xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 09/10/2009 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

09 outubro 2009

Amor aos animais

Hoje de manhã, em representação da Associação de Proteção à Vida, realizei a visita semanal ao Centro de Zoonoses do Cariri. Para quem ainda não sabe, estas visitas da Aprov têm como objetivo principal o alívio do sofrimento de animais a serem sacrificados e a identificação e resgate de animais saudáveis para adoção. Têm também os objetivos específicos de aprender, entender e observar os procedimentos com vista à produção de um relatório com as nossas observações e recomendações, a ser entregue às autoridades competentes, e – tanto quanto possível e apenas o estritamente necessário – intervir no momento para aliviar o sofrimento daqueles que estão prestes a morrer, consideradas as limitações impostas pela técnica usada atualmente e pelas condições ambientais.

Se, por um lado, poderíamos argumentar que os procedimentos no CZC têm vindo a se tornar mais sofisticados ao longo do tempo e nos felicitarmos por isso, por outro lado devemos ser realistas e admitirmos que os procedimentos ainda têm bastante a melhorar para fazer justiça ao verdadeiro significado da palavra “eutanásia” (boa morte). Afinal, estamos sendo verdadeiros quando apelidamos de “boa morte” um processo que ainda causa sofrimento?

Sentindo-me “meio anestesiado” após o dia de ontem em que – por um breve instante – a ansiedade gritou, a mente viajou em pensamentos (relacionados) e sentimentos de ira explodiram e exauriram as minhas forças, decidi hoje não intervir e apenas observar em silêncio o sacrifício de quase 20 cachorros. Como resultado, alguns animais sofreram mais do que poderiam ter sofrido, não houvera eu usado ontem tanta energia e houvera eu agido hoje com mais agilidade e energia. Mas enfim, o que passou, passou e não adianta chorar sobre leite derramado. Adianta sim, retirar as lições necessárias para, munido dessas experiências, fazer os possíveis e – quem sabe – o que julgava ontem impossível para seguir em frente mais confiante e evitar a repetição dos mesmos erros no futuro.

Logo após o almoço, recebi um email que apontava para uma oração que, não vou mentir, despertou dentro de mim – e novamente – dor, seguida de ira, seguida de compaixão. Por um breve momento, confesso que senti vontade de dar um estalo na cara de alguém pelo abandono e sofrimento a que foram, durante tanto tempo, e continuam hoje sendo sujeitos tantos animais. Logo após, senti vontade de bater em mim mesmo, ao realizar o abandono a que eu havia submetido alguns animais hoje, pela minha inércia, cansaço e incapacidade de intervenção. Mas, como a Vida me tem vindo a ensinar, dar um estalo na cara de alguém, ainda que movido por sentimentos de amor e necessidade de repreensão, nem sempre tem o efeito desejado e, no mais, perde o efeito quanto mais se torna um hábito...

Assim, gostaria de pedir neste momento que parássemos todos por um momento para encontramos luz, no nosso coração, para o que cada um de nós pode fazer para aliviar o abandono e sofrimento de tantos animais que – para os crentes – deveriam ser vistos e cuidados com o mesmo respeito que se atribuiria a obras de arte produzidas e pertencentes a Deus e – para os descrentes – como manifestações inteligentes e maravilhosas da mesma Natureza da qual somos frutos, dignas de todo o nosso respeito e admiração. Oxalá fosse eu mais como eles em alguns aspetos e momentos da vida... Com certeza não me perderia e cansaria tanto com pensamentos, nem teria esquecido um dos objetivos da minha visita ao Centro de Zoonoses do Cariri...

A eles peço perdão pelas minhas fraquezas.

Mas enfim, não foi tudo tão triste... Acompanhei também uma adoção, uma vitória e um momento de alegria.

Finalmente, e apesar desta postagem já ir longa, deixo-vos com um texto escrito há uns tempos atrás para os funcionários dos Centro de Zoonoses do Ceará, mas que gostaria de compartilhar hoje com todos:

Desde há mais de 10.000 anos, a humanidade tem vindo a percorrer a estrada da evolução com a colaboração de diversos animais domesticados, como cães, gatos e jumentos. Ainda hoje, estes animais guardam as nossas propriedades e rebanhos, carregam a nossa carga e combatem roedores e insetos portadores de doenças de nossas casas. Foram milhares de anos ao serviço da humanidade, que não devíamos esquecer ou, pelo menos, não sem antes retirarmos as lições necessárias. Durante este longo período, a humanidade valorizou e tratou seus animais, nem sempre com o afeto e zelo que hoje se pedem, mas, pelo menos e por enquanto a saúde lhes conferisse utilidade, com o entendimento que o seu mau-trato resultaria em prejuízo.

Embora esse mesmo cenário seja ainda atual a nível local, especialmente em áreas agrícolas subdesenvolvidas, vivemos hoje uma realidade global bem diferente. Após a revolução industrial, a evolução tecnológica e a explosão do consumismo, jumentos foram relegados a parente arcaico e miserável dos veículos de transporte, inúmeros cachorros e gatos viram sua utilidade física substituída por uma utilidade emocional, como animais de companhia, e mais tarde – vítimas de uma cultura globalizada, acentuadamente hedonista e de modas muito passageiras – passaram a ter uma “utilidade” estética de curta durabilidade, como se de um acessório de moda se tratassem.

Infelizmente para estes seres, quando a moda passa, quando o esforço necessário para o seu bem-estar ultrapassa o entusiasmo inicial ou quando um animal, fonte e objeto de afeto e companhia, é substituído por outro ser vivo ou até mesmo um objeto “mais importante ou interessante” (ex. um filho, um carro ou uma casa), o mesmo animal que ontem oferecia suporte emocional ao seu dono corre o risco de ser qualificado como “dispensável” e ser tratado como tal. Conseqüentemente, e com a agravante da explosão demográfica humana, milhões de animais são hoje tratados como objetos descartáveis, abandonados e recolhidos nas ruas de nossas cidades e vistos como uma constante ameaça à saúde pública. Assim, os nossos auxiliares do passado tornaram-se inimigos do presente quando, na realidade, quem mudou seu comportamento nesta relação fomos nós.

Independentemente do seu estado de saúde constituir ou não uma ameaça, estes são seres vivos únicos, inteligentes e sensíveis, que sentem medo e afeição, dor e prazer, tristeza e alegria, como todos nós sentimos e que devem ser tratados com todo o nosso respeito, carinho e dignidade. São seres vivos que não raramente nos entregam o seu afeto incondicionalmente, independentemente de sermos ricos ou pobres, faxineiros ou advogados, feios ou bonitos, santos ou pecadores e até mesmo de os mal-tratarmos ou não.

Apesar do incrível exemplo de tolerância e lealdade que muitos nos oferecem, são muitos os que vivem seus últimos momentos como condenados num corredor da morte, por vezes em condições degradantes e angustiantes. Seus crimes? Terem nascido, fruto de milhares de anos de domesticação pela humanidade, se contentarem e consumirem muito menos recursos naturais que os seus donos e por eles serem abandonados.

É uma dura realidade que reflete a nossa irresponsabilidade e imaturidade coletiva e o baixo valor que ainda hoje damos – como o coletivo ao qual chamamos “humanidade” – à vida, seja ela animal, individual ou como um todo. Reflete também como pode ser curta a nossa memória e grande a nossa ingratidão para com as mesmas espécies que, durante milhares de anos, nos serviram e nos ajudaram a sobreviver e a evoluir até aos dias de hoje. É ainda uma clara demonstração da falência moral e ética da sociedade moderna e mais um sinal de alerta para a necessidade urgente de transformação individual e coletiva.

No entanto, e em face de uma crescente preocupação da população em geral com o bem-estar dos animais, apresenta-se hoje à nossa frente uma oportunidade única. Se os desafios são gigantescos e os recursos escassos, mantenhamo-nos firmes na convicção que maior é a nossa paciência, força e determinação de que podemos transformar positivamente esta realidade, para o bem de toda a vida no planeta. Cabe então, a cada um de nós, fazer o que estiver ao nosso alcance, oferecendo o maior respeito, um tratamento digno e o nosso sincero agradecimento a estes nossos companheiros numa longa e dura estrada evolutiva.

A todos os meus irmãos e irmãs, animais e humanos,

Muito obrigado









Esta mãe e seus filhotes, foi resgatada pela Aprov do CZC. Hoje estão todos adotados, excetuando um mais fraco que ela - pelo seu instinto natural - rejeitou.

Fator RH realiza ensaio para a apresentação de reencontro

Banda Nacacunda, sucessora do Fator RH, 1996: Antonio Carlos, Marcos Leonel, Rafael, Igor e João Eymard

Por Carlos Rafael Dias

Acabou há pouco o ensaio da banda Fator RH, visando a apresentação de amanhã, na abertura do Festival Estudantil da Canção e que marcará o reencontro de três dos seus integrantes originais, que voltam ao palco depois de quase 20 anos: eu, Carlos Rafael, vocal; Marcos Leonel, guitarra, e Igor Rocha, Baixo. Na bateria, um convidado: Batata.

Ficou definido que a apresentação do Fator RH constará de duas músicas que foram hits da banda nos anos de 1980: Nomes e Marinalva, cujas letras abaixo transcrevemos:

Nomes (Marcosl Leonel/Carlos Rafael)

Nomes, nomes, nomes
Tudo não passa de um nome
Tudo tem o seu nome
Nome de rua, de praça e hospital
O dinheiro tem nome
O sabonete tem nome
O cachorrinho tem nome
O da tv é comercial

Nomes, nomes, nomes
Nomes e sobrenomes
Cuidado com o seu nome
Numas é bom noutras é mau
Depende do seu registro
Ou do valor do seu aval

Nomes, nomes, nomes
Tudo depende de um nome
Tudo não passa de um nome
Pode ser truta ou salomão
Em nome da pátria
Em nome da honra
Em nome do nada
Pelo futuro da nação

Marinalva (João Nicodemos/Carlos Rafael)

Marinalva
Uma boa moça, uma grande alma
Trabalhava na LBA como assistente social
Católica militante, virgem filantrópica
Queria salvar o mundo

Aos presídios fazia visitas dominicais
Até que um dia foi currada por meia-dúzia de marginais
E no meio do pânico descobriu o orgasmo
E gozou e gostou e gozou

Então tudo passou a ser diferente
Ela assumiu os dois expedientes
De dia assistente social
E de noite assistente sexual
E gostou e gozou e gostou

Obs. A apresentação da banda Fator RH será amanhã, sábado, 10, a partir das 19:30 horas, no Centro Cultural do Araripe (antiga Rffsa), Crato. Acesso livre.

