xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 24/09/2009 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Em breve, estaremos de volta com as novas transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, alguns programas ao vivo ). O modelo será mais ou menos como no vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos em que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

24 setembro 2009

Triste Ocaso - Por José Nilton Mariano Saraiva

Aliando simplicidade e traços de nobreza, ao nascer ela já conseguira o que parecia impensável: a unanimidade sobre sua beleza e suas formas perfeitas, sobre suas graciosas curvas e sua postura real, que findaram responsáveis por sua caracterização como uma “gracinha”, autêntica “jóia”, detentora de um charme indescritível, um verdadeiro presente dos deuses.
Embevecidos e orgulhosos, os cratenses sentíamos imensa satisfação em mostrá-la aos que aqui aportavam, em visitá-la periodicamente ou, simplesmente, em transitar à sua frente ou arredores, admirando-a e inflando o nosso ego com o que as pessoas dela comentavam; e, se distantes nos encontrávamos do torrão natal por algum motivo, não cansávamos de citá-la em conversas informais, ou mesmo recomendá-la aos que pretendiam visitar a cidade do Crato. E assim sua fama cresceu, atravessou fronteiras, espraiou-se rincões afora. O astral era tamanho e a curiosidade tanta, que todos nutriam o desejo interior de algum dia conhecê-la, mesmo que por um fugidio e único momento, para simplesmente comprovar tudo o que dela diziam. E, vindo e vendo-a, saiam satisfeitos, radiantes, solidários, a difundi-la por outras plagas. Era, realmente, de uma beleza ímpar, diferente, avançada para os padrões da época.
Com o passar do tempo, entretanto, obedecendo à inexorabilidade do ciclo normal da natureza, naturalmente a jovem cresceu, adolesceu, virou adulta, transmutou-se e viu processar-se o arrefecimento de ânimo, o rareamento das manifestações de simpatia; a chegada da rotina, enfim, acabou com o seu encanto e tornou-a “normal”; além do que, por falta de carinho, cuidados e incentivos, seu aspecto físico compreensivelmente decaiu a olhos vistos, enquanto outras beldades, turbinadas por energéticos e vitaminas que a ela passaram a ser negadas, apareceram ao longo do caminho, tomando-lhe o lugar e adeptos, deixando-a no ostracismo e na saudade.
Os que deveriam zelar e dela cuidar, simplesmente a abandonaram criminosamente, deixando-a por muito tempo ao relento, exposta ao sol, chuvas e trovoadas, enquanto seu habitat natural foi indiscriminadamente invadido e ocupado por companhias nada recomendáveis, sufocando-a sem dó nem piedade.
Hoje, com pouco mais de 40 anos de vida, sua imagem é de dá pena e dó: isolada, acanhada, decadente, sitiada, decrépita, evitada pelos antigos admiradores e também pelas novas gerações, abandonada pelo poder público, ela é o retrato mais que preciso, emblemático e pujante daquilo em que transformaram o Crato ao longo desses 40 anos: uma cidade semifantasma, sem perspectivas, sem futuro, sem nada, a reboque de migalhas governamentais.
Quem te viu e quem te vê, Rodoviária do Crato !!!

Autoria e postagem: José Nilton Mariano Saraiva



Bancários caririenses estão em greve

Em Assembléia Geral Extraordinária, realizada na noite de ontem, 23, os bancários do Cariri decidiram paralisar suas atividades profissionais com o objetivo de forçar os banqueiros a atenderem as reivindicações da categoria. Igual decisão foi tomada pela esmagadora maioria dos bancários dos 25 estados brasileiros e do Distrito Federal. No Cariri, a paralisação, no seu primeiro dia, atingiu todas as agências dos bancos oficiais.

As negociações envolvendo o Comando Nacional dos Bancários e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) estão em ponto morto. Os bancários pedem aumento real de 10% e os banqueiros só ofereceram 4,5%, o que não dá nem pra repor as perdas salariais acumuladas no último ano. Além do mais, os bancos querem reduzir a participação nos lucros e diminuir o auxílio-creche. Sem nenhuma outra opção, a categoria bancária decidiu pela greve por tempo indeterminado.

Hoje à noite, haverá uma nova assembléia para avaliar o primeiro dia de paralisação e planejar estratégias de mobilização.

Quadro de René Magritte é roubado de museu em Bruxelas

Um quadro do pintor surrealista belga René Magritte, intitulado "Olympia", cujo valor é estimado em três milhões de euros, foi roubado na manhã desta quinta-feira de um museu de Bruxelas, pouco depois de sua abertura, informou à France Presse o curador. A tela, um nu datado de 1948, foi levada por duas pessoas não identificadas. Uma delas estava armada, segundo André Garitte, curador do museu René Magritte. "Dois indivíduos --um deles de feições asiáticas; um falava inglês e o outro falava francês-- entraram no museu pouco depois da abertura, um deles armado com uma pistola", indicou Garitte. "Os dois homens, que agiram com os rostos descobertos, obrigaram dois dos três funcionários a deitar no chão e um dos ladrões escalou a parede de vidro de um metro e meio que separa o quadro do público para levá-lo", relatou. Ninguém ficou ferido. Os ladrões fugiram a pé com o quadro, que tem 60 por 80 centímetros, e depois entraram em um veículo, disse à France Presse um porta-voz da polícia.
Fonte Folha Online

AOS MAIS OU MENOS PRECONCEITUOSOS

Felicito Carlos Rafael pela postagem - Coisas que todos querem saber, mas tem vergonha de perguntar - Sua idéia é genial, pois nos estimula a pesquisar, a pensar. Infelizmente na sua primeira indagação, depareime com colocações no mínimo infelizes e arraigadas de preconceitos, fiquei triste pois as colocações preconceituosas vieram de pessoas que jamais pensei que pensassem assim. Temos que nos livrarmos de ódios pessoais ou partidários e respeitarmos a trajetória de lideres por mais impossível que isso possa ser.
Luis Inácio Lula da Silva, acima de tudo é um cidadão, um brasileiro sofrido que conseguiu se projetar em cima de sua luta. A dignidade das pessoas não está marcada por ter este ou aquele grau de conhecimento escolar. Alegar que o Lula é analfabeto, no mínimo é ser PRECONCEITUOSO(A). Lula é aquilo que é por méritos próprios, não se pode crêr que o nivel escolar seja sobrepujado pelas experiências da vida, até porque o conhecimento escolar não nos faz mais ou menos importantes. A maior parte dos brasileiros, com formações superiores em níveis de Mestrado e Doutorado, não possuem minimamente o conhecimento que Lula tem da vida, da miséria, da fome, do Brasil, das lutas sindicais, etc... Portanto querer medir conhecimento somente com títulos acadêmicos é ser preconceituoso(A) e racista. Acreditar que quem não possui formação escolar é superior a este ou aquele com formação é tentar separar as classes, de forma preconceituosa. Lula é o que é por que é. Brasileiro acima de tudo, preparado para dirigir o País, que está saindo de um atoleiro, não por culpa da formação cultural do FHC, mas sim pelas alianças que o Mesmo firmou com o capital estrangeiro.
E o PRECONCEITO é alimentado de quem você menos espera!
Saudações Geográficas!
João Ludgero

Redes de pesca são incineradas em Iguatu

Fiscais do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) queimaram, ontem, pela manhã, em fornos de uma cerâmica, nesta cidade, 72.500 metros de rede de pesca. Essa foi a maior quantidade de galões já apreendida no Interior durante o período de defeso da pesca em água doce, em 16 açudes públicos do Estado.A incineração foi acompanhada pelo chefe da fiscalização do órgão, Rolfran Castro Cacho, que destacou o esforço dos fiscais. "É um fato inédito essa quantidade de galões apreendida", observou. "Isso revela que infelizmente muitos pescadores insistem em desrespeitar a lei, por falta de conscientização". Nesse caso, cabe ao trabalho dos fiscais do Ibama manter a ordem para a pesca.
Fonte Lindomar Rodrigues

