xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 18/09/2009 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

18 setembro 2009

Chico Anysio tem homenagem merecida e interpretará 17 personagens na Globo

Um dos grandes nomes do humor da TV brasileira, Chico Anysio, será homenageado pela Rede Globo no final do ano. A emissora decidiu produzir um especial para o humorista de 78 anos, que andava afastado das produções globais. No programa, Anysio irá interpretar 17 dos mais de 200 personagens criados por ele ao longo de sua carreira. Só que desta vez, todos os 17 personagens irão contracenar. A ideia da emissora é aproveitar o formato da “Escolinha do Professor Raimundo” e substituir os alunos pelos personagens mais famosos do comediante. Segundo a coluna Outro Canal, Anysio ainda não decidiu todos os papéis que irá interpretar no especial. No entanto, já estão certos que professor Raimundo, Azambuja, Bento Carneiro, Coalhada, Gastão, Haroldo, Justo Veríssimo, Quem-Quem, Painho, Pantaleão e Salomé estarão no programa.

A ideia de homenagear o humorista partiu do diretor de entretenimento da TV Globo, Manoel Martins. Além do especial de Chico Anysio, a programação de fim de ano da emissora tem espaço reservado para mais uma atração humorística.

Fonte: Lucas Cordeiro

O pesadelo da internet sob controle - Por: Robson Fernando

É a Lei Hadopi, na França, que parece estar caminhando para a aprovação. França aprova cortar internet em caso de download ilegal. A Câmara Baixa do Parlamento francês aprovou hoje uma lei pioneira, que permite às autoridades cortarem o acesso à internet de pessoas que fazem download ilegal de conteúdo. Empresas de entretenimento esperam que seja uma arma poderosa contra a pirataria na rede. Críticos da lei reclamam que ela ameaça as liberdades civis e há dúvidas sobre como ela será colocada em prática. A lei atraiu a atenção de empresas ligadas ao comércio de música e de filmes também de fora da França. Essa indústria luta para manter sua arrecadação [Como não sabem como se adaptar à realidade, imposta pela internet, de democratização do acesso à informação e à cultura, tentam controlar essa democratização, transformando a rede numa nação sob domínio de um Estado de polícia.

O Ministério da Cultura estima que mil usuários de internet podem perder suas conexões diariamente sob a nova lei. Pessoas que ignorarem o e-mail e a carta de advertência podem ter suas conexões de internet cortadas por até um ano e podem também ter de pagar €300 mil (US$ 435 mil) de multa ou ainda serem presas. Até mesmo os pais de crianças que fazem download ilegal podem ser alvo da lei por negligenciarem as atividades online dos filhos, após advertências de que o serviço de internet da família pode ser interrompido por um ano e podem ter de pagar uma multa de €3.750 (US$ 5.480).

Uma versão mais pesada da lei foi rejeitada no início do ano, considerada inconstitucional. O Senado aprovou a atual versão em julho e a Assembleia Nacional aprovou a lei hoje por 285 votos a favor e 225 contra. O presidente Nicolas Sarkozy, marido da cantora Carla Bruni-Sarkozy e amigo de poderosos empresários de mídia franceses, apoiou a lei. O ministro da Cultura, Frederic Mitterrand, aplaudiu os deputados, dizendo que "os artistas sempre se lembrarão que nós, pelo menos, tivermos coragem de quebrar a abordagem laissez-faire e proteger seus direitos de pessoas que querem tornar a internet numa utopia libertária". ["MUAHAHAHAHAHA!!", gargalhou o ministro após se afastar dos microfones. Para ele, a "utopia libertária", que para nós é uma internet livre e justa, é bullshit, é papo de adolescente anarquista revoltadinho. As gravadoras e a polícia mandam a partir de agora, e que se dane a liberdade.]

A França abre um precedente sombrio no mundo para as tentativas de controle policial da internet em nome dos direitos autorais.

É uma vergonha que o país que, lá no século 18, ajudou a inaugurar a época da possibilitação dos sonhos da liberdade das pessoas esteja dando hoje uma banana para sua história que tanto valorizou a liberdade e esteja esboçando um Estado policial na internet. Quero ver como @s internautas de lá vão reagir. Espero que pratiquem a desobediência civil e vão às ruas novamente, como foram três anos atrás.

Por: Robson Fernando - Do Consciência Efervescente

Histórias e Estórias do Crato de Antigamente - Por Ivens Roberto de Araújo Mourão

OS DOCUMENTOS

O Dr. Luis de Borba Maranhão era advogado, bem conceituado, e político. Tinha tentado ser Deputado várias vezes, sem obter sucesso.


Dr. Luís de Borba Maranhão.

Depois de aposentado ficou cuidando de sua propriedade que ficava para as “bandas da Batateira”, na Serra do Araripe. A Batateira é o local de uma famosa fonte de água artesiana, que jorra alguns milhares de litros por hora. É tão intensa que comporta uma mini-turbina, para gerar energia elétrica. É na subida as Serra para quem vai do Crato para Pernambuco, mais propriamente o Exu, cidade do famoso Luís Gonzaga, o Gonzagão.

Na saída da cidade, depois do “Seminário dos Alemães”, existia um posto fiscal. Tinha uma fiscalização mais intensa principalmente por ser o último posto de fronteira com outro estado.
Todos que por lá passavam, tinham que se submeter a uma revista. Portanto, só se passava quando o “guarda autorizava”...

Para o Dr. Luís não tinha essas revistas. Todos os guardas já o conheciam e ele passava direto.
Mas, um belo dia, estava de serviço um guardinha novato. E, portanto, não conhecia o Dr. Maranhão. Sendo assim, ordenou que parasse. Por essa razão, dessa vez, ele teve que se submeter à revista, muito a contragosto. O guarda se dirigiu até ele e disse a conhecida frase:

- Os documentos, por favor.
O Dr. Luís não titubeou. De imediato abriu a braguilha e, facilitado pela cueca “samba canção”, juntou tudo com as duas mãos e disse:
- “Taqui” os documentos...
Nunca mais foi parado...

O JOGADOR

Uma das características do Dr. Luís de Borba Maranhão era ser extremamente simples. Não ligava a mínima para nada. Chegava a ser até ingênuo. Era rico desde que vendera uma mina de pedras semi-preciosas que ele tinha no Rio Grande do Norte. Carros ele tinha vários. Mas tudo era velho. Quando trocava de carro era por outro velho. E o filho, João de Borba Maranhão, era do mesmo jeito. Ambos eram assíduos freqüentadores do jogo de “buraco” na casa do Luís. Com um detalhe: quando o pai ia o filho não ia:
- Não, Luís, não vou não. Muito obrigado. Meu pai joga muito mal e acha que joga.

O INFARTO

Certo dia, o jogo de buraco corria solto na casa do Luís. De repente, ele começou a suar muito e com uma dor no peito, correndo para o braço esquerdo. Alguém, de pronto, ligou para o Dr. Raimundo Bezerra. Do outro lado da linha veio a ordem:

- Leva rápido para a Casa de Saúde que ele está tendo um infarto!

