xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 22/10/2009 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

22 outubro 2009

Juazeiro versus Crato - Repasses Federais ( Julho e Agosto )

Image23

Apoio Financeiro aos Municípios - AFM. Dados fornecidos pela Confederação Nacional dos Municípios. Vejam que mesmo cidades como Itapipoca, irão receber quase 500.000 reais da união.

O Prefeito Samuel Araripe já está nesse momento em Brasília, tentando conseguir recursos para contornar a crise de repasses para o Crato. Falou ontem em entrevista, que lamenta profundamente que servidores públicos tenham sido demitidos, bem como o corte de gratificações de funcionários, mas isso era fundamental nesse momento, a fim de equilibrar a folha de pagamentos e não atrasar, como já está acontecendo em inúmeros municípios cearenses. E que espera que já em Janeiro, o pessoal que foi exonerado possa voltar ao trabalho, quando acredita que os repasses do governo federal tenham voltado à níveis aceitáveis.

Por: Dihelson Mendonça
Assessoria de Imprensa - Prefeitura Municipal do Crato

Queda de Repasses do Governo Federal prejudica os Municípios Brasileiros

Entendendo a Crise nos Municípios Brasileiros com a Queda de repasses do Governo Federal

NE - Elaborei um método bastante simples para que o leitor comum possa entender a crise porque passam os municípios brasileiros, com a grande queda de repasses da união. Essa queda, atribuída à crise mundial que se instalou no início do ano, já mostra, segundo a Confederação Nacional de Municípios, sinais de arrefecimento, mas enquanto isso, os reflexos são percebidos. No Crato, por exemplo, o prefeito Samual Araripe, teve que exonerar na semana passada, mais de 150 funcionários públicos, a fim de equilibrar as finanças. Segundo o prefeito, essa medida impopular e cruel foi necessária para que se pudesse garantir a integridade da folha de pagamentos. Conforme o leitor poderá ver nos gráficos abaixo, da confederação nacional dos municípios, estes já acumulam uma perda enorme em relação aos outros anos. Na verdade, o município tem cumprido a sua parte, bem como os estados. O problema se encontra nos repasses federais que compõe o FPM -Fundo de participação dos municípios.

Image1


Image16


Image2


Image3

Como se pode ver no gráfico abaixo, os municípios têm cumprido a sua parte:

Image4

Os Estados também tem aumentado a sua arrecadação de impostos, a fim de garantir os investimentos:

Image5

O Estado do Ceará, por exemplo em ICMS só no primeiro semestre, teve um aumento de 6.23% em relação ao primeiro semeste de 2008:

Image6



Image7

Aqui está o Problema: Os Repasses Federais:

Image8

Um exemplo, a CIDE, Contribuição de Intervenção de Domínio Econômico, que era usada para construção de calçamentos e pequenas obras, caiu 67,7 por cento !

Image9



Image10

Os Roylaties de Petróleo, que contemplam os municípios, mesmo os que não necessariamente o produzam, caíram 30,16 por cento:

Image11

Investimentos municipais - Queda de 12,7 por cento:


Image13



Image14

E aí está a BOMBA - Crato recebeu ZERO de Apoio Financeiro aos Municípios. tabela do própria Confederação Nacional dos Municípios. Dos municípios do Ceará, apenas uns 6 ficaram de fora. O Crato é um deles. Daí o corte necessario em diversos setores, inclusive na exoneração de funcionários públicos:

Image15

Fonte: Confederação Nacional dos Municípios
Reportagem: Dihelson Mendonça

Festival da Canção projeta o Crato no Cenário Cultural Nacional !


NE - Há 4 anos, o Crato não tinha sequer Secretaria de Cultura. Hoje, o II Festival da Canção de Crato, adquire projeção Nacional e reúne milhares de pessoas.


Recuperar todos os eventos culturais importantes que o Crato já teve, como os grandes Festivais, e os Salões de Outubro a fim de reabilitar o Crato como o centro cultural e artístico da região do Cariri. Esta é a meta do Governo Municipal Samuel Araripe. Acontece por esses dias, o II Festival da Canção, e desta feita, com um projeto arrojado da administração, mesmo com todas as dificuldades recentes da queda de repasses do governo federal, não deixou por menos. Segundo o prefeito Samuel Araripe "A Cultura tem prioridade, pois nossa cidade é conhecida internacionalmente como berço da cultura no cariri e um verdadeiro celeiro cultural. Não podemos nos furtar, mesmo nesses tempos difíceis, de dar todo apoio a qualquer iniciativa que eleve o Crato culturalmente".

Tendo à frente a competente secretária Danielle Esmeraldo, que conseguiu a duras penas o patrocínio de não menos que O Banco do Nordeste, SESC, TV Verdes Mares, do Grupo Edson Queiroz, além de mais de uma dezena de outras empresas da região do Cariri, tornou realidade este grande evento, que começou no ano passado de forma ainda modesta, com parcos recursos, e já em sua segunda edição adquire ares de festivais do porte do Festival de Jazz & Blues de Guaramiranga, lá pelo seu segundo ou terceiro ano. Neste ano, o "Festival Cariri da Canção" possui uma fase local e outra nacional. Os grandes talentos da nossa terra são valorizados, a começar pela excelente banda que acompanha o evento, com alguns dos melhores músicos da região. O Juri é formado por veteranos na música, como o cantor Davi Duarte, o cantor João do Crato, e o grande clarinetista e maestro Manoel Galdino. Na noite de ontem, com a apresentação de 10 composições, houve uma presença recorde de público como jamais visto em qualquer festival de Música Popular Brasileira de qualidade aqui no Crato. No largo da RFFSA se acotovelavam milhares de pessoas, a maioria de jovens, que se deliciavam ao sabor da boa música.