Alfinetada - por Pedro Esmeraldo



Olhe nós aqui novamente, dando alfinetadas em alguns políticos acomodados e conformados. Não podemos aceitar esse tipo de comportamento compassivo e referente ao desenvolvimento desta cidade.
Cremos que o Crato cresce, mas de maneira lenta e desordenada. Ao nosso ver, não temos um crescimento acelerado. Não pensamos em trazer infra-estrutura urbana e rural. A cidade atualmente está parada, não há movimentação para aumentar os níveis de emprego. Tudo anda na estaca zero, sem estabelecer um crescimento econômico equilibrado. Isso é de estarrecer.
A agricultura está quase parada, ou melhor, está realmente parada. Não se concebe como em pleno século XXI, não procuramos estabelecer regras para desenvolver estruturalmente uma agricultura moderna, acompanhando o desenvolvimento com equilíbrio, sem deixar cair numa quebra desairosa de produção agrícola.
Não possuímos estradas que satisfaçam ao desenvolvimento. Atualmente, essas péssimas estradas carroçáveis são “raspadas” apenas no mês de setembro, pois as máquinas além de serem insuficientes para o trabalho, são alugadas a terceiros, havendo muito dispêndio que prejudica o bom andamento do progresso agrícola. Por isso pedimos que os nossos gestores façam força para adquirirem máquinas modernas a serem utilizadas nos trabalhos da prefeitura. Há muito tempo sofremos esse descaso, já que impede a expansão agrícola e nos deixa decadentes diante dessas dificuldades.
Crato precisa de renovação do seu quadro político, infelizmente, os nossos políticos não se atualizam, nem deixam sucessores para assumirem o comando administrativo desta cidade.
Precisamos de jovens que sejam competentes, que possuam graduação de educação superior a fim de organizarem planejamentos que venham avançar o desenvolvimento desta cidade.
Termos um jovem, graduado, empresário que poderia exercer a contento o comando político desta cidade: trata-se do senhor Justo Júnior, trabalhador competente, que ao nosso ver seria uma boa escolha para se candidatar a cargo do poder executivo. Cremos que esse senhor será bem aceito, basta ter coragem e disposição para competir com outras pessoas menos aperfeiçoadas nessa área. Esse senhor será bem acolhido com toda certeza, e que satisfará aos anseios da população.
Além disso, há outros jovens que merecem ser contemplados dentro do quadro político da cidade. São jovens capacitados que com toda certeza desempenharão muito bem os trabalhos políticos de nossa terra. São eles: André Barreto Esmeraldo, ex-vereador, pessoa honesta e que tem amor à terra; Raimundo Bezerra Filho, que teve por pai o grande líder cratense, Dr. Raimundo Bezerra; Adriano Parente, que mostrou arrojo e trabalho honesto na direção do seu hospital. Ainda há outros que deixamos de citar nomes por exigüidade de espaço.
Também não devemos esquecer o advogado Pedro Felício Cavalcanti, neto do professor e ex-prefeito do Crato, Pedro Felício Cavalcanti, homem de grande moral inabalada, poderá ser seu seguidor na esfera política.
Já está na hora de mudar esse quadro político acomodado e inoperante.
Um dia, um senhor de idade nos informou que o mal do Crato são os políticos não comparecerem aos eventos sociais, pois afastam-se desses eventos enviando representantes que não tomam contato com a presença do povo. Por isso somos esquecidos pela falta de compreensão mútua.
Com toda certeza esperamos que venham pessoas mais sociáveis que correspondam aos anseios do povo.


Texto de Pedro Esmeraldo

CORDEL FALA DA REFORMA DA LÍNGUA PORTUGUESA

A literatura de cordel é uma das ferramentas de linguagem que mais se identifica com a nossa história. No cordel, os poetas cantam e criam os saberes e fazeres de seu povo, através de versos que facilitam e deixam mais prazerosa a assimilação da linguagem. Com a chegada do novo acordo ortográfico dois cordelistas juazeirenses resolveram fazer um cordel explicando de forma simples as mudanças na Língua Portuguesa. O resultado é o lançamento de uma caixinha com 5 cordéis falando todas as mudanças da nossa língua. O trabalho está sendo distribuído nas escolas de Juazeiro e tem tudo para ser uma referência. Kinko Pellegrine escreveu os versos e Nonato Fred produziu. Para os idealizadores o projeto pretende facilitar a todos os estudantes caririenses de forma lúdica e didática uma melhor assimilação do novo acordo da nossa língua mãe portuguesa.
Fonte Tarso Araújo

Ciro não irá mudar domicílio eleitoral.

Um dia depois de o deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE) aparecer como destaque da pesquisa CNI/Ibope relativa à corrida ao Palácio do Planalto, o presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, disse que "provavelmente" o deputado não transferirá o domicílio eleitoral do Ceará para São Paulo.Lula havia pedido a Ciro a transferência como forma de tê-lo como opção a candidato de sua base de apoio ao governo de São Paulo. Ciro vem repetindo que sua vontade é ser candidato à Presidência da República, mas delegou ao partido, em suas palavras, a decisão sobre a transferência ou não do título, o que deve ser anunciado até a semana que vem."Temos até segunda para ver isso. Provavelmente não [irá mudar o domicílio]", disse ontem Campos, que também é governador de Pernambuco, após participar de seminário em Brasília sobre o pré-sal."Ainda vou conversar de forma definitiva com ele [Ciro], as consultas aos dirigentes do partido prosseguem, mas posso dizer que já foram bem mais fortes as pressões para que ele fosse para São Paulo", completou.Na pesquisa CNI/Ibope, Ciro subiu em todos os cenários e, no mais provável hoje, tem 17%, contra 15% da ministra Dilma Rousseff (PT), candidata do presidente Lula (a margem de erro é de dois pontos percentuais). O tucano José Serra segue na liderança, com 35%."O presidente Lula havia manifestado ao partido a intenção de unir toda a sua base de apoio em torno de apenas uma candidatura, mas nós ponderamos que seria melhor um cenário com mais de uma candidatura no campo governista", afirmou Campos, se referindo a conversa reservada de Lula com a direção do PSB, há alguns meses."Com a pesquisa, nossa tese só fez se fortalecer. O líder do processo sucessório do presidente Lula é o presidente, e em março vamos reavaliar e decidir. Mas o Ciro está posto." Recentemente foi ao ar o programa nacional do PSB, que trouxe Ciro como estrela. A Folha não conseguiu falar na noite de ontem com o deputado.Segundo Campos, uma consulta aos dirigentes do partido revelou que há mais pedidos para que ele troque do que o contrário, mas que estaria pesando a opinião do próprio Ciro, que prefere a Presidência.O certo é que a direção do partido em São Paulo, principalmente o deputado federal Márcio França, deve intensificar nos próximos dias a pressão para que ele mude o domicílio.Um dos pré-candidatos do PSDB a presidente, o governador de Minas Gerais, Aécio Neves, reclamou que as pesquisas de intenção de votos não levam em consideração um "fator básico: o nível de conhecimento dos candidatos".Aécio vê o campo da oposição em situação melhor do que o campo do governo. Ele também disse que a eleição com Ciro na disputa lhe "parece mais natural", não havendo apenas um candidato situacionista."
Fonte Eliomar

Cuca Cariri realiza encontro no Centro Cultural do BNB

O Centro/Circuito Universitário de Cultura e Arte - CUCA da UNE no Cariri realizará na próxima quarta-feira, dia 30, a partir das 15 horas, no auditório do Centro Cultural do Banco do Nordeste em Juazeiro do Norte, o ENCUCA Encontro do CUCA. O evento visa apresentar a trajetória da organização a nível nacional através de mostra de audiovisual dos vídeos produzidos pela TV CUCA, além discutir e criar uma rede de contatos com artistas, produtores e artistas para pensar ações nas universidades e faculdades da região.

O Encontro será aberto para estudantes, pesquisadores, artistas, brincantes e produtores culturais. Para o coordenador do Cuca Cariri, o músico Jean Alex, o evento é importante momento para ampliar a atuação da entidade na região que luta pela conquista de um espaço pra funcionar como ponto de apoio. O Cuca aguarda uma resposta da Universidade Regional do Cariri, tendo em vista, que a instituição foi indicada para sediar o Centro na Região. Jean Alex enfatiza que o CUCA espera contar com a participação de artistas e estudantes das várias universidades e faculdades do Cariri.

Ele comenta que o CUCA funciona como uma rede aberta para colaboradores que tenham interesse em contribuir com a discussão e atividades sobre arte e cultura dentro e fora das instituições de ensino superior.

Serviço:
CUCA Cariri
http://www.cucacariri.blogpost.com/

Revista Newsweek coloca Lula como o político mais popular da Terra !


“Reportagem do site da revista Newsweek chama o presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, de “o político mais popular do planeta” e diz que o petista é a estrela da Assembleia Geral da ONU, que ocorre em Nova York. Segundo a reportagem, o político fez um trabalho “espetacular” no Brasil, mas questiona: “pode Lula resistir à tentação de jogá-lo (o trabalho) fora?”. O título da reportagem se refere à fala de Obama durante encontro do G20 em Londres em abril, quando o americano disse: “esse é o cara. O político mais popular do planeta”.

A revista destaca a infância pobre do presidente e sua ida até São Paulo por uma vida melhor. Na Assembleia Geral da ONU, as câmeras focam o presidente americano, Barack Obama, ou o iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, mas a grande estrela vai ser um “ex-operador de torno barbudo: Luiz Inácio Lula da Silva” e sua aprovação de mais de 70%, diz a publicação.Segundo a reportagem, o Brasil resistiu à crise econômica como nenhuma outra nação. “As pessoas duvidavam quando eu disse que íamos ser os últimos a entrar na crise e os primeiros a sair”, diz Lula em entrevista à Newsweek.

A revista afirma também que, apesar das conquistas econômicas, a grande habilidade de Lula é vender reformas para a população pobre, que acaba por olhar o presidente como um “salvador”. Contudo, segundo a reportagem, ao contrário de outros líderes populares da América Latina, Lula faz tudo “dentro das regras”.