Fenômeno Estranho - Temperatura sobe a 400ºC em região da Jordânia


Fenômeno ocorreu na terça-feira (6) na província de Balqa.

Animais 'foram completamente queimados e desapareceram.' As autoridades jordanianas investigam a partir desta quarta-feira (7) o que motivou um repentino aumento da temperatura até 400ºC em um local próximo a Amã, informaram fontes oficiais. O fenômeno ocorreu nesta terça-feira em uma área de quase dois mil metros quadrados na província de Balqa, 15 quilômetros ao oeste de Amã, segundo o governador dessa província, Abdul Khalil Sleimat. "O fenômeno foi descoberto por acaso quando ovelhas entraram no terreno enquanto estavam pastando", disse o governador. Sleimat contou que, de acordo com os pastores que cuidavam das ovelhas, os animais "foram completamente queimados e desapareceram".

As autoridades isolaram a área e retiraram os moradores do local, acrescentou o governador. O Governo jordaniano deixou a investigação do fenômeno a cargo de um painel formado por diversos departamentos e instituições acadêmicas. O chefe da associação jordaniana de geólogos, Bahjat Adwan, descartou a presença de qualquer atividade sísmica ou vulcânica na área. O diretor do Conselho de Recursos Naturais da Jordânia, Maher Hijazin, informou que certos materiais orgânicos podem ter se juntado e reagido sob a superfície, gerando o inusitado aumento de temperatura. Hijazin também destacou que há uma rede de água e esgoto que lança seus resíduos na região.

Fonte: G1

Polícia indiciará responsáveis por vandalismo em fazenda; prejuízos chegam a R$ 3 mi

O delegado de Borebi (SP), Jader Biazon, abriu inquérito para apurar os responsáveis pelo vandalismo na fazenda Santo Henrique, na divisa dos municípios de Iaras e Lençóis Paulista, em São Paulo. Integrantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) invadiram o local no último dia 28 e deixaram a área na manhã de ontem. Segundo Biazon, os responsáveis vão ser indiciados por formação de quadrilha, esbulho possessório, furto e dano. O delegado afirmou que, além de destruir 12 mil pés de laranja da fazenda, os trabalhadores rurais teriam furtado peças de tratores, adubos, produtos agrícolas, objetos de funcionários que trabalham na área e ainda jogado areia nos motores dos tratores, entre outras coisas.

"Vamos realizar diligências para identificar os responsáveis pelos delitos. Já identificamos parte do grupo, mas vamos preservar os nomes", disse Biazon.

Ele afirmou que os prejuízos na fazenda podem chegar a R$ 3 milhões. Os sem-terra aceitaram deixar o local após negociação com a Polícia Militar na manhã de ontem. Segundo o movimento, cerca de 250 famílias ocupavam a área desde o dia 28 de setembro em protesto pela reforma agrária na região. A Cutrale, empresa responsável pelas plantações de laranja destruídas, conseguiu na Justiça liminar de reintegração de posse da fazenda, mas os sem-terra resistiam em sair, alegando que a área é pública, e não particular, e que os pés de laranja foram derrubados para dar espaço a plantações de feijão e milho. O MST havia dito que só deixaria o local após um posicionamento da Justiça Federal, e que a decisão de reintegração de posse era de um juiz local. Eles decidiram deixar o local, mas ainda vão questionar a liminar. Os sem-terra informaram que foram derrubados cinco hectares de plantação de laranja, ou seja, 3.000 pés. Carlos Otero, representante da Cutrale, disse que na fazenda há 1 milhão de pés de laranja e que, durante a invasão, o MST expulsou 300 funcionários que trabalham no local.

Outro lado

Diretor estadual do MST, Paulo Albuquerque disse que os tratores da empresa estavam funcionando quando o movimento deixou o local e que não houve dano ao patrimônio, com exceção de pichações. Albuquerque disse ainda que os integrantes do movimento não furtaram objetos da Cutrale nem dos funcionários que moram na fazenda. Para ele, as acusações são uma tentativa não só de criminalizar o movimento, mas também de penalizar as lideranças do MST.

Fonte: Folha OnLine

Circuito SESC de Incentivo à Leitura

"The Economist" diz que Rio-2016 passou parte fácil e enfatiza altos custos

Reportagem da revista inglesa "The Economist" que chega às bancas nesta quinta-feira na Inglaterra dá destaque aos altos custos dos Jogos Olímpicos de 2016, que serão realizados no Rio de Janeiro, e diz que a vitória da cidade brasileira na eleição do COI (Comitê Olímpico Internacional) na última semana, superando Madri, Tóquio e Chicago, foi a "parte fácil". De acordo com a publicação, a candidatura brasileira já gastou aproximadamente US$ 50 milhões, que foram usados, entre outras coisas, para financiar o apoio do ex-jogador Pelé e do escritor Paulo Coelho, entre outros. A "Economist" diz que serão necessários gastos para resolver problemas da cidade brasileira, como a construção de arenas esportivas, novos hotéis e ajuda para resolver o trânsito caótico, entre outras coisas.

A publicação questiona se os US$ 14,5 bilhões que custarão os Jogos serão utilizados de uma maneira produtiva. "Sem contar os US$ 50 bilhões de investimentos indiretos", diz trecho da matéria. A revista ainda lembra que o total gasto para a realização dos Jogos Pan-Americanos, em 2007, foi aproximadamente dez vezes maior do que o orçamento inicial.

Fonte: Folha OnLine

Dos Pombos Urbanos à Nacacunda e a volta do Fator RH: 22 anos de rock caririense

Banda Fator in Concert: Calazans, Rafael e Marcos Leonel

Por Carlos Rafael Dias
A Banda Fator RH fará uma apresentação amanhã, dia 10, às 19:30 horas, no Centro Cultural do Araripe, em Crato, na abertura do Festival Estudantil da Canção. A idéia partiu da equipe de organização do evento, promovido pela Secretaria de Cultura do Crato. Para aqueles que viram as históricas apresentações do grupo, será um momento de alegria misturada a nostalgia. Para os mais novos e os que passaram "batidos", será uma oportunidade de conferir porque ainda hoje se fala nesta rapaziada “cretácea” , pioneira do rock’n’roll caririense.


Pombos Urbanos, 1987 : Nicodemos, Cacheado, Rafael Fel e Sergestes Tocantins

Tudo começou com a banda Pombos Urbanos, criada no segundo semestre de 1987, por mim e Nicodemos, e dela também fizeram parte Marcos Lobisomem, Sergestes Tocantins e Cacheado, baterista, já falecido.

O nome surgiu quando eu e Nicodemos atravessávamos a Praça Cristo Reis, em Crato, em meio aos pombos, que naquela época, faziam parte da paisagem do logradouro. Nico, então, disse a frase mágica: “somos todos pombos urbanos”. E eu: “pombos urbanos? Isso é nome de banda de rock”. E ele: “então, vamos fazer uma”.


Fator RH, 1988: Manel D'Jardim (arranjador e músico esporádico), Rafael, Sergestes, Lupeu, Marcos, Calazans e Salatiel (grande apoio)

Foi um caso incomum de uma banda que surgiu depois do nome, pois até, naquele momento, não tínhamos tramado nada neste sentido.

No dia seguinte começamos a... compor. E compomos, de cara, o maior hit da banda: Marinalva (“...uma boa moça, uma grande alma. Trabalhava na LBA como assistente social. Católica militante, virgem filantrópica. Queria salvar o mundo...”). Foi mais um caso incomum de uma banda que emplacou o seu maior sucesso logo com a primeira composição.

Fator RH, 1988: Rafael, Calazans, Sergestes (sentado), Lupeu, Marcos e Júnior Balu

Os Pombos Urbanos tiveram vida efêmera, da sua estréia até a despedida, foram somente oito meses, de outubro de 1987 a maio de 1988. Nico foi embora e do que restou da banda (eu, Sergestes Tocantins e Marcos Lobisomem) formou-se o Fator RH, incorporando Lupeu, Calazans Callou e Júnior Balu. O Fator RH durou três anos, até 1990, quando, depois de mudanças de membros (saíram Marcos e Sergestes e entraram Leonardo Leo, Igor Arraes e João Eymard), transformou-se no Lerfa Mu, com participações esporádicas de Manel D’Jardim, como guitarrista e arranjador. Com essa formação, o Lerfa Mu gravou uma fita demo no ProAudio Studio, em Fortaleza.

De 1991 a 1995, houve um interregno. Lupeu foi para Petrolina. Calazans para Recife. Leonardo Leo para Boa Viagem (onde ainda hoje mora, sendo maestro da banda de música daquela cidade cearense). Igor deu um tempo. João Eymard sumiu. Eu me casei e fui ser professor para sustentar a família.

Nacacunda, 1995, gravando para o programa Brasil Legal: Marcos, Roger, Rafael e Rubinho

Mas, em 1995, com o retorno de Marcos Lobisomen, que passou a morar em Juazeiro, onde abriu uma loja de móveis para crianças, voltamos a nos reunir para fazer um som, de noite, na dita loja. Eu, Marcos, Luís Carlos Saraiva, Roger e Rubinho. E, com essa formação, foi criada a banda Nacacunda que, na esteira do sucesso de Chico Science & Nação Zumbi, seguiu a fórmula do momento, incorporando ritmos nordestinos à batida roqueira. A nova banda estreou em show no Sesc-Juazeiro.

Nacacunda em Recife (Festival Skol Rock), 1996: Calazans, Rafael, Igor, Marcos, João Eymard e Antonio Carlos

Depois, novas mudanças. Igor e João Eymard voltaram. Antonio Carlos, percursionista, entrou. Eu e Marcos permanecemos. E, com esse “team”, conseguimos o nosso maior feito até então: classificar uma música para um festival de porte nacional: o Skol Rock. Tocamos na primeira noite da eliminatória norte-nordeste, no Centro de Convenções de Olinda, PE, em julho de 1996. Foi o Auge.

Em seguida, não dando mais para conciliar a vida de roqueiro com a profissão e a família deixei a banda e fui substituído por Hugo Arraes, irmão de Igor. Calazans, mesmo morando em Recife, foi o maior responsável pela continuidade e atividade da banda. Assim, hospedou a rapaziada (agora, com Miguel Batera, também falecido, Nivando Ulisses e Paulo Lobo) em seu apartamento, e bancou, praticamente sozinho, a gravação do primeiro (e até então único) CD da banda, lançado em julho de 2006, em show na Expocrato.