NE - É disso que a juventude do Crato precisa! de exemplos edificantes. De grandes investimentos nas áreas de educação e cultura. O Centro Cultural do Araripe já foi uma grande conquista para uma cidade que há 4 anos sequer possuía uma secretaria de cultura, e hoje retoma o seu desenvolvimento artístico e cultural, com a promoção de eventos em seus vários auditórios e teatros. Parcerias são feitas com o BNB, SESC e SEBRAE a fim de tornar realidade uma agenda cultural que faça jus ao Crato que é definitivamente, o berço e o lar das artes e da cultura no Cariri.

Cobertura Fotográfica:

Image3

A grande realizadora do evento: Secretária de Cultura Danielle Esmeraldo

IMG_5637

Mega-Estrutura - Prefeito Samuel Araripe ao lado da Secretária, abrem festival

IMG_5680

Apresentadores

Dsc03562

O grande cantor Davi Duarte, que fez show ontem, é também um dos jurados.

Dsc03556


Dsc03569

Milhares de pessoas lotaram o Largo da RFFESA no Centro Cultural do Araripe

Dsc03580

Banca de Jurados

IMG_5693



IMG_5697



IMG_5694



IMG_5652

O veterano "Lifanco", integrante da banda que acompanha o Festival

IMG_5658

Acoma: Um dos maiores contrabaixistas do Brasil - João Neto - toca no Festival

Reportagem e Fotos: Dihelson Mendonça

As transferências do Governo Federal - Por: José Nilton Mariano Saraiva

Ainda com relação às transferências de recursos do Governo Federal (através dos seus diversos órgãos) para o município do Crato (não necessariamente para a Prefeitura), disponibilizamos, abaixo, ano-a-ano, o valor das ditas-cujas.
Em 2004: R$ 45.979.334,66
Em 2005: R$ 48.599.296,41
Em 2006: R$ 57.838.396,86
Em 2007: R$ 70.991.267,34
Em 2008: R$ 86.404.650,73
Em 2009: R$ 55.109.725,83 (até aqui)
Total: R$ 364.922.671,83

Trata-se de um trabalho extraordinário – que os críticos do atual Presidente da República deveriam procurar conhecer pormenorizadamente, a fim de entenderem o que vem a ser transparência - já que contemplando, em mínimos detalhes (saúde, educação, turismo, etc), todas as transferências de recursos para ESTADOS E RESPECTIVOS MUNICÍPIOS, de todo o país (um a um).

**************************
Post Scriptum: Como a cidade de Juazeiro do Norte conta com o imprescindível respaldo e apoio do “componente político” na alavancagem e implementação de empreendimentos diversos, as transferências para lá, no mesmo período, atingiram R$ 625.493.310,40.

Fonte: Goverrno Federal - Postagem: José Nilton Mariano Saraiva

Capa da revista "Aventuras na História", editora abril - novembro 2009


Saudade da fonte luminosa - por Pedro Esmeraldo

Quando pequeno, não me lembro bem do ocorrido, argioso para conhecer a fonte luminosa, meu pai mandou uma mulherzinha de sua confiança para mostrar-me essa fonte localizada na Praça Francisco Sá, Nesta cidade. Vislumbrava-me com o farfalhar das águas multicoloridas, causava-me admiração ao ouvir o barulho, imaginando como o homem tem o poder de fazer tanta beleza desta arte que a todos deixavam embevecidos ao ver o espetáculo candente da natureza. Ficava entusiasmado e não podia imaginar que o Crato de antigamente houvesse tanta beleza técnica que viesse enaltecer o cidadão comum, através de uma administração sóbria e dardejante, do prefeito Alexandre Arraes. Era uma fonte moderna que jorrava água e fazia vibrações sonoras com seus movimentos muito rápidos que fremia a mente humana com o movimento periódico das águas. Em uma hora, entusiasmado, ouvia um vozerio falante dizendo que aquela fonte era semelhante à fonte existente na Praça Paris, no Rio de Janeiro. Fiquei perplexo pois não compreendia o significado desta palavra, até quando, estava em meu estudo mais adiantado, fiquei sabendo que no Rio de Janeiro havia uma fonte luminosa semelhante a essa, pois serviu de modelo para conclusão deste melhoramento aqui da cidade do Crato.

Muito tempo depois, após a morte do prefeito Alexandre Arraes, "o grande prefeito de outrora", desprezaram essa fonte para a tristeza dos cratenses. Não se sabe porque motivo essa fonte foi abandonada. Talvez, devido ao seu elevado custo, pois a prefeitura não podia continuar conservando esse património turístico do Crato. Tempos depois, em plena comemoração do Centenário da Criação do Município do Crato, o ex-prefeito Pedro Felício construiu outra fonte, não tão bonita quanto a primeira, mas serviu para atenuar o desejo do povo, pois todos almejavam que esta cidade fosse contemplada com obras primas e que viessem vislumbrar o anseio deste povo. Infelizmente, não teve sucesso causado talvez pelos mesmos motivos citados acima, já que os ônus da prefeitura são muito elevados e o município é pobre e não tem fontes próprias para adquirir recursos suficientes para a manutenção de monumentos turísticos que venham contornar o ânimo do povo. Por isso, o Crato vem sofrendo as agruras do péssimo atendimento das autoridades do estado, visto que tem o interior como um símbolo de atraso e que não merece nenhum investimento para melhorar a qualidade de vida e o aperfeiçoamento turístico do nordeste. Neste caso, devia haver uma reação de toda população interiorana, mostrando que tudo é Brasil e merece melhores atenções do comando administrativo do Crato.