Fonte: G1

Clarice e a literatura das origens

A melhor a mais completa biografia de Clarice Lispector acaba de ser lançada… nos Estados Unidos. É Why This World: A Biography of Clarice Lispector, de Benjamin Moser (Oxford University Press, 480 pgs. US$29,95). Colaborador de The New York Review of Books, Harper’s e Conde Nast Traveler, Moser, 32 anos, americano radicado na Holanda, se apaixonou pela obra de Clarice num curso de português na Universidade de Brown e começou sua pesquisa quando participou de um programa de intercâmbio na PUC do Rio. Seguiram-se cinco anos de entrevistas e viagens - à Ucrânia natal da escritora, inclusive. O livro será lançado no Brasil em novembro pela Cosac & Naify.A Ucrânia dos pogroms pós-revolução bolchevique é cenário de uma das passagens mais fortes do livro, sobre um dado biográfico que até hoje permanecia confidencial: Moser afirma que, em 1919, Mania Lispector, mãe da escritora, foi estuprada por soldados russos e contraiu sífilis. Pouco mais tarde, engravidou do marido e teve sua terceira filha, Chaya ("vida", em hebraico): no Brasil, aonde a família chegou fugindo da perseguição aos judeus, Chaya virou Clarice.Num mundo pré-penicilina, acreditava-se que a gravidez purificava o corpo da mulher com sífilis. Mas, quando desembarcou em Maceió, em 1922, Mania já exibia complicações neurológicas da doença que iria matá-la oito anos depois no Recife, onde a família se estabeleceu. Segundo Moser, Clarice foi gerada para curar a mãe, segundo uma crença da região nativa da família. Como fracassou, ela se culpava. Sua decisão de se tornar escritora teria relação direta com o impulso de decifrar a morte incompreensível da mãe, com o desejo de mudar o mundo pela palavra. O biógrafo, aliás, identifica referências ao episódio em livros como A via-crucis do corpo (1974) e em outros textos que lidam com o tema da maternidade com altas doses de erotismo e violência. Numa crônica de 1968, Clarice escreveu: "Sei que meus pais me perdoaram por eu ter nascido em vão e tê-los traído na grande esperança. Mas eu, eu não me perdôo".Moser também explora o lado místico de Clarice, que frequentava cartomantes e era vista como excêntrica, quando na verdade era uma estudiosa da Cabala e seguia uma tradição milenar de seus ancestrais. A raiva de Deus, também tipicamente judaica segundo Moser, é outro sentimento na origem da obra literária de Clarice, que "buscava o divino numa barata, num pedaço de vidro".A questão da identidade e do "pertencimento" de Clarice também é explorada em profundidade pelo biógrafo. Marcada já na origem pela experiência do exílio, a escritora se irritava quando questionam sua "brasilidade", e ao mesmo tempo precisava lidar com formas camufladas e explícitas de anti-semitismo – ela teria sido demitida do Jornal do Brasil por ser judia, poucos anos antes de sua morte. Estrangeira por nascimento e por temperamento, ela não se sentia pertencendo inteiramente ao país de adoção. Paradoxalmente, a estranheza/estrangeiridade de sua prosa – patente já no romance de estréia, Perto do coração selvagem (1943), lançado aos 23 anos - é justamente a maior contribuição de Clarice à literatura brasileira do século 20.
Fonte G1

Comportamento - "Selinho" vira moda - Daniela Mercury beija Alline Rosa na Boca. O que você Acha ?



Fonte: Youtube

A real face do ser humano.


Todo dia ao me sentar diante do computador e começar a "garimpar" matérias aqui para o Blog entro em um crise existêncial, pois quase 60% das matérias que encontro são sobre violência contra pessoas , contra animais e contra a natureza, e me pergunto até onde o mundo irá chegar com pessoas que pensam ter o poder de matar, espancar ou maltratar outro ser?Até quando vamos assistir calados?Será que esse é o mundo que queremos para nossos filhos?Esta aqui um exemplo do que falo:

Gata é encontrada enrolada em fita adesiva em praça na Filadélfia
Entidade investiga quem teria feito crueldade com animal. Recompensa por informações chega a R$ 1,8 milUma gata foi encontrada na tarde desta terça-feira (22) enrolada em fita adesiva, das patas ao pescoço, em uma praça na Filadélfia, nos Estados Unidos.Levado à sociedade protetora dos animais do estado da Pensilvânia, o animal teve a fita retirada do pelo e passa bem. Agora, a entidade tenta descobrir quem teria feito a crueldade com o bicho.Panfletos foram distribuídos na região onde a gata foi encontrada, e uma recompensa de US$ 1 mil (cerca de R$ 1,8 mil) foi oferecida a quem tiver informações sobre o caso.Em entrevista ao canal de televisão "Fox", George Bengal, da sociedade protetora dos animais, disse estar chocado com o episódio. "Eu não consigo imaginar alguém fazendo isso com a gata. E ela é uma gata muito dócil", declarou. O bicho foi colocado para adoção.
Quem faz isso com um animal faz tranquilamente com um ser humano, seja nos EUA ou seja no Brasil essa é uma prática comum, aqui mesmo temos a maldita vaquejada. Então reflita o que você pode fazer pelo mundo sentado em sua cadeira?
Fonte G1

CARIRI - Monoarborização: Espécies exóticas e bioinvasão sob o terrível domínio dos Lacerdinhas - Por: José Cícero - Aurora - CE

Fotos: Insetos Lacedinhas, JC e plantas infestadas.

Uma consideração à guisa de artigo, como Alerta sobre o princípio de invasão biológica e ataque de Lacedinhas às espécies que compõem a monoarborização da cidade de Aurora e outras localidades da região.

Bioinvasão! O termo de tão estranho e inusitado mais parece um palavrão. Mais um dos tantos neologismos que a cada dia parecem povoar todo o universo vocabular pós-moderno. Mas, seguramente esta é a melhor das terminologias já inventadas no sentido de plasmar com todas as letras o que de fato está a ocorrer em algumas das cidades que optaram pela monoarborização. E de quebra pela utilização de espécies “alienígenas”, exóticas, estranhas ao bioma nordestino. Uma verdadeira invasão biológica a se espalhar pelo país inteiro como uma praga, no mais das vezes, patrocinada pelo dinheiro público. Trata-se de uma prática altamente danosa ao meio ambiente e por consequência, à sustentabilidade de espécies nativas e do próprio bioma sertanejo. Além de utilizarem espécies invasoras como o Ficus e o Nim indiano, ambos originários do continente Asiático, alguns municípios fazendo uso de recursos públicos continuam com esta prática extremamente contrária ao bom e necessário equilíbrio biológico do Cariri. São plantas com um poder de propagação extremamente rápida, assim como de adaptabilidade, tanto ao clima quanto ao solo das mais diferentes regiões do Brasil, em especial do Nordeste. Esta alta adaptação, somada ao um curtíssimo ciclo de crescimento tem levado a população a preferir tais espécimens em desfavor de outras próprias do habitat regional. Muitos dos quais já em estágio elevado de destruição e/ou correndo sérios riscos de extinção. Tudo isso, sob os beneplácitos do poder público. Espécies tradicionais e edêmicas do sertão como a velha Algaroba, Juazeiro, Sabiá, Oiti, Castanhola, Ipê, Jatobar, Aroeira, Camaru, Violeta, Pau d’arco, entre outras consideradas nativas da caatinga sertenejas já começam a desaparecer do nosso dia a dia, esquecidas que estão pela geração atual. Sem dá a devida atenção para o perigo que representa a propagação de espécies estanhas; hoje diversas cidades que optaram pelas plantas exóticas já estão começando a colher os primeiros frutos, ou seja, os primeiros sinais do equívoco ecológico que empreenderam contra si mesmos. Daqui a pouco começarão a pagar um alto preço por esta opção desastrosa de priorizar plantas estranhas em detrimento daquelas comuns às nossas matas. A arborização empreeendida por uma única espécie e ainda por cima, exótica, representa uma prática absurda e totalmente contrária à natureza. A ordem natural através da qual a mãe natureza sempre renova e se recompõe. Assim, podemos afirmar sem medo de errar que toda e qualquer forma de monocultura é uma agressão das mais perigosas à biodiversidade, principalmente porque seus resultados se voltarão contra todos nós. A biodiversidade planetária não suportará mais esta intervenção antrópica e irracional.

Malefícios gerados pela utilização de espécies exóticas:

Dentre os malefícios ocasionados por está prática verde equivocada podemos citar: o próprio desequilíbrio dos ecossitemas naturais, a partir da quebra dos antigos habitats naturais de diversas espécies animais que dependem exclusivamente destes vegetais para viverem e se reproduzirem. A monoarborização favorece a invasão e, portanto, a prevalência de uma espécie única e sem concorrência natural sobre as demais. De modo que, compromete sensivelmente os ecossistemas regionais, bem como as cadeias alimentares de insetos polinizadores, aves entre outros animais, gerando desequilíbrios... Compromete a polinização por pássaros e por sua vez coloca em risco a perpetuação natural de fauna e flora, o que termina por comprometer num futuro próximo a própria sobrevivência das pessoas. A não variabilidade da flora destrói significativamente parte importante da nossa fauna, o que por sua vez, favorece a propagação de pragas e verdadeiras epidemias de doenças provocadas por fungos, protozários e outros agente patogênicos miscrocópicos que atacam vegetais, animais assim como o próprio homem. O processo de evapotranspiração também ficará prejudicado o que ajuda a diminuir a umidade relativa do ar e, por via de consequência, contribui para a elevação da temperatura. Os chamados microclimas formados pelos aglomerados de plantas diversas também será afetado.

A infestação do Lacerdinha à arborização aurorense:

Aqui mesmo em Aurora, por conta da presença exagerada de espécies estranhas,(plantadas pela Prefeitura na gestão passada) tais como: o Nim Indiano e o ficus da Bolívia, já é possível observar alguns problemas importantes. A começar pela ausência de animais e aves se abrigando nestas árvores. O crescimento descontrolado de tais vegetais, visto que não possuem predadores naturais à guisa de concorrência, estas plantas começam a povoar todos os ambientes urbanos da maioria das cidades interioranas. Agravado pela ausência de barreiras naturais os Ficus que pululam a cidade de Aurora por exemplo já começam a evidenciar os primeiros sintomas de um ataque mortal. Provocado por uma praga das mais difíceis de combater. Trata-se de uma verdadeira epidemia de Lacerdinha que se abateu por mais de 90% das árvores que se espalham pelas ruas da cidade.

