xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 20/09/2009 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Em breve, estaremos de volta com as novas transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, alguns programas ao vivo ). O modelo será mais ou menos como no vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos em que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

20 setembro 2009

Nota do professor Roberto Siebra‏ - URCA - Cariri Oeste



Prezados alunos e professores que fazem o corpo docente e discente do Campus Cariri Oeste da Universidade Regional do Cariri – URCA . É com prazer que comunicamos aos presentes mais duas conquistas importantes: A compra de um carro, tipo van, que tem o objetivo de transportar os professores para ministrarem aulass neste Campus Universitário, o que significa um investimento de 79 mil reais no patrimônio deste campus, significando uma economia importante no gasto com transporte particular. Esta economia em curto espaço de tempo nos permitira melhorar a infra-estrutura desta casa;

Ressaltamos como importante o fato de proporcionarmos aos professores um transporte rápido, seguro e eficaz dos nossos profissionais amenizando o stress provocado pela longa viagem de Crato a Campos Sales, que dura 4 horas (ida e volta) e que compromete o desempenho destes docentes, prejudicando o seu rendimento didático e pedagógico. A segunda conquista está relacionada ao novo edital do vestibular divulgado pela Comissão Executiva do Vestibular da URCA, que prevê para este Campus um total de 130 novas vagas assim divididas:

Curso de Matemática... 50 novas vagas
Curso de Letras............40 novas vagas
Curso de Biologia..........40 novas vagas

Este novo vestibular, caso seja preenchidas todas as vagas, elevará o numero de alunos deste Campus para 421 alunos e somados com aqueles que cursam o Seqüencial em Saúde Publica totalizará 472 alunos, trazendo como conseqüência a necessidade urgente de construção de um espaço adequado para o funcionamento de crescente contingente de estudantes universitário. Na pratica esta conquista significa a continuidade e o reforço dos cursos existentes em Campos Sales, a contração de novos profissionais do ensino superior com avanços significativos na economia da região, pois terá que se adequar a exigências tais como: novos imóveis para alugar, crescimento no comercio, etc.

Destaco como fundamental, que esta administração cumpre o compromisso de campanha, de possibilitar aos filhos da região Cariri Oeste e adjacências, um educação superior pública e gratuita, sem ter que se deslocar para outras cidades do Estado, reduzindo custos financeiros e evitando longas e enfadonhas viagens.

Estamos todos de parabéns.

Atenciosamente,
Roberto Siebra‏-Professor.

Xico Bezerra - A ALMA NORDESTINA EM DÓ MAIOR - Por: Nilo Sérgio


Em junho passado li o trecho da letra da música "Senhora do Crato" nas mensagens de um amigo no Orkut que Dulce Bezerra havia enviado. A letra me emocionou de linda e prontamente escrevi a ela pedindo a música. Respondeu-me que levaria o disco em julho para o Crato. Mas todos sabem como é difícil manter agenda durante a EXPOCRATO. Mesmo assim nos encontramos em festa de abraços de velhos amigos. Ao chegar de volta a Recife, Xico Bezerra entra em contato comigo e me manda a música por e-mail (MP3). Uma melodia e uma letra com casamento perfeito de harmonia e poesia. Não satisfeito me presenteia pelos Correios com dois CDs de sua lavra intitulados: BAIÃO: do reino encantado do novo exú às veredas do resto do mundo e adjacências e o segundo, ALMA SANFÔNICA.

Tenho me deliciado escutando música após música, daí faço a inevitável comparação. Quando a gente se depara com essa baixaria de "bandas eletrônicas" que têm a ousadia de se autodenominarem "de forró". Com aquilo que chamam "musica" , um bando de mulher semi nuas, trocadilhos insuportaveis, letras com duplo sentido de baixo calão. Só proliferam em cima do "gosto" de uma juventude e de um público mais perdidos que cego em tiroteio; os mesmos que adoram axé, punk, funk, pagode e catrevagens iguais. E são manipulados por uma mídia louca por faturamento. Aqui incluo principalmente as nossas Redes de TV.

Então ter em mãos uma música de qualidade como a de Xico Bezerra faz bem aos meus ouvidos e alma de "cabra da peste". Meus ouvidos foram acostumados a sanfona de Idelito Parente, Hugo Linard, Felisberto e dos acordeonistas franceses. Somado-se a isto, tive o privilégio de sentado no chão, ouvir o Rei Luiz Gonzaga tocar na casa de Idelito nas idas do mestre lua ao Crato. Parabéns Xico Bezerra, sua música é divina, é arte popular a mais pura alma do cancioneiro imortal!

Por: Nilo Sérgio Monteiro

MENSAGEM PARA UMA REFLEXÃO - Por Maria Otilia


NE - Acima: Catadores de Lixo. Da série "Imagens que ninguém gosta de tocar nem com o mouse"


MÃO DO LIXO

Thiago de Mello

A mão que eu cato o lixo
Não é a mão com que eu devia ter.
Não tenho para ganhar
Na mesa da minha casa
O pão bom de cada dia.
Como não tenho, aqui estou.
Catando lixo dos outros,
O resto que vira lixo.

Não faz mal se ficou sujo,
Se os urubus beliscaram,
Se ratos roeram pedaços,
Mesmo estragado me serve,
Porque fome não tem luxo.
A mão com que cato o lixo
Não e a que eu devia ter.

Mas a mão que a gente tem
E feita pela nação.
Quando como coisa podre
Depois me torço de dor
Fico pensando:
tomara que esta dor um dia
Doan nos que tem tanto,
mas tanto,
Que transformam pão em lixo
Com que meus dedos no monturo
Sinto-me lixo também.
Não pareço, mas sou criança.

Por isso enquanto
procuro restos de vida no chão,
Uma fome diferente,
Quem sabe é o pão da esperança
Esquenta meu coração:
Que um dia criança nenhuma
Seja mão serva do lixo.
Que bom seria se tivéssemos efetivas políticas públicas para que crianças e adolescentes tivessem uma melhor qualidade de vida.

Por: Maria Otilia
Foto:
reciclato.wordpress.com

Histórias e Estórias do Crato de Antigamente - Por: Ivens Roberto de Araújo Mourão

A BRIGA

O comentário na Praça era a surra que um soldado da polícia tinha dado num dos Teles. Por pura maldade, covardia mesmo. Quase que mata o pobre do rapaz. Acontece que o agredido tinha um irmão lutador de judô: Alberto Teles. Houve, casualmente, o encontro do Alberto com o tal soldado, na Santos Dumont, próximo ao Cine Moderno e do calçadão que passa ao lado da Imobiliária do Luís. O Alberto foi reclamar ao soldado pela arbitrariedade cometida. O soldado, ao ver aquela pessoa franzina, já se encheu de coragem e partiu para a agressão. De repente sofreu um golpe que o arremessou pelos ares, indo estatelar-se no calçamento. De imediato sacou da arma e, antes de empunhá-la, o Alberto deu-lhe uma pernada, jogando a arma para longe. O soldado, covarde como era, puxou uma peixeira enorme. Alberto, então, entrou na relojoaria do Geraldo Formiga, que só tinha uma porta.


Calçadão que liga o Cine Moderno à Praça Siqueira Campos. À esquerda, o Grande Hotel e no térreo funcionava a Imobiliária do Luís.


Enquanto isso, alguém chegou na Imobiliária do Luís chamando:
- “Luis, Luís, vem cá depressa. Vem ver uma briga aqui na esquina, entre o Alberto Teles e um soldado!”
Quando o Luís chegou ao local, só ouviu um barulho dentro da relojoaria. Quando menos esperou, o soldado foi saindo, literalmente, voando pela porta e esparramando-se no calçamento. Foi se levantando e gritando:
- “Não deixem esse homem me matar!!!”

ZÉ CANGALHA

Impressionado com a façanha do Alberto em desmontar o soldado valentão, o Luís ficou tão entusiasmado que resolveu matricular-se na escola de judô de sua propriedade. Porém a idade já não ajudava mais. E, logo nas primeiras aulas convenceu-se de que nunca seria um Alberto Teles.
Certo dia, o Luís estava sentado na Praça Siqueira Campos, quando chegou o Zé Cangalha. Este tinha fama de valente. Gostava mesmo de dizer que era valente. Poucas pessoas tinham amizade com ele. O Luís era seu amigo e companheiro nos jogos de baralho. Foi uma amizade selada numa missão difícil e perigosa que os dois tiveram que cumprir. Dar fuga a um Arraes, caçado pela ditadura, que estava escondido na casa do Padre Frederico. Levaram-no para um estado vizinho, de onde embarcou num navio mercante, que o Governo francês determinara mudar de rota para levá-lo à França.

O Zé Cangalha, percebendo que o Luís estava sentindo dores e com um emplastro Sabiá, perguntou:

- “O que foi isso Luís”?

- “Foi um diabo de um negócio de aprender Judô! Eu inventei de entrar na academia de Judô do Alberto Teles! Naquelas quedas levei uma pancada nas costelas e estou aqui, me vendo de dores!”
- Homem, deixe de besteira!! Que Judô que nada! Olhe, isto aqui é que é o seu Judô!!!
Nisto o Zé Cangalha abriu a camisa e o Luís viu um bruto de um 38 enfiado na calça. E continuou.
- “Luís, você sabendo atirar e sendo rápido, não tem Alberto Teles que tire a arma da sua mão!”

A FAMA

O Luís abandonou a academia de judô, mas continuou amigo do Alberto Teles. Chegou, inclusive, a vender-lhe um terreno, motivo pelo qual ficou sabendo do seu endereço: Rua José Carvalho.
Certa ocasião, num dia de muita chuva, ia passando por esta rua. Em sentido contrário, vinha um jeep e, ao aproximar-se do Luís, propositadamente passou numa poça d’água, dando-lhe aquele banho. Eram quatro conhecidos marginais, que saíram rindo. O Luís, na tentativa de escapar do banho, fez aquele gesto característico nessas horas, com o braço seguido do devido xingamento. Percebeu, então, que os caras estavam vindo de ré. Não sabia dizer o por quê daquela perseguição. Teve a intuição de atravessar a rua e entrar na casa do Alberto Teles. Foi a sua sorte. Quando estava abrindo o portão do jardim, ouviu uma brusca freada do jeep. Em seguida, um cantar de pneus e os marginais fugindo da cena.
Ficou parado e pensando: “Tudo isto é medo do Alberto Teles?!?!?!”