O João de Borba Maranhão, imediatamente se prontificou:
- Eu levo o Luís!

Mais do que de repente, os jogadores carregaram o Luís e o instalaram no banco traseiro do carro, onde ele ficou deitado. Foi aí que ele pode comprovar a mania da família por carro velho. Era uma batedeira total. Parecia que não tinha amortecedor e nenhum parafuso. Apesar de toda a dor, só pensando em morrer, o Luís notou que o carro estava com o freio de mão puxado até o último ponto. O motor zunia e o carro não desenvolvia. O Luís com uma dor terrível, que não o deixava falar. Só conseguia pensar:

- Porra, vou morrer por causa de um freio de mão! Puta que pariu! Que sorte essa minha! Nessa velocidade, quando chegar ao Hospital, eu já estarei morto!

Quando conseguiu estacionar na emergência da Casa de Saúde do Dr.Raimundo, a fumaceira tomou conta de todo o carro. Então, o João de Borba, na maior calma do mundo, exclamou:

- Ih! É por isso que o carro não desenvolvia! Eu doido para chegar rápido e o carro não andava! Deixei o freio de mão ligado!


O PERUANO

Apareceu no Crato, em determinada época, um peruano. O Luís não sabe explicar como ele foi esbarrar por lá. Mas conseguiu se firmar na cidade. Casou com uma filha do Dr. Luís de Borba Maranhão. Certo dia, numa roda de amigos, ele falava das suas criações. Era capêto pra aqui, capêto pra lá. Participava da roda o Sr. Joaquim Bezerra, pai do Dr. Raimundo Bezerra. Ele soltou aquela sua gargalhada característica, e disse:

- Este cara está aqui há tanto tempo e ainda não aprendeu a falar! Não é capêto não, homem, é CAPOTE!


O TÉCNICO

Três clubes se destacavam no futebol do Crato. O Sport - o melhor - mais organizado e de maior torcida. Provavelmente devido às cores das camisas rubro-negras, como as do Flamengo. O Atlético, com as camisas mais para laranja do que vermelho. E o Cariri, de camisas brancas com duas listras separadas na diagonal, em preto e vermelho. Dos três, o mais modesto. A Diretoria do Cariri decidiu convencer o Dr. Luís de Borba Maranhão de que ele era um excelente técnico de futebol. Na verdade, estavam de olho era no dinheiro dele. O certo é que ele pegou a corda e a sua estréia foi num clássico contra o Sport. O jogo foi no campo do adversário, no Bairro Barro Vermelho. O campo era de terra, o alambrado era um único arame que cercava as quatro linhas, e o fechamento do estádio era com palha. Joguei algumas vezes nesse campo, em torneio de times de garotos. A bola era oficial, de “pito”, como se chamava, e todos jogavam descalços. Com o patrocínio do Dr. Maranhão, o Cariri lançou um atacante, Meinha, que tinha fama de goleador. O Luís se colocou ao lado do novo técnico, para observar suas instruções. O jogo disputadíssimo, mas com maior pressão por parte do Sport. Quase ao final do jogo, córner contra o rubro negro. A bola é lançada para o tumulto da pequena área. E o Meinha, entra de peixinho e, com a cabeça, empurra a bola para o fundo das redes do Sport. O técnico virou-se para o Luís e disse:

- Essa jogada eu combinei para lançar na cabeça do Meinha!


Ao final da partida, com a vitória do Cariri, o novo técnico foi carregado nos ombros pelos jogadores e Diretoria. Afinal de contas, era o grande patrocinador da Equipe...



Clube Atlético Cratense. O primeiro, em pé, da esquerda para a direita, é o Alagoano, cunhado do Luís. Foi quem me levou para assistir ao meu primeiro jogo de futebol. O segundo, agachado, da esquerda para a direita, é o Ossian Alencar Araripe, que chegou a ser prefeito do Crato e Deputado Federal. Era o craque do time e da seleção cratense.

Fonte: Do livro "Só no Crato" de Ivens Roberto de Araújo Mourão. Direitos de Publicação cedidos ao Blog do Crato pelo autor. Todos os Direitos Reservados.

