xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 19/10/2009 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

19 outubro 2009

Os Nisseis e Sanseis do Crato...


Vendo certos textos de alguns cratenses e caririenses que foram embora há muitos anos para o sul do País, temos a impressão que essa gente escreve ainda, como se aqui no Crato fôssemos um bando de bestalhões desinformados do que acontece no resto do país e no mundo. Lamentável ! Saibam esses senhores que o Cariri de hoje é muito diferente da época dos nossos avós, que mandavam seus filhos num velho pau-de-arara pra estudar em São Paulo e no Rio. Hoje, talvez sejamos muito mais informados, até por termos desenvolvido uma visão mais crítca de mundo, por não estar no epicentro de certos acontecimentos.

Eu, que não me considero um expert em jornais, leio todos os dias a maioria das notícias da Folha de São Paulo, Estadão, Jornal do Brasil, Globo.com, New York Times, El Pais, Diario do Nordeste, Portal Verdes Mares, TV Diário, Agência Senado, Agência Câmara, Agência Brasil, IG, Terra, Último Segundo, BBC, Reuters, EFE e muitas outras. A tecnologia existente hoje possibilita que reunamos em uma mesma fonte, todos os jornais e revistas que quisermos para leitura imediata. Pra que existiria uma madrugada tão longa, se não para produzir e nos inteirarmos do mundo em que vivemos ? É preciso que essas pessoas cuidem mais das suas redações, para que não sejam apenas motivo de riso, ao trazer elementos tão defasados no tempo e na linguagem do mundo moderno. O mundo está de olho no mundo...

Dihelson Mendonça

Lula oferece ajuda para "limpar" o Rio; veja


Durante entrevista nesta segunda-feira, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva não só condenou os atos de violência registrados no Rio durante o fim de semana como também afirmou que o governo federal está disposto a ajudar o Estado no que for preciso para "limpar a sujeira que essa gente [criminosos] impõe ao Brasil".

Além disso, após se reunir em São Paulo com o presidente colombiano, Álvaro Uribe, Lula também sugeriu a criação de um conselho de combate ao tráfico da Unasul (União de Nações Sul-Americanas) que, segundo ele, daria "autoridade moral" para pedir aos países ricos que combatam os seus usuários.

Veja esses trechos da entrevista a seguir.

Compartilhe



Fonte: Folha Online

Escravismo e escravidão. Por Darlan O. Reis Jr.


Ainda hoje em pleno século XXI recebemos todos os dias notícias sobre a escravização de seres humanos, inclusive no Brasil. Pela legislação brasileira é crime escravizar um ser humano. O artigo 149 do Código Penal estabelece o crime para quem submete uma pessoa à condição análoga a de escravo. A escravidão é uma instituição presente na história da humanidade desde os seus primórdios. Mas é preciso esclarecer algumas questões que a envolvem. Não se deve confundir o escravismo com a escravidão e muito menos com o escravo. Confusão frequente inclusive entre alguns professores de História. Ainda mais quando vemos o tratamento a que muitos trabalhadores são submetidos em nosso país, seja no campo ou nas cidades.

O Escravismo é o modo de produção em que os meios de produção - a terra, os instrumentos de trabalho - e os produtores diretos - os trabalhadores - são monopólio de uma classe social de não-trabalhadores, os senhores de escravos. Um pressuposto para esse modo de produção é a existência de um mercado de escravos, pois o mecanismo de auto-reprodução natural era ineficiente. Em outras palavras, o Escravismo matava seus agentes produtivos - os escravos, de forma que esses trabalhadores não conseguiam reproduzir-se de forma "eficiente" para os seus senhores. Nos dias atuais, a classe trabalhadora consegue se reproduzir e todos os anos vemos milhares de jovens oferecendo-se no "mercado de trabalho". É, as chances da juventude são definidas pelo "mercado"... Mas voltando ao Escravismo, a produção depende então do trabalhador escravizado, reduzido à relação de escravidão. A relação social de produção predominante é a escravidão. Jacob Gorender apresenta de forma clara e concisa, suas características: A escravidão completa se apresenta com a propriedade, a perpetuidade e a propriedade. "Às vezes, a escravidão se apresenta como escravidão incompleta. Não há por que seguir rigidamente conceitos definitórios, quando, na vida real, suas concretizações manifestam ausência de traços e e variações aproximativas¹." Foi o caso do Brasil quando da aprovação da Lei do Ventre Livre em 1871. A partir dali, pelo menos do ponto de vista formal, cessava a transmissão hereditária da condição de escravo. A escravidão então se tornava incompleta.

A escravidão então é uma relação entre duas partes. O senhor de escravos e o escravo. Ela ocorre como relação predominante e indispensável no Escravismo, mas também ocorre em outros modos de produção tais como o M.D.P. Capitalista, o M.D.P. Asiático e o M.D.P. Feudal. No Escravismo é a relação social decisiva. Tanto que para ocorrer a expansão da produção, havia a necessidade de anexação do trabalho humano, que se dava mediante a coerção violenta. Era uma das formas de obtenção de trabalhadores, o que hoje chamamos "mão-de-obra". Mas a escravidão não era apenas uma relação social de produção. Em um sentido lato, não apresentava características produtivas, como no caso dos escravos domésticos ou dos servi caeseri, do Império Romano. Os senhores de escravos muitas vezes tinham orgulho em possuir um plantel. Eis a fala de um escravocrata brasileiro, Luiz Peixoto de Lacerda Werneck: "O escravo não é só um agente de trabalho e de produção. É preciso desconhecer o coração humano para assim pensar; o escravo é um objeto do luxo, um meio de satisfazer certas vaidades e certos vícios da natureza do homem. Assim como a propriedade territorial tem certos atrativos, assim também o escravo oferece ao senhor um certo gozo de domínio e império, que está no coração humano, não sabemos se bem ou mal.²"

Os senhores de escravos sempre se preocuparam com o controle sobre seus trabalhadores. Francisco Peixoto de Lacerda Werneck, o 2º Barão de Pati do Alferes, se pronunciou sobre a necessidade de se controlar os escravos. No seu livro, Memória sobre a fundação de huma fazenda na província do Rio de Janeiro, o Barão defendeu a idéia que: "O escravo deve ter domingo e dia santo, ouvir missa se a houver na fazenda, saber a doutrina cristã, confessar-se anualmente: é isto um freio que os sujeita, muito principalmente se o confessor sabe cumprir o seu dever e os exorta a terem moralidade, bons costumes e obediência cega a seus senhores e a quem os governa.(...) Nem se diga que o preto é sempre inimigo do senhor; isto só sucede com os dois extremos: demasiada severidade, ou frouxidão excessiva, porque esta torna-os iracíveis ao menor excesso de um senhor frouxo, e aquela toca-os à desesperação.(...) O negro deve ser castigado quando comete crime: o castigo deve ser proporcional ao delito: ele que apanha, não se esquece e corrige-se com esta pontualidade. Fazei pois justiça reta e imparcial ao vosso escravo, que ele, apesar de sua brutalidade, não deixará de reconhecer.³"

A justiça dos senhores... Eis aí algumas recomendações daquele nobre, algumas poderiam fazer parte do discurso de alguns ideólogos do conservadorismo brasileiro nos dias atuais, ou de alguma representação patronal. A classe trabalhadora ainda tem muito o que conquistar em nosso país. Em outro momento abordaremos o "ser escravo", também muitas vezes incompreendido pelos que estudam a questão.

Referências:
1 - GORENDER, Jacob. A Escravidão Reabilitada. São Paulo: Ática, 1991,p.85.
2- CONRAD, Robert. Os últimos anos da escravatura no Brasil. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1975, p. 15-16.
3- WERNECK, Francisco Peixoto de Lacerda. Memória sobre a fundação de huma fazenda na província do Rio de Janeiro, p. 37.