O PÁRA-CHOQUE

Zé Cangalha estava sempre com carro novo. Ninguém sabia a fonte de renda dele. Um dia seu carro estava parado perto da Siqueira Campos, quando um advogado, recém chegado à cidade, foi estacionar o carro à frente do de Zé Cangalha. Foi de uma imperícia tal que acabou batendo a traseira do carro dele no pára-choque frontal do carro do Zé, um Del Rey. O advogado desceu, olhou e comentou:

- “O Sr. é o dono do carro?”

- “Sou, sim, doutor!”
- “É, mas foi só um arranhãozinho, né?”
- “Doutor, arranhãozinho ‘pro’ senhor. Pra mim, que sou o dono do carro, não foi arranhãozinho, não!”
- “Então, vamos para uma oficina para mandar dar um retoque!”
- “Não, doutor! Não é assim como o senhor tá pensando, não! Em primeiro lugar eu vou lhe dizer uma coisa. Eu sou o FAMOSO Zé Cangalha! Daqui nós vamos sair é para a concessionária, mandar mudar todo este pára-choque.”
- “Mas não há necessidade!”
- “Não! Há sim! Nós vamos! Entre no seu carro que eu vou no meu, lhe seguindo!”
- “Mas eu estou aqui até sem talão de cheques!”
- Não, não tem problema não. Na hora aparece!
Foram à concessionária e o pára-choque foi efetivamente trocado. Conforme o Zé tinha dito, apareceu dinheiro, apareceu cheque, apareceu tudo. Quando foram se despedir o Zé disse:
- Doutor, agora o senhor pode contar com o amigo aqui, o velho Zé Cangalha. Numa situação inversa, eu estou do seu lado... Não abro nem pro trem!”

SUTIL AMEAÇA

O meu avô tinha grande estima e preocupação em dar assistência à sua irmã (Tia Gonçalinha), à filha Gracinha e duas sobrinhas (Dula e Giomar). Moravam numa casa da Rua Ratisbona de propriedade do Sr. Benedito Teles, pai do lutador de Judô, Alberto Teles. Quando o vovô passou a morar em Fortaleza, deixou com o Luis a responsabilidade de dar-lhes apoio. Assim, o aluguel da casa passou a ser pago pelo Luís. O proprietário sempre ia à Imobiliária, bater papo, receber o aluguel e acordar aumentos. Foi sempre um relacionamento muito amistoso.
Em certa ocasião, o Sr. Benedito pediu a casa. Estava querendo dar para uma filha, que ia casar. O Luís logo se prontificou em conseguir uma nova casa para abrigar a tia e as primas. Mas explicou que estava difícil encontrar casa no Crato. Mas não pouparia esforços. Como de fato o fez. O tempo foi passando e nada de conseguir uma casa. O Sr. Benedito sempre indo à Imobiliária e o Luis pedindo mais prazo. Um dia, perguntou para o Sr. Benedito:

- “O Senhor já falou com a Tia Gonçalinha?

- “Ah, Luis, não tem jeito. É perda de tempo. Quando eu vou lá ficam as quatro falando ao mesmo tempo, sem parar, não me ouvem e ainda pedem que eu repare a fossa!”
O velho foi ficando impaciente. Um dia, como de costume, sentou-se no sofá da Imobiliária. Ficou um tempo calado. Cabeça baixa. Estranho. Então, sapecou uma indireta, que o Luís logo entendeu ter endereço certo:
- “É, vou sair agora. Vou ao comércio. Vou comprar uma tinta, cimento. Vou contratar um pedreiro e um pintor para ajeitar um quarto pra mim lá na Cadeia. Não tem outro jeito. Vou ter que fazer um desatino. Não quer resolver na paz! Meu destino é ser preso mesmo”

Por: Ivens Roberto de Araújo Mourão. Direitos de Publicação concedidos ao Blog do Crato pelo autor. Todos os direitos Reservados.

Estudo sugere que todos os humanos 'são mutantes'

Um estudo britânico e chinês sugere que cada ser humano possui pelo menos 100 mutações genéticas no DNA. Nos últimos 70 anos, vários cientistas vêm tentando chegar a uma estimativa precisa sobre a taxa de mutação nos humanos. A pesquisa recente, publicada na edição desta semana da revista científica Current Biology, conseguiu chegar a um número considerado confiável graças às novas tecnologias de sequenciamento genético. Os cientistas aplicaram a tecnologia ao estudo dos cromossomos “Y” de dois homens chineses. Os pesquisadores sabiam que os dois eram parentes distantes e partilhavam de um antepassado comum que nascera em 1805. Ao analisar as diferenças genéticas entre os dois homens e o tamanho do genoma humano, os cientistas concluíram que as novas mutações genéticas podem chegar a 100 e 200 por pessoa. As novas mutações podem, ocasionalmente, levar ao desenvolvimento de doenças graves, como o câncer. Os cientistas esperam que as descobertas e as novas estimativas sobre as mutações possam abrir caminho para tratamentos que auxiliem na redução do aparecimento das mutações e que possam contribuir para um melhor entendimento sobre a evolução humana.

Busca

Em 1935, um dos fundadores da genética moderna, JBS Haldane, estudou um grupo de homens que sofriam de hemofilia – um distúrbio na coagulação do sangue. Na época, Helmand sugeriu que cada ser humano carregava cerca de 150 mutações no DNA. Desde as pesquisas de Helmand, diversos cientistas tentaram produzir estimativas sobre o número de novas mutações ao analisar o DNA de chimpanzés. Somente agora, com a tecnologia disponível de sequenciamento, os cientistas puderam produzir uma estimativa mais precisa e que, coincidentemente, confirma as estimativas sugeridas por Helmand em 1935.

“A quantidade de dados que geramos com a pesquisa era inimaginável há alguns anos”, disse Yali Xue, do Wellcome Trust Sanger Institute, um dos autores do estudo.

“Encontrar esse pequeno número de mutações foi mais difícil do que encontrar agulha no palheiro”, afirmou o cientista. O especialista em genética Joseph Nadeau, da Case Western Reserve University, nos Estados Unidos, afirmou que as novas mutações genéticas são fonte de uma variação hereditária, algumas podem causar doenças e distúrbios, enquanto outras determinam a natureza e o ritmo das mudanças evolutivas. Segundo ele, “as notícias são animadoras”.

“Nós finalmente conseguimos obter estimativas confiáveis sobre as características genéticas que são urgentemente necessárias para entender quem somos nós geneticamente”, afirmou o cientista.

Fonte: BBC

Elza Sônia é eleita presidente do PCdoB no Crato

Por Alexandre Lucas

Partido Comunista do Brasil PCdoB elege primeira presidente mulher no Crato.

A veterana comunista, Elza Sônia Duarte foi eleita para presidir o Partido Comunista do Brasil – PCdoB no Crato. Elza Sônia tem uma longa experiência dentro dos movimentos sociais, participou do movimento estudantil, presidiu o Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Saúde do Estado do Ceará – Saúde, participou da direção do Sindicato MOVA-SE e pertence a direção do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher Cratense.

A dirigente partidária afirma que o PCdoB buscará discutir com outras forças políticas um projeto propositivo para o Crato. Ela destaca que o Partido está aberto para receber novos filiados. Outra preocupação dos comunistas é definir a posição diante do atual governo municipal. Elza Sônia destaca que o PCdoB defende a criação de uma frente com os partidos aliados, como é o caso do PT e PSB.

Foram eleitos também para o diretório municipal do Partido, o comerciário Samuel Cardoso, os professores Roberto Siebra, Alan Umbelino e Samuel Siebra , a folclorista mestra Edite Dias, as Agentes de Saúde Cristiane Duarte e Ana Claudia da Silva Santos, a acadêmica de Biologia, Cláudia Alves e o acadêmico de Economia Jessé Gomes, o biólogo Raimundo Moreira da Franca e o arte-eeducador Alexandre Lucas.

O PCdoB no Crato vinha sendo dirigido pelo professor Roberto Siebra que agora assume a tarefa partidária com a formação política e ideológica dos comunistas.

Cientistas fotografam pela primeira vez a estrutura de uma molécula


Imagem detalhada da molécula obtida pelos cientistas (Foto: Cortesia IBM Research - Zurich)

Usando microscópio de energia atômica, cientistas "fotografaram" molécula. Cientistas conseguiram obter, pela primeira vez, imagens detalhadas das estruturas químicas de uma molécula, em um estudo que pode auxiliar no desenvolvimento de produtos eletrônicos e até mesmo de remédios em escala molecular. A pesquisa foi conduzida por cientistas da empresa de computadores IBM em Zurique, na Suíça, e publicada na edição desta sexta-feira da revista científica Science. O novo método desenvolvido permite que eles observem a “anatomia” da molécula, ou seja, as ligações químicas em seu interior. Há cerca de dois meses, os mesmo pesquisadores utilizaram uma técnica similar para medir a carga de um único átomo. Nas duas pesquisas foi utilizado um aparelho chamado de microscópio de força atômica, conhecido pela sigla inglesa AFM.

“Para fazer uma comparação não muito exata, se um médico usa um aparelho de raios-X para visualizar os ossos e os órgãos dentro do corpo humano, estamos usando o microscópio de energia atômica para visualizar as estruturas atômicas que são as ‘espinhas dorsais’ das moléculas individualmente”, diz Gerhard Meyer, um dos autores do estudo.

Tecnologia

O aparelho usado na pesquisa funciona como um minúsculo diapasão. Durante o experimento, um dos ‘‘dentes’’ do diapasão passa a uma distância mínima da amostra de molécula estudada, enquanto o outro “dente” passa um pouco mais longe. Quando o “diapasão” vibra, o “dente” que está mais próximo da amostra vai sofrer uma minúscula alteração em sua frequência, simplesmente porque está se aproximando da molécula. Comparando a freqüência dos dois ‘dentes’, os cientistas conseguem mapear a estrutura da molécula. Para realizar este tipo de medição é necessária uma precisão extrema. Para evitar que moléculas de gás desgarradas interfiram, assim como outros fatores, o experimento precisa ser realizado no vácuo e sob temperaturas extremamente frias. O problema encontrado em pesquisas similares anteriores, no entanto, é que a ponta do ‘dente’ do AFM não é fina o necessário em escala atômica, e acabava interagindo com a amostra e comprometendo a obtenção da imagem. Para resolver a questão, os pesquisadores colocaram uma pequena molécula formada por átomos de carbono e oxigênio na ponta do microscópio, tornando-a o mais fina possível.