EQUIPE DO GEOPARK RECEBIDA POR LULA EM BRUXELAS

Geopark Araripe

A equipe do Geopark Araripe, da Universidade Regional do Cariri (URCA), tendo a frente o gerente do Geopark, Idalécio de Freitas, a bolsista Gabriela de Carvalho e o membro do Comitê do Geopark e chefe de Gabinete da Reitoria, Patrício Melo, participaram, no final da tarde de ontem, em Bruxelas, na Bélgica, de uma reunião com o presidente Luis Inácio Lula da Silva. Naquele país, acontece o Encontro da União Européia de Desenvolvimento Regional. A reunião exclusiva da equipe do Geopark com o presidente Lula foi para falar sobre o Geopark Araripe. Segundo o integrante do Comitê, Patrício Melo, o encontro teve relevante importância, já que foram repassadas experiências observadas pelo grupo em Sobrarbe, na Espanha, e Naturtejo, em Portugal. Patrício destaca que o Geopark Araripe está entre os melhores do mundo e a gestão está sendo aperfeiçoada. “A finalidade é dar condições de mudar o modelo adotado pela gestão anterior, melhor dimensionando os geosítios e dando absoluta transparência dos investimentos feitos nas áreas”, explica. O novo modelo fará interface entre investimentos públicos já garantidos do Governo Federal, Ministério da Integração Nacional e do Governo do Ceará, por meio da Secretaria das Cidade.

Fonte: Assessoria Urca
Blog O lagoense

Festival apresenta 66 concertos de 37 grupos instrumentais de 10 estados de quatro regiões do Brasil


Cleivan Paiva será o nome do Cariri no Festival
Foto: Dihelson Mendonça
O IV Festival BNB da Música Instrumental apresentará 66 concertos de 37 formações instrumentais oriundas de dez estados de quatro regiões brasileiras (Nordeste: Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco; Sudeste: Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais; Sul: Paraná e Rio Grande do Sul; e Centro-Oeste: Distrito Federal), no período de 08 (próxima quinta-feira) a 31 deste mês. Todos os concertos do Festival têm entrada franca.

A quarta edição do evento confirma a sua vocação para promover a diversidade musical e destaca a importância da abertura de mais espaços para a dinâmica cena instrumental brasileira, movimentando dezenas de músicos, de diferentes trajetórias, influências e propostas estéticas.

Embora contando com uma programação que desconhece fronteiras musicais, a produção nordestina é destaque nesta quarta edição do Festival, com ênfase para a participação de grupos instrumentais do Rio Grande do Norte, resultante de uma parceria afinada entre os Centros Culturais Banco do Nordeste e a Fundação Estadual de Cultura José Augusto, bem como do Ceará e da Paraíba.

Isso sem se falar no espaço destinado para artistas de outras regiões do Brasil, como: os sudestinos Zezo Ribeiro (SP), Adriano Campagnani (MG) e os cariocas Fernando Vidal, Alexandre Cavallo & Christiano Galvão e o Quarteto Alevare; os sulistas Camerata Brasileira (RS) e Quarteto Iguaçu (PR); e os centro-oestinos Duo 13, Galinha Caipira Completa e Mandrágora, todos do Distrito Federal.

Conheça a seguir a programação do Festival para o cariri cearense:

CCBNB-Cariri (CE)
Dia 14, quarta-feira
19h Alexandre Cavallo e Christiano Galvão.

Dia 15, quinta-feira
18h30 Quarteto Iguaçu.
19h50 Quinteto da Paraíba.

Dia 16, sexta-feira
19h Cleivan Paiva.


Dia 17, sábado
23h Clã Brasil.
Local: Largo do Centro Cultural do Araripe - RFFSA (Município de Crato - CE)

Dia 21, quarta-feira
19h Camerata Brasileira.

Dia 22, quinta-feira
18h30 Alexandre Atmarama.
19h50 Marcelo Leite.

Dia 23, sexta-feira
18h30 Mandrágora.
19h50 Galinha Caipira Completa.

Dia 28 quarta-feira
18h30 Trio Ágape.
19h50 Quarteto Alevare.

Dia 29, quinta-feira
18h30 Duo 13.
19h50 Gilberto Cabral.

Dia 30, sexta-feira
18h30 Orquestra Sivuca.
19h50 Eduardo Taufic & Roberto Taufic.

Dia 31, sábado
18h30 Pixinguinha Trio.
19h50 Abanda.


Fonte: Centro Cultural Banco do Nordeste

Cientistas espanhois criam chip que monitora milhares de genes ao mesmo tempo

Dispositivo será usado no diagnóstico e no tratamento de bactérias e de doenças como o câncer.

Uma equipe de pesquisadores espanhois desenvolveu um chip capaz de monitorar a atividade de milhares de genes e enzimas ao mesmo tempo, um dispositivo que servirá para o diagnóstico e o tratamento de doenças como o câncer. A partir da síntese de 2.500 moléculas, o dispositivo fornece uma visão em tempo real do metabolismo de qualquer célula ou organismo vivo e consegue estabelecer uma espécie de atlas metabólico e diferenciar por meio da impressão digital metabólica cada amostra analisada. A pesquisa foi publicada nesta quinta-feira (8) na revista Science. Ela foi elaborada ao longo de cinco anos e coordenada pelo cientista do Conselho Superior de Investigações Científicas (CSIC) Manuel Ferrer, em colaboração com pesquisadores do Centro Nacional de Biotecnologia e a Universidade de Oviedo, na Espanha, além dos laboratórios da Alemanha, Itália e Reino Unido.

O metabolismo é o conjunto de milhares de reações bioquímicas interrelacionadas em processos físico-químicos que ocorrem em uma célula ou conjunto de células. Esses complexos processos são a base da vida nas moléculas e permitem as diversas atividades das células: crescer, se reproduzirem e manter suas estruturas. A comunidade científica estima que quando alguma destas funções é danificada ocorrem alterações transitórias ou permanentes que afetam o metabolismo celular, podendo causar doenças como o câncer.

Um organismo realiza de 1.000 a 5.000 reações bioquímicas. Por isso, segundo os autores do estudo, avaliar a presença ou ausência das mesmas resulta quase impossível pelos métodos de análise convencionais usados até o momento. O novo chip oferece uma "oportunidade sem precedentes já que pode monitorar a atividade de milhares de genes e enzimas ao mesmo tempo", disse Ferrer.

- É possível diferenciar células normais das que foram danificadas.

Para desenvolver o dispositivo, os pesquisadores sintetizaram 2.500 moléculas, que constituem os substratos iniciais, finais e intermediários da grande maioria das reações biológicas conhecidas em organismos vivos. Depois, eles depositaram as moléculas em um chip e acrescentaram sobre elas um extratato de proteínas para estudar a presença ou ausência de reações biológicas a partir da emissão de uma sonda fluorescente. Ferrer explica que "ainda é cedo para prever o potencial do chip, mas como pode analisar qualquer tipo de célula humana sem a necessidade de conhecer seu genoma, será de grande ajuda para futuros diagnósticos e no tratamento de doenças". O estudo abre também novas expectativas na identificação de enzimas terapêuticas para o tratamento de bactérias causadoras de doenças infecciosas, assim como para identificar alterações metabólicas causadoras, por exemplo, do câncer.

"Copyright Efe - Todos os direitos de reprodução e representação são reservados para a Agência Efe."

Fonte: R7

Bancários do Cariri realizam assembleia e terminam greve no BB e HSBC


Os bancários do Cariri, em Assembleia realizada na noite de ontem, quinta-feira, seguiram a orientação do Comando Nacional da categoria e aprovaram a proposta apresentada pela Fenaban que prevê reajuste salarial de 6% e melhoria da Participação nos Lucros e Resultados (PLR). Anteriormente, a Fenaban havia proposto um reajuste de 4,5%, o que foi rejeitado por todos os bancários. O percentual de 6% também será aplicado às demais verbas, como auxílio-refeição, cesta-alimentação e auxílio-creche/babá. No entanto, os bancários da Caixa Econômica Federal e do Banco do Nordeste, devido ao impasse que ainda ocorre nas negociações específicas, decidiram permanecer em greve até a apresentação de uma nova proposta pelos bancos.

Fonte: Seeb/Cariri

Esse é o CARA ! - O Raul Seixas - Lampião do Crato !

Raul lampião do Crato - Foto: Dihelson Mendonça

Veja hoje no Blog do Crato...
Foto: Dihelson Mendonça

Nélida Piñon é única brasileira com chance de um Nobel, diz Lya Luft

Devido à presença internacional de sua obra, a carioca Nélida Piñon, 72, é a única brasileira com chance de receber um Nobel de Literatura, diz a escritora Lya Luft, que traduziu "O Compromisso", da alemã Herta Müller, 56, anunciada nesta quinta-feira como a 12ª mulher da história a ganhar o prêmio. Só 10% dos laureados com o Nobel de Literatura são do sexo feminino. Sobre essa pequena participação, Lya Luft diz que a entrada da mulher no mundo das letras é "muito recente", mas a tendência é positiva, já que cada vez mais o mercado editorial lança obras escritas por autoras.

"Os grandes personagens femininos eram inventados por homens", lembra Lya Luft, dona de obras também traduzidas na Europa e nos Estados Unidos. Na sua avaliação, a origem do autor é uma barreira mais difícil do que o sexo, e o mercado externo ainda reforça os estereótipos da literatura de países latinos, como o Brasil, mostrando apenas interesse por obras pitorescas e exóticas.

"Nélida Piñon rompeu a barreira", afirma Lya Luft, lembrando o prestígio internacional de sua amiga. Em 2005, a autora carioca venceu o prêmio espanhol Príncipe de Astúrias, façanha que nenhum outro brasileiro jamais havia conseguido, enfrentando pesos-pesados como os norte-americanos Paul Auster e Philip Roth e o israelense Amos Oz, que sempre são cotados para levar o Nobel de Literatura. Ela também foi a primeira mulher a presidir a Academia Brasileira de Letras, onde hoje ocupa a cadeira de número 30. Para alguns críticos, esse prêmio concedido pela Real Academia Espanhola da Língua serve para colocar seus vencedores na lista de espera por uma indicação ao Nobel. Nélida Piñon foi procurada pela reportagem, mas sua assessoria informou que a escritora está no exterior, sem possibilidade de contato. Em 2005, em entrevista exclusiva à Folha Online, ela comentou se existe um movimento de revalorização das mulheres na literatura:

"Acho que ainda há uma espécie de preconceito contra a capacidade intelectual da mulher, sobretudo no Brasil. O mundo masculino ainda considera o texto produzido por uma mulher de menor densidade, menos importante, intelectualmente menos instigante. Como se a mulher fosse fantasia e o homem pensamento. O homem ainda não entendeu que há uma igualdade intelectual e que pode desfrutar de um livro feito por um homem ou por mulher."

