das humanas relações fala do silêncio que pode sorrir em gesto de matéria prima do definitivo querer. Quer-se, no entanto, extremar quando impõe nas costas de dois ou três pensadores o peso das respostas às perguntas que insistem rasgar a cada momento o tempo e a máscara da dor de toda gente, perante as interrogatórios da vida, nas paixões, nos desenlaces, tragédias, dramas, religiões, hecatombes, transmissões de pensamento, esculturas abandonadas nos campos destruídos pelas guerras sucessivas dessa velha humanidade de boca machucada aos urros da tortura e impulsos de vítimas e convulsões. O mistério dorme nas teias da noite longa, em forma de espectros e monstros agressivos, nos frutos azedos da aventura inacabada. Caberão sempre outros dramas, no palco sumeriano, remelento, do paleolítico atualizado nas resenhas de hoje. Poucos desvelam suas mesmas faces das próprias limitações, contudo serão esses tais que romperão os laços derradeiros da Eternidade, nas luzes da alvorada festiva do depois. Quero crer aqui vislumbrarmos as disciplinas válidas de quem pode nutrir de calma o ouvir das estrelas e seus representantes, até quando pacificarem o entendimento das luzes na ciência verdadeira.

Por: Emerson Monteiro

Polícia prende dupla suspeita de neonazismo em Porto Alegre; vigilante é atacado

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul prendeu nesta quinta-feira dois homens suspeitos de integrar um grupo neonazista, após um ataque a faca contra um segurança negro em uma estação de trens em Porto Alegre. De acordo com a polícia, o ataque foi por volta da 0h. O vigilante foi atacado após advertir os supostos neonazistas, que haviam urinado na plataforma da estação. O segurança Agnaldo da Silva, 30, foi chamado de "negro sujo" antes de levar uma facada no pescoço, conforme testemunhas ouvidas pela polícia. Ele passa bem. Dois suspeitos fugiram e outros dois foram detidos: Daniel Fabrício de Oliveira, 21, e Laureano Toscani, 24, apontado pela polícia como chefe de uma facção neonazista no Estado.

"O Toscani é um dos principais líderes neonazistas do Sul e já participou de ataques contra judeus em Porto Alegre", disse o delegado Paulo César Jardim. Toscani já esteve preso, segundo o delegado, no Rio Grande do Sul e em São Paulo. Os dois serão indiciados sob suspeita de tentativa de homicídio, crime de intolerância racial e formação de quadrilha. Somadas, as penas vão de 5 a 14 anos de prisão. Em depoimento, Toscani e Oliveira negaram terem atacado o segurança. Afirmaram que foram separar uma briga. A reportagem não conseguiu contato com os suspeitos ou com seus advogados.

Ligações

Considerados os mais ativos do país, os grupos neonazistas baseados no Rio Grande do Sul têm histórico de ataques a judeus no Sul e estão articulados com facções racistas de outros Estados. Segundo o delegado Jardim, Toscani tem ligações com a morte de duas pessoas em briga interna entre grupos neonazistas no Paraná em maio deste ano. Conforme a polícia, Toscani forneceu a arma usada para matar Bernardo Dayrell Pedroso, 24, e Renata Waechter Ferreira, 21. Ele nega a acusação.

Fonte: Folha OnLine

IGREJA S.A - Por: Helder Ricardo Silva

Sei da necessidade de se aproximar de Deus, mas nos últimos dias tenho visto muitas igrejas evangélicas sendo abertas uma ao lado da outra, não que seja contra essas igrejas, mas muitas dessas igrejas são abertas sem nenhum preparo, são igrejas com poucos números de membros, sem licença para funcionamento, alguns pastores agem da má fé para se apoderar de recursos financeiros de pessoas mais carentes para retirar de suas esperanças seus últimos recursos financeiros para sustento de sua família. Penso eu, que para abrir uma igreja em um determinado local, deve-se antes de tudo averiguar a real necessidade da região. Exemplo: Porque se pensa em abrir igrejas em grande escala nos grandes centros, porque não abrir nas regiões mais favorecidas, isso porque o poder aquisito se concentra nos grandes centros.

Mas o evangelho não é representado por sua maioria rica e abastada e sim necessitada. Não há como pensar que, quem abre uma igreja pensa primeiramente em ganhar seu sustento através da propenda que os fiéis irão depositar, em troca esperarm uma bênção bem maior, daquele que depositaram na igreja. Mas não podemos nos esquecer que tudo é pela fé em Cristo Jesus. Não há como pagar por uma dádiva de Deus. Muitos estão usando o nome de Deus para se auto-beneficiarem. Perante a lei dos homens estão falhando e perante Deus estarão banidos da sua presença. Se você é pastor e pensa em abrir a sua própria empresa, abra uma de cunho circular e nunca, nunca uma igreja, porque o preço é muito alto, já que custou sangue inocente, o sangue da Cruz. Se você ver uma igreja sem nenhuma estrutura aberta, procure orientação para que a mesma possa funcionar sem nenhum problema, começando do pastor que deve ter acesso ao estudo teológico para não ferir a ética da bíblia sagrada. E igreja é um local para se doar vida e não para tirar a vida.

Soli Deo Gloria.

Sobre o Autor: Helder Ricardo Silva

Sou Pastor na Igreja Batista no Bairro Cidade Salvador, amo escrever e participar ativamente da vida social. E estou preocupado com muitas igrejas que estão sendo abertas sem ao menos ter nenhum preparo, por isso me disponho a colaborar com meus artigos.

Padre Cícero é tema do Festival do Minuto


Festival do Minuto realiza ação em Juazeiro do Norte, no Cariri, região sul do Ceará; premiações serão dadas aos vídeos participantes do evento em novembro

O Festival do Minuto realiza uma ação no próximo dia 2 de novembro, em Juazeiro do Norte, no Cariri, região sul do Ceará. O feriado de finados é o dia da Procissão de Padre Cícero - tema para a criação dos vídeo-minutos. As inscrições estão abertas até 30 de novembro para participantes de todo o Brasil.

Os vídeos sobre o Padre Cícero devem ser enviados para o site do Festival (www.festivaldominuto.com.br ), que apresentará os ganhadores ao final do concurso. Serão três prêmios de R$ 1.000,00 cada, sendo um deles destinado a quem realizar um vídeo durante a romaria, no dia 2 de novembro. A ação é patrocinada pelo Banco do Nordeste (BNB).

O Padre Cícero é considerado o Cearense do Século. Durante uma missa celebrada por ele em 1889, em Juazeiro do Norte, ocorreu o primeiro de uma série de milagres que o tornaram lendário: uma hóstia ministrada pelo sacerdote a uma beata transformou-se em sangue na boca da religiosa. Tal fenômeno se repetiu diversas vezes durante cerca de dois anos. Rapidamente espalhou-se a notícia de que acontecera um milagre.

A partir daí, o mito do Padre Cícero passou a ter fortíssima influência social e religiosa em todo o Estado do Ceará, e Juazeiro do Norte tornou-se uma cidade-santuário e um dos maiores centros de romarias e religiosidade popular do Brasil. É lá que está sepultado o famoso Padim Ciço, maior benfeitor da cidade e santo popular.

Sobre o Festival do Minuto

O Festival do Minuto foi criado no Brasil, em 1991. É, hoje, o maior festival de vídeo da América Latina, tendo inspirado festivais semelhantes em mais de 40 países. Desde 2007, o Festival do Minuto brasileiro tornou-se permanente e online: passou a receber e exibir vídeos diretamente pela Internet, no www.festivaldominuto.com.br .

Enviado por Luciano Sá (assessor de imprensa do Centro Cultural Banco do Nordeste)- Via Cariri Agora

"a reide" cordel de autoria de Guto Bitu e recitado também por ele no youtube, vale a pena conferir!

