xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 21/10/2009 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

21 outubro 2009

UM POVO SEM MEMÓRIA PERDE SUA HISTÓRIA.











ANTES QUE NOS LEVEM TUDO

E ELES SILENCIOSAMENTE VÃO CHEGANDO E DILAPIDANDO NOSSO PATRIMÔNIO E NADA DIZEMOS. AMANHÃ NOS ROUBAM UMA PRAÇA, NADA FAZEMOS. OUTRO DIA COM UMA CUMPLICIDADE DESAVERGONHADA PERMITEM QUE A PRAÇA DA SÉ SE TRANSFORME NUM MERCADO DE BARRACAS MAMBEMBES, MALTRAPILHAS ESPALHANDO A SUJEIRA PÉLA PRAÇA QUE A VIGILANCIA SANITÁRIA FAZ VISTA GROSSA. É TRISTE VER O NOSSO PATRIMÔNIO SER DESFIGURADO A TÍTULO DE FALSA AÇÃO SOCIAL, PERMISSIVIDADE E CONIVENCIA COM FINS DE QUE? JÁ DESTRUIRAM A PRAÇA SIQUEIRA CAMPOS TRANSFORMANDO-A NUM MONUMENTO A MODERNIDADE? A PRAÇA ERA UMA MEMÓRIA VIVA DE TODAS AS GERAÇÕES! NÃO SATISFEITOS PERMITEM QUE UMA BANCA DE JORNAIS SE INSTALE NO ESPAÇO EXÍGUO DA PRAÇA. QUANDO VÃO DESTRUIR O CASSINO? QUE PATRIMÔNIO MAIS ESTÁ NA MIRA? A PRAÇA DA SÉ NECESSITA DE REFORMA , REQUALIFICAÇÃO URBANA DO ENTORNO.
PLANEJAMENTO URBANO NO TRÂNSITO COM REQUALIFICAÇÃO DE ESTACIONAMENTO DE AUTOMÓVEIS POLUIÇÃO VISUAL E SONORA. E AS FAMIGERADAS MOTOCICLETAS. POR QUE NÃO INSTITUIR A ZONA AZUL EM TODO O CENTRO DA CIDADE? ESTACIONAMENTO ZONEADO PARA AS MOTOS COM PAGAMENTO DE TAXA? AS MOTOS TAXIS EM PARADAS DEFINIDAS E NÚMERO DE MOTOS FIXOS NESSES ESPAÇOS. HA UM OUTRO FATOR, A HIGIENE DOS CAPACETES, VERDADEIROS VEICULOS DE CONTAMINAÇÃO E QUE PODERIA SER OBJETO DE VIGILÂNCIA DO ORGÃO RESPONSÁVEL PELA DEFESA DO CIDADÃO NA SAÚDE PÚBLICA. HIGIENIZAÇÃO SIMPLES! GOSTARIA MUITO DE VER O PLANO DIRETOR DA CIDADE (SE É QUE EXISTE) SER DISCUTIDO NA CÂMARA DOS VEREADORES E O MINISTÉRIO PÚBLICO ENTRAR NA DEFESA DA CIDADANIA E DA CIDADE.
PERGUNTO ÀS FAMÍLIAS CRATENSES. VOCÊS ESTÃO PERCEBENDO O QUE ESTÁ ACONTECENDO COM NOSSA CIDADE? ONDE ESTÁ A NOSSA REPRESENTAÇÃO POLÍTICA? A DEFESA DOS INTERESSES SÓCIO/ECONÔMICOS/ COMERCIAIS E URBANÍSTICOS ? POR QUE TODAS AS OBRAS IMPORTANTES ESTÃO INDO PARA A CIDADE DO JUAZEIRO DO NORTE ? FALA-SE NUMA MICRO REGIÃO, UMA ZONA DE PROGRESSO INTEGRADO. PROGRESSO PRA QUEM? O CRATO SEMPRE FOI O CENTRO EDUCACIONAL, CULTURAL E ARTPASITICO DA REGIÃO. MAS SERÁ POR POUCO TEMPO, CASO NÓS NÃO DEIXEMOS ESSA LETARGIA E PARTAMOS PARA UMA COORDENADA E INTEGRADA LUTA PELOS INTERESSES DE NOSSA CIDADE. SABEM POR QUE? NA HORA DOS POLITICOS COM REPRESENTAÇÃO NA CIDADE VIZINHA VIREM PEDIR NOSSO APOIO TEMOS QUE COLOCAR NA MESA DE DISCUSSÃO QUAISOS BENEFÍCIOS PARA NOSSA CIDADE? ISSO VALE PARA OS POLÍTICOS DE NOSSA CIDADE. PREFEITO E VEREADORES. ELES TÊM QUE NOS PRESTAR CONTAS DO ABANDONO DA PRINCESA DO CARIRI E SABER QUAIS OS SEUS PLANOS PARA REVERTER ESSA DECADÊNCIA. NÃO VAMOS MAIS FICAR DE BRAÇOS CRUZADOS. VAMOS SIM, INICIAR UMA CRUZADA EM DEFESA DE NOSSA AMADA TERRA. AGUARDEM, ESTAMOS NOS ORGANIZANDO !


Fonte do arquivo fotográfico: Lúcia Castro, Linard e Edilson Rocha.

SUS - Sistema único de Saúde na UTI

O sistema que contribuiu para erradicar doenças como a poliomielite no Brasil é o mesmo que deixa crianças e adultos morrerem de dengue, desnutrição, etc. No país que tem um dos maiores indicadores em tratamentos públicos de Aids do mundo, pessoas esperam meses por consultas para doenças menos complexas, inclusive em nosso município, que faz parte da rede única de saúde. Uma rede nacional com programa de transplantes conhecida no mundo inteiro não significa, necessariamente, facilidade para fazer uma simples ecografia. Apesar de completar mais de 20 anos de existência, o Sistema Único de Saúde (SUS) é sinônimo de contradição. Os avanços são incontestáveis. Especialistas advertem, entretanto, que problemas como falta de financiamento, gestão deficiente e dependência de serviços privados podem enterrar a rede pública de saúde brasileira. Portanto o nosso SUS está agonizando e perguntamos aos nossos representantes políticos ??? Onde estão e o que fazem em termos de polticas públicas para a Saúde da população de baixa renda ??? A partir do nosso município, quem já concretizou pelo menos 30% das ações dos seus planos de governo em relação a saúde pública ??? Ressalto isto tanto na esfera municipal, estadual e federal.
Vem aí novas eleições.. com certeza o discurso mudará apenas de cor e o atores de novas roupagens... Mas a essência é a mesma. Fiquemos atentos.
Texto postado por Maria Otilia

Você acredita em Orações ? Aqui está uma para os desesperançados !


VAI DAR TUDO CERTO!!!!

DEUS me pediu que te dissesse:
Que tudo irá bem contigo a partir de agora..
Você tem sido destinado para ser uma
pessoa vitoriosa e conseguirá todos teus objetivos.
Nos dias que restam deste ano se
dissiparão todas as tuas agonias e chegará a vitoria.

Esta manhã bati na porta do céu e
DEUS me perguntou...

“Filho, que posso fazer por você ?”

Respondi:

“Pai, por favor, protege e bendiz a
pessoa que está lendo esta mensagem”.
DEUS sorriu e confirmou: 'Petição concedida'.
Leia em voz baixa...

“Senhor Jesus :
Perdoa meus pecados.
Te amo muito, te necessito sempre,
estás no mais profundo de meu coração, cobre com tua luz preciosa a
minha família, minha casa, meu lugar, meu emprego, minhas finanças,
meus sonhos, meus projetos e a meus amigos'.
Passe esta oração a seus amigos.
Receberás um milagre amanhã.
Não o ignore.
Deus tem visto suas Lutas.
Deus diz que elas estão chegando ao fim.
Uma bênção está vindo em sua direção.

Se você crê em Deus, por favor envie
esta mensagem para seus amigos.

Não ignore, vc está sendo Testado!!!!

Recebido por E-mail

Perfeição!! Por Alessandra Bandeira

Procurei diversas palavras para definir minha indignação com o momento em que vejo um presidente chorando por ter conseguido uma olimpiada ,mas não verte as mesmas lágrimas para as pessoas que são assassinadas diariamente nessa guerra cívil mascarada, causada pelo tráfico , seja em São Paulo, no Rio de Janeiro seja em qualquer lugar do Brasil, não verte lágrimas pelos professores e policiais que ganham esmolas chamadas de salários. Por toda impunidade e corrupção que virou rotina, e pela minha indignação pessoal de ver um orgão que deveria fiscalizar e nada faz a não ser arrancar contribuições de arquitetos e engenheiros.Para a igreja católica e o senhor padre Edmilson que nos brinda com sua ditadura musical.
Só com essa letra belissíma do Legião Urbana consegui traduzir o que sinto como brasileira, como ser humano!
Dedico ao CREA, ao Padre Edmilson e ao senhor Lula, quantas lágrimas derrubaremos até que seja feito o que se deve fazer ???

Perfeição- Legião Urbana
Vamos celebrar a estupidez humana
A estupidez de todas as nações
O meu país e sua corja de assassinos
Covardes, estupradores e ladrões
Vamos celebrar a estupidez do povo
Nossa polícia e televisão
Vamos celebrar nosso governo
E nosso Estado, que não é nação
Celebrar a juventude sem escola
As crianças mortas
Celebrar nossa desunião
Vamos celebrar Eros e Thanatos
Persephone e Hades
Vamos celebrar nossa tristeza
Vamos celebrar nossa vaidade.
Vamos comemorar como idiotas
A cada fevereiro e feriado
Todos os mortos nas estradas
Os mortos por falta de hospitais
Vamos celebrar nossa justiça
A ganância e a difamação
Vamos celebrar os preconceitos
O voto dos analfabetos
Comemorar a água podre
E todos os impostos
Queimadas, mentiras e seqüestros
Nosso castelo de cartas marcadas
O trabalho escravo
Nosso pequeno universo
Toda hipocrisia e toda afetação
Todo roubo e toda a indiferença
Vamos celebrar epidemias:
É a festa da torcida campeã.
Vamos celebrar a fome
Não ter a quem ouvir
Não se ter a quem amar
Vamos alimentar o que é maldade
Vamos machucar um coração
Vamos celebrar nossa bandeira
Nosso passado de absurdos gloriosos
Tudo o que é gratuito e feio
Tudo que é normal
Vamos cantar juntos o Hino Nacional
(A lágrima é verdadeira)
Vamos celebrar nossa saudade
E comemorar a nossa solidão.
Vamos festejar a inveja
A intolerância e a incompreensão
Vamos festejar a violência
E esquecer a nossa gente
Que trabalhou honestamente a vida inteira
E agora não tem mais direito a nada
Vamos celebrar a aberração
De toda a nossa falta de bom senso
Nosso descaso por educação
Vamos celebrar o horror
De tudo isso - com festa, velório e caixão
Está tudo morto e enterrado agora
Já que também podemos celebrar
A estupidez de quem cantou esta canção.
Venha, meu coração está com pressa
Quando a esperança está dispersa
Só a verdade me liberta
Chega de maldade e ilusão.
Venha, o amor tem sempre a porta aberta
E vem chegando a primavera
-Nosso futuro recomeça:
Venha, que o que vem é perfeição
Por Alessandra Bandeira 

Temos petróleo ??? - Por: José Nilton Mariano Saraiva

No transparente site do Governo Federal (acessível a qualquer mortal-comum) consta que, em 2004, dentre as inúmeras transferências de recursos dos diversos órgãos do Governo Federal para o município do Crato (são todas detalhadas, em diversas páginas, com origem e destino), a Prefeitura da cidade recebeu o valor de R$ 144.779,91 por conta de ROYALTIES PELA PRODUÇÃO DE PETRÓLEO E GÁS NATURAL (vide abaixo).
Será que alguém, preferencialmente vinculado à Prefeitura Municipal (alô, Dihelson) poderia nos confirmar se realmente o Crato tem petróleo. Se tem, por qual razão não se divulgou ???
****************************

Transferência de Recursos por Estado/Município
UF: CEARÁ Exercício: 2004
Total destinado ao Estado: R$ 5.201.848.288,73
Total destinado ao Governo do Estado: R$ 1.924.364.651,18
Total destinado aos Municípios do Estado: R$ 3.277.483.637,55
Total destinado ao município do CRATO: R$ 45.979.334,66

*************************

Encargos Especiais - 0551-Transferências do Fundo Especial dos Royalties pela Produção de Petróleo e Gás Natural (Lei nº 7.525, de 1986 – Art. 6º) - R$ 144.779,91.