Texto de Pedro Esmeraldo

Carta aberta ao CREA seção Cariri - Por: Alessandra Bandeira


Senhor Cícero Leite,

Cansada de tentar por telefone resolver meu problema que é uma questão simples, venho à público mostrar a ineficiência e incompetência deste órgão que "deveria " fiscalizar obras e nada faz , mas na hora de arrecadar contribuições de arquitetos e engenheiros funciona maravilhosamente bem. O caso é que há 2 meses, sim 60 dias, fiz uma denúncia sobre uma obra irregular na rua padre sucupira , no centro do Crato, o fiscal havia me informado que estava tentando resolver mas estava complicado pois, não sabia o nome do proprietário , mas que iria no cartório resolver a questão.Passados 2 meses nada foi feito a obra continua em pleno vapor.

Uma obra onde os pedreiros não usam equipamentos de segurança, onde a estrutura física está sendo totalmente mudada, já que a casa de térrea esta passando a ser de andar, e qualquer um que tenha conhecimento dessas casas aqui da rua sabem que elas não possuem colunas, a calçada está servindo de deposito de material de construção e de entulho sem que possua nenhum tipo de isolamento, ou seja se um pedestre estiver passando ele pode sofrer lesões causadas pelo entulhos e pedaços de telhas , rebocos e tijolos caem na rua e dentro de minha casa, já que não há tela de segurança.

Então me pergunto o que será necessário acontecer ?
Para se ter ideia um pedaço de tijolo caiu dentro de minha garagem cortando a face de minha cadela, e se tivesse sido na cabeça de meu filho?
Será necessário acontecer uma trágedia para que o senhor e ou seus funcionários se movam?
Que explicação o senhor vai dar pela sua omissão?
Se fosse seu vizinho e estivesse colocando a vida do senhor e de seu filho em perigo será que o senhor já não teria descoberto o nome do proprietário?
Se fosse no Granjeiro ou a casa de um ricaço de família tradicional será que o senhor já não teria autuado?

Como cidadã recorro a vocês por querer ver uma lei sendo cumprida, mas não, eu que estou dentro do meu direito, tenho que me calar e sentir o tamanho do descaso e da omissão de vocês.
Impunidade essa é a sensação que sinto nesse momento! Todo dia ensino ao meu filho de nove anos que devemos respeitar o espaço dos outros, que devemos andar dentro da lei, mas o que será que meu filho sente ao ver que um órgão que deveria nos defender se cala?
Estou levando essa denúncia a ouvidoria do CREA nacional , tentei de todas as formas conseguir que meus direitos fossem respeitado mas ligo para seu celular que só da desligado, no CREA o senhor raramente vai, segundo sua funcionária Simone, então meu caro me diga , explique para nós cidadãos que pagam seus impostos que respeitam leis , por que tanta morosidade num caso tão simples? Então senhor Cícero o que é preciso para que o CREA cumpra seu dever? Encontrar o endereço do cartório?

Por Alessandra Bandeira

V Feijoada com Pequi da AFAC - Associação dos Filhos e Amigos do Crato




AFAC - Associação dos Filhos e Amigos do Crato, convida a todos os Cratenses (de nascimento ou adoção) a se fazerem presentes a mais um encontro com os amigos na já tradicional:



FEIJOADA COM PEQUI ANO V
Durante o evento teremos uma roda de samba
Contamos com a presença de todos. Repassem para os amigos. Convide-os.
Local: Sitio MAPURA (Mapurunga), na Lagoa Redonda, (Veja o mapa anexo)
Data: 07/11/09
Horário: A partir de 12:00h
Adesão: R$ 10,00
Contatos para informações e aquisição do convite:
LUIS LIMA 85 96217016 lcsantos@yahoo.com
WILTON DEDÊ 85 96123936 djerimoon@yahoo.com.br
PEDRO JORGE 99889911 Pedro.jorgecruz@hotmail.com
DILMA GIRÃO 85 99070968 dilmagirao@oi.com.br
Divulge - Participe

Juazeiro: Vigilância epidemiológica e atenção básica fazem bloqueio contra caso de meningite - Por Beto Fernandes

A união de esforços para efetuar bloqueio de um caso de meningite meningocócica registrado em Juazeiro do Norte foi maior que a onda de especulações efetuada por alguns setores da mídia. Durante o dia de ontem em ação conjunta da Vigilância Epidemiológica e coordenadoria da atenção básica houve um grande trabalho realizado no Bairro Aeroporto, através da equipe de Estratégia em Saúde da Família 21.

A quimioprofilaxia objetiva atender os chamados contatos íntimos familiares e do EMEI Maria Francisca da Silva. No último domingo, uma criança foi Internada no Hospital Infantil Municipal Maria Amélia Bezerra de Menezes com sintomas da doença, confirmados após exame laboratorial. Foram 36 atendimentos, sendo 34 em crianças da creche e dois em adultos. “O remédio rifampicina não tinha em quantidade na cidade para se fazer a distribuição gratuita com as pessoas que tiveram contato com o menor e foi providenciado em Fortaleza, chegando a Juazeiro ontem no vôo das 15:00h e de imediato a equipe voltou a unidade de saúde para concluir o trabalho de bloqueio”, explicou a enfermeira Janielly Matos da Vigilância Epidemiológica.

No Hospital Maria Amélia a criança está recuperando-se bem, com toda assistência em área isolada como é preconizado. Profissionais que tiveram os primeiros contatos com a criança hospitalizada também receberam a medicação. O Secretário de Saúde Dr. Romildo Bringel lembra que todas as providências cabíveis foram tomadas no caso. “Os profissionais da Vigilância Epidemiológica, assim como da atenção básica são cônscios de suas atribuições e estão seguindo todas as normas técnicas com os chamados contatos íntimos da criança que devem ficar, como estão em cuidadosa vigilância ao longo de dez dias. Estão monitorando todas as crianças da creche para detectar possíveis sinais precoces da doença ou algum eventual novo caso”, assegurou. O secretário completa a informação lembrando que no caso de algum caso suspeito de sintoma, a pessoa deve ser conduzida imediatamente ao Hospital São Lucas e informar no acolhimento o setor da cidade e a relação com o caso da criança hospitalizada no domingo.