A amostra usada para ser “fotografada” foi de uma molécula orgânica chamada pentaceno, formada por 22 átomos de carbono, 14 de hidrogênio e que mede 1,4 nanômetros ( 10-9 m) de comprimento. As informações sobre as interações entre os átomos são então ‘interpretadas’ pelo microscópio, que desenvolve a “imagem” da “anatomia da molécula”.

Ponta do iceberg

O líder da pesquisa, Leo Gross, afirmou à BBC que os cientistas pretendem agora combinar o método para mensurar as cargas individuais dos átomos desenvolvido por eles com a nova técnica, o que pode permitir que eles descrevam moléculas em um grau de detalhamento sem precedentes. Estas pesquisas devem ajudar particularmente no campo da “eletrônica molecular”, auxiliando, no futuro, na criação de estruturas formadas por moléculas individuais que possam funcionar como interruptores e transistores. Embora a técnica possa traçar as ligações que conectam os átomos, ela não é capaz de distinguir átomos de diferentes tipos. A equipe de pesquisadores pretende agora testar a nova técnica com uma similar chamada de STM (Scanning Tunneling Microscope) para determinar se a combinação dos dois métodos pode descobrir a natureza de cada átomo nas imagens do ATM. Isto poderia ajudar ramos inteiros da química, em particular, a química sintética, usada para a produção de remédios.

Fonte: BBC

Genes podem influenciar precocidade sexual, diz estudo


Pesquisadores dos Estados Unidos sugeriram que a genética pode explicar por que jovens que vivem em lares sem pai iniciam sua vida sexual antes das outras.Os pesquisadores examinaram a vida de mais de mil adolescentes de 14 anos ou mais e que eram primos e analisaram perfis genéticos, além de fatores sociais como pobreza, oportunidades para educação e religião.Quanto mais genes os adolescentes tinham em comum, mais próxima a idade em que tiveram a sua primeira relação sexual, independentemente da presença ou não do pai.O estudo, publicado na revista "Child Development", diz que várias teorias destacam os fatores ambientais que influenciam esta associação entre pais ausentes e sexo precoce. Uma das pesquisas sugere que, como as crianças observam uma relação instável e tensa entre os pais, elas aprendem que as pessoas não são confiáveis e crescem mais interessados em gratificação sexual do que em criar filhos.Outra conclui que, como os adolescentes criados em lares com um só adulto podem vê-los engajados em comportamento sexual com parceiros com quem não são casados, podem considerar normal o sexo fora do casamento.Uma terceira teoria sugere que uma família com um só adulto pode encorajar o adolescente a iniciar a vida sexual mais cedo por falta de controle dos pais. Ou seja, pai e mãe podem monitorar mais de perto as atividades do filho e suas redes sociais, reduzindo a oportunidade para praticar o sexo.

Os pesquisadores da Universidade de Oregon compararam a média de idade da primeira relação sexual entre crianças cujos pais estavam sempre ausentes, parcialmente ausentes ou sempre presentes durante toda a infância.Das crianças cujos pais estavam sempre ausentes, 63,2% disseram ter tido relações sexuais. No caso de pais ocasionalmente ausentes, esse índice foi de 52,5%.Só 21% das crianças cujos pais estavam sempre presentes disseram ter vivido uma relação sexual. A média de idade para a primeira relação sexual para crianças com pais sempre ausentes foi de 15,28. No segundo grupo a média foi de 15,36 e no terceiro, 16,11.

A chefe do estudo, Jane Mendle, disse: "A associação entre a ausência do pai e a sexualidade das crianças é melhor explicada pelas influências genéticas do que apenas por teorias ambientais"."Claramente não existe um 'gene da ausência do pai', mas há fatores genéticos vindos de mães e pais que aumentam a probabilidade de um comportamento sexual mais precoce em seus filhos"."Eles incluem impulsividade, uso e abuso de drogas, tendência a brigar e a buscar emoções fortes". Mas Mendle disse que seu estudo não tem o poder de discriminar de maneira conclusiva entre fatores genéticos e ambientais e é necessário fazer pesquisas com um número maior de crianças.Simon Blake, da ONG britânica para saúde sexual, Brook Advisory Centre, colocou em dúvida a ideia de que os genes são um fator preponderante na sexualidade precoce.

"Nós sabemos, graças a pesquisas, que os fatores associados aos jovens terem a primeira relação sexual mais cedo são: mau desempenho na escola, aprendendo sobre sexo só com amigos e mídia, situação sócio-econômica, experiência sexual precoce e a idade menor em que as meninas começam a menstruar"."Todos os adolescentes precisam ter acesso a serviços confidenciais de saúde sexual, além de educação de boa qualidade sobre sexo e relacionamentos".

Fonta UOL

LITERATURA EFÊMERA - Por: Emerson Monteiro

Nestes tempos virtuais, algumas conclusões se mostram pulando faceiras na nossa frente, aguardando apenas que alguma criatura disponível pegue das teclas e comece a formar o quebra-cabeça das mensagens para mandá-las adiante através dos tantos meios que a comunicação hoje oferece nas telas de máquinas extraordinárias.

Noutras ocasiões menos dadivosas, escrever impunha riscos incalculáveis até de sobrevivência. Agora, no entanto, nada de queixas quanto ao direito da informação.

Esse engenho aperfeiçoado leva longe o que se pensa ou sente e dispõe das normas de passar à frente em palavras. Os “blogs”, por exemplo, democratizaram a oportunidade da fala a patamares de suprema facilidade no manuseio e transmissão. Num passado recente, isto seria mera coisa de sonho, ficção de ciência.

Perante ditas considerações, resta saber o que dizer. Desocupar os guardas roupas de idéias e criações, formular as propostas e remeter aos prelos imediatos do sacrário de Pandora, o oráculo moderno da “web”.

A única pergunta necessária que persiste vem por conta de saber disso os frutos, quais as conseqüência na qualidade das vidas, no investimento de tempo e saúde nas produções e na interpretação do que mandar aos demais habitantes do mundo virtual, na outra extremidade da linha. O que acrescentar ao pacote das expectativas reinantes no império da dúvida humana existencial.

Vão dias, veem dias, na esperar de melhorar as condições sociais, livrá-las das imposições dos dissabores do ordenamento.

Nesse passo, as possibilidades criam a perspectiva do fazer intelectual. Ninguém justifica a ausência de vitrine no gesto de mostrar suas peças íntimas de geração, no território livre da palavra em que se transformou a tecnologia de vanguarda. Resta, contudo, reverter o quadro de mediocridade em que se espoja o animal selvagem da sociedade moderna.

Paz, solidariedade e caridade

A ONG Anjos Solidários Cevema promoverá quinta feira, dia 24 de setembro de 2009, às 18h30min, no auditório do Memorial Padre Cicero uma importante palestra com o cantor e compositor Nando Cordel, que abordará o tema "Paz, Solidariedade e Caridade". Participe, ouça e opine sobre solidariedade, caridade e paz, aspectos preponderantes para um mundo melhor. Nando Cordel ao lado de Fábio Carneirinho fará um show especial na sexta feira dia 25 na Casa de Shows Aplausos as 20:00h, em Juazeiro do Norte. Troque seu ingresso por dois quilos de alimentos não perecíveis na Rádio Vale FM, Cevema e na Aplausos. Sua participação nesse show significa a contribuição para o Natal Solidário, que acontecerá no Estádio Romeirão em dezembro com shows e sorteios de valiosos prêmios.



Fonte: Beto Fernandes

Cientistas identificam anomalias em neurônios de psicopatas

Um grupo de cientistas britânicos chegou ao fim de um estudo que ajuda a entender a mente de pessoas de comportamento violento, antissocial. Isso pode ser o caminho para tratamentos eficientes das chamadas psicopatias. O estudo foi feito inicialmente com gatos de laboratório. Conclusão: um gato agressivo tem sinais característicos no cérebro. Bem diferente de um gato mais dócil. Mas foi com gente que a pesquisa surpreendeu. Ao comparar os cérebros de presidiários que cometeram homicídio, estupro e outros crimes bárbaros com cérebros de cidadãos pacatos, foi possível perceber desvios nos neurônios que conduzem os impulsos magnéticos cerebrais. É como se a mente de um psicopata tivesse estradas interrompidas ou mesmo alteradas.

Em Londres, em um dos maiores centros de neurociência do mundo, os pesquisadores usaram máquinas de ressonância magnética para mapear a cabeça e tentar entender, afinal, o que se passa dentro dela. A pesquisa comprovou a diferença anatômica entre os cérebros de um psicopata e de uma pessoa considerada normal. Essa descoberta, não só ajuda a entender o cérebro de um criminoso, mas principalmente abre caminho para o desenvolvimento de remédios e, quem sabe, a cura.

Fonte: G1

Nordeste tem piores índices educacionais e 82,6% dos alunos na rede pública

Analfabetismo na região é quase o dobro da média nacional de 9,2%. Dados são parte de levantamento do IBGE divulgado na última sexta-feira.

A
Região Nordeste registrou, em 2008, os piores índices educacionais do país. De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) 2008, divulgada nesta sexta-feira (18) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a taxa de analfabetismo de pessoas de 10 anos ou mais na região é de 17,7%, quase o dobro da média nacional, que é 9,2%. Ainda em todo o país, dessa vez considerando a população com 15 anos ou mais, a taxa de analfabetismo teve queda entre 2007 e 2008, passando de 10,1% para 10%. Em 2008, a taxa de analfabetismo para os homens dessa faixa etária foi estimada em 10,2%, enquanto a das mulheres foi de 9,8%. Nas regiões Sudeste e Sul, as taxas de analfabetismo entre as mulheres eram pouco superiores. No Sul, a taxa entre as mulheres era de 5,9% e entre os homens de 5%. No Sudeste, os índices correspondiam, respectivamente, a 6,3% e 5,2%.

Apesar do índice no Nordeste, a região demonstrou melhora com relação aos dados de 2007. No ano, a taxa de analfabetismo no Nordeste era de 18,3%, enquanto a média nacional era de 9,3%. Em 2008, a região com a menor taxa de analfabetismo foi o Sul, com 5%, seguido pelo Sudeste (5,4%), o Centro-Oeste (7,4%) e o Norte, com 9,7%. O estudo considera como alfabetizada uma pessoa capaz de ler e escrever pelo menos um bilhete simples no idioma que conhece. A taxa de analfabetismo mede a porcentagem de pessoas analfabetas de um grupo etário, em relação ao total de pessoas desse grupo.