Encargos Especiais - 0547 –Transferências de cotas-partes da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (Lei 8.001, de 1990 – Art. 2º) - R$ 518,22.

Fonte: Site do Governo Federal - Postagem: José Nilton Mariano Saraiva

Programação Oficial do Festival Cariri da Canção

Programação:
Dia 21.10.09 (quarta-feira):
20h: - Hino Nacional – Bonifácio (Sax)
Clipe Imagens do Crato – Banda Base (Hino do Crato)
Campeã do Festival Cariri da Canção - Estudantil
1ª Eliminatória
Atração Local: Júnior Rivadávio
Atração Regional: David Duarte


Dia 22.10.09 (quinta-feira):
20h: - Clipe Imagens do Crato – Banda Base (Hino do Crato)
2ª Eliminatória
Atração Local: - Eduardo Júnior
Atração Regional: Dr. Raiz


>Dia 23.10.09 (sexta-feira):
* 20h: - Clipe Imagens do Crato – Banda Base (Hino do Crato)
- 3ª Eliminatória
- Atração Local: - Cleivan Paiva
- Janinha
- Atração Regional: Sukhyta e Banda


>Dia 24.10.09 (sábado):
* 20h: - Clipe Imagens do Crato – Banda Base (Hino do Crato)
- Final
- Atração Regional: Fulô da Aurora
- Atração Nacional: Chico César

Dr. Raiz amanhã na REFFSA Crato CE


Não percam!

Banda Dr. Raiz, Quinta agora, dia 22 de outubro às 23hs no Centro Cultural Araripe! Largo da REFFSA - Crato CE

O Show acontecerá dentro da programação do Festival Cariri da Canção!
Canções inéditas e formação completa!

Dudé, Geraldo, Antônio, Evaldo, Ramon, Pantera e Junior

Ajudem a divulgar!!

Abraços!!

Deu no "Financial Times" - Por: José Nilton Mariano Saraiva

Brasil é a potência a se observar nesse século, diz Financial Times

Um artigo publicado na edição desta terça-feira, 20 de outubro de 2009, do jornal Financial Times afirma que "o Brasil é a potência do século 21 a se observar". Assinado pelo comentarista Michael Skapinker, o artigo compara duas visões antagônicas do país - uma negativa, na qual se sobressaem problemas de violência e desigualdade social, e uma positiva, que ressalta uma economia pujante e plena de recursos naturais.
Sem tomar partido por uma das visões, o comentarista diz que o país será "a grande história do próximo ano". Os fundamentos de sua avaliação foram apresentados por ele em um recente encontro que reuniu jornalistas de diferentes publicações internacionais.
"O Brasil acabava de passar por uma crise financeira em boa forma. O país estava sentado em uma vasta descoberta de petróleo em alto mar. Havia testemunhado a maior abertura de capital do mercado neste ano - os US$ 8 bilhões colocados em bolsa pelo braço brasileiro do Santander. Seria também a sede de dois dos maiores eventos esportivos do mundo: a Copa de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016."
Para Skapinker, o outro lado da moeda seria a violência. "Não pude esconder certa palpitação em relação às desvantagens conhecidas do Brasil", diz ele, citando relatos e notícias de furtos, assaltos à mão armada a sequestros.
"Não vi nada disso", diz o comentarista, que recentemente fez sua primeira visita ao Brasil. "Mas dois dias após minha saída do país, enfrentamentos armados entre gangues rivais no Rio custaram pelo menos 14 vidas, incluindo as de três policiais mortos quando o helicóptero em que estavam foi abatido."
Para o comentarista, "é grande crédito do Brasil que, durante vários dias de encontros e entrevistas no Rio e em São Paulo, ninguém negou que o crime violento é uma realidade no país, e pode ter um sério impacto no seu desenvolvimento". Já pelo lado positivo, diz Skapinker, "o Brasil é um país com imenso potencial, um povo acolhedor e diverso, excelente comida e diversas empresas de porte mundial".
"Diferentemente da China, o Brasil não tem conflitos étnicos agudos e é uma democracia partidária. Os brasileiros reclamam da corrupção de seus políticos, mas apontam que, ao contrário dos Estados Unidos, os resultados das eleições presidenciais - a próxima é em outubro de 2010 - são anunciados rapidamente." O comentarista acrescenta que a riqueza petroleira, em um país que produz a maior parte de sua energia de hidrelétricas e etanol, representa um "prospecto intrigante".
"Os brasileiros sabem que o petróleo pode ser uma maldição ou uma bênção. A maneira como empregarem sua nova riqueza determinará se o país se tornará uma força no século 21." O comentarista encerra o artigo retomando sua idéia inicial. "O Brasil será uma grande história - não apenas no próximo ano mas por muitos anos."

Fonte: Financial Times - Postagem: José Nilton Mariano Saraiva

Papa recebe livro sobre a Beata Maria de Araújo

NE - Mais uma Notícia do "Miséria"

Não foi só o livro "Padre Cícero: sociologia de um padre, antropologia de um santo", de autoria do professor Antônio Mendes da Costa Braga, que chegou às mãos do Papa Bento XVI. Num gesto de reconhecimento, o Bispo Diocesano, dom Fernando Panico, procura resgatar e dar a devida importância a Beata Maria de Araújo a partir do "grito" da psicóloga, professora e pesquisadora Maria do Carmo Pagan Forti. Só agora foi divulgado que ele também entregou ao Papa um livro sobre a religiosa protagonista dos "milagres" em Juazeiro do Norte.

"Maria do Juazeiro, a Beata do Milagre" é o resultado da dissertação de mestrado de Maria do Carmo, defendida em 1997 na PUC (Pontífice Universidade Católica) de São Paulo. Na sua apresentação, o orientador da dissertação, Fernando Londoño, teceu elogios ao trabalho afirmando que o livro volta-se ao `milagre de Juazeiro' para questionar não só as versões que já se acreditavam definitivas, mas, também, os poderes, quer da Igreja, quer da intelectualidade da época, que as sustentaram.

Os chamados fatos extraordinários de Juazeiro em que a hóstia se transformava em sangue na boca da beata quando esta comungava, geraram punições para o Padre Cícero e sanções junto à religiosa que, por conta dessa situação, terminou apagada da história. Seguindo os rastros dos documentos, especialmente os Inquéritos levados a efeito pela Igreja do Ceará, o trabalho de Maria do Carmo recupera e resgata a figura da beata que, junto com Padre Cícero, possibilitou a fundação do Juazeiro sagrado.

A autora do livro define como um espaço divino anunciado pelo milagre e que se transformou num lugar de salvação para as almas ou "a porta do céu para os que querem se converter". A intenção da pesquisadora com esse trabalho que chegou às mãos do Papa Bento XVI, foi devolver à Beata Maria Magdalena do Espírito Santo de Araújo o seu lugar na história, entendendo o papel político que ela desempenhou na construção desse espaço sagrado.

A professora Maria do Carmo cuidou de fazer uma "limpeza" no nome da religiosa para poder "devolvê-la às ruas" de Juazeiro num patamar de igualdade com o Padre Cícero e pronta para ser melhor entendida pelo Vaticano. "Muita coisa mudou desde que a Beata entrou novamente em cena principalmente porque se demonstrou que o ocorrido em Juazeiro em 1889, e nos quatro anos seguintes que a hóstia sangrou, não foi embuste e nem truque", conclui a autora do livro.

Fonte: Site Miséria (através do Jornal do Cariri e Cariri Agora )

Bacia Sedimentar do Araripe, berço da Paleontologia do Brasil

por Armando Lopes Rafael
Historicamente, o berço da Paleontologia do Brasil é a Região da Bacia Sedimentar do Araripe, graças à primeira publicação com relato e desenho de um fóssil brasileiro, publicado no livro “Viagem pelo Brasil” (Reise in Brasilien) editado entre 1823 e 1831. Neste livro menciona-se um peixe “Rhacolepis” encontrado numa concreção carbonática na Região da Vila da Barra do Jardim – atual cidade de Jardim – na porção Sudeste da bacia.

A Bacia Sedimentar do Araripe é uma seqüência predominantemente mesozóica, localizada no extremo Sul do Estado do Ceará, compreendendo ainda porções dos Estados de Pernambuco e Piauí, com uma área próxima de 10.000 Km2. Paleontologicamente, os fósseis da Formação Santana destacam-se por possuírem os primeiros registros de tecidos moles (não ósseos) de pterossauros e tiranossauros do mundo, as primeiras fanerógamas fósseis da América do Sul e abundância de peixes.

Situada nesta Bacia Sedimentar está a Chapada do Araripe, com 165 Km de extensão, estendendo-se pelas divisas entre Ceará, Piauí e Pernambuco. Ela é conhecida pela sua rica biodiversidade e considerada a região fossilífera mais rica do período Cretáceo, em todo o planeta. O clima árido contribuiu para a excelente qualidade da preservação dos fósseis, ali existentes. Há cerca de 100 milhões de anos, existiam na Chapada do Araripe pequenos lagos, ocasionalmente alimentados pela água do mar. “A baixa concentração de oxigênio, no fundo desses lagos, dificultou a proliferação de bactérias e, portanto, a decomposição da matéria orgânica,” explicou o paleontólogo Alexandre Kellner, em entrevista à revista Galileu, em agosto de 2000. Escavações ali realizadas já revelaram 350 exemplares de pterossauros de 19 espécies diferentes, sem falar de outros fósseis de animais e vegetais.

Texto e postagem de Armando Lopes Rafael

PT e PMDB selam aliança para 2010



Após o encontro do presidente Luiz Inácio Lula da Silva com lideranças do PT e do PMDB, encerrado há pouco no Palácio da Alvorada, os partidos formalizaram uma espécie de pré-acordo entre os dois partidos para a futura aliança em torno da candidatura da ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) à Presidência da República. O presidente do PT, Ricardo Berzoini, assegurou que as legendas estarão unidas para as eleições do ano que vem, mas o acerto final será definido depois das convenções. "Destacamos desde já que a chapa majoritária tem a composição do PT e do PMDB, que definimos como a representação dos dois maiores partidos que sustentam o governo Lula e que pretendemos que sustente a candidatura da ministra [da Casa Civil] Dilma Rousseff", disse.

O presidente licenciado do PMDB, Michel Temer (PMDB-SP), afirmou que o acordo prevê que os partidos estarão juntos, inclusive, para a formulação do programa de governo da chapa que deverá ser encabeçada por Dilma Rousseff. Temer é cotado para ficar com a vice-presidência, porém, desconversa quando questionado sobre a sua participação na chapa da petista. "Na verdade, não há candidato a vice. Se houver a participação do PMDB na chapa como se pretende, não há nome para a vice. Há provavelmente a vice, mas não há ainda nome para isso", disse o deputado. Os peemedebistas têm dois problemas para administrar antes de formalizar a aliança: a ala dissidente da legenda e as resistências estaduais à união com o PT. No que diz respeito aos dissidentes, os peemedebistas reconhecem que não terão forças para unir a legenda em torno de Dilma. O grupo favorável a José Serra (PSDB-SP) aposta na queda da petista nas pesquisas de intenção de voto como forma de pressionar a maioria da legenda mudar de ideia em relação à aliança com o PT. "O tempo não favorece a eles, favorece a nós [dissidentes]. Temos que procurar os descontentes, as pessoas que conhecem a história do PMDB. Isso é coisa do [presidente] Lula. No fundo, é transformar o partido num satélite do PT. Em acho [a aliança] uma precipitação e o governo não ganha com isso", disse à Folha Online o senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE).