Maria Delsanir da Silva Santos é professora e diretora do EMEI Maria Francisca da Silva e reconheceu o trabalho dos técnicos da Secretaria. “Eu notei um pessoal muito capacitado e bem intencionado no sentido de bloquear esse caso atendendo a família e os coleguinhas da criança. As enfermeiras e o médico explicaram ‘bem direitinho’ como proceder no caso da doença como aconteceu aqui em nosso bairro. As crianças, os pais e nós da Creche estamos mais tranqüilos agora”, externou.

Neste bloqueio trabalharam ainda o médico Otávio Fernandes, enfermeiras Márcia Rejane, coordenadora da atenção básica e Ana Tércia de Sousa, e os técnicos Roberto Benjamin e Valdísia Mara Almeida.

Por Beto Fernandes

Entenda o debate sobre a taxação do capital estrangeiro

A cobrança de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) nos investimentos estrangeiros em renda fixa e na bolsa de valores, em vigor desde a terça-feira, tem sido criticada por especialistas, que questionam sua real eficácia sobre o câmbio. A taxação de 2% sobre o ingresso desses capitais foi anunciada na segunda-feira pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega. O objetivo, segundo ele, é diminuir o fluxo de capital especulativo ao país e, assim, "atenuar" a alta da moeda brasileira, que desde o início do ano já valorizou 25% em relação ao dólar. O governo quer evitar que uma valorização excessiva do real acabe prejudicando as exportações e, em consequência, os empregos no país. Os analistas de mercado, no entanto, têm criticado a decisão. O principal argumento é de que a alíquota, além de não ser suficiente para segurar a valorização do real, poderá prejudicar o acesso das empresas ao financiamento externo.

Entenda os principais pontos do debate:

O que diz o governo sobre a cobrança do IOF? O principal objetivo, segundo o governo, é evitar uma "valorização excessiva" da moeda brasileira, o que poderia prejudicar exportadores e gerar desemprego no país. De acordo com Mantega, a taxação do capital estrangeiro poderá também evitar uma "bolha" na bolsa de valores de São Paulo. Ainda segundo o ministro, os efeitos serão sentidos "no longo prazo". Ao taxar em 2% o capital estrangeiro na bolsa e em renda fixa, o governo pretende atingir os especuladores - ou seja, investidores que deixam seu dinheiro no país apenas por um curto período. Segundo Mantega, o investidor de longo prazo não será afetado com a medida. "O que vai diminuir é o fluxo de curto prazo. Aqueles que querem aplicar hoje na bolsa e sair amanhã", disse. A lógica da cobrança do IOF é de que o custo com a alíquota se dilui ao longo do tempo, ou seja, quanto mais tempo o investidor ficar no país, menor será o impacto do imposto.

Qual foi a reação do mercado à medida?

O mercado reagiu de forma negativa à medida. No primeiro dia de negociação sob a nova regra, na terça-feira, a medida teve o efeito esperado pelo governo: o dólar subiu 2%, chegando a R$ 1,74. Diante da taxação na bolsa brasileira, muitos investidores estrangeiros preferiram adquirir ações das empresas brasileiras na bolsa de Nova York - os chamados ADRs. Mas nesta quarta-feira, o dólar comercial já voltou a cair, fechando em R$ 1,72. Para o economista-chefe do Banco Fator, José Francisco de Lima Gonçalves, a queda da moeda americana reflete a "ineficácia" da medida do governo. "Investidores estrangeiros continuam procurando o Brasil, mesmo com o imposto", diz.

Quais são as principais críticas à taxação do capital estrangeiro?

Analistas de mercado têm questionado a eficácia da taxação, pois uma alíquota de 2% seria "pouco" para ter um impacto significativo sobre o câmbio. O argumento é de que a economia brasileira, além de ter se recuperado de forma mais rápida da crise financeira, apresenta boas perspectivas de crescimento. Ou seja, mesmo com a taxação, ainda valeria a pena investir no Brasil. O economista do Banco Fator diz que poucos investimentos têm rendido tanto quanto a bolsa de valores brasileira. "Passado o susto do primeiro dia, o investidor já está fazendo as contas e descobrindo que vale a pena trazer o dinheiro para o Brasil", diz. Caso parte dos investidores deixe de aplicar na bolsa de valores, como quer o governo, os economistas preveem um outro problema: o prejuízo às empresas que têm ações negociadas em bolsa. Empresas de capital aberto têm utilizado cada vez mais a bolsa como canal de financiamento. Alguns economistas argumentam que a restrição ao capital estrangeiro poderá reduzir esses negócios. O ex-presidente do Banco Central, Armínio Fraga, disse em entrevista ao jornal O Estado de São Paulo que considera "legítima" a tentativa do governo em segurar a valorização do real, mas que o resultado pode ser a transferência de investidores do Brasil para a bolsa de Nova York.

Quais seriam as alternativas?

