xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 16/10/2009 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

16 outubro 2009

O laranjal Caiu Sozinho ! - O MST não derrubou nada. É tudo invenção do PIG !



Pois é, minha gente.

Mais uma vez estamos aí enrolados por alguns setores que tentam esconder a corrupção e a bandalheira no Brasil. Semana passada, um grupo de baderneiros disfarçados de MST, destruíram uma fazenda de laranjas, causando o prejuízo de 1.2 milhões de reais. Alguns integrantes do MST deram declarações de que "é verdade. Destruímos "ALGUNS" pés de laranja para chamar a atenção. Não só destruíram um laranjal, como equipamentos agrícolas, e outros.

Mas mesmo assim, quem quer que noticiar esses fatos que a imprensa mostrou, saiu até vídeo na TV, é chamado de Golpista e de integrante do PIG ( partido da Imprensa Golpista ). É preciso que nós Brasileiros fiquemos de boca fechada, vendo a baderna acontecendo aí a céu aberto sem dizer palavra!

Afinal, quem reclamar do Brasil de Hoje, só pode ser do PIG !

Por: Dihelson Mendonça


O MST só deixou a Fazenda após a justiça expedir mandado de integração de posse.

Aproximadamente trinta tratores foram destruidos e danificados.

Sete mil pés de laranja foram arrancados durante a ocupação do MST.

O Governo liberou este ano 115 milhoes de reais para ONCs ligadas ao MST ou seja para serem repassados ao movimento. O governo financia a anarquia e a desordem, embora quando é chamado a opinar se acovarde e diga que é contra.


Instalações, computadores, escritorios foram destruidos. O governo financia as vontades e os
desejos para ganhar a simpatia. Se o governo fosse serio e cadastrasse essa gente chegaria a conclusão que essa gente não tem nada a ver com o campo. O sertanejo, o camponês tem boa indole, respeita as leis e não tem a maldade em suas mentes.

Postado no Blog do Sanharol por Morais

ORA ESSA !!! - Corregedoria abrirá investigação contra Suplicy


SÃO PAULO - O corregedor-geral do Senado Federal, Romeu Tuma (PTB-SP), anunciou hoje que abrirá na terça-feira investigação por quebra de decoro parlamentar contra o senador Eduardo Suplicy (PT-SP). O procedimento foi motivado por episódio ocorrido na quarta-feira, quando o petista desfilou pelas dependências da Casa trajando uma sunga vermelha em referência à roupa do personagem Super-Homem. Suplicy atendeu a um pedido da apresentadora do programa "Pânico na TV" (RedeTV!), Sabrina Sato, que comparou Suplicy a Clark Kent, identidade secreta do super-herói.

"Soube dessa ocorrência da calcinha vermelha apenas hoje, pelas fotos veiculadas pela imprensa", disse Tuma, referindo-se à sunga - chamada também de calção por Suplicy. "Fiz questão de juntar todo o material para abrir uma investigação." O senador petebista disse que ficou "chocado" com as imagens. "É tão ridículo que custei a dar crédito às fotos. É chocante que um senador ande de calcinha por pedido de um programa de TV", criticou.

Tuma fez questão de lembrar que o regimento interno do Senado inclui os trajes usados pelos parlamentares nos princípios de decoro da Casa. "O senador feriu as regras e sujou a imagem do Senado em um período não muito positivo de sua história", censurou o corregedor, referindo-se às denúncias recentes que tiveram como pivô o presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP).

Trâmite

Tuma explicou que a investigação é o primeiro passo para abertura de um processo por quebra de decoro parlamentar. "A partir de terça-feira, vamos analisar todo o material sobre o caso publicado na imprensa e veiculado na internet", afirmou. Se a conclusão da Corregedoria-Geral for de que houve infração por parte de Suplicy, uma representação será encaminhada ao Conselho de Ética, que irá decidir sobre a abertura do processo. "Aí a decisão é de alçada do Conselho de Ética, que pode pedir até a cassação do senador", ressaltou.

Cassação histórica

Foi esse o desfecho de um episódio semelhante ocorrido em 1946 com o então deputado Edmundo Barreto Pinto (PTB-RJ). O parlamentar se deixou fotografar de cueca samba-canção pelas lentes do fotógrafo Jean Mazon, da revista "O Cruzeiro". Trajando apenas a parte de cima de um fraque, Barreto Pinto acreditou na promessa do fotógrafo e de seu companheiro de reportagem, o jornalista David Nasser, de que seria publicada na revista uma imagem apenas da cintura para cima. O parlamentar foi cassado por quebra de decoro.

Tuma não acredita que o episódio protagonizado por Suplicy terá a mesma conclusão do vivido por Barreto Pinto. "Creio que, no máximo, Suplicy receberá uma advertência pelo mau comportamento", disse. "Até porque, no caso do Barreto Pinto, ele foi cassado mais por interesses políticos", lembrou.

Fonte: Estadão

UM MILAGRE DE DEUS ! - Aimi Kobayashi

Se alguém quiser presenciar um milagre, aqui está um. Uma menininha que está assombrando o mundo da música. Alguns já a consideram a encarnação de Mozart. Ver e ouvir, é crer:





Aqui, Aymi Kobaiashi aos 4 anos de Idade:



Aqui, ela toca um Improviso de Chopin:




Aqui, com 3 anos de Idade:



E aqui ?



Aqui ela interpreta o Compositor Franz Liszt





Aimi Kobayashi é uma pianista clássica nascida em 23 de Setembro de 1995. Ela morou em Ube, Japão até fevereiro de 2007, e agora, em Tokyo. Começou a estudar piano aos 3 anos, tocou com orquestra aos 7 anos, e tem recebido a tutela de Yuko Ninomiya desde os 8 anos de idade. Ela ganhou o prêmio Yamaguchi Prefecture "P^remio da Glória Cultural 3 vezes. A AADGT ( Associação Americana para o desenvolvimento dos dotados e talentosos ), uma organização sem fins lucrativos com base em Nova York, tem ajudado ativamente Aimi por muitos anos.

( Da Wikipedia em Inglês )

Por: Dihelson Mendonça
Terras públicas invadidas - Postado por Amadeu de Freitas
Dalmo Dallari, Jornal do Brasil

RIO - Uma vez mais, a imprensa dá notícia de um conflito de terras, desta vez informando sobre violências que teriam sido cometidas por integrantes do Movimento dos Sem Terra, no oeste do estado de São Paulo, incluindo destruição de laranjais e danificação de máquinas agrícolas, em área utilizada pela empresa Cutrale, uma das maiores produtoras de suco de laranja do Brasil. Algumas fotos de árvores derrubadas e de máquinas agrícolas danificadas foram divulgadas pela imprensa, causando revolta na população a exibição e a notícia da prática de tanta violência em nome da justiça social e da reforma agrária.

Dirigentes do MST negam que os autores das violências sejam efetivamente integrantes do movimento, aventando a hipótese de que sejam agitadores profissionais, pagos para agir daquela forma com o objetivo de justificar ações de autoridades públicas contra os verdadeiros trabalhadores rurais. A hipótese de uma infiltração maliciosa não é desprovida de lógica, sobretudo tendo em conta muitas iniciativas já conhecidas visando a criminalização dos movimentos sociais, apresentando o Movimento dos Sem Terra como um bando de criminosos, uma quadrilha que atenta contra os direitos dos proprietários de terras, perturbando a paz social e prejudicando a economia brasileira.
Embora apresentando imagem absolutamente negativa do Movimento dos Sem Terra, ao fazer a localização e caracterização dessas violências, a imprensa acaba por divulgar informações que deixam evidente o tratamento diferenciado dado por governos e autoridades segundo a categoria social dos invasores de terras. Com efeito, noticiou-se que haveria a intenção de implantar na região agora invadida a mesma luta que se desenvolve no Pontal. O que se menciona aí é a região do estado de São Paulo denominada Pontal do Paranapanema, onde, segundo levantamento feito Instituto de Terras do Estado de São Paulo durante o governo Mário Covas, os ocupantes de vastas extensões de terras são, na grande maioria, invasores de terras devolutas, que são áreas públicas. Protegidos por muitos dos que deveriam tomar a iniciativa de expulsá-los, aqueles invasores conseguiram inverter a situação, provocando a criminalização dos trabalhadores rurais pobres que reivindicam a distribuição das áreas públicas mediante os preceitos da reforma agrária, conforme determina a Constituição no artigo 184.
Relativamente à área agora objeto do novo conflito, informou o Instituto Nacional da Reforma Agrária que, além de outras áreas públicas invadidas, ali se localiza uma grande área, denominada Grupo Colonial Monção, que o governo da União comprou em 1909 com o objetivo de promover a colonização, o que acabou não sendo feito, permanecendo as terras desocupadas até que foram invadidas por fazendeiros ricos. Já existe um grande número de ações judiciais buscando a recuperação das áreas pelo verdadeiro dono, que é o patrimônio da União, mas, assim como ocorre em vários outros estados brasileiros, os invasores conseguem retardar as decisões e assim vão permanecendo nas terras e tirando proveito delas, impedindo que sejam distribuídas a famílias de trabalhadores rurais pobres, segundo o critério previsto na Constituição.
Não há dúvida de que o Brasil evoluiu muito nos últimos anos, em termos de redução de grande injustiças legalizadas e da concepção e aplicação dos princípios e normas de direito como instrumentos da Justiça. Mas a proteção dada, ainda em grande escala, a privilégios ilegais e injustos, bloqueando a plena aplicação dos preceitos constitucionais de inspiração humanista, deixa evidente a necessidade de empenho decidido e permanente de todos os que têm consciência de que sem a Justiça não haverá Paz.
Dalmo Dallari é professor e jurista.
00:35 - 16/10/2009