As Histórias dos Outros – I: O Fujão – por Carlos Eduardo Esmeraldo

Há alguns anos, comprei na Livraria Siciliano o livro “Minhas Histórias dos Outros”, do jornalista Zuenir Ventura. O título desse livro me deu a idéia de narrar, ao meu modo, as histórias dos outros que li e contei aos amigos em bate-papos informais. Inicio com a aventura de um ilustre cratense, acontecida há quase noventa anos.
***
Ano-novo de 1921 e o jovem Zezinho, aos 17 anos, fora mandado pelo pai à Fortaleza para tentar ingressar no curso de Farmácia. Até então levava uma vida de estudo, conciliada com muito trabalho na farmácia do pai. Tinha como diversão somente a escuta das conversas noturnas na botica de seu pai. Médicos, advogados, comerciantes e políticos do Crato ali se reuniam todas as noites para comentarem os assuntos da política, contarem “causos”, anedotas e falarem sobre literatura e outros assuntos da terra. Aquelas conversas eram instrutivas e inspiravam no jovem Zezinho o gosto pelos estudos e pela leitura.
Ao chegar a Fortaleza, Zezinho se extasiou com as opções de lazer que a capital oferecia, bem diferente daquela vidinha rotineira de um Crato, ainda província. Livre de qualquer censura passou a desfrutar de uma intensa vida social. Eram espetáculos teatrais, clubes de danças, serestas, bares e tantas outras coisas desconhecidas por ele. Não havia tempo para se preocupar com os estudos.
Certa vez, o senhor Pedro Pequeno, um rico comerciante cratense se hospedou com suas filhas na pensão em que Zezinho se alojara. Percebendo que o jovem cratense não freqüentava o curso preparatório e vivia se divertindo, segredou a um companheiro, sem perceber que o estudante, sentado numa mesa atrás, a tudo escutava: “Esse filho do nosso boticário não está estudando nada. É direto na farra! Quando chegar ao Crato eu vou contar tudo o que vi ao pai dele.” E o nosso Zezinho, admirador da beleza de uma das filhas daquele comerciante, transformado repentinamente em seu zeloso guardião, passou a achá-la feia e chata. “Quem diria que aquela moça magrinha e muito elegante viria a ser a minha esposa?” Indagava ele anos depois.
Zezinho estava consciente de que se voltasse ao Crato reprovado no vestibular seria severamente castigado pelo seu autoritário pai. Influenciado por Freitas, um colega de Recife, seu companheiro de pensão e festanças e, como ele, sem dar bolas para os estudos, resolveu partir para São Paulo em companhia do amigo, onde segundo pensavam, haveria emprego farto. Porém o dinheiro de que dispunha somente dava para a passagem de navio até a cidade de Recife. Mas o colega pernambucano lhe prometera que na sua cidade arranjaria com seus pais dinheiro suficiente para custear a despesa com a viagem dos dois até São Paulo. Assim sendo, tomaram o vapor “Acre” e zarparam do Mucuripe. À medida que o navio se afastava, Zezinho tinha a impressão que o farol piscava dando-lhe um saudoso adeus.
Ao chegarem a Recife, após dois dias de uma viagem na qual Zezinho passou a maior parte vomitando, ele se hospedou na pensão de um português. Estava fascinado pelos grandes sobrados, o movimento de veículos e as belas pontes daquela cidade. No dia seguinte, procurou Freitas, seu colega e companheiro de aventura. Este lhe comunicou que não mais iria seguir viagem, pois seus pais convenceram-no ficar em casa, e arranjaram para ele um bom emprego no jornal “Diário de Pernambuco”. Zezinho teve uma grande decepção. Estava sem dinheiro em terra estranha. Lembrou-se de Cavalcanti, um viajante, representante de medicamentos que frequentemente visitava a botica do seu pai. Contou-lhe sua situação e este o aconselhou a voltar para o Crato. Com a ajuda de Cavalcanti, Zezinho tentou arranjar emprego até juntar o suficiente para seu retorno ao Crato, como dizia a Cavalcanti. No íntimo, sabia que era outro seu objetivo. Acompanhado por Cavalcanti, visitaram várias farmácias do Recife, sem, contudo obterem êxito.
Após dois meses de tentativas frustradas, Zezinho não desistira de ir para São Paulo. Procurou então o Coronel Granja, abastado homem de negócios do Recife, que vivera muitos anos no Crato, onde se tornara amigo de seu pai. Contou ao coronel que desejava retornar à casa paterna, mas estava sem dinheiro. O coronel Granja, confiante na lisura do boticário cratense, ofereceu-lhe a quantia que ele precisava. Tão logo recebeu o dinheiro, Zezinho comprou passagem para São Paulo, embarcando no mesmo vapor Acre, que o trouxera de Fortaleza. Três dias depois, numa ensolarada tarde, aportaram em Salvador. O navio somente seguiria viagem pela madrugada e, os passageiros poderiam sair para conhecer a cidade. Zezinho andou de elevador, subiu e desceu o Plano Inclinado, visitou o Pelourinho, a Baixa dos Sapateiros, onde à noite assistiu a um espetáculo teatral no Cine-Teatro.
De volta ao navio, um jovem da polícia marítima encontrava-se à entrada. O comandante disse: “É esse aí!” Então o policial marítimo segurou Zezinho pelo braço e lhe disse: “Você não poderá seguir viagem. É menor, está desacompanhado e não tem autorização de seus pais.”
Aconteceu que no Recife, um jovem estudante cratense, que fora companheiro de infância de Zezinho, sabia dos planos do amigo e avisou ao Coronel Granja. Não haveria tempo para comunicar ao boticário do Crato. Então o coronel entrou em contato com a chefatura de polícia, que comunicou aos seus colegas da Bahia.
O jovem policial que o prendeu, viu nele apenas um jovem dominado pela aventura de viajar. Levou-o para passar o restante da noite em sua residência, próxima ao Largo Dois de Julho, onde Zezinho dormiu tranquilamente numa cadeira preguiçosa na sala de visitas. Ao despertar, surpreendeu a conversa do jovem policial com sua mãe, que o recriminava por ter levado um estranho à sua casa. Entretanto aquela recriminação da velhinha baiana não aborrecera Zezinho. Sentia-se com a sua viagem, participante de uma aventura de folhetim ou herói de fita de cinema. Na delegacia, o delegado tratou-o com muita cordialidade, como bem sabem fazer os baianos. Perguntaram-lhe se ele possuía algum parente ou conterrâneo em Salvador. Lembrou-se do doutor Dario Peixoto, um cratense ali residente, antigo amigo do seu pai. Este procurou o chefe de Polícia, o Conselheiro Seabra. Em seguida ficou quinze dias em Salvador, numa pensão cheia de estudantes, aguardando decisão de seu pai. No dia seguinte, os estudantes lhe mostraram as manchetes dos jornais, num deles, estava escrito, “Um menor fujão”; em outro, “Abandonou a casa paterna”, sugerindo que ele deveria ser recebido em casa com uma boa sova.
Em seguida, conforme determinação de sua casa, o fujão voltou para o Crato num trem até Juazeiro da Bahia e Petrolina. O restante da viagem foi feito em lombo de burro, em companhia do arrieiro Antonio Paixão. Oito dias, tempo de duração daquela enfadonha viagem. À medida que se aproximava do Crato, Zezinho não sentia alegria, mas a certeza de que uma grandiosa surra lhe aguardava. Tinha medo de prestar contas ao seu pai e mais ainda das lágrimas de sua mãe.
Chegando ao Crato, foi salvo por seu irmãozinho Aníbal, que acabara de nascer. Seu pai, conhecido em todo o Crato por Zuza da Botica, para não contrariar a mulher em seu “resguardo”, substituiu a surra que deveria ter aplicado no futuro farmacêutico, escritor e historiador cratense, J. de Figueiredo Filho, por dois anos de trabalho como operário na sua Farmácia Central.
(Adaptado por Carlos Eduardo Esmeraldo, do capítulo “Batendo Asas” do livro “Meu Mundo é uma Farmácia”, de J. de Figueiredo Filho, p. 61 a 71)

Lula – PT está preparado para lançar Dilma e Tarso


“O PT está preparado para lançar a candidatura da ministra-chefe da Casa Civil, Dilam Rossef, à Presidência da República, e a do ministro da Justiça, Tarso Genro, ao governo gaúcho, segundo afirmou hoje o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ao desembarcar na Base Aérea do Rio Grande do Sul. “Estamos preparados para lançar o Tarso e a Dilma e ganhar as eleições”, disse Lula em entrevista exclusiva para a Rádio Guaíba. Para Lula, o PT gaúcho precisa aprender ”com humildade” a construir uma aliança política para vencer as eleições. Segundo ele, o partido já descobriu que sozinho não chega a lugar nenhum e que “a Dilma tem uma extraordinária capacidade de ser vitoriosa”, mas ainda precisa construir o time que vai entrar em campo, referindo-se às coligações.

“Para nós não importa se o governo é tucano ou do PFL [atual DEM], nós olhamos a necessidade das pessoas e não faltará mais neste país dinheiro para obras”. Ao se referir ao programa Minha Casa Minha Vida, Lula disse que está seguro de que o governo conseguirá construir 1 milhão de casa até 2010. e que seu sucessor terá que fazer mais.

“Quem vier [seu sucessor] vai ter que fazer mais, porque não é possível que eles deixem um torneiro mecânico fazer mais do que eles”. E completou: “Espero que a Dilma faça o dobro”.

Lula criticou vários fatores que hoje interferem no andamento de obras e citou a Lei de Licitações, que considera “complexa e atrasada”.