Fonte: Folha OnLine

Domingos Sávio - Um artista nas ruas do Crato !

Seu nome é Domingos Sávio. Um cratense autêntico, educadíssimo, e que abandonou o "tudo por dinheiro" e dedica sua vida a trabalhar a arte de outros metais. Depois de viajar por vários lugares, chegando a passar uma grande temporada em Fortaleza, está de volta à nossa cidade. Constrói artefatos de grande beleza e tenta uma dura sobrevivência. Domingos esbanja simplicidade. E quem quiser conhecer o seu trabalho, basta dar um pulinho ali na Praça da Sé, que será bem-vindo. Vale a pena conhecer e conversar com esse mago dos metais, tão cheio e idéias e de histórias e estórias para contar!

Dsc03400


Dsc03396


Dsc03401


Dsc03407


Dsc03408


Dsc03410


Dsc03412


Reportagem e Fotos: Dihelson Mendonça

Homenagem aos "biriteiros" - Por: José Nilton Mariano Saraiva

POESIA DO BÊBADO

Pra curar sua paixão, beba pinga com limão;
Pra curar sua amargura, beba pinga sem mistura;
Contra dor de cotovelo, beba cachaça com gelo;
Contra falta de carinho: cachaça, cerveja e vinho!

Se brigar com a namorada, beba pinga misturada;
Se brigar com a mulher, beba pinga na colher;
Quem dá amor e não recebe, mistura todas e bebe;
E se alguém te faz sofrer, beba para esquecer!!!

Pra curar seu sofrimento, beba pinga com fermento;
Pra esquecer um falso amor, beba pinga com licor;
Pra acalmar seu coração, beba até cair no chão;
E se a vida não tem graça, encha a cara de cachaça!!!
Pra você ganhar no bicho, beba uma no capricho;

Pra ganhar na loteria, beba pinga na bacia;
Pra viver sempre feliz, beba pinga com raiz;
E se você não tem sorte... beba pinga até a morte!!!
Se essa vida de cão só te faz sofrer, o remédio é ...NÃO parar de beber!!

Autor: desconhecido – Postagem: José Nilton Mariano Saraiva

De biriteiros e biriteiras... - Por: José Nilton Mariano Saraiva

Um bêbado chega no bar e pergunta ao dono: - Você me venderia uma pinga, fiado? O dono do bar, querendo dele se livrar, responde: - Cê tá vendo aquele cara bem forte e alto, ali na sinuca ? É o seguinte: de tanto ele malhar, seu pescoço ficou pequeno e quem chama ele de “pescossim” leva uma baita duma surra. Se você chamar ele de “pescossim” e não te acontecer nada, você bebe de graça um ano inteiro! O bêbado chega até a sinuca e fingindo a maior intimidade, dá uma batida nas costas do cara e diz: - Meu amigo, como é que você vai, há quanto tempo não nos vemos ??? O valentão devolve: - Mas eu nem te conheço. E ele: - Que é isso, cara, a gente pescô junto! E o valentão: - Não pescô, não!! O bêbado conclui, e em dose dupla: pescô, sim !!! pescô, sim !!! O valentão, em dúvida: -Bem, pode ser, é que eu ando meio esquecido "das" memória.
Passou um ano bebendo de graça.
************************************

Três bêbados se encontram e começam a filosofar sobre o destino da “pinga” depois que é ingerida. Um, sem pensar muito diz: -Acho que a minha vai pros pés, já eles ficam bastante inchados me impedindo às vezes até de caminhar. Outro diz: -A minha eu acho que vai pra cabeça, já que parece até que ela vai explodir! O terceiro, mais extrovertido, diz: -Pois a minha eu tenho certeza, convicção até, que vai para o cú. Os outros se entreolham assustados e perguntam num só coro: Por quê ??? –Porque quando me vê lá da esquina, minha mulher já grita: -Lá vem aquele merda com o cú cheio de pinga, de novo!!!
**************************************
O bêbado, no ponto do ônibus, encara uma mulher e diz: - Você é feia, hein? A mulher não diz nada. E o bêbado insiste: - Nossa, mas você é feia demais! A mulher finge que não ouve. E o bêbado torna a dizer: - Puta merda, você é muito feia! A mulher não se agüenta e diz: - E você é um bêbado! - É, mas amanhã eu melhoro...Então, subiu no ônibus. Logo na roleta, cambaleando, diz ao cobrador: - Se meu pai fosse um gato e minha mãe uma gata, eu seria um gatinho! E continua: - Se meu pai fosse um cachorro e minha mãe uma cachorra, ai eu era um cachorrinho! E mais: Se meu pai fosse um touro e minha mãe uma vaquinha, ai eu seria um bezerrinho! O cobrador, nervoso, pergunta: - E se o seu pai fosse um viado e sua mãe uma puta?- Ai eu seria cobrador de ônibus! Saindo da roleta, o bêbado grita: - Hoje eu quero comer um cu! Todos os passageiros olham assustados para ele, que diz: - Calma gente, eu só quero um. Já na parte de trás do ônibus, grita de novo: - Do lado direito todo mundo é corno! Do lado esquerdo todo mundo é viado! Ao ouvir isto, levanta um negão do lado esquerdo e fala: - Eu não sou viado, não !!! E o bêbado responde: - Então muda de lado que eu não gosto de confusão !!! A partir desse momento os passageiros começaram a xingar o bêbado, ameaçando cobri-lo de porrada. O motorista, para evitar confusão, freia bruscamente e todos caem. Um dos passageiros se levanta, pega o bêbado pelo colarinho e pergunta: - Fala de novo, safado. Quem é corno e quem é viado, aqui? - Agora eu não sei mais. Misturou tudo! Ele então desce do ônibus, entra em uma igreja. O padre viu aquele bêbado entrando e resolveu dar o sermão: - Irmãos, quem não for a favor da bebida que se sente agora!Todos se sentaram e o bêbado gritou: - Puxa, seu padre, parece que só nós dois apreciamos a marvada, não é ? Expulso da igreja, entra logo num boteco e já pede: - Coloca aí dez pinga pra mim. O dono obedeceu e colocou dez pingas para o bêbado, que bebeu todas. - Coloca agora cinco pinga! O dono colocou, o cara bebeu todas e disse: - Agora coloca só três, viu? Bebeu as três num gole só, fez aquela careta típica de pingaiada e pediu: - ZZZZZZ só uma agora! ZZZZZZ só mais uma! O bêbado bebeu aquela, deu uma cambaleada e concluiu: - Eu num to enZenZendo mais nada... Quanto menossss eu bebo, mais eu fico tonto! Antes de ir embora ele pede um maço de cigarros, que traz escrito na lateral: "O Ministério da Saúde adverte: Cigarro pode causar impotência sexual". Assustado, gritou pro garçom: - Não, esse aqui não!!! Me dá aquele outro que dá câncer. Ao sair do boteco, super-embriagado, o bêbado na rua ele toca o interfone de uma casa e pergunta: - Seu marido taí? Uma mulher responde: - Está, quem quer falar com ele? - Xá pra lá, brigado. Chega em outra casa e toca o interfone novamente: - Seu marido taí? Outra mulher responde: - Está no banho, quem quer falar...- Brigaaaaaado, pooooode deixar. Na outra casa...- Bom dia, seu marido taí? - Está... vou chamá-lo...- Não, não é preciiiiiiso, responde o bêbado. - Na outra casa: - Oi, seu marido taí? A mulher responde: - Não, mas já deve estar chegando. O bêbado responde: - Então, faz favor, olha aqui pra fora e vê se sou eu!!!Tempos depois, com muito custo, consegue lembrar aonde é sua casa. Abre a porta e vai correndo para o banheiro. Assustado, corre para o quarto e acorda a mulher:- Ô muié, essa casa ta mesmo mal assombrada! -Eu abri a porta do banheiro e a luz acendeu sozinha. Depois, fechei a porta e a luz apagou sozinha...A mulher, puta da vida, grita: - Filho da puta!!! Você mijou na geladeira de novo!!! Enxotado de casa pela mulher, que não tava a fim de dormir cheirando bafo de pinga, vai a um beco, acaba dormindo no chão e tem o relógio roubado. No dia seguinte, já curado da manguaça, ao andar pela rua vê um cara usando o seu relógio e se aproxima dele dizendo: - Hei, cara, esse relógio é meu! - Que seu que nada, excelência. Esse relógio eu peguei de um bêbado que eu comi ontem lá no beco. -É, tem razão, não é meu mesmo. Mas que parece...parece !!!
*************************************
Duas amigas casadas, totalmente bêbadas, depois de voltarem de uma reunião com asamigas, sentiram uma vontade irresistível de fazer xixi. Pararam o carro próximo a um cemitério. Apavoradas e sem outra alternativa, decidiram descer e aliviar ali mesmo, dentro do cemitério. A primeira foi, aliviou e então lembrou que não tinha nada para se secar. Pegou a calcinha, secou-se e a jogou fora. A segunda, que também não tinha nada para secar-se, pensou: - "Eu não vou jogar fora esta calcinha de renda caríssima e linda". Então pegou a fita de uma coroa de flores, que estava em cima de um túmulo e colocou para não molhar a calcinha. No dia seguinte, um dos maridos ligou para o outro e disse: - A minha mulher chegou ontem bêbada e sem calcinha. Terminei o casamento. O outro: - Você tem é sorte! A minha chegou com uma fita presa na bunda com a inscrição: "Jamais te esqueceremos: Vagner, Moisés, Elias e toda a turma da faculdade." Tô dando porrada nela até agora!
Fonte: desconhecida – Postagem: José Nilton Mariano Saraiva

João do Crato e Blandino Ribeiro no programa Cariri Encantado

Por Carlos Rafael

João do Crato


O programa Cariri Encantado de hoje, sexta-feira, 9, tem como convidados dois artistas que são almas gêmeas, tanto pelo sentimento fraternal que os unem quanto pelo sentimento ancestral que os unem ao mundo: João do Crato e Blandino Ribeiro. Artistas inspirados na natureza e artesãos que confeccionam produtos especiais, como incelenças divinas e meizinhas naturais.
Um canta os ritmos e a música da Chapada. O outro manipula os aromas e os gostos que se colhem nos campos. Os dois são alquimistas e mágicos, duendes arautos, herdeiros da ancestralidade indígena que resiste na rica cultura cariri.
Logo mais no Cariri Encantado, o programa mágico das tardes de sexta. Das 14 às 15 horas, na Rádio Educadora do Cariri 1020.