Bolsa-esmola ??? - Por: José Nilton Mariano Saraiva

"A expansão do valor total dos benefícios pagos pelo Bolsa-Família entre 2005 e 2006, de R$ 1,8 bilhão, provocou um crescimento adicional do PIB de R$ 43,1 bilhões, e receitas adicionais de impostos de R$ 12,6 bilhões. Esse ganho tributário é 70% maior do que o total de benefícios pagos pelo Bolsa-Família em 2006, que foi de R$ 7,5 bilhões. Essas estimativas estão num estudo recém concluído dos economistas Naercio Aquino Menezes Filho, coordenador do Centro de Políticas Públicas (CPP) do Instituto de Ensino e Pesquisa (Insper), antigo Ibmec-São Paulo, e de Paulo Henrique Landim Junior, aluno da graduação do Insper. O objetivo do trabalho era investigar os efeitos do Bolsa-Família – que hoje atinge 12,9 milhões de famílias – na economia dos municípios. Os pesquisadores investigaram 5,5 mil municípios nos anos de 2004, 2005 e 2006. Os dados utilizados foram o PIB, a população e a arrecadação de tributos nos municípios, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE); e os desembolsos do Bolsa-Família, do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS). A partir dessa base, Menezes e Landim empregaram métodos estatísticos para calcular o impacto na economia municipal de aumentos dos repasses do programa per capita – os repasses divididos pela população do município (e não pelo número de beneficiários). A conclusão foi de que um aumento de 10% no repasse médio per capita do Bolsa-Família leva a uma ampliação de 0,6% no PIB municipal no ano em que ocorre a expansão e no seguinte. “O impacto pode parecer pequeno, mas quando analisamos os efeitos levando em conta os números absolutos do PIB, ele é bem grande”, diz Menezes.
A magnitude do efeito do Bolsa-Família no PIB ficou clara quando os pesquisadores fizeram o que chamaram de “análise de custo-benefício”, tomando os anos de 2005 e 2006. Entre os dois períodos, os repasses do programa subiram de R$ 5,7 bilhões para R$ 7,5 bilhões, num salto de R$ 1,8 bilhão, ou de 30,34%. O valor médio do repasse em 2006 foi de R$ 61,97 por família, e o porcentual da população beneficiada foi de 36,4%. Considerando-se a relação de 0,6% a mais de PIB para cada 10% a mais de Bolsa-Família, o aumento de 30,34% em 2006 significa um ganho no conjunto dos municípios – isto é, do País – de 1,82%. Aplicado ao PIB de 2006 de R$ 2,37 trilhões, chega-se ao PIB adicional de R$ 43,1 bilhões. Dessa forma, para cada R$ 0,04 de Bolsa-Família a mais, o ganho de PIB foi de R$ 1.
Menezes fez cálculos adicionais, levando em conta que a distribuição do aumento do Bolsa-Família de 2005 para 2006 não foi homogênea entre todos os municípios brasileiros, e obteve resultados muito parecidos. Ele diz que aquele efeito explica-se pelo chamado “multiplicador keynesiano”, que faz com que um gasto adicional circule pela economia – de quem paga para quem recebe – várias vezes, aumentando a demanda bem mais do que o seu valor inicial.
A análise dos dois economistas permitiu avaliar também o impacto dos aumentos de repasses do Bolsa-Família nos diferentes setores da economia municipal. O maior efeito foi encontrado na indústria – para cada 10% a mais de Bolsa-Família, o PIB industrial aumenta 0,81%. Nos serviços, o impacto foi de 0,19%, enquanto na agricultura não foi registrado efeito significativo. “É possível que a indústria tenha sido mais afetada por causa do aumento de consumo de energia elétrica, água, esgoto e gás das famílias pobres e extremamente pobres que recebem Bolsa-Família”, diz Menezes. No caso da arrecadação municipal, o estudo indica que um aumento de 10% nos repasses leva a um aumento médio de 1,36%. Levando-se em conta o total de impostos gerados nos municípios em 2006, de R$ 304,7 bilhões, concluiu-se que o aumento de 30,34% do Bolsa-Família provocou uma alta de 4,1% na arrecadação, ou R$ 12,6 bilhões".
*****************************
Com a palavra os críticos do Bolsa-Família (ou do Bolsa-Esmola, com eles preferem). E, por favor, tragam argumentos convincentes.
Fonte: Luis Nassif - Postagem: José Nilton Mariano Saraiva

Air bag nos veículos: faculdade ou obrigação do fornecedor?



O air bag quando colocado em veículos é um grande meio de segurança aos consumidores em caso de acidentes, dessa forma, interrogamos se ele deve ser colocado obrigatoriamente em todos os veículos ou se é uma faculdade dos fornecedores o colocarem? Esse é um problema bastante complicado para ser resolvido, pois, de um lado se visa a proteção dos consumidores lhe fornecendo maior segurança e de outro temos o problema financeiro acarretado pelo aumento do preço do veículos. Como dizia René Descartes em sua famosa obra Discurso do Método: Regras para a Direção do Espírito, vamos começar por aquilo que nos é mais simples, assim, se o veículo for adquirido pela Internet junto a um estabelecimento onde o consumidor pode escolher os itens opcionais para seu veículo, dúvida parece não haver que não existe obrigação do fornecedor quando um consumidor não vier optar pela aquisição do air bag e sofrer um acidente vindo a se machucar, já que foi ele quem fez a opção na aquisição e resolveu não escolher esse meio de segurança que poderia ter evitado as lesões. O problema maior é quando o veículo é ofertado ao consumidor sem que este possa optar pela aquisição do air bag no momento da compra e o consumidor vier a sofrer um acidente com lesões onde a presença do air bag poderia tê-las evitado. O fornecedor deve garantir a segurança dos consumidores da melhor forma possível, mas esta segurança envolve um aumento de custos de produção que serão repassados aos consumidores, assim, não podemos analisar somente a segurança dos consumidores sem antes analisarmos o aumento dos custos, pois esta segurança depende dos custos. Assim, se os custos forem de um montante que torne o valor do veículo muito elevado entendemos que o fornecedor não é obrigado a colocar o air bag, mas se estes custos não forem elevados, parece existir uma obrigação dos fornecedores em colocá-lo para fornecer maior segurança aos consumidores.

Por: Robson Zanetti - Melhores Artigos

Uganda estuda pena de morte para casos de homossexualidade

Um parlamentar de Uganda apresentou um projeto de lei que prevê a pena de morte para alguns tipos de práticas homossexuais. David Bahati, do partido governista, quer a pena capital para os que fizerem sexo com portadores de deficiência, menores de 18 anos ou quando o acusado é HIV positivo. Analistas em Uganda acreditam que o projeto tem grandes chances de se tornar lei, já que, apesar de críticas da oposição, várias lideranças políticas do país, inclusive o presidente, expressam publicamente posições contrárias aos gays. Grupos de defesa dos direitos dos homossexuais em Uganda calculam que existam cerca de 500 mil pessoas com essa orientação sexual no país, que conta com uma população de 31 milhões de pessoas.

Endurecimento

No país africano, a homossexualidade já é crime, punido com grandes multas e com prisão perpétua. A proposta atual é de endurecer ainda mais as leis existentes. Se aprovada, a definição de homossexualidade será ampliada e o ato de promover a prática passa a ser punível com multa ou prisão. Mas correspondentes dizem que é difícil condenar alguém por homossexualidade em Uganda devido à falta de evidências. Muitos que se declaram publicamente gays não foram levados à justiça, já que admitir a preferência sexual não é considerado um crime.

Fonte: BBC Brasil
Foto Ilustrativa: Capa do filme Girl play

Brasil é escolhido por unanimidade para o Conselho de Segurança das Nações Unidas



Brasília - O Brasil foi eleito ontem (15) pela Assembleia Geral das Nações Unidas membro não permanente do Conselho de Segurança da ONU. O mandato é de dois anos - de 1º de janeiro de 2010 a 31 de dezembro de 2011. Foram 182 votos, de um total de 183 países votantes. É a décima vez que o Brasil ocupa um assento eletivo no Conselho - frequência só igualada pelo Japão. Foram também eleitos para o mesmo mandato 2010-2011 a Bósnia e Herzegovina, o Gabão, o Líbano e a Nigéria. O Conselho de Segurança estará composto em 2010 pelos seguintes países: Áustria, Japão, México, Turquia e Uganda (que cumprem mandato 2009-2010); Brasil, Bósnia e Herzegovina, Gabão, Líbano e Nigéria (eleitos para o mandato 2010-11), e os cinco membros permanentes (China, França, Estados Unidos, Reino Unido e Rússia).

As prioridades do país como membro eleito do conselho incluem a estabilidade no Haiti, a situação na Guiné-Bissau, a paz no Oriente Médio, os esforços em favor do desarmamento, a promoção do respeito ao Direito Internacional Humanitário, a evolução das operações de manutenção da paz e a promoção de um enfoque que articule a defesa da segurança com a promoção do desenvolvimento socioeconômico. Mais cedo, antes do resultado, o ministro das Relações Exteriores, Celson Amorim, havia dito que o Brasil se compromete a manter os esforços em favor “da paz internacional”. Membro fundador da ONU, o Brasil tem longa tradição de contribuir para as operações de manutenção da paz. Em 1956, tropas brasileiras foram enviadas à primeira Força de Emergência das Nações Unidas em Suez. Desde então, o Brasil participou de mais de 30 operações de paz das Nações Unidas e contribuiu com cerca de 20 mil homens.

Atualmente, o Brasil contribui com mais de 1.300 soldados, observadores militares e policiais em três continentes. O maior contingente encontra-se no Haiti, onde um general brasileiro exerce também o comando militar da Missão de Estabilização das Nações Unidas no Haiti (Minustah), integrada por 17 países. O Brasil foi membro do Conselho de Segurança em nove biênios (1946-47, 1951-52, 1954-55, 1963-64, 1967-68, 1988-89, 1993-94, 1998-99 e 2004-05).

Fonte: Agência Brasil

Telefônica adere a programa do governo e oferece internet a R$ 29,80

Velocidade do serviço será de 250 kilobytes por segundo

A Telefônica anunciou ontem quinta-feira (15) que aderiu ao programa de internet em banda larga do governo de São Paulo e vai oferecer acesso à web por R$ 29,80 mensais. A banda oferecida pelo serviço não é “tão larga” (velocidade de 250 kilobytes por segundo, considerada baixa para os padrões atuais), mas inclui modem, instalação, provedor e não há limite para a troca de dados. O serviço começará a ser oferecido a partir de 9 de novembro. Procuradas pela reportagem, NET e TVA não disseram se vão aderir ao programa do governo. O governador de São Paulo, José Serra, anunciou hoje um decreto que cria um programa de banda larga a preços mais baixos do que os praticados comercialmente. O mercado potencial, segundo o governador, abrange 2,5 milhões de residências. Desse universo, cerca de 690 mil casas possuem computador sem internet e o restante tem conexão discada.