“Uma empresa que perde [uma concorrência], consegue parar por um ano ou mais uma obra. Tem ainda o TCU, que ao encontrar irregularidades, embarga a obra. Temos que entender que a obra parada é gasto de dinheiro. A obra pode continuar andando e a gente discute isso na Justiça”. Lula está no município de Sapucaia do Sul, na região metropolitana de Porto Alegre, para assinar a ordem de serviço para o início das obras da BR 448, que terá 22 quilômetros e será uma alternativa de acesso dos motoristas que saem da região metropolitana para chegar à capital gaúcha. ”

Fonte: Agência Brasil

Ceará e Piauí solicitam carros-pipas


“Estados do Piauí e Ceará solicitaram em regime de urgência a liberação de carros-pipas para 134 municípios que sofrem com a falta de água. Hoje, a Defesa Civil do Ceará informou que 58 prefeitos já pediram o envio de abastecimento de água, principalmente para o polígono da seca e região do baixo Jaguaribe. No Piauí, o governo pediu ajuda para 76 municípios que estão há quatro meses sem chuvas. O gerente de Desastre da Defesa Civil do Ceará, Joel Nobre, informou que a maioria dos municípios com flagelados da seca ainda estão incluídos no decreto de emergência das enchentes. Segundo ele, essa inclusão está causando o entrave para a liberação de recursos.

“A nossa orientação é que os prefeitos solicitem a visita dos técnicos da Defesa Civil e, se for constatada a necessidade, é incluído na operação carro-pipa e o município sairá do decreto das enchentes. Por enquanto, 58 municípios já pediram ajuda dos carros-pipas”, disse Nobre. Somente na região de Crateú (CE), 13 cidades irão receber carros-pipas. Entre eles, Assaré, Jucas, Antonina do Nobre, Pedra Branca, Quiterianópolis, Campos Sales, Salitre, Nova Olinda e Santana do Cariri.

Falta de verba

O Exército Brasileiro ainda não iniciou a operação carro-pipa nos 76 municípios que sofrem com a falta de água no Piauí, devido à falta de recursos. Os Batalhões de Construções e Infantaria de Teresina e de Crateús, no Ceará, que vão atuar nos municípios piauienses, já receberam a lista das cidades no polígono da seca, mas aguardam a liberação do recurso para a contratação dos veículos. O capitão Francisco de Paula Camelo de Sousa Júnior, do 40º Batalhão de Infantaria de Crateús, informou que os oficiais cearenses irão atuar em 25 cidades no Piauí.

“Estamos dependendo da chegada do recurso para iniciar o atendimento às famílias”, informou o capitão que não soube informar o valor do recurso necessário. Segundo ele, o aluguel do carro-pipa na região varia de R$ 2.500,00 até R$ 11 mil, de acordo com o percurso. Para antecipar o trabalho, o capitão disse que os homens serão deslocados para os municípios e lá irão fazer o cadastramento das famílias e verificar as rotas dos carros-pipa. Serão atendidas as regiões de Caridade do Piauí, Francisco Santos, Massapê do Piauí, Monsenhor Hipólito, Padre Marcos, Pio IX, São Julião e Belém do Piauí. Já o coordenador da Operação Pipas no Piauí, Dimas Ferreira Oliveira, disse que recebeu autorização para atuar em 34 cidades do Estado, mas confirmou que falta a liberação dos recursos. “A estimativa é que vamos precisar de 130 carros-pipas, mas esse número pode ser alterado”, disse Oliveira.”

Fonte: Folha Online

Lobão Mau , Minc e os maconheiros.


Estou me esforçando para entender por que o ministro Edson Lobão começou a defender a liberação do diesel para os carros a passeio. Deve ter, certamente, razões econômicas, imagino --e devem ser tão fortes, mas tão fortes, que eles desconsiderou o fato de que há tempos há uma campanha contra o diesel no Brasil. Não apenas porque o diesel é mais poluente do que o álcool, mas também porque esse produto, produzido pela Petrobras, tem vergonhosos níveis de enxofre, muito superiores aos da Europa. Há estudos e mais estudos mostrando como a poluição nas cidades brasileiras, especialmente São Paulo, está matando e fazendo adoecer cada vez mais gente --o que parece não ter incomodado o Lobão Mau.

Estranho esse governo do PT, que mostra, ao mesmo tempo, uma face moderna e outra atrasada. Tem um Minc defendendo, em nome da saúde pública, a ecologia e a descriminalização da maconha (nisso eu concordo) e um Lobão pregando mais poluição. Muita gente fica indignada com a defesa da descriminalização da maconha. Mas o bom senso recomenda que os dependentes não sejam tratados como criminosos, mas doentes. Ruim para saúde pública é um ministro defender mais enxofre no ar. Isso só aumenta meu temor de que o pré-sal não é dádiva, mas maldição.

Fonte Gilberto Dimenstein

Radiação é maior perigo para viagem a Marte, aponta estudo


Esqueça o risco de foguetes explosivos ou de ser golpeado por um pedaço de lixo espacial rebelde. A radiação deve ser o maior obstáculo para exploração humana além da órbita próxima à Terra, e poderia causar sérias dificuldades para uma missão recentemente proposta para a órbita de Marte. Um estudo solicitado pela Casa Branca para revisar as atividades da Nasa (agência espacial norte-americana) de voo espacial com humanos sugere enviar astronautas para uma das luas de Marte, Phobos ou Deimos, entre outras possibilidades indicadas em relatório publicado semana passada. Dessas posições, os astronautas poderiam usar robôs por controle remoto para explorar a superfície marciana e obter imagens --tanto do planeta como da lua em si-- para posterior estudo na Terra. Isto evitaria a necessidade de desenvolver equipamento caro para fazer humanos aterrissarem em um corpo celeste com gravidade tão grande como Marte. "Eu iria a Phobos ou Deimos sem hesitar, mesmo sem qualquer esperança de pouso em Marte", diz o cientista planetário Pascal Lee, do Instituto Marte, organização de pesquisa baseada na Califórnia, nos EUA. Na semana passada, a Nasa também havia anunciada estratégia priorizando Marte em detrimento da Lua. A ameaça da radiação espacial na forma de raios cósmicos deve manter os astronautas confinados a bem perto de casa.

Os raios compõem-se, na verdade, de prótons em alta velocidade e núcleos atômicos mais pesados que "chovem" em nosso Sistema Solar vindos de todas as direções. Eles podem atravessar e fatiar moléculas de DNA quando passam por células vivas --e o dano resultante pode levar ao câncer. Pessoas no solo estão protegidas pela atmosfera do nosso planeta e o campo magnético, que também fornece alguma proteção para os astronautas na ISS (Estação Espacial Internacional). Até as missões lunares são curtas o suficiente para manter baixo o risco devido à radiação, e a própria Lua também bloqueia metade das partículas que chegam. Mas tripulações em jornadas além disso não teriam tal proteção. O estudo feito para a Casa Branca espera uma missão a Marte com duração de 750 dias. Uma vez que tais viagens expõem astronautas a mais radiação que o permitido atualmente, a Nasa terá que considerar aceitar riscos mais altos para as missões.