Fonte: G1

"Luz" Salatiel... Por pachelly Jamacaru

Luiz, Irradiante... E, eu num vou contar muita a história deste Show não, que é pra vocês aprenderem a não perder o imperdível! Só posso dizer que Luiz estava show!





Fotos: Pachelly Jamacaru

Vamos ter Monarquia no Brasil ? - Parabéns, Armando Rafael !!

armando 01

Acima: O maior historiador do Cariri, Armando Lopes Rafael

armando 02

Acima: Dihelson Mendonça recebe diploma do ICC das mãos de Armando Rafael

Ele é um monarquista em meio a milhões de republicanos. Segura firme a posição de um regime monárquico no Brasil, o qual defende com unhas, dentes e poderosos argumentos, que variam desde estatísticas, que guarda com todo zêlo, a histórias fantásticas que pouquíssima gente conhece...

Estamos falando do maior Historiador do Cariri, a saber, Armando Lopes Rafael, cujo aniversário transcorreu no último sábado. Armando, homem sério e íntegro, não se abala com argumentos de seus adversários ( e que são muitos ). Pelo contrário, isso lhe serve de estímulo e exercício das suas convicções. Católico praticante, e grande defensor das tradições e da cultura do Cariri, Armando se consagra para a posteridade como um baluarte firme de convicções e coerência daquilo que pensa, que acredita e que age, descendente direto da melhor linhagem de outros grandes imortais a exemplo de Irineu Pinheiro e tantos outros.

Parabéns, ó nobre historiador do Cariri, discípulo de Heródoto. A tua retidão te precede, e teus opositores tremem perante a tua poderosa oratória. Salve estes tempos, que são teus, e tão teus somente! E que o criador nos permita tê-lo por infindáveis anos ainda em nosso convívio.

Um fraternal Abraço,

Dihelson Mendonça
Administrador do Blog do Crato

CERAMISTAS DO CARIRI - Arte do barro transforma vidas

Clique para Ampliar

Iedo Silva comenda 15 artesãos na cerâmica. Com trabalho e fé, ele superou o vício e hoje se dedica à arte do barro (Foto: Antônio Vicelmo)

Clique para Ampliar

Trabalho com cerâmica exige sensibilidade e presteza, desde a moldagem do barro até o cozimento das peças. A Cerâmica Silva produz cerca de 500 peças por dia. Diferentes histórias de vida e experiências pessoais se encontram na fabricação de peças numa cerâmica do Crato.

Crato O artesanato de barro, uma das mais antigas fabricações do homem, se renova a cada dia no trabalho dos artesãos do Cariri. Na mistura da argila, a fé católica convive com a protestante numa demonstração de ecumenismo caboclo. Ao fabricar a imagem de um santo, o artista descobriu que a veneração à imagem era maior do que sua arte. Mudou de vida e de religião. Seu companheiro de trabalho faz da arte e da vida uma brincadeira. Em silêncio, outro artesão, que trocou a enxada pela fabricação de jarros, administra o conflito de idéias, preocupado apenas com a sobrevivência. É neste ambiente da Cerâmica Silva, místico e democrático, antigo e atual, que os artesãos do Crato aguçam a imaginação. Ele nasceu no Maranhão. Herdou dos índios a arte de transformar o barro em peças decorativas e utilitárias. Nas mãos de Iedo Silva, a argila ganha vida e toma forma de jarras, fruteiras, travessas, cabeças, panelas, cestas e potes. Evangélico, o artesão tem uma explicação bíblica para justificar seu trabalho: "Deus fez o homem do barro". No comando de mais 15 artesãos, Iedo vai criando o seu mundo com imaginação, arte e misticismo. O barro é preparado e moldado no alpendre de sua cerâmica, localizada no Bairro Batateira, uma das comunidades mais pobres do Crato. Depois do acabamento das peças, elas são queimadas em fornos de lenha. O calor dá à cerâmica a consistência e o brilho que as peças precisam.


Mas é na Bíblia que ele encontra a motivação para seu trabalho. Iedo cita o profeta Jeremias. "Eis que, como o barro nas mãos do oleiro, assim estais vós em minhas mãos". O artesão assume a postura de pastor e explica que "precisamos entender que o Senhor espera que sejamos barro. Este material é maleável, fácil de trabalhar e de modelar. A partir do momento que cremos em Cristo, precisamos estar totalmente dispostos a aceitar o trabalho que Deus desejará realizar em nós". O maior exemplo dessa passagem bíblica é o próprio Iedo. Antes de se converter ao protestantismo, usou drogas, perdeu a família, o crédito e os amigos. A oficina de trabalho era uma casa de prostituição. Um dia, ele descobriu que as imagens dos santos que ele fabricava eram veneradas com ardor, enquanto a sua arte era esquecida. O artesão se auto-define "como um vaso quebrado que foi recuperado pelas mãos do maior de todos os artesãos, o Senhor Jesus Cristo".

Hoje, a sua cerâmica é uma oficina de trabalho e oração, uma escola profissionalizante que formou dezenas de jovens. A família, que ele perdeu no passado, o ajuda no trabalho. Com o barro na mão e Deus no coração, Iedo vai modelando as peças decorativas e a própria personalidade.

Uma história diferente

Já o artesão Francisco Josivan dos Santos tem uma história diferente. Afrodescendente, cantor de forró, jeito namorador, jogador de futebol, ele se dedicou à arte figurativa, inspirado no seu conterrâneo de Caruaru, Mestre Vitalino. Sentado diante de uma mesa de fórmica enquanto molda a figura de um sapo, ele delineia seus pensamentos com as peças que vão surgindo: mulheres africanas, baianas, figuras mitológicas e de época como sereias e mucamas, a denominada mulher tipicamente brasileira e animais da fauna brasileira. Suas expressões artísticas estão imbuídas de figuras femininas, negras, ambientais e mitológicas, o que, segundo o professor Eldinho Pereira, revela suas idéias e o padrão estético implícito nos seus fazeres, assim como os tipos contidos nas narrativas populares e a palpável ligação entre cidade e campo. "Tudo vem da cabeça mesmo. A gente tenta fazer, retratando época mesmo, baseada na história", diz Josivan. Suas vendas são, em especial, para donas de casa e lojistas do Crato e Juazeiro do Norte. São elas que pintam as peças com representações de tecidos, objetos e paisagens naturais para revendê-las a um público melhor remunerado. Para o artesão, todos valorizam a sua arte, mas as mulheres apreciam mais o que é produzido por ele. Os instrumentos de trabalho são um palito de miolo de angico, duas facas domésticas pequenas e uns canudinhos metálicos para perfurar as peças e evitar que elas rachem no fogo. Ele utiliza também um palito de metal para retirar o ar que fica nos cantos das peças e um pente comum para juntar um barro com outro e para modelar os cabelos de tipos femininos. No meio destes instrumentos simples, um cartão telefônico para tirar alguma imperfeição e uma chapinha de metal, útil para modelar o canto das unhas das peças que fabrica.

Todas as suas ferramentas resultam de uma criação anônima, nascida do desvio no uso de objetos comuns e que bem revelam as astúcias do povo. Os efeitos dos traços impressos no barro são obtidos com um modesto e reduzido leque instrumental. Porém, eficiente o bastante para deixar a marca autoral do jovem artesão.

Trabalho solidário e familiar

Num canto da oficina, outro artesão trabalha em silêncio. É José Fábio Marcelino, que nasceu e cresceu ao lado da cerâmica. As mãos calejadas que antes puxavam a enxada são as mesmas que, com maestria, moldam o barro na construção de vasos, sua especialidade. Com a ajuda de dois sobrinhos e um irmão, Fábio vai construindo os seus sonhos e garantindo o seu sustento, enchendo de arte as residências. A cerâmica produz, em média, 500 peças por dia, que são vendidas por R$ 3 a unidade. O artesão lembra que o processo começa em Nova Olinda, de onde vem o barro. A argila é cavada nas barreiras e transportada para a cerâmica, onde é misturada com outro barro. Depois de prontas, as peças são colocadas no forno. É preciso obedecer a uma técnica apurada, de maneira a que o fogo seja distribuído de modo igual para todas as peças. A lenha é introduzida lentamente, num processo que dura de duas a quatro horas para evitar a mudança brusca de temperatura, que pode ocasionar a quebra das peças. O tempo de cozedura é variado, dependendo da posição das peças no forno, da qualidade e da quantidade de lenha. Normalmente a cozedura é feita à noite, pois este tipo de forno não tem indicador de temperatura, tendo o oleiro que espreitar a cor das peças através de uma vigia, para saber se já estão cozidas, colocando, no caso da cozedura ainda não estar acabada, mais lenha sobre as peças mais cruas.

FIQUE POR DENTRO
Peças de barro são símbolos da cultura popular

A arte do barro é uma atividade milenar, que remonta há mais de três mil anos antes de Cristo. No Brasil, ainda hoje é uma prática muito representativa para a cultura popular. É uma herança deixada pelos índios. As índias faziam brinquedos de barro para os filhos e objetos domésticos como gamelas, tigelas, alguidares, potes. As peças eram modeladas de acordo com sua criatividade ou necessidade. As índias pintavam as peças com tintas fortes, inspiradas na natureza.

Mais informações
Cerâmica Silva
Bairro Batateira, ao lado do posto fiscal da Sefaz.
Telefone: 92482505

ANTÔNIO VICELMO
Repórter do Jornal Diário do Nordeste
Colaborador do Jornal Chapada do Araripe

Previsão do Tempo e Almanaque - 20 de Setembro de 2009

Um Bom Domingo para todos os nossos leitores, comentaristas e escritores do Blog do Crato. Finalmente chega o domingo, e aqui eu quero desejar um ótimo dia de descanso para todos. Hoje trago um artigo que peço um pouco de atenção aos nossos leitores: A violência que escorre da mídia; Páginas e mais páginas de puro sangue de inocentes, crimes hediondos, etc. Eu não estou nem questionando se esse simples fator já não forma um círculo vicioso da violência no Brasil. Claro que se nós temos de um lado a miséria, a exploração de classes sofridas, despreparadas em termos de educação e cultura, e juntamos a isso o estímulo que a mídia propõe à violência como um fator de transformação do padrão de vida, é muito lógico se pensar que esse tipo de abordagem transforma pessoas comuns em assaltantes. Isso é o que nós iremos ver em excelente artigo, algumas linhas abaixo.