O governo não cobrará ICMS (imposto estadual) dos usuários do serviço. A arrecadação do governo de São Paulo com o ICMS cobrado do serviço de banda larga é de R$ 534 milhões, mas Serra diz que haverá pouco impacto na receita do Estado, já que o público-alvo do programa ainda não possui acesso rápido à internet. O anúncio ocorre em meio a estudos no governo federal para um programa nacional de universalização da banda larga. Questionado por jornalistas sobre o tema, Serra disse não ter informações disponíveis sobre o plano do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Fonte: R7 com Reuters

Hoje é Dia de Cleivan Paiva - Por Carlos Rafael Dias


CLEIVAN PAIVA NO CARIRI ENCANTADO DE HOJE, A PARTIR DAS 14 HORAS NA RADIO EDUCADORA AM 1020, E NO IV FESTIVAL BNB DE MÚSICA INSTRUMENTAL, A PARTIR DAS 19 HORAS, NO CCBNB-CARIRI, EM JUAZEIRO

Hoje, literalmente, é Dia de Cleivan Paiva. O instrumentista e compositor cratense (apesar de ter nascido em Simões, Piauí), será duplamente atração no meio musical da região.

Às 14 horas, Cleivan será o entrevistado do programa Cariri Encantado (Rádio Educadora AM, 1020), quando apresentará ao vivo novas composições suas, bem como comentará sua rica obra que será veiculada a partir de triagem dos seus três discos. Cleivan falará também sobre sua longa, respeitada e profícua carreira artística, iniciada nos anos de 1970, quando foi projetado pelos festivais regionais da canção e pela sua participação na antalógica banda de baile Azes dos Ritmo (é com "z" mesmo).

Depois, às 19 horas, Cleivan Paiva fará o espetáculo de hoje do IV Festival BNB da Música Instrumental, no teatro do Centro Cultural BNB Cariri, em Juazeiro do Norte. Entrada franca.

O programa Cariri Encantado de hoje será apresentado por Luiz Carlos Salatiel e Carlos Rafael Dias. Se ligue!

Homenagem ao professor - por Pedro Esmeraldo


Hoje, 15 de outubro homenageamos o professor, figura impoluta como sendo a mola do aperfeiçoamento da aprendizagem do aluno. Consideramos o professor como um herói esquecido, que pratica a grata função de difícil tarefa, mas compensatória. O professor deve ser abnegado, trabalhando com amor e grande sentimento de afeto para com seus discípulos. Essa tarefa que é feita com amor, eleva o professor a cumprir fielmente o seu dever de mestre, com o intuito de inspirar o aluno para atingir os seus objetivos que é de adquirir o saber através do estudo com o fito de desenvolver a qualidade técnica do ensino, que, certas pessoas adquirem mergulhando na profundidade da ciência e com atribuições do método escolar das atividades cotidianas.
O professor para nós é um artista nato, um sábio moderno na arte de educar e transmitir conhecimentos organizados que conduzem os alunos para enfrentar qualquer tipo de trabalho.
Lembramos que os mestres enfrentam grandes lutas estressantes, mal remunerados, sem um pingo de valorização que seria dadas pelas autoridades. Nos dias cansativos e nas horas de angústias, obtém perda de paciência causada pelas lutas, e têm ainda pensamento questionado devido a falta de apoio financeiro, pois não são bem aprimorados em seus
pensamentos técnicos porque no Brasil as autoridades só sabem dar valor a quem não merecem. Será meu Deus, que vale a pena ensinar a grupos de alunos muitas vezes
inconvenientes e inconsequentes para serem mal remunerados e mal compreendidos pela sociedade?
Avante professores, lutem, gritem, reclamem, não se deixem ser enganados por estes astuciosos que não compreendem o verdadeiro caminho da vida.
Queremos lembrar as figuras dos grandes mestres do passado, que nos transmitiram conhecimentos profundos como: professor José do Vale Feitosa, Monsenhor Montenegro, Padre António Gomes de Araújo (o mestre da História), Padre Davi Moreira, Professora Irene Cabral, Monsenhor Raimundo Augusto, Professor José Nilo; esses mestres foram grandes dinamizadores da cultura regional. Por isso não podemos deixar de lado os nomes desses heróis do passado que deram sua vida pela formação intelectual e moral da juventude.
P.S.: Dedicamos esta crônica a grande mestra ex-diretora do SESI que conduziu o ensino inferior com muita dedicação e apreço. PARABÉNS DONA ZULEIDE! A senhora se tornou uma grande líder do ensino do Cariri.

Texto: Pedro Esmeraldo

Atenção para este "ANÚNCIOS", muita atenção! por Pachelly Jamacaru

Chegou: “ANÚNCIOS” o CD de Célia Dias!



Indescritível surpresa! Uma das mais conceituadas e refinada compositora cratense, lança o seu primeiro CD!

Escreveu Xico Sá, (Jornalista e Escritor). “Com um lirismo pra lá de autêntico, a cantora e compositora, dupla militância sempre rara, Célia Dias é um recorte luxuoso da nova música brasileira”.
E diz mais: “A moça dos olhos atlânticos sabe ser do Crato e do mundo todo, não obrigatoriamente nessa ordem em tempos de “desglobalizações”.

Eu apenas afirmo: Ta tudo azul com Celinha!
Músicas leves, soltas, cor do mar, cor do céu, cor do encarte, cor da arte, a cor dos seus olhos. Um CD à sua imagem!

Ta ZEN, ta de MALAS PRONTAS para o sucesso, Ta no TEMPO, Na BR, ta nos ANÙNCIOS, na LUZ de UMA VARANDA, ta no SINAL, vai ALÉM DO ÔNIBUS, emite uma NOTA, canta na TERRA, Mas Célia, não está SÓ NO CRATO, Porque HOJE, com estas 13 belíssimas canções, posso dizer: Célia Dias está em dia! Em dia com as novas tendências da musica!
Eu recomendo,
Pachelly Jamacaru

Contatos da cantora:
www.myspace.com/celiadias
céliadiascantora@ig.com.br
88. 3521.0198
88. 9965.7314

CRATO - DENUNCIA ESTUDANTIL‏

Olá.

Venho por meio deste e-mail comunicar-lhes e pedir-lhes um apoio sobre a situação que há anos vem se arrastando na Casa do Estudante do Crato/CE.

Situação: há moradores que não têm necessidades de estar morando na Casa, uns por ter condições suficientes de pagar um aluguel e outros por já terem concluído o curso de graduação.

Existem quartos monopolizados por estes moradores que têm uma ótima condição financeira por serem concursados (EMATECE, guarda municipal do Crato, honda do quarteirão e prefeitura do Juazeiro do Norte), alguns destes indivíduos estão ocupando espaço há 14 anos, outros há 8 anos, muitos só trabalham e não estudam. Ainda há aqueles que já terminaram o curso de graduação, mas vêm todo fim de semana (Motivo: “farrear no Crato”). Frases dita por estes moradores: “eu não saio e nem ninguém entra no meu quarto.”; “Quero ver quem me tira daqui.” ou “Quem vier me tirar do meu quarto, eu mato!” A Casa é provedora de um estatuto que diz, que a Casa deve abrigar estudantes carentes que estejam no ensino médio ou graduação.

A cada semestre na Universidade Regional do Cariri – Urca, aparece vários estudantes à procura de vagas, mas por estas pessoas estarem ocupando (3 quartos) torna-se impossível de ajudarmos estes estudantes. O que traz como consequência, a desistência destes novos universitários do curso escolhido. Esta situação já foi denunciada em outras oportunidades, por várias pessoas, reportagens, artigos, e etc. Mas nunca nada se foi resolvido, por ninguém e nós moradores não temos autoridade para retirá-los de lá, (embora isso já se foi tentado, mas houve ameaças de morte) por medo de represálias. Por isso peço a atenção das autoridades da Secretaria de Educação, Prefeitura do Crato e Estado do Ceará, que olhe por nós estudantes da Casa do Estudante do Crato.

Atenciosamente
Casa do Estudante do Crato/CE.

Calçadão da Beira Mar em Fortaleza vai ter piso reformado de novo

O novo projeto, no valor de R$ 30 milhões, que promete dar cara nova à Avenida Beira Mar, o principal cartão postal de Fortaleza, foi apresentado nesta semana para os hoteleiros. A exposição, no Gran Marquise Hotel, ficou a cargo do secretário da Regonal II, Francisco Bezerra. Entre várias novidades, uma que deixa qualquer contribuinte revoltado: o piso do calçadão da Beira Mar, que já tinha sido todo trocado no ano 2000, deve ser novamente substituído.

Naquela época, essa obra mereceu muita crítica porque não resistiu às chuvas. Agora, lá vem gasto de novo e a gente que pague a conta. A Prefeitura promete até uma ciclovia na área, mas abriu concurso nacional de idéias para encontrar um modelo para a nova reforma da Beira-mar. O secretário da Rgional II garante que os recursos para essas obras estão garantidos e até disse que toda a transformação na orla será concluída até o final de 2011. Houve hoteleiro que acreditou. Nós também vamos acreditar que é pra ninguém dizer depois que torcemos contra.

Fonte: Eliomar de Lima

Geografias sobre o Crato. Que geografias? - Por: Antonio Sávio


Toda cidade tem sua história, sua cultura e sua geografia. Durante muito tempo a categoria tempo teve privilégio sobre a categoria espaço, sendo esta última percebida pelos economistas bem antes da ciência geográfica ter existido, porém, sendo suas abordagens ainda insuficientes para a compreensão da problemática espaço e suas transformações. A história e a geografia são ciências de extremo valor para o reconhecimento de uma sociedade e para a manutenção de elementos culturais que existem na mesma. É através do conhecimento histórico que a Europa até hoje sustenta seu imenso império cultural que foi construído através dos séculos e é através da geografia (sem esquecer aqui também das condições econômicas privilegiadas) que a mesma consegue dar uma funcionabilidade aos seus mais diversos espaços, minimizando assim os possíveis conflitos territoriais. Aqui no Brasil a história só foi aprendida pelo governo para fazer turismo em algumas cidades e a geografia até hoje é uma ciência completamente ignorada.