Luis Augusto Bitu Bezerra nasceu em Crato [CE] no 1976. Guto, como popularmente é conhecido, formado em comunicação social, é membro da Academia dos Cordelistas de Crato e já publicou mais de dez titulos. Além do cordel, Guto Bitu também trabalha com xilografia, desenho, pintura, escultura, cinema...

Didi Moraes encerrará a turnê em Nova Olinda


O compositor Didi Moraes encerrará a turnê de lançamento do seu CD “Um cavaquinho, Um coração e Uma viola” no Teatro Violeta
Arraes – Engenho de Artes Cênicas, neste dia 30 de outubro. A turnê do espetáculo musical iniciada no dia 17 de outubro tem o mesmo título do disco citado acima e tem o patrocínio da SECULT- CE (projeto aprovado no Edital de Incentivo às Artes para Pessoas com Deficiência) que é apresentado em parceria com o SESC-Ce.
No repertório você ouvirá chorinhos, baiões, frevos, valsas, canções e composições de Didi Moraes, Luis Gonzaga, Waldir Azevedo, Caetano, Pixinguinha, Capiba e dos cearenses Pardal e Davi Silvino.
Didi Moraes (Cavaquinho), Eduardo Holanda e Davi Silvino (Violões) e Igor Caracas (Percussões) estarão sob a Direção Artística da Maestrina Izaira Silvino e Produção de Kaika Luiz.
Mais informações sobre o artista: www.didimoares.com
LOCAL: Teatro Violeta Arraes – Engenho de Artes Cênicas
HORÁRIO: Às 19:00h
ENTRADA FRANCA
NOVA OLINDA - CE
Valesca Moura
88 3546-1333
88 99095379
www.fundacaocasagrande.org.br

finalistas da 2ª Eliminatória do Festival Cariri da Canção 2009:

Música: Retalhos
Autor: Luiz Carlos Salatiel e José Flávio Vieira
Cidade: Crato - Ceará

Música: Força, Facão e Fé
Autor: Ciço Lifrath
Cidade: Lavras da Mangabeira - Ceará

Música: Contos de um Lugar
Autor: Fernando Rosa
Cidade: Fortaleza - Ce

Música: Regaço
Autor: Simone Sousa e Daniel Escudeiro
Cidade: Fortaleza - Ce

Ex-presidente Clinton elogia luta do México contra narcotráfico

O ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton elogiou nesta quinta-feira a luta do governo mexicano contra o narcotráfico, embora esclarecesse que não basta ser "duro" e que se devem gerar condições sociais e econômicas para impedir que o crime organizado se desenvolva. O ex-líder americano participou do Encontro Empresarial 2009, convocado pela Coparmex (Confederação Patronal da República Mexicana) na capital mexicana, que termina nesta sexta. Clinton admitiu que os Estados Unidos têm ainda muito que fazer para ajudar ao México no combate contra o crime e disse que a violência seria menor se seu país proibisse o uso de armas em seu território.

Acrescentou que não se registrariam tiroteios em urbes do norte do México nem haveria uma taxa tão alta de homicídios em Ciudad Juárez (a localidade mais violenta do país) se os americanos não estivessem "comprando os narcóticos e não haveria tantos policiais e soldados nas ruas do México se os Estados Unidos proibissem as armas de fogo". Clinton respaldou a política contra o crime organizado do presidente mexicano, Felipe Calderón (que tem ao Exército como sua principal força nesta estratégia), e afirmou que os Estados Unidos não podem dar as costas nem fechar os olhos à violência gerada pelo narcotráfico. No entanto, assinalou a necessidade de oferecer melhores condições econômicas para as famílias de baixa renda para "que seja mais atrativo ganhar a vida de maneira honesta", e apontou que se requer gerar mais oportunidades para os jovens. Sugeriu às empresas mexicanas começarem a trabalhar nos estados com o PIB (Produto Interno Bruto) mais baixo para que o povo ganhe a vida de maneira honesta, e acrescentou que "explorar as oportunidades econômicas não requer muito dinheiro".

A visita do ex-líder coincidiu com o anúncio em Washington da captura de 303 delinquentes, muitos deles relacionados com o violento cartel mexicano "Família Michoacana". Em comunicado, a embaixada dos EUA no México disse que esta operação demonstra que o trabalho entre autoridades americanas e mexicanas pode "começar a frear e desmantelar" as atividades dos cartéis mexicanos nos Estados Unidos.

Fonte: Folha OnLine

José Flávio Vieira no Programa Cariri Encantado de hoje

O poeta, escritor e dramaturgo José Flávio Vieira será o convidado do Programa Cariri Encantado desta sexta-feira.

Zé Flávio, como é mais conhecido no meio artístico e cultural da região, participou como letrista dos festivais da canção que aconteceram no Crato durante toda a década de 1970. Nos últimos anos vem se dedicando à literatura, tanto como cronista como dramaturgo. Publicou o livro de crônicas Matorzinho Vai a Guerra, onde narra com muito humor o cotidiano, repleto de realismo fantástico, de um fictício lugarejo, sob a ótica dos seus moradores que, não por acaso, lembram os tipos populares do Crato. Autor da peça de teatro Zé de Matos Contra o Bicho Babau nas Ruas do Crato, que foi montada e apresentada ao público de várias cidades do Ceará mediante prêmio conquistado junto à Secretaria de Cultura do Estado. O texto de Zé de Matos(...) também foi publicado na forma de livro.

Zé Flávio é colaborador de vários blogues da região, como o Cariricult e o Blog do Crato, e mantém o blog Simbora Pra Matorzinho, onde dar continuidade à cômica e às vezes trágica saga dos moradores daquele “locus imaginarius”.

Zé Flávio é ainda um dos grandes incentivadores da produção cultural alternativa do Cariri cearense. Recentemente produziu e lançou o disco Bárbara, de Abidoral Jamacaru, e desenvolve o projeto de gravação de um disco infantil com músicas que retratam alguns tipos populares do Crato. As músicas foram compostas em parceria com artistas locais e são por eles interpretados.

O programa Cariri Encantado vai ao ar todas as sextas-feiras, das 14 as 15 horas, na Rádio Educadora do Cariri AM 1020. Apoio: Centro Cultural BNB Cariri. Apresentação de Luiz Carlos Salatiel e Carlos Rafael Dias.

Prossegue hoje o Festival Cariri da Canção


Local: Centro Cultural do Araripe
Horário: a partir das 19:30 Horas
Acesso livre


Músicas que participarão da 3ª eliminatória

1. Soldadinho do Araripe
Autor: Rainerio Ramalho
Intérprete: Grupo Os Peleja
Local: Barbalha/CE

2. Sempre o Melhor
Autor: Vinícius Bitencourt
Intérprete: Vinícius Bitencourt
Local: Fortaleza/CE

3. Vou Tirar Você do Pensamento
Autor: Magaivel Pedro / Samuel Pereira
Intérprete: Alberto Kelly Franca
Local: Crato/CE

4. A Dama e o Verso
Autor: Luciana Dantas / Karine Cunha
Intérprete: Fatinha Gomes
Local: Juazeiro do Norte/CE

5. Falsa Memória
Autor: Márcio Holanda / Cláudio Mendes
Intérprete: Cláudio Mendes
Local: Fortaleza/CE

6. Imaginei
Autor: Álvaro Holanda
Intérprete: Álvaro Holanda
Local: Crato/CE

7. Até Você Chegar
Autor: Nando Nuque
Intérprete: Nando Nuque
Local: Juazeiro do Norte/CE

8. Nucença das Águas Cantantes
Autor: Sanderley Coelho
Intérprete: Sanderley Coelho
Local: Barro/CE

9. Raiz e Cais
Autor: Lucíola Feijó
Intérprete: Lucíola Feijó
Local: Fortaleza/CE

URCA e UVA recebem inscrições do vestibular até amanhã, dia 23

As inscrições para o vestibular 2010.1 da Universidade Regional do Cariri (URCA) e da Universidade do Vale do Acaraú (UVA) seguem até a próxima sexta-feira (23). São 2.250 vagas para os campi do Cariri e de Sobral.