Compovada a notícia divulgada pela revista VEJA - Postado por Armando Rafael

Após aparecimento de agenda, oposição vai convidar Lina para falar de encontro com Dilma

A oposição vai protocolar esta semana na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado requerimento com o convite para que a ex-secretária da Receita Federal Lina Vieira preste depoimento à comissão. Os oposicionistas querem que a ex-secretária confirme se achou a agenda em que teria anotado o dia em que diz ter se encontrado com a ministra Dilma Rousseff --no qual a ministra teria pedido para a Receita agilizar investigações sobre familiares do senador José Sarney (PMDB-AP). "Estamos tentado fazer com que a maioria aceite que ela venha como convidada, a fim de que possam confrontá-la e estabelecer o contraditório com o que ela possa dizer agora de posse da sua agenda", disse o senador Álvaro Dias (PSDB-PR).

Na opinião do tucano, a ministra mentiu ao negar ter se encontrado com a ex-secretária para pedir o fim das investigações sobre familiares de Sarney. "Está ficando como uma marca registrada do governo a mentira como arma para blindagem da sua popularidade. Não é a primeira vez que isso ocorre envolvendo a ministra Dilma. Mentira é arma utilizada pelo governo para encobertar determinadas irregularidades", afirmou Dias. Segundo a oposição, a agenda com anotação do encontro que diz ter tido com a ministra reabre o caso sobre a suposta ação do governo para "agilizar" as investigações sobre a família Sarney. Na agenda que Lina diz ter encontrado, há menção a uma audiência com Dilma na página de 9 de outubro de 2008. Nessa data, há de fato registro no Planalto da entrada de Lina.

Segundo a ex-secretária, o encontro foi chamado por Dilma e teve um só tema: um pedido para "agilizar" a investigação do fisco nos negócios da família de Sarney, aliado do governo Lula e hoje presidente do Senado. Em 19 de agosto, dez dias depois de ter feito a acusação em entrevista à Folha, Lina depôs no Senado. Ela confirmou sua versão e deu mais detalhes. Tanto a ministra como Lula negaram as acusações e desafiaram a ex-secretária a apresentar provas da data exata do encontro.

Fonte: UOL

Oposição vai questionar no TSE viagem de Lula às obras de transposição do São Francisco

NE - Acusações de fazer campanha eleitoral...

A oposição vai protocolar amanhã um pedido de informações à Casa Civil para ter acesso aos gastos da viagem do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Vale do São Francisco, no Nordeste do país. Lideranças do DEM e do PSDB discutem se acionam a Justiça Eleitoral acusando o presidente de uso indevido da máquina pública e de antecipar a campanha eleitoral durante a viagem em favor de candidatos da base governista ao Palácio do Planalto. No requerimento que será entregue à Casa Civil, o líder do PSDB na Câmara, José Aníbal (SP), questiona o custo da viagem, se havia previsão orçamentária e quais autoridades fazem parte da comitiva e a função de cada uma delas na viagem. O PSDB também quer saber se a presença de pré-candidatos à sucessão presidencial na comitiva não caracteriza campanha eleitoral antecipada.

O vice-líder do PSDB, senador Álvaro Dias (PR), afirmou hoje que os partido oposicionistas também devem consultar a Justiça Eleitoral sobre a possibilidade de ter havido antecipação de campanha eleitoral. Para o tucano, a presença de dois pré-candidatos --a ministra-chefe da Casa, Civil Dilma Rousseff, e o deputado federal Ciro Gomes (PSB-SP)-- na caravana presidencial são indícios de que a viagem teve fins políticos.

"É preciso que a oposição recorra ao Tribunal Superior Eleitoral [TSE]. [A viagem] é uma afronta a legislação eleitoral. "Há um abuso que precisa ser reprimido pela autoridade judicial e, como o TSE e a Justiça Eleitoral só agem se provocados, cadê a oposição interpor representação, já que é evidente que houve campanha eleitoral e não um ato administrativo, que seria perfeitamente admitido", discursou o senador tucano da tribuna do Senado. Álvaro Dias acrescentou que a oposição deve pedir à Casa Civil informações sobre o custo da viagem do presidente Lula ao Vale do São Francisco. "Cabe a oposição questionar a Casa Civil sobre os gastos. Quanto o governo gastou para essa caravana ao Vale do São Francisco e, evidentemente, cabe uma medida de natureza judicial para que a impunidade não prevaleça", disse.

Fonte: Agência Brasil

Antivírus falsos já fizeram mais de 40 milhões de vítimas, diz relatório


Symantec encontrou mais de 250 versões do software; piratas digitais chegam a ganhar mais de R$ 2 milhões por ano com golpe. A Symantec, empresa especializada em segurança, avisou hoje em um relatório que mais de 40 milhões de usuários de computadores vêm sendo enganados desde o ano passado a comprar e instalar antivírus falsos na internet. A empresa identificou mais de 250 versões desse software, chamado de “scareware” (ferramenta para assustar em tradução livre). Alguns criminosos virtuais estão ganhando mais de R$ 2 milhões por ano com o golpe, que consiste em estimular usuários de computador baixar e instalar um antivírus falso na máquina, fazendo com que acreditem que estão se protegendo dos piratas digitais. Na verdade, o programa baixado abre uma entrada viulnerável na máquina, permitindo que eles tenham acesso a detalhes do cartão de crédito da vítima. A empresa disse que os piratas usam várias estratégias para fazer as pessoas baixarem o software. Uma das mais usadas é a janela de pop-up, que é desenhada para se parecer com mensagens de alerta de empresas de antivírus confiáveis e enganar os usuários com um falso senso de segurança.

Essas janelas aparecem quando o usuário troca de um site para um programa, dizendo que o computador foi infectado e está em perigo a menos que ele instale uma ferramenta para combatê-lo. Os especialistas em segurança aconselham os usuários a não comprar antivírus de anúncios e sim no site oficial de empresas que criam softwares antivírus ou em CD numa loja de informática.

Fonte: R7

Rio de Janeiro está em Guerra - Últimas Notícias


NE - 22 morreram


PM mantém ocupação em favelas do Rio por tempo indeterminado; 22 morreram

Policiais militares do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) e de vários batalhões da corporação continuam a realizar operações nos morros dos Macacos, São João, dos Prazeres e nas favelas Nova Holanda e Parque União, na zona norte do Rio. A corporação informou nesta segunda-feira que a ocupação das favelas ainda não têm data para terminar. A PM ainda confirmou que subiu de 21 para 22 o número de mortos durante os tiroteios com traficantes registrados desde o último fim de semana. Entre as vítimas estão três policiais militares, três moradores e 16 suspeitos. A última morte contabilizada pela polícia ocorreu hoje na comunidade Parque União.