Previsão do Tempo

A previsão do tempo apra hoje no Crato é de dia ensolarado, com poucas núvens no céu e não chove. Portanto, mais um dia de calor, e talvez propício à missa que será celebrada logo mais no Sítio Caldeirão do Beato Zé Lourenço.

ALMANAQUE

20 de setembro. Dia de Santa Cândida

A primeira referência sobre santa Cândida foi encontrada no calendário da Igreja de Córdoba e em alguns documentos da antiga Galícia, ambas na Espanha. Mas foi pela tradição cristã do povo napolitano, na Itália, que se concluiu a história desta santa. A vida cristã de Cândida iniciou quando ela foi convertida, segundo essa tradição, pelo próprio apóstolo Pedro, de passagem por Nápoles. Naquela época, o apóstolo, com destino a Roma, atravessou Nápoles, onde a primeira pessoa que encontrou na estrada foi a pequena Cândida. Percebeu, imediatamente, que a pobre criança estava doente. Parou e perguntou-lhe se conhecia a palavra de Jesus Cristo. Diante da negativa e em seu ardor de levar a mensagem do Evangelho, Pedro falou-lhe da Boa-Nova, da fé e da religião dos cristãos; curou-a dos males que sofria e a converteu em Cristo. Assim, Cândida foi colhida pela luz de Deus e curada do físico e da alma. Chegou em casa falando sobre o cristianismo e contando tudo o que o apóstolo Pedro lhe dissera. Muito intrigado e confuso, Aspreno, um parente que a criava, saiu para procurá-lo. Quando se encontraram, com muito zelo Pedro converteu também Aspreno, que o hospedou em sua modesta casa por alguns dias. O apóstolo acabou por catequizar os dois e, em seguida, batizou-os e ministrou-lhes a primeira eucaristia durante a celebração da santa missa. Esse local recebeu o nome de "Ara Petri", que significa Altar de Pedro. Depois, antes de partir, o apóstolo consagrou Aspreno primeiro bispo de Nápoles e pediu para a pequena Cândida continuar com a evangelização, salvando as almas para Nosso Senhor Jesus Cristo.

Aquele lugar onde fora celebrada a santa missa por são Pedro tornou-se de grande veneração por Cândida. Ela deixou seu lar com todos os confortos, preferindo passar seus dias numa gruta escura nas proximidades de "Ara Petri", onde vivia em penitência e oração, catequizando e convertendo muitos pagãos. Após alguns anos, o número de cristãos havia aumentado muito. Por isso, quando o imperador romano ordenou as perseguições contra a Igreja, os convertidos foram obrigados a fugir ou esconder-se. Então, o bispo Aspreno embarcou Cândida, junto com outros cristãos, com destino a Cartago, no norte da África, tentando mantê-los a salvo da implacável perseguição, mas não conseguiu. Foram alcançados, presos e torturados. Cândida foi levada a julgamento e condenada à morte porque se negou a renunciar à fé em Cristo.

No Martirológio Romano, encontramos registrado que a virgem e mártir cristã Cândida morreu no Anfiteatro dos martírios de Cartago, no dia 20 de setembro. Suas relíquias, encontradas nas Catacumbas de Priscila, agora estão guardadas na igreja Santa Maria dos Milagres, em Roma. Muitos séculos mais tarde, pesquisas arqueológicas feitas na cidade de Nápoles encontraram no local "Ara Petri" um antigo cemitério de cristãos. O fato colocou ainda mais devoção sobre a figura de santa Cândida, eleita pelos fiéis como padroeira das famílias e dos doentes. Ela recebe, no dia 20 de setembro, as tradicionais homenagens litúrgicas confirmadas pela Igreja.

Eventos históricos:

* 331 a.C. - Alexandre, o Grande inicia sua travessia ao rio Tigre para enfrentar o Império Persa.
* 537 - é transladado para o Vaticano, os restos mortais do Papa Agapito, também conhecido como Santo Agapito.
* 827 - Eleição do Papa Gregório IV.
* 1276 - Eleição do Papa João XXI. Unico Papa Português da História.
* 1378 - Eleição do Antipapa Clemente VII em oposição a Urbano VI: início do Grande Cisma do Ocidente
* 1519 - Fernão de Magalhães inicia, a partir da Espanha, aquela que seria a primeira viagem de circunavegação do mundo.
* 1835 - Entrada, em Porto Alegre, pelos Farroupilhas, vencendo o confronto da Ponte da Azenha (início da Revolução Farroupilha)
* 1859 - Primeiro registro elétrico a ser patenteado.
* 1863 - Batalha de Chickamauga, última vitória importante dos Confederados em toda a Guerra Civil Americana
* 1870 - Fim do domínio dos Estados Pontifícios sobre Roma (v. Risorgimento)
* 1882 - Elevação da vila da Figueira da Foz à categoria de cidade.
* 1898 - Santos Dumont realiza primeiro vôo de um balão com propulsão própria
* 1910 - Fundação do Club Sport Marítimo na cidade do Funchal na Ilha da Madeira.
* 1919 - Marechal Rondon é nomeado Diretor de Engenharia do Exército.
* 1929 - Lançamento da chapa Aliança Liberal, tendo Getúlio Vargas como candidato a presidente.
* 1930 - A lâmpada elétrica é patenteada
* 1960 - Benim, Burkina Faso, Camarões, Chipre, Congo, República Democrática do Congo, Costa do Marfim, Gabão, Madagascar, Nigéria, República Centro-Africana, Somália, Chade e Togo são admitidos como Estados-Membro da ONU
* 1964 - No Estádio Vila Belmiro Mal começa o jogo entre Corinthians e Santos metade das arquibancadas caem ferindo 100 pessoas
* 1966 - Guiana é admitida como Estado-Membro da ONU
* 1977 - Djibouti e Vietnã são admitidos como Estados-Membro da ONU
* 1998 - Fundação do Centro Cultural de Ceilândia
* 1999 - Libertação do Timor-Leste pelas forças da ONU
* 2001 - George Bush anunciou que a América estava em guerra contra o terrorismo.

Nascimentos:

* 1486 - Artur, Príncipe de Gales, filho mais velho de Henrique VII de Inglaterra (m. 1502).
* 1638 - Maria Teresa de Espanha (m. 1683).
* 1767 - Padre José Maurício Nunes Garcia, compositor brasileiro e mestre da capela real da corte no exílio (m. 1830).
* 1833 - Ernesto Teodoro Moneta, foi um dos presidentes da Liga Lombarda pela Paz e vencedor do Prêmio Nobel da Paz de 1907 (m. 1918).
* 1838 - Ribeiro de Almeida, jurista brasileiro (m. 1919).
* 1878 - Upton Sinclair, escritor americano (m.1968).
* 1885 - Jelly Roll Morton (m.1941).
* 1896 - Eduardo Gomes, militar e político brasileiro (m. 1981).
* 1897 - Humberto de Alencar Castelo Branco, presidente do Brasil (m. 1967).
* 1917
o Red Auerbach, ex-treinador de basquete norte-americano.
o Obdulio Varela, futebolista uruguaio e capitão da Celeste na Copa de 1950 (m. 1996.)
* 1929 - Anne Meara, atriz estadunidense.
* 1934 - Sophia Loren, atriz italiana.
* 1940 - Taro Aso, político japonês.
* 1949 - Carlos Babington, ex-futebolista argentino.
* 1952 - Manuel Zelaya, político hondurenho.
* 1953
o Zélia Cardoso de Mello, economista brasileira.
o Józef Młynarczyk, ex-goleiro polonês.
* 1959 - José Milton Melgar, ex-futebolista boliviano.
* 1961
o Eliana de Lima, cantora brasileira.
o Erwin Koeman, ex-futebolista holandês (irmão de Ronald Koeman).
* 1966 - Nuno Bettencourt, cantor e compositor português.
* 1968
o André Cruz, ex-futebolista brasileiro.
o Nicola Siri, ator ítalo-brasileiro.
* 1969 - Richard Witschge, ex-futebolista holandês.
* 1970 - Gert Verheyen, ex-futebolista belga.
* 1971 - Henrik Larsson, futebolista sueco.
* 1972 - Rodolfo Abrantes, cantor e guitarrista brasileiro.
* 1974 - Adriano Gerlin, futebolista brasileiro.
* 1975
o Asia Argento, atriz italiana.
o Juan Pablo Montoya, piloto colombiano de corridas.
* 1976 - Gléguer Zorzin, goleiro brasileiro.
* 1977
o Namie Amuro, cantora japonesa.
o Stefani Miglioranzi, futebolista brasileiro.
* 1979 - Lars Jacobsen, futebolista dinamarquês.
* 1980 - Robert Koren, futebolista esloveno.
* 1981
o Feliciano López, tenista espanhol.
o André Bankoff, ator brasileiro.
* 1984 - Brian Joubert, patinador francês.
* 1985 - Ronald Zubar, futebolista francês.
* 1986 - İbrahim Kaş, futebolista turco.
* 1988
o Aura Andreea Munteanu, ginasta romena.
o Samuel Di Carmine, futebolista italiano.

Falecimentos:

* 1384 - Luís I, Duque de Anjou e Rei de Nápoles (n. 1339).
* 1819 - Abade Faria, cientista luso-goês. (n. 1746).
* 1895 - Miguel Vieira Ferreira, matemático, escritor, Republicano brasileiro. (n.1837)
* 1945 - Augusto Fragoso, 16º Presidente do Brasil (n. 1869).
* 1957 - Jean Sibelius, compositor finlandês (n. 1865).

* 1975 - Saint-John Perse, poeta e diplomata francês (n. 1887).
* 1996 - Paul Erdős, matemático húngaro (n. 1913).
* 2000 - Gherman S. Titov, cosmonauta (n. 1935).
* 2005 - Simon Wiesenthal, arquiteto austríaco e "caçador" de nazistas (n. 1908).

Feriados e eventos cíclicos:

* 1769 - Emancipação de Itapeva
* 1835 - Proclamação da Revolução Farroupilha
* Roma antiga - Festival de Têmis, deusa da justiça, do destino e da profecia
* Dia do Jovem Adventista
* Dia do Gaúcho
* Dia do Pombo da Paz
* Dia do Engenheiro Químico
* Aniversário de Pará de Minas
* Dia Internacional de Limpeza de Praia
* Dia do Funcionário Municipal

HOJE NA HISTÓRIA

Em 1897, nascia Castelo Branco.