Toda essa situação relatada brevemente acima se dá também (ou principalmente por) a falta da qualidade educacional no Brasil (o que se aprende nas faculdades de geografia e história no Brasil são teorias totalmente defasadas e que são estudadas em outros continentes apenas pelo ponto de vista da evolução epistemológica) e da falta do exercício da democracia.



Vila Lobo - Local onde a educação, seguraça e moradia digna não chega. Grande parte da população é analfabeta ou analfabeta funcional. Alto índice de criminalidade, baixo índice educacional e certamente uma zona do IDH mais baixo da cidade.

Mesmo essas teorias defasadas não são postas em práticas pelos governos, fazendo assim modificações urbanas irresponsáveis, violentando territórios, ignorando diferenças regionais e ficando cegos em relação as modificações sócio-espacias achando que toda modificação no desenho urbano aparece para melhor ( o que no mínimo demonstra a total ignorância do sujeito).
Atualmente podemos ver no Crato um processo acelerado de urbanização, onde diversos pontos da cidade estão sendo transformados de forma violenta. A verticalização da cidade cresce a cada dia e a falsa idéia de evolução acompanha tudo isso. Nesse processo cabem as perguntas: Como o Crato cresce? Para onde ele cresce? Para quem ele cresce?


Viela no Alta da Penha


A resposta de todas essas perguntas pode-se ver facilmente para quem tiver o mínimo de conhecimento sobre geografia urbana. A cidade apresenta espacilidades diferentes, sendo que cada uma delas vivem um período histórico diferente. Isso mesmo! Nem todo o Crato vive em 2009. É importante saber que a geografia, como dizia Milton Santos, não é ciência que estuda apenas as formas e modificações espaciais, caso contrário seria o geógrafo um mero geômetra. O que se faz necessário compreender urgentemente é que nesses espaços que são violentados as sociedades que vivem ali são as que sofrem suas principais conseqüências.


Viadulto nas proximidades do bairro Pinto Madeira ao lado da igreja São Francisco - Mais um lugar de abandon o das autoridades onde se encontram inúmeros jovens em um ambiente hostil de fácil acesso as drogas e a prostituição.


Com o passar do tempo o Crato assim como outras cidades foi crescendo de forma desigual e sem nenhum planejamento, sendo que suas modificações são meras adaptações ao atual estado da população, sendo a prefeitura e os governos estaduais e federais incapazes de pensar nas necessidades futuras e assim atuar de forma preventiva. Como se já não bastasse isso as poucas ações que são realizadas são de forma falha passando pelo crivo apenas de engenheiros, que por sinal, não tem a mínima noção de que forma o aparato que ele constrói atua naquele território que foi alocado. Assim, ignorando questões elementares da geografia, outros espaços vão sendo modificados aos poucos, mas de forma ininterrupta, mostrando novas faces da cidade que são importadas, mostrando uma estética pós-moderna que não tem nenhuma relação cultural com a região, sendo esta totalmente importada. Poderíamos falar sem medo sobre uma globalização das formas sobre os territórios.


Asfalto no Centro do Crato isolando a camada inferior do calçamento que tem maior capacidade de absorver calor e dando maior velocidade as águas em dias de chuva pnde em muitos lugares, não suportando a pressão das águas acabam por ceder muros, romper esgotos e a própria malha asfáltica de baixa qualidade acaba por ser facilmente desgastada.


A cada dia, cada território que tinha suas características essências vivas, vão sendo modificados por elementos estranhos a sua própria dinâmica. Governo, construtoras e por fim os próprios habitantes , já de forma totalmente alienada, aderem as novas estéticas espaciais e arquitetônicas. O que a princípio pode parecer fútil, torna-se claro que não é quando sabemos que a urbanização e suas modificações atuam sobre os espaços e territórios, mas que o urbano toma forma social nos comportamentos, sendo hoje muito difícil não perceber tais elementos na sociedade cratense e não só cratense, mas em todo o território nacional. É aí onde a cultura perde suas características iniciais sendo também violentada, não suportando a violência da chegada de outros elementos culturais que destroem suas características. Cada território violentado espacialmente sem sombra de dúvidas culturalmente ao mesmo fardo estará fadado. Não é de se estranhar que toda essa alienação e degeneração cultural que atualmente vivemos vem precedido de fatos históricos importantes que agiram sobre a sociedade caririense e que foram ignorados, de mudanças espaciais e territoriais que foram e continuam sendo negligenciadas. Vejamos abaixo alguns exemplos.


Perfeito exemplo da transição das máquinas de morar tão vistas pela geografia quantitativa ou teorética e dos primeiros passos da arquitetura pós-moderna. Linhas retas e a idéia de funcionabilidade marcam as características dessa nova geografia que se desnvolve pelo Cariri. O lugar que era uma casa dá espaço para o comércio.



AS MÁQUINAS DE MORAR:
As residências perdem totalmente as personalidades que eram as marcas de seus donos passando a ter uma padronização dos espaços, seduzindo seus donos com a idéia de uma estética inovadora, mas que moram descaracteriza a cidade e seu patrimônio arquitetônico. Vejamos abaixo alguns exemplos que se multiplicam pela cidade.







Poderia aqui expor uma série de outras modificações que geralmente tem passado sem nenhum debate pela comunidade acadêmica de geografia, ou estes ficando restristos ao ambiente acadêmico por meio de aulas. Autoridades responsáveis nunca foram questionadas pela série de erros que vem ocorrendo ao longo de muitas gerações mostrando perfeitamente para que (não) serve a geografia como ciência na nossa região, e, sobretudo, para mostrar o "vigor" da geografia na URCA. Tímida, feliz, sorridente e sonolenta.

Por: Antonio Sávio - Colaborador

Balão que voou nos EUA pousa; criança não é localizada

O balão caseiro que sobrevoou o Estado americano do Colorado, nesta quinta-feira, pousou em segurança e foi murchado. Dentro, porém, não foi encontrada o menino de 6 anos que o irmão disse ter visto entrando na aeronave experimental, que ficava estacionada no quintal da casa da família. O balão voou durante cerca de duas horas antes de murchar e cair e foi acompanhado ao vivo pelas TVs americanas, enquanto autoridades buscavam uma forma de salvar o garoto que acreditavam estar na aeronave. O balão caiu em um campo aberto e foi cercado por pessoas que o murcharam, à procura da criança, mas ele estava vazio. O balão sobrevoava a região sul de Milliken, cerca de 60 km ao norte da capital do Estado. A porta-voz do xerife do Condado de Larimer, Eloise Campanella, disse que o menino subiu até a porta de acesso para entrar no aparelho, que tinha a forma de um disco voador.

Cathy Davis, do Departamento de Polícia do Condado de Larimer, afirmou a jornalistas que o balão pertencia aos pais do menino e estava estacionado no quintal da casa. Ela disse que os dois filhos do casal brincavam no quintal quando o mais velho viu o outro entrar no artefato e, em seguida, sair voando.

"Nós estávamos sentados comendo, olhando para fora, onde normalmente eles soltam de balões de ar quente. Meu marido disse que viu alguma coisa, que voou sobre o nosso telhado. Então vimos o grande balão redondo, que estava girando", disse Lisa Eklund, uma vizinha. Campanella disse que o dispositivo teria potencial para subir a uma altura de até 3.000 metros.

Fonte: Folha OnLine

Artigo em Defesa do MST - Por: Júnior Barreira


Bem, em solidariedade ao MST.. Vou por um texto e logo farei um breve comentário sobre o mesmo. "No Brasil, metade das terras produtivas está concentrada por grandes empresas multinacionais, as quais produzem apenas as monoculturas de EUCALIPTO, CANA DE AÇUCAR, SOJA E LARANJA. Enquanto isso, 30% da população brasileira passa fome. O Brasil é o país onde há maior concentração de terras no mundo, onde 15 mil latifundiários concentram 98 milhões de hectares de terras. Por outro lado, milhões de trabalhadores e trabalhadoras sofrem com o desemprego, falta de terras para trabalhar e consequentemente com a fome, a miséria, com a falta de saúde e (muitos) etcs..

Essas grandes empresas do agronegócio fazem com que o Brasil seja também, o maior consumidor de agrotoxicos do planeta. Esses venenos vão parar nos alimentos que você e sua familia consomem todos os dias aumentando problemas de saúde como o câncer. Essas mesmas empresas também controlam (curiosamente) setores da indústria farmacêutica. A soja e o milho, por exemplo, são responsáveis pela utilização de 56,6% desses agrotóxicos. Esses latifúndios não criam empregos, aumentam a pobreza, não pagam impostos, não produzem alimentos saudáveis, poluem e destroem o meio ambiente, utilizam trabalho escravo e se apossam de terras públicas de forma ilegal. Já a Agricultura Camponesa Familiar, que é a agricultura desenvolvida pelos pequenos agricultores/assentados, é responsável pela criação de 75% dos empregos do campo. 70% do feijão, 87% da mandioca, 58% do leite, 46% do milho que você consome, é produzido pelos pequenos agricultores. É graças a pequena agricultura que os trabalhadores e trabalhadoras da cidade podem se alimentar de forma barata e saudável.

No dia 28 de setembro de 2009, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra - MST - ocupou um latifúndio da Empresa Transnacional Cutrale que possui uma área superior a 30mil hectares de terras, sendo que desses, mais de 10 mil hectares são terras devolutas, ou seja, pertencem ao Estado e, portanto, ao povo brasileiro. Terras, que deveriam ser destinadas imediatamente à Reforma Agrária. Sendo assim, quem 'invadiu' a terra de quem?! O objetivo do MST foi denunciar a apropriação ilegal das terras pela Cutrale. Você sabia que a Cutrale utilizou no ano passado 713 MILHÕES de litros de venenos em suas plantações?? Destruir o meio ambiente, isso sim, é um ato de vandalismo e, portanto, criminoso. Cerca de 98% do suco de laranja que a Cutrale produz são destinados à exportação. QUANTOS LITROS DE SUCO DE LARAJA VOCÊ E SUA FAMILIA CONSOMEM POR DIA?? Os brasileiros não tomam suco de laranja da Cutrale!!!"