URCA

Só na URCA, são 1.145 para cursos de Teatro, em Barbalha, de Ciência Biológicas, no Crato, de Direito e Enfermagem, em Iguatu, entre outros distribuídos na Região do Cariri. O candidato deve efetuar a inscrição via Internet, preenchendo um formulário, e, depois, realizar o pagamento da taxa de inscrição de R$100 na conta do Banco do Brasil (agência 0094-9 / conta nº 11.020-5). Feito isto, a documentação exigida deve ser enviada por Sedex para o endereço que consta no edital do processo seletivo. As provas acontecem no dias 17, 18 e 19 de janeiro de 2010, em Brejo Santo, Juazeiro do Norte, Crato, Iguatu, Barbalha e Campos Sales. Os estudantes devem receber o resultado do vestibular na segunda semana de fevereiro.

UVA

Para a Universidade do Vale do Acaraú (UVA), são 1.075 vagas em cursos como Administração, Ciências Contábeis, Ciências Sociais, Direito, Enfermagem e Zootecnia, entre outros. As inscrições estão sendo feitas na Comissão Executiva do Processo Seletivo em Sobral; no Instituto de Desenvolvimento, Educação e Cultura do Ceará, em Fortaleza; no Instituto São José, em Camocim e na Escola Regina Coelli, em Tinaguá. O valor da inscrição é de R$ 80,00, podendo ser pago nas agências do Banco do Brasil (agência 0085-X / conta nº 38.634-0).
As provas serão realizadas no próximo 22 de novembro e o resultado está previsto para sair no dia 23 de dezembro.

Por: Lindomar Rodrigues

Brasil deve liderar projetos sobre clima, dizem analistas


Rio de Janeiro, 22 out (Lusa) - O Brasil tem um papel importante a desempenhar nas discussões climáticas e deve liderar o caminho da sustentabilidade com um modelo de desenvolvimento voltado para os países tropicais, afirmam especialistas em clima que defendem uma agenda verde. “O Brasil deve ser um líder dos países tropicais em desenvolvimento, não há um modelo de desenvolvimento para estes países e o Brasil, efetivamente, é o que pode fazer algo a respeito”, disse à Agência Lusa Carlos Nobre, pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Segundo Nobre, Prêmio Nobel da Paz em 2007 juntamente com o ex-vice-presidente dos Estados Unidos Al Gore, o Brasil pode assumir compromissos importantes na reunião sobre as alterações climáticas patrocinada pelas Nações Unidas que vai realizar-se na Dinamarca, em dezembro. Isso pode acontecer principalmente no que diz respeito à emissão de gases de efeito estufa, pois a emissão per capita do brasileiro é uma das maiores do mundo em desenvolvimento.

“Ainda exploramos de forma tímida as nossas riquezas porque nos falta tecnologia para um país tropical”, destaca Nobre ao realçar a diversidade de recursos naturais disponíveis no país, como água, plantas, animais e biodiversidade. Assim como o pesquisador, o superintendente de Conservação da Rede WWF-Brasil, Carlos Alberto Scaramuzza, afirma que o Brasil é líder mundial em tecnologia de monitorização para a cobertura de floresta tropical e que poderia contribuir exportando conhecimentos. “O Brasil poderia exportar essa tecnologia de monitorização para a Indonésia e para os países da África”, defende, pois a Indonésia é a segunda grande região de floresta tropical do mundo e o Congo é a terceira maior região de cobertura florestal. “Com inteligência para identificar os pontos de desmatamento, o Brasil poderia exportar essa tecnologia se virasse um projeto de governo. Contudo, a questão ambiental fica circunscrita a um único ministério”, critica Scaramuzza. Para ele, não é só o etanol que o país pode exportar para o mundo já que o “Brasil tem um monte de outras coisas que poderia exportar, mas precisaria estar na agenda do Ministério das Relações Exteriores do Brasil”, explica. Além da redução do ritmo de emissão de gases que provocam efeito de estufa, os especialistas concordam com o incentivo ao uso dos biocombustíveis que poluem menos do que veículos movidos a combustível fóssil. O Brasil tem como objetivo substituir a gasolina pelo etanol até 2020. Atualmente, o uso das duas fontes de energia é equilibrado. A questão do petróleo como uma fonte de energia ainda é sensível, como explica Nobre, que defende maiores investimentos em energias renováveis. O Brasil, segundo ele, não pode depender do pré-sal. Embora o presidente Lula tenha afirmado no início de outubro, na Suécia, que o Brasil não poderia assumir uma meta de "desmatamento zero", o plano brasileiro é considerado ambicioso por muitos especialistas, pois pretende reduzir a desmatamento em 80% até 2020. O desmatamento é responsável por cerca de 20% das emissões de gases de efeito estufa no Brasil, que é o quarto maior emissor do mundo.

Fonte: Agência Lusa

Dihelson Mendonça interpreta Franz Liszt ao Piano - Rhapsódia Húngara # 15

( Ontem ) - 22 de Outubro - Aniversário de Franz Liszt - Homenagem

Em 22 de Outubro de 1811 em Raiding, Hungria, nascia o maior pianista de todos os tempos: Franz Liszt. A homenagem que eu quero fazer a liszt hoje é tocar uma de suas principais peças: A Rhapsódia Húngara Número 15, mais conhecida como Marcha Racokzi. Na verdade, essa composição deriva de uma composição tradicional na Hungria, assim como a maioria das suas Rhapsódias. O termo rhapsódia em música, se refere a uma obra contendo partes de outras peças. Liszt compôs 19 rhapsódias húngaras. Com o tempo, eu irei falando aqui no Blog sobre a vida e a obra desse extraordinário músico. Na minha opinião, na música, um dos maiores gênios da humanidade. E como ser humano, um dos raros. Ajudou praticamente todos os seus colegas contemporâneos, de Chopin, a Schumann, e foi ele quem estendeu a mão e projetou Richard Wagner. Os seus poemas sinfônicos, especialmente Les Preludes são magistrais. Afora isso, conta com mais de 700 peças, que foram gravadas recentemente pelo pianista inglês Leslie Howard. Na minha homenagem a Liszt, toco a Rapsódia Húngara # 15, gravada por ocasião de um concerto no Centro Cultural Banco do Nordeste, em Fortaleza, muitos anos atrás, e com um teclado digital ( aliás, que falta faz um piano "de verdade" para encorpar e dar dimensão a essas interpretações ).

Clique no Player abaixo ( pause antes o player da Rádio Chapada do Araripe ):



Franz Liszt (pronuncia-se Lisst), em húngaro Liszt Ferenc, (Raiding, Boêmia, 22 de outubro de 1811 — Bayreuth, 31 de julho de 1886) foi um compositor e pianista teuto-húngaro do Romantismo. Liszt foi famoso pela genialidade de sua obra, pelas suas revoluções ao estilo musical da época e por ter elevado o virtuosismo pianístico a níveis nunca antes imaginados. Ainda hoje é considerado um dos maiores pianistas de todos os tempos, em especial pela contribuição que deu ao desenvolvimento da técnica do instrumento. Franz Liszt nasceu em 22 de outubro de 1811 no vilarejo de Raiding (em húngaro: Doborján) no Reino da Hungria (então no Império Habsburgo, hoje parte da Áustria), no comitato de Oedenburg (em húngaro: Sopron). Foi batizado em latim com o nome "Franciscus", mas seus amigos mais próximos sempre o chamaram de "Franz", a versão alemã de seu nome. Era chamado de "François" em francês, "Ferenc", "Ferencz" ou "Ferentz" em húngaro; no seu passaporte húngaro de 1874, o nome registrado era "Dr. Liszt Ferencz". Seus pais eram Adam e Anna Maria Liszt.