Operações

As operações policiais têm o objetivo prender os traficantes envolvidos nos ataques criminosos do último fim de semana. Hoje, um suspeito foi preso. Um dos principais procurados é o traficante Fabiano Atanásio da Silva, o FB, 33, foragido da policia e que atua no Complexo de favelas do Alemão (zona norte). O Disque-Denúncia chegou a oferecer R$ 2.000 para quem passasse informações sobre o paradeiro de Fabiano Silva. Segundo a PM, ele chefia o tráfico de drogas da favela Vila Cruzeiro, localizada na zona norte do Rio. A polícia procura ainda Alexander Mendes da Silva, o Polegar, que pode estar envolvido na invasão. Ele fugiu recentemente da prisão, ao conseguir progressão do regime fechado para o aberto. A busca aos criminosos transformou a favela Vila Cruzeiro em uma área inacessível para entrada da polícia, pois barreiras eram feitas com trilhos fincados no chão e botijões de gás. De acordo com a polícia, FB mandou instalar câmeras nas ruas da favela, para monitorar a entrada de moradores e da PM. A região é também conhecida por bailes funks como os da Chatuba, Grota, Rua 8 e Rua E, além do chamado Baile do Complexo Total. De acordo com o Disque-Denúncia, nesses bailes predominam o consumo de drogas e atos sexuais, inclusive envolvendo exploração de crianças e adolescentes. A PM informou que foram apreendidas grande quantidade de cocaína, maconha e crack; duas carabinas calibre 12; um rifle ponto 30 antiaéreo; um fuzil 762 Madsen; uma submetralhadora URU; munições de diversos calibre, seis carregadores de rádios; uma espada; dois coletes à prova de balas, um cinto de guarnição; sete uniformes clonados do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais). Apenas as operações nas favelas de Manguinhos, Mandela e Jacarezinho, na zona norte do Rio, foram encerradas no início da noite desta segunda-feira.

Fonte: Folha OnLine

PM encontra 240 cartões do Bolsa Família jogados perto de riacho de BH



Mais de 240 cartões para saque de benefícios sociais do governo federal foram encontrados espalhados às margens de um córrego na região metropolitana de Belo Horizonte na tarde do último sábado. Segundo a Polícia Militar, os cartões foram encontrados por um homem que disse tê-los visto jogados ao lado de um riacho, em uma área isolada do município de São Joaquim de Bicas, (21 km de Belo Horizonte). Os cartões eram todos nominais, segundo a polícia. Eram 207 cartões do Bolsa Família e 36 do programa Cartão Cidadão, emitido pela Caixa Econômica Federal e usado para saque de benefícios diversos. Também foram encontrados quatro cartões do Bolsa Escola, benefício incorporado ao Bolsa Família com a criação do programa. Estes últimos estavam presos por um elástico dentro de um envelope timbrado da Prefeitura de São Joaquim de Bicas, endereçado a uma escola do município. Procurada, a prefeitura disse que o timbre era da administração passada. O nome da escola também não foi informado.

Investigação
O Ministério do Desenvolvimento Social informou que ainda não foi notificado oficialmente do caso. A Caixa Econômica diz que os cartões são enviados diretamente para a residência do beneficiário desde 2006. Cada família tem direito a um cartão, com data de validade determinada. O caso está sob investigação da Polícia Federal, que instaurou inquérito ontem e encaminhou os cartões para a perícia. Inicialmente, será verificado se os cartões são verdadeiros ou falsificados, e se estão vencidos. Em seguida, os nomes impressos nos cartões achados serão cruzados com o cadastro atualizados dos programas sociais do governo federal.

Fonte: Folha de São Paulo

TDAH-Transtorno de déficit de atenção/hiperatividade - Por: Cesar Mousinho


Os estudos nacionais e internacionais situam a prevalência do transtorno de déficit de atenção/hiperatividade (TDAH) entre 3% e 6%, sendo realizados com crianças em idade escolar na sua maioria. O impacto desse transtorno na sociedade é enorme, considerando-se seu alto custo financeiro, o estresse nas famílias, o prejuízo nas atividades acadêmicas e vocacionais, bem como efeitos negativos na auto-estima das crianças e adolescentes. Estudos têm demonstrado que crianças com essa síndrome apresentam um risco aumentado de desenvolverem outras doenças psiquiátricas na infância, adolescência e idade adulta. A tríade sintomatológica clássica da síndrome caracte(iza-se por desatenção, hiperatividade e impulsividade. Independentemente do sistema classificatório utilizado, as crianças com TDAH (Transtorno do déficit de Atenção com Hiperatividade) são facilmente reconhecidas em clínicas, em escolas e em casa.

A desatenção pode ser identificada pelos seguintes sintomas: dificuldade de prestar atenção a detalhes ou errar por descuido em atividades escolares e de trabalho; dificuldade para manter a atenção em tarefas ou atividades lúdicas; parecer não escutar quando lhe dirigem a palavra; não seguir instruções e não terminar tarefas escolares, domésticas ou deveres profissionais; dificuldade em organizar tarefas e atividades; evitar, ou relutar, em envolver-se em tarefas que exijam esforço mental constante; perder coisas necessárias para tarefas ou atividades; e ser facilmente distraído por estímulos alheios à tarefa e apresentar esquecimentos em atividades diárias. A hiperatividade se caracteriza pela presença freqüente das seguintes características: agitar as mãos ou os pés ou se remexer na cadeira; abandonar sua cadeira em sala de aula ou outras situações nas quais se espera que permaneça sentado; correr ou escalar em demasia, em situações nas quais isto é inapropriado; pela dificuldade em brincar ou envolver-se silenciosamente em atividades de lazer; estar freqüentemente "a mil" ou muitas vezes agir como se estivesse "a todo o vapor"; e falar em demasia. Os sintomas de impulsividade são: freqüentemente dar respostas precipitadas antes das perguntas terem sido concluídas; com freqüência ter dificuldade em esperar a sua vez; e freqüentemente interromper ou se meter em assuntos de outros.

É importante salientar que a desatenção, a hiperatividade ou a impulsividade como sintomas isolados podem resultar de muitos problemas na vida de relação das crianças (com os pais e/ou com colegas e amigos), de sistemas educacionais inadequados, ou mesmo estarem associados a outros transtornos comumente encontrados na infância e adolescência. Portanto, para o diagnóstico do TDAH é sempre necessário contextualizar os sintomas na história de vida da criança. Algumas pistas que indicam a presença do transtorno são: a) duração dos sintomas de desatenção e/ou de hiperatividade/impulsividade. Normalmente, as crianças com TDAH apresentam uma história de vida desde a idade pré-escolar com a presença de sintomas, ou, pelo menos, um período de vários meses de sintomatologia intensa. A presença de sintomas de desatenção e/ou de hiperatividade/impulsividade por curtos períodos (dois a três meses) que se iniciam claramente após um desencadeante psicossocial (por exemplo, separação dos pais) deve alertar o profissional para a possibilidade de que a desatenção, a hiperatividade ou a impulsividade sejam mais sintomas do que parte de um quadro de TDAH; b) freqüência e intensidade dos sintomas. As pesquisas têm demonstrado que sintomas de desatenção, de hiperatividade ou de impulsividade acontecem mesmo em crianças normais, uma vez ou outra ou até mesmo freqüentemente em intensidade menor.

Portanto, para o diagnóstico de TDAH, é fundamental que pelo menos seis dos sintomas de desatenção e/ou seis dos sintomas de hiperatividade/impulsividade descritos acima estejam presentes freqüentemente (cada um dos sintomas) na vida da criança; c) persistência dos sintomas em vários locais e ao longo do tempo. Os sintomas de desatenção e/ou hiperatividade/impulsividade precisam ocorrer em vários ambientes da vida da criança (por exemplo, escola e casa) e manterem-se constantes ao longo do período avaliado. Sintomas que ocorrem apenas em casa ou somente na escola devem alertar o psicólogo(a)l para a possibilidade de que a desatenção, a hiperatividade ou a impulsividade possam ser apenas sintomas de uma situação familiar caótica ou de um sistema de ensino inadequado. Da mesma forma, flutuações de sintomatologia com períodos assintomáticos não são características do TDAH; d) prejuízo clinicamente significativo na vida da criança. Sintomas de hiperatividade ou de impulsividade sem prejuízo na vida da criança podem traduzir muito mais estilos de funcionamento ou de temperamento do que um transtorno psiquiátrico, ou alteração psicologica; e) entendimento do significado do sintoma. Para o diagnóstico de TDAH, é necessário uma avaliação cuidadosa de cada sintoma e não somente a listagem de sintomas. Por exemplo, uma criança pode ter dificuldade de seguir instruções por um comportamento de oposição e desafio aos pais e professores, caracterizando muito mais um sintoma de transtorno opositor desafiante do que de TDAH. É fundamental verificar se a criança não segue as instruções por não conseguir manter a atenção durante a explicação das mesmas. Em outras palavras, é necessário verificar se o sintoma supostamente presente correlaciona-se com o constructo básico do transtorno, ou seja, déficit de atenção e/ou dificuldade de controle inibitório.