Aí temos uma outra maneira de abordar o assunto. Desde outro ponto de vista. Um ponto de vista tão legítimo como os outros. Um ponto de vista que a grande imprensa não mostra. São 98 MILHÕES de hectares nas mãos de 15 mil pessoas em um país onde somos quase 200 milhões. Na minha opinião, está tudo errado. Para quando uma reforma agrária séria?! Quando vamos parar de enriquecer uns poucos em detrimento de milhões?! Terras, muitas vezes, de beneficiados pela ditadura militar. Mesmo não me parecendo muito estranho esse tipo de ligação.. quando temos como senador o 'senhor' Romeu Tuma (Dem) que foi chefe do Dops (orgão de repressão que servia -e de que maneiras- ao regime militar). Ou como a 'Sra' Kátia Abreu (Dem), mais conhecida como 'Miss desmatamento'.. Ruralista, presidente da CNA entidade esta que, segundo a revista Veja, financiou ilegalmente sua campanha em 2006. Ou como o 'exelentíssimo' governador do Mato Grosso do Sul André Puccinelli (PMDB) que recentemente lançou insultos e ameaças ao ministro Minc por causa da política do Governo Federal de proteção ao Pantanal que não vai permitir que alguns amigos seus instalem umas usinas por alí. A lista de coronéis seria interminável... A guerra é contra esses politicos nefastos que criminalizam o MST para cubrir seus afilhados.. Afilhados esses que estão destruindo a maior biodiversidade do planeta, que é a nossa. E é isso.. É NOSSA! Pra frente com a Reforma Agrária.. Terra para quem quer trabalhar nela e não especular e enriquecer às custas do nosso maior patrimônio. Cuidar do meio ambiente é cuidar do ambiente!

Recomendo: http://www.mst.org.br/node/8374
http://www.mst.org.br/node/8316

Por: Junior Barreira

Literatura em Revista - Centro Cultural Banco do Nordeste

VARANDEIRO - Alan Mendonça


Dia 17 de Outubro, Sábado, 19h
Teatro do CCBNB - Cariri

Mapa geopolítico do petróleo no mundo


Produção de mel de abelha certificada

O Ceará é o segundo maior exportador de mel no Brasil, ficando atrás apenas de São Paulo. Os produtores do Estado responderam por US$ 1 milhão em vendas externas em setembro, enquanto os paulistas foram US$ 270 mil além. Mas existe uma diferença a se ressaltar. É que o mel cearense tem conseguido melhores preços do que os dos demais. No mês passado, o quilo foi vendido para o exterior por US$ 2,74, já que 90% tem especificação orgânica, ao tempo em que a média nacional não superou os US$ 2,57. O Sebrae, que acompanha esse mercado atentamente, anotou que as exportações nos últimos 10 meses correspondem a US$ 52,7 milhões. Em 2008 inteirinho chegou-se a US$ 45,57 milhões.

Fonte: Coluna do Egídio Serpa, no Diário do Nordeste.

Nota da postagem por José Sales: Uma das mais maiores empresas do ramo da apicultura, dedicada à produção de mel orgânico certificado e exportação no Estado do Ceará é Cearapi Apicultura e Produtos Orgânicos Ltda, localizada no Crato.

O Melhor Grupo de Forró Autêntico da Atualidade vai estar no CRATO


Clã Brasil !!!
Dia 17 de Outubro, Sábado, 22h
Largo da RFFSA - Crato
Apoio Banco do Nordeste

CRATO - Previsão do Tempo de Almanaque - 16 de Outubro de 2009

Bom dia, meus amigos e amigas do Blog do Crato. Hoje é Sexta-feira, dia 16 de Outubro de 2009. Ontem, o Blog do Crato publicou uma grande entrevista com o Prefeito Samuel Araripe, que fala sobre as dificuldades de se administrar uma cidade do porte do Crato, especialmente nesses tempos em que o Governo Federal cortou inúmeros repasses para o nosso município, o que acarretou dentre outras coisas, na exoneração de muitas pessoas da folha de pagamento, e o corte de gratificações. O Blog do Crato hoje deverá trazer uma matéria completa sobre isso também, dentre outras coisas. O nosso abraço todo especial aos queridos amigos e leitores do Blog do Crato: José Milton Arraes, Davi Araripe, Mônica Araripe, Amilton Silva. O Blog está criando uma seção especialmente para homenagear essas pessoas.

Previsão do Tempo

A previsão do tempo para hoje, é de dia de sol com algumas núvens e não chove. Temperatura máxima de 30 graus e mínima de 22. Isso é o que prevê o site Climatempo. Ultimamente o céu tem ensaiado umas chuvinhas aqui no Crato, e na verdade, pela madrugada, por umas 3 vezes, tenho percebido umas neblinas, mas nada da verdadeira Chuva do Caju ainda.

ALMANAQUE

15 de outubro. Dia de Santa Teresa d'Ávila

Nunca um santo ou santa mostrou-se tão "carne e osso" como Teresa d'Ávila, ou Teresa de Jesus, nome que assumiu no Carmelo. Nascida no dia 28 de março de 1515, seus pais, Alonso Sanchez de Cepeda e Beatriz d'Ávila y Ahumada, a educaram, junto com os irmãos, dentro do exemplo e dos princípios cristãos. Aos sete anos, tentou fugir de casa e peregrinar ao Oriente para ser martirizada pelos mouros, mas foi impedida. A leitura da vida dos santos mártires tinha sobre ela uma força inexplicável e, se não fossem os parentes terem-na encontrado por acaso, teria fugido, levando consigo o irmão Roderico. Órfã de mãe aos doze anos, Teresa assumiu Nossa Senhora como sua mãe adotiva. Mas o despertar da adolescência a levou a ter experiências excessivas ao lado dos primos e primas, tornando-se uma grande preocupação para seu pai. Aos dezesseis anos, sua atração pelas vaidades humanas era muito acentuada. Por isso, ele a colocou para estudar no colégio das agostinianas em Ávila. Após dezoito meses, uma doença grave a fez voltar para receber tratamento na casa de seu pai, o qual se culpou pelo acontecido.

Nesse período, pela primeira vez, Teresa passou por experiências espirituais místicas, de visões e conversas com Deus. Todavia as tentações mundanas não a abandonavam. Assim atormentada, desejando seguir com segurança o caminho de Cristo, em 1535, já com vinte anos, decidiu tornar-se religiosa, mas foi impedida pelo pai. Como na infância, resolveu fugir, desta vez com sucesso. Foi para o Convento carmelita da Encarnação de Ávila. Entretanto a paz não era sua companheira mais presente. Durante o noviciado, novas tentações e mais o relaxamento da fé não pararam de atormentá-la. Um ano depois, contraiu outra doença grave, quase fatal, e novamente teve visões e conversas com o Pai. Teresa, então, concluiu que devia converter-se de verdade e empregou todas as forças do coração em sua definitiva vivência da religião, no Carmelo, tomando o nome de Teresa de Jesus. Aos trinta e nove anos, ocorreu sua "conversão". Teve a visão do lugar que a esperaria no inferno se não tivesse abandonado suas vaidades. Iniciou, então, o seu grande trabalho de reformista. Pequena e sempre adoentada, ninguém entendia como conseguia subir e descer montanhas, deslocar-se pelos caminhos mais ermos e inacessíveis, de convento em convento, por toda a Espanha. Em 1560, teve a inspiração de um novo Carmelo, onde se vivesse sob as Regras originais. Dois anos depois, fundou o primeiro Convento das Carmelitas Descalças da Regra Primitiva de São José em Ávila, onde foi morar.

Porém, em 1576, enfrentou dificuldades muito sérias dentro da Ordem. Por causa da rigidez das normas que fez voltar nos conventos, as comunidades se rebelaram junto ao novo geral da Ordem, que também não concordava muito com tudo aquilo. Por isso ele a afastou. Teresa recolheu-se em um dos conventos e acreditou que sua obra não teria continuidade. Mas obteve o apoio do rei Felipe II e conseguiu dar seqüência ao seu trabalho. Em 1580, o papa Gregório XIII declarou autônoma a província carmelitana descalça. Apesar de toda essa atividade, ainda encontrava espaço para transmitir ao mundo suas reflexões e experiências místicas. Na sua época, toda a cidade de Ávila sabia das suas visões e diálogos com Deus. Para obter ajuda, na ânsia de entender e conciliar seus dons de espiritualidade e as insistentes tentações, ela mesma expôs os fatos para muitos leigos e não apenas aos seus confessores. E ela só seguiu numa rota segura porque foi devidamente orientada pelos últimos, que eram os agora santos Francisco Bórgia e Pedro de Alcântara, que perceberam os sinais da ação de Deus. A pedido de seus superiores, registrou toda a sua vida atribulada de tentações e espiritualidade mística em livros como "O caminho da perfeição", "As moradas", "A autobiografia" e outros. Neles, ela própria narra como um anjo transpassou seu coração com uma seta de fogo. Doente, morreu no dia 4 de outubro de 1582, aos sessenta e sete anos, no Convento de Alba de Torres, Espanha. Na ocasião, tinha reformado dezenas de conventos e fundado mais trinta e dois, de carmelitas descalças, sendo dezessete femininos e quinze masculinos.

Beatificada em 1614, foi canonizada em 1622. A comemoração da festa da transverberação do coração de Santa Teresa ocorre em 27 de agosto, enquanto a celebração do dia de sua morte ficou para o dia 15 de outubro, a partir da última reforma do calendário litúrgico da Igreja. O papa Paulo VI, em 1970, proclamou santa Teresa d'Ávila doutora da Igreja, a primeira mulher a obter tal título.

Eventos históricos

* 1769 - Concessão do título de Marquês do Pombal a Conde de Oeiras.
* 1846 - Marco inicial da Anestesiologia com a anestesia baseada em éter.
* 1923 - A Walt Disney Company, que viria a se tornar a segunda maior empresa de mídia e entretenimento do mundo, é fundada por Walter Elias Disney e Roy Oliver Disney.
* 1936 - Inauguração oficial do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, o primeiro aeroporto civil brasileiro.
* 1940 - Estabelecimento do Gueto de Varsóvia pelos alemães.
* 1945 - Criação da FAO (Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação).
* 1972 - Anúncio oficial do fim do grupo Creedence Clearwater Revival.
* 1978 - É eleito o Papa João Paulo II, o 265º papa.