"O que a gente tem que fazer é enfrentar essa realidade nova que o PMDB pôs em prática, combater isso e esperar que o PSDB defina a candidatura. Definindo a candidatura, melhora para os dissidentes. A gente tem uma condição melhor de lutar com a candidatura definida", afirmou.

Caciques

As principais lideranças do PT e do PMDB participaram do jantar. Entre os petistas, além de Lula e Dilma, o presidente da legenda, deputado Ricardo Berzoini (SP), os ministros Tarso Genro (Justiça), Paulo Bernardo (Planejamento), Patrus Ananias (Desenvolvimento Social), assim como parlamentares do partido. No PMDB, participaram do jantar Temer, os ministros Hélio Costa (Comunicações), Nelson Jobim (Defesa), Geddel Vieira Lima (Integração Nacional), líderes e parlamentares --como o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP) e o líder do PMDB na Casa, Renan Calheiros (AL). Segundo parlamentares peemedebistas, Lula entrou campo para dar força ao acordo entre o PT e o PMDB. Com o presidente participando diretamente das negociações, a cúpula peemedebista avalia que terá mais força para defender dentro do partido a aliança formal com os petistas.

Fonte: Agência Brasil

Maioria das assembleias de bancários vota pela continuidade da greve no BNB

Os trabalhadores do BNB da base do Sindicato dos bancários do Cariri (que engloba as agências de Crato e Juazeiro do Norte) votaram pela continuidade da greve e as agências estão fechadas.

Nos demais sindicatos, a greve continua, apesar das manobras no mínimo desrespeitosas que vêm sendo adotadas pelo Banco, a exemplo do “envio” de funcionários adidos para as agências fechadas, numa tentativa explícita de enfraquecer o movimento e desmobilizar os trabalhadores. Denúncias dessa natureza têm chegado a AFBNB, são casos onde a Superintendência do Ceará tem enviado funcionários para prestar serviços em agências que estão paralisadas no Cariri.

A AFBNB ressalta o que foi veiculado em matéria divulgada ontem: o Banco deve se empenhar sim em acabar a greve, mas por caminhos dignos e corretos, como negociação de propostas que atendam aos interesses dos funcionários.

O presidente do Banco se encontra em Brasília para interlocução junto aos órgãos do governo com o objetivo de se resolver o impasse. Dessa forma, solicitamos que os funcionários se mantenham mobilizados e fortaleçam o movimento grevista até que tenhamos nova proposta para apreciação. A próxima reunião de negociação entre o Banco e as entidades representativas será quinta-feira (22).

Fonte: AFBNB

46 MILHÕES DE REAIS PARA O CARIRI - Por: Tarso Araújo

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) aprovou, na última terça-feira (20), autorização para que o estado do Ceará contrate operação de crédito externo, no valor de US$ 46 milhões, com o Banco Mundial, com garantia da União. Os recursos, que serão liberados entre 2009 e 2013, destinam-se ao financiamento parcial do Projeto de Desenvolvimento Econômico Regional do Ceará (Cidades do Ceará - Cariri Central). O Estado entrará, como contrapartida, com recursos da ordem de US$ 20 milhões.

A mensagem do Executivo (MSN 209/09) solicitando a autorização recebeu voto favorável do relator, senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE). De acordo com o relator, o financiamento é um dos assuntos mais importantes para o Ceará, pois tem por objetivo reduzir o desequilíbrio socioeconômico entre a Região Metropolitana de Fortaleza e o interior do estado. Segundo Valadares, o Ceará terá, já considerando esse empréstimo, dispêndio médio com os serviços de sua dívida consolidada de 4,46% de sua receita corrente líquida, valor, como observou, bastante inferior ao permitido, que é de 11,5% da receita. Na defesa da proposta, o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) afirmou que os recursos serão importantes para a qualidade de vida das pessoas que residem na região.

Fonte: Tarso Araújo

Bondade Mesquinha - autoria: Olavo de Carvalho


Nosso presidente, que jamais derramou uma lágrima pelos 40 mil brasileiros assassinados anualmente e muito menos fez algo para protegê-los, derreteu-se em prantos ante a escolha do Rio para sede dos próximos Jogos Olímpicos. Não é a primeira vez que ele dá mostras de sua notável capacidade lacrimejante. Ele chorou duplamente ao ser eleito e ao ser empossado, chorou vezes inumeráveis ao anunciar do alto dos palanques seus planos de governo, chorou no enterro do deputado petista Carlos Wilson, no das vítimas da chuva em Sta. Catarina e no dos mortos do acidente em Alcântara, chorou ao inaugurar o projeto "Luz Para Todos", chorou ao enaltecer seus próprios feitos num encontro de estudantes em São Paulo, chorou no Senegal dizendo que era de arrependimento pela escravatura, chorou ao prometer acabar com o desemprego em 2003 e depois novamente em 2006 (os desempregados continuam chorando até agora), e chorou quando o deputado Roberto Jefferson lhe falou do Mensalão: soluçou tão convulsivamente que ficou até parecendo que era o último a saber do imbroglio. São apenas amostras colhidas a esmo. Digitando "Lula chora" no Google obtive 29.600 respostas, e ante a mera perspectiva de examiná-las uma a uma quem sente ganas de chorar sou eu.

Diante dessa torrente de lágrimas, seria injusto negar que o sr. presidente tenha bons sentimentos. Que os tem, tem. O problema é que são morbidamente seletivos: para seus companheiros de militância, para os grupos sociais onde espera recrutar eleitores, e sobretudo para si próprio, coitadinho, é uma comoção arrebatadora, um enternecimento irresistível, um transbordamento de compaixão sem fim. Para os demais, tudo o que ele tem a oferecer é aquela forma requintada de crueldade passiva que se chama a indiferença. Incluem-se nessa categoria os 40 mil acima mencionados, as crianças brasileiras envenenadas pelas drogas das Farc, os malditos 17 mil reacionários fuzilados por seu amigo Fidel Castro e sobretudo as vítimas do terrorismo nacional, cujas famílias vivem no mais abjeto esquecimento enquanto os assassinos de seus pais e avós se empanturram de verbas federais, seja na condição de "indenizados", seja na de ministros, senadores, deputados, chefes de gabinete etc. etc. etc.

Longe de mim a suspeita de que as lágrimas de S. Excia. sejam fingidas. É justamente a espontaneidade delas que mostra o quanto os bons instintos presidenciais são seletivos, daquela seletividade natural e até inconsciente que revela, num instante, uma personalidade, a forma inteira de uma alma e de uma consciência. Se essa seletividade privilegia, enfatiza e enaltece com naturalidade espantosa os interesses político-publicitários do sr. presidente e ao mesmo tempo o torna cego e insensível para tudo o mais, não é porque haja nela alguma premeditação astuta, mas, bem ao contrário, é porque, simplesmente, ele é assim.

Sua consciência moral, em suma, é deformada pelo longo hábito, meio partidário, meio mafioso, da separação estanque entre os "amigos" e os "outros", entre "gente nossa" e "aquela gente". Se seus acessos de bondade vêm a ser sempre politicamente oportunos, não é porque ele os planeje, mas porque, no fundo da sua alma, ele não consegue conceber o bem senão sob a forma estreita e específica de uma estratégia partidária, sendo perfeitamente indiferente a tudo o que fique fora ou acima dela.

Especialmente acima. A prova mais patente da sua insensibilidade a quaisquer valores que transcendam a luta partidária veio logo após sua audiência com o Papa -- momento culminante na vida de todo fiel católico --, quando, tendo comungado sem confessar, redobrou a blasfêmia ao fazer chacota do ocorrido, dizendo que assim procedera por ser alma sem pecados. Para esse homem, até mesmo a religião que diz professar ardentemente não tem nenhum significado em si mesma, o Deus que ele diz adorar não tem nenhuma autoridade moral para julgá-lo, devendo antes amoldar-se com humildade à condição de personagem de piada instrumental ad majorem Lulis gloriam. Que depois, na África, ele exiba arrependimento por uma escravatura que jamais praticou, e faça acompanhar suas lágrimas da conveniente citação papal, eis aí a prova de que, na escala da sua consciência, sua alma cristã tem mais satisfações a prestar ante o auditório imediato do que ante o Juízo Final.

Subjugando ao oportunismo partidário mesmo aquilo que há de mais alto e venerável, suas efusões de bondade não são senão expressões visíveis de uma mesquinharia profunda, de uma pequenez de alma que, para dizer o mínimo, não é um bom exemplo para se dar às crianças.

Desprovido, ao menos aparentemente, da truculência natural de um Fidel Castro ou de um Pol-Pot, bem como da fanfarronice histriônica de um Hugo Chávez, esse homem traz no coração, como eles, aquela típica mistura de insensibilidade moral e sentimentalismo kitsch que caracteriza os sociopatas. Sua indiferença ao sofrimento real dos estranhos ao seu círculo de interesses contrasta de tal modo com suas tiradas de autopiedade obscena e com seu emocionalismo à flor da pele nas ocasiões politicamente convenientes, que não vejo como escapar à conclusão de que S. Excia. é uma alma deformada, cuja feiúra, exibida com ingênuo despudor a cada novo pronunciamento seu, condensa simbolicamente a miséria geral da época.

Texto publicado no jornal Diario do Comercio, 19 de outubro de 2009

Por: Olavo de Carvalho - Via Beto Fernandes

Representantes de entidades elogiam transparência na Administração Samuel Araripe



Com o tema “O Reflexo da Queda das Receitas na Gestão Municipal”, o prefeito do Crato, Samuel Araripe, proferiu palestra na manhã de ontem, na Câmara Municipal, no Teatro Salviano Arraes Saraiva. O evento fez parte do Dia Nacional em Defesa dos Municípios, atendendo orientação da Confederação Nacional dos Municípios (CNM). Os trabalhos foram coordenados pelo presidente da Casa, Francisco Helder de Oliveira França. Vereadores, sociedade civil, o vice-prefeito do Crato, Raimundo Filho, além de representantes do poder público municipal estiveram presentes no evento, que teve o objetivo de mobilizar todos os segmentos da sociedade. Samuel Araripe fez uma explanação sobre a crise na administração pública municipal, os efeitos causados e os cuidados que tem tomado no sentido de não permitir que setores como a educação e a saúde sejam atingidos. Ele ressaltou que o momento é de extrema responsabilidade para os administradores públicos de todo o país, que sofrem com a redução de repasses federais, como o Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

O prefeito chegou a responder perguntas dos vereadores e do público presente, além de receber sugestões. Demonstrou em seu discurso total abertura e disse que tem tomado as medidas necessárias para que o erário público não sofra e nem também haja atraso no pagamento dos salários dos servidores públicos municipais. O presidente da CDL do Crato, Geraldo Pinheiro, ressaltou a importância do prefeito do Crato falar da atual situação que passa o município. Já o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, Júnior Matos, destacou a iniciativa do prefeito Samuel Araripe, afirmando sua atitude corajosa em expor os problemas que atualmente vive a administração e se colocou solidário com a situação. Os vereadores ainda destacaram sua preocupação em relação a vários projetos que vem sendo desenvolvidos na cidade, a exemplo da área social, atualmente com dezenas de projetos na área. Já Samuel Araripe disse que o seu dever com o Crato é muito mais técnico do que político e que pretende levar bem o Crato até o final do seu mandato, em 31 de dezembro de 2012.

Reportagem e Foto: Elizângela Santos

Cantora Lírica Tatiana Figueiredo se Apresenta Hoje no Crato


NE - Da Itália para o Crato...


Tatiana Figueiredo se apresentou na abertura do G8, na Itália.