Fonte: Folha

A vitória da fé - por Armando Lopes Rafael



Gilberto Freyre – o gênio que Pernambuco presenteou ao mundo – costumava dizer que Recife era a capital mundial da inveja. Cidade belíssima, que abriga ricas manifestações culturais, a capital pernambucana tem certas peculiaridades que inexistem noutras urbes brasileiras. Ali sobrevive, ainda hoje, com rara intensidade, o superado embate de “esquerda versus direita (esta, aliás, lá chamada de “direitona”). O recifense é um povo bairrista e irreverente. Lá, de forma apressada, as pessoas que se destacam são logo rotuladas. Talvez tenha sido isso o que levou Gilberto Freyre a alcunhar sua amada cidade de “capital mundial da inveja”. Defeito humano que faria, segundo ele, parte da psicologia coletiva do habitante de Recife.
Dentro do item irreverência, bom lembrar que na década 50 do século passado, o arcebispo de Olinda e Recife era dom Antônio de Almeida Morais Júnior, o qual, demagogicamente, procurou se aproximar do povo frequentando lanchonetes onde sempre consumia uma coca-cola. Ganhou logo o apelido de “Dom Coca cola”. Trinta e cinco anos depois, a arquidiocese recebeu um novo pastor: dom José Cardoso Sobrinho. Este, um homem sério, franco, nunca se deixou seduzir pelos holofotes e projetores da televisão ou pelos aplausos levianos das massas. Dom José Cardoso também ganhou um apelido: “dom Dedé”. Pelo simples fato de ser tratado pelos irmãos de sangue por Dedé. Como se um tratamento afetuoso familiar fosse algo pejorativo...
Dom José Cardoso Sobrinho sofreu o que poucos imaginam, durante 24 anos nos quais ocupou o sólio episcopal de Olinda e Recife. Agora em setembro foi lançado um livro, “Dom José Cardoso Sobrinho– A vitória da fé”, de Elcias Ferreira da Costa (doutor em Filosofia e Direito, professor da Faculdade de Direito do Recife) onde – ao longo de 510 páginas – é mostrada a dolorosa via-sacra, semeada de injúrias, calúnias, passeatas ruidosas feitas contra dom José Cardoso. Sem falar nos artigos desrespeitosos, publicados nos jornais recifenses, muitos escritos por católicos, o que confirma as palavras de Jesus Cristo: “Os inimigos do homem são os de sua casa” – Mateus, 10,3.
Tão pesada e injusta era essa campanha, que um dia após uma reportagem publicada contra o bispo, o diário se retratava com esta nota: “O Jornal do Commercio errou na edição de sua matéria e pede desculpas ao Arcebispo e a grande comunidade católica de Pernambuco – até porque ninguém se diminui ao reconhecer um erro”.
Sobre as injustiças assacadas contra dom José, basta citar um único fato: ao punir um padre pelo desvio de cinco mil reais, dom José Cardoso sofreu – nos 20 anos seguintes – a acusação de ter afastado o sacerdote somente por intolerância e para “desmanchar” o legado deixado por dom Hélder Câmara.
O livro de Elcias Ferreira Costa (“Dom José Cardoso Sobrinho– A vitória da fé”) vem sendo um dos mais vendidos na cidade de Recife. E tem o mérito de ter iniciado – mais rápido do que se esperava – a reposição da verdade em favor de um dos mais dignos sacerdotes católicos brasileiro.

Texto: Armando Lopes Rafael

Machismo - Por: Olavo de Carvalho


N.E: Olavo de Carvalho, nascido em Campinas, Estado de São Paulo, em 29 de abril de 1947, tem sido saudado pela crítica como um dos mais originais e audaciosos pensadores brasileiros. Homens de orientações intelectuais tão diferentes quanto Jorge Amado, Arnaldo Jabor, Ciro Gomes, Roberto Campos, J. O. de Meira Penna, Bruno Tolentino, Herberto Sales, Josué Montello

As
mulheres sempre foram exploradas pelos homens. Se há uma verdade que ninguém põe em dúvida, é essa. Dos solenes auditórios de Oxford ao programa do Faustão, do Collège de France à Banda de Ipanema, o mundo reafirma essa certeza, talvez a mais inquestionada que já passou pelo cérebro humano, se é que realmente passou por lá e não saiu direto dos úteros para as teses acadêmicas. Não desejando me opor a tão augusta unanimidade, proponho-me aqui arrolar alguns fatos que podem reforçar, nos crentes de todos os sexos existentes e por inventar, seu sentimento de ódio ao macho heterossexual adulto, esse tipo execrável que nenhum sujeito a quem tenha acontecido a desventura de nascer no sexo masculino quer ser quando crescer. Nosso relato começa na aurora dos tempos, em algum momento impreciso entre Neanderthal e Cro-Magnon. Nessas eras sombrias, começou a exploração da mulher. Eram tempos duros. Vivendo em tocas, as comunidades humanas eram constantemente assoladas pelos ataques das feras. Os machos, aproveitando-se de suas prerrogativas de classe dominante, logo trataram de assegurar para si os lugares mais confortáveis e seguros da ordem social: ficavam no interior das cavernas, os safados, fazendo comida para os bebês e penteando os cabelos, enquanto as pobres fêmeas, armadas tão-somente de porretes, saíam para enfrentar leões e ursos.

Quando a economia de coleta foi substituída pela agricultura e pela pecuária, novamente os homens deram uma de espertinhos, atribuindo às mulheres as tarefas mais pesadas, como a de carregar as pedras, domar os cavalos, abrir sulcos na terra com o arado, enquanto eles, os folgadinhos, ficavam em casa pintando potes e brincando de tecelagem. Coisa revoltante. Quando os grandes impérios da antiguidade se dissolveram, cedendo lugar aos feudos perpetuamente em guerra uns com os outros, estes logo constituíram seus exércitos particulares, formados inteiramente de mulheres, enquanto os homens se abrigavam nos castelos e ali ficavam no bem-bom, curtindo os poemas que as guerreiras, nos intervalos dos combates, compunham em louvor de seus encantos varonis. Quando alguém teve a extravagante idéia de cristianizar o mundo, tornando-se necessário para tanto enviar missionários a toda parte, onde arriscavam ser empalados pelos infiéis, esfaqueados pelos salteadores de estradas ou trucidados pelo auditório entediado com os seus sermões, foi novamente sobre as mulheres que recaiu o pesado encargo, enquanto os machos ficavam maquiavelicamente fazendo novenas ante os altares domésticos.

Idêntica exploração sofreram as infelizes por ocasião das cruzadas, onde, armadas de pesadíssimas armaduras, atravessaram os desertos para ser passadas a fio d'espada pelos mouros (ou antes, pelas mouras, já que o machismo dos sequazes de Maomé não era menor que o nosso). E as grandes navegações, então! Em demanda de ouro e diamantes para adornar os ociosos machos, bravas navegantes atravessavam os sete mares e davam combate a ferozes indígenas que, quando as comiam, – era porca miséria! – no sentido estritamente gastronômico da palavra. Finalmente, quando o Estado moderno instituiu o recrutamento militar obrigatório, foi de mulheres que se formaram os exércitos estatais, com pena de guilhotina para as fujonas e recalcitrantes, tudo para que os homens pudessem ficar em casa lendo A Princesa de Clèves.