Liszt cresceu em Raiding, parte de Burgenland. A língua tradicional daquela região era alemão, e apenas uma minoria sabia falar húngaro. Oficialmente, latim era utilizado. Seu pai, Adam Liszt, tivera aulas em húngaro no ginásio de Pressburg (agora Bratislava, capital da Eslováquia), mas ele não aprendeu quase nada nelas e sempre tinha notas terríveis. Apenas a partir de 1835 as crianças de Raiding passaram a ter aulas de húngaro na escola. O próprio Liszt era fluente em alemão, italiano e francês; também tinha um pequeno domínio de inglês, mas seu húngaro era muito precário. Nos anos 70, quando todos os habitantes da Hungria foram forçados a aprender húngaro, Liszt tentou aprendê-lo, mas desistiu depois de algumas aulas. A nacionalidade de Liszt foi causa de muita intriga e discussão. De acordo com pesquisas, seu bisavô, Sebastian List (o pai de Liszt acrescentou a letra "z" ao sobrenome da família, e esta versão foi adotada pelo avô de Liszt), era um alemão que resolveu morar na Hungria no Séc.XVIII. Como a nacionalidade de uma pessoa nascida na Hungria na época era herdada, seu avô e seu pai, Georg List e Adam List também seriam alemães. Seguindo este raciocínio, Liszt também deveria ser considerado alemão. A mãe de Liszt era austríaca, e a cidade de Liszt hoje pertence à Áustria.

Acima: Liszt e amigos: Rossini, Marie D´Agoult, Berlioz, George Sand, Victor Hugo. Reparem no busto de Beethoven sobre o piano...

Hoje, ele é considerado alemão por algumas pessoas, mas quando perguntado sobre sua nacionalidade, Liszt sempre respondia com orgulho que era húngaro, mesmo sem sequer falar a língua; durante toda sua vida usou seu passaporte húngaro para viajar. Este fato fez com que ainda hoje a maioria pense que ele era completamente húngaro.

Início da vida

Era sonho do próprio Adam Liszt se tornar músico. Estudara Piano, Violino, Guitarra e Violoncelo. No inverno entre 1797 e 1798, enquanto estudava Filosofia na Universidade de Pressburg, ele estudou instrumentação com Paul Wigler; infelizmente, devido à sua falta de recursos financeiros, teve de desistir dos estudos. Logo no dia 1 de janeiro de 1798, ele passou a trabalhar para o Príncipe Nikolaus II Esterházy. Entre 1805 e 1808, ele trabalhou em Einsenstadt, onde o Príncipe Esterházy (que vivia em Viena) tinha uma casa de férias com uma orquestra. Até 1804 essa orquestra foi regida por Franz Joseph Haydn, e a partir desta data até 1811, por Johann Nepomuk Hummel. Em várias ocasiões, Adam Liszt tocou nela como segundo Violoncelista. Em 13 de setembro de 1807, a orquestra executou a Missa em Dó Maior de Ludwig van Beethoven, regida pelo próprio. Adam Liszt conhecia Haydn, Hummel e Beethoven. Para ele, os vienenses clássicos haviam atingido o nível de musicalidade mais alto.

O próprio Liszt, quando adulto e artisticamente maduro, freqüentemente falava que as experiências musicais mais importantes de sua infância foram as performances de artistas ciganos. Porém, o repertório que ele teve de estudar no Piano era bem diferente da música dos ciganos. Uma carta de 13 de abril de 1820 de Adam Liszt para o Príncipe Esterházy diz que ele comprou cerca de 8800 páginas de partituras dos maiores mestres da música. Durante os 22 meses que se seguiram, Liszt já havia estudado as obras mais tecnicamente complexas de Johann Sebastian Bach, Wolfgang Amadeus Mozart, Beethoven, Hummel, Muzio Clementi, Johann Baptist Cramer, dentre outros. Já que o garoto já havia ficado doente várias vezes, é impressionante saber que ele tocou todas estas obras, mas ele havia começado no verão de 1818, mais ou menos com sete anos. Progrediu extraordinariamente rápido. Em outubro de 1820, no velho cassino de Ödenburg, ele participiu de um concerto do Violinista Baron van Praun, este também um prodígio. Na segunda parte do Concerto, Liszt tocou um Concerto em Mi Bemol Maior de Ferdinand Ries, e uma improvisação dele mesmo, com muito sucesso.

Em novembro de 1820, Adam Liszt teve uma oportunidade ainda maior de mostrar ao público o dom de seu filho. Em Pressburg, a Dieta se encontrou pela primeira vez após um rompimento de 13 anos. Em 26 de novembro, Liszt deu um concerto para uma platéia de aristocratas e membros da alta sociedade. Um grupo de magnatas assegurou um pagamento anual de 600 Gulden durante seis anos para que o garoto pudesse estudar no exterior.

Adam Liszt já havia pedido ajuda ao Príncipe Esterházy em 4 de agosto de 1819 para educar seu filho. Nessa petição, ele estimou um gasto anual que ficaria entre 1300 e 1500 Gulden. Ele não esperava que o Príncipe fosse pagar essa quantia, mas também pediu uma posição em Viena. Assim, Adam poderia ganhar dinheiro por conta própria enquanto seu filho teria aulas com um grande mestre do Piano. A petição foi apoiada por Hofrat Johann von Szentgály, um oficial. Mas como não havia vagas para o trabalho em Viena, a petição foi negada pelo Príncipe. Os 600 Gulden oferecidos pelos magnatas em novembro de 1820 eram insignificantes comparados aos gastos de 1500 Gulden anuais. Nada aconteceu pelo próximo um ano e meio. Em 6 de maio de 1822, Adam Liszt pediu em uma petição por um ano de ausência. Quando o Príncipe aceitou esta, Adam Liszt já havia vendido tudo que ele possuía em Raiding. Em 8 de maio de 1822, a família Liszt foi para Viena.

Acima: Foto do Pianista Dihelson Mendonça

Em Viena, o jovem Liszt freqüentou aulas de Piano com o grande Carl Czerny, que fora aluno de Beethoven em sua juventude. Czerny comentou em seu "Lebenserinnerungen" (Memoires) que ficou impressionado com o talento de Liszt ao Piano, mas que o garoto não tinha qualquer conhecimento de dedilhados apropriados, e seu jeito de tocar era caótico. Czerny, de primeira, mostrou a Liszt algumas das Sonatas mais fáceis de Clementi e mandou tocá-las. O garoto tocou-as sem qualquer dificuldade, mas não entendia que tinha de trabalhar nos detalhes da execução e da expressividade. O professor e seu aluno também tinham opiniões diferentes quanto a dedilhados usados para as obras tocadas. Há boatos de que o garoto em uma tentativa de escapar das odiadas aulas escreveu dedilhados complexos e difíceis para as obras e os mostrou ao seu pai, alegando que eles haviam sido escritos por Czerny. Havia se tornado "óbvio" que Czerny não tinha noção do que manda seus alunos fazerem, e Liszt deveria parar de ter aulas com ele. Após isso, Adam Liszt conversou com Czerny e seu filho, e as aulas prosseguiram.

Pouco depois, Liszt foi ouvido em círculos privados. Sua estréia em Viena foi em primeiro de dezembro de 1822, em um concerto na "Landständischer Saal". Liszt tocou um Concerto em Lá Menor de Hummel e também uma improvisação numa Ária da Ópera de Rossini "Zelmira" e também o Allegretto da 7ª Sinfonia de Beethoven. Em 13 de abril de 1823, ele deu um concerto famoso na "Kleiner Redoutensaal". Dessa vez, tocou um Concerto em Si Menor de Hummel, variações de Moscheles e uma improvisação dele mesmo. Diz uma lenda que Beethoven ficou tão impressionado com a técnica e o virtuosismo precoce do garoto que o parabenizou no palco, dando-lhe um beijo na testa. Porém, algumas fontes dizem que Beethoven nem sequer subiu ao palco, e alguns registros de Beethoven mostram que ele não compareceu ao concerto.