Marechal Humberto de Alencar Castelo Branco (Fortaleza, 20 de setembro de 1897 — Fortaleza, 18 de julho de 1967) foi um militar e político brasileiro, primeiro presidente do regime militar instaurado pelo Golpe Militar de 1964. Nomeado chefe do Estado-Maior do Exército pelo então presidente da República João Goulart em 1963, Castelo Branco foi um dos líderes militares do Golpe de Estado de 1º de abril de 1964, que depôs João Goulart. Como na sua posse a Constituição de 1946 continuava em vigor, Castelo Branco foi eleito para terminar o mandato de cinco anos iniciado por Jânio Quadros em 31 de janeiro de 1961. Assim, Castelo Branco deveria governar até 31 de janeiro de 1966. Porém, posteriormente, seu mandato foi prorrogado e foram suspensas as eleições presidenciais previstas para 3 de outubro de 1965.

Seu mandato foi prorrogado e Castelo Branco governou até 15 de março de 1967, sendo substituido pelo general Costa e Silva que fora eleito pelo Congresso Nacional em 3 de outubro de 1966. Durante seu mandato, Castelo Branco aboliu todos os partidos politícos através do Ato Institucional número 2. Foram criados a Aliança Renovadora Nacional (ARENA) e o Movimento Democrático Brasileiro (MDB), que se tornaram os únicos partidos políticos brasileiros até 1979. Ele promoveu reformas econômicas e tributárias e foi sucedido pelo seu ministro de Guerra, marechal Costa e Silva. Castelo Branco e seus copartidários tinham como plano fazer a Revolução de 1964, como foi chamado o golpe militar, para afastar por um curto período o "perigo nazi-comunista(que tinha combatido na Itália)", "representado pela fraqueza" de João Goulart(vide Jornal do Globo, em diversas edições da época), "panelaços", tiros de revolver no Congresso Nacional e outros incidentes, que o enfraqueciam, frente a outros políticos da época a chamada "eminência parda(como se denominava na "imprensa marrom" da época)" ou "Forças Ocultas(termo utilizado em discurso por Jânio de Amintas Quadros)", para, depois, restabelecer e consolidar a democracia, todos viviam sob impacto de possível "golpe de extrema(anos de chumbo, como se denominava na imprensa marrom e reservada)", objeto de receio do próprio Presidente Gulart, que foi o vice de Jânio Quadros. Contudo, seu sucessor Costa e Silva tinha um pensamento contrário, devido ao quadro tendencioso da época, pertencendo à chamada "linha dura", mais ligada ao serviço de inteligência dos Estados Unidos; sendo, portanto, quem consolidou de fato a ditadura ou "intervensão-militar(termo usado pelo Serviço Nacional de Inteligência dos Estados Unidos, na sua política externa de segurança continental) no Brasil.

Castelo Branco morreu logo após deixar o poder, em um acidente aéreo(mal explicado nos inquéritos militares), ocorrido em 18 de julho de 1967. Um caça T-33 da Aeronáutica atingiu a cauda do Piper Aztec PA 23 em que Castelo Branco viajava, fazendo com que o PA-23 caísse deixando apenas um sobrevivente. Era filho do general Cândido Borges Castelo Branco e de Antonieta Alencar Castelo Branco e da família do escritor José de Alencar.

Fontes: Climatempo, 10emTudo, Wikipedia, Edições Paulinas

Pensamentos do Dia - 20 de Setembro de 2009


"Não estarei destruindo meus inimigos quando os transformo em amigos?"

Abraham Lincoln

"Não me interessa nenhuma religião cujos princípios não melhoram nem tomam em
consideração as condições dos animais"

Abraham Lincoln

"Não te gabes de ser adorado por uma mulher que se adora muito."

Pitágoras

"Nos indivíduos, a loucura é algo raro - mas nos grupos, nos partidos, nos povos, nas épocas, é regra."

Friedrich Nietzsche

"Quando a felicidade se apresenta devemos abrir-lhe todas as portas porque jamais foi considerada inoportuna."

Arthur Schopenhauer

Foto ilustrativa: Pachelly Jamacaru

Caminhada ao Caldeirão, hoje, Domingo!... Por Pachelly Jamacaru


CALDEIRÃO DA STA. CRUZ DO DESERTO... Uma história a não esquecer!

Caminhos que levam ao Caldeirão:


Renovação!

Um olhar que atravessa o tempo!

Complementando a Informação:

10ª Romaria das Comunidades ao Caldeirão do Beato Zé Lourenço será domingo (20/9) - Por Geraldo Sales

Com o tema "Vida e Cidadania no Semiárido" será realizada neste domingo (20/9) a 10ª Romaria das Comunidades ao Caldeirão do Beato Zé Lourenço. "São dez anos de caminhada, com o objetivo de resgatar a memória da comunidade do Caldeirão, destacando a experiência camponesa de reforma agrária popular e a memória do Beato José Lourenço como afilhado do Padre Cícero."(Trecho do panfleto de divulgação do evento). A caminhada, com a presença de representantes de várias paróquias da Diocese, sairá nas primeiras horas da manhã da sede do Crato e distritos até a Capela de Santo Inácio de Loyola, na área do Caldeirão. Ali, a concelebração eucarística que anualmente é presidida pelo bispo diocesano d. Fernando Panico, terá início às 7h30min. Este ano será presidida pelo pe. Vileci Basílio Vidal, Coordenador da CPT/CE e pároco da paróquia de nsa. sra. das Dores de Assaré com a presença de váios padres da Região do Cariri. É que nesta data, o Bispo Romeiro, que batizou o local com a denominação de "Satuário das Comuindades" estará em Roma para uma visita ao Papa Bento XVI.

O Sítio Caldeirão fica no distrito de Ponta da Serra, a 22 quilômetros do centro do Crato. Quem sair da cidade com destino a Farias Brito, 10 quilômetros após o distrito de Ponta da Serra, na CE-386, encontrará a placa indicativa do Caldeirão à margem esquerda da rodovia.

Após sair do asfalto, são 12 quilômetros em estrada corroçável em boas condições de tráfego. Durante todo o percurso há placas indicativas para facilitar o acesso ao sítio. A capela de Santo Inácio de Loyola é a única edificação que sobrou ao massacre ao Caldeirão em 1936 pelas forças repressoras do governo de Francisco de Menezes Pimentel com autorização da ditadura Varguista.

A Coordenação da Romaria lembra aos participantes que organizem sua comunidade, preparem alimentos para a partilhar no grupo e não esqueçam de providenciar água e chapéu. Apesar de serem instaladas tendas no local, sempre é bom que todos(as) estejam protegidos(as) dos efeitos do sol durante toda a celebração.

A Romaria das Comunidades ao Caldeirão do Beato Zé Lourenço é organizada há dez anos pela Comissão pastoral da Terra (CPT) da Diocese do Crato, Cáritas Diocesana, Eixo Ação da Diocese e Comissão Diocesana das Comunidades Eclesiais de Base. Tem o apoio do Fórum Araripense Contra a Desertificação, Unversidade Regional do Cariri (URCA) e Administração Municipal de Crato/Secretaria de Cultura do Município.

Contatos: Padre Vileci (88)3535-1075 e (88) 9914-1598

Fotos Pachelly Jamacaru

Surpresa


SURPRESA

Trago os cabelos crespos de vento

e o cheiro das rosas nos meus vestidos.
O céu instala no meu pensamento
os seus altos azuis estremecidos.


Águas borbulhantes, árvores tranquilas

vão adormentando meus tempos chorados.

e a tarde oferece às minhas pupilas
núvens de flores por todos os lados.

Ó verdes sombras, claridades verdes,
que esmeraldas sensíveis hei nutrido,
para sobre o meu coração verterdes
mirra de primaveras e de olvidos ?

Ó céus, ó terra que de tal maneira
ardente a amarga tenho atravessado,
por que agora pensais com tão fino cuidado
vossa mansa, calada, ferida prisioneira ?

Cecília Meireles


Foto Ilustrativa: Big Bang - Álvaro Dias

O MEU NIRVANA


No alheamento da obscura forma humana,
De que, pensando, me desencarcero,
Foi que eu, num grito de emoção, sincero
Encontrei, afinal, o meu Nirvana!

Nessa manumissão schopenhauereana,
Onde a Vida do humano aspecto fero
Se desarraiga, eu, feito força, impero
Na imanência da Idéia Soberana!

Destruída a sensação que oriunda fora
Do tato - ínfima antena aferidora
Destas tegumentárias mãos plebéias -

Gozo o prazer, que os anos não carcomem,
De haver trocado a minha forma de homem
Pela imortalidade das Idéias!

Augusto dos Anjos

A COR DO ARCO ÍRIS - Por: Nilo Sérgio



O Maestro Dihelson Mendonça abordou em um artigo um tema que me prendeu a atenção pela riqueza do conteúdo informativo e o conhecimento agregado. Discorria sobre um fenômeno relacionado à “cor das notas musicais”. Outro dia na Livraria Cultura, em Recife, encontrei uma publicação com o título: “A Interação das Cores”, de Joseph ALBERS. Sentei-me um pouco para folhear lembrando-me do artigo do Dihelson e entusiasmado terminei adquirindo o livro. Albers faz uma citação que me deixou curioso é foi ela que me incitou a aquisição: “o nosso objetivo não é o conhecimento, a sua aplicação: e sim, a imaginação flexível, a descoberta, a invenção – o gosto”.
O fato de um estudo sobre a interação das cores resultar nessas observações me deixou super curioso. Como teorizar sobre a experiência visual que está sempre sujeita a mutações? Esse livro não segue uma concepção acadêmica de “teoria e prática. Inverte essa ordem e põe a prática antes da teoria, que afinal, é a conclusão da prática.
No começo do século XIX Goethe buscava a mesma abordagem do fenômeno cromático ao fazer uma Farbenlehre (doutrina das cores), ao invés de uma Theorie, ou seja, um aprendizado antes prático do que exclusivamente teórico.
Os livros trazem exemplos cansativos se o leitor quiser compreende-lo ao pé da letra. É necessário vivenciar os experimentos que propõe.
As escolas de arte alemãs sempre tiveram uma vocação para o trabalho prático, e o exemplo mais marcante é a Bauhaus, da qual a Albers fez parte, e que até hoje permanece como referência na arquitetura e no design. Albers levou consigo essa formação para os EUA após o fechamento da Bauhaus pelos nazistas. Vários jovens artistas americanos, como Rauschenberg, sofreram sua influência – mesmo quando a questionaram- enquanto estudavam no Black Mountain College. Ao ser chamado para a Universidade de Yale, permanece até a sua aposentadoria na School of Arts.