Ela cantou o Te Deum de Verdi com a Orchestra Sinfonica Abruzzese (Maestro Marcello Bufalini) na abertura oficial do G8 em L’Aquila – Encontro com os governantes dos paises mais ricos do mundo. Cantou ainda em vários recitais no Brasil e no esterior, entre eles em Milão no Teatro Silvestrianum e ao Teatro Filodrammatici de Milao em homenagem ao compositor brasileiro Heitor Villa-Lobos. Participa de recitais e montagens de Operas no Brasil e na Itália. Frequentou muitos cursos de aperfeiçoamento para cantores líricos no Brasil, Italia e Alemanha e fez numerosos concertos em Sao Paolo, Rio de Janeiro, Curitiba, Juiz de Fora, Fortaleza, Maceió, Sicilia, Capri, Bologna, Chianciano, Bordighera, San Remo (Teatro Ariston), Sapri, Ravenna, L’aquila, Roma, Venezia, Foggia, Avallon e Auxerres (França) e outras cidades.

Estamos falando de Tatiana Vanderlei de Figueiredo, cantora Lírica Brasileira, residente na Itália.

Com toda essa magnífica trajetória artística, não esquece as suas raízes, quando entrou em contato com o Blog do Crato através do telefone, para expressar a sua imensa satisfação em encontrar aqui o genuíno espaço da nossa cidade, berço das expressões artísticas e culturais, da gente que trabalha para divulgar nesse espaço público, o Crato, terra de tantos ícones ilustres.

Em conversa com esse repórter, Tatiana nos conta do seu primeiro encontro com a sua paixão: O canto Lírico:

Tatiana: A Dra. Violeta Arraes uma vez me ouviu cantando quando eu trabalhava na URCA, e me disse: Porque voce nao começa a estudar seriamente? Ouvindo isso nao pensei duas vezes. Terminei minha Graduaçao em Direito, e fui morar em Curitiba pra estudar Canto Lirico. Depois ganhei uma bolsa de estudos para vir estudar na Italia. Estou aqui ja da 6 anos, ja visitei varios Paises e amo estar aqui...

Blog do Crato: Aonde você reside atualmente?

Tatiana: Atualmente moro na cidade de L'Aquila, a cidade que foi destruida pelo terremoto, uma experiencia que nao quero viver novamente, jamais!!! Era tudo tao lindo... abro a janela da cozinha e tem uma montanha maravilhosa que fica coberta de neve por 6 meses... da sala vejo o "Gran Sasso d'Italia", sem falar nas construçoes maravilhosas que nao existem mais.

Blog do Crato: Qual a Rotina de uma cantora Lírica Brasileira na Itália ?

Tatiana: Ando de bicicleta, nado, leio muito, vou a concertos, sou a Vice-Presidente de uma Associaçao Cultural, e tantas outras coisas que por hora (pelo terremoto) nao posso prosseguir, como um curso de tango... Faço concertos, viajo muito, fiz um curso de cozinha italiana, nao estou jamais parada... Estou terminando minha segunda especializaçao...

RECITAL NO CRATO EM HOMENAGEM À VIOLETA ARRAES

Tatiana Figueiredo está no Crato, onde se apresentará hoje, no Teatro Rachel de Queiroz, juntamente com o Pianista Vitor Duarte, em um recital em homenagem à saudosa memória da Ex Reitora da Universidade Regional do Cariri Violeta Arraes Gervasieau às 19:30h. Além disso, irá acontecer paralelamente ao evento uma exposição contando toda a trajetória de Dona Violeta nos dias 22,23,24 além de mini-cursos de canto coral e apresentação dos Corais da SCAC além da continuação da Exposição.

Fã da Rádio Chapada do Araripe

Tatiana se diz uma ardorosa fã da Rádio Chapada do Araripe, que transmite música Brasileira, Jazz, Música Clássica e Música dos compositores regionais. Nós que administramos o Blog do Crato, Rádio Chapada do Araripe e Jornal Chapada do Araripe, desejamos a Tatiana Figueiredo votos de muita felicidade nessa carreira difícil, que é ser um bom artista, do mais fino gosto, ainda que fora do Brasil. E creio que falo por todos nós, quando aqui quero aqui desejar todo o sucesso nessa série de oncertos que ela faz no Brasil. Tatiana, minha amiga e colega musicista, um grande abraço!

Programa de Concerto:

Programa Recital em Homenagem à Violeta Arraes


Concerto Didático – Evolução da Opera


Música Barroca
Haendel – Piangerò – Giulio Cesare

Clássico
Mozart – Der Holle Rache – Il Flauta Mágica

Romântico Italiano
Bellini – Eccomi in lieta vesta – Montecchi e Capuletti

Romântico francês
Offenbach – Les oiseaux dans la charmille – Os Contos D’Hofmann

Romântico Brasileiro
Gomes – Mia piccirella – Salvador Rosa

Moderno Italiano
Puccini – Chi il bel sogno – La Rondine

Contemporâneo
Glitter and be gay – Bernstein - Candide


Por: Dihelson Mendonça

Previsão do Tempo e Almanaque - 20 de Outubro de 2009

Bom dia, meus Caros Amigos do Blog do Crato!

É incrível a quantidade de pessoas que acessam esse Blog mesmo aqui dentro da nossa cidade. Por onde tenho andado, muita gente que nem conheço, já me chama pelo nome: "Dihelson". Outro dia, estava numa borracharia e um cliente me tratando pelo nome. Noutro, foi na Padaria. Quando questionados se me conheciam, afirmaram ser "não é do Blog do Crato ?" Fico muito feliz que o Blog esteja se expandindo cada vez mais. Temos uma quantidade de leitores espalhados pelas classes mais variadas da sociedade. E isso é muito importante como meio de integração regional. Agora, meus amigos, que é uma tarefa MONUMENTAL manter esse Blog da forma como vocês o conhecem é...basta dizer que tenho dormido muito pouco, em razão da manutenção do Blog, e do meu trabalho normal, afinal, o Blog é um informativo sem fins lucrativos, que dá hoje mais trabalho a mim do que todos os trabalhos que já fiz na vida. Mesmo a música, uma de minhas profissões, e que chego a estdar 4 ou 6 horas por dia, não causa tanto estrago. Mas a nossa felicidade, a nossa alegria é saber que as pessoas estão gostando do que estão vendo por aqui. Isso é a maior recompensa!

Previsão do Tempo

A previsão do tempo para hoje, não muda! Dia de Sol com algumas núvens e não chove. Temperatura máxima de 31 graus e mínima de 21. Informa o Site Climatempo, um dos maiores especializados em meteorologia do país.

ALMANAQUE

21 de outubro. Dia de Santa Úrsula e companheiras.

Úrsula nasceu no ano 362, filha dos reis da Cornúbia, na Inglaterra. Era uma linda menina, meiga, inteligente e caridosa. Cresceu muito ligada à religião, seguindo os princípios da fé e amor em Cristo. A fama de sua beleza espalhou-se e logo os pedidos de casamento surgiram. Mas por motivos políticos seu pai aceitou a proposta feita pelo duque Conanus, pagão, oficial de um grande exército amigo. Quando soube que o pretendente não era cristão, Úrsula primeiro recusou, mas depois, devendo obediência a seu pai e rei, aceitou, com a condição de esperar três anos, período que achou suficiente para o duque converter-se ou desistir da aliança. Para isso rezava muito junto com suas damas da Corte.

Mas parecia ser um matrimônio inevitável. Na época acertada, uma expedição, com dois navios, partiu levando Úrsula e suas damas. Eram jovens virgens como ela e se casariam, também, com guerreiros escolhidos pelo duque Conanus. As lendas e tradições falam em onze mil virgens, mas, depois, outros escritos da época e pesquisas arqueológicas revelaram que eram onze meninas. O fato real e trágico foi que, navegando pelo rio Reno, quando chegaram a Colônia, na Alemanha, a cidade estava sob o domínio do exército de Átila, rei dos hunos, povo bárbaro e pagão. Logo os soldados hunos mataram todos da comitiva e, das virgens, apenas Úrsula escapou, pois Átila ficou maravilhado com a beleza e juventude da nobre princesa. Ele tentou seduzi-la e propôs-lhe casamento. A custo da própria vida, Úrsula recusou-o, dizendo que era já era esposa do mais poderoso de todos os reis da Terra, Jesus Cristo. Cego de ódio, ele mesmo a degolou. Tudo aconteceu em 21 de outubro de 383. Em Colônia, uma linda igreja guarda o túmulo de santa Úrsula e suas companheiras. Na Idade Média a italiana Ângela de Mérici, leiga e terciária franciscana, fundou uma Congregação de religiosas chamada Companhia de Santa Úrsula, destinada à formação cristã das famílias através da educação das meninas, futuras mães em potencial. Um avanço para as mulheres, pois até então só os homens eram contemplados com a instrução. A fundadora escolheu santa Úrsula como padroeira após uma visão que teve. Atualmente, as irmãs ursulinas, como são chamadas as filhas de santa Ângela, celebrada em 27 de janeiro, estão presentes nos cinco continentes. Com isso, a festa de santa Úrsula, no dia 21 de outubro, mantém-se sedimentada e muito robusta em todo o mundo católico.

Eventos históricos

* 1187 - É eleito o Papa Gregório VIII.
* 1805 - Guerras Napoleônicas: na Guerra da Terceira Coligação, a Inglaterra vence os franco-espanhóis na Batalha de Trafalgar.
* 1838 - Dom Pedro II funda o Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, inspirado no Institut Historique de Paris.
* 1984 - Golpe Militar de 1964: uma explosão ocorreu em um comitê da Aliança Democrática, em Porto Alegre, no da campanha presidencial que daria início à abertura política. Tancredo Neves minimizou o fato.
* 1990 - Ayrton Senna vence em Suzuka, no Japão, o seu segundo campeonato mundial de Fórmula 1.

Nascimentos

* 1833 - Alfred Nobel, inventor da dinamite e fundador dos Prémios Nobel (m. 1896).
* 1917 - Dizzy Gillespie, trompetista, cantor e compositor de jazz norte-americano (m. 1993).
* 1921 - Malcolm Arnold, compositor britânico. (m. 2006)
* 1925 - Celia Cruz, cantora cubana (m. 2003).
* 1929 - Walter Hugo Khouri, cineasta brasileiro (m. 2003)
* 1934 - Dóris Monteiro, cantora brasileira.
* 1961 - Angelo Russo, ator italiano.
* 1963 - Marisa Orth, atriz brasileira.
* 1965 - Jon Andoni Goikoetxea, treinador e ex-futebolista espanhol.
* 1969 - Lucio Cecchinello, motociclista italiano.

Falecimentos

* 1422 - Carlos VI de Valois, Rei de França (n. 1368)
* 1805 - Horatio Nelson, almirante britânico morto na Batalha de Trafalgar (n. 1758)
* 1889 - Visconde de Mauá (Irineu Evangelista de Sousa), industrial e político brasileiro. (n. 1813)
* 1969 - Jack Kerouac, escritor (n.1922)
* 1979 - Alziro Zarur, radialista carioca, fundador da Legião da Boa Vontade (LBV) (n. 1914)
* 1984 - François Truffaut, diretor de cinema francês. (n. 1932)
* 2006 - Waldemar Lopes, poeta pernambucano, membro da Academia Pernambucana de Letras.

Feriados e eventos cíclicos

* Dia do Ecumenismo
* 1963 - Fundação da Confederação Européia de Voleibol

HOJE NA HISTÓRIA

Dia do Ecumenismo

Ecumenismo (ou eucumenismo) é o processo de busca da unidade. O termo provém da palavra grega "oikos" (casa), designando "toda a terra habitada". Num sentido mais restrito, emprega-se o termo para os esforços em favor da unidade entre igrejas cristãs; num sentido lato, pode designar a busca da unidade entre as religiões ou, mesmo, da humanidade. Neste último sentido, emprega-se também o termo "macro-ecumenismo". O Dicionário Aurélio define ecumenismo como movimento que visa à unificação das igrejas cristãs (católica, ortodoxa e protestante). A definição eclesiástica, mais abrangente, diz que é a aproximação, a cooperação, a busca fraterna da superação das divisões entre as diferentes igrejas cristãs.