A corrente dos economistas liberais defende que no regime de câmbio flutuante, como no caso do Brasil, o câmbio deve flutuar, sem a intervenção do governo. O argumento é de que uma moeda é como qualquer outro produto e que, por isso, seu valor deve ser definido pela lei de oferta e demanda. O economista-chefe da LCA Consultores, Bráulio Borges, se diz "cético" sobre a eficácia de medidas sobre o câmbio, e afirma que existem alternativas "melhores" do que a taxação do capital estrangeiro. "Se o governo gastasse menos, não precisaria tanto do financiamento externo para rolar sua dívida", diz. "Entraria menos dinheiro no país e o real não seria tão valorizado", acrescenta. Um dos problemas da cobrança do imposto, segundo Borges, está nas falhas do sistema tributário. "Em pouco tempo as instituições encontram uma forma de burlar a alíquota", diz. Quais são as vantagens e desvantagens da desvalorização do dólar? Um dólar desvalorizado é interessante para as empresas que dependem de produtos importados, como máquinas e matérias-primas. Além disso, um dólar mais barato também ajuda a segurar a inflação. Estima-se que 30% dos itens que compõem os índices de inflação sofra algum tipo de influência da moeda americana. Grande parte das pessoas também prefere um dólar desvalorizado, o que torna mais acessível produtos importados e reduz custos de viagens ao exterior. Entre os grandes prejudicados com a queda da moeda americana estão os exportadores brasileiros. Como são remunerados em dólar, acabam perdendo dinheiro na conversão para o real. O diretor de Estudos e Políticas Macroeconômicas do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), João Sicsúdiz, afirma que os exportadores perdem diretamente com a queda do dólar, mas que toda a economia acaba sendo afetada. "Se as empresas tiverem resultados negativos, toda a economia é afetada, inclusive com impacto no emprego", diz.

Fonte: Folha OnLine

COMPOSITORES DO BRASIL - Por: José Nilton de Figueiredo


LUPICINIO RODRIGUES

Por Zé Nilton

A música de Lupicinio Rodrigues é autobiográfica. Tudo o que disse em versos e que se encaixava com rara perfeição na música que compunha, ele viveu em carne viva, sem metáforas. Nasceu para música ao abraçar a boêmia; ou o contrário ? Com isto se expôs e se assumiu como um homem fadado a padecer do sentimento da traição, das relações doidas, da culpa, da dor de cotovelo. Quando não retratava os seus padeceres, retratava os dos amigos, vividos sempre nas mesas de bar. Inclusive foi proprietário de muitas casas noturnas na capital gaúcha. Criou vários mundos e por eles circulou com mansidão, cantando versos duros sobre dissabores da vida a dois, os sentimentos e os resssentimentos de muitos, provocados por dilaceradas paixões e por amores não correspondidos. Diz-se que Lupicínio era uma voz mansa e delicada entoando músicas de fúrias incontidas. A explicação para isto está na suposição de que ele era dois, sempre foi dois, anjo e demônio. Sem a menor culpa, diferençava a boêmia e a vida caseira. De um lado várias mulheres, do outro apenas uma. A questão era não misturar as éticas.

De um lado mulheres más, de preferência. As boazinhas nunca lhe deram dinheiro, só as que o traíram, costumava dizer, pois eram as que viravam música. O outro lado: "As esposas devem se sentir felizes quando os maridos voltam de suas noitadas, porque a volta é a maior prova de amor que um homem pode dar".

Diz-se também que muitas pessoas cometeram suicídio ao ouvir a música “Vingança”, o clássico samba-canção que tem por tema “traição, vingança e culpa”, de sua autoria, que encontrou em Linda Batista sua primeira grande intérprete, tendo gravado a composição em 29 de maio de 1951.

Lupicínio Rodrigues foi o mais lídimo representante do estílo dor de cotovelo. Foi sobretudo um boêmio profissional e, sem nenhuma máscara, mostrou para o mundo que a dor das suas letras, foi muitas vezes, a dor do compositor. Na última grande entrevista que deu à imprensa, para O Pasquim, em 1973, perguntado sobre o que estava achando do panorama musical brasileiro, Lupicínio saiu-se com uma resposta que diz bem do seu ser: "Não tenho nada com o ambiente musical brasileiro. Não sou músico, não sou compositor, não sou cantor, não sou nada. Eu sou um boêmio".

Vamos falar e tocar no programa de hoje, COMPOSITORES DO BRASIL, algumas de suas músicas:

Felicidade (LR), com o conjunto Quarteto Quitandinha Serenades
Se acaso você chegasse (LR), com Noite Ilustrada
Vingança (LR), Linda Batista
Ela disse-me assim (LR), com Jamelão
Nervos de aço (LR), com Pulinho da Viola
Esses moços, pobres moços ((LR), com Chico Alves
Volta (LR), Fafa de Belém.
Castigo, LR e Alcides Gonçalves, com Lupicínio Rodrigues, gravação de 1953
Meu pecado, de LR e Felisberto Martins, com Moreira da Silva, gravação de 1944
Brasa, de LR e Felisberto Martins, com Orlando Silva, gravação de 1945
Cadeira Vazia, LR e Alcides Gonçalves, com Noite Ilustrada,.
Nunca, de LR , com Zizi Possi.

Quem ouvir, verá !

Informação:
Compositores do Brasil
Sempre às quintas-feiras, às 14 horas
Rádio Educadora do Cariri
Pesquisa, produção e apresentação de Zé Nilton
Apoio Cultural: CCBN

Maioria dos bancários aprova nova proposta da Caixa e encerra greve




A maioria das assembléias dos sindicatos deliberou nesta quarta-feira, 21, pela aceitação da nova proposta da Caixa Econômica Federal e o encerramento da greve nacional dos empregados, deflagrada no dia 24 de setembro. Com isso, os bancários voltam ao trabalho nesta quinta-feira. Somente algumas assembléias decidiram manter o movimento, segundo informações dos sindicatos enviadas para a Contraf-CUT.

A nova proposta apresentada na noite de terça-feira traz avanços importantes para os empregados da Caixa, como a contratação de 5 mil trabalhadores em 2010, contribuindo para a melhoria das condições de trabalho, junto com a criação dos comitês regionais de mediação de conflito no trabalho, vinculados à Comissão de Ética da Caixa, para o combate ao assédio moral.

A Caixa também vai pagar um abono linear de R$ 700 para todos os empregados até o dia 20 de janeiro de 2010. A greve completou 28 dias nesta quarta e paralisou agências nos 26 estados e no Distrito Federal.