Apresentação de Luiz Carlos Salatiel.
Apoio: Centro Cultural BNB Cariri.

09 de Outubro-BLOGmusical:Curiosidades do Mundo da Música!-Por:Wilson Bernardo.

09 de Outubro-Estréia no Rio de Janeiro,em 2003,o espetaculo musical Personalíssima,no qual a atriz Rosamaria Murtinho interpreta a cantora Isaurinha Garcia.
Morre, em 1977, o compositor e comerciante José Luiz de Calazans, o Jararaca, nascido em Maceió(AL), em 29 de setembro de 1896. Formou com Severino Rangel de Carvalho, o Ratinho, a célebre dupla Jararaca e Ratinho.
Wilson Bernardo(Texto & Fotoartgrafia sobre Foto do compositor e cantor Sanderlei-Barro)

Bancários aprovam nova proposta da Fenaban conquistada com a greve


Crédito: Paulo Pepe/Seeb São Paulo

No 15º dia da greve nacional, os bancários de todo o país aprovaram nesta quinta-feira, 8, em assembléias realizadas pelos sindicatos a proposta apresentada pela Fenaban ao Comando Nacional, com base nas informações recebidas pela Contraf-CUT até as 21h30. A proposta prevê reajuste salarial de 6% (inflação do período mais aumento real) e melhoria da Participação nos Lucros e Resultados (PLR).

O reajuste de 6% contempla um aumento real de 1,5% em relação à inflação calculada pelo INPC entre 1º de setembro de 2008 e 31 de agosto de 2009, que foi de 4,44%. Anteriormente, a Fenaban havia proposto um reajuste de 4,5%, o que foi rejeitado por todos os bancários. O percentual de 6% também será aplicado às demais verbas, como auxílio-refeição (R$ 16,88), cesta-alimentação (R$ 289,31) e auxílio-creche/babá (R$ 207,95). O piso salarial para auxiliar de escritório após 90 dias de empresa passa a R$ 1.074,46.

A greve garantiu a manutenção da distribuição de PLR no montante de até 15% do lucro líquido de cada banco, contra a tentativa das empresas de reduzir esse percentual para 5,5%. O modelo de PLR conquistado contém avanços. A regra básica prevê 90% do salário mais R$ 1.024 fixos, com teto de R$ 6.680. O valor pode ser majorado até que seja distribuído pelo menos 5% do lucro líquido, podendo chegar a 2,2 salários, com teto de R$ 14.696. Além disso, será paga uma PLR Adicional de 2% do lucro líquido distribuídos linearmente entre todos os bancários com teto de R$ 2.100. Esse percentual será garantido tenha o lucro crescido ou não.

A proposta ainda garante a ampliação da licença-maternidade para 180 dias para as funcionárias de todos os bancos e a isonomia de tratamento para casais homoafetivos, que passam a gozar dos mesmos direitos previstos na Convenção Coletiva. O auxílio-creche/babá continua valendo para filhos até 83 meses.

Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal
Os empregados da Caixa Econômica Federal decidiram permanecer em greve por tempo indeterminado em todo o país. Não houve avanços na negociação específica realizada nesta quinta entre o banco e Comando Nacional, em São Paulo. A greve continuará até a apresentação de uma nova proposta pelo banco.

No caso do Banco do Brasil, até o momento, na maioria das assembléias realizadas pelos sindicatos, os funcionários aprovaram a proposta específica do banco, tais como São Paulo, Rio de Janeiro, Florianópolis, Curitiba, Alagoas, Mato Grosso, entre outras. A proposta foi rejeitada em Brasília, Porto Alegre, Ceará, entre outros sindicatos, que realizarão novas assembléias.

Fonte: Contraf/CUT

Agnaldo Timóteo desiste do parque Ibira-Jackson

O cantor e vereador de São Paulo Agnaldo Timóteo (PR) revelou, em entrevista ao Yahoo! Brasil, ter desistido da controversa homenagem que pretendia fazer a Michael Jackson, acrescentando o nome do astro a dois importantes marcos da cidade: o parque do Ibirapuera e a Sala São Paulo. Enviada em carta ao prefeito Gilberto Kassab (DEM), a proposta desatou uma onda de críticas a Timóteo. O prefeito não deu resposta, e o vereador diz contabilizar protestos de cerca de 2 mil pessoas, enquanto as opiniões favoráveis "não passaram de dez; só alguns meninos que gostam do Michael". Mas, nas contas de Timóteo, o caso lhe fez "um bem enorme": descobriu que o número de pessoas que o odeiam "é pequeno". O vereador não apenas se mostra inabalável como decidiu lançar um novo projeto. Quer agora uma estátua enorme de Luiz Gonzaga, o rei do baião, "onde se reúnem os nordestinos em São Paulo".

Polemista notório, o vereador - integrante da Comissão Extraordinária de Defesa dos Direitos da Criança, do Adolescente e da Juventude da Câmara dos Vereadores - expõe ainda suas ideias sobre sexualidade e adolescência. Considera "hipocrisia" o combate ao turismo sexual e vê o envolvimento de jovens com parceiros maduros como um "encontro de gerações". Agnaldo Timóteo, 73 anos, iniciou sua carreira artística em rádios locais da região de Caratinga (MG), cidade natal, ficando conhecido como "Cauby Mineiro". Gravou cerca de 50 discos. Ingressou na política em 1982, quando elegeu-se deputado federal pelo PDT do Rio de Janeiro, com 503 mil votos. Desde 2005 é vereador de São Paulo - na eleição de 2008 obteve pouco mais de 26 mil votos. Leia a seguir os principais trechos da entrevista.

Yahoo! Brasil: Vereador, tem sido boa a repercussão da proposta do "parque Ibirapuera Michael Jackson" e da "Sala São Paulo Michael Jackson"?

Timóteo: Não, não. Mas vou te contar porque isso me fez um bem enorme. O número de pessoas que me agrediram, me chamando de ignorante, de idiota, [dizendo] que político não faz nada, [me mandando] à merda e [xingando de] macaco, veado... O número de pessoas que foram grosseiras, mal-educadas, desinformadas foi tão pequeno que eu dei graças a Deus. O número de pessoas que me odeiam é muito pequeno.

Y! Mas foram poucas reações negativas?

Graças a Deus. Mas não houve reação a favor. Só alguns meninos que gostam o Michael ligaram; não passam de dez. Mas me dando porrada foram, no mínimo, 2 mil pessoas.

Leia mais no website: Yahoo

O dia amanheceu nublado e triste.
A primeira notícia do jornal falado da Rádio Educadora, apresentado por Antônio Vicelmo, surpreendeu a todos.
O bancário aposentado José Orley Moura Bezerra foi encontrado morto, na sua residência em Juazeiro do Norte. Segundo Vicelmo, Orley já foi sepultado, em face de ter sido encontrado morto há muitas horas. Os inúmeros amigos não puderam se despedir dele.
José Orley Moura Bezerra, descanse em paz!
Que na outra vida você encontre tudo de bom que não conseguiu neste Vale de Lágrimas...

Texto e postagem: Armando Lopes Rafael

Este é que é "O Cara": Barack Obama, Prêmio Nobel da Paz


O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, venceu o Nobel da Paz no ano de 2009, segundo a Fundação Nobel. O anúncio oficial foi feito na manhã desta sexta-feira.
A Fundação Nobel anunciou que o prêmio se deve pelos seus "esforços extraordinários para fortalecer a diplomacia internacional e a cooperação entre as pessoas".
"Obama foi um presidente que criou um novo clima na política internacional. A diplomacia multilateral ganhou novamente uma posição central, com ênfase no papel das Nações Unidas e de outras instituições internacionais. A visão de um mundo livre das armas nucleares têm estimulado muito o desarmamento e as negociações sobre o controle de armas. Obrigado à iniciativa de Obama", afirmou a fundação em comunicado.
O número de concorrentes em 2009 superou o recorde anterior, registrado em 2005, quando 199 pessoas e instituições disputaram o prêmio.
Os prêmios - 10 milhões de coroas suecas (cerca de US$ 1,4 milhão), uma medalha de ouro e um diploma - são custeados pelos rendimentos oriundos do legado de Nobel. O valor em dinheiro, no entanto, não foi tão substancioso desde o início da premiação. Na primeira edição, o valor correspondia a cerca da metade do que é hoje. O idealizador do prêmio via a entrega de dinheiro como uma maneira de ajudar os vencedores a darem continuidade a seus projetos com independência.
Fonte: Site Terra
Postagem: Armando Lopes Rafael

CRATO - Previsão do Tempo de Almanaque - 09 de Outubro de 2009

Bom Dia, Amigos do Blog do Crato!

Hoje é o Dia 09 de Outubro de 2009. Um abraço todo especial para dois irmãos que têm trabalhado bastante para fazer o Blog do Crato crescer: O Armando e o Carlos Rafael. E um abraço também muito especial ao Antonio Morais. Hoje teremos novas fotos da cidade do Crato, para matar a saudade da turma que mora fora da cidade.

Previsão do Tempo

A previsão do tempo para hoje, não muda: Dia de Sol, poucas núvens e não chove. A temperatura máxima fica em torno de 30 graus e a mínima de 20. A informação é do site Climatempo, um dos maiores do país em previsões meteorológicas.

ALMANAQUE

9 de outubro. Dia de São João Leonardo.

Leonardo nasceu na Toscana, em 1541. Levou uma vida normal de leigo, trabalhando no ramo farmacêutico com o pai até os vinte e seis anos de idade, quando este morreu. Tendo participado do trabalho junto aos pobres com os padres colombinos, decidiu entregar sua vida ao seguimento de Cristo. Mesmo sabendo das dificuldades por ser adulto, Leonardo não se intimidou. Enfrentou os estudos desde o começo, do princípio mais elementar. Juntou-se aos meninos para aprender o latim e, em seguida, aplicou-se no estudo de filosofia e de teologia. Quatro anos depois, foi ordenado sacerdote.

Dedicando-se à catequese das crianças, implantou, junto com alguns religiosos, uma educação totalmente voltada para os princípios cristãos, nascendo, em 1574, a Congregação da Doutrina Cristã, hoje Clérigos Regulares da Mãe de Deus, também conhecidos como padres leonardinos. Em 1584, resolveu fazer uma peregrinação à França, ao Santuário de Nossa Senhora de Loreto. Leonardo, que tinha conquistado a confiança do papa Clemente VIII, foi enviado por este para realizar diversas missões em seu nome, restaurando a disciplina religiosa em várias ordens, conventos e congregações. Era um tempo de decadência de costumes e seu trabalho entusiasmado e atraente trouxe de volta os velhos princípios do verdadeiro cristianismo que se haviam perdido no dia-a-dia de muitos integrantes da Igreja.