Nascimentos

* 1854 - Oscar Wilde, escritor irlandês (m. 1900).
* 1907 - Roger Vailland, escritor francês (m. 1965).
* 1912 - Karl Ristikivi, escritor estoniano (m. 1977).
* 1914 - Mohammed Zahir Shah, último rei afegão (m. 2007).
* 1918 - Louis Althusser, filósofo francês (m. 1990)
* 1927 - Günter Grass, intelectual e escritor alemão.
* 1929 - Fernanda Montenegro, atriz brasileira.
* 1936 - Agnaldo Timóteo, cantor e político brasileiro.
* 1945 - Ronaldo Resedá, cantor, ator e bailarino brasileiro (m. 1984).
* 1960 - Leila Pinheiro, cantora brasileira.
* 1977 - John Mayer, músico norte-americano.

Falecimentos

* 1793 - Maria Antonieta, arquiduquesa da Áustria, rainha de França (n. 1755)
* 1914 - Mohammed Zahir Shah, rei deposto e líder político do Afeganistão
* 1916 - Charles Taze Russell, fundador do movimento religioso chamado Estudandes Internacionais da Bíblia (em 1935, designados por "Testemunhas de Jeová") e Presidente da Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados de Pensilvânia, EUA (n. 1852)
* 1920 - Alberto Nepomuceno, compositor clássico brasileiro (n. 1864)
* 1946 - Julius Streicher, nazi proeminente antes e durante a Segunda Guerra Mundial (n. 1885)
* 1959 - George Catlett Marshall, norte-americano ganhador do Prêmio Nobel da Paz (n. 1880)
* 1981 - Moshe Dayan, militar israelense (n. 1915)
* 2005 - David Reilly, músico estado-unidense
* 2007 - Deborah Kerr, atriz escocesa (n. 1921)
* 1946 - Joachim von Ribbentrop, nazi ministro de Relações Exteriores da Alemanha Nazista (Julgamento de Nuremberg)
* 1946 - Hans Frank,Governador-Geral da Polônia ocupada durante a Segunda Guerra Mundial (julgamento de nuremberg)

Feriados e eventos cíclicos

* Dia de Santa Edwiges
* Dia da Ciência e da Tecnologia
* Dia do anestesiologista
* Dia Mundial da Alimentação
* Dia do Engenheiro de Alimentos
* Mitologia hindu - Festival de Luzes de Lakshimi, senhora do amor e da beleza
* Dia de São Geraldo Magela

HOJE NA HISTÓRIA

Alberto Nepomuceno (Fortaleza, 6 de julho de 1864 — Rio de Janeiro, 16 de outubro de 1920) foi um compositor brasileiro. Considerado o "pai" do nacionalismo na música erudita brasileira, deixou inacabada a ópera O Garatuja (Ver lista de obras no fim do artigo), baseada na obra de mesmo nome de José de Alencar. Escreveu duas óperas completas, Artemis e Abul, ambas sem temática nacionalista. Pesquisas recentes mostram que Nepomuceno compôs obras de caráter modernista, chegando a experimentar com a politonalidade nas Variações para piano, opus 29.

Juventude atribulada

Nasceu em Fortaleza no dia 6 de julho de 1864 e faleceu no Rio de Janeiro em 16 de outubro de 1920. Filho de Vítor Augusto Nepomuceno e Maria Virgínia de Oliveira Paiva, foi iniciado nos estudos musicais por seu pai, que era violinista, professor, mestre da banda e organista da Catedral de Fortaleza. Em 1872 transferiu-se com a família para Recife, onde começou a estudar piano e violino. Responsável pelo sustento da mãe e irmã após a morte de seu pai, em 1880, Nepomuceno empregou-se como tipógrafo e passou a ministrar aulas particulares de música, ficando impossibilitado de prosseguir seus estudos no Curso de Humanidades. Apesar do pouco tempo que lhe sobrava, conseguiu dar continuidade aos seus estudos musicais com o maestro Euclides Fonseca. Durante sua juventude, manteve amizade com alunos e mestres da Faculdade de Direito do Recife, como Alfredo Pinto, Clóvis Bevilaqua, Farias Brito. A Faculdade, nessa época, era um grande centro intelectual do país; por lá fervilhavam idéias e análises sociais de vanguarda, como os estudos sociológicos de Manuel Bonfim e Tobias Barreto, além das teorias darwinistas e spenceristas de Sílvio Romero. Foi Barreto quem despertou em Nepomuceno o interesse pelos estudos da língua alemã e da filosofia, dando-lhe aulas de ambas as disciplinas. Tornou-se um defensor atuante das causas republicana e abolicionista no Nordeste, participando de diversas campanhas. Entretanto, não descuidou de suas atividades como músico, assumindo, aos dezoito anos, a direção dos concertos do Clube Carlos Gomes de Recife. Atuou também como violinista na estréia da ópera Leonor, de Euclides Fonseca, no Teatro Santa Isabel.

De volta ao Ceará com a família, ligou-se a João Brígido e João Cordeiro, defensores do movimento abolicionista, passando a colaborar em diversos jornais ligados à causa. Devido às suas atividades políticas, seu pedido de custeio ao governo imperial para estudar na Europa foi indeferido.

Sociedade da Corte

Em 1885, Nepomuceno mudou-se para o Rio de Janeiro, indo morar na residência da família dos artistas plásticos Rodolfo Bernardelli e Henrique Bernardelli. Deu continuidade aos seus estudos de piano no Clube Beethoven, onde se apresentou ao lado de Arthur Napoleão. Pouco tempo depois, foi nomeado professor de piano do clube, que tinha em seu quadro funcional, como bibliotecário, Machado de Assis. A capital do império, neste período, vivia um momento de grande efervescência social, política e cultural. No âmbito social, ocorria um vertiginoso crescimento populacional com o aumento do fluxo migratório em busca de trabalho. No plano político, sucediam-se os ataques das campanhas abolicionista e republicana à monarquia. No campo literário, os movimentos romântico, simbolista e naturalista, em voga na Europa, influenciavam diversos escritores brasileiros, como Olavo Bilac, Machado de Assis, Aluísio Azevedo e Coelho Neto. O grande interesse de Nepomuceno pela literatura brasileira e pela valorização da língua portuguesa, aproximou-o de alguns dos mais importantes autores da época, surgindo, da parceria com poetas e escritores, várias composições como: Ártemis (1898), com texto de Coelho Neto; Coração triste (1899), com Machado de Assis; Numa concha (1913), com Olavo Bilac.

Tens uma fibra de artista e admirável
E tens do nosso povo o voto eterno
Que o título de artista e de notável
Não nasce dos favores do governo

No ano anterior à abolição da escravatura, compôs Dança de Negros (1887), uma das primeiras composições que utilizou motivos étnicos brasileiros. A primeira audição dessa obra, que mais tarde se tornou Batuque, da Série Brasileira, foi apresentada pelo autor no Ceará. Outras peças foram compostas na mesma época, como Mazurca, Une fleur, Ave Maria e Marcha fúnebre. Apesar de ser visto com desconfiança pela família imperial, devido às suas posições políticas, Nepomuceno, pela sua importância no cenário musical brasileiro, chegou a ser convidado pela Princesa Isabel para tomar chá no Paço Imperial.

Europa

Viajou para a Europa na companhia de seus grandes amigos, os irmãos Henrique e Rodolfo Bernardelli, em agosto de 1888, com o objetivo de ampliar sua formação musical. Em Roma, matriculou-se no Liceo Musicale Santa Cecilia, na classe de Harmonia, de Eugenio Terziani, e na de piano, de Giovanni Sgambatti; depois, com a morte de Terziani, prosseguiu os estudos com Cesare De Sanctis. Em 1890 partiu para Berlim, onde aperfeiçoou seu domínio da língua alemã e ingressou na Academia Meister Schulle, tornando-se aluno de composição de Heinrich von Herzogenberg, grande amigo de Brahms. Durante suas férias, chegou a assistir em Viena a concertos de Brahms e de Hans von Bülow. Transferiu-se depois para o Conservatório Stern de Berlim, onde, durante dois anos, cursou as aulas de composição e órgão com o professor Arnó Kleffel, e de piano, com H. Ehrlich. Nepomuceno e sua futura esposa tiveram aulas também com o famoso Theodor Lechetitzky, em cuja sala de aula conheceu a pianista norueguesa Walborg Bang, com quem se casou em 1893. Ela era aluna de Edvard Grieg, o mais importante compositor norueguês da época, representante máximo do nacionalismo romântico. Após seu casamento, foi morar na casa de Grieg em Bergen. Esta amizade foi fundamental para que Nepomuceno elaborasse um ideal nacionalista e, sobretudo, se definisse por uma obra atenta à riqueza cultural brasileira. Após realizar as provas finais do Conservatório Stern (1894), regendo a Filarmônica de Berlim com duas obras suas (Scherzo für grosses Orcherter e Suíte Antiga), inscreveu-se na Schola Cantorum, em Paris, a fim de aprimorar-se nos estudos de órgão com o professor Alexandre Guilmant. Nessa época, conheceu Camille Saint-Saëns, Charles Bordes, Vincent D'Indy e outros. Assistiu à estréia mundial de Prélude à l'après-midi d'un faune, de Claude Debussy, obra que Nepomuceno foi o primeiro a apresentar no Brasil, em 1908, nas festas do Centenário da Abertura dos Portos. A convite de Charles Chabault, catedrático de grego na Sorbonne, escreveu a música incidental para a tragédia Electra.

Em 1900 marcou uma entrevista com o diretor da Ópera de Viena, Gustav Mahler, para negociar a apresentação de sua ópera Ártemis; porém, adoeceu gravemente, indo se recuperar em Bergen, na casa de seu amigo Edvard Grieg.. Em 1910, financiado pelo governo brasileiro, realizou diversos concertos com músicas de compositores nacionais em Bruxelas, Genebra e Paris. Durante a excursão, visitou Debussy em sua residência em Neuilly-sur-Seine, sendo presenteado com uma partitura autografada de Pelléas et Mélisande.