Do ponto de vista do Cristianismo, pode-se dizer que o ecumenismo é um movimento entre diversas denominações cristãs na busca do diálogo e cooperação comum, buscando superar as divergências históricas e culturais. Segundo a Igreja Evangélica Luterana do Brasil, o termo ecumênico quer representar que a Igreja de Cristo vai além das diferenças geográficas, culturais e políticas entre diversas igrejas. Nos ambientes cristãos, a relação com outras religiões costuma-se denominar diálogo inter-religioso. Este artigo foi desenvolvido na perspectiva do ecumenismo como a busca de unidade entre igrejas cristäs. Para uma visão macro-ecumênica,

Histórico

No mundo grego, ecumenismo significava "terra habitada", e tinha o sentido de "povo civilizado", de cultura aberta, tanto com uma perspectiva geográfica, como de civilização. Com as conquistas do império romano, o termo ganha mais uma conotação antes das anteriores, a conotação política. Já no cristianismo, a palavra é utilizada numa perspectiva espiritual: a "terra habitada" passa a ser considerada obra de Deus, tornada habitável pela colaboração humana. Assim, assume a conotação de uma tarefa a realizar. Em 381, o Concílio de Constantinopla refere-se ao Concílio de Nicéia como Concílio ecumênico. Neste contexto, a palavra ecumênico refere-se tanto à reunião de pessoas de distintos lugares, quanto à doutrina e costumes eclesiásticos aceitos como norma para toda a Igreja Católica. Após o império romano, o termo ecumenismo deixa de ter as conotação política e passa a ser utilizado na Igreja. Por exemplo, o Credo Niceno-Constantinopolitano é considerado ecumênico por ser a profissão de fé aceito por todos os cristãos. A raiz do ecumenismo moderno data do final do século XVIII, com as missões protestantes. O grande impulsionador destas missões, William Carey propôs a cooperação entre os cristãos para fazer frente à evangelização de um mundo cada vez maior a ser cristianizado. Mas o termo ainda tem conotações geográficas, enquanto busca a unidade em vista da expansão do Evangelho. A partir dos movimentos Fé e Constituição e Vida e Ação, o termo ecumenismo espalhou-se nos ambientes eclesiais como o relacionamento entre as igrejas cristãs divididas na direção de superar as divergências teológicas, de aproximar os cristãos das diversas denominações e cooperar com a paz mundial.

História do movimento ecumênico

Em 1846, foi criada em Londres a Aliança Evangélica, com a finalidade de congregar as diversas igrejas diante da ameaça de fragmentação do Protestantismo. Durante a primeira reunião da Aliança Evangélica em Londres, o pastor calvinista ressalta o "espírito ecumênico" demonstrado pelos organizadores do evento. A partir da segunda metade do século XIX, surgiram as associações mundiais leigas de jovens, que foram fundamentais para o desenvolvimento do ecumenismo. A primeira destas associações de cunho ecumênico foi a Associação Cristã de Moços, criada em Londres em 1844, por George William, que se espalhou pelo mundo e organizou-se em uma Associação Mundial a partir de 1855. A Associação Cristã Feminina, também londrina, foi criada em 1855. Outras organizações também tiveram sua importância: Movimento de Estudantes Voluntários para as Missões Estrangeiras, de 1886, e a Federação Mundial de Estudantes Cristãos, de 1895, ambos organizados por John Raleigh Mott, que foi um grande líder das iniciativas ecumênicas. No âmbito católico, o papa Leão XIII, ao promulgar a encíclica Provida Mater, em 1895, instituiu um tempo de novena pela reconciliação dos cristãos entre as festas da Ascensão e de Pentecostes, que foi constituído em um tempo perpétuo dois anos depois. Em 1908, os anglicanos Spencer Jones e Lewis Thomas promoveram oito dias de oração pela unidade dos cristãos entre 18 de janeiro (Festa da cátedra de São Pedro) e 25 de janeiro (festa da conversão de São Paulo). Posgeriormente, Watson converteu-se ao catolicismo e foi instituído na Igreja Católica a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos neste mesmo período. Em 1905, foi criado nos Estados Unidos o Conselho Nacional das Igrejas.

A Conferência Missionária Mundial, em Edimburgo, em 1910, é considerada o marco do ecumenismo como é entendido hoje: a busca da unidade entre as igrejas cristãs. Idealizado e realizado por John Mott. Ao convocar esta conferência, Mott conclamava os líderes do protestantismo para a necessidade de cooperação entre as igrejas no campo missionário, para além das diferenças confessionais. A Conferência resultou em dois congressos posteriores, em Estocolmo, em 1925 e Oxford em 1939. A partir de então floresceram diversas iniciativas ecumênicas: a criação do Conselho Internacional de Missões (1921), o Conselho Universal da Vida e do Trabalho (Estocolmo, 1925) e o Conselho Mundial Fé e Ordem (Lausanne, 1927), que estavam a gestar a criação de um organismo internacional das igrejas cristãs. Entretanto, o papa Pio XI via com suspeita estes movimentos e publicou em 1928 a encíclica Mortalium animos, que afirma que a única igreja verdadeira é a igreja romana e que a salvação só pode ser alcançada pelo regresso a ela. Apesar desta posição oficial, diversas iniciativas no âmbito católico foram efetuadas no sentido da aproximação e cooperação com outras denominações cristãs. Em 1948, foi criado o Conselho Mundial das Igrejas - CMI, que reuniu inicialmente 197 denominações. No âmbito desta organização, o termo ecumenismo designa os esforços entre Igrejas com vista a uma reconciliação cristã que aceite a realidade da diversidade das diversas igrejas cristãs.

A Igreja Católica incorpora-se oficialmente ao movimento ecumênico a partir de 1960, quando o papa João XXIII criou o Secretariado Romano para a Unidade dos Cristãos. Este organismo participou ativamente no assessoramento ao papa e aos bispos durante o Concílio Vaticano II, além de ajudar os padres conciliares na elaboração do decreto Unitatis Redintegratio de 1964. Estabeleceu o diálogo sobre a doutrina com outras igrejas, assessorou as Conferências Episcopais pelo mundo no tema do ecumenismo. Foi responsável ainda pelos documentos Diretório Ecumênico (1967-1970) e A colaboração ecumênica em nível regional, nacional e local (1975). O Papa João Paulo II reafirmou o ecumenismo como essencial para a fé cristã na Encíclica Ut unum sint ("Que todos sejam um"). Algumas denominações protestantes participam do movimento ecumênico. Outras, entretanto, não só não o aceitam como creem que o ecumenismo cumpre perfeitamente as profecias bíblicas no livro do Apocalipse que prevê o seu líder - o falso profeta - que levará a humanidade a aceitar o Anticristo que está por vir (Apocalipse 13.11-12) . Esta visão é compartilhada sobretudo pelos novos movimentos religiosos.

Fontes: Climatempo, 10emTudo, Edições Paulinas, Wikipedia

Pensamentos do Dia - 21 de Outubro de 2009

Dsc03185

"A vida é muito importante para ser levada a sério."

Oscar Wilde

"Para quê preocuparmo-nos com a morte? A vida tem tantos problemas que temos de resolver primeiro."

Confúcio

"A alma é a causa eficiente e o princípio organizador do corpo vivente."

Aristóteles

"Queres viver alegremente? Caminha com dois sacos, um para dares, outro para receberes."

Johann Goethe

"Não nos tornamos ricos graças ao que ganhamos, mas com o que não gastamos."

Henry Ford

Foto Ilustrativa: Igreja de São Vicente Ferrer - Crato - Foto: Dihelson Mendonça

Os dois lados dos grandes eventos esportivos no Brasil - Por: Robson Fernando


O Brasil terá para si a Copa do Mundo de Futebol de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016. Isso, em vez de ser uma má notícia como muitas pessoas argumentam, tem um lado muito bom e um prejudicial. Será bom porque irá melhorar a infraestrutura das cidades que terão as competições. É ruim por outro lado porque as políticas públicas que não estão associadas diretamente aos jogos perderão o pouco foco que atualmente ainda têm, além do esquecimento que irá acometer a própria população acerca de questões negligenciadas e do risco de a corrupção e o interesse eleitoreiro se aproveitarem das obras.

O fato de o país ter conquistado o título de sede das duas supercompetições será um impulso urbanístico positivo para as cidades que possuem ou possuirão estádios para os jogos entre as seleções nacionais e para o Rio de Janeiro, cidade olímpica. Ganharão sistemas de transporte reformados, aeroportos maiores e melhores, avenidas novas, atrações turísticas novas – e as já existentes serão aprimoradas – etc. Isso se não houver paralisações nas obras. Além de mais policiamento e hospitais melhores, se a coerência prevalecer na política de investimentos para esses eventos. É certo que várias delas estão apresentando propostas equivocadas, que incluem a não-valorização do transporte ferroviário e ignoram as necessidades básicas da população mais pobre, mas é inegável que se tornarão provavelmente cidades relativamente melhores para se viver, uma vez que a infraestrutura urbana acomodará melhor a população e trará novas facilidades de locomoção e atrações turísticas caso dê certo.

As 14 cidades-sede dos jogos poderão continuar ruins de se viver, mas piores seriam no futuro se não recebessem nenhuma das obras estruturais que estão começando a sair do papel. Entretanto, há pontos negativos, que motivam as pessoas mais críticas da escolha do Brasil como sede da Copa e das Olimpíadas a condenar as decisões pró-brasileiras da FIFA e do Comitê Olímpico Internacional. Um dos mais importantes é o fato de que a atenção dirigida aos investimentos feitos em razão dos dois eventos será muito concentrada. Tanto a ponto de praticamente esvaziar a já escassa atenção dada a questões como educação, assistência social, desenvolvimento científico e políticas ambientais. Ao mesmo tempo, o povo se ligará tanto aos futuros eventos esportivos e às obras feitas em prol destes que poderá esquecer parcialmente que seus governos têm obrigação de investir em tais áreas e não obstante passaram a ignorá-las. Já há inegavelmente esse desleixo governamental hoje, mas no futuro próximo ele será reforçado pela prioridade aos jogos e abafado nas preocupações populares.

Também é muito relevante a ameaça da corrupção e da pose eleitoreira: num cenário de desilusão como hoje, em que senadores/as e governadores/as são livrados/as de acusações de corrupção, será muito fácil alguém se beneficiar superfaturando e/ou desviando verbas de alguns empreendimentos e utilizar as construções como instrumentos de obtenção de prestígio – leia-se votos. Uma cena imaginável que muito provavelmente acontecerá: “Fulano foi responsável pela idealização e construção da nova linha de metrô para a Copa de 2014. Pense bem, vote em Fulano deputado federal”.

É de se pensar que o Brasil não estava politicamente preparado para receber os dois grandes acontecimentos do esporte mundial, mas agora que irá sediá-los, resta torcer para que o máximo possível dos investimentos dê certo e torne as 14 cidades em questão melhores de se viver. Protestar pela transparência e pelo andamento regular das construções seria ótimo, mas o povo não tem a maturidade sociopolítica para seguir essas manifestações.

Zelaya reitera a representante de Micheletti que não negocia sua restituição

O presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, confirmou nesta terça-feira que se reuniu com um representante do governante interino, Roberto Micheletti, e reiterou que não está disposto a negociar sua restituição no poder. Zelaya explicou a Rádio Globo que o encontro que manteve com Arturo Currais, membro da comissão de diálogo de Micheletti, foi "uma reunião informal", agendada através de uma ligação telefônica feita por pessoas que não identificou, e disse que é necessário "um acordo político" para superar a crise. Segundo Currais, o encontro foi produto de um convite de Zelaya e nele ambos trocaram impressões "de frente ao futuro" e para uma "solução final" da crise. Zelaya disse que Currais chegou "a explicar diretamente qual era a objeção que eles colocavam" no ponto relacionado com sua restituição, sobre o qual, lembrou "não se pôde chegar a um acordo (segunda-feira) com a comissão de diálogo".