Preocupado em assegurar um futuro de fé às crianças pagãs, fundou, em parceria com João Batista Vives, um colégio para jovens sacerdotes que se espalhariam pelo mundo como missionários, pregando o catolicismo entre os infiéis e cuidando das vítimas das epidemias. Portanto João Leonardo foi o precursor do Colégio Urbano dos Missionários da Propaganda Fidei, ou Obra da Propaganda da Fé, fundado em 1627, em Roma, atuante até nossos dias, principalmente na esfera da Santa Sé. E também dos Missionários Exteriores de Paris, fundado em 1663. Influenciado pelo Concilio de Trento, ao lado de grandes religiosos da época, como os depois santos Filipe Neri, José Calazanz e Camilo de Lellis, João Leonardo travou uma grande luta pela reforma eclesiástica da Itália, o que o fez tornar-se, também, um dos grandes do seu tempo. Radicado em Roma, ele morreu no dia 8 de outubro de 1609. Seu corpo se encontra na cripta da igreja Santa Maria, em Campiteli. Beatificado em 1861, o papa Pio XI declarou santo João Leonardo em 1938, cuja festa litúrgica ocorre no dia de sua morte.

Eventos históricos:

* 1000 - Leif Ericson desembarca na Vinlândia (Grande Ilha Canadense), virando o primeiro Europeu conhecido a por o pé no Canadá. Seu pai, Erik O Vermelho, desembarcou na Groelândia em 982.
* 1514 - Casamento de Luís XII da França com Maria Tudor.
* 1582 - Devido à implantação do calendário gregoriano, este dia não existe neste ano na Itália, Polônia, Portugal e Espanha.
* 1604 - Supernova 1604, a mais recente supernova observada na Via Láctea.
* 1793 - Revolução Francesa: Lyon é retomada aos monárquicos por republicanos.
* 1799 - Naufrágio do HMS Lutine com a perda de 240 homens e uma carga avaliada em £1,200,000.
* 1944 - Segunda Guerra Mundial: Primeiro-ministro britânico Winston Churchill e o premiê da União Soviética Josef Stalin começam uma conferência de nove dias em Moscou para discutir o futuro da Europa.
* 1967 - Um dia depois de ser capturado, Che Guevara é executado.
* 1986 - O musical O Fantasma da Ópera, de Andrew Lloyd Webber, estréia no West End londrino.
* 1989 - Uma agência de notícias oficial da União Soviética relata a aterrissagem de um OVNI em Voronezh.
* 2006 - O Youtube (famoso site de hospedagem de vídeos) é comprado pelo Google, no valor de U$1,65 bilhões.

Nascimentos:

* 1261 - Rei Dinis de Portugal (m. 1325)
* 1835 - Camille Saint-Saëns, compositor, pianista e organista francês (m. 1921)
* 1853 - José do Patrocínio, jornalista, orador, poeta e romancista brasileiro (m. 1905)
* 1859 - Alfred Dreyfus, oficial francês, centro do caso Dreyfus (m. 1935)
* 1863 - Alexander Siloti, pianista e compositor russo (m. 1945)
* 1893 - Mário de Andrade, escritor e idealizador da Semana de Arte Moderna (m. 1945).
* 1900 - Ismael Nery, pintor brasileiro (m. 1934)
* 1911 - Joe Rosenthal, fotógrafo estado-unidense. (m. 2006)
* 1920 - Mario Giovanni Zandomeneghi, músico e acordeonista ítalo-brasileiro, mais conhecido como Mario Zan. (m. 2006)
* 1940 - John Lennon, músico britânico (m. 1980).
* 1944
o Peter Tosh, músico jamaicano (m. 1987).
* 1945 - Taiguara, cantor e compositor brasileiro (m. 1996).
* 1957 - Marcelo Crivella, cantor, líder religioso e político brasileiro.
* 1964 - Guillermo del Toro, ator e diretor mexicano.

Falecimentos:

* 1390 - Rei João I de Castela, de uma queda de cavalo (n. 1358)
* 1740 - D. Luís da Cunha, diplomata português (n. 1662)
* 1896 - Otto Lilienthal, conhecido como o alemão Rei da planação (n. 1848)
* 1934
o martírio dos Santos Mártires de Turón em Turón, Espanha
o Rei Alexandre da Iugoslávia (n. 1888)
o o ministro do exterior da França Louis Barthou (n. 1862)
* 1943
o Pieter Zeeman, físico neerlandês (n. 1865)
o Emílio Henrique Baumgart, engenheiro brasileiro de origem germânica (n. 1889)
* 1958 - Papa Pio XII, 261º papa (n. 1876)
* 1967
o André Maurois, escritor francês (n. 1885).
o Che Guevara, argentino, líder revolucionário (n. 1928)
* 1974 - Oskar Schindler, empresário alemão (n. 1908)
* 1985 - Emílio Garrastazu Médici, Presidente do Brasil (n. 1905)
* 1995 - Alec Douglas-Home, primeiro-ministro do Reino Unido (n. 1903)
* 1996 - Newton Faller, cientista da computação brasileiro(n. 1947)
* 1999 - João Cabral de Melo Neto, poeta e diplomata brasileiro (n. 1920)
* 2005 - Clóvis Bornay, museólogo e carnavalesco brasileiro (n. 1916)

Feriados e eventos cíclicos:

* Dia dos Santos Irmãos Mártires de Turón, mártires e santos
* Dia Mundial dos Correios
* Dia do Hangul (Coréia do Sul), celebra a invenção do Hangul, o alfabeto fonético coreano
* Roma antiga - Dia de Felicitas, deusa da felicidade e da boa sorte
* Dia do Pastor
* Dia do Atletismo
* Yom Kipur


HOJE NA HISTÓRIA

Em 1967, morria Che Guevara

Ernesto Guevara de la Serna nasceu em Rosário, importante cidade industrial argentina ao noroeste de Buenos Aires, numa família de classe média alta e antiperonista. Ernesto tinha dois anos quando sofreu o primeiro ataque de asma. Estudou grande parte do ensino fundamental com sua mãe em casa, onde havia uma biblioteca de cerca de três mil volumes com obras de Marx, Engels e Lenin, com os quais se familiarizou em sua adolescência. Por volta dos 12 ou 13 anos lia frequentemente. Sabe-se que leu Júlio Verne, Alexandre Dumas, Baudelaire, Neruda e Freud aos 15 anos. Os ataques de asma sofridos por Ernesto durante a infância foram muito violentos e em vista de o menino não melhorar, os médicos aconselharam uma mudança de ares. Em 1932, quando Ernesto tinha quatro anos, a família mudou-se para a região de Córdoba, no centro da Argentina, que na altura não era ainda a zona industrial que hoje é. Radicaram-se em Altagracía, uma pequena estância de veraneio, não muito longe da cidade de Córdoba. Viviam numa casa de estilo inglês, uma cottage chamada Villa Nidia. Foi titular do primeiro time de juniores do Velez Sarsfield.

Em 1944, os negócios da família de Che vão mal e Ernesto emprega-se como funcionário da Câmara de uma vila nos arredores de Córdoba para ajudar as finanças em casa, sem deixar, contudo, de estudar. Em 1946, terminou o liceu. Os Guevara mudaram-se para Buenos Aires e Ernesto ingressou na universidade, estudando medicina. Continuando a situação econômica a deteriorar-se, foram obrigados a vender com prejuízo a plantação de mate que tinham desenvolvido. Na capital, Ernesto empregou-se outra vez como funcionário municipal e mais tarde numa tipografia, continuando, não obstante, o curso de medicina. Houve um período durante o qual trabalhou como voluntário num instituto de pesquisas sexuais, então mantido pelo partido comunista. Nesse mesmo ano de 1946, foi chamado ao serviço militar, que, ironicamente, o recusou por inaptidão física.

Depois da Segunda Guerra Mundial, com a vitória dos aliados, a oposição a Juan Domingo Perón ganhou novo ânimo. Os estudantes constituíram a sua camada mais aguerrida. Guevara participou nessas lutas. Fez uma viagem, começada de moto e terminada a pé, pelas províncias argentinas de Tucumán, Mendoza, Salta, Jujuy e La Rioja, na qual percorreu diversos resorts Andinos. E em 1951, seis meses antes de se formar em Medicina, decide interromper o curso - para desespero de seu pai - e iniciar, com Alberto Granado, uma grande viagem pelo continente, de Buenos Aires a Caracas, na velha motocicleta do companheiro, uma Norton 500 cc, fabricada em 1939 e apelidada de La Poderosa II. Nessa viagem, Guevara começa a ver a América Latina como uma única entidade económica e cultural. Visita minas de cobre, povoações indígenas e leprosários, interagindo com a população, especialmente os mais humildes. De volta à Argentina em 1953 acaba os estudos de Medicina e passa a dedicar-se à política.

Em 1953, Guevara atuou como repórter fotográfico cobrindo os Jogos Pan-Americanos do México, por uma agência de notícias argentina. Ainda em julho de 1953, inicia sua segunda viagem pela América Latina. Nessa oportunidade visita Bolívia, Peru, Equador, Colômbia, Panamá, Costa Rica, El Salvador e Guatemala. Foi por causa da visão de tanta miséria e impotência e das lutas e sofrimentos que presenciou em suas viagens que o jovem médico Ernesto Guevara concluiu que a única maneira de acabar com todas as desigualdades sociais era promovendo mudanças na política administrativa mundial. Em sua passagem pela Guatemala, onde chegou em dezembro de 1953, Che presencia a luta do recém-eleito presidente Jacob Arbenz Guzmán, liderando um governo de cunho popular, na tentativa de realizar reformas de base, eliminar o latifúndio, diminuir as desigualdades sociais e um dos principais objetivos, garantir a mulher no mercado de trabalho.

O governo americano se opunha a Arbenz e, através da CIA, coordenou várias ações, incluindo o apoio a grupos paramilitares, contra o governo eleito da Guatemala, por não se alinhar à sua política para a América Latina. As experiências na Guatemala são importantes na construção de sua consciência política. Lá Che Guevara auto define-se um revolucionário e posiciona-se contra o imperialismo americano. Nesse meio tempo, Che conhece Hilda Gadea, com quem se casa e de cuja união nasce sua primeira filha, Hildita.