A plantas atacadas começam a amarelar perdendo suas principais característica, que é o verde escuro das folhagens e o crescimento rápido. A cúpula de tais plantas começam a apresentar agora um visual meio que amarelado(quando não seco) como muitas folhas erolando para dentro, se transformando num espaço ideal para que o inseto Lacerdinha possa colocar seus ovos se multiplicando numa velocidade estonteante. Parasitando a seiva elaborada das plantas os lacerdinhas conseguem se reproduzir rapidamente em dezenas e dezebas de milhares, fazendo assim uma ataque sintemático e em cadeia. Alimentado-se portanto da seiva orgãnica da plantas hospedeiras estes insetos também exótico, acabam complemedento a saúde natural de espécies vegetais autoctones levando-os à morte.

O ataque às àrvores aurorenses só está começando... No entanto, devido a deficuldade de combate, tal infestação poderá ser fatal, caso nada seja feito em regime de urgência. O fechamento das folhas das plantas atacadas, além de favorecer o habitat para os insetos parasitas, difuculta por seu turno, o uso adequado de agrotóxicos, posto que o parasita permanece protegido no interior das folhas novas. Some-se também a isso, a formação de insetros resistentes(com o tempo), além dos possíveis perigos que estes agentes químicos poderiam provocar à saúde da população, caso não seja tomadas as devidas precauções. A infestação por lacerdinha em Aurora já começa a se transformar numa infeliz realidade. Basta darmos uma olhada nas nossa arborização urbana.

Em alguns locais não está sendo mais possível a permanecência sob as àrvores, posto que o grande números de insetos que atacam as pessaos, principalmente se estiverem vestidndo roupa de cor amarelada, a preferida desta praga que em outros tempos infernizaram a vida de populações inteiras a exemplo da cidade do Crato e Mossoró quando centenários Benjamins foram sacrificados como única maneira de se acabar com tais insetos.

Outra situação desagradável é quando o insento cai dentro do olho das pessoas. A dor é lancinante. É preciso que se faça um rápido levantamento especializado e estudo científico como forma de se tentar pelos menos amenizar/combater o problema antes que seja demasiadamente tarde, isto é, antes que o problema se agrave e a praga possa se alastrar sem controle pelo resto do município. Todas as cidades deverão desde já começar a se preocupara com esta questão, sob pena de se ter que conviver com um problema ainda maior, caso nada venha ser feito. Tal problemática não envolve apenas a infestação de Lacerdidnha, mas de toda um desequeilíbrio a se abater sobre a rica biodiversidade nordestina e aurorense. Quem sabe, agora, possamos pelos menos tentar comeprender que a natureza é um organismo vivo e sempre consegue se vingar de as agressões que a impomos pela história a fora.

Acerca da bioinvasão:


A bioinvasão é apenas uma pequena fagulha diante do quadro que já começa a se desenhar no horizonte regional, como uma evidente resposta da própria natureza para conosco. A fúria da natureza é imperdoável. Tudo está claro, somente os insensatos da irracionalidade não conseguem perceber este alerta gritante. Ademais, estão entretidos demais como suas aspirações de ganhar dinheiro e embebidos pelos desejo de poder – que são a mais autêntica e grave degradação e desrespeito cometidos contra à biodiversidade planetária e aos recursos naturais – verdadeira expressão de Deus na Terra...

(*) José Cícero - Professor de biologia e química.
Escritor, Pesquisador e Poeta.

Programa Cariri Encantado com Marcos Leonel

Marcos Leonel é um dos maiores poetas do Cariri. Autor do livro Depois da Capela tem um Abismo, publicado pela Kabalah Editorial (Recife, 2007), que traz um longo poema, escrito em meados dos anos 80, dividido em doze cantos, cada um com oito estrofes, cada uma com oito versos, com imagens e impressões de um andarilho que sobe a serra do Horto, a caminho do Santo Sepulcro, depois da estátua do padre.

Marcos Leonel, graduado em Letras e Linguística pela Universidade Regional do Cariri, também é um conceituado professor de literatura, tanto de colégios de ensino médio como de cursinho pré-vestibulares, mas, também, é atração do programa Multimídia, apresentado semanalmente na TV Verde Vale, onde comenta os últimos e concorridos lançamentos literários.

Marcos Leonel, por fim, é músico e compositor, guitarrista da banda Nacacunda, uma das pioneiras da cena roqueira do Cariri cearense.

No programa Cariri Encantado desta sexta-feira, 25, das 14 às 15 horas, na Rádio Educadora AM 1020, Marcos Leonel será o entrevistado e suas composições serão tocadas (músicas da banda Nacacunda e parcerias suas com Pachelly Jamacaru e Bá Freire).

O programa Cariri Encantado é apresentado por Luiz Carlos Salatiel e Carlos Rafael Dias e tem o apoio do Centro Cultural BNB Cariri.

A produção intelectual de Mons. Antônio Feitosa – por Armando Lopes Rafael


Monsenhor Antônio Feitosa foi um dos mais cultos sacerdotes da Diocese de Crato. Ele faleceu em 29 de março de 2005, aos 92 anos, deixando vasta a produção literária. Infelizmente, ele não teve a vaidade de guardá-la para consultas. Nem mesmo de doá-la a uma biblioteca, para que seus escritos pudessem ser preservados. Até onde consegui pesquisar, Mons. Antônio Feitosa escreveu 14 livros, a seguir alinhados:

1)“Santa Teresinha, a Violeta de Lisieux” com duas edições, a primeira impressa em 1942 pela Editora Vozes de Petrópolis, numa época em que os custos editoriais eram altíssimos;

2) “O Comunismo e a Maçonaria”, publicada pela Editora Mensageiro da Fé, de Salvador-Bahia, com 2 edições;

3)“Pio XI” também publicado pela Editora Mensageiro da Fé, de Salvador-Bahia;

4)“Honras e Cruzes do Episcopado”, uma separata da Revista Eclesiástica Brasileira, que só publicava trabalhos de renomados religiosos brasileiros;

5) “Falta um defensor para o Padre Cícero”, publicado, em 1983, pelas Edições Loyola de São Paulo.

6) “Concordo com São Paulo e discordo do Padre Vieira”, publicado, em 1987, pela Tipografia do Cariri, Crato (CE);

7) “A Religião e a Ciência”, publicado pela Editora Santuário de Aparecida (SP), em 1993, livro que mereceu um elogio da Santa Sé;

8) “Elementos da Legislação Canônica,” publicado pelas Edições Loyola de São Paulo.

9) “Via Sacra do amor, da fraternidade e da Justiça,” pela Tipografia do Cariri, Crato (CE);

10) “O Cristianismo, a Sei-cho-ie e o Espiritismo”, pela Tipografia do Cariri, Crato (CE);

11) “A conversão de Ruy Barbosa”, pela Tipografia do Cariri, Crato (CE);

12) “Trovas Líricas e Satíricas”, pela Tipografia do Cariri, Crato (CE);

13) “Psicologia da Humildade”

14) “São Paulo – O homem e a mensagem”

Texto: Armando Lopes Rafael

Em voto final, Câmara cria 7.709 vagas de vereadores

NE - Da série "Legislando em Causa Própria e Onerando a Folha"

Após vários embates, a proposta de emenda constitucional que cria 7.709 novas vagas de vereadores no país foi definitivamente aprovada ontem (22). A grande dúvida, porém, é se as novas regras terão efeito imediato, com a posse de suplentes. Presidentes de várias Câmaras Municipais e os presidentes do STF (Supremo Tribunal Federal), Gilmar Mendes, e do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Carlos Ayres Britto, defendem que a ampliação valha só para a próxima legislatura. A OAB quer recorrer. Diante de um plenário cheio de suplentes de vereadores, a proposta recebeu, em segundo turno, 480 votos favoráveis, 29 contrários e duas abstenções. O resultado foi fortemente comemorado, com aplausos e todos cantando o hino nacional. O presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), dispensou a votação da redação final. O texto deve ser promulgado nos próximos dias. A emenda aprovada ontem aumenta em 14,6% o tamanho da maioria das Câmaras Municipais, principalmente de cidades que têm entre 80 mil e 1 milhão de habitantes. Outras 27 cidades, que têm hoje entre 160 mil e 192 mil habitantes, verão suas Câmaras quase dobrarem -subindo de 12 para 21 vereadores, um salto de 75%.

A proposta aprovada nesta terça é uma resposta a uma decisão do TSE de 2004 que cortou cerca de 8.000 vagas de vereadores ao interpretar artigo da Constituição sobre as Câmaras. Para os defensores da matéria, ela diminui o teto dos gastos das Câmaras de 5% a 8% da receita dos municípios, dependendo do tamanho, para 3,5% a 7%. Segundo a Associação Brasileira de Câmaras Municipais, a emenda resultará em uma economia de R$ 2,2 bilhões anualmente. Na prática, não há garantia disso, já que as prefeituras, em média, não repassam às Câmaras todos os recursos permitidos pela Constituição. Dados do Tesouro de 2007 mostram que o repasse médio é de 65% do limite permitido. Ou seja, há margem para aumento de gastos, já que mais vereadores exigem mais assessores. O texto fala em eficácia imediata, sem retroatividade de salários e benefícios. O presidente da CNM (Confederação Nacional dos Municípios), Paulo Ziulkoski, contesta a redação, dizendo que, para a proposta entrar em vigor, ela tinha que ser aprovada no ano passado. “O povo não foi às urnas para elegê-los. A Câmara não tem o direito de fazer isso. Ficamos prisioneiros das pressões dos suplentes, essa nova “categoria social” mobilizada e reivindicante”, completou o deputado Ivan Valente (PSOL-SP).