"Ele veio dar as explicações necessárias, que o povo hondurenho já conhece, e não há nada novo na mesa além de uma posição intransigente frente à verdade que está vivendo o povo hondurenho", acrescentou. O diálogo se estagnou na segunda depois que a comissão de Zelaya rejeitasse uma proposta de Micheletti encaminhada a que ambas as delegações resolvessem sobre a restituição do líder deposto com base em relatórios da Suprema Corte e do Parlamento sobre os antecedentes do golpe de Estado.

"Não estamos dispostos a negociar o princípio da minha restituição", reafirmou o governante deposto, que recebeu ao enviado de Micheletti na embaixada do Brasil em Tegucigalpa, onde permanece há um mês, desde que voltou de surpresa ao país.

"Os hondurenhos sempre devemos ter uma janela aberta para buscar a saída à crise", que "só se pode resolver com um acordo político", insistiu. Zelaya lembrou que o Conselho Permanente da OEA (Organização dos Estados Americanos) se reunirá nesta quarta-feira em Washington, onde tratará, entre outros assuntos, da estagnação do diálogo sobre a crise hondurenha. Reconheceu ainda que "as eleições são uma saída" para crise, mas lembrou também que a comunidade internacional advertiu que "se não há restituição, não há um reconhecimento" dos resultados e do novo governo hondurenho. Se isso ocorrer, sentenciou, "o país seguirá isolado".

Fonte: Folha OnLine

CRATO - Curiosidades - Placa dos Funcionários do Banco do Brasil - 1986

placa do banco do Brasil

Estive ontem na agência do Banco do Brasil em Crato, onde pude registrar essa foto, da placa comemorativa dos 50 anos de existência da mesma, onde pode-se observar quem trabalhava naquela época no Banco do Brasil. Muitos, grandes amigos nossos!

Abraços,

Dihelson Mendonça

Show da banda "Dr.Raiz:" - Hoje no largo da RFFSA em Crato - festival da Canção


Show da banda "Dr.Raiz:"

Não percam!

Show do Dr. Raiz, com a formação original e novas músicas! Quinta agora, dia 22 de outubro as 23hs no Centro Cultural Araripe! Largo da REFFSA - Crato CE. O Show acontecerá dentro da programação do Festival Cariri da Canção.

Divulgação

Hoje no Diário do Nordeste - A CRISE E O CARIRI - Prefeito demite comissionados


NE - Queda de Repasses do Governo federal prejudica o funcionalismo em Crato

PREFEITO DO CRATO, Samuel Araripe, se reuniu com vereadores, secretários, empresários e lideres comunitários para falar sobre a crise financeira, no Teatro Salviano Arraes (Foto: Antônio Vicelmo)

A diminuição do repasse do FPM fez com que o prefeito do Crato, Samuel Araripe, tomasse alguma medidas

Crato. "Os municípios brasileiros vivem uma crise sem precedentes. Uma situação insustentável que inviabiliza programas de obras e até mesmo o pagamento do funcionalismo". Foi isto que afirmou o prefeito do Crato, Samuel Araripe, em entrevista à Rádio Educadora do Cariri, que demitiu 160 funcionários comissionados. Ele acredita que os prefeitos do Cariri e de outros municípios do Ceará passam pelo mesmo problema. "No Crato, a situação é pré-falimentar", disse ele.

Ontem, o prefeito convocou a Câmara Municipal para reunião com lideranças políticas, empresariais e comunitárias, com o objetivo de chamar a atenção da população para a situação financeira da Prefeitura que sofreu uma redução de 12%, o que corresponde a R$ 1,2 milhão, no rapasse de recursos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). A reunião, segundo Samuel, faz parte de uma campanha nacional dos prefeitos de todos os Estados da federação que estiveram mobilizados em Brasília com a finalidade de sensibilizar os deputados estaduais e federais, senadores, governadores e o presidente da República. Na oportunidade, eles marcaram uma mobilização em todos os municípios.

Pagamento

Mesmo diante da crise, o prefeito garante que o pagamento do funcionalismo não vai atrasar. "A Prefeitura não vai passar calote nos fornecedores", complementou. Para isso, estão sendo tomadas medidas de contenção de despesas, entre as quais, a demissão de funcionários comissionados. A crise, de acordo com ele, terá reflexos em outros setores como a participação da Prefeitura na execução dos futuros projetos e investimentos que exigem a contrapartida do poder público. O prefeito lembrou que a queda do FPM está relacionada com atual crise econômica mundial que diminuiu a arrecadação do Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) e Imposto de Renda (IR), que compõem o FPM. As transferências para os municípios que dependem do desempenho dos impostos foram prejudicadas. Ele explicou que a receita dos municípios é composta de três grupos: arrecadação própria, transferências estaduais e federais. Os municípios e o Governo do Estado, segundo Samuel, fizeram o "dever de casa", aumentaram a arrecadação. No Crato, por exemplo, a receita cresceu 65%. O Estado também fez a sua parte. O Imposto de Circulação de Mercadorias (ICMS) aumentou 6,23%. No entanto, o Governo Federal está longe de cumprir a sua obrigação.

O índice populacional, segundo ele, tem impacto direto no cálculo do FPM, principal receita de grande parte das prefeituras, e também influi nos cálculos para repasse de recursos do Sistema Único de Saúde (SUS). O Crato, que ainda não atingiu os 170 mil habitantes, ficou numa escala menor para efeito de repasses destes recursos.

Desequilíbrio

Samuel adverte que o corte no envio de recursos federais aos municípios gera um grave desequilíbrio nas contas das prefeituras, na medida em que as receitas caem e as despesas continuam constantes. Uma das primeiras consequências é o aumento proporcional das despesas com servidores.

"A Lei de Responsabilidade estabelece que as prefeituras só podem gastar, no máximo, 60% dos recursos disponíveis com a folha de pagamento e as câmaras municipais. Com a redução do FPM, os gestores passam por uma imensa dificuldade para se adequar às normas fiscais", disse o gestor. Ele advertiu que "estamos chegando aí ao fim do ano com uma Lei de Responsabilidade Fiscal duríssima. As contas tem que fechar, não posso passar de um exercício para o seguinte com dívida", disse o prefeito.

Medida Provisória

Após mobilização no Senado, organizada pela Confederação Nacional de Municípios (CNM), o Governo Federal editou a Medida Provisória destinando valor de R$ 1 bilhão para ajudar os municípios prejudicados com a queda no FPM. O objetivo é igualar os repasses de 2009 ao total enviado aos municípios em 2008, quando o FPM chegou a R$ 51,3 bilhões. O Crato só recebeu R$ 43 mil.

Mais informações
Prefeitura Municipal do Crato
Largo Júlio Saraiva, S/N.
(88) 3521.7069
(88) 3521.8969


ANTÔNIO VICELMO
Repórter do Jornal Diário do Nordeste
Colaborador do Blog do Crato e Chapada do Araripe

Alguns fatos Curiosos - Por: José Carvalho leite


NE - Encontrei o nosso amigo e colaborador José carvalho leite ontem, na agência do Banco do Brasil. Ele me reconheceu e garantiu que nas fotos eu pareço mais gordo ( rs rs ) . Apesar de ter sido apenas uma conversa que não chegou a 5 minutos, foi um grande prazer conhecer um excelente leitor do nosso Blog, que forneceu detalhes de certos comentários que só conhece, alguém que realmente lê o Blog do Crato. Aliás, o José Carvalho depois, me enviou esses pequenos relatos de fatos curiosos em suas "andanças" pelo interior do Ceará, que eu repasso para vocês:

"Tenho algumas que conseguí anotar quando fiz algumas viagens no interior do Ceará. Por exemplo; Num sitio em Jucás: Estava escrito na fachada de uma parede: BAR 100, 1 desenho de um saci e em seguida ONAL, ou seja, BAR SEM SACI ONAL. Em Limoeiro do Norte: LOJINHA A ELOIA DE CONFEÇÕES, VENDE-SE VERDURAS. em Milagres:CARPINTARIA E MOVELARIA SÃO FRANCISCO, APLICA-SE INJEÇÃO.Em Barbalha; ARCHIBAS MERCADINHO, perguntaram ao proprietário o que significava a palavra "archibas", e o mesmo disse:foi três irmãos que vieram de São Paulo,(ARNALDO, CHICO E BASTIÃO), Em Pedra Branca: MANICURE E PEDICURE, FAZ-SE UNHAS DOS PÉS, DAS MÃOS, RAPA-SE CABELOS DAS AXÍLAS, ETC. O QUE SERIA ESTE " E T C " ?, Em Morada Nova, CICLOPEÇAS CENTRAL, VENDE-SE SELAS E ARREIOS.

Por: José Carvalho Leite

Notícias do Crato para o Dia 21 de Outubro de 2009


CRATO EM NOTÍCIAS - Dia 21 de Outubro de 2009


Representantes de entidades elogiam transparência na Administração Samuel Araripe

Com o tema “O Reflexo da Queda das Receitas na Gestão Municipal”, o prefeito do Crato, Samuel Araripe, proferiu palestra na manhã de ontem, na Câmara Municipal, no Teatro Salviano Arraes Saraiva. O evento fez parte do Dia Nacional em Defesa dos Municípios, atendendo orientação da Confederação Nacional dos Municípios (CNM). Os trabalhos foram coordenados pelo presidente da Casa, Francisco Helder de Oliveira França. Vereadores, sociedade civil, o vice-prefeito do Crato, Raimundo Filho, além de representantes do poder público municipal estiveram presentes no evento, que teve o objetivo de mobilizar todos os segmentos da sociedade. Samuel Araripe fez uma explanação sobre a crise na administração pública municipal, os efeitos causados e os cuidados que tem tomado no sentido de não permitir que setores como a educação e a saúde sejam atingidos. Ele ressaltou que o momento é de extrema responsabilidade para os administradores públicos de todo o país, que sofrem com a redução de repasses federais, como o Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

O prefeito chegou a responder perguntas dos vereadores e do público presente, além de receber sugestões. Demonstrou em seu discurso total abertura e disse que tem tomado as medidas necessárias para que o erário público não sofra e nem também haja atraso no pagamento dos salários dos servidores públicos municipais. O presidente da CDL do Crato, Geraldo Pinheiro, ressaltou a importância do prefeito do Crato falar da atual situação que passa o município. Já o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, Júnior Matos, destacou a iniciativa do prefeito Samuel Araripe, afirmando sua atitude corajosa em expor os problemas que atualmente vive a administração e se colocou solidário com a situação. Os vereadores ainda destacaram sua preocupação em relação a vários projetos que vem sendo desenvolvidos na cidade, a exemplo da área social, atualmente com dezenas de projetos na área. Já Samuel Araripe disse que o seu dever com o Crato é muito mais técnico do que político e que pretende levar bem o Crato até o final do seu mandato, em 31 de dezembro de 2012.

Ação Social do Crato convoca monitores do PETI para reunião amanhã

A Secretaria de Ação Social do Crato, juntamente com a coordenação do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil PETI-, comunica aos monitores do referido Programa que amanhã, dia 22, às 13 horas na Secretaria de Ação Social do município será realizado planejamento. Ressaltando que a participação de todos será indispensável. O Programa de Erradicação do Trabalho Infantil PETI, compõe o Sistema Único de Assistência Social SUAS com duas ações articuladas – o Serviço Socioeducativo ofertado para as crianças e adolescentes afastadas do trabalho precoce e a Transferência de Renda para suas famílias. Além de prever ações socioassistenciais com foco na família, potencializando sua função de proteção e os vínculos familiares e comunitários. Seu objetivo primordial é contribuir para a erradicação de todas as formas de trabalho infantil no País, atendendo famílias cujas crianças e adolescentes com idade inferior a 16 anos se encontrem em situação de trabalho. O Programa está inserido em um processo de resgate da cidadania e promoção de direitos de seus usuários, bem como de inclusão social de suas famílias. Aqui no município do Crato, o prefeito Samuel Araripe e a Secretária de Ação Social Liduina Andrade procuram desenvolver as ações do PETI de forma dinâmica e altiva no quer diz respeito ao cuidado assistencial as famílias cratenses, vislumbrando a erradicação do trabalho infantil no nosso município.