Em 1954, no México através de Ñico López, um amigo das lutas na Guatemala, ele conhece Raúl Castro que logo o apresentaria a seu irmão mais velho, Fidel Castro. Esse organiza e lidera o movimento guerrilheiro 26 de Julho, ou M26, em referência ao assalto ao Quartel Moncada, onde em 26 de julho de 1953, Fidel Castro liderou uma ação militar na qual tentava tomar a principal prisão de presos políticos em Santiago. Guevara faz parte dos 72 homens que partem para Cuba em 1956 com Fidel Castro e dos quais só 12 sobreviveriam. É durante esse ataque que Che, após ser duramente espancado pelos rebeldes, larga a maleta médica por uma caixa de munição de um companheiro abatido, um momento que tempos depois ele iria definir como o marco divisor na sua transição de doutor a revolucionário. Em seguida eles se instalam nas montanhas da Sierra Maestra de onde iniciam a luta contra o presidente cubano Fulgencio Batista, que era apoiado pelos Estados Unidos.

Os rebeldes lentamente se fortalecem, aumentando seu armamento e angariando apoio e o recrutamento de muitos camponeses, intelectuais e trabalhadores urbanos. Guevara toma a responsabilidade de médico revolucionário, mas, em pouco tempo, foi se tornando naturalmente líder e seguido pelos rebeldes. Após a vitória dos revolucionários em 1959, Batista exila-se em São Domingos e instaura-se um novo regime em Cuba, de orientação socialista. Mas teria sido a hostilidade dos Estados Unidos que levou ao seu alinhamento com a URSS. (“Eu tinha a maior vontade de entender-me com os Estados Unidos. Até fui lá, falei, expliquei nossos objetivos. (...) Mas os bombardeios, por aviões americanos, de nossas fazendas açucareiras, das nossas cidades; as ameaças de invasão por tropas mercenárias e a ameaça de sanções econômicas constituem agressões à nossa soberania nacional, ao nosso povo”.) (Fidel Castro, a Louis Wiznitzer, enviado especial do Globo a Havana, em entrevista publicada em 24 de março de 1960).

Fontes: Climatempo, Edições paulinas, 10emTudo, Wikipedia

Pensamentos do Dia - 09 de Outubro de 2009


"Quem comete uma injustiça é sempre mais infeliz que o injustiçado."

Platão

"O cão não ladra por valentia e sim por medo."

Provérbio chinês

"Não há graus de vaidade, apenas graus de habilidade em disfarçá-la."

Mark Twain

"Aquele que nunca viu a tristeza, nunca reconhecerá a alegria."
Khalil Gibran

"O que vale não é o quanto se vive...mas como se vive.."

Martin Luther King

Foto ilustrativa: Crato - Por: Pachelly jamacaru

Notícias do Crato para o Dia 09 de Outubro de 2009


CRATO EM NOTÍCIAS - Dia 09 de Outubro de 2009




Festival Cariri da Canção será aberto oficialmente neste sábado, no Centro Cultural do Araripe

Tudo praticamente pronto, com palco montado para os novos talentos da música, no Centro Cultural do Araripe, em Crato, que vai vivenciar a segunda edição do Festival Cariri da Canção, este ano com espaço destinado à categoria estudantil, abrindo o festival. A etapa nacional será a partir do dia 14, da próxima semana. O evento é uma promoção da Prefeitura Municipal do Crato, através da Secretaria da Cultura, Esporte e Juventude. Ano passado, o evento teve uma grande receptividade do público, além da participação do cantor e compositor, Paulinho Moska. A primeira etapa do evento conta com a participação de estudantes de Crato e Juazeiro do Norte que estarão concorrendo nesta categoria. A abertura oficial do Festival acontece às 18h30, do dia 10, no local de realização da festa. Foram selecionadas para concorrer a esta etapa 12 músicas. A seleção foi feita de forma criteriosa, por experientes artistas da região. A secretária de Cultura, Esporte e Juventude, Danielle Esmeraldo, destaca a importância de eventos dessa natureza, como forma de promover a arte local. Além disso, um espaço para o artista mostrar o seu talento.

Coordenação de Odontologia leva Amigos do Sorriso para crianças

Este mês, a coordenação de Odontologia, da Secretaria de Saúde do Crato, realiza uma programação especial voltada para as crianças do município em várias escolas. Algumas escolas receberem a presença de dentistas, enfermeiros e auxiliares, e muita brincadeira, para levar uma mensagem séria de prevenção da saúde bucal. Desde o dia 2, que as visitações da equipe vêm acontecendo com palestras, aplicação de flúor, distribuição de kits de saúde bucal e escovação. Hoje, dia 9, a equipe estará visitando o Colégio Diocesano e, no dia 30, atendendo a comunidade das Guaribas.

Secretaria de Ação Social promove diversão, cultura e Arte para as crianças

O Governo Municipal do Crato em parceria com a Secretaria de Ação Social, realiza hoje o encerramento das comemorações alusivas a Semana da Criança do projeto ABC. A partir das 9 horas, no Teatro Salviano Arrais Saraiva serão realizadas apresentações de capoeiristas, palhaços, desfiles de reis e rainhas, distribuições de brindes e lanches,para as crianças e adolescentes que fazem parte do projeto. A coordenação do projeto pede aos pais ou responsáveis que acompanhem os seus filhos ao respectivo local. Ainda em relação às comemorações, amanhã, sábado dia 10, os alunos que fazem parte do ProJovem Adolescente, que funciona na Escola Liceu Do Crato,sairão as 9 horas para um passeio no Serrano Atlético Clube, para um dia de lazer, acompanhados de Orientadores Sociais e Instrutores de Esporte e Cultura, estando e a coordenadora, Elza de Oliveira. O passeio tem retorno previsto para as 14 horas.

Agricultura do Crato convoca comunidades para resolver pendências no cadastro do Seguro Safra

A Secretaria de Agricultura, Pecuária de Recursos Hídricos do Crato solicita urgente o comparecimento dos representantes das Associações comunitárias e responsáveis pela inscrição dos agricultores no programa Garantia Safra 2009/2010, para resolver pendências nos cadastros das seguintes comunidades:

PONTA DA SERRA

LAGOA RASA – ADRIANA FERREIRA DOS SANTOS;

JUÁ – AGOSTINHO ANTONIO DE SOUSA;

SANTA ROSA

BARRO BRANCO – VICENCIA LEANDRO PINHEIRO;

BAIXIO DOS ROBERTOS E SEDE – ELIANE VIEIRA DE OLIVEIRA;

SÃO JOSE – JÉSSICA DA SILVA SANTOS;

MATA DO SEBASTIÃO – FRANCIDALVA ANDRADE SANTOS;

BELA VISTA

BAIXIO VERDE – LUCIMARA DOS SANTOS ARAUJO;

DOM QUINTINO

SEDE DO DISTRITO – MARIA CORREIA LIMA / MARYANE CAVALCANTE DE SOUSA;

MINEIRO – LUIZA PEREIRA DE BRITO GONÇALVES;

CAMPO ALEGRE

PASCOA – JOSE ANISIO BENTO;

GUARIBAS – CICERO LUCIANO FERREIRA;

BEBIDA NOVA – FRANCILENE DE SOUSA;

SEDE DO DISTRITO – MARCIO BELARMINO RODRIGUES;

SANTA FÉ

ARATICUM – ANA MARIA DA SILVA RODRIGUES;

URUCUM – ANTONIO MARCOS PEREIRA SALU;

BARREIRAS E AREIAS – JOSE FERREIRA GONÇALVES;

MONTE ALVERNE

TABOCAS – MARIA BENTO DA SILVA

BAIXIO DAS PALMEIRAS

SÃO VICENTE – ROSANGELA R. DOS SANTOS;

Fonte: Assessoria de Imprensa
Governo Municipal do Crato
Fone/Fax - (88) 3521.7069
Mais informações:

http://www.crato.ce.gov.br
http://www.prefeituramunicipaldocrato.blogspot.com

A Humanização via internet é tarefa árdua - Por: Luiz Domingos de Luna

Prezado Dihelson Mendonça, diante da polêmica causada pela postagem de meu artigo Estado Sem Cruz postado no meu querido blog do Crato e, como muitos amigos me cobravam a situação que teve uma conotação nacional, o que, para mim é motivo de alegria e satisfação, pois no meu entender, o Professor Robson Fernando apenas expôs a sua opinião, que considero bem fundamentada no Artigo: Estado melhor é Estado sem Cruz, no uso pleno da liberdade de expressão com a convicção do texto em si, o que de certa forma abalou os grandes pensadores da Igreja Romana, como é o caso do Dr. Luciano Henrique que partiu em defesa do mérito que escrevi, dando ao meu querido blog do Crato uma extensão nacional, de um tema que, pensava eu, regional, o que fiquei feliz e lisonjeado, primeiro: O Blog do Crato foi citado inúmeras vezes sobre o artigo Estado sem Cruz, o que é, para nós de Aurora motivo de alegria e contentamento, vez que o Crato sedia a nossa diocese, ao conhecimento do prelado, por parte deste artigo, a meu ver somente soma pontos para a primeira diocese implantada no interior do Ceará - Diocese de Crato.

Com relação à questão dos crucifixos, o Crato parte na frente, sendo inclusive ponte de debate na Revista eletrônica migalhas, jornal pertencente e de temas problematizados pelos maiores juristas do Brasil, e que, a leitura dos comentários sobre o artigo publicado no blog do Crato uma dimensão nacional, Outrossim, tenho que reconhecer que esta polêmica positiva, oportuna para o por vir de uma sociedade livre e emancipada, primeiro: de minha pessoa, Segundo: de você que fez a postagem brilhante com uma imagem e diagramação que envaidece a todos nós, terceiro ao Prof. Robson Fernando, que de forma corajosa expôs com retidão o posicionamento dele, aos comentaristas de migalhas e, por fim ao Dr. Luciano Henrique que deu uma dimensão nacional ao ponto polêmico nascido no blog do Crato, Estado sem Cruz de Luiz Domingos de Luna.

Creio que nesta tarefa árdua de humanização, para mim, o que menos importa é a negação, aceitação, aplauso ou vaia, creio que a internet clama pela unificação de uma nova era, falta muito para os ajustes, as águas já estão batendo, já estamos precisando estudar as espumas, lembro quando fui sondado sobre a grande polêmica acontecida algum tempo atrás sobre a questão dos "blogs de aluguel", a polêmica já estava tomando contornos de agressão, tamanha era a bagunça com relação aos blogueiros, escrevi um artigo específico para todos que me solicitaram a nível nacional, no final postei " “Primeiro: precisamos deixar as águas baterem somente depois estudaremos as espumas " creio que a internet, ainda está muito verde na questão dos debates, não a internet, em si, mas a mediano do espaço coletivo- Massa intelectual pensante - A distância do eu virtual ainda é muito próxima do eu real, Estudar as relações sociais via internet ainda é uma tarefa árdua, muitos ainda vêem o mundo com a objetiva do século XX, não é o seu caso, praza Deus o meu também, porém, ter o distanciamento necessário para a postagem da impassividade à exigência do mundo on line é algo que, dificilmente conseguiremos num pequeno espaço de tempo, sei que iremos conseguir, pois sei de sua tenacidade, garra, luta incansável, Acredito muito na seriedade e na serenidade do Dihelson Mendonça e creio que a sociedade on line logo, logo irá nortear o processo da epistemologia de forma espontânea, livre e pulverizada para o bem estar da coletividade humana.