Em relação à fonte para coleta de informações, sabe-se que existe baixa concordância entre informantes (criança, pais e professores) sobre a saúde mental de crianças. Estas normalmente subestimam a presença de sintomas psiquiátricos e psicológicos,apresentam baixa concordância teste-reteste para os sintomas de TDAH. Os pais parecem ser bons informantes para os critérios diagnósticos do transtorno. Os professores tendem a superestimar os sintomas de TDAH, principalmente quando há presença concomitante de outro transtorno disruptivo do comportamento. Com adolescentes, a utilidade das informações dos professores diminui siignificativamente, na medida em que o adolescente passa a ter vários professores (currículo por disciplinas) e cada professor permanece pouco tempo em cada turma, o que impede o conhecimento específico de cada aluno.

O tratamento do TDAH envolve uma abordagem múltipla, englobando intervenções psicossociais e psicofarmacológicas. No âmbito das intervenções psicossociais, o primeiro passo deve ser educacional, através de informações claras e precisas à família a respeito do transtorno. Muitas vezes, é necessário um programa de treinamento para os pais, a fim de que aprendam a manejar os sintomas dos filhos. É importante que eles conheçam as melhores estratégias para o auxílio de seus filhos na organização e no planejamento das atividades. Por exemplo, essas crianças precisam de um ambiente silencioso, consistente e sem maiores estímulos visuais para estudarem.

Intervenções no âmbito escolar também são importantes. As intervenções escolares devem ter como foco o desempenho escolar. Nesse sentido, idealmente, os professores deveriam ser orientadas para a necessidade de uma sala de aula bem estruturada, com poucos alunos. Rotinas diárias consistentes e ambiente escolar previsível ajudam essas crianças a manterem o controle emocional. Estratégias de ensino ativo que incorporem a atividade física com o processo de aprendizagem são fundamentais. As tarefas propostas não devem ser demasiadamente longas e necessitam ser explicadas passo a passo. É importante que o aluno com TDAH receba o máximo possível de atendimento individualizado. Ele deve ser colocado na primeira fila da sala de aula, próximo à professora(o) e longe da janela, ou seja, em local onde ele tenha menor probabilidade de distrair-se. Muitas vezes, as crianças com TDAH precisam de reforço de conteúdo em determinadas disciplinas. Isso acontece porque elas já apresentam lacunas no aprendizado no momento do diagnóstico, em função do TDAH. Outras vezes, é necessário um acompanhamento psicopedagógico centrado na forma do aprendizado, como, por exemplo, nos aspectos ligados à organização e ao planejamento do tempo e de atividades. O tratamento reeducativo psicomotor pode estar indicado para melhorar o controle do movimento.

Em relação às intervenções psicossociais centradas na criança ou no adolescente, a psicoterapia individual de apoio ou de orientação analítica pode estar indicada para: a) abordagem das comorbidades (principalmente transtornos depressivos e de ansiedade); e b) a abordagem de sintomas que comumente acompanham o TDAH (baixa auto-estima, dificuldade de controle de impulsos e capacidades sociais pobres). A modalidade psicoterápica mais estudada e com maior evidência científica de eficácia para os sintomas centrais do transtorno (desatenção, hiperatividade, impulsividade), bem como para o manejo de sintomas comportamentais comumente associados (oposição, desafio, teimosia), é a Cognitivo-Comportamental, especialmente os tratamentos comportamqentais. Pelo exposto neste artigo, o processo de avaliação diagnóstica envolve necessariamente a coleta de dados com os pais, com a criança e com a escola. Como dizia o meu saudoso pai seu Mousinho, Família, freqüentar a escola é uma coisa, participar é outra totalmente diferente.

Parabenizo todos os professores do Crato, Cariri, , por todos os dias 15 de cada mês.
São Paulo, 17 de outubro de 2009-João César Mousinho de Queiroz –Psicólogo Clínico Forense
www.sosdrogasealcool.org

Por: Cesar Mousinho
PARTICIPAÇÃO E DEMOCRATIZAÇÃO DA GESTÃO PÚBLICA

Por Amadeu de Freitas



Ouvir a população, criar espaços de opinião da sociedade são práticas comuns hoje nos governos, cobrados que são por uma sociedade que ampliou seus horizontes democráticos. As experiências participativas de cogestão e de controle social que surgem com mais ênfase no Brasil a partir dos anos 1980, resultam de um movimento mais amplo de inovações administrativas de governos locais.

Foi com base na crítica a um padrão centralizador, excludente e verticalizado de ação do Estado que se estruturou a agenda de reformas das políticas públicas e da administração pública no Brasil, no final dos anos 1970 e início dos anos 1980. A depender da origem política dos gestores, as inovações se limitaram a mudanças administrativas impostas pelas reformas neoliberais ou avançaram para um processo democratizante com a participação da sociedade nas tomadas de decisões do poder político. Mas esta participação é também resultante do desejo da própria sociedade. No Brasil, pelas pressões de uma sociedade civil mais ativa e mais organizada, foram sendo criados novos espaços públicos de interação, mas principalmente de negociação.

Como se ver, há dois tipos de participação, ou melhor, duas concepções de participação da sociedade na gestão pública. Uma que cumpre o formalismo das reformas neoliberais em que a participação simplesmente objetiva a eficiência da aplicação dos recursos públicos naquilo que interessa aos organismos promotores das mudanças e a participação que, para além da boa aplicação do dinheiro público, almeja democratizar a gestão e o estado, dividindo com a sociedade o poder de tomada de decisões.

Os espaços de participação da sociedade como conselhos, orçamento participativo e audiência pública de consulta à sociedade sobre a realização de ações de grande impacto financeiro, social e ambiental no município, entre outros, carecem de poder deliberativo dos seus participantes para que se tornem instrumentos democratizadores da gestão pública. Ao conhecer seu poder de decisão através dessa participação, a sociedade é impulsionada a participar. E essa participação consciente eleva a cidadania. È o que Maria Victória Benevides chama de “cidadania ativa”.

Evidentemente que ao se estabelecer processos participativos no âmbito da administração pública requer a definição de regras claras dessa participação. E são essas regras que estabelecem os poderes de decisão da participação da sociedade e seus limites legais. Porém, quanto mais o gestor público destinar poder de decisão à sociedade, mais a gestão se torna democrática. E é esse aspecto da participação que chamamos de democratizante. O Estado se democratiza quanto mais a sociedade participa das decisões.

Amadeu de Freitas é Superintendente do INCRA no Ceará.

Invento japonês simula virgindade feminina para muçulmanas


No mundo muçulmano, os homens continuam a exigir que as mulheres sejam virgens antes do casamento. Para resolver a situação delas e de outras com exigência semelhantes, um invento japonês que simula a virgindade pode ser uma boa oportunidade, diz o jornal espanhol "El País". O site da empresa chinesa Gigimo, que comercializa o "Hímen de Virgindade Artificial", diz que "com este produto, você pode ter sua primeira noite de volta a qualquer hora". Colocado na vagina ao menos 20 minutos antes da relação, vai soltar um líquido --totalmente seguro, afirmam-- semelhante ao sangue, o suficiente para manchar o lençol de vermelho. Material que pode depois ser exibido pelo marido como suposta prova da virgindade da esposa até então.