CRAS Batateira convida para caminhada, visando saúde e inclusão social

O Governo Municipal do Crato, em parceria com a Secretaria de Ação Social, informa que todas as terças-feiras as 8 horas, no Centro de Referencia em Assistência Social- CRAS, do bairro Gisélia Pinheiro, Batateira, é realizada uma caminhada com os idosos daquela comunidade. A coordenação do referido CRAS convidam à todos, que tenham interesse de participar a se unir nesse movimento de saúde, bem estar e inclusão social.

Fonte: Assessoria de Imprensa
Governo Municipal do Crato
Fone/Fax - (88) 3521.7069
Mais informações:

http://www.crato.ce.gov.br
http://www.prefeituramunicipaldocrato.blogspot.com

CONVITE - Sindicato dos Servidores Municipais do Crato - Por: Júnior Matos

Acima: Foto de Júnior Matos, Presidente do Sindicato


Convite Especial

A Diretoria do Sindicato dos Servidores Municipais do Crato - SINDSMCRATO, tem a honra de convidar a Vsa. Senhoria para participar da Festa do Servidor, com piscina, recreação, sorteios de brindes, feijoada, música e muita animação. Na oportunidade estaremos lançando a Campanha Salarial 2010.

Dia 31de outubro de 2009 - (Sábado) a partir das 08:00h
Local: Chácara de Jairo Sampaio / Lameiro - Crato - CE
Obs.: Haverá transporte saindo da Praça da Sé ás 07:30h

+ informações:

http://www.sindsmcrato.blogspot.com

A Diretoria
Texto enviado por Júnior Matos, para divulgação.

Notícias da Urca - Universidade Regional do Cariri - 21 de Outubro de 2009


Recital de canto lírico acontece na noite de hoje, em homenagem a ex-reitora Violeta Arraes

A Universidade Regional do Cariri, através da Pró-Reitoria de Extensão, com a colaboração da Fundação Araripe e da SCAC, irá promover um recital de música lírica na noite de hoje, com o soprano coloratura, Tatiana Vanderlei, e o pianista Vitor Duarte, em homenagem a saudosa memória da Ex-Reitora da URCA, Violeta Arraes Gervaiseau. O evento acontece às19h30, no Teatro Rachel de Queiroz. Além disso, irá acontecer paralelamente ao evento uma exposição contando toda a trajetória de Dona Violeta, de 22 a 24 e, no mesmo período, o curso de laboratório coral, que será gratuito, além da apresentação dos Corais da SCAC. As aulas do curso laboratório acontecerão das 18h30 às 20h30.

X Semana de Economia da URCA dará enfoque ao pensamento do economista Celso Furtado

De 02 a 04 de dezembro deste ano, acontecerá no Campus do Pimenta da Universidade Regional do Cariri – URCA, a X Semana de Economia da URCA, tendo como tema “Celso Furtado e seu pensamento a serviço da continuidade de uma construção interrompida”. O projeto do evento foi desenvolvido e amadurecido conjuntamente pelos Professores do Departamento de Economia e pelos discentes, através do Centro Acadêmico Martins Filho. Essa é uma proposta de integração de estudiosos e participes do desenvolvimento econômico, já que o conhecimento científico não pode estar dissociado do processo produtivo.

Contato:
Assessoria de Comunicação
Universidade Regional do Cariri - URCA
(88) 3102-1212 ramal 2617
www.urca.br - Elizangela Santos
Crato, 21 de outubro de 2009.

O Crato e o Desenvolvimento - Entrevista com o Prefeito Samuel Araripe

Blog do Crato - Capa Samuel 2




Ouça a entrevista em áudio no player acima.

O Jornal OnLine Chapada do Araripe entrevistou ontem ( 14 de Outubro ), o prefeito Samuel Araripe, que através de gráficos e estatísticas, demonstrou que a cidade poderia se desenvolver bem mais, se o Governo Federal pudesse corrigir os repasses para os municípios. Apontou a falta destes, como o maior entrave para os investimentos altamente necessários ao desenvolvimento do Crato.

Alguns pontos altos da Entrevista:

Sobre a Crise:

"A situação é Pré-falimentar nos municípios"

Governo Federal destina 22 centavos por dia por aluno para Merenda Escolar:

"O repasse do Governo Federal para os municípios adquirirem a merenda escolar é 22 centavos por dia por aluno. O que é, Meu deus do céu, que você pode comprar com 22 centavos por dia?"

Nem um Centavo para o Crato:

"Acesse o site da CNM, que lá tem a relação município por município, tem lá pra você verificar que o Crato não recebeu absolutamente nada desse 1 bilhão que foi creditado ( aos municípios )."

Sobre a Saúde no Município:

"Quando você chega na área da saúde, o repasse por munícipe, 18 reais por ano, e você tem que pegar e tem que administrar e ofertar a saúde para os munícipes e isso chegou a um ponto que não tem para onde se correr, ou o Governo Federal socorre os municípios ( e porque aqui eu to sempre repetindo o Governo Federal ? ) é por conta da divisão do bolo: 64 por cento de tudo que é arrecadado no Brasil fica com a união. 23 por cento de tudo que é arrecadado no Brasil, fica com estados, e apenas 13 por cento fica com municípios. Como ninguém mora na união nem no estado,todo mundo mora no município, ficamos nós prefeitos com o pires na mão, pedindo por amor de Deus, que o Governador ou o Presidente da República nos socorra."

Esforço Próprio. Garantia de Crescimento:

"Já temos para calçamentos, 3 milhões de reais. Já temos aí para recuperar estradas, e passagens molhadas e talvez aí algumas pontes que a gente quer fazer na zona rural, mais 3 milhões. Já temos recursos assegurados para recuperar o estádio Mirandão. Já temos em conta 7 milhões e 500 mil, para resolver os problemas de água do Crato para os próximos 20 anos. Aqui no Crato a nossa arrecadação até setembro cresceu 65% ( local ), provando que o município do Crato vem fazendo o seu dever de casa."

Brasil arrecadou Bilhões com CPMF, que não compõe o Fundo de Participações:

"Outra coisa que vem acontecendo há muitos anos no Brasil, que prejudica os municipios são as contribuições. O governo cria as contribuições e essa contribuição não faz parte do Fundo de participação. Quer ver um exemplo ? A CPMF. A união arrecadou bilhões de reais, e aquilo ali não veio um real para compor o fundo de participação."

Samuel Araripe


ENTREVISTA COMPLETA

Chapada do Araripe - Bom Dia, Sr. Prefeito. Primeiramente, gostaríamos de agradecê-lo por esta entrevista concedida ao nosso Jornal Online Chapada do Araripe e ao Blog do Crato, que por sinal, está comemorando a marca de 35.000 acessos médios mensais. Desde a fundação deste espaço há 4 anos, já acumulamos quase 1 milhão de acessos totais, sendo o maior site de internet da região do Cariri.

O CENTRO DE CONVENÇÕES

A nossa primeira pergunta é relativa ao motivo questionado por alguns dos nossos leitores e a própria população do Crato, sobre a pausa nas obras do Centro de Convenções. Qual o motivo desta parada e a especulação na cidade ?

Samuel Araripe - A licitação foi feita no último ano do governo Lúcio Alcântara, e a obra só começou neste ano. A construtora Marquise que venceu o sertame, quer que o governo faça um realinhamento de preços porque a obra só começou 3 anos após. Então esse é o impasse, mas o Governador, Dr. Cid, no governo itinerante em Barbalha, me garantiu que o secretário do Turismo, que é o Bismark Maia, já estaria mantendo um contato com a construtora, e que em breve a obra vai reiniciar. Então, o problema é apenas essa questão de realinhamento de preços. A intenção do governo é de continuar o quanto antes ( a obra ) e a da construtora também, e eles estão conversando para definir.

O CRATO E A CRISE

Chapada do Araripe - Sr. prefeito Samuel Araripe, como as cidades têm sido afetadas com a queda de repasses para os municípios, e especialmente a cidade do Crato?

Samuel Araripe - A situação é Pré-falimentar nos municípios. Participei de uma reunião em Brasília, há 15 dias atrás, com aproximadamente 3.000 prefeitos de todos os partidos e de todos os estados da federação, e lá ficou dito, ficou acertado que no dia 23 de outubro haverá uma manifestação a nível nacional. Os 5700 municipios farão ações para chamar a atenção dos deputados estaduais, dos deputados federais, dos senadores da república, dos governadores, e do presidente da república. Porque o que vem acontecendo de fato, é que a receita dos municípios é composta de 3 grandes grupos: A arrecadação própria, as transferências estaduais e as transferências federais. Os municípios e o Governo do Estado fizeram o dever de casa. O governo Federal está longe de fazer. Para você ter uma idéia, o crescimento da arrecadação própria, a média do Brasil foi 11 por cento. Aqui no Crato a nossa arrecadação até setembro cresceu 65% ( local ), provando que o município do Crato vem fazendo o seu dever de casa. Isso representa pouco porque os valores são muito defasados, o valor do IPTU e etc, mas o município do Crato vem fazendo o seu dever de casa, em plena crise a arrecadação municipal cresceu 65 por cento. Quando você chega na parte do estado do Ceará, o governo do estado também fez a sua parte, porque a arrecadação do ICMS creceu 6,23 por cento. O governo do estado também fez a sua parte. A Arrecadação cresceu.

A QUEDA NAS TRANSFERÊNCIAS FEDERAIS

Entretando quando você chega nas transferências federais, é aí que o bicho pega, porque? porque você pega alguns recursos, como por exemplo, o fundo especial do petróleo, você comparando 2009 com 2008, teve uma redução de -29 por cento. Quando você pega a CIDE, a Contribuição de Intervenção de Domínio Econômico, comparando 2009 com 2008, caiu 67,7 por cento. Quando você pega a lei Khandir, que é a desoneração do ICM, quando o governo resolve desonerar algum produto, essa lei diz que desonera, mas o repasse para compor o Fundo de Participação dos Municípios, ( FPM ), ele tem que se manter, aí por conta de uma sére de coisas, não teve acréscimo nenhum. O repasse de 2009 foi idêntico ao de 2008. Quando você pega os Royalties ( do petróleo ), que todos os municípios ganham um pouquinho, a redução foi da ordem de 30,16 por cento. Quando voce pega o fundo de participação em si, que é o maior repasse dos municípios, até o mês de agosto, a queda foi de -12,2 por cento. Que é que eu quero dizer com isso:

Esses dados, que eu estou passando aqui nesta entrevista, foram fornecidos por uma pesquisa feita pela Confederação Nacional de Municípios. Então, esse é o retrato do Brasil. Municípios em situações complicadíssimas, porque esse pacto federativo tem que mudar. Por exemplo, se ouve muito falar na merenda escolar. O repasse do governo federal para os municípios adquirirem a merenda escolar é 22 centavos por dia por aluno. O que é, Meu deus do céu, que você pode comprar com 22 centavos por dia? Quando você chega na área da saúde, o repasse por munícipe, 18 reais por ano, e você tem que pegar e tem que administrar e ofertar a saúde para os munícipes e isso chegou a um ponto que não tem para onde se correr, ou o Governo Federal socorre os municípios ( e porque aqui eu to sempre repetindo o Governo Federal ? ) é por conta da divisão do bolo: 64 por cento de tudo que é arrecadado no Brasil fica coma união. 23 por cento de tudo que é arrecadado no Brasil, fica com estados, e apenas 13 por cento fica com municípios. Como ninguém mora na união nem no estado,todo mundo mora no município, ficamos nós prefeitos com o pires na mão, pedindo por amor de Deus, que o Governador ou o Presidente da República nos socorra. Isso deveria ser um repasse... por exemplo, a constituição diz o FPM será composto de 22 por cento da arrecadação, então 22 por cento deveria ser repassado para os municípios. Só vem sendo repassado 17 por cento. Quando você chega nos créditos judiciais, a união já tem uma dúvida com os municípios da órdem de 4 bilhões de reais. Veja que a medida provisória que veio agora para socorrer os municípios foi de 1 bilhão. 4 bilhões, a união deve aos municípios, somente de créditos judiciais.