“Essa PEC recompõe o número de vereadores reduzidos pelo TSE e reduz gastos nas prefeituras com as Câmaras de Vereadores. Não existe democracia sem representação”, respondeu o relator, deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP).

Fonte: Folha de S. Paulo

A obrigatoriedade desnecessária do hino nacional idem nas escolas


No último 21 de setembro, foi sancionada uma lei federal que obriga escolas de Ensino Fundamental a tocar o hino nacional brasileiro uma vez por semana. Para a visão do senso comum, é algo positivo, mas, numa análise que leva em conta a (in)utilidade de hinos territoriais numa filosofia pacifista e a irrelevância dos mesmos num contexto em que a cidadania civil é muito mais requerida, a medida é bastante questionável e discordável.

Em primeiro lugar, questiona-se a justificativa dada pelo relator da lei, deputado Lincoln Portela, na qual consta uma “carência (...) da noção de patriotismo e civismo, principalmente por parte de nossa juventude”, a ideia de que “o Hino Nacional deve representar para a sociedade a busca constante para o crescimento da pátria” e a suposta necessidade “de um maior senso de patriotismo e civismo”, segundo a qual “nada (seria) melhor que a prática de cantar o Hino para torná-lo cada vez mais familiar em seus sentimentos”. Como tendo já escrito textos que questionam a utilidade desse tipo de hino em situações civis e a noção de patriotismo e civismo nas mesmas, faço o mesmo em relação à lei de Portela.

Hinos territoriais em sua maioria são ideais para louvores nacionalistas, por normalmente exaltarem a suposta superioridade ambiental e cultural de um país ou unidade federativa, e para animações militaristas, uma vez que banham as emoções das pessoas com a perspectiva de guerrear, matar e morrer em nome de seu país ou região. Tornam-se canções inadequadas e sem utilidade se observadas a partir de uma filosofia de pacifismo e civismo crítico.

Assim sendo, o hino brasileiro é ideal para nutrir o fervor patriota de tropas se (três toques na madeira) o Brasil entrar em conflito militar com outra nação algum dia, mas não para outros motivos ou funções em que a cidadania civil é muito mais útil.

Podemos notar melhor para que realmente serve o símbolo musical brasileiro quando percebemos que as outras duas ocasiões relacionadas a impor por lei o canto solene do hino nacional em escolas eram momentos de governos autoritários adversos à democracia.

A primeira medida relacionada ao hino na escola foi a Lei 259/1936, sancionada em pleno primeiro governo de Getúlio Vargas e, coincidentemente ou não, no auge do Integralismo, que o então presidente ora apoiava. A segunda foi a Lei 5700/1971, levada à vigência por ninguém menos que o general ditador Emílio Garrastazu Médici, dentro das medidas da alienante ideologia da Segurança Nacional.

Assim sendo, fica a dúvida: por que tanta preocupação em exaltar o patriotismo ufânico nas escolas numa época em que tal comportamento é obsoleto e desnecessário e que outras atitudes são mais relevantes?

Obsolescência e desnecessidade também marcam a noção de civismo e patriotismo do deputado que criou essa lei. O civismo de que precisamos, eu já dizia uns anos atrás e ora digo novamente, não é o ufanismo nacionalista que o hino oficial inspira para animar exércitos, mas sim o espírito civil de cidadania.

O patriotismo que faz falta hoje não é o que bajula a nação com versos como “Ó pátria amada, idolatrada, salve, salve” e “Entre outras mil, és tu Brasil”, mas sim o senso de que nós, enquanto pessoas que podem fazer a diferença na construção da sociedade brasileira, devemos trabalhar em prol da melhoria social e política do país.

O amor patriota de que o Brasil precisa não é o ato doutrinado de repetir palavras aduladoras e militarescas semanalmente nas escolas, não é aprender a ser uma pessoa induzida a amar platonicamente a pátria e matar e morrer por uma nação etnocentricamente “superior”. Mas sim a ação construtiva e consertadora que só aulas de cidadania crítica, de que as gerações menores de idade de hoje sentem muita falta, são capazes de ensinar.

Sobre o Autor: Robson Fernando:

É escritor independente de artigos, apaixonado por sociologia e dono do blog Consciência Efervescente. Escreve artigos desde setembro de 2007.

Abidoral Jamacaru no Centro cultural BNB, Por Pachelly Jamacaru

Estou indo a Fortaleza, deixo vocês com a imagem do mano que fará Show hoje, dia 24, no CCNBN em Juazeiro do Norte, as 18.30h, pontualmente. Na ocasião, Abidoral estará lançando o CD Bárbará e apresentará músicas inéditas do seu repertório. Prestigiem!



Foto: Pachelly Jamacaru

Depressão atrapalha sobrevivência após câncer, diz estudo

A depressão pode atrapalhar as chances de sobrevivência de pacientes com câncer, segundo estudo realizado no Canadá. Ao reunir e revisar 26 pesquisas separadas que envolveram mais de 9,4 mil pacientes, cientistas da Universidade de British Columbia descobriram que o número de mortes é 25% maior naqueles que mostravam sintomas de depressão. Nos casos de pacientes diagnosticados com o problema, a taxa de mortalidade é 39% maior. O risco também permanece mesmo quando consideradas outras características clínicas que afetam a sobrevivência. Para os pesquisadores, a descoberta enfatiza a necessidade de se examinar com cuidado os pacientes de câncer para avaliar se não há sinais de problemas psicológicos.

Mais pesquisas

Segundo os cientistas, no entanto, ainda é necessário realizar novas pesquisas antes de se chegar a uma conclusão definitiva, já que é difícil descartar outros fatores que podem influenciar no quadro clínico de um paciente com câncer. Os pesquisadores também reforçam que, em geral, o risco de morte por causa da depressão durante um câncer é pequeno, e que os pacientes não devem se sentir obrigados a manter uma atitude positiva para combater a doença. O estudo mostrou ainda que o stress pode ter um impacto sobre o câncer, afetando o crescimento de tumores e o espalhamento da doença para outras partes do organismo. Para os especialistas, os problemas emocionais podem atingir os hormônios ou o sistema imunológico, ou ainda fazer com que os pacientes acabem adotando um estilo de vida que não condiz com seu tratamento. Pesquisas anteriores já sugeriram que a depressão tem um grande impacto na mortalidade de vítimas de problemas cardíacos.

"É impressionante que a presença de sintomas depressivos ou o diagnóstico do problema possam ajudar a prever a mortalidade de pacientes de câncer", disse Jillian Satin, chefe da equipe de pesquisadores canadenses.

"Mas pessoas que estão com câncer não precisam entrar em pânico. O melhor a fazer é conversar com seus médicos sobre sua saúde mental e emocional", recomendou.

Fonte: BBC

Ler sem Refletir, é Comer sem Digerir! - Blog do Crato reduz as postagens para 20 ao Dia...


Olá, Amigos,

Recebemos inúmeros e-mails de pessoas reclamando da velocidade com que os artigos descem no Blog do crato. Algo que numa noite está no topo, no outro dia já se perdeu, sem que as pessoas tenham tido tempo para apreciarem e fazerem seus comentários. Ou seja, estava improdutivo. Muito trabalho para pouco resultado. Percebemos que a maioria das pessoas não estava conseguindo acompanhar a grande velocidade das postagens do Blog. Na verdade, são tantos artigos e tantas coisas interessantes para falar, que caimos na tentação de postar inúmeras matérias que julgamos interessantes. Sendo que a turma está retornando às atividades, e postando mais artigos, reduzo a minha participação com artigos no Blog à medida em que forem postando mais artigos, de modo a perfazerem um total de 20 ao dia, o que já é muito, considerando que muita gente só pode acessar os Blogs de 3 em 3 dias ou até semanalmente.

Ler sem Refletir, é Comer sem Digerir !

Espero que com essa adaptação, a gente possa comentar mais os assuntos, antes que eles desapareçam sem serem lidos. Os autores são estimulados a postarem, como sempre fizeram. A redução só se dá pela minha parte. Alessandra, pode continuar como estava, em média 6 ou 8 ao dia...O resto, continua igual. Vamos ver se essa experiência é positiva. Se não for, eu retorno ao padrão de 30 mensagens ao dia.

Abraços,

Dihelson Mendonça
Administração do Blog do Crato.

Crato - Exército encerra Operação Jaguaribe - Reportagem: Antonio Vicelmo


ÁREAS DO CARIRI foram transformadas numa verdadeira praça de guerra para operações simuladas (Foto: ANTÔNIO VICELMO) Crato. Termina, hoje, no Cariri, a Operação Jaguaribe, um treinamento do Exército que envolveu 700 militares dos Estados do Ceará, Piauí e Maranhão, sob o comando da 10ª Região Militar, com sede em Fortaleza. No âmbito da operação Garantia da Lei e da Ordem (GLO), foram desenvolvidas atividades nos municípios de Crato, Nova Olinda e Santana do Cariri, onde foi montada a sede do Comando. Estradas, repartições públicas e pontos estratégicos da região foram ocupados com ações simuladas dos exercícios militares. Na zona rural e nas cidades incluídas nas manobras foram obstruídas estradas, interditadas áreas, desocupadas propriedades, defesa de instalações vitais, cumprimento de mandado de busca e apreensão e simulados assaltos. A operação, que teve a duração de cinco dias, foi concluída com a realização de uma eleição simulada, em Santana do Cariri, com o objetivo de treinar a tropa no caso de garantir a ordem e a segurança num pleito de verdade.