A partir de julho de 1822, Liszt passou a ter aulas de composição com Antonio Salieri. De acordo com uma carta de Salieri ao Príncipe Esterházy que data de 25 de agosto de 1822, até então ele havia introduzido o garoto a alguns elementos da teoria musical. Mais aulas viriam depois destas. Já que os admiradores do garoto o tratavam como um novo Mozart ou Beethoven, Salieri havia aceitado uma tarefa nada fácil.

Na primavera de 1823, quando o ano de ausência concedido a Adam Liszt estava chegando ao fim, Adam Liszt pediu em vão ao Príncipe mais dois anos. Adam mais tarde pediu demissão ao Príncipe, e no fim de abril de 1823, a família voltou pela última vez à Hungria. Liszt deu concertos em Peste nos dias 1 e 24 de maio. Também participou de concertos nos dias 10 e 17 de maio no "Königliches Städtisches Theater" e em 19 de maio na "vergnügliche Abendunterhaltung" (uma tarde entretiva de música). Neste último evento, Liszt tocou um arranjo para Piano da Marcha de Rackózy, algumas danças húngaras e peças de Csermák, Lavotta e Bihari. No fim do mês, a família voltou a Viena.

Principais Obras

* 19 Rapsódias Húngaras para Piano (posteriormente orquestradas);
* 12 Estudos de Execução Transcendental;
* Sonata em Si Menor;
* Sinfonia Fausto;
* Sinfonia Dante;
* Concerto para Piano Nº1;
* Valsa Mephisto Nº1

Foi o criador do Poema Sinfônico, muito popular no século XIX. No campo da música sacra, salienta-se as 4 oratórias, S. Isabel, S.Stanislaus(incompleta), Christus, e a vanguardista Via Crucis. Escreveu duas sinfonias, a Sinfonia Dante, inspirada na Divina Comédia de Dante Alighieri, e a Sinfonia Fausto, composta por diferentes quadros que caracterizam as personagens de Fausto, do escritor romantico alemão Goethe. Liszt também possui inúmeros lieder, e peças para música de camara, das quais se deve destacar as para violino e piano.

A sua Sonata em Si menor, apesar de não ter agradado a Johannes Brahms, que diz ter adormecido durante a sua execução, é provavelmente a obra maior do compositor húngaro. Também muito populares são suas rapsódias húngaras para piano. A Rapsódia n.2, a mais conhecida delas, tornou-se muito popular até como trilha sonora de desenhos animados.

Fonte adicional: Wikipedia

Por: Dihelson Mendonça

Avião com 144 passageiros passa do destino nos EUA; pilotos alegam distração

Um voo da Northwest Airlines com 144 passageiros, que vinha de San Diego rumo a Minneapolis, perdeu contato com os controladores aéreos por mais de uma hora e passou seu destino em 241 km, disseram autoridades nesta quinta-feira. A Agência Nacional de Segurança nos Transportes disse que os dois pilotos do voo 188, um Airbus A320, disseram às autoridades depois de pousar na noite de quarta-feira que se distraíram durante "uma acalorada discussão sobre política da empresa aérea". A agência disse nesta quinta-feira que iria rever as informações de voo do avião e a gravação de vozes e entrevistar os pilotos. Entre outras questões, os investigadores vão analisar a fadiga da tripulação para ver se os pilotos estavam cansados. A Northwest é propriedade da Delta Air Lines. A investigação pode demorar vários meses para ser concluída. O avião estava voando a mais de 11 mil metros de altitude quando perdeu contato no rádio entre 20h e 21h15.

O vôo 188 estava 241 quilômetros além do destino final quando a tripulação restabeleceu as comunicações e pediu permissão para dar meia-volta, disseram as autoridades. A polícia do aeroporto subiu a bordo do avião em Minneapolis para garantir que não se tratava de um sequestro ou outra atividade criminosa, disse um porta-voz do Aeroporto Minneapolis-St Paul. Os militares ficaram em alerta durante todo o incidente e puseram caças de prontidão.

Fonte: Folha OnLine

IBOPE – Serra volta a crescer

O governador José Serra, de São Paulo, voltou para a casa dos 40% das intenções de voto em pesquisa nacional encomendada pelo PSDB e aplicada pelo Ibope entre os dias 1 e 5 do mês em curso. Foram ouvidas 2.002 pessoas. A margem de erro é de dois pontos percentuais. O Ibope montou dois cenários para a sucessão de Lula – um com Serra como candidato do PSDB e outro com Aécio Neves, governador de Minas. Os resultados:

Cenário 1

José Serra – 41%
Dilma Rousseff – 17%
Ciro Gomes – 16%
Marina Silva – 9%
Branco/Nulo – 9%
Não sabe – 8%
Não respondeu – 0%

Cenário 2

Ciro Gomes – 26%
Aécio Neves – 19%
Dilma Rousseff – 19%
Marina Silva – 11%
Branco/Nulo – 14%
Não sabe – 11%
Não respondeu – 0%

A intenção de voto em Serra é maior entre as mulheres (43%), os mais jovens (44%), as pessoas de menor escolaridade (45%) e as de renda mais elevada (43%). Por região, a preferência por ele é mais acentuada no Sudeste (45%) e no Sul (48%), sobretudo nos municípios do Interior (45%) e os de menor porte (45%). Cerca de 40% dos que consideram o governo Lula “ótimo” ou “bom” manifestaram a intenção de votar em Serra.

O Ibope simulou um eventual segundo turno para a escolha do futuro presidente.

Serra vence Dilma por 56% a 27%. E vence Ciro por 54% a 25%.

No confronto com Dilma, a vantagem de Serra cai para 16% no Nordeste (49% a 33%) e sobe para 36% no Sudeste (59% a 23%) e para 41% no Sul (63% a 22%).

No Nordeste, a diferença entre Serra e Ciro se reduz para 12% (44% a 32%). Mas no Sudeste cresce para 38% (58% a 20%) e no Sul para 36% (60% a 24%).

Como ocorre na intenção de voto no primeiro turno, em um possível segundo turno Serra tem um peso relativo maior entre as mulheres (57% contra Ciro e 59% contra Dilma), entre os mais jovens (57% contra Ciro e contra 63% contra Dilma) e entre os de renda mais elevada (58% contra Ciro e 58% contra Dilma).

Se no primeiro turno o maior percentual de intenção de voto em Serra é registrado entre os eleitores de menor escolaridade, na hipótese de segundo turno a situação se inverte e a sua maior preferência passa a ser entre os que têm curso superior (58% contra Ciro e 59% contra Dilma).

Quando o Ibope simula o segundo turno com Aécio no lugar de Serra, dá: Dilma 36%, Aécio 32%. Ou Ciro 39%, Aécio 29%.

Entre os possíveis candidatos à vaga de Lula, Serra é o mais conhecido. Dos entrevistados, 72% responderam que o conhecem “bem” ou “mais ou menos” – contra 61% que disseram o mesmo de Ciro, 45% de Dilma e 23% de Marina.

Serra tem o mais baixo índice de rejeição entre os possíveis candidatos. Apenas 21% dos entrevistados disseram que não votariam nele de jeito nenhum. Esse percentual é de 29% no caso de Ciro, 34% no de Dilma, 32% no de Aécio e 36% no de Marina.

O brasileiro está satisfeito com a vida que leva. Dos total de entrevistados, 80% disseram estar muito satisfeitos ou satisfeitos contra 20% que se dizem insatisfeitos ou muito insatisfeitos. O grosso dos satisfeitos ou muito satisfeitos está no Norte/Centro-Oeste (86%) e nos municípios menores com até 20 mil habitantes (83%). Espontâneamente, 18% citaram Lula como o candidato no qual “votariam para presidente da República se a eleição fosse hoje”. Tal percentual pula para 21% entre as pessoas de menor escolaridade.