Há milênios, em suma, as mulheres morrem nos campos de batalha, carregam pedras, erguem edifícios, lutam com as feras, atravessam desertos, mares e florestas, sacrificando tudo por nós, os ociosos machos, aos quais não sobra nenhum desafio mais perigoso que o de sujar nossas mãozinhas nas fraldas dos nossos bebês. Em troca do sacrifício de suas vidas, nossas heróicas defensoras não têm exigido de nós senão o direito de falar grosso em casa, de furar umas toalhas de mesa com pontas de cigarros e, eventualmente, de largar um par de meias no meio da sala para a gente catar.

Fonte: Olavo de Carvalho

+ 1 Fim de Semana - Por: José Nilton Mariano Saraiva

O “OVIGOPÓLIO”

O ladrão(L) foi flagrado roubando galinhas do vizinho e o levaram para a delegacia, onde se deu o seguinte papo com o Delegado(D):
D- Que vida mansa, hein, vagabundo sem vergonha? Roubando galinha para ter o que comer sem precisar trabalhar. Vai ficar um bom tempo enjaulado, seu escroque!
L- Não era pra mim não, doutor. Era pra vender.
D- Pior, muito pior. Venda de artigo roubado. Concorrência desleal com o comércio estabelecido, seu sem-vergonha, fdp !
L- Mas eu vendia mais caro.
D- Mais caro, como ?
L– É que eu espalhei o boato que as galinhas do vizinho eram bichadas e as minhas galinhas, não. E que as do galinheiro botavam ovos brancos, enquanto as minhas botavam ovos marrons.
D- Mas eram as mesmas galinhas, seu marginal ordinário.
L- É que os ovos das minhas eu pintava.
D- Que grandessíssimo pilantra. Ainda bem que te capturamos. Já pensou se o dono do galinheiro te pega ???
L- Já me pegou, já me pegou. Fiz um acerto com ele. Comprometi-me a não espalhar mais boato sobre as galinhas dele e ele se comprometeu a aumentar os preços dos produtos dele para ficarem iguais aos meus. Convidamos outros donos de galinheiros a entrar no nosso esquema. Formamos um oligopólio. Ou, no caso, um “ovigopólio”.
D- E o que você faz com o lucro do seu negócio, mestre ? (olha só a mudança no tratamento).
L- Bem, doutor, eu especulo com dólar, euro e libra. Invisto alguma coisa no tráfico de drogas e também comprei alguns deputados e uns oito ministros do Supremo Tribunal Federal. Com isso, consegui exclusividade no suprimento de galinhas e ovos para programas de alimentação do governo federal e, claro, superfaturo os preços.
**********************
Nisso, deu-se a guinada definitiva: intrigado, o delegado mandou pedir um cafezinho para o detido, perguntou-lhe se estava bom de açúcar, se a cadeira em estava sentado tava confortável, se ele não queria uma almofada e tal, e depois indagou:
D- “Doutor” (olha a reversão na mudança de tratamento), não me leve a mal, mas com tudo isso, o senhor não está milionário?
L- Trilionário, doutor, trilionário. Sem contar o que eu sonego de Imposto de Renda e o que tenho depositado ilegalmente no exterior.
D- E com tudo isso, o senhor continua roubando galinhas?
L- Às vezes. Sabe como é...
D- Não sei não, excelência. Por favor, se não for incômodo, explique-me.
L- É que em todas essas minhas atividades, eu sinto falta de uma coisa. Do risco, doutor, daquela sensação de perigo, de estar fazendo uma coisa proibida, da iminência do castigo. E só roubando galinhas eu me sinto realmente um ladrão de verdade, atuante; e isso é excitante, indescritível. Mas, como agora fui preso, finalmente vou para a cadeia, ver o sol nascer quadrado. Vai ser uma experiência nova.
D- O que é isso, excelência? Que conversa sinistra é essa ??? O doutor não vai ser preso, não. Só se for por cima do meu cadáver.
L- Mas eu fui pego em flagrante, pulando a cerca do galinheiro!
D- Sim, sim, tudo bem. Mas o “Doutor” é primário. E com esses antecedentes, então...Aceita um cigarrinho, uma cervejinha gelada, um wyskie ???

*****************************
DALTÔNICO É O CACETE !!!
Noite alta, um senhor bem vestido, chegando de viagem, toma um táxi no aeroporto e pede ao motorista para levá-lo para casa. No caminho, vê uma senhora, também muito bem vestida, entrando numa boate chamada "Dito e Feito". Reconhecendo a mulher, ele pede ao taxista que retorne à porta da boate. Tira do bolso um maço de notas e diz: - Aqui estão dois mil reais. São seus se você tirar de dentro da boate aquela mulher vestida de vermelho que acaba de entrar. Mas vá tirando e cobrindo de porrada, porque aquela desgraçada é minha esposa.
O taxista, que andava numa dureza daquelas, matando cachorro no grito, aceita de cara e adentra à boate. Cinco minutos depois ele sai, arrastando uma mulher pelos cabelos, com o rosto sangrando, toda esgrenhada, e gritando todos os impropérios que se possa imaginar. O senhor no táxi vê a cena e percebe, horrorizado, que a mulher está vestida de verde e sai correndo para alertar o taxista do erro. - Pare! Pare! Por favor. O senhor errou. Como o senhor confundiu vermelho com verde? O senhor é daltônico?
Ao que o taxista retruca: - Daltônico é o cacete! Esta é a minha.... Já volto lá pra pegar a sua!
*********************************
CASAMENTO

01) Um homem anunciou nos classificados; Procura-se esposa. Dia seguinte recebeu centenas de cartas, num mesmo teor: Pode ficar com a minha.
02) Filho: Pai, quanto custa para casar??? Pai: Não sei, filho, ainda estou pagando.
03) Filho: Pai, é verdade que na Arábia o homem não conhece sua esposa antes de casar? Pai: Aqui também é assim filho.
04) Marido: Se não fosse pelo meu dinheiro, essa casa não estaria aqui. Esposa: Querido, se não fosse pelo seu dinheiro, EU não estaria aqui.
05) Judite: Fui eu que fiz o meu marido milionário. Clarice: E o que seu marido era antes ? Judite: Bilionário.
06) Alberto: Eu tinha tudo – dinheiro, casa bonita, carro esporte, o amor de uma linda mulher e, então...tudo acabou. Joaquim: O que aconteceu ? Alberto: Minha mulher descobriu.
07) Sérgio entra em casa correndo e grita: Marta arrume suas coisas. Acabei de ganhar na loteria. Marta: Você acha melhor que eu leve roupas para frio ou calor ? Sérgio: Leve tudo, você vai embora.
08) Pense bem: se não fosse pelo casamento os homens viveriam pensando que nunca erram. Pessoalmente, acho que uma das melhores coisas do casamento é que, como pai e marido, posso dizer o quer quiser lá em casa. Afinal, ninguém liga mesmo...
09) Um homem disse que o seu cartão de crédito havia sido roubado, mas que ele havia decidido não avisar à polícia; é que o ladrão gastava menos que a mulher.
10) Valter: Minha mulher é um ano. Gonzaga: Você tem sorte; a minha ainda está viva.
11) Qual a semelhança entre a Av. Paulista e o casamento ? É que ambos começam no Paraíso e terminam na Consolação.
12) Dois tipos de pessoas felizes: homens solteiros e mulheres... casadas.
13) Semelhança entre um casamento e um submarino: ambos bóiam, bóiam, mas foram feitos mesmo pra afundar.
14) Casamento: o dobro da despesa com a metade da diversão.
Fonte: Desconhecidas - Postagem: José Nilton Mariano Saraiva