Todos os treinamentos simulados foram feitos com militares que, em determinadas ações, faziam o papel de civis. Até mulheres participaram dos exercícios. O apoio logístico da movimentação militar foi instalado no Parque de Exposições Pedro Felício, no Crato, onde permaneceram cerca de 250 homens. O espaço destinado aos militares foi isolado de modo a não prejudicar os exercícios da população que utiliza o parque para caminhadas diárias. De acordo com o coronel Filipe, a operação recebeu o nome de Jaguaribe em homenagem ao Rio Jaguaribe, o mais importante rio do Ceará, o mesmo ocorrendo com o Batalhão "Verdes Mares", numa alusão aos verdes mares do litoral cearense. Foram mobilizados dois helicópteros "Pantera", 700 homens e mais de 60 viaturas. Paralelamente, foi realizada a Operação Aciso, que consiste na promoção de ações cívicas e sociais com expedição de documentos, atendimento médico/odontológico, distribuição de medicamentos, palestras, corte de cabelo etc.

POSITIVO

Com este exercício, a tropa está em condições de cumprir a missão do Exército para a segurança"
Coronel Eduardo
Chefe da 3ª Secção da 10ª RM

O resultado da operação foi positivo e gratificante. Estamos com entusiasmo"
Coronel Erasmo
Cmte. do Batalhão de Crateús

Mais informações
10ª Região Militar, Av. Alberto Nepomuceno, S/N
Centro, Fortaleza
(85) 3255.1673

Reportagem: Antonio Vicelmo
Reporter do Jornal Diário do Nordeste
Colaborador do Jornal Chapada do Araripe

CRATO - Previsão do Tempo e Almanaque - 24 de Setembro de 2009


Bom Dia, Boa Quinta-feira, 24 de Setembro de 2009 a todos os leitores e escritores do Blog do Crato. Prossegue com grande programação, o Seminário Cariri Cangaço, na região do cariri. O nosso repórter Wilson Bernardo está acompanhando cidade por cidade e deverá trazer em breve a cobertura fotográfica de todo o evento.

Previsão do tempo

A Previsão do tempo para hoje no Crato é de Dia de Sol com algumas núvens. Não Chove! Temperatura máxima de 28 graus e mínima de 18. Segundo informa o Site Climatempo:


ALMANAQUE

24 de setembro. Dia de São Gerardo Sagredo

Gerardo Sagredo, filho de pais ilustres e piedosos, nasceu no ano 980, em Veneza, Itália. Sagrado sacerdote beneditino, foi como missionário para a Corte da Hungria, onde, depois de ser orientador espiritual e professor do rei Estêvão I, uniu-se ao monarca, também santo da Igreja, para converter seu povo ao cristianismo. Decisão que o santo monarca tomou ao retornar do Oriente, onde, em peregrinação, visitara os lugares santos da Palestina. O rei, então, pediu a Gerardo que o ajudasse na missão evangelizadora, porque percebera que Gerardo possuía os dotes e as virtudes necessárias para a missão, ao tê-lo como seu hóspede na Corte. Educado numa escola beneditina, Gerardo recebeu não só instrução científica como também a formação religiosa: entregou-se de corpo, alma e coração às ciências das leis de Deus e à salvação de almas. Aliás, só por isso aceitou a proposta do santo monarca. Retirando-se com alguns companheiros para um local de total solidão, buscou a inspiração entregando-se, exclusivamente, à pratica da oração, da penitência e dos exercícios espirituais. Mas assim que julgou terminado o retiro, e sentindo-se pronto, dedicou-se com total energia ao serviço apostólico junto ao povo húngaro.

Falecendo o bispo de Chonad, o rei Estêvão I, imediatamente, recomendou Gerardo para seu lugar. Mesmo contra a vontade, Gerardo foi consagrado e assumiu o bispado, conseguindo acabar, de uma vez por todas, com a idolatria aos deuses pagãos, consolidando a fé nos ensinamentos de Cristo entre os fiéis e convertendo os demais.

Uma das virtudes mais destacadas do bispo Gerardo era a caridade com os doentes, principalmente os pobres. Conta a antiga tradição húngara que ele convidava os doentes leprosos para fazerem as refeições em sua casa, acolhendo-os com carinhoso e dedicado tratamento. Até mesmo, quando necessário, eram alojados em sua própria cama, enquanto ele dormia no duro chão. Quando o rei Estêvão I morreu, começaram as perseguições de seus sucessores, que queriam restabelecer o regime pagão e seus cultos aos deuses. O bispo Gerardo, nessa ocasião, foi ferido por uma lança dos soldados do duque de Vatha, sempre lutando para levar a fiéis e infiéis a verdadeira palavra de Cristo. Gerardo morreu no dia 24 de setembro de 1046. As relíquias de são Gerardo Sagredo estão guardadas em Veneza, sua terra natal, na igreja de Nossa Senhora de Murano. E é festejado pela Igreja Católica, como o "Apóstolo da Hungria", no dia de sua morte.

Eventos históricos:

* 787 - Início do Segundo Concílio de Niceia
* 1789 - O primeiro Congresso estadunidense define salário de George Washington: US$ 25.000 por ano (v. Salário Presidencial)
* 1890 - Os mórmons abandonam o hábito da poligamia
* 1892 - Cândido Rondon é promovido a capitão
* 1946 - Albert Einstein redige carta bem-humorada justificando sua ausência na sinagoga
* 1946 - É fundada a Federação Paulista de Baseball e Softball
* 1952 - É fundada a cidade de São José de Ribamar, Maranhão
* 1964 - Golpe Militar de 64: Carlos Lacerda viaja ao Uruguai para se encontrar com João Goulart
* 1968 - Suazilândia é admitida como Estado-Membro da ONU
* 1980 - Criação do Parque Nacional do Jaú
* 1995 - Acordo firmado entre Israel e OLP que prevê a retirada das tropas israelenses da Cisjordânia (v. Acordo de Paz)
* 2004 - Escândalo do mensalão: Jornal do Brasil publica o artigo Miro denuncia propina no Congresso.

Nascimentos:

* 15 - Vitélio, Imperador Romano (m. 69).
* 1884 - Hugo Schmeisser, inventor e desenhador de armas alemão (m. 1953).
* 1886 - Edward Bach, bacteriologista e patologista britânico, que desenvolveu essências florais (m. 1936).
* 1889 - Antônio Geremário Teles Dantas, político, jornalista, advogado e escritor brasileiro (m. 1935).
* 1896 - F. Scott Fitzgerald, escritor estadunidense (m. 1940).
* 1898 - Howard Walter Florey, farmacêutico australiano (m. 1968).
* 1911 - Konstantin Chernenko, líder soviético (m. 1985).
* 1941 - Linda McCartney, fotógrafa e musicista britânica (m. 1997).
* 1946 - Lars Emil Johansen, político groenlandês.
* 1951 - Pedro Almodóvar, cineasta, ator e roteirista espanhol.
* 1958 - Kevin Sorbo, ator norte-americano.
* 1964 - Jeff Krosnoff, automobilista norte-americano (m. 1996).
* 1965 - Anders Limpar, ex-futebolista sueco.
* 1966 - Christophe Bouchut, piloto francês de corridas.
* 1967 - Igor Protti, ex-futebolista italiano.
* 1969 - Shawn Crahan, músico americano percussionista da banda Slipknot
* 1972 - Pierre Amine Gemayel, político libanês (m. 2006).
* 1973 - Scheila Carvalho, dançarina e apresentadora de televisão brasileira.
* 1976 - Stephanie McMahon-Levesque, wrestler norte-americana.
* 1977 - Nuno Frechaut, futebolista português.
* 1979
o André Marques, ator e apresentador de TV brasileiro.
o Fábio Aurélio, futebolista brasileiro.
o Emmerson Boyce, futebolista barbadiano.
o Katja Kassin, atriz pornográfica alemã.
o Maricá, futebolista brasileiro.
* 1980
o Petri Pasanen, futebolista finlandês.
o John Arne Riise, futebolista norueguês.
* 1981
o Ryan Briscoe, piloto australiano da IRL.
o Brian Vandenbussche, futebolista belga.
* 1982
o Morgan Hamm, ginasta norte-americano.
o Paul Hamm, ginasta norte-americano.
o Cristian Ledesma, futebolista argentino.
* 1985 - Jessica Sweet, atriz pornográfica norte-americana.
* 1986 - Kieza, futebolista brasileiro.