O voto espontâneo em Serra é de 9%, em Dilma de 5%, em Aécio de 4%, em Ciro de 2%, e em Marina e na ex-senadora Heloísa Helena de 1%.

O desempenho de Lula é aprovado por 82% dos entrevistados. E seu governo é considerado ”ótimo” e “bom” por 72%.

Quanto à conduta do próximo presidente,

* 11% dos entrevistados responderam que gostariam que ele “mudasse totalmente o governo”;
* 32% que mantivesse só alguns programas do atual governo, “mas que mudasse muita coisa”;
* 28% que fizesse “poucas mudanças e desse continuidade a muita coisa”;
* e, finalmente, 29% que “desse total continuidade” ao governo Lula.”

Fonte: Blog do Noblat

ROMARIA DE FINADOS - Colina do Horto será restaurada - Reportagem: Elizângela Santos

Estátua do Padre Cícero, um dos locais mais visitados n as romarias em Juazeiro, está danificada (Foto: Elizângela Santos). O projeto de restauração, que inclui a Estátua do Padre Cícero, será lançado durante a Romaria de Finados

Juazeiro do Norte. A maior festa religiosa deste município será realizada de 28 de outubro a 2 de novembro. A perspectiva da Igreja é receber, na Romaria da Esperança, em memória de finados, mais de 500 mil romeiros. Ontem, se reuniram, no Círculo Operário São José, representantes de todas as secretarias municipais, setores da segurança pública, entidades classistas e a Igreja para os acertos finais da organização. Este ano, a Estátua do Padre Cícero, no Horto, completa 40 anos. O principal símbolo da religiosidade popular do Brasil necessita de restauração. Para isso, será lançado, no dia 1º (data do aniversário do símbolo), aos pés da estátua, um Programa de Restauração e Requalificação da Colina do Horto, uma parceria da Fundação Salesiana e administração municipal. O administrador do Horto, padre José Venturelli, se encontra em Brasília e há alguns meses vem pleiteando verba federal, por meio de projeto, para promover a recuperação. Durante a reunião da "Operação Romeiro", houve exposição dos diversos setores participantes de como irão atuar este ano. Na romaria de setembro, o Restaurante Popular chegou a duplicar o número de refeições. O programa será seguido principalmente nos dias de maior visitação dos fieis do Padre Cícero.

Um dos locais mais visitados neste período, além da Estátua do Horto e a Capela do Socorro, onde estão sepultados os restos mortais do Padre Cícero, é o Santuário dos Franciscanos, que faz uma programação especial para receber os romeiros. A abertura na Igreja dos Franciscanos será às 19 horas do dia 29. Já na Basílica de Nossa Senhora das Dores e no Socorro há uma programação destinada às missas durante o dia, devocionários e confissões e, às 15 horas, encontro com os romeiros no Círculo Operário São José. Todos os dias terá procissão, de 29 até o dia 1º de novembro, da Capela do Socorro para a Basílica. Uma das preocupações da saúde durante este período é com a temperatura na região, já que é o período mais quente do ano. Para isso, será realizado um trabalho especial de orientação em relação à alimentação e ingestão de muito líquido durante este período. A segurança receberá um reforço e atuará de forma integrada, com mais de 400 homens da Guarda Municipal, polícias Civil e Militar, além do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran).

Organização

Segundo o presidente da Comissão de Romaria, Cláudio Luz, a meta é manter a mesma organização das barracas e do trânsito de setembro, incluindo os Franciscanos, já que a grande movimentação de romeiros acontece também em volta do Santuário. Pela tradição, os ônibus e caminhões que chegam à cidade fazem a volta, por três vezes, com buzinaço, na Estátua de São Francisco. A prioridade, conforme ele, é dar prioridade aos comerciantes informais de Juazeiro do Norte e região. O padre Paulo Lemos ressaltou o trabalho que foi feito na romaria de Nossa Senhora das Dores, principalmente da segurança, que funcionou bem, mas ressalta a importância da permanência dos serviços, já que a romaria começou em setembro e permanece até o mês de fevereiro, sendo que há os grandes momentos, como em novembro. Ele destaca, por exemplo, que no Natal já acontece uma grande romaria. Destacou que as mudanças agradaram os romeiros, principalmente nos espaços das calçadas da Praça dos Romeiros, que ficaram livres.

Já a coordenadora da Pastoral das Romarias, Annete Dumoullin, disse que uma das preocupações tem sido principalmente em relação aos ranchos e pousadas. "É preciso descobrir uma forma de fiscalizar e criar uma lei para isso. Há exagero nos preços e o atendimento é uma vergonha". Segundo ela, nem todos os proprietários de ranchos agem assim, mas muitos até tratam os romeiros como animais. Outro ponto é a fiscalização dos alimentos. "Há quentinhas com carne de até quatro dias", diz ela.

Mais informações
Secretaria de Paróquia
Rua Padre Cícero, 147
Centro, Juazeiro do Norte
(88) 3511.2202


ELIZÂNGELA SANTOS
Repórter do Jornal Diário do Nordeste
Colaboradora do Blog do Crato e Jornal Chapada do Araripe

Previsão do Tempo e Almanaque - 23 de Outubro de 2009

Bom dia, meus amigos e amigas do Blog do Crato, nesta bela manhã do dia 23 de Outubro de 2009. Ontem foi comemorado na música o dia do maior pianista da história, Franz Liszt. Hoje eu faço uma pequena homenagem a esse grande mestre, que no século XIX, plantou as sementes da música do futuro, influenciando sobremaneira os que lhe sucederam, como Claude Debussy, Maurice Ravel, Godowsky, além de tantos outros. Como ser humano foi formidavel, ajudando os colegas como Chopin, de quem era muito amigo, Berlioz, Rossini, e foi grças a Liszt que Richard Wagner, considerado o "Colosso de Bayreuth" conseguiu se tornar o que representa hoje para a música erudita. Na homenagem, eu toco uma de suas composições mais conhecidas: A Rhapsódia Húngara número 15, mais conhecida como Marcha Rakoczi.

Previsão do tempo

A previsão do tempo apra hoje, dia 23, não muda. Teremos dia de sol, com algumas núvens. Não chove. Temperatura máxima de 31 e mínima de 18. Informa o site Climatempo.

ALMANAQUE

23 de outubro. Dia de São João de Capistrano

João nasceu no dia 24 de junho de 1386, na cidade de Capistrano, próximo a Áquila, no então reino de Nápoles, atual Itália. Era filho de um conde alemão e uma jovem italiana. Tornou-se um cidadão de grande influência em Perugia, cidade onde estudou direito civil e canônico, formando-se com honra ao mérito. Lá se casou com a filha de outro importante membro da comunidade e foi governador da cidade, quando iniciava a revolta contra a dominação do rei de Nápoles. Como João de Capistrano era muito respeitado e julgava ter amigos entre adversários, aceitou a tarefa de tentar um diálogo com o rei. Mas estava enganado, pois, além de não acreditarem nas suas propostas, de paz eles o prenderam. Ao mesmo tempo, recebeu a notícia da morte de sua esposa. João tinha trinta e nove anos de idade. Nessa ocasião tomou a decisão mais importante de sua vida. Abriu mão de todos os cargos, vendeu todos os bens e propriedades, pagou o resgate de sua liberdade e pediu ingresso num convento franciscano. Mas também ali encontrou a desconfiança do seu propósito. O superior, antes de permitir que ele vestisse o hábito, o submeteu a muitas humilhações, para provar sua determinação. Aprovado, apenas um ano depois era considerado um dos mais respeitados religiosos do convento. Aliás, Ordem que ele próprio colaborou para reformar.