TV Verdes Mares Cariri começa Dia 1 de Outubro

A interiorização dos negócios da publicidade já é uma realidade. No Ceará, o aparecimento de novas empresas e a expansão de outras estão proporcionado uma parceria de resultados, apoiada pelas ferramentas eficazes da publicidade. A partir do dia 1º de outubro, surge um novo canal de comunicação para os anunciantes do Interior: entra no ar a TV Verdes Mares Cariri, permitindo uma cobertura em 66 municípios com mais de 1 milhão, 700 mil telespectadores potenciais. Com sede em Juazeiro do Norte, a nova emissora vai cobrir toda a região Central e Sul do Estado, oferecendo uma programação diversificada em jornalismo e entretenimento. A TV Verdes Mares Cariri abre janelas de oportunidades para a geração de novos formatos comerciais que atendam às características de cada anunciante. A chegada da emissora na região do Cariri comprova a capacidade daquele mercado de absorver investimentos publicitários. Os números comprovam que o mercado publicitário do Interior é emergente. Segundo Josenildo Mourato, diretor-administrativo da GRP Propag, localizado em Juazeiro do Norte, isso se deve a um processo de mudança de percepção do comércio e das empresas do Interior.

Fonte: Tarso Araújo

É 'inaceitável' taxa de analfabetismo cair só 0,1%, diz Haddad


O ministro da Educação, Fernando Haddad, disse que é “inaceitável” a taxa de analfabetismo no país ter caído apenas 0,1% entre pessoas com 15 anos ou mais em 2008, em relação a 2007, na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) divulgada nesta sexta-feira (18) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Haddad afirmou que, no próximo ano, “tem que ter” uma redução mais significativa no índice, que caiu de 10,1% para 10% neste ano.

Segundo ele, nos locais onde não há uma ação maior do programa Brasil Alfabetizado, “a questão demográfica, por si só, deveria ter tido um efeito de queda de 0,2%, 0,3%”. “No caso do Nordeste, entre brasileiros com mais de 25 anos, que é o público do Brasil Alfabetizado, caiu 0,9%”, disse. O programa é voltado para a alfabetização de jovens, adultos e idosos e se concentra primordialmente no Nordeste. O ministro se disse preocupado com a estabilidade nos números do Sul e do Sudeste entre pessoas com 15 anos ou mais. “Pela demografia, sem nenhum esforço governamental, a taxa já deveria ter caído”, afirmou Haddad. No Sul, o índice foi de 5,5%; no Sudeste, 5,8%.

A pesquisa também registrou um aumento dos índices de analfabetismo na região Centro-Oeste (de 8,0 em 2007 para 8,2 em 2008 para aqueles com 15 anos ou mais). Segundo o ministro, o fato de a região ser uma área de “expansão agrícola” pode explicar o aumento. “Já aconteceu no Norte, por exemplo, de aumentar de um ano pra outro em função disso. Quando nós desdobramos os dados, vimos que era fluxo mesmo”, afirmou.

Educação básica

Apesar das taxas de analfabetismo, o ministro disse que considerou “excelente” o resultado da pesquisa. “Eu diria que o balanço dessa Pnad é excelente. Do ponto de vista sobretudo da educação básica, é certamente a melhor Pnad dos últimos anos.” Haddad destacou o aumento da taxa de escolarização entre crianças com 4 ou 5 anos (de 70,1% para 72,8%) e a entre jovens de 15 a 17 anos (de 82,1% para 84,1%).

“A gente rompeu pela primeira vez a barreira dos 84% de matrícula de 15 a 17 anos. A notícia realmente nos anima, porque não é só uma questão de oferta, é uma questão de demanda, de atrair a juventude”, disse.

Fonte: G1

Ecossistemas do Ártico são gravemente afetados pelo aquecimento, diz estudo


Populações de certas espécies estão se alterando na região.Desequilíbrio de ciclo nutricional afeta sobrevivênciaA temperatura média da superfície terrestre subiu 0,4°C nos últimos 150 anos. Mas no Ártico o aquecimento foi duas a três vezes maior. Nas últimas duas a três décadas, a extensão mínima da calota de gelo sobre o mar ártico recuou 45 mil quilômetros quadrados por ano. Evidentemente, isso não pode ocorrer sem consequências. Pesquisadores liderados por Eric Post, do departamento de biologia da Universidade Estadual da Pensilvânia, publicaram na "Science" um balanço dos impactos do efeito estufa sobre ecossistemas do Polo Norte.As espécies mais afetadas são aquelas que dependem do gelo para obter provisões, reproduzir-se e para escapar de predadores. Estão nessa situação incômoda a foca-de-crista ou foca-de-capuz (Cystophora cristata), a foca anelada (Pusa hispida), a morsa do Pacífico (Odobenus rosmarus divergens), o narval ou unicórnio-do-mar (Monodon monoceros) e o urso polar.Mas há muitos outros sinais de desarranjo. Por exemplo: a população de raposas-do-Ártico (Alopex lagopus) está declinando em certas áreas, enquanto cresce a de raposas-vermelhas (Vulpes vulpes). Em algumas regiões da Groenlândia, o princípio da temporada de crescimento de vegetação foi antecipado, enquanto o período de procriação das renas (Rangifer tarandus) continua como sempre foi. O auge de oferta de alimento acontece agora antes do pico de demanda das fêmeas prenhes. Quando elas mais precisam, a comida já está escasseando. O resultado disso é um desequilíbrio de ciclo nutricional que está reduzindo o número das crias e abreviando seu tempo de vida. Essas alterações aceleradas que estão sacudindo o Ártico, todas vinculadas ao clima, podem ser um indício de mudanças prestes a ocorrer em latitudes mais baixas, avisa a equipe de Post

Fonte G1

Polícia Civil do Ceará decide por fim à greve


Em assembleia realizada na noite de quinta-feira (17), os policiais civis resolveram por fim à greve, acatando ordem judicial que havia determinado ilegalidade da paralisação. Em decisão unânime, ficou decidido pelo fim do movimento, que já durava seis dias. Mais de 100 policiais estiveram presentes à assembleia ocorrida na sede do Sindicato dos Policias Civis (Sinpoci). Desde o último dia 10, apenas 30% do contingente estava trabalhando. Os manifestantes reinvindicavam maiores salários e mais vagas de concursos públicos.

No mesmo dia 10, policias realizaram um protesto durante a fala de Cid Gomes, na inauguração de uma obra realizada pela Prefeitura de Fortaleza, em evento que contou com a presença do presidente Lula. O protesto irritou o governador Cid Gomes. Na última quarta (16), o juiz Carlos Augusto Gomes Correia, titular da 7ª Vara da Fazenda Pública, decretou ilegalidade da greve, com multa diária de R$ 20 mil para cada dia de descumprimento da determinação."