BNB: Bancários do Cariri voltam ao trabalho, mas greve continua em outros estados
Os bancários do BNB de Crato e Juazeiro do Norte, a exemplo do restanto do Estado, decidiram retornar ao trabalho, mas não aceitaram a proposta feita pelo banco. Ou seja, o retorno ao trabalho não implica no fim da mobilização para conseguir uma melhor proposta. No entanto, com exceção do Ceará, os outros estados onde o BNB tem agência, a greve continua forte, com participação massiva dos empregados.

Fonte: Contraf/CUT e SEEB Cariri

Festival Cariri da Canção prossegue hoje com a segunda noite de eliminatória


Clique sobre a imagem para ampliar


Músicas da segunda eliminatória
(Hoje, quinta, 22, a partir das 19Hs, no Centro Cultural do Araripe)

1. Retalhos
Autor: Luiz Carlos Salatiel / J. Flavio Vieira
Intérprete: Luiz Carlos Salatiel
Local: Crato/CE

2. Passeio Vespertino
Autor: Ayrton Pessoa
Intérprete: Ayrton Pessoa
Local: Fortaleza/CE

3. Parabólica
Autor: Vanuzia Tavares
Intérprete: Vanuzia Tavares
Local: Crato/CE

4. Força, Facão e Fé
Autor: Ciço Lifrath
Intérprete: Ciço Lifrath
Local: Lavras da Mangabeira/CE

5. Solidão
Autor: João Bosco Lisboa de Morais
Intérprete: João Bosco L.de Morais
Local: Fortaleza/CE

6. A Pedra
Autor: Luiz Benuí Taveira
Intérprete: Luizinho Brega Star
Local: Crato/CE

7. Caldeirão do Desterro
Autor: Alex Costa / Jord Guedes
Intérprete: Jord Guedes
Local: Fortaleza/CE

8. Sobejo dos Meus Sonhos
Autor: Firmino Neto
Intérprete: Firmino Neto
Local: Barro/CE

9. Regaço
Autor: Simone Sousa / Daniel Escudeiro
Intérprete: Simone Sousa
Local: Fortaleza/CE

10. Tudo Acaba bem no Final
Autor: Henrique Alencar
Intérprete: Banda B’haves
Local: Crato/CE

Clique AQUI para ir para o blog do Festival

Câmara adia votação de proposta que barateia CDs e DVDs



Proposta dá isenção de impostos para produtos produzidos na Zona Franca de Manaus

O presidente da Câmara, deputado Michel Temer (PMDB-SP), adiou na madrugada desta quinta-feira (22) a votação da proposta que reduz os custos da indústria de audiovisual, a chamada PEC (Proposta de Emenda à Constituição) da Música. A votação do tema ficou para a próxima quarta-feira (28). A proposta dá isenção de impostos para CDs e DVDs brasileiros produzidos na Zona Franca de Manaus. Se aprovada, o preço dos produtos deverá cair 25%. A proposta também barateia os ringtones - toques de telefones celulares - de músicas brasileiras. A previsão é que o download de música pelo telefone fique 30% mais barato. Segundo manifesto distribuído pela classe artística, a PEC da Música ainda irá contribuir para que músicos iniciantes vendam CDs e DVDs oficiais e saiam da informalidade. A proposta será incluída na Constituição no artigo 150, que dá imunidade tributária a livros, jornais, periódicos e ao papel destinado à sua impressão.

Nesta quarta, diversos artistas foram ao Congresso pressionar os deputados para que a proposta fosse aprovada. A expectativa era de que a PEC fosse votada durante sessão extraordinária, mas a discussão sobre plano de carreira de policiais militares e bombeiros do Distrito Federal durou mais que o previsto.

Fonte: R7

DNOCS 100 anos: uma coleção de exitos - Postado Por : José Sales

Faz 100 anos que o Dnocs - criado em 1909 com o nome de Inspetoria de Obras Contra as Secas (IOCS), trocado 10 anos depois para Inspetoria Federal de Obras Contra as Secas (Ifocs) e substituído, nos anos 40, pelo de Departamento Nacional de Obras Contra as Secas, a sigla atual -- cuida do Nordeste.

Foi o Dnocs que desenhou e implantou a malha rodoviária básica da região; foi ele que construiu as grandes e médias barragens do sertão nordestino e também suas primeiras hidrelétricas; foi o Dnocs que, pioneiramente, criou e desenvolveu no semi árido a piscicultura e a aquicultura; foi o Dnocs que trouxe e instalou aqui os primeiros projetos de irrigação; foi o Dnocs, também, que, até meados dos anos 70, juntou o maior banco de inteligências do País - seus engenheiros, todos geniais, como Guimarães Duque, Luiz Vieira e Paulo Guerra, produziam constante literatura técnica disputada e adotada pelas universidades daqui e d´alhures.

De 1909 a fins de 1970, o Dnocs foi um organismo técnico. Eminentemente técnico. De lá até esta data, por falta de um Plano Nacional de Desenvolvimento Regional, o Dnocs patina na areia movediça dos interesses políticos, que nada têm a ver com os arranjos institucionais próprios da boa política. Há hoje uma luta renhida dos técnicos do Dnocs, que trabalham para que sua repartição retome as suas origens. Mas para isso será necessário entender os novos desafios do Dnocs. O modelo de irrigação, por exemplo, deve ser mudado para atrair grandes investimentos privados.

Fonte Coluna Egidio Serpa/ Diário do Nordeste

Termina greve dos bancários da Caixa Econômica


Os bancários da Caixa Econômica Federal do Ceará decidiram na noite desta quarta-feira (21), em assembleia, encerrar a paralisação da categoria, que já durava 28 dias. Os empregados aceitaram a proposta feita pelo banco, que prevê o pagamento de um abono salarial de R$ 700, a ser creditado até o dia 20 de janeiro de 2010, além da contratação de 5 mil empregados até dezembro do ano que vem. Os bancários da Caixa também terão direito a reajuste salarial de 6% (1,5% de aumento real), Participação nos Lucros e Resultados (PLR) que varia entre R$ 4 mil e R$ 10 mil ou a regra da Fenaban, o que for melhor para os empregados.