"Acrescente alguns gemidos e você não será descoberta", conclui. Vários teólogos e imãs no Egito já se mobilizaram para tentar proibir o kit da Gigimo, que é vendido por US$ 29,50. Mas por enquanto não tiveram sucesso. Abdel-Moati Bayoumi, do Centro de Pesquisas Islâmicas, emitiu uma fátua (decreto religioso muçulmano) que condena os importadores porque "expandem o vício e incentivam as jovens a manter relações ilícitas, ao saber que podem 'recuperar' sua virgindade.

Fonte: Folha OnLine

Mais uma da "ÓIA" - Por: José Nilton Mariano Saraiva

Os jornais repercutem e estampam, em manchete, reportagem da “ÓIA” (aquela, vulgarmente conhecida por Revista Veja e que, conforme o insuspeito Mino Carta, em um certo tempo o próprio presidente afirmou ser capaz de arriar as calças se os poderosos de plantão assim ordenassem) informando que a ex-secretária da Receita Federal Lina Vieira teria localizado sua agenda pessoal, onde, numa ANOTAÇÃO A LÁPIS (é vero, senhores, acreditem; não, não se trata da última do irrequieto Joãozinho e nenhuma brincadeira do cabeçudo Cebolinha) , consta que o encontro da dita-cuja com a ministra Dilma Roussef teria acontecido EXATAMENTE em 09.10.08.
A propósito, convém relembrar e transcrever (ipsis litteris) o divulgado pela colunista Leila Swan, do O Globo, em 20.08.2009 (cujos arquivos disponíveis – não a lápis – são públicos): “Segundo o relato da ex-secretária da Receita Federal Lina Vieira a parlamentares do PSDB, o dia 19 de dezembro teria sido EXATAMENTE a data do encontro em que Dilma pediu que a Receita agilizasse as investigações sobre empresas da família Sarney – encontro que foi negado pela ministra”.
E aí, 09.10.08 ou 19.12.08, dona Lina Vieira ??? Por que não, para emprestar um mínimo de credibilidade, no Natal ou Reveillon, datas onde todos se encontram e se confraternizam ???
Autoria e postagem: José Nilton Mariano Saraiva

Caso do "menino do balão" nos EUA é uma farsa, diz xerife


DENVER (Reuters) - O voo de um balão caseiro de hélio que desencadeou a busca frenética por uma garoto que se acreditava estar a bordo do artefato foi uma farsa publicitária, disse um policial do Colorado neste domingo. Jim Alderden, xerife do condado de Larimer, disse que os pais de Falcon Heene, de 6 anos, devem enfrentar acusações no incidente bizarro, que eletrizou telespectadores dos Estados Unidos por mais de duas horas na última quinta-feira. O artefato foi visto no céu na manhã de quinta-feira e Richard e Mayumi Heene afirmaram que seu filho estava a bordo, dando início a uma operação de resgate de grande amplitude com helicópteros da Guarda Costeira dos EUA que seguiram o balão por 80 quilômetros. O garoto, por sua vez, foi encontrado a salvo em casa.

"Foi determinado que isso é uma fraude, que foi um golpe publicitário", disse Alderden em uma coletiva de imprensa. "Acreditamos ter provas a esta altura que indicam que foi um golpe publicitário levado a cabo com a esperança de se promoverem melhor para um reality show em algum momento no futuro", disse ele. Alderden disse que os pais provavelmente serão acusados de conspiração, contribuir para a delinquência de um menor de idade, prestar um depoimento policial falso e tentar influenciar um servidor público. Ele disse que os investigadores acreditam que Falcon Heene e seus irmãos, que tem 8 e 10 anos, estão "100 por cento envolvidos" no golpe, mas não devem enfrentar acusações criminais por causa de sua idade.

(Reportagem de Dan Whitcomb)

Fonte: yahoo Notícias

PM de SP prende suspeito de participar de roubo ao Banco Central em Fortaleza (CE)

A Polícia Militar prendeu na noite deste domingo um homem suspeito de participar do roubo ao Banco Central em Fortaleza (CE). A prisão aconteceu no bairro da Água Branca, zona oeste de São Paulo e, segundo a PM, o suspeito ofereceu dinheiro para não ser preso. Ainda de acordo com a corporação, o homem foi abordado por um patrulhamento de rotina quando trafegava pela rua Barão de Tefé. No veículo, a PM localizou 300 gramas de cocaína e documentos falsos. O homem ainda teria oferecido dinheiro aos policiais para não ser encaminhado para a delegacia.

A polícia ainda afirmou que, após os PMs fingiram aceitar a propina, o suspeito confessou ter participado do roubo ao Banco Central em Fortaleza. Diante dos fatos, os policiais detiveram o homem e o encaminharam para o 23º DP, onde foi constatado que o suspeito era procurado pela PF (Polícia Federal). O assalto ao Banco Central, em Fortaleza, aconteceu em agosto 2005 e foi o maior furto a banco da história do Brasil. Foram roubados mais de R$ 164,7 milhões na ocasião.

Fonte: Folha OnLine

Parque Ecológico do Fundão - postado por Armando Lopes Rafael


Parque no Crato
Sítio Fundão começa a ser restaurado

Os trabalhos para a preservação do Parque Ecológico Sítio Fundão estão seguindo em ritmo acelerado. Foi o que informou a superintendente Estadual do Meio Ambiente, Lúcia Teixeira. Segundo ela, a restauração do Sítio será feita com parte do dinheiro da compensação ambiental de uma empresa instalada no Porto do Pecém.
"A casa de taipa será restaurada, vamos tombá-la. Ela vai permanecer do jeito que está, mas vamos colocar as portas que roubaram e restaurar as taipas do jeito que está. A casa vai ser preservada para visitação", afirmou. O parque, localizado no Crato, a 504 quilômetros de Fortaleza, foi interditado pela Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) por falta de vigilância, ação de vândalos e período chuvoso.
A superintendente responde às denúncias feitas pelo ambientalista Ed Alencar, publicadas no O POVO no dia 7. Sobre a ação de vândalos, Lúcia informou que vai contratar uma empresa de segurança para vigiar o parque.

Fonte: O POVO, edição de 19-10-2009

BLOGParabéns:Rádio Araripe do Crato contrata Lucíon Oliveira-Por Wilson Bernardo!

JORNAL DA MANHÃ...Ele esta de volta de onde nunca deveria ter saído,a voz inconfudível,bom senso,serenidade e a cima de tudo coerente e de um jornalismo radiofónico inteligente e a cima da media do que temos por ,ao que chamamos de "Mesmici! de um Rádio em fadonho e pouco inteligente.A Direção da Emissora na pessoa de Paulo,com certeza acertou em cheio,e na nova história entre tantas em que o Rádio Caririense proporciona aos amantes e aficionados pelo um Rádio0 sério e inovador,como é a história do Rádio cratense,em que sempre determinou na comunicação radiofonica o seu estilo e inovações em termos de cariri e até mesmo no estado do Ceará,sem deixar nada a desejar para o Rádio que se pratica na capital cearense.Assim como

na Cultura em que o Crato é reconhecidamente visto como um caldeirão cultural,não seria diferente é claro com a mídia que é respeitada,como sinonimo de inovação e berço de grandes comunicadores,todas as manhãs o ouvinte caririense,voltara a ser agraciado,com um jornalismo serio e coerente,de uma politica imparcial e comprometida com a verdade factual,que só vem nos fazer a pensar e refletir,aos novos rumos de uma cidade em busca de uma melhor qualidade de vida. Mas uma vez a Rádio Araripe faz história nos faz lembrar dos bons tempo em que a mesma era líder,e estará nesse exato momento retomando o seu antigo posto de liderança na voz marcante do Rádio na pessoa do Radialista e Advogado Lucío Oliveira.