Por: Luiz Domingos de Luna
Professor Da Escola de Ensino Fundamental e Médio Monsenhor Vicente Bezerra Aurora

Museu de Paleontologia - por Armando Lopes Rafael


Obteve ampla repercussão duas matérias, divulgadas em duas edições do jornal O POVO, tratando da atual situação do Museu de Paleontologia da URCA em Santana do Cariri que se encontra fechado – há mais de um ano – para reformas e ampliação.

Essas reportagens vieram se juntar a uma carta escrita pelo professor Gero Hillmer, um dos criadores do Geopark Araripe, membro do Instituto e Museu de Paleontologia da Universidade de Hamburgo, na Alemanha, um dos mais renomados paleontólogos europeus – além de consultor da UNESCO – que esteve em Santana do Cariri para visitar, mais uma vez, o Museu de Paleontologia.
O professor Gero Hillmer é conhecedor de que nenhuma outra instituição – em todo o mundo – detém um acervo tão rico e tão completo de fósseis do Período Cretáceo como o que é guardado pelo Museu de Paleontologia da URCA.
Mas o que ele viu o deixou chocado. Suas impressões ele as colocou numa carta ao Secretário da Ciência e Tecnologia, René Barreira e ao Secretário das Cidades, Joaquim Cartaxo, na qual, a certa altura, escreveu:

O que vi ali (no Museu de Paleontologia) foi uma experiência chocante. Todo aquele valioso patrimônio cultural do seu Estado não vem recebendo o devido cuidado durante as reformas que estão sendo feitas no prédio do museu. Sem qualquer cuidado encontram-se os fósseis e a pequena biblioteca (aí incluídos os livros adquiridos e doados à URCA pelo Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico, além de maquetes, etc. Tudo se encontra totalmente coberto por camadas de poeira, muitos até manchados... Além disso, Senhor Secretário, os Geotopes – integrantes do Geopark Araripe – por mim agora visitados estão, neste momento, em piores condições do que os encontrei na minha última visita, ocorrida em novembro de 2008”.

Como se observa, o descaso que vem sendo dado às peças do acervo do Museu de Paleontologia de Santana do Cariri, pertencente à URCA, exige urgentes providências por parte das autoridades estaduais sob o risco de a situação se tornar irreparável.
Meses atrás, o IPHAN–Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – Superintendência Regional do Ceará – iniciou estudos visando o tombamento do acervo do Museu de Paleontologia de Santana do Cariri, pertencente à Universidade Regional do Cariri–URCA. A iniciativa é plenamente justificada.

Avaliações feitas por especialistas e seguradoras estimaram que o valor do acervo do Museu de Paleontologia da URCA pode ultrapassar 30 milhões de dólares. O museu guarda, sob sua responsabilidade, um patrimônio – pertencente ao povo brasileiro – que é superior, e mais rico, do que alguns museus de referencia internacional, a exemplo do Museu Americano de História Natural de Nova York, para citar um único similar.
Texto e postagem: Armando Lopes Rafael

Cidade da cultura, papai noel, o velho do saco e outras lendas.


Há dois tipos comuns hoje em dia em nossa sociedade. É o jovem gênio e o outro o jovem ingênuo. Hoje falarei apenas do primeiro caso. O primeiro tipo filho bem nascido da (pretensa) alta sociedade do Cariri (ou de outros locais que o mandam para fazer sua genialidade cá junto de nós) tem todos os atributos do gênio mesmo. O que recebe o Nobel, o que ganha a Palma de Ouro em Cannes, ou menos, o que recebe medalha no colégio (que é o mais comum). Só que a genialidade no Cariri hoje em dia ela é fácil, ela é criada assim, como o parto em um conto surrealista com a necessidade urgente de tapar um buraco psicológico dos seus pais e até de si mesmo. O gênio do cariri nasce antes da obra. Ele é um primo-irmão do Macunaíma.

Para tanto, o mesmo tem que estar entre os grandes da medicina ou do direito. Sabemos que sempre tais profissões tiveram seu devido valor na sociedade ao longo dos séculos, principalmente no interior do Brasil, onde assolado pela ignorância, os tais médicos e “aDevogados” tomavam ares de salvadores da pátria ( e muitas vezes eram mesmo), uma simbiose de Maomé com faraó, representantes de Deus na terra. Até hoje, no meio das brenhas, becos, avenidas ou vielas nunca se ouviu falar no gênio sociólogo, antropólogo ou historiador por aqui. Eram todos, meros zumbis destinados ao ofício do professorado. É no meio desse contexto que imporá o jovem gênio tolo que hoje desbrava a sociedade do Cariri. Ele quem rege os hábitos, quem dita o que se come, o que se bebe, e quando se bebe, o que se escuta, o que se (não) lê.

Bem vestido, munido de uma garrafa de whiski, um carro e um som, alto o bastante para mostrar sua tendência asnática, com sua plena (falta de...) compostura, “chega chegando” como se diz por aí. Passa pelas ruas como um cometa, deixando um resto de notas sonoras confusas (sorte quando são confusas, pois se você perceber algo ali certamente será alguma palavra do tipo: rapariga, cabaré, cachaça ou algo que equivalha o nível do ouvinte dono do possante). A vida então se resume a nada mais do que isso. Esse é o auge do gênio. Aí você poderá perguntar: - O quê? Mas é só isso? Só isso e nada mais! O gênio do Cariri, certamente o futuro de nossa sociedade, os pais que guiarão seus filhos daqui a uns anos são compostos disso. Mas daí surge outra pergunta: - E como se pede ter chegado a tal nível? Não estudam? Não são pessoas “bem nascidas”? A resposta dessa vez é um pouco mais complexa. O estado de coisas está assim justamente pela sustentabilidade numa falsa educação. Um bojo de conhecimentos técnicos postos em prática para o puro e simples deleite (ou segurança) econômico(a). Não se pode dizer aqui que a juventude não seja esforçada. São certamente. Tem impulsos de ganhar a vida, o mundo, e para isso estudam e muito. Mas, o que estudam?

O que se vê é uma massa de jovens onde noventa por cento não pensa em outra coisa a não ser um emprego. Em casa, a educação se baseia nisso. Em “estudar para ser gente”, e é do próprio berço que o caririense sabe que não passa de um animal abjeto. Um pote de moedas é sua educação. Quem junta mais é mais educado. Nisso, sua cultura está em se travestir de uma pretensa elite, copiando trejeitos dos mais banais, superficiais, ridículos e tolos(que souber dizer: bom dia, boa tarde e boa noite é educado). O vestir é uma segunda essência. Está acima de (quase) tudo. O charme baseado em sei lá o quê é sustentado psicologicamente como numa tragicomédia de extremo mau gosto. Isso pode ser visto em ambos os gêneros. Há o charme do vestir, do whisky falso, do carro, do som do carro, dos rodões do carro (aliás, tudo que gravita em torno do carro vale como parte essencial do seu âmago). Há aqui que se falar que o carro, objeto que aqui toma ares de oferenda dos Deuses. No nosso Cariri o carro diz muito não só sobre seu presente, mas, sobretudo sobre seu futuro (sexual), sua respeitabilidade. Por meio dele há uma valsa estranha onde homens regem a dança e boa parte das moças “bem nascidas”, avaliando mui bem o vestir, o beber, o carro...assim são escolhido seus pares.

As jovens (“bem nascidas”) tolas de Paris do século XVII e XVIII eram tolas que tocavam piano, liam romances, sabiam diferenciar um bom vinho, conheciam boa parte da história da arte, freqüentavam teatros etc. Vê o quanto avançamos! As nossas bem nascidas, com os mesmos trejeitos esnobes chegaram quase lá, recitam versos ilustres: Dinheiro na mão calcinha no chão, forró do Chico rola, quem vai comer a minha piriquita, aos largos goles do bom e falso whiski, com o varão ao lado, de copo na mão, como se tivesse ganho o Nobel e exibisse ao público. Hão de falar que o contexto é outro, e é claro que é! Não é por falta de esforço que chegamos a tal ponto. Tem que se querer descer ao inferno, e por ele ainda tirar uma onda com Dante: - Êeee carcamano! Tá com nada! Nós vamos mais fundo que vocês! E o pior é que vamos mesmo.

Culturalmente estamos num pântano sem a menor perspectiva de sairmos dele. Tem que veja o Crato como cidade da cultura dado ao notável número de artistas de boa qualidade que temos aqui e isso é algo que não podemos negar, porém, culturalmente sua arte não é percebida, ficando fechada a um pequeno ciclo que a percebe, e outro que faz de conta perceber. A verdadeira arte aqui não estabelece sua função social que era formar um ser humano melhor, desenvolvendo-o em sua percepção estética e filosófica (totalmente utópico na cidade da cultura).

A educação aqui, reflexo escravo do que se é tido como modelo de educação dos grandes centros, passa por essa prova. Não é capaz de formar cidadão algum, e é direcionada apenas para um futuro empregatício. É desumanizar demasiadamente o que se foi construído através de séculos de esforço na cultura ocidental achando que o único fim do aprimoramento humano através de seus estudos seja ter um emprego como finalidade. São com esses intuitos, desprezando o que seja a pintura, suas possibilidades de introspecção, de autoconhecimento, é rejeitando a música como arte nobre, capaz de formar um ser humano melhor, é fazendo troça do teatro, da filosofia e de tudo que possa trazer qualquer tipo de introspecção. É assim que vamos. E o pior, há quem pague (e não são poucos) por essa educação. A cultura de uma sociedade é algo que bem mais complexo do que apenas a existência da economia e do comércio. Aqui, é só o que existe. Uma cultura manca, mas muito bem vestida e galopante a passos largos em direção ao fosso. Há que diga que em alguma parte do que escrevi acima haja algum preconceito, algum recalque nas entrelinhas, mas resta a cada um o direito de ver o que quer de acordo com suas (im)possibilidades. Paciência.

Por: Antonio Sávio

Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30