Nacionalismo

No dia 4 de agosto de 1895, Nepomuceno realizou um concerto histórico, marcando o início de uma campanha que lhe rendeu muitas críticas e censuras. Apresentou pela primeira vez, no Instituto Nacional de Música, uma série de canções em português, de sua autoria. Estava deflagrada a guerra pela nacionalização da música erudita brasileira. O concerto atingia diretamente aqueles que afirmavam que a língua portuguesa era inadequada para o bel canto. A polêmica tomou conta da imprensa e Nepomuceno travou uma verdadeira batalha contra o crítico Oscar Guanabarino, defensor ardoroso do canto em italiano, afirmando: "Não tem pátria um povo que não canta em sua língua". A luta pela nacionalização da música erudita foi ampliada com o início de suas atividades na Associação de Concertos Populares, que dirigiu por dez anos (1896-1906), promovendo o reconhecimento de compositores brasileiros. A pedido de Visconde de Taunay, restaurou diversas obras do compositor Padre José Maurício Nunes Garcia e apoiou compositores populares como Catulo da Paixão Cearense. A sua coletânea de doze canções em português foi lançada em 1904 e editada pela Vieira Machado & Moreira de Sá. O Garatuja, comédia lírica em três atos, baseada na obra homônima de José de Alencar, é considerada a primeira ópera verdadeiramente brasileira no tocante à música, ambientação e utilização da língua portuguesa. Os ritmos populares também estão presentes nesta obra, como a habanera, o tango, a marcação sincopada do maxixe, o lundu e ritmos característicos dos compositores populares do século XIX, como Xisto Bahia, além das polcas de Callado e Chiquinha Gonzaga.

Em 1907 iniciou a reforma do Hino Nacional Brasileiro, tanto na forma de execução quanto na letra de Osório Duque Estrada. No ano seguinte, a realização do concerto de violão do compositor popular Catulo da Paixão Cearense, no Instituto Nacional de Música , promovido por Nepomuceno, causou grande revolta nos críticos mais ortodoxos, que consideraram o acontecimento "um acinte àquele templo da arte". Ainda como incentivador dos talentos nacionais, atuou junto a Sampaio Araújo para editar as obras de um controvertido compositor que surgia na época: Heitor Villa-Lobos. Nepomuceno chegou a exigir que as edições de suas obras, distribuídas pela Casa Arthur Napoleão, contivessem, na contra-capa, alguma partitura do jovem Villa-Lobos. Executou várias obras do jovem compositor em concertos com orquestras que regeu. E deixou-lhe como herança uma coleção de cerca de 80 canções populares, catalogadas e analisadas.

O Instituto Nacional de Música

Alberto Nepomuceno iniciou suas atividades no Instituto Nacional de Música como professor de órgão em 1894. Após a morte de Leopoldo Miguez, em 1902, foi nomeado diretor. Devido a inúmeras pressões e divergências de ordem política e administrativa, pediu exoneração no ano seguinte. No entanto, como importante referência da música erudita local, foi designado pelo próprio Instituto para recepcionar Saint-Saëns em sua vinda ao país. Em 1906 reassumiu o cargo de diretor após o pedido de demissão de Henrique Oswald. Em sua segunda gestão, elaborou uma série de projetos visando à institucionalização da música erudita brasileira. Um dos primeiros projetos iniciados por Nepomuceno foi a reforma do Hino Nacional Brasileiro e a regulamentação de sua execução pública. Mandou colocar no Instituto uma lápide em homenagem a Francisco Manuel da Silva, com a seguinte inscrição: "Ao fundador do Conservatório e autor do Hino de sua pátria". Foi nomeado também diretor musical e regente principal dos Concertos Sinfônicos da Exposição Nacional da Praia Vermelha, em comemoração ao Centenário da Abertura dos Portos. Nestes concertos, apresentou pela primeira vez ao público brasileiro os autores europeus contemporâneos Debussy, Roussel, Glazunow e Rimsky-Korsakov, além dos brasileiros Carlos Gomes, Barroso Neto, Leopoldo Miguez e Henrique Oswald. Em 1909, enviou um projeto de lei ao Congresso Nacional com o intuito de criar uma Orquestra Sinfônica subvencionada pelo governo. Como diretor do Instituto, recepcionou, junto com Rui Barbosa e Roberto Gomes, o pianista Paderewsky em sua visita ao Brasil. Em 1913 regeu, no Teatro Municipal do Rio de Janeiro, o grande Festival Wagner, tendo como solista o tenor Karl Jorn, de Bayreuth. Responsável pela tradução do Tratado de Harmonia de Schoenberg, Nepomuceno tentou, em 1916, implantá-lo no Instituto, mas encontrou forte oposição do corpo docente. Sentindo crescer as pressões contrárias da academia a seus projetos, pediu demissão no mesmo ano. Separado de Walborg e com sérias dificuldades financeiras, foi morar com Frederico Nascimento em Santa Teresa. Seu último concerto no Teatro Municipal aconteceu em 1917. Muito doente e enfraquecido, faleceu em 1920, aos 56 anos de idade. Segundo depoimento de seu grande amigo Otávio Bevilacqua, o compositor começou a cantar ao perceber a proximidade da morte: "... cantou noite adentro até o último suspiro em pleno dia"

(Trevisan, João Silvério. Ana em Veneza. Rio de Janeiro: Record, 1998).

Fontes: Climatempo, 10emTudo, Edições Paulinas, Wikipedia

Pensamentos do Dia - 16 de Outubro de 2009


"A alegria está na luta, na tentativa, no sofrimento envolvido e não na vitoria propriamente dita."

Mahatma Gandhi

"Creio na verdade fundamental de todas as grandes religiões do mundo. Creio que são todas concedidas por Deus e creio que eram necessárias para os povos a quem essas religiões foram reveladas. E creio que se pudéssemos todos ler as escrituras das diferentes fés, sob o ponto de vista de seus respectivos seguidores, haveríamos de descobrir que, no fundo, foram todas a mesma coisa e sempre úteis umas às outras."

Mahatma Gandhi

"Os fracos nunca podem perdoar."

Mahatma Gandhi

"Estou firmemente convencido que só se perde a liberdade por culpa da própria fraqueza."

Mahatma Gandhi

"Algemas de ouro são muito piores que algemas de ferro."

Mahatma Gandhi

Reações sobre a viagem de Lula ao São Francisco

O PSDB vai protocolar nesta semana na presidência da República pedido de informações à Casa Civil para ter acesso aos gastos da viagem do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Vale do São Francisco, no Nordeste do país. Irritados com o que chamam de “propaganda política” supostamente realizada pelo presidente durante a viagem em favor de candidatos da base governista ao Palácio do Planalto, a oposição acusam Lula de usar dinheiro público para dar visibilidade aos seus aliados.

Segundo a nota: a transposição é uma obra que ainda está dando os seus “primeiros passos” antes de ser concluída. “O orçamento para a transposição é de R$ 1,7 bilhões em 2009. Este ano, só gastaram pouco mais de R$ 62 milhões. "O presidente faz estardalhaço em cima de um blefe, só usou 3,7% do planejado. Está lá com a trupe fazendo estardalhaço político às custas do dinheiro público.”

Nota da postagem por José Sales: se estes números estão corretos trata-se do mais puro ilusionismo com todos nós, os eleitores. 3,7% significa a mesma coisa que nada.

Câmara vai gastar mais de R$ 30 mil para reformar cafezinho do plenário Reforma inclui compra de móveis de luxo, como um sofá de R$ 6.000


Reforma inclui compra de móveis de luxo, como um sofá de R$ 6.000

Para que ninguém diga que essa gestão da Câmara dos Deputados não é reformista, os administradores da Casa não param de reformar. Após reformas em apartamentos funcionais e prédios anexos, agora a Câmara vai gastar mais de R$ 30 mil para comprar móveis de luxo para o chamado cafezinho do plenário, uma sala usada por deputados e assessores durantes pausas nas sessões. Apenas um sofá de três lugares da lista custará mais de R$ 6.000.

Outras quatro poltronas Le Corbusier, espécie de alta costura de móveis e decoração, que darão mais conforto aos deputados foram estimadas em R$ 4.225 cada uma, mas o preço final caiu um pouco depois do pregão realizado dia 1º e agora sairão por aproximadamente R$ 3.000. Para se ter uma idéia, quem recebe salário mínimo precisaria trabalhar quase um mês para comprar uma das quatro lixeiras previstas na reforma do cafezinho sugeridas ao preço de R$ 335. A Câmara também não vai economizar em requinte quando o assunto é cadeira. Vai gastar mais de R$ 7.000 para comprar 12 unidades da marca Thonet.

O cafezinho é uma espécie de copa. Deputados e assessores costumam tomar um café por lá para fugir dos longos discursos da tribuna sem deixar o plenário ou conversar reservadamente sem correr o risco de ser incomodado por algum eleitor ou militante político no Salão Verde, espaço que dá acesso ao palco das discussões do Legislativo e antes abrigava o antigo “cafezinho parlamentar”.

A compra dos novos móveis foi feita com a minúcia de um relatório que analisa um importante projeto de lei. Um dos critérios para a escolha dos caros sofás e cadeiras é o “conforto” do usuário. Para o sofá de três lugares a Câmara pede almofadas soltas. Já as cadeiras deverão ter assento de palha e as poltronas totalmente em couro natural. O preço dos móveis é alto, mas a garantia deles, pedida no edital, é de apenas seis meses para o estofado e um ano para a madeira. A alegação para a reforma, segundo a assessoria, é a falta de condições ideais da copa para abrigar o cafezinho. A Câmara trata bem seus deputados dentro e fora da Casa. Os apartamentos funcionais oferecidos para os deputados também passam por reformas. Depois de colocar banheiras de hidromassagem nos apartamentos pagos com dinheiro público, a Câmara agora banca a renovação do piso e carpete dos imóveis. Só essa parte da reforma custará aproximadamente R$ 400 mil.