(Foto:Lucíon Oliveira & Sua esposa a jovem Advogada Adriana Oliveira)

Wilson Bernardo(Texto & Fotografia)

Inteligência Integral: Uma reflexão utópica - Por: Carlos Legal

Individualmente, somos seres extremamente inteligentes, podemos realizar coisas incríveis utilizando a maior dádiva confiada exclusivamente aos seres humanos e que nos diferencia dos nossos conterrâneos terráqueos: somos os únicos seres capazes de pensar, discernir, refletir, decidir, fazer contas, controlar emoções, criar coisas, etc. Inteligência cognitiva, inteligência emocional, inteligências múltiplas, inteligência espiritual e até inteligência sexual são apenas algumas das teorias cientificas ou empíricas que visam ajudar as pessoas a entender e desenvolverem as suas ilimitadas capacidades.

Mas o fato é que, com toda essa capacidade, ainda continuamos a ter problemas, sejam eles pessoais, íntimos, familiares e, principalmente, sociais. Globalmente, somos “burros”, pois como grupo ainda somos incapazes de resolver problemas que afetam a todos nós. Todos os dias, quando leio ou assisto um jornal, faço uma inconformada reflexão: “como ainda o ser humano sofre ou gera sofrimento, com tanta inteligência?”. O caos e o vazio da sociedade moderna é apenas o reflexo do vazio individual. Intimamente estamos perdidos. Mas só vivemos isso porque estamos ainda desintegrados de nós e da natureza, vivemos ainda uma vida egoísta, com pouca consciência dos efeitos das nossas ações cotidianas, uma vida fragmentada, onde o corpo está dissociado da mente, a mente das emoções, as emoções do sexo e o sexo da alma.

Até aqui já deu para você perceber que não tenho a pretensão de lançar mais uma teoria sobre inteligência, mas apenas provocar a sua reflexão, sobre a(s) sua(s) própria(s) inteligência(s) e, talvez o mais importante, a aplicação consciente das suas capacidades no cotidiano, no trabalho, nos relacionamentos (profissionais, pessoais, íntimos).

O termo integral significa inteiro, completo. E, aplicado ao comportamento humano, nos faz lembrar de uma das mais importantes e necessárias virtudes humanas: a integridade. As tradições orientais, em sua grande maioria, fundamentam-se na busca do ser integral, perfeito e inteiro nas suas ações, consciente de seu próprio Ser e de suas capacidades, conectado com o ambiente, a natureza e o Cosmo. A yoga, por exemplo, fundamenta-se na orientação de valores morais, sociais, íntimos, físicos, intelectuais e espirituais, preparando o Ser para alcançar tal integridade. Os valores morais e espirituais, naturalmente de ordem superior, orientam os outros valores. Há uma interdependência entre todos eles, pois fazem parte de um sistema único. O que as tradições dizem é que a moral e o espírito devem pautar e coordenar o uso adequado da inteligência, pois, do contrário, viveríamos o caos (e o que vivemos hoje, hein?). Segundo essas mesmas tradições a fonte para todo sofrimento é o desejo desenfreado e o apego, por tudo aquilo que o mundo moderno pode oferecer. Nossa mente busca o prazer e evita a dor, e a não realização do prazer gera frustração e desconforto. Tudo aquilo que a mente não quer. No entanto, a busca por isso gera o impulso para agir de forma muitas vezes pouco inteligente, o que faz gerar mais frustração, ansiedade, depressão, discórdia, etc.

A integridade torna a pessoa apta a se relacionar bem consigo mesmo, com o outro e com a natureza, descobrindo e utilizando seu potencial de forma gradativa, e conduzir sua vida com qualidade, responsabilidade, harmonia, transformando-se na peça fundamental de uma sociedade harmonizada e sadia.

Para ilustrar isso, vou citar uma interessante metáfora: se compararmos um organismo vivo – por exemplo, nosso corpo – com uma organização – empresa, família, sociedade, planeta – perceberemos que, as semelhanças transcendem o prefixo da palavra. Vejamos o organismo: somos formados por células – o indivíduo do corpo – que, reunidas, formam os tecidos e órgãos especializados. Quando uma célula deixa de interagir com o todo e faz seu trabalho isoladamente, a ordem é perdida e existe uma “contaminação”, iniciando assim a doença (câncer, por exemplo). E o objetivo “instintivo” de cada célula no organismo é manter o corpo sadio, para garantir a sua própria sobrevivência. Agora transfira esse raciocínio para a organização, seja ela qual for, e tire suas conclusões. É fato que, individualmente, consciente ou não, ajudamos a construir a empresa, a sociedade e o mundo em que vivemos e ainda compartilhamos isso com outros trilhões de indivíduos.

O Ser integralmente inteligente possui essa visão ampla de sua condição e de seu papel como integrante do mundo. Possui uma capacidade elevada de realização, com menor esforço e desgaste físico e emocional. Sabe que pertence a algo maior que ele próprio. Vive com integridade, cada instante de sua vida e tem consciência de que é falível. Quando se tem esse sentimento (que é uma certeza na vida), somos mais cuidadosos, em todos os sentidos.

Inteligência Integral é característica das pessoas altamente espiritualizadas. Não uma espiritualidade vinculada aos dogmas ou religiões, mas uma espiritualidade pautada em valores éticos e morais norteadores da conduta individual como ensinou Mahatma Gandhi. O Ser integralmente inteligente possui uma consciência não-dual, consciente de sua capacidade de realização (com humildade) e um comportamento participativo, solidário e equilibrado.

Inteligência Integral é certamente uma utopia. E, como dizem os filósofos, utopia não é o irrealizável, mas o ainda não realizado – aquilo que não tem espaço no momento. Mas é a busca individual e coletiva de cada um de nós. Para fazer frente às crescentes exigências e crises da vida moderna, necessitamos cada vez mais de uma resposta integral da inteligência humana. Plenitude, integridade, verdade, saúde e consciência fazem parte da Inteligência Integral que é uma das maiores utopias atuais.

E como precisamos dela!

Por: Carlos Legal

Sobre o autor:

Carlos Legal é sócio-diretor da Legalas Educação e Qualidade de Vida e Coordenador do PYT®. Graduado em administração de empresas, certificado em "Gestão por Valores e Qualidade de Vida com foco em Gerenciamento de Recursos Humanos" por Simon Dolan (docente da ESADE – Madri), especialista em “Gestão Avançada de Qualidade de Vida no Trabalho” por Ana Cristina Limongi-França (docente da FIA/USP) e Coach certificado pelo sistema ISOR. Sua atuação como consultor e palestrante envolvem temas como: liderança, gestão de pessoas, valores, ética e espiritualidade organizacional, produtividade, planejamento, organização do trabalho, gestão do tempo, resiliência, gerenciamento do estresse, qualidade de vida, vendas consultivas e empreendedorismo.

Instituto prevê pancadas de chuva em grande parte do país nesta segunda

A previsão do Cptec (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos), do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), para esta segunda-feira (19) é de pancadas de chuva em grande parte do país devido a grande umidade e tempo abafado. Segundo o instituto, são esperadas pancadas de chuvas entre Paraná, Santa Catarina e norte e leste do rio Grande do Sul. Na faixa litorânea entre Santa Catarina e São Paulo, os ventos úmidos que vêm do mar ainda mantêm condições de muitas nuvens e chuva a qualquer hora do dia além de um dia ventoso na costa. De acordo com o órgão, o ar mais seco vai predominar em grande parte do nordeste do país, e o sol vai aparecer entre poucas nuvens, com pancadas localizadas e rápidas de chuva apenas entre Maranhão e Piauí. As temperaturas estarão estáveis.