Foi neste ambiente que Albers preparou o livro sobre a interação das cores. Seu impacto foi enorme no universo das artes visuais. Hoje em dia podemos ver um artista como Peter Halley ministrando cursos sobre a cor. Quando estive em Los Angeles em 2007 para um curso de 15 dias na UCLA, fui conhecer a Escola de Artes e fiquei extasiado com a penetração e aceitação dessa idéia entre os professores e alunos. Perguntei: como ensinar o aluno a utilizar a cor? Resposta: “não existe fórmula certa, apenas experimentos que podem auxiliar o aluno de arte a ver a cor de maneira mais apurada: suas variações de contraste, transparência, luminosidade e saturação”.
Ao contrário das pesquisas científicas em laboratórios, neste caso o sujeito se coloca como objeto de estudo: “Tendo em vista que partimos do material da cor em si, de suas ações e interações conforme as registra nossa mente. Nossa prática diz respeito, em primeiro lugar e principalmente, a um estudo de nós mesmos”. Surge assim uma nova maneira de abordar as cores a partir do olhar do observador.

A famosa polêmica de Goethe contra Newton se deve ao fato de o poeta recusar o expediente científico. Ao olhar pelos prismas, ele não vê a refração da luz conforme a teoria newtoniana. Goethe, ao falar das cores sempre oscilava entre duas linguagens, como se uma nunca fosse capaz de dar conta integralmente dos fenômenos cromáticos. Isto porque as cores podem ser vistas tanto sob a ótica física, como artística e poética. Compreendo bem este paradoxo, pois fui professor de física e química por longos anos antes de me dedicar ao estudo do homem e de almas (parafraseando Taylor Caldwell).
Um estudo restrito a procedimentos técnicos é decepcionante, pois fica na maioria das vezes aquém dos estudos teóricos sobre arte. Numa época em que a transmissão do conhecimento dos grandes mestres perde o sentido é quase inútil uma cartilha sobre a arte de pintar. A arte moderna obrigou o artista a depurar sua técnica de modo solitário, até mesmo quando assume influências. Na verdade, o uso de determinados materiais em detrimento de outros sempre revela uma escolha. Uma postura do artista em relação ao mundo. É só perguntar a Dihelson, Edilma, Pachelli, Lupeu, Bantim e os demais artistas do Crato, se cada um em seu âmbito não se coloca como objeto de sua técnica em relação ao mundo!

As tabelas de cores presentes tanto nos livros de Goethe, Itten e Albers são fascinantes a primeira vista. Mas logo após o impacto inicial, temos a sensação de um enorme vazio contido atrás de tão belos matizes. Por se pretenderem mais “objetivos”, de algum modo são também estéreis. Basta compará-los com as aquarelas de Paull Klee para notarmos como são desprovidos de vida. Albers e Itten salientam na introdução de seus textos que o estudo da cor é apenas um instrumento que por si só não faz de um estudante um artista. É muito difícil conceber o fenômeno cromático sem se reportar ao uso específico que cada artista faz no interior de sua obra.
O filósofo Wittengstein em suas “Observações sobre as cores” afirma que não é possível estabelecer uma teoria única sobre os fenômenos cromáticos. Os problemas fenomenológicos perduram, segundo ele, sobre uma teoria fenomenológica.


A INTERAÇÃO DAS CORES
Josef Albers
WMF MARTINS FONTES
192 p.

Leitura recomendada: Wittengstein - Observações sobre as Cores

A Patente de Capitão a Virgulino Lampião. - Por: Mário Correia Júnior

Como este título fora outorgado ao Rei do Cangaço?

Tendo em vista que, a Região do Cariri, principalmente as cidades de Crato, Juazeiro do Norte, Barbalha e Missão Velha, receberá os mais ilustres estudiosos, pesquisadores e escritores do cangaço; resolvi fazer uma pesquisa a respeito, com referência ao titulo de Capitão a Virgulino Lampião. É do conhecimento público que a grande maioria dos estudiosos sobre o tema “Lampião”, é de acordo que o Rei do Cangaço recebera o título da parte do governo; a patente de capitão. Entretanto, não há precisão, onde e como este título fora outorgado. Quem pessoalmente condecorou-lhe e fez a entrega da comenda? Não encontrei registros precisos. Temos conhecimento de que o Padre Cícero fora visitado por Lampião. E aí indagamos: teria sido nesta ocasião da visita ao Patriarca de Juazeiro do Norte, que o Rei do Cangaço recebera a respectiva comenda? Não encontramos, também, afirmações precisas, contudo é presumível.

Continuamos os questionamentos: Das mãos de quem teria recebido o papel-patente? Teria sido das mãos do Padre Cícero? Presumível. Apenas probabilidades. Para uma maior reflexão, vejamos o conteúdo do documento de nomeação da patente de Capitão:

“Nomeio ao posto de Capitão, o cidadão Virgulino Ferreira da Silva; a primeiro tenente, Antonio Ferreira da Silva; e a segundo tenente, Sabino Barbosa de Melo, que deverão entrar no exercício de suas funções logo que deste documento se apossarem”.

Publique-se e cumpra-se.

Dado e passado no Quartel-General das Forças Legais em Juazeiro, 12 de Abril de 1926. Façamos uma análise mais acurada neste documento. O mesmo tem a data de 12 de abril e Lampião havia estada em Juazeiro no dia 4 de Março. Portanto, na data do documento, o Rei do Cangaço não se encontrava mais em Juazeiro. E a redação do documento e a mando de quem o fora redigido? A responsabilidade é tão apenas do Agrônomo Pedro de Albuquerque Uchoa?

Continuemos a fazer mais uma análise com referência a esta patente de Capitão ao Rei do Cangaço. Há fortes indícios de que o autor intelectual de toda esta trama de Lampião no Ceará, a patente e ordem para combater a Coluna Prestes tenha partido de Floro. Mas, o Floro viajara para o Rio de Janeiro, em 18 de Fevereiro de 1926. No período de 4 à 7 de março, em que o rei do Cangaço estivera no Juazeiro, o Floro se encontrava em agonias irreversíveis no Rio, fulminado pela angina péctoris. Veio a falecer no dia 8 de março, e na data anterior, ou seja, 7 de março o Lampião abandonara a Terra do Padre Cícero.

Enfim, os estudos demonstraram que em face da morte de Floro, o mesmo não pode assumir pessoalmente o que havia encaminhado. Conseqüentemente, deixando para o Presidente Artur Bernardes, para o Governador Moreirinha, para os setores Militares e para o Patriarca do Juazeiro uma herança de cunho ético, pois o convite ao Rei do Cangaço com a intenção de combater a Coluna Prestes, resultara em um fracasso. Tenho a plena convicção, de que estes questionamentos e outros serão com certeza, esclarecidos neste Seminário.

Mário Correia de Oliveira Júnior
Advogado e Professor de Direito da Universidade Regional do Cariri
Fontes de pesquisas: Marcha da Coluna Prestes Através do Ceará- Pe.Geraldo Oliveira Lima-1970.

SONHAR SERÁ SEMPRE NECESSÁRIO PARA CONSOLIDAR UMA GRANDE AMIZADE! - Por: Wilson Bernardo.

A UTOPIA É POSSÍVEL!


Todos seremos cobrados algum dia
quando a noite se fizer por total uma penumbra
de perdas e ganhos em um processo
natural orgânico da vida
o nascimento
a morte
que tudo isso se descompleta
não em perda
mas em um ganho inestimável
a verdadeira amizade dos povos
sem cores
sem raça
sem credo
o que somos feitos de decepções
para que o preconceito se vista de sensibilidade
humana
e possamos com partilhar do mesmo
gole d'água de um açude escasso de rancores.



Wilson Bernardo (Poema & Fotografia
)

A Exploração da Violência pela Mídia

"Retratos de uma Sociedade ávida de Sangue!"


A exploração obsessiva da violência pela mídia seria apenas uma resposta ao público, para satisfazer a sua curiosidade mórbida e saciá-lo no seu apetite pelo trágico? No caso do Brasil, vive-se hoje um "estado de violência", ou o que existe é uma superexploração de fatos violentos? A exposição do público às freqüentes cenas de violência, reais ou fictícias, pela mídia pode interferir na postura comportamental e nas relações sociais? Se se vive uma escalada da violência, quais seriam as suas verdadeiras causas?

Em busca de respostas para indagações dessa natureza, há um debate intenso, uma crescente inquietação da sociedade, o que significa um inconformismo, uma consciência de que se pode e deve-se algo ser feito em favor de melhores condições de vida para as próximas gerações. Sobre as causas da violência, as opiniões são variadas. Há aqueles que a entendem como um subproduto social e que existe em toda sociedade e em qualquer época, como Émile Durkheim (1), que entendia a violência como sintoma de funcionamento ineficiente das instituições sociais, ou falha nos processos de socialização das pessoas. Para Karl Marx (2), a violência seria resultante das lutas de classes, fruto das contradições das conquistas da modernidade e do capitalismo. Hannah Arendt (3) diz que a escalada da violência pode significar a deterioração do poder do Estado, uma vez que "Poder e violência são opostos; onde um domina absolutamente, o outro está ausente". Outros opinam que a violência tem causas difusas como racismo, intolerância, desigualdades sociais, processos de exclusão, ineficácia da lei/impunidade, omissão do Estado entre outras. Ainda há os que acreditam que a mídia, em especial a televisão, gera ou potencializa comportamento agressivo e contribui para o incremento da violência na sociedade.

As possíveis causas da recrudescência do número de ações violentas são temas polêmicos que demandam longa discussão. Mas, quanto aos números, em se falando de Brasil, são inquestionáveis e alarmantes. Por exemplo, a quantidade de incidentes envolvendo jovens é assustadora se comparada com outros países. Uma pesquisa, que será discutida adiante, mostra que o número de jovens de 15 a 24 anos vítimas de mortes violentas chega a 100 vezes mais do que em países que tem condições sócio-econômicas parecidas às do Brasil.

Que participação teria a mídia nesse quadro de violência estampado na sociedade brasileira? Especialmente o rádio e a televisão são instrumentos de mídia poderosos e de grande capacidade de mobilização social, pela capilaridade do seu alcance e pelo fascínio que exerce sobre as pessoas. A sociedade há que saber usar bem todo o potencial dessa ferramenta maravilhosa que detém nas mãos para reconstruir-se, para elevar os níveis de cidadania, afastar em definitivo qualquer sombra de censura e reafirmar as conquistas de liberdade, paz, justiça e solidariedade entre os indivíduos.