Em relação aos dias parados, o acordo garante que não haverá desconto de nenhum dos dias parados, mas determina a ampliação do prazo de compensação das horas não trabalhadas até o dia 18 de dezembro, desde que não exceda duas horas diárias e não ocorra em finais de semana.

Fonte: Jangadeiro Online.


Oposição apresenta novas assinaturas e consegue criar CPMI do MST



Brasília - Após uma verdadeira batalha de retiradas e inclusões de assinaturas entre governistas e oposição, com 210 nomes de deputados e 36 senadores está criada a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) para investigar, entre outros pontos, o repasse de recursos de organizações não governamentais para o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). Faltando apenas um minuto para as meia noite de ontem (21), as lideranças da base aliada e da oposição chegaram à Secretaria-Geral do Congresso com os requerimentos para retiradas e adesões. Os governistas conseguiram convencer 23 deputados a desistirem da criação da comissão. No entanto, a oposição apresentou mais de 50 novos nomes e conseguiu levar adiante a CPMI. Esta é a segunda vez, em pouco mais de um mês, que a oposição tenta criar a CPMI para investigar o MST. Na primeira tentativa, a base do governo conseguiu a retirada de nomes em número suficiente para inviabilizar a criação da comissão.

O líder do DEM na Câmara, Ronaldo Caiado (GO) comemorou a vitória. “Eles conseguiram derrubar o laranjal mas não conseguiram derrubar a CPMI”, afirmou. Agora, a disputa se dará em torno do comando da CPMI. Com a maioria, o governo promete fazer valer essa posição. “Agora prevalece a norma de proporção. O regimento e a prática do Congresso Nacional. O tamanho das bancadas, governo e oposição, faz com que a composição seja proporcional a essas bancadas”, disse o vice-líder do governo na Câmara, Maurício Rands (PT-PE).

Fonte: Agência Brasil

Tasso denuncia uso político do Pronaf

O tucano Tasso Jereissati denunciou, durante reunião da Comissão de Assuntos Econômicos do Senado, o uso político do Programa Nacional da Agricultura Familiar (Pronaf-B) por parte de setores do governo federal. Ele afirmou que, no Ceará, pessoas ligadas à gestão Lula chegam a dizer para agricultores que “se eles não tiverem condições de pagar os financiamentos, podem ficar despreocupados pois o governo dará um jeito”. Mas o senador não apontou nomes nem registros de nada disso. Só falou pra quem quisesse ouvir. Tasso lamentou que, no Nordeste, haja desvios gritantes da finalidade do Pronaf e que “o dinheiro está sendo usado até para comprar motocicletas”. Detalhe: o Pronaf foi criado para financiar a agricultura familiar.

(Coluna Vertical, do O POVO) - Via Eliomar de Lima

CRATO - Sindicato dos Servidores lançará Campanha Salarial 2010


SINDICATO DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DO CRATO - SINDSMCRATO, lançará a Campanha Salarial 2010

A Campanha Salarial de Servidores Públicos Municipais para 2010 será lançada no próximo dia 31 de outubro de 2009 na Festa do Servidor , com o apoio da Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará - FETAMCE e da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal - CONFETAM/CUT, da Central Única dos Trabalhadores - CUT. Após o lançamento várias assembléias gerais serão convocadas com objetivo de debater as propostas para a campanha de 2010 a Campanha além de exigir o aumento da remuneração dos servidores municipais, também apresenta propostas para a melhoria das condições de trabalho. O maior objetivo da campanha está firmado na união de todos os servidores, no plano nacional, para que todas as reivindicações sejam apresentadas no mesmo momento. Dessa forma, o movimento ganhará força e a classe poderá alcançar a vitória em suas proposições.

Conheça as principais reivindicações da Campanha Salarial Municipal de 2010

* Reajuste Salarial
* PCCR para todos
* Concurso Público
* Serviço Público de Qualidade
* Piso Salarial do Magistério
* Implantação do Orçamento Participativo nos municípios
* Implantação da Mesa de Negociação do SUS/SUAS
* Reconhecimento da Convenção 151

Texto enviado por: Júnior Matos - Presidente do Sindicato

Notícias do Crato para o Dia 22 de Outubro de 2009


CRATO EM NOTÍCIAS - Dia 22 de Outubro de 2009



Festival da Canção projeta o Crato no Cenário Cultural Nacional

Recuperar todos os eventos culturais importantes que o Crato já teve, como os grandes Festivais, e os Salões de Outubro, a fim de reabilitar o Crato como o centro cultural e artístico da região do Cariri. Esta é a meta do Prefeito do Crato Samuel Araripe, que abriu na noite de ontem, quarta-feira, o Segundo Festival Cariri da Canção. Durante esta semana, de quarta a Sábado no Largo da RFFSA, o Festival revela ao público grandes talentos, e desta feita, com um projeto arrojado da administração municipal, que mesmo em face das dificuldades recentes da queda de repasses do governo federal, investiu na cultura do município. Segundo o prefeito Samuel Araripe "A Cultura tem prioridade nesta administração, pois o Crato é conhecido internacionalmente como berço da cultura no cariri e um verdadeiro celeiro cultural. Não podemos nos furtar, mesmo nesses tempos difíceis, de dar todo apoio a qualquer iniciativa que eleve o Crato culturalmente", disse o prefeito em entrevista.