Chapada do Araripe - Quanto desse bilhão vem para o Crato ?

Samuel Araripe - Nem um real. O Crato foi apenado duplamente. Porque nós provamos ao IBGE que o Crato vinha recebendo a menor, porque se enquadrou na alíquota 3.2. E nós mostramos que o cálculo como isso é dividido de acordo com a população do município, nós provamos que o Crato deveria se enquadrar no patamar 3.4. Repetindo: O ano passado nós recebemos 3.2, quando deveria ser 3.4. Ai nós provamos que o Crato era 3.4. Nem recebemos o recurso o ano passado, e quando você acessar o site aqui da CNM, tem a relação de todos os municípios do Brasil, e o Crato vai receber 00000. Juazeiro recebeu 1 milhão e 200. Farias Brito, aproximadamente 200.000. Barbalha também pagou o mesmo preço do Crato, nenhum tostão. Apenas 6 municípios do estado do ceará não receberam nada, me recordo que foi Lavras da Mangabeira, Barbalha, Crato e mais alguns... mas eu quero que o meu amigo Dihelson acesse aí o site da CNM, que lá tem a relação município por município, tem lá pra você verificar que o Crato não recebeu absolutamente nada desse 1 bilhão que foi creditado. Outra coisa, o acertado era que essa medida provisória viria recompor as perdas de uma só vez. O governo Federal dividiu em 6 parcelas e aí estão dizendo que na próxima parcela o Crato vai entrar. Estamos chegando aí ao fim do ano, lei de responsabilidade fiscal duríssima, as contas tem que fechar, não posso passar de um exercício para o seguinte com dívida, posso até passar com dívida, mas dizendo em qual conta tem o valor equivalente. E aqui eu quero enaltecer a Lei de Responsabilidade Fiscal, uma boa lei, gestor tem que gerenciar é com o que tem. Ele não pode fazer como outrora, que o camarada gastava mais do que o que arrecadava, e isso se vinha causando um desequilíbrio nas contas desse país, que chegou aonde chegou. Foi preciso vir o plano Real, pra se estabilizar e sancionar a lei de Responsabilidade Fiscal, pra que a coisa viesse a acontecer. Então, eis os dados, Dihelson, situação dificílima, dificílima, agora, eu acredito que o Congresso Nacional vai apresentar uma emenda. Esse movimento do dia 23 é nesse sentido. Movimento supra-partidário, quero lá deixar bem claro, que todas as prefeituras de qualquer partido estão imbuídas de resolver esse problema, e a redação a princípio é bem simples. Seria uma redação dizendo que a União passaria aos municípios 22 por cento de tudo aquilo que for arrecadado, o que nós queremos é apenas isso, que já está na constituição e que nunca foi regulamentado. Aí você diz, mas como assim de tudo? É muito simples:

Outra coisa que vem acontecendo há muitos anos no Brasil, que prejudica os municipios são as contribuições. O governo cria as contribuições e essa contribuição não faz parte do Fundo de participação. Quer ver um exemplo ? A CPMF. A união arrecadou bilhões de reais, e aquilo ali não veio um real para compor o fundo de participação. Então, quando eu digo assim são 22 por cento de tudo são dos tributos e das contribuições, então o movimento será forte. Estou dando essa entrevista já seguindo a orientação da Confederação Nacional dos Municípios, pedindo que se dê ampla publicidade de tudo o que está acontecendo, não é justo os municípios pagarem um preço que não devem, porque realmente a situação é crítica, então no dia 23, manifestação nacional em defesa dos municípios.

REFLEXOS DA CRISE MUNDIAL

Chapada do Araripe - Prefeito Samuel: A que o Sr. Atribui essa mudança do governo federal nesses repasses. Que benefício é imaginado para que se siga essa política?

Samuel Araripe - Bom, a crise é uma coisa que todo mundo já tomou consciência. Ela não nasceu no Brasil. Nasceu nos Estados Unidos, mas que ela teve uma dimensão mundial, e o que está acontecendo com essa queda dos repasses, é fruto da crise. O Governo teve que tomar algumas medidas corretas, mas que refletiu diretamente nos repasses, porque deveria ter tomado as medidas, mas deveria ter mandado uma medida provisória também compensando aquilo que os municípios perderam como por exemplo, com a isenção do IPI. Deveria ter se calculado...foi certa a isenção do IPI, pra aquecer o mercado, as vendas, mas aquilo ali afetou diretamente os repasses dos municípios. Por exemplos, teve um jogo contábil na Petrobrás, que afetou diretamente os repasses da CIDE. Como eu disse aqui, a queda da CIDE é de 67.7 por cento. Aí devido basicamente a uma manobra contábil executada pela petrobrás afetou diretamente uma coisa que era importantíssima, isso aqui é pra gente fazer calçamento, fazer pequenos saneamentos, eu passei 4 anos fazendo isso. Fiz calçamento em muitas localidades com esse fundo aqui. Agora, da noite para o dia cair 67,7 por cento... então o que é que acontece, a Crise está arrefecendo, só que o reflexo dela se dá nos municípios alguns meses, o Brasil administrou bem essa crise, agora precisamos chegar vivos em 2010, e ainda falta o resto do mês de outubro, novembro dezembro e janeiro, pode-se dizer também, então esse movimento é nesse sentido, agora o congresso nacional tem que ser chamado à responsabilidade. O Pacto Federativo tem que ser revisto. Não pode a União ficar com 64 por cento da arrecadação, os estados com 23 por cento e os municípios com 13 por cento. Isso é impossível você gerenciar, e esse problema é relativo: Cidade pequena sofre, cidade média sofre, cidade grande sofre. Todos os municípios sofrem, porque os repasses são proporcionais, e os problemas também. Então você veja que tudo é relativo. Os problemas do Crato são infinitamente maiores do que os problemas de Salitre. E os problemas de São paulo infinitamente maiores do que os do Crato...

A CARGA TRIBUTÁRIA PARA A POPULAÇÃO



Chapada do Araripe - O Sr. sabe que saiu na Folha de São Paulo edição de hoje ( dia 14 de outubro ), que o governo já estuda o aumento de 358 por cento no IPTU ?

Samuel Araripe - Sabe o que é isso ? A população também pagando um preço também que não merece, porque como as receitas do Brasil ficam concentradas na união, que é os prefeitos precisam fazer: Aumentar sua arrecadação própria: IPTU, ISS, Imposto de transmissão sobre bens e imóveis, e alvarás, e os prefeitos estão ficando literalmente acuados, porque? porque o pacto federativo tem que ser revisto. Oh, Samuel qual será o percentual ? Não sei, vamos sentar estudar, o congresso está aí pra isso. Vamos reconhecer que as estradas estão destruídas, vamos reconhecer que a saúde está um caos, vamos reconhecer que a educação também...e não adianta tá botando a culpa no prefeito A, B ou C.... Dihelson, como é que você pode alimentar bem uma criança quando o repasse do governo federal é 22 centavos por aluno ? Como é que o município, já que municipalizaram a saúde cuidar bem da saúde de sua população se o repasse per capita é 18 reais por ano, não é por mês esse repasse. É por ano! E olha que a mortalidade infantil do Crato está abaixo da do Ceará e do Brasil. A do Ceará e do Brasil, 20 por 100.000 habitantes, e a do Crato, 13 por 100.000. Então veja que a gente tem feito um esforço extraordinário. Agora, sem recursos, não vai. E não adianta querer resolver os problemas das cidades endividando os municípios, muito pelo contrário, todas as ações que eu tomo aqui... pra você ter uma idéia, a Lei de Responsabilidade Fiscal fica no meu birô, o orçamento e a lei de responsabilidade fiscal. Quando você for ao meu gabinete, porque os gestores todo o tempo estarem atentos. Minhas contas de 2005 aprovadas, as de 2006 também, as de 2007 estão prontas aí para chegar e eu quero levar nossa administração de responsabilidade.

A lei não fala de responsabilidade fiscal ? Gostaria muito de resolver todos os problemas do Crato com uma varinha de condão, mas a coisa não se resolve assim. O caro ouvinte aqui, basta fazer uma retrospectiva que eu por uma questão de ética não vou citar nomes, mas faz uma retrospectiva pra ver as contas dos gestores anteriormente à nossa administração. E aí, ele vai ter uma consciência de que a coisa não é fácil. Administrar não é fácil. Não adianta empurrar com a barriga, não adianta você querer resolver os problemas do mundo todo.

AS BOAS NOTÍCIAS: Milhões de Reais foram conseguidos recentemente para o Crato por outros meios

Mas só há notícia ruim...? Não! o que é que eu fiz: Como eu sou um técnico, e minha equipe é composta de técnicos, verificamos assim que o ano de 2009 seria um ano muito difícil, dificílimo, fizemos projetos. Fizemos projetos e entregamos ora no governo estadual, ora no governo federal. Por exemplo: Já temos aí garantidos para calçamentos, uma boa notícia, 3 milhões de reais. Já temos aí para recuperar estradas, e passagens molhadas e talvez aí algumas pontes que a gente quer fazer na zona rural, mais 3 milhões. Já temos recursos assegurados para recuperar o estádio Mirandão. Já temos em conta 7 milhões e 500 mil, para resolver os problemas de água do Crato para os próximos 20 anos e começar a fazer o saneamento básico que é uma coisa também que há muitos anos não se faz....

A Estrada de Santa Fé Já Garantida

E Eu falo noutra obra também que é reivindicada "há 500 anos" aqui, que é a estrada da Santa Fé. Uma estrada super importante, porque liga a sede do município a dois distritos e ao município de Nova Olinda. Sede, Santa Fé, Monte Alverne e Nova Olinda. A prefeitura fez o projeto, que é a parte que eu tenho condições de fazer: 4 milhões e 200 é o projeto, e já entregamos ao governo do estado, agora precisamos pressionar o governo do estado pra que libere. Eu ontem vi uma coisa interessante numa Rádio...só fala de ruim essa Rádio, mas é até bom porque a gente fica esperto. Se o repórter fosse uma pessoa bem informada e bem intencionada, porque não é nem uma coisa, nem outra, ele é altamente desinformado e muito mal intencionado, ele deveria estar pressionando o governo do estado, porque minha parte eu já fiz, porque um repórter bem informado ele sabe que o município não tem com arrecadação própria, já que a gente falou qui, 4 milhões e 200 mil para gastar só na estrada de Santa Fé. Um repórter bem informado sabe que aquela estrada tem que ser feita ou pelo estado ou pelo município. Agora, como tudo na vida é parceria, todas essas obras que você viu aqui são parcerias, então tudo bem, vamos pressionar o município para fazer o projeto, aí eu aceitaria... Fizemos o projeto, já está tudo pronto, e eu acredito no Governador. Foi prefeito de Sobral por 8 anos, sabe das dificuldades do município, recebeu o projeto, então ele tá bem intencionado, eu acho que quando ele tiver dotação orçamentária porque ele também tá pagando o preço lá, porque a União também caiu os repasses para o Estado. Caiu para os municípios e para o Estado. Então eu acredito piamente que o governador vai atender o nosso pedido e vai fazer a estrada da Santa Fé.

Jornal Chapada do Araripe: Muito Obrigado, Sr. Prefeito.

Samuel Araripe - Obrigado, Dihelson.

Produção: Dihelson Mendonça
Para o Jornal OnLine: Chapada do Araripe

Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30