São Paulo
A previsão do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) para o Estado de São Paulo nesta segunda-feira é de tempo parcialmente nublado a nublado com pancadas de chuva e trovoadas no decorrer do dia. Pode chover forte em pontos isolados do Estado, especialmente no centro, sul e leste do Estado. A temperatura máxima prevista é de 33º C e mínima de 12º C. Na capital, o tempo deve ficar parcialmente nublado a nublado com pancadas de chuva e trovoadas no decorrer do dia. A temperatura deve variar entre 16º C e 27 º C.

Fonte: Folha OnLine

CRATO:

Nada de chuva por aqui. Dia de Sol com algumas núvens. Não chove. Temperatura máxima de 30 e mínima de 16. Informa Site Climatempo.

Dihelson Mendonça

Policiais mortos em queda de helicóptero da PM são enterrados no Rio

NE - Esse é o Rio das Olimpíadas !

Os policiais militares Ednei Canavarro e Marcos Stader foram sepultados, na tarde deste domingo, no cemitério de Sulacap, na zona oeste do Rio. Ele morreram no último dia 17) quando o helicóptero da PM que tripulavam foi atingido por tiros durante uma operação no Morro dos Macacos, na zona norte da cidade.

"Parecia uma guerra", afirma morador sobre tiroteio
Governo do Rio recusa ajuda da Força Nacional

O secretário de Segurança Pública do Rio, José Mariano Beltrame, e o comandante da PM, coronel Mário Sérgio Duarte, compareceram ao enterro, mas não falaram com a imprensa. Além dos dois policiais, outras dez pessoas morreram nos confrontos de ontem, que tiveram início após traficantes do morro São João tentaram invadir o morro dos Macacos em disputa pelos pontos de venda de drogas. O morro São João é controlado pela facção criminosa CV (Comando Vermelho), enquanto o morro dos Macacos, pela ADA (Amigos dos Amigos). Segundo o secretário de Segurança Pública do Rio, José Mariano Beltrame, a polícia sabia da invasão planejada pelos traficantes. Hoje, o comandante da PM do Rio, reconheceu que pode haver mais inocentes entre as 12 vítimas do confronto. Segundo ele, algumas vítimas podem ter sido classificadas equivocadamente como criminosas. Neste domingo, mais duas pessoas foram mortas em tiroteio com a polícia na favela do Jacarezinho, e dois corpos foram localizados durante operação no morro São João. Por volta das 22h, a Operação Grande Cerco permanecia nos Morros dos Macacos, Quieto, Matriz e São João. Policiais permaneciam nos locais para evitar a "fuga de criminosos que poderiam estar no interior dessas comunidades", informou a corporação em nota. Durante o dia foram apreendidas duas pistolas, 300 kg de maconha, uma granada, nove carregadores de pistolas e 24 carregadores de fuzis.

Recompensa

O Clube de Cabos e Soldados da Polícia Militar do Rio informou neste domingo que será paga recompensa de R$ 2.000 a quem oferecer informações que levem a captura do responsável pela queda do helicóptero da PM no último dia (17) durante confronto com traficantes no morro dos Macacos, zona norte do Rio. Segundo o presidente da associação, Jorge Lobão, o valor da recompensa vem da receita da própria instituição e visa mobilizar a sociedade para reagir contra a violência. As denúncias podem ser feitas pelo telefone do clube --0/XX/21/2117-2000-- ou ainda pelo celular 0/xx/21/8181-7370. Até as 19h de ontem ( 18 ) ainda não existia um balanço de denúncias recebidas sobre o caso.

Fonte: Folha OnLine

TRABALHO INFORMAL - Reciclagem garante empregos - Reportagem: Antonio Vicelmo


Clique para Ampliar

Coleta do lixo é pesada para ser entregue ao centro de reciclagem, de segunda à sábado (Foto: Antônio Vicelmo)

Famílias carentes de Santana do Cariri mudam de vida a partir do trabalho na reciclagem do lixo da cidade

Santana do Cariri. "Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma". A frase, do químico francês Antoine Lavoisier, está sendo aplicada na prática, na cidade de Santana do Cariri, pelo Instituto Karius de Defesa e Promoção da Vida, uma Organização Não-Governamental, que está transformando o lixo da cidade em fonte de renda para 15 famílias carentes do município, 11 mulheres e quatro homens, que trabalham de segunda a sábado, na coleta de lixo na cidade. Neste município, reciclagem do lixo se transforma em mais uma fonte de renda. A reciclagem começou com a mudança dos costumes. Até o clube social da cidade foi reciclado. A gerência do projeto "despacha" em cima de uma máquina de lavar roupa transformada em mesa. São coletadas cerca de nove toneladas por mês de materiais recicláveis sólidos, que são vendidos a empresas nas cidades do Crato e Juazeiro do Norte. Os valores são repassados integralmente aos agentes recicladores que ganham por produção. A renda varia entre R$ 300 a R$ 400 por mês. "É muita coisa para quem não tinha emprego" diz a integrante do projeto, Joana Domingos da Silva.

O mesmo entusiasmo é demonstrado por Maria Cardoso da Silva e Francisca Batista da Silva, conhecida por "Miuda" que, além da renda mensal, encontraram um novo sentido para a vida. Francisca, por exemplo, era uma pessoa tímida, que pouca falava. A convivência com as companheiras de trabalho transformou a recicladora em uma pessoa alegre.

Começo

A iniciativa surgiu da necessidade de oferecer uma fonte de renda a um grupo de pessoas da cidade e da zona rural que vivia exclusivamente da agricultura de subsistência. O trabalho permite a diminuição da quantidade de lixo produzido e o reaproveitamento de diversos materiais, ajudando a preservar alguns elementos da natureza no processo de reaproveitamento de materiais já transformados. O reflexo está nas ruas limpas de Santana do Cariri.

"Reconhecer a diferença dos materiais que normalmente são jogados indiscriminadamente no lixo, como plásticos, vidros e papéis, é imprescindível para a coleta racional e seletiva do lixo", ensina o idealizador do projeto, Paulo Sérgio Garcia de Souza, acrescentando que "o gesto cotidiano de descartar o lixo seletivamente e entregá-lo à reciclagem torna-se um fator importante na conservação do meio ambiente. Sob essa forma de percepção, todos são agentes modificadores no processo de degradação ou conservação da natureza", diz. Paralelamente, são realizadas campanhas educativas que contribuem para mobilizar a comunidade na sua participação efetiva e ativa na implantação da coleta seletiva de resíduos sólidos, separando os materiais recicláveis ou reutilizáveis diretamente na fonte de geração. Com esta filosofia de trabalho, o Instituto Karius vai participar, de 4 a 6 de novembro, do Seminário Internacional do Meio Ambiente e Sustentabilidade, que será realizado em São Paulo. A presidente da ONG, Silvana Alencar, adverte que a reciclagem em si não resolve o problema. É fundamental, segundo afirma, a participação da comunidade na mudança de hábitos e costumes e atitudes.

"Hoje a comunidade está engajada no programa, que conta com o apoio da Prefeitura no transporte do lixo para a sede da organização", complementa.