Falecimentos:

* 366 - Papa Libério, 36º papa.
* 768 - Pepino, o Breve (n. 714).
* 1143 - Papa Inocêncio II, 165º papa (n. 1130).
* 1541 - Paracelso, médico e alquimista suíço (n. 1493).
* 1572 - Tupac Amaru, último líder indígena do povo inca.
* 1646 - Duarte Lobo, compositor português (n. 1565).
* 1834 - Imperador Pedro I do Brasil, Pedro IV de Portugal (n. 1798).
* 1904 - Niels Ryberg Finsen, médico dinamarquês (n. 1860).
* 1939 - José Maria Nicolau, ciclista português (n. 1908).
* 1973 - Josué de Castro - geógrafo e nutricionista brasileiro

Feriados e eventos cíclicos:

* Nossa Senhora das Mercês
* 1973 - Independência de Guiné-Bissau
* 1985 - Elevação de Castanheira do Ribatejo, Póvoa de Santa Iria e Vialonga a vila


HOJE NA HISTÓRIA

Golpe de 64 - Carlos lacerda viaja ao Uruguai para se encontrar com João Goulart

O Golpe Militar de 1964 designa o conjunto de eventos ocorridos em 31 de março de 1964 no Brasil, e que culminaram no dia 1º de abril em um Golpe de Estado, que interrompeu o governo do presidente João Belchior Marques Goulart, também conhecido como Jango, que havia sido democraticamente eleito vice-presidente pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) – na mesma eleição que conduziu Jânio da Silva Quadros à presidência pela União Democrática Nacional (UDN). Jânio renunciou ao mandato no mesmo ano de sua posse (1961) e quem deveria substituí-lo automaticamente e assumir à Presidência era João Goulart, segundo a Constituição vigente à época e promulgada em 1946. Porém este se encontrava em uma viagem diplomática na República Popular da China. Militantes então acusaram Jango de ser comunista e o impediram de assumir seu lugar como mandatário no regime presidencialista. Depois de muita negociação, principalmente de seu cunhado Leonel de Moura Brizola, na época governador do Rio Grande do Sul, os apoiadores de Jango e a oposição acabaram fazendo um acordo político pelo qual se criaria o regime parlamentarista, passando então João Goulart a ser chefe-de-Estado. Em 1963, porém, houve um plebiscito e o povo optou pela volta do regime presidencialista. João Goulart, finalmente, assume a presidência da República com amplos poderes, o que tornou aparente vários problemas estruturais na politica brasileira acumulados nas décadas que precederam o golpe e disputas de natureza internacional, desestabilizando o governo. O Golpe de 1964 submeteu o Brasil a uma ditadura militar alinhada politicamente com os interesses dos Estados Unidos da América, que durou até 1985, quando, indiretamente, foi eleito o primeiro presidente civil desde 1964, Tancredo Neves.

Carlos Lacerda

Filho do político, tribuno e escritor Maurício de Lacerda (1888–1959) e de Olga Caminhoá Werneck (1892–1979), era neto paterno do ministro do STF Sebastião Lacerda. Pela família materna, era bisneto do botânico Joaquim Monteiro Caminhoá e descendente direto do barão do Ribeirão e de Inácio de Sousa Vernek, cuja família tinha importante influência política e econômica na região. Seus pais eram primos, descendentes em linhas afastadas de Francisco Rodrigues Alves, o primeiro sesmeiro da cidade de Vassouras. Por outro lado, embora tivesse sobrenome parecido como o do barão de Pati do Alferes, o seu sobrenome Lacerda origina-se de seu bisavô, um pobre confeiteiro português que se estabeleceu em Vassouras e se casou com uma descendente de Francisco Rodrigues Alves (estes serão os pais de seu avô materno, Sebastião Lacerda). Nasceu no Rio de Janeiro, mas foi registrado como tendo nascido em Vassouras, cidade onde seu avô residia e onde seu pai tinha grandes interesses políticos. Recebeu o nome de Carlos Frederico como homenagem aos pensadores políticos Karl Marx e Friedrich Engels. Ingressou em 1929 no curso de Ciências Jurídicas e Sociais da então Faculdade de Direito da Universidade do Rio de Janeiro, atual Faculdade Nacional de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Durante seu período acadêmico, destacou-se como orador e participou ativamente do movimento estudantil de esquerda no Centro Acadêmico Cândido de Oliveira. Devido ao grande envolvimento em atividades políticas, abandonou o curso em 1932.

Tornou-se militante comunista, seguindo os passos de seu pai, Maurício de Lacerda, e do seu tio Paulo Lacerda, antigos militantes do Partido Comunista Brasileiro (PCB). Sua primeira ação contra o governo de Getúlio Vargas implantado com a revolução de 1930, deu-se em janeiro de 1931, quando planejou, junto com outros comunistas, incentivar marchas de desempregados no Rio de Janeiro e em Santos durante as quais ocorreriam ataques a lojas comerciais . A conspiração comunista foi descoberta e desbaratada pela polícia liderada por João Batista Luzardo, o que até virou notícia no jornal americano The New York Times. Em março de 1934, leu o manifesto de lançamento oficial da Aliança Nacional Libertadora (ANL) em uma solenidade no Rio de Janeiro à qual compareceram milhares de pessoas. No ano seguinte, publicou com o pseudônimo de Marcos, um livreto contando a estória do quilombo de Manuel Congo. Apesar do seu viés de propaganda comunista juvenil, o livreto resultou da primeira pesquisa histórica feita sobre um assunto que tinha sido quase esquecido. Quando ocorreu o fracasso da Intentona Comunista de 1935, teve que se esconder na velha chácara da família em Comércio (atual Sebastião Lacerda, Vassouras) e ser protegido pela família influente.

Rompeu com o movimento comunista em 1939 dizendo considerar que tal doutrina "levaria a uma ditadura, pior do que as outras, porque muito mais organizada, e, portanto, muito mais difícil de derrubar". A partir de então, como político e escritor, consagrou-se como um dos maiores porta-vozes das ideologias conservadora e direitista no país, e grande adversário de Getúlio Vargas, e dos movimentos políticos Trabalhista e Comunista. Em 1961, fez um discurso atacando, pela televisão, o Presidente Jânio Quadros, antigo aliado, que culminou com a renúncia deste em 25 de agosto. Com a transferência da capital para Brasília, candidatou-se ao governo do recém-criado estado da Guanabara. Apesar do grande favoritismo inicial, Lacerda foi eleito por pequena margem, tendo sido ajudado pela divisão de votos populares que ocorreu com a candidatura de Tenório Cavalcanti ao mesmo cargo.

O seu governo do antigo estado da Guanabara destacou-se pela construção de grandes obras que mostraram suas habilidades de administrador e consolidaram a simpatia da classe-média. Seu Secretário de Obras foi o eminente engenheiro civil e sanitarista Enaldo Cravo Peixoto. Construiu a estação de tratamento de água do Guandu (até hoje a maior do país) e um sistema de distribuição que resolveram um centenário problema de abastecimento (a falta de água era crônica e inspirava marchinhas de carnaval como "Rio, cidade que nos seduz, de dia falta água, de noite falta luz"). Construiu túneis importantes para o trânsito de veículos, como o Santa Bárbara e o Rebouças, ligando a Zona Norte à Zona Sul da Cidade do Rio de Janeiro. Terminou a construção e reurbanização do aterro do Flamengo. Removeu favelas de bairros da zona sul e Maracanã, criando o parque da Catacumba, o campus da UEG (atual UERJ), e instalando seus antigos habitantes em conjuntos habitacionais afastados como Cidade de Deus e Vila Kennedy. Construiu inúmeras escolas e manteve um alto padrão de qualidade dos hospitais públicos. Durante seu governo, descobriu-se que policiais assassinavam os mendigos que perambulavam pela cidade e jogavam seus corpos no rio da Guarda, afluente do rio Guandu. O governo de Carlos Lacerda foi acusado pela imprensa de oposição de ter dado instruções aos policiais para que realizassem estes assassinatos. Lacerda demitiu o Secretário de Segurança e o envolvimento dos escalões superiores do governo nestes fatos nunca foi provado. Foi um dos líderes civis do golpe militar de 1964, porém se voltou contra ele em 1966, com a prorrogação do mandato do presidente Castelo Branco. Segundo ele, a prorrogação do mandato de Castelo Branco levaria à consolidação do governo revolucionário numa ditadura militar permanente no Brasil, o que realmente aconteceu. Muitos acreditam que a sua oposição à prorrogação devia-se ao fato de já se haver lançado como candidato a Presidente da República em 1965. Confiava no sucesso do governo que tinha realizado no estado da Guanabara para enfrentar o candidato de oposição Juscelino Kubitscheck.

Fontes: Climatempo, 10emtudo, Edições Paulinas, Wikipedia

Pensamentos do Dia - 24 de Setembro de 2009


"Comparando no seu conjunto homem e mulher pode dizer-se: a mulher não teria engenho para se enfeitar se não tivesse o instinto do papel «secundário» que desempenha."

Friedrich Nietzsche

"Nunca sabemos quando somos sinceros. Talvez nunca o sejamos. E mesmo que sejamos sinceros hoje, amanhã podemos sê-lo por coisa contrária."

Fernando Pessoa


"Não importa o quanto você vá devagar desde que não pare."

Confúcio


"A música exprime a mais alta filosofia numa linguagem que a razão não compreende."