Marcos Sílvio de Santana
Acadêmico do curso de Direito pela FADIPA - Faculdade de Direito de Patos de Minas-MG

...

NE - E agora, pra não dizer que não falamos de atualidades, aí está o reflexo do que acabamos de ler, estampados nos principais jornais do país e de sites do Ceará:

Pai e filho morrem em acidente em MG

Um acidente envolvendo uma moto e um caminhão deixou duas pessoas mortas, na BR-494, na região de Itapecerica (MG), neste sábado (19). Um homem de 40 anos e o filho dele, de 16, que estavam na moto, morreram na hora.O outro veículo, que estava carregado de carvão, ficou no acostamento. O motorista não foi localizado.

Padre é encontrado morto em casa paroquial em Manaus

O corpo de um padre italiano foi encontrado na manhã deste sábado (19) com um tiro na cabeça, na casa paroquial onde morava, em Manaus, segundo informações da Polícia Militar. O comandante Geral da PM, coronel Dan Câmara, disse que a polícia deteve no fim desta manhã três suspeitos de cometer o crime. Eles foram levados a uma delegacia. "São pessoas que já têm envolvimento em outros crimes", afirmou. O Secretário de Segurança Pública, Sá Cavalcante, preferiu não se antecipar quanto à provável causa do assassinato. Ainda de acordo com o comandante da PM, a Secretaria de Segurança criou uma força-tarefa especial composta pelas polícias militar e civil do estado para apurar o caso. "Nosso objetivo é prender os homicidas no menor prazo possível", diz.

Fonte: G1

Colisão de motos em Icó

No dia de ontem, 18/09, por volta das 10:30 horas, na CE 282 km 01, Sítio Gama, houve um acidente de trânsito (colisão) envolvendo uma moto Honda Biz 100, cor azul, ano 2006, placa HXI 3059-CE com uma moto Honda Brós 125, cor vermelha, ano 2003, placa DJI 4105-CE. A motocicleta BROS era guiada por VALESKA GURGEL DOS SANTOS, 20 anos. A mesma sofreu escoriaçoes leves pelo corpo, ficando em observaçao no Hospital Regional de Icó/CE; a moto BIZ era guiada por FRANCISCO PEREIRA DE SOUZA, 64 anos, viuvo, aposentado, natural de Icó/Ce, o mesmo sofreu uma fratura exposta na mão esquerda, sendo transferido para a Cidade de Fortaleza/CE.

A Polícia Militar através da VTR 2382 composta pelo 1º Sgt PM HERIVELTON e o SD PM NONATO, constataram a veracidade dos fatos, sendo que as vitimas já tinham sido socorridas.

Fonte: www.Iguatu.net

Homem atira em namorada na cidade de Quixadá


No dia de ontem, 18.09 por volta das 22h00min, no Distrito de Juá, Zona Rural de Quixadá; a Sra. S B F, 20 anos, solteira, natural de Quixadá – CE; domestica foi lesionada com um tiro de revolver na coxa esquerdo, juntamente com seu irmão o menor (J.F.C.), 11 anos, estudante, o mesmo foi lesionado com um tiro na perna direita. Viatura RP 1222 comandada pelo Cabo PM ANDRÉ, o motorista o Cabo PM AILTON e patrulheiro o Cabo PM GUANABARA, estiveram no local do ocorrido onde colheram todos os dados atinentes ao fato e estão diligenciando e até o momento sem êxito. Vale salientar que a vitima encontra-se internada na Maternidade Jesus Maria e José em Quixadá e até o momento passa bem, enquanto o acusado evadiu-se tomando rumo ignorado e era conhecido apenas por MARCÉLIO e era namorado da primeira vitima.

Fonte: Igautu.net

Acidente de trânsito em Jucás


No dia de ontem, 18/09, por volta das 19h45m, dois motoquieros sofreram um acidente em virtude de passar por cima de uma pedra, e com isso vindo a perder o controle da referida moto. Esse acidente ocorreu na Ladeira do Sabonete, a uma distância de 12 km da sede da cidade de Jucás.

A Polícia Militar, representada pelos policiais 1° Sgt PM GENIVAL, CB PM GERALDO, SD PM MARLON, foram informados do ocorrido através do telefone de emergência (190), sendo que se deslocaram até o local do acidente e socorreram as vítimas de nome Agenor Leandro Lavor Fernandes, solteiro, 21 anos, vendedor, natural de Jucás e Antônio Deivid Morberck de Paulo, 18 anos, estudante, solteiro. A pessoa de Agenor Leandro foi tranferido para o Hospital Regional de Iguatu e Antônio Deivid teve apenas escoreações leves, sendo liberado em seguida. Não foi possível pegar os dados da moto visto que populares retiraram a moto do local, mas a composição policial continua em diligência para localizar a moto envolvida nesse acidente.

Fonte: Iguatu.net

Caminhão roubado é encontrado em Quixadá

Por volta das 07:45 de ontem,18/09, o cmt da vtr 1222(sgt Saldanha),tomou conhecimento,através de populares,que havia um caminhão abandonado,na CE 060,próximo ao matadouro municipal. Deslocando –se até o local,localizou o veículo, Mercedes Benz 1313,vermelha,ano 1977,placas HUZ 1655-Nova Olinda-Ce ,que havia sido tomado de assalto dia 17/08/2009,por volta das 23:00,entre as cidades de Cristais e Morada Nova, por quatro homens armados em uma saveiro branca e um outro veículo não identificado.
Foi localizado o motorista do caminhão,Antônio Calixto Alencar,48 anos e também o dono do caminhão, Antônio Moreira Fenelon ,46 anos que informaram que os assaltantes levaram o caminhão com a carga de cereais, avaliada em R$ 30.000,00 (trinta mil reais) ,e os deixaram amarrados em um matagal próximo de Quixadá, ,vigiados por dois elementos do bando,que os soltaram as 05:00 da manhã.

A PPMM da vtr 1222 (SGT SALDANHA- CB MARLOS – CB DEUSDEDITH ), ao chegar ao local, acionaram a pericia da DRPC (Neto Cabral ) e conduziram as vítimas para registrar a ocorrencia na DRPC.

Fonte: Igautu.net

Bandido assalta idoso na sua residência em Catarina

No dia de ontem, 18/09, por volta das 07:00 horas, a Polícia Militar foi informada que havia acontecido um roubo, por volta das 03:00 horas da madrugada, na residência do Senhor JOSÉ ALVES RODRIGUES, 89 anos, aposentado, viúvo, natural de Catarina – Ce, o qual informou ter ouvido um barulho estranho dentro da residência e ao sair para ver o que era, foi surpreendido por um elemento encapuzado. O elemento havia entrado pela grade da entrada de ar da casa cerrando a corrente. O infrator atacou a vítima derrubando-a ao chão para tentar amarrá-la e amordaçá-la. A vítima ficou ferida no braço esquerdo, pois o elemento estava armado com uma faca. O infrator subtraiu uma quantia de aproximadamente R$ 3.000,00, depois evadiu-se pela porta dos fundos, tomando rumo ignorado. Vale salientar que a vítima é deficiente físico e não reconheceu o invasor sabendo apenas que se trata de um homem alto, moreno e magro,

A Polícia Militar através da VTR-2362, composta pelos policiais CB PM ELRELY e o SD PM VILSON , compareceram ao local, colheram as informações e saíram em diligências no sentido de localizar e prender o autor do delito.

Fonte: Igautu.net

Furto em condomínio no Bairro Presidente Kennedy

“Três homens invadiram e furtaram, na manhã deste sábado, 19, dois apartamentos no prédio Vila dos Bosques, localizado no bairro Presidente Kennedy, por trás do North Shopping.

Segundo a polícia, um dos homens distraiu o porteiro enquanto os outros dois entraram no prédio e invadiram dois apartamentos.

Os moradores dos apartamentos não estavam no local durante o furto. A polícia ainda procura os assaltantes.”

(Colaborou Nicolau Aráujo)

Fonte: Eliomar de Lima

NE - É pouco, ou querem mais ? O que deseja uma Sociedade DOENTE ???

CRATO - URCA recebe trabalhos para semana de Iniciação Cientifica

Serão ofertados trinta minicursos em diversas áreas para a comunidade acadêmica. A expectativa é reunir cerca de 1500 participantes entre pesquisadores, estudantes e bolsistas das diversas agencias de fomento a pesquisa. A XII Semana de Iniciação Cientifica da Universidade Regional – URCA esse ano terá como tema “Ciência & Sociedade: Caminhos para o futuro” e será realizada no período 23 a 27 de novembro, no Campus Pimenta. O evento é aberto para estudantes de graduação e graduados de todo o Brasil e as inscrições de trabalhos acadêmicos podem ser efetuadas até o dia 02 de outubro pelo site www.urca.br/prpgp ou na sala da Pró-Reitoria de Pós-graduação e Pesquisa – PRPGP, no Campus Pimenta.

Uma das novidades esse ano é a possibilidade de envio do trabalho completo com publicação em ISBN e a apresentação em forma de comunicação oral. O evento é um importante momento para socialização, potencialização e aprofundamento da pesquisa e da produção cientifica. A Semana de Iniciação é uma exigência do Governo Federal para as Universidades como forma de contrapartida para garantia do subsidio financeiro para fomento da pesquisa. O Encontro na URCA mostrará resultados parciais, ensaios e resultados finais de pesquisas desenvolvidas por professores e alunos da instituição e de outras universidades e faculdades de estados vizinhos como: Piauí, Pernambuco e Paraíba.

A semana constará de trinta minicursos, além de mesas redondas, palestras, apresentação de produções cientificas e lançamento de livros. A inscrição do evento será R$ 5,00 e os participantes terão direito a um certificado com carga horária de 40 horas aulas. Para o Pró-Reitor de Pós Graduação e Pesquisa, Alamo Saraiva, a temática deste ano visa provocar a reflexão científica partindo do âmbito global para regional. Ele destaca que uma das intenções da Semana é mobilizar a população acadêmica, em torno de temas e atividades de Ciência e Tecnologia desenvolvidas pela Universidade, valorizando a criatividade, a atitude científica e a inovação tecnológica.

Serviço:
Pró-Reitoria de Pós-graduação e Pesquisa – PRPGP
(88) 31021291



Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30