Silvana acredita que, com o apoio de uma campanha de Educação Ambiental, é possível desenvolver uma filosofia de vida ética e moral, de maior harmonia e respeito com a natureza, propiciando conhecimentos e o exercício da cidadania para uma atuação crítica e consciente dos indivíduos. Silvana lembra, ainda, que o sentido ecológico de tal atividade, a readequação dos materiais selecionados, devido a sua natureza diversa, impedirá a contaminação do solo, dos lençóis freáticos e nascentes de rios, pois alguns desses materiais levam anos ou mesmo décadas para serem consumidos pela natureza, oferecendo assim uma alternativa aos "lixões". Nesse contexto, de acordo com Silvana, os "catadores do lixo" despontam como atores indispensáveis, afinal eles são os responsáveis pela separação e triagem do material que sai do lixo e que é vendido às indústrias de reciclagem. A partir daí, transforma-se em matéria-prima para novos produtos, poupando os recursos naturais.

Mais informações
Instituto Karius de Defesa e Promoção da Vida
Rua Toininho Ribeiro, S/N
(88) 9650.1137 / 9900.5678

PROJETO

ONG promove inclusão social

Santana do Cariri O desemprego é um dos problemas mais sérios do Cariri, assolando de forma trágica principalmente aqueles que possuem baixa escolaridade, pouca ou nenhuma qualificação técnica: mulheres, negros, idosos e deficientes físicos, uma vez que são os mais afetados neste processo de restrição de oportunidades.

A resposta encontrada por esses atores, por não terem condições de competir por vagas no mercado formal, é o subemprego, a ocupação precária do espaço urbano e o ´inchaço´ da economia informal. Coletar lixo é uma alternativa encontrada por alguns desses excluídos. Como não atingem a qualificação exigida pelo mercado, veem nessa função uma estratégia de sobrevivência. Ainda sendo uma forma de trabalho vista como degradante pela sociedade, os "catadores de materiais recicláveis" fizeram do lixo uma forma de obter a renda para o próprio sustento.

Foi com esta preocupação que o Instituto Karius partiu para a reciclagem do lixo. Aquilo que geralmente é jogado fora, num processo de poluição que danifica a natureza, pode ser reaproveitado e transformado em fonte de renda. A começar pela própria sede da organização que funciona no prédio de um clube social desativado, localizado na rua Antônio Ribeiro, conhecida como "Rua do Pau Quente". A estrutura do velho clube, abandonado pela sociedade, foi transformada em depósito e escritório dos recicladores.

O acompanhamento da produção é feito numa máquina de lavar, encontrada no lixo, que serve de mesa. Ali, a gerente do projeto, Joana Domingos, "despacha" com a presidente do Instituto Karius, Silvana Alencar, fazendo a prestação de contas do trabalho realizado durante a toda a semana.

Capoeira

No salão de danças do clube, funciona uma escola de capoeira para os filhos dos integrantes do projeto. É o Educapoeira, uma das alternativas onde os alunos aprendem técnicas e história da Capoeira e recebem orientações para convivência em sociedade, respeitando limites e valores coletivos, entre os quais, o respeito ao patrimônio público e os hábitos mais rotineiros, como não jogar lixo nas ruas. Ali, os alunos são orientados para o bom desempenho escolar, exigindo boas notas e comportamento satisfatório.

O projeto conta, hoje, com um total de 120 alunos. "Sempre que possível, acontecem demonstrações públicas e isso é importante já que se tornam um atrativo cultural para que as pessoas possam apreciar e compreender melhor esse esporte de raiz", ressalta o instrutor Cícero da Silva.

Terceira idade

Outra função social do projeto é a integração dos idosos. São encontros que acontecem aos sábados entre aqueles que fazem parte ou se identificam com essa fase da vida. Energias são liberadas pelo forró, valsa e outros ritmos que são animados por um sanfoneiro.

"Unimos todos os esforços para fortalecer a autoestima dessas pessoas que tanto já contribuíram e que, às vezes, por falta de oportunidades, são esquecidas", justifica a conselheira do projeto, Cacilda Pereira Sales.

Cinema

Com estes mesmo objetivos, é promovido o "Cinema na Praça" que acontece todas as quintas-feiras. A garotada se reúne no Calçadão Municipal para assistir a filmes educativos. Nesse período, ao invés de estarem nas ruas, estão aprendendo alguma mensagem útil pra suas vidas pela Sétima Arte.

ANTÔNIO VICELMO
Repórter do Jornal Diário do Nordeste
Colaborador do Blog do Crato e Jornal Chapada do Araripe

BlogCuriosidades - 19 de Outubro

Adivinhe nas fotos, quem é o pai, irmãos, tios e primos:







Nada como um bom Retrato da Família...

Notícias da Urca - Universidade Regional do Cariri - 19 de Outubro de 2009

Reitor da URCA participa do Fórum de Reitores em Manaus

O Reitor da Universidade Regional do Cariri (URCA), professor Plácido Cidade Nuvens, participou, de 14 a 17 de outubro, no Centro de Convenções Studio 5, em Manaus – AM, do 45º Fórum Nacional de Reitores, juntamente com o Pró-Reitor de Ensino e Graduação, João Luis do Nascimento Mota. O evento é promovido pela Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais – ABRUEM. Este ano, o tema central do fórum foi “A Graduação nas IES Estaduais e Municipais”. A abertura solene do evento aconteceu às 20 horas do dia 14, com a presença do ministro da Educação, Fernando Hadad, entre outras autoridades estaduais e nacionais. Simultâneo ao 45º Fórum Nacional de Reitores aconteceu o III Encontro Nacional de Coordenadores de Comunicação da ABRUEM, com o intuito de disseminar experiência bem sucedida no âmbito da Instituição.

Recital homenageia ex-reitora da URCA Violeta Arraes

A Universidade Regional do Cariri, através da Pró-Reitoria de Extensão, com a colaboração da Fundação Araripe e da SCAC, irá promover um recital de Canto Lírico com a Soprano coloratura Tatiana Figueiredo e o Pianista Vitor Duarte, em homenagem a saudosa memória da Ex-Reitora da URCA, Violeta Arraes Gervasieau. O evento acontecerá no dia 21, às 19h30, no Teatro Rachel de Queiroz. Além disso, irá acontecer paralelamente ao evento uma exposição contando toda a trajetória de Dona Violeta nos dias 22, 23, 24, também mini-cursos de canto para corais, e apresentação dos Corais da SCAC.

Inscrições abertas para Curso de Especialização em Administração Financeira

Estão abertas até o dia 10 de novembro na Universidade Regional do Cariri (URCA), inscrições para o Curso de Especialização em Administração Financeira. O curso está sendo desenvolvido através do Departamento de Ciências Econômicas. Nesse cenário de mudanças macroeconômicas a partir do processo de globalização dos mercados, a Universidade entende que é preciso complementar e qualificar os profissionais das diversas empresas /bancos que compõe o mercado da Região do Cariri. O objetivo geral do Curso de Especialização em Administração Financeira é proporcionar um suporte técnico e conceituado na gestão financeira das empresas/bancos, capacitando profissionais para atuar na área financeira de empresas públicas ou privadas. Visa aprofundar conhecimentos sobre Administração, Contabilidade, Economia e Finanças empresariais e sua importância na adoção de técnicas que auxiliem a tomada de decisões, além de proporcionar aos profissionais da área administrativa/contábil/financeira uma base conceitual mais coesa e sólida, a fim de melhorar os resultados na gestão de negócios. Outro ponto importante é habilitar docentes para melhor exercerem o magistério superior nas áreas afins. As vagas são limitadas e o curso será iniciado em outubro deste ano. Mais informações pelos telefones: (88) 3102.1212 / 9944.4357.

Contato:
Assessoria de Comunicação
Universidade Regional do Cariri - URCA
(88) 3102-1212 ramal 2617
www.urca.br - Elizangela Santos
Crato, 20 de outubro de 2009.


Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30