Fonte: R7

Vamos começar Tudo de Novo ? - Petróleo bate US$ 77 em Nova York, maior preço em um ano

Os preços do petróleo terminaram acima dos US$ 77 nesta quinta-feira em Nova York, o maior nível em um ano, sustentados pela queda das reservas de gasolina nos Estados Unidos. Na Nymex (a Bolsa de Nova York), o barril do WTI teve alta de US$ 2,40, cotado a US$ 77,58. Este é seu maior preço desde 14 de outubro de 2008. Em Londres, o barril do Brent --de referência na Europa-- para entrega em novembro fechou a US$ 74,45, com um ganho de 1,83%. Segundo o Departamento de Energia dos EUA, enquanto as reservas de petróleo aumentaram 400 mil barris, as de gasolina caíram 5,2 milhões de barris, para surpresa dos analistas do setor que esperavam uma alta.

As reservas de produtos destilados (diesel e combustível para calefação) também caíram mais que o previsto, em 1,1 milhão de barris. Segundo especialistas, a alta também influenciada pela desvalorização do dólar, que torna o produto atraente para os investidores. Outro fator que contribuiu para o encarecimento da commodity foi a divulgação de uma série de dados econômicos favoráveis nos Estados Unidos, onde a inflação perdeu força e diminuíram os pedidos de seguro-desemprego. O aumento das importações de petróleo pela China também animou os mercados, que encarou o dado como um sinal de que a recessão pós-crise pode estar chegando ao fim.

Com Efe - Folha OnLine

Repensar a lei - Por: Arimatéia Macedo


O Decreto-lei Nº 3.689, de 3 de outubro de 1941 (Veja a data!), ou Código de Processo Penal (CPP) em seu Art. 277 e 278 revela que a Autoridade Judicial pode impor a qualquer médico o dever, sem contradita, a realizar um exame de corpo delito. Inclusive pode conduzi-lo com a força policial se necessário for.

Já a Resolução Nº 1931/2009 emitida pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) em 17 de setembro de 2009 traz anexo o novo Código de Ética Médica (CEM). Neste, vislumbra o médico seus direitos e deveres quanto a prática de seu mister. Esta resolução no Cap. I, inciso II, III, IV, VII, VII; Cap. II, inciso II, IX; e no Art. I do Cap. III respalda o médico a apenas realizar procedimentos que domine com segurança, livrando-o de incorrer em imprudência, imperícia e negligência, trazendo a si próprio e ao paciente qualidade no atendimento.

Sabedor do seu dever (obrigação) o próprio Estado deve montar sua logística para a realização de perícias médicos-judiciais. Em 2007, o Tocantins deu este passo. Concursou e deu posse a médicos para cobrir a sua demanda. A Polícia Científica existe, está capacitada e é onipresente. Prá qualquer lado que se dirija nesse Estado, a menos de 100 km tem-se um perito oficial. Outrossim, estes artigos do CPP foram escritos há muito tempo. Há quase 70 anos. Decerto que está defasado prá atualidade. Naquele momento não se tinham profissionais suficientes nem tanta violência como hoje em dia. Na prática o que se percebe, hoje em dia, é o contínuo exercício do abuso de autoridade. Os constituídos judiciários, considerando-se verdadeiros semideuses e dono da lei, obrigando médicos a realizarem exames para os quais não foram treinados. Pairando dúvidas quanto a qualidade do exame. Por vezes tornando-o nulo de direito, prejudicando uma das partes, e favorecendo a impunidade.

O médico deve examinar o cliente pelo seu conhecimento, não por força de lei. Com isto não se concebe nenhuma estância do Judiciário obrigar legalmente um profissional a fazer exame pericial sem que este esteja apto para tal. Mormente não se observam, diuturnamente, as prerrogativas instituída pelo CEM serem seguidas. O que se nota é que a liberdade da prática médica tão arraigada no CEM é jogada ao leu, por uma lei que já se encontra ultrapassada. Conclame-se ao CFM e suas Regionais, aos Poderes Judiciário, Legislativo e ao Executivo a se unirem. Não meçam esforços para mudar esta prática tão deplorável de forçar um médico a realizar um ato para o qual não foi treinado. Sem ter a competência para tal, imagine como ficará este laudo. Verdadeiros absurdos são lidos pelos magistrados e advogados nas tribunas. Muitos laudos servem até de chacotas. Livrem os arautos da saúde deste embaraço judicial.

Arimatéia Macêdo – www.arimateia.com

BlogNovidades - Engenharia high-tech para facilitar a vida de deficientes


TÓQUIO, Japão (AFP) - Engenheiros de empresas de alta tecnologia japonesas começam a utilizar seus conhecimentos para permitir que portadores de deficiência física possam, por exemplo, levantar-se, alimentar-se e até ir ao banheiro sem a ajuda de uma outra pessoa. O objetivo de Tomohiko Takemistu, engenheiro da Aska, uma pequena sociedade japonesa especializada em máquinas e robôs industriais é permitir a uma pessoa paraplégica a possibilidade de se levantar e dar alguns passos. Com a ajuda dos poderes públicos, ele criou protótipos de muletas motorizadas. A força necessária é fornecida pelos motores, mas a pessoa tem também que ajudar com os braços.

"A vida permanente em uma cadeira de rodas gera grandes problemas físicos e psíquicos. Poder se levantar e andar sozinho garante uma imensa alegria, o que é para mim a mais bela recompensa", disse ele à AFP. A empresa especializada OG Giken criou uma banheira que permite a uma pessoa paralítica tomar banho sozinha. Ela é dividida em duas partes. A parte de trás é adaptada para o encaixe da cadeira de rodas.

"As duas partes se unem perfeitamente e a pessoa pode encher a banheira de água", explicou o engenheiro. Em vez de colocar a pessoa em uma banheira com a ajuda de uma máquina, como são os produtos oferecidos por outras empresas, há o encaixe à parte traseira sem perigo para a pessoa em questão, que ela fica sentada na cadeira. No mesmo estilo, o gigante da eletrônica Panasonic desenvolveu uma cama que se divide em duas para se transformar em cadeira de rodas, tudo pilotado por comando de voz: "cama, vire cadeira!" A firma especialista em assuntos sanitários high-tech japonês, Toto, inventou vários modelos de banheiros, lavabos e acessórios especiais para facilitar a vida de quem está condenado a receber ajuda de alguém. Pensou em um controle remoto sem fio que pode ser instalado no banheiro ou na cozinha e que abre e fecha as torneiras com um leve toque da mão, do pé, do cotovelo ou do joelho. Um construtor de automóveis, Okada, fabricou vasos sanitários que se movem para baixo ou para cima para que uma pessoa com capacidades limitadas consiga se sentar e se levantar sozinha; esses vasos possuem até um braço mecânico que permite o uso do papel para a limpeza da pessoa.

"Dar a chance a alguma pessoa quase inválida de ir sozinha ao banheiro, é uma maneira de preservar o máximo possível de sua intimidade", afirmou esta empresa. Estas e outras inovações foram apresentadas no início de outubro no Salão dos cuidados e da reeducação de Tóquio que, em três dias, atraiu 110.000 pessoas.

Yahoo Notícias

Notícias do Crato para o Dia 16 de Outubro de 2009


CRATO EM NOTÍCIAS - Dia 16 de Outubro de 2009




Crato passa na primeira etapa de conquista do Município Selo Verde

Crato está em terceiro lugar no Índice de Gestão Ambiental. O município passa a fazer parte da lista dos municípios pré-qualificados no questionário de Avaliação de Gestão Ambiental 2009, do Programa Selo Município Verde – PSMV. O resultado foi repassado por meio da Secretaria de Meio Ambiente do Município, que encaminhou todos os dados para serem avaliados. O Programa Selo Município Verde – PSMV possibilita a certificação pública do Governo do Estado do Ceará que classifica, anualmente, os municípios cearenses que atendem a critérios pré-estabelecidos de conservação e uso sustentável dos recursos naturais, promovendo melhor qualidade de vida para presentes e futuras gerações. Nos anos de 2007 e 2008 o Crato foi premiado com o Selo Município Verde. Para este ano de 2009, o município passa pela primeira etapa, onde mais de 139 municípios se inscreveram. Apenas 34 deles se qualificaram, após a análise do Questionário de Avaliação da Gestão Ambiental, respondendo questões referentes a legislação ambiental, instrumentos de gestão, infra-estrutura, saúde pública, biodiversidade e educação ambiental. No momento, o município encontra-se organizando documentação para a próxima etapa, que é o Questionário de Mobilização Ambiental, e aguardando equipe técnica composta por integrantes do Comitê Gestor e Comissão Técnica do Programa para avaliação ‘in loco’, que deve acontecer entre os dias 13 de outubro e 14 de novembro.

Equipes do PSF fazem Avaliação da Melhoria de Qualidade

A Prefeitura Municipal do Crato, através da Secretaria de Saúde, continua realizando a Avaliação da Melhoria de Qualidade, com as equipes do Programa de Saúde da Família (PSF), dos bairros Seminário e Gisélia Pinheiro. As atividades são desenvolvidas por meio de oficinas em que são propostas melhorias dos serviços, como forma de melhor atender a população cratense. Algumas equipes já passaram pela avaliação. Durante as análises, as próprias equipes participam.

Oficina leva saúde e prevenção para as escolas do Crato

Coordenadores pedagógicos e professores do município do Crato estão participando, desde ontem, até o dia de hoje, oficinas de saúde e prevenção. O trabalho vem sendo realizado pela Prefeitura Municipal do Crato, por meio da Secretaria de Saúde. Durante os trabalhos são feitas abordagens relacionadas às Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs), drogas e AIDS, pelos profissionais do Programa de Saúde da Família (PSF), envolvendo as equipes dos respectivos bairros de atuação dos médicos e enfermeiras. Estão sendo trabalhadas escolas de nove áreas de atuação dos PSF. A estratégia de trabalho está focada na capacitação dos docentes e coordenadores, com a finalidade das informações serem repassadas para os alunos, com isso possibilitando o protagonismo juvenil, com adolescentes mais preparados diante dessas questões. Estes eventos fecham o ciclo de oficinas que está sendo realizado no município.

Fonte: Assessoria de Imprensa
Governo Municipal do Crato
Fone/Fax - (88) 3521.7069
Mais informações:

http://www.crato.ce.gov.br
http://www.prefeituramunicipaldocrato.blogspot.com

Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30