O II Festival Cariri da Canção tem à frente a secretária de Cultura do Município Danielle Esmeraldo, que conseguiu ainda o patrocínio do Banco do Nordeste, SESC, TV Verdes Mares, do Grupo Edson Queiroz, além de mais de uma dezena de outras empresas da região do Cariri e do Estado, a fim de tornar realidade este evento, que começou no ano passado de forma ainda modesta, com parcos recursos, e já em sua segunda edição adquire ares de festivais de grande porte do país, a exemplo do Festival de Jazz & Blues de Guaramiranga e de Caruaru, dentre outros. Neste ano, o "Festival Cariri da Canção" possui uma fase local e outra nacional. Os grandes talentos da nossa terra são valorizados, a começar pela banda que acompanha o evento, com alguns dos melhores músicos da região. O Juri é formado por veteranos na música, como o cantor Fortalezense Davi Duarte, o cantor João do Crato, e o grande clarinetista e maestro Manoel Galdino. Na noite de ontem, quarta-feira, foram apresentadas 10 composições de autores de âmbito nacional. Houve uma presença recorde de público jamais vista em festivais de Música Popular Brasileira no Crato. O largo da RFFSA estava repleto de milhares de pessoas, a maioria, jovens, que se deliciaram ao sabor da boa música produzida pelo Segundo festival Cariri da Canção. Hoje, quinta-Feira, o festival continua, revelando novos talentos e divertindo o público caririense com música de qualidade.

Campanha de Vacinação Contra Febre Aftosa continua em Crato

O Ceará está em plena campanha contra a Febre Aftosa que teve inicio no último dia 1º. e terminará no próximo 31 de outubro. O Rebanho do Crato é de aproximadamente 18.045 cabeças de bovinos. Atualmente estamos com o índice de 7% de declaração de vacinação da população bovina existente, a vacinação deve ser declarada nos Escritórios da ADAGRI / EMATERCE. Esta é uma atividade importante dentro da estratégia de erradicação da Febre Aftosa no nosso País. Recentemente o Estado do Ceará passou por uma auditoria do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento - MAPA e a expectativa é de que tenhamos alcançado um evolução no status sanitário. Sendo o índice de vacinação um dos pontos importantes para a ascensão e manutenção de status sanitário condizente com a Pecuária de nosso Estado, conclamamos os produtores para que vacinem e declarem sua vacinação nos escritórios da ADAGRI/EMATERCE. O secretário de Agricultura, Pecuária e Recursos Hídricos do Crato, Erasmo Ferreira ressalta que nesta etapa não haverá distribuição da carta-aviso, portanto os produtores devem adquirir a vacina nas farmácias veterinárias de sua preferência, vacinar o rebanho, e se dirigir ao escritório da ADAGRI/EMATERCE com o rebanho estratificado, ou seja, separado por idade e sexo, salientando a importancia de assinar a declaração do criador. A campanha contra Febre Aftosa é uma ação conjunta do governo do Estado do Ceará, Governos Municipais e da sociedade civil organizada.

Crato realiza hoje (22) reunião sobre o Cadastur

Em seguida, será realizada visita aos diversos empreendimentos turísticos do município. Com a finalidade de trabalhar pela qualidade no atendimento ao turista, principalmente no que se relaciona a legalidade das atividades dos Prestadores de Serviços Turísticos, nos diversos municípios do Estado, será realizada no próximo dia 22, na CDL de Crato, às 19 horas, reunião para conscientizar sobre a importância e os benefícios do Programa de Qualificação dos Serviços Turísticos – CADASTUR, que tem como órgão delegado responsável do Ministério do Turismo – Mtur, a Secretaria do Turismo do Estado do Ceará. Em seguida, será realizada visita aos diversos empreendimentos turísticos do município, entre eles os Meios de Hospedagem/Agências de Viagens e Restaurantes e Bares de Crato, para que possam se cadastrar junto ao Ministério do Turismo. As visitas serão feitas pelo técnico da Setur, Julio Zamith.

Ação Social do Crato convoca monitores do PETI para reunião hoje, 22 de Outubro

A Secretaria de Ação Social do Crato, juntamente com a coordenação do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil PETI-, comunica aos monitores do referido Programa que hoje, dia 22, às 13 horas na Secretaria de Ação Social do município será realizado planejamento. Ressaltando que a participação de todos será indispensável. O Programa de Erradicação do Trabalho Infantil PETI, compõe o Sistema Único de Assistência Social SUAS com duas ações articuladas – o Serviço Socioeducativo ofertado para as crianças e adolescentes afastadas do trabalho precoce e a Transferência de Renda para suas famílias. Além de prever ações socioassistenciais com foco na família, potencializando sua função de proteção e os vínculos familiares e comunitários. Seu objetivo primordial é contribuir para a erradicação de todas as formas de trabalho infantil no País, atendendo famílias cujas crianças e adolescentes com idade inferior a 16 anos se encontrem em situação de trabalho. O Programa está inserido em um processo de resgate da cidadania e promoção de direitos de seus usuários, bem como de inclusão social de suas famílias. Aqui no município do Crato, o prefeito Samuel Araripe e a Secretária de Ação Social Liduina Andrade procuram desenvolver as ações do PETI de forma dinâmica e altiva no quer diz respeito ao cuidado assistencial as famílias cratenses, vislumbrando a erradicação do trabalho infantil no nosso município.

Fonte: Assessoria de Imprensa
Governo Municipal do Crato
Fone/Fax - (88) 3521.7069
Mais informações:

http://www.crato.ce.gov.br
http://www.prefeituramunicipaldocrato.blogspot.com

Leia Hoje no Blog do Crato - Prefeito Samuel Araripe envia mensagem aos demitidos

Capa - Blog do Crato - 21-10-2009-2


Hoje teremos esse pronunciamento, que está em processo de degravação, e não foi apresentado ainda pela minha escassez de tempo nos últimos 2 dias.

Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31