Arthur Schopenhauer

Foto Ilustrativa: Sé Catedral em Crato - Foto de Pachelly Jamacaru

Crato - Notícias da URCA - Edição de Hoje, 24 de Setembro de 2009


URCA recebe trabalhos para Semana de Iniciação Cientifica

Serão ofertados trinta mini-cursos em diversas áreas para a comunidade acadêmica. A expectativa é reunir cerca de 1.500 participantes entre pesquisadores, estudantes e bolsistas das diversas agências de fomento à pesquisa. A XII Semana de Iniciação Científica da Universidade Regional do Cariri (URCA) esse ano terá como tema “Ciência & Sociedade: Caminhos para o futuro” e será realizada no período 23 a 27 de novembro, no Campus Pimenta. O evento é aberto para estudantes de graduação e graduados de todo o Brasil e as inscrições de trabalhos acadêmicos podem ser efetuadas até o dia 02 de outubro pelo site www.urca.br/prpgp ou na sala da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa – PRPGP, no Campus Pimenta. Uma das novidades esse ano é a possibilidade de envio do trabalho completo com publicação em ISBN e a apresentação em forma de comunicação oral. O evento é um importante momento para socialização, potencialização e aprofundamento da pesquisa e da produção cientifica. A Semana de Iniciação é uma exigência do Governo Federal para as Universidades como forma de contrapartida para garantia do subsidio financeiro para fomento da pesquisa. A Semana de Iniciação Científica da URCA mostrará resultados parciais, ensaios e resultados finais de pesquisas desenvolvidas por professores e alunos da instituição e de outras universidades e faculdades de estados vizinhos como: Piauí, Pernambuco e Paraíba. A Semana de Iniciação Científica constará de trinta mini-cursos, além de mesas redondas, palestras, apresentação de produções científicas e lançamento de livros. A inscrição do evento será R$ 5,00 e os participantes terão direito a um certificado com carga horária de 40 horas aulas. Para o Pró-Reitor de Pós Graduação e Pesquisa, Álamo Saraiva, a temática deste ano visa provocar a reflexão científica partindo do âmbito global para regional. Ele destaca que uma das intenções da Semana é mobilizar a população acadêmica, em torno de temas e atividades de Ciência e Tecnologia desenvolvidas pela Universidade, valorizando a criatividade, a atitude científica e a inovação tecnológica. Serviço: Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa – PRPGP (88) 31021291

Biblioteca em funcionamento na Unidade de Campos Sales

Encontra-se a em funcionamento provisório na Unidade Descentralizada de Campos Sales, uma pequena biblioteca com um total de 210 livros, abordando os mais variados assuntos, que tem o objetivo de suprir em parte, a falta de bibliografia responsável por um melhor desempenha da formação teórica dos alunos dos cursos de Letras, Matemática e Biologia da Unidade. A conquista deste material foi uma vitória parcial da comunidade acadêmica, com o objetivo de atender aos alunos desta unidade, contribuindo na formação dos acadêmicos. Segundo o diretor da Unidade, Professor Roberto Siebra, a busca agora é transformar a Biblioteca em espaço permanente, levando o conhecimento a todos. Algumas iniciativas tem sido tomadas nesse sentido, como o contato com a administração superior da URCA, objetivando a doação de livros para a Unidade. Com o final do Fecop, os livros serão transferidos para a nossa Unidade. Outro contato é com a Biblioteca do Congresso Nacional, solicitando a doação de acervos desta instituição. Vários ofícios estão sendo enviados a instituições científicas, solicitando que sejam feita doações.

Compra de van para Campos Sales facilita vida de professores

O diretor ainda destaca recentes conquistas da Unidade, com a compra de um carro, tipo van, que tem o objetivo de transportar os professores para ministrarem aulas no Campus Universitário, o que significa um investimento de R$ 79 mil no patrimônio em Campos Sales, significando uma economia importante no gasto com transporte particular. Esta economia em curto espaço de tempo nos permitirá melhorar a infra-estrutura local. O professor ressalta que, com o novo transporte, será possibilitada uma viagem mais rápida e confortável para os docentes que vão ministrar aulas na unidade, com transporte seguro e eficaz, amenizando o stress provocado pela longa viagem de Crato a Campos Sales, que dura 4 horas (ida e volta) e que compromete o desempenho destes docentes, prejudicando o seu rendimento didático e pedagógico. A segunda conquista está relacionada ao novo edital do vestibular divulgado pela Comissão Executiva do Vestibular da URCA, que prevê para este Campus um total de 130 novas vagas assim divididas: Curso de Matemática, com 50 vagas; Curso de Letras, 40 vagas; e Curso de Biologia, com 40 novas vagas. Este novo vestibular, caso seja preenchidas todas as vagas, elevará o número de alunos deste Campus para 421 alunos e somados com aqueles que cursam o Seqüencial em Saúde Publica totalizará 472 alunos, trazendo como conseqüência a necessidade urgente de construção de um espaço adequado para o funcionamento de crescente contingente de estudantes universitário. Para Roberto Siebra, na prática esta conquista significa a continuidade e o reforço dos cursos existentes em Campos Sales, a contração de novos profissionais do ensino superior com avanços significativos na economia da região, pois terá que se adequar a exigências tais como: novos imóveis para alugar, crescimento no comércio, entre outros aspectos.

Alunos do Campus Cariri Oeste da Urca homenageiam a professora Terezinha Caldas

Em reconhecimento ao trabalho desenvolvido pela Profa. Terezinha Caldas os alunos de Letras do Campus Cariri Oeste que funciona no município de Campos Sales prestou, recentemente, uma calorosa homenagem a esta educadora, pela passagem do seu aniversário. A solenidade constou com a presença dos alunos de Letras e do diretor do Campus o Prof. Dr. Roberto Siebra, constando da programação um sarau literário onde foram recitadas poesias de autores consagrados como Castro Alves, Augusto dos Anjos e Cecília Meireles, com destaque para a produção local, onde diversos discentes cantaram e apresentaram poemas nos mais diversos estilos, numa demonstração da pujança local e do trabalho feito neste curso para valorizar a cultura regional e brasileira. A Prof.ª Terezinha Caldas, devotou 40 anos de sua vida a educação, dos quais parte destes foram dedicados ao curso de letras da URCA onde se aposentou e agora, num verdadeiro exemplo de tenacidade e responsabilidade com a formação de novas gerações continua com o seu labor nas salas dos cursos existentes em Campos Sales. “Num mundo, onde os destaques sãos as coisas ruins e o exibicionismo teatral tomam conta do cotidiano, o exemplo desta educadora vem fortalecer aqueles que lutam por uma educação transformadora e comprometida”, destaca Roberto Siebra. De parabéns D. Terezinha e principalmente, todos aqueles que têm a honra de conviver com seus ensinamentos de vida

Contato:
Assessoria de Comunicação
Universidade Regional do Cariri - URCA
(88) 3102-1212 ramal 2617
www.urca.br - Elizangela Santos
Crato, 24 de setembro de 2009.

Notícias do Crato para o Dia 24 de Setembro de 2009


24-09-2009
Centro de Convenções segue cronograma de construção e deverá ser inaugurado em maio do próximo ano

Continua em plena execução a obra do Centro de Convenções e Negócios do Cariri, iniciada no mês passado, após assinatura da ordem de serviço do governador Cid Gomes. O prédio está sendo construído numa área estratégica da cidade, no bairro Muriti, em terreno doado pela municipalidade. A perspectiva é que o prédio seja entregue em oito meses, de acordo com o prazo estipulado pelo cronograma da obra. O espaço terá capacidade para mil lugares. Segundo o prefeito do Crato, Samuel Araripe, o investimento no local é pelo menos R$ 10 milhões. O Centro, segundo ele, trará um incremento importante inclusive para o turismo, gerando divisas para o município cratense e auxiliando na divulgação de suas potencialidades. O Centro de Convenções vem atender uma demanda de cidades do Cariri, sediando os eventos regionais de grande porte. Além de uma área grande, o local irá funcionar com mais três auditórios, um com 700 lugares e dois com 150, cada. Ainda estão inseridas salas de reuniões, restaurante e estacionamento. A meta é inaugurar o empreendimento até o mês de maio de 2010.

Prefeito busca verba em Brasília para ampliar o Mirandão

O prefeito do Crato, Samuel Araripe, esteve recentemente em Brasília, para mais uma vez, reivindicar obras importantes obras para o Crato reivindicar a ampliação do estádio Mirandão, o qual, na sua administração, já recebeu algumas melhorias. Uma das preocupações do prefeito diz respeito aos jogos do Campeonato Estadual, já que o Crato Esporte Clube passou a fazer parte da elite do futebol cearense, estando no próximo ano nos jogos da primeira divisão do campeonato. O município, com isso, irá receber os grandes times cearenses, como o Ceará, Fortaleza e Ferroviário. O prefeito esteve em Brasília a convite do deputado federal José Arnon.

Saúde apóia a continuidade dos serviços de Traumatologia em Crato

A Secretaria de Saúde do Crato está empenhada no apoio aos serviços prestados pelo Centro Regional de Traumatologia e Ortopedia da Casa de Saúde Joaquim Bezerra de Farias, setor que passa por dificuldades financeiras. Recentemente, durante a audiência com integrantes do Ministério Público, que contou com a participação do prefeito Samuel Araripe e da Secretária Nizete Tavares, além de representantes de outros município e proprietários do hospital, foi debatida a questão. A secretária de Saúde do Crato, Nizete Tavares, saiu otimista da audiência e tranqüilizou a população dizendo que a unidade de traumatologia e ortopedia não será fechada, pois há um interesse generalizado entre os municípios e diretores do hospital de que isto não venha acontecer.

Fonte: Assessoria de Imprensa
Governo Municipal do Crato
Fone/Fax - (88) 3521.7069
Mais informações:

http://www.crato.ce.gov.br
http://www.prefeituramunicipaldocrato.blogspot.com

A PRIMAVERA SIMPLIFICA A VIDA. - Por: Wilson Bernardo

Setembro inicia o ciclo da Vida e dos Afetos entre Homens e Espécies...


Até ontem ao final do entardecer
o tempo simplesmente era cinza
fogo ardido na sola das mãos
em chamas o pecado e a sedução.

Hoje no amanhecer da plenitude
as cores da iluminação semeia o aroma
a doçura das mariposas
a fartura da vida em múltiplas cores

A amizade escancarada no sorriso
descompletado de interresses
a pureza da ingenuidade
e o prolongamento do que é possível
a eternidade, as flores, o borbulho das águas e o acalanto da alma.

Viva!
A supremacia plena!
É primavera e o ciclo da vida se completa
na sabedoria harmónica dos favos
e o mel, casa de portas abertas ao amanhecer das relvas.


Wilson Bernardo (Poema & Fotografia)

Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30