Desde então sua vida foi somente dedicada ao espírito. Durante trinta anos fez rigoroso jejum, duras penitências e se dedicou às orações. Trabalhou com energia, evangelizando na Itália, França, Alemanha, Áustria, Hungria, Polônia e Rússia. Tornou-se grande pregador e os registros mostram, que, após sua pregação, muitos jovens decidiam entrar na Ordem de São Francisco de Assis. Foi conselheiro de quatro papas. Idoso, defendeu a Itália numa guerra que ajudou a vencer. A famosa batalha de Belgrado, contra os invasores turcos muçulmanos.

João de Capistrano contava setenta anos de idade, quando um enorme exército ameaçava tomar toda a Europa, pois já dominava mais de duzentas cidades. O papa Calisto III o designou como pregador de uma cruzada, que defenderia o continente. Com ele à frente, os cristãos tiveram de combater um exército dez vezes maior. A guerra já estava quase perdida e os soldados estavam a ponto de desfalecer, quando surgiu João animando a todos, percorrendo as fileiras e mantendo-os estimulados na fé em Cristo. Agiu assim durante onze dias e onze noites sem cessar. Espantados com a atitude de João, os guerreiros muçulmanos apavoraram-se, o exército se desorganizou e os soldados cristãos dominaram o campo de batalha até a vitória final.

Vitória que, embora preferisse manter o anonimato, foi atribuída a João de Capistrano. Depois disso, retirou-se para o Convento de Villach, na Áustria, onde morreu três meses depois, no dia 23 de outubro de 1456. O seu culto se mantém vivo até os nossos dias, sendo celebrado no dia de sua morte tanto no Oriente e como no Ocidente. Foi canonizado em 1724 pelo papa Bento XIII. João de Capistrano é o padroeiro dos juízes.

Eventos históricos

* 4004 a.C. - Segundo o irlandês James Ussher, a Terra começou a ser criada às 9 horas deste dia.
* 42 a.C. - Segunda batalha de Philippi: Brutus é definitivamente derrotado, pondo fim à causa republicana.
* 425 - Com apenas seis anos, Valentiniano III ascende ao trono romano do ocidente
* 1685 - Luis XIV da França revoga o Édito de Nantes com o Édito de Fontainebleau
* 1867 - Questão Romana: falha tentativa de insurreição em Roma em favor da unificação da Itália (veja também Risorgimento)
* 1906 - Santos Dumont faz, em Bagatelle, vôo de cerca de 50 metros com o 14-Bis, conquistando a Taça Archdeacon, sendo considerada a primeira vez que uma aeronave desliza e decola utilizando apenas suas próprias forças.
* 1917 - Primeira Guerra Mundial: cargueiro brasileiro Macau é torpedeado por um submarino alemão
* 1943 - Publicado pela primeira vez na revista O Cruzeiro o quadrinho do personagem Amigo da Onça
* 1944 - II Guerra Mundial: Batalha do Golfo de Leyte, é a maior batalha naval da história em que a Marinha Americana impõe pesada derrota a Marinha Imperial Japonesa.
* 1953 - O estado de Santa Catarina homenageia a simbologia republicana inserindo o barrete frígio em sua bandeira
* 1973 - A mezzo-soprano Shirley Verrett entrou para a história do canto lírico ao desempenhar, na mesma récita, as duas heroínas de Les Troyens (Bizet), Cassandra e Dido.

Nascimentos

* 1817 - Pierre Larousse, gramático e enciclopedista francês (m. 1875)
* 1853 - Capistrano de Abreu, historiador brasileiro (m. 1927)
* 1937 - Carlos Lamarca, militar e guerrilheiro brasileiro. (m. 1971)
* 1940 - Pelé, ex-futebolista brasileiro.
* 1950 - Harry Sacksioni, compositor e violonista holandês.
* 1960 - Randy Pausch, cientista da computação norte-americano.
* 1976 - Ryan Reynolds, ator canadense.

Falecimentos

* 1872 - Théophile Gautier, poeta francês (n. 1811);
* 1986 - Edward Adelbert Doisy, bioquímico norte-americano (n. 1893);
* 1990 - Honorato Piazera, bispo católico (n. 1911)
* 1993 - Euryclides de Jesus Zerbini, pioneiro na cirurgia cardíaca no Brasil (n. 1912).
* 2002 - Nathan Juran, cineasta estadunidense nascido na Áustria-Hungria (n. 1907).

Feriados e eventos cíclicos

* Dia da Aviação e do Aviador no Brasil
* Signos do zodíaco: Escorpião


HOJE NA HISTÓRIA

Hoje é Aniversário de Pelé

Edison Arantes do Nascimento KBE (Três Corações, 23 de outubro de 1940), conhecido como Pelé, é, trinta anos após sua retirada dos campos, o mais famoso futebolista brasileiro e mundial. É considerado por muitos como o maior jogador da história do futebol. Recebeu o título de Atleta do Século de todos os esportes em 15 de maio de 1981, eleito pelo jornal francês L'Equipe. No fim de 1999, o Comitê Olímpico Internacional, após uma votação internacional entre todos os Comitês Olímpicos Nacionais associados, também elegeu Pelé o "Atleta do Século".

Biografia

Filho de dona Celeste Arantes e de João Ramos do Nascimento, conhecido futebolista no sul de Minas Gerais, alcunhado Dondinho, em 1945, mudou-se com a família para Bauru (São Paulo). O nome "Edison" foi escolhido pelo pai para fazer uma homenagem ao inventor Thomas Edison Ainda criança manifestou a vontade de ser futebolista. Ironicamente a alcunha "Pelé" que serviu para identificar o jogador considerado o maior goleador de todos os tempos teve origem num goleiro. Em 1943 o pai de Pelé jogava no time mineiro do São Lourenço. Pelé, que então tinha três anos, ficava bastante impressionado com as defesas do goleiro da equipe do pai e gritava: "Defende Bilé". As pessoas próximas começaram a chamá-lo de "Bilé". Muitas crianças colegas do garoto Edison tinham dificuldade em pronunciar "Bilé" e com o tempo o apelido virou "Pelé". Com onze anos já jogava em um time infanto-juvenil, o Canto do Rio, cuja idade mínima para participar era de treze anos. O pai então o estimulou a montar o seu próprio time: chamou-o Sete de Setembro. Para adquirir material, como bolas e uniformes, os garotos do time chegaram a roubar produtos nos vagões estacionados da Estrada de Ferro Sorocabana para vender em entrada de cinema e praças. Um fato que destacou a importância de Pelé no exterior foi quando de sua visita a África em 1969. No transcorrer da guerra civil na África, para que Pelé e o time do Santos FC transitassem em segurança entre Kinshasa e Brazzaville, as forças rivais declararam a interrupção das agressividades, chegando a ocorrer, numa região de fronteira, a transferência da delegação sob tutela de um exército para o outro.

Este fato fez lembrar o sonho do Barão Pierre de Coubertin ao fazer renascer os Jogos Olímpicos no século XX. Pois era costume na Grécia Antiga a decretação de um armistício quando da realização dos jogos olímpicos da época. Pelé começou sua carreira no Santos FC, em 1956 e disputou sua primeira partida internacional com a seleção brasileira dez meses depois. Nos anos 60 foi convidado para jogar fora do Brasil, na Europa, mas preferiu ficar no seu clube de coração, o Santos. Professor de Educação Física, formado em 1974, pela Faculdade de Educação Física de Santos (Universidade Metropolitana de Santos)

Na década de 1980, namorou a então aspirante a modelo Xuxa, sendo considerado o principal responsável pela projeção inicial da mesma na midia. O mesmo período em que foram lançadas filmagens de Xuxa em um filme erótico chamado Amor, Estranho Amor. O filme com cenas polêmicas de Xuxa teve a exibição embargada na Justiça Brasileira anos depois, por iniciativa da própria atriz, que se tornara famosa e rica na TV e brasileira atuando como apresentadora infantil, e não por Pelé. Foi ministro dos Esportes do Brasil de 1995 a 1998. Nessa época aprovou mudanças na Lei Zico, que passou a ser conhecida como Lei Pelé. A legislação, muito criticada pelos dirigentes de clubes brasileiros, na verdade segue em linhas gerais as diretrizes internacionais da FIFA para contratação de jogadores. Em 2000, na conturbada eleição de Melhor Jogador do Século da FIFA, Pelé foi aclamado como o melhor de todos os tempos, a frente do craque argentino Diego Maradona. Em 3 de março de 2004, revelou uma lista contendo os cem melhores jogadores de futebol vivos. Lista esta que gerou polêmica, e críticas de vários seguimentos da mídia, de jogadores, e intelectuais do futebol mundial.

Em maio de 2005, Pelé ganhou espaço no noticiário por conta da prisão de seu filho Edson Cholbi Nascimento, o Edinho, autuado sob suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas.

Fontes: Climatempo, 10emTudo, Edições paulinas, Wikipedia

Pensamentos I - Fernando Pessoa


Posso ter defeitos, viver ansioso
e ficar irritado algumas vezes mas
não esqueço de que minha vida é a
maior empresa do mundo, e posso
evitar que ela vá à falência.

Ser feliz é reconhecer que vale
a pena viver apesar de todos os
desafios, incompreensões e períodos
de crise.

Ser feliz é deixar de ser vítima dos
problemas e se tornar um autor
da própria história. É atravessar
desertos fora de si, mas ser capaz de
encontrar um oásis no recôndito da
sua alma.

É agradecer a Deus a cada manhã
pelo milagre da vida.

Ser feliz é não ter medo dos próprios
sentimentos.

É saber falar de si mesmo.

É ter coragem para ouvir um "não".

É ter segurança para receber uma
crítica, mesmo que injusta.

Pedras no caminho?

Guardo todas, um dia vou construir
um castelo…

Fernando Pessoa

Pensamentos II - Pablo Neruda



É Proibido

É proibido chorar sem aprender,
Levantar-se um dia sem saber o que fazer
Ter medo de suas lembranças.

É proibido não rir dos problemas
Não lutar pelo que se quer,
Abandonar tudo por medo,

Não transformar sonhos em realidade.
É proibido não demonstrar amor
Fazer com que alguém pague por tuas dúvidas e mau-humor.
É proibido deixar os amigos

Não tentar compreender o que viveram juntos
Chamá-los somente quando necessita deles.
É proibido não ser você mesmo diante das pessoas,
Fingir que elas não te importam,

Ser gentil só para que se lembrem de você,
Esquecer aqueles que gostam de você.
É proibido não fazer as coisas por si mesmo,
Não crer em Deus e fazer seu destino,

Ter medo da vida e de seus compromissos,
Não viver cada dia como se fosse um último suspiro.
É proibido sentir saudades de alguém sem se alegrar,

Esquecer seus olhos, seu sorriso, só porque seus caminhos se
desencontraram,
Esquecer seu passado e pagá-lo com seu presente.
É proibido não tentar compreender as pessoas,
Pensar que as vidas deles valem mais que a sua,

Não saber que cada um tem seu caminho e sua sorte.
É proibido não criar sua história,
Deixar de dar graças a Deus por sua vida,

Não ter um momento para quem necessita de você,
Não compreender que o que a vida te dá, também te tira.
É proibido não buscar a felicidade,

Não viver sua vida com uma atitude positiva,
Não pensar que podemos ser melhores,
Não sentir que sem você este mundo não seria igual.

Pablo Neruda

Coincidências Existem ? - Mistérios da História - Você conseguiria explicar isto ?

Coincidências Existem ???

NE - Dedicado a Emerson Monteiro, Pachelly Jamacaru, Dr. José Flávio Vieira, Darlan Reis, José Milton Arraes, José Nilton Mariano, Armando Rafael, Carlos Rafael, Salatiel, e Mônica Araripe.

Pergunte a um professor de história se ele ou ela consegue explicar isto… eu acho que não vão conseguir.

Abraham Lincoln foi eleito para o Congresso em 1846.
John F. Kennedy foi eleito para o Congresso em 1946.

Abraham Lincoln foi eleito Presidente em 1860.
John F. Kennedy foi eleito Presidente em 1960.

Ambos se preocupavam muito com, sobretudo, os direitos civis.
Ambas as suas esposas perderam crianças enquanto estavam na casa branca.

Ambos os Presidentes foram assassinados numa sexta-feira.
Ambos os Presidentes levaram um tiro na cabeça.

E agora é que se torna mais estranho:

O secretário de Lincoln chamava-se Kennedy,
O secretário de Kennedy chamava-se Lincoln.

Ambos foram assassinados por alguém dos estados do sul.
Ambos os Presidentes foram sucedidos por um homem do sul chamado Johnson.

Andrew Johnson, que sucedeu a Lincoln, nasceu em 1808.
Lyndon Johnson, que sucedeu a Kennedy, nasceu em 1908.

John Wilkes Booth, que assassinou Lincoln, nasceu em 1839…
Lee Harvey Oswald, que assassinou Kennedy, nasceu em 1939…

Ambos os assassinos eram conhecidos pelos seus 3 nomes.
Ambos os seus nomes eram formados por 15 letras.

E outra:

Lincoln foi assassinado num teatro chamado “Ford”
Kennedy foi assassinado num carro da marca Lincoln, feito pela “Ford”

Lincoln foi assassinado num teatro e o seu assassino correu para um armazém para se esconder.
Kennedy foi assassinado a partir dum armazém e o seu assassino fugiu para um teatro e escondeu-se lá.

Booth e Oswald foram assassinados antes do seu processo.

E aqui vai a cereja no topo do bolo….

1 semana antes de Lincoln ser assassinado, ele esteve em Monroe, no estado de Maryland
1 semana antes de Kennedy ser assassinado, ele esteve com Marilyn Monroe.

Quem é que pesquisou tudo isto?

Incrível:

1) Dobra uma nota de $20 em duas partes…

2) Volte a dobrar e dobre exatamente como na imagem abaixo.

3) Dobra a outra parte tal e qual como aqui.



4) Agora vire.

Que coincidência! um simples dobrar geométrico duma nota de $20 revela uma catástrofe, visível em todas as notas de 20 dólares!!!

Coincidência?

Se isto ainda não fosse suficiente, olha isso:


Primeiro: o Pentágono pegando fogo…


Depois, as Torres Gêmeas

E olha aqui… !!

Três desastres numa nota de $20?

Desastre 1 (Pentágono)
Desastre 2 ( Torres Gêmeas )
Desastre 3 (Osama)???

E ainda se torna melhor: 11 + 9 = $ 20 !!

(11/9 = onze de Setembro, o dia dos ataques às Twin Towers e ao Pentágono)

Estranho, hein?

Isto é uma lição de história, sobre a qual as pessoas não se importam de ler!

Texto enviado por E-mail

Quem ainda não conhece, não pode deixar de ir... é linda demais... Jericoacoara !


"Jerimoon Tour"

Para que esses seus momentos sejam marcantes, procurem pelos serviços da agência a "Jerimoon Tour", que lhe oferece as melhores opções em Hotéis, Pousadas, Passeios, Bares, Restaurantes, enfim, as infinidades de serviços disponíveis em Jeri, para os seus melhores momentos. Daqui, podemos intermediar passeios para a Lagoa do Paraíso, Azul, Tatajuba e Mangue Seco. Você poderá ainda conhecer os fantásticos Lençóis Maranhenses e o Delta do Parnaíba, saindo de Jericoacoara, com a maior tranqüilidade. Portanto, esteja em contato conosco e tenha as vantagens de desfrutar desses serviços sem preocupações, através do telefone (088) - 8816-1611, falar com DANIEL SOARES ainda através do e-mail: jerimoontour@hotmail.com

Texto enviado por e-mail por : Wilton Dedê
( Informamos que alguns autores estão enfrentando dificuldades de postagem, ainda que devidamente cadastrados no Blog. Estou tentando resolver o problema )

Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30