Portal Verdes Mares ( Via Lindomar Rodrigues )

Sexta Básica


Para que está em Fortaleza essa é uma boa pedida!
Sexta Básica na Casa de Cultura livre.
DIA 18 de Setembro a partir das 16h.
Vai rolar cineclubismo (exibição de longa e curtas), sarau.
Rua Alerta, 47 Farias Brito

Enviado por Gleizer

Papéis Sobreviventes


Coletânea póstuma reúne escritos da primeira fase de Marguerite Duras. Livro mostra formação da escritora e registra o fantasma da II Guerra Mundial na FrançaA compreensão da obra de Marguerite Duras não passa sem o conhecimento de sua biografia. Nascida em Saigon, na antiga Indochina Francesa (Vietnã), Duras saiu de lá para se tornar uma das principais vozes literárias da França do século XX. Da velha colônia oriental, ela trouxe também o repertório de emoções e situações que preencheu a maioria de seus escritos.Uma de suas obras mais famosas, "O Amante" (1984), levado ao cinema por Jean-Jacques Annaud, trata de sua iniciação amorosa e sexual com um jovem e rico chinês. Nesse livro, Duras fala ainda da difícil relação com a mãe, uma mulher melancólica e conservadora, e com seus irmãos, e de seu despertar para a escrita - e, no caso, a escrita memorialística ou a ficcionalização daquilo que a autora viveu.É o período posterior a este, quando Marguerite Duras dava seus primeiros passo na vida adulta, que são retratados no livro "Cadernos da guerra e outros textos". Escritos entre 1943 e 1949, ficaram conhecidos como as páginas dos "armários azuis", da casa de Duras em Neauphle-le-Château. A publicação destes escritor na França foi comemorada por especialistas, que neles viram fontes autobiográficas detalhistas e com méritos literários.Nos textos reunidos, Duras registra o fantasma da II Guerra Mundial, enquanto reconstitui momentos de seu passado: os altos e baixos da infância na Indochina; e o amor proibido da adolescência, o mesmo relatado em "O Amante". No tempo presente, Duras escreve sobre a resistência francesa, a ocupação alemã e a libertação de Paris, além do drama de ter seu marido preso, e a falta de expectativa de voltar a vê-lo.

Fragmentos Cadernos da Guerra e Outros Textos

Marguerite Duras
Estação liberdade2009
382 páginas
R$ 56

Fonte Caderno 3 -Diário do Nordeste

Agaciel de volta ao Senado (e a vida continua!)

Agaciel Maia, ex-diretor-geral do Senado, entrou de férias depois de ter sido afastado do cargo no rastro de denúncias de irregularidades. Estará de volta na próxima segunda-feira. Arranjaram para ele uma diretoria no Instituto Legislativo Brasileiro, órgão do Senado.

Aos poucos, a vida volta ao normal no Senado presidido por José Sarney (PMDB-AP).
É fato que a FSP, de hoje, revelou novas evidencias de que Sarney mentiu aos seus pares ao negar qualquer ingerencia administrativa na Fundação José Sarney.
Como mentir em discurso é quebra de decoro.Quebra de decoro é motivo para cassação de mandato. Sarney negou as evidências colecionadas pela Folha. Disse que não são evidências de nada.É o que basta.

Fonte Noblat

Greve nacional dos funcionários dos Correios é mantida


Brasília - Os funcionários dos Correios continuam em greve por tempo indeterminado. Em assembleias realizadas ontem (17), 21 dos 35 sindicatos filiados à Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos (Fentect) rejeitaram a proposta apresentada anteontem (16) pela empresa. De acordo com o coordenador do comando de negociação, Nivaldo Schmucker, alguns sindicatos ainda não se reuniram para analisar a proposta da empresa. No entanto, o número mínimo de votos - 18 do total de sindicatos - para definir a manutenção da greve nacional já foi alcançado.

Entre os sindicatos que rejeitaram a proposta estão o do Distrito Federal, Paraná, de Goiás, São Paulo, do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina, Mato Grosso, do Vale do Paraíba (SP) e de Campinas (SP). Até o momento, o único que aceitou o fim da greve foi o sindicato de Bauru (SP). A estatal ofereceu reajuste salarial de 9%, em acordo bianual e aumento no valor do vale-refeição de R$ 20 para R$ 21,50 por dia e do vale-cesta de R$ 110 para R$ 120, entre outras propostas. Em agosto de 2010, os benefícios passariam para R$ 23 e R$ 130, respectivamente.

Amanhã (18), com todas as decisões sindicais definidas, o comando de negociação vai apresentar o posicionamento da categoria e dará continuidade à negociação com os Correios. De acordo com Schmucker, a empresa pode propor novos reajustes ou ainda entrar com uma ação no Tribunal Superior do Trabalho (TST). “Esperamos que a empresa continue em negociação para que a greve tenha fim.”, afirmou o coordenador.

Fonte: Agência Brasil

CRATO - O MENESTREL: Lúcio Alcântara está na cidade - Politica e Cultura! Por Wilson Bernardo.


E
steve no Crato o Ex-Governador Lúcio Alcântara, visitando diversos órgãos culturais, o que não o intimidou porém, a falar de Sucessão Politica, e o Cartel da República Sobralense, Instaurada pelo Governador Cid Gomes no estado do Ceará. Lúcio questiona entre outras coisas, a valorização dos seus créditos Administrativos, deixados em forma de projetos em que o mesmo governo CID dá continuidade, porém modificando nomenclaturas de ordem de serviços, como por exemplo, o Trem do Cariri se tornou "Metro do Cariri", e esta obra é mais uma entre tantas outras deixadas em pauta por Lúcio Alcântara.

A serviço Cultural, Lucio Visitou o Projeto de Midia VERDE VIDA, no Distrito de Ponta da Serra em Crato, encantando-se com o dinamismo de Jovens Socializarem Mídia e Democracia para Zona Rural. À noite no ICC (Instituto Cultural do Cariri), realizou-se o lançamento do livro "O Cariri seu descobrimento, povoamento, costumes do Historiador Irineu Pinheiro, como também a assinatura do convênio de edições e conservação dos manuscritos do Padre Cícero, uma parceria da Diocese Cratense e a Fundação Waldemar Alcântara.

Lúcio chega a Ponta da Serra com Amigos da Cultura
Apresentação Artística no Proj.Verde Vida

É fundamental o envolvimento das crianças para se consolidar a cultura
de um povo, seja urbano ou rural

O olhar de quem acredita na cultura como inclusão sociopoliticacultural

O ponto de Mídia do Proj.Verde Vida entrevista Lúcio Alcântara

A difusora Ponta da Serra entrevista Lúcio Alcântara...Toinho o Administrador
resiste e vivência de que a Utopia é possível.

Prefeito Samuel Araripe em solenidade, entrega ao representante da URCA
um kit de obras raras de literatura cearense e caririense reeditadas pela
Fundação Waldemar Alcântara.
Lúcio Alcântara: "São iluminados quem dissemina a cultura e a politização dos povos."


A obra que marca a História da República do CARIRI...

Wilson Bernardo (Texto & Fotografia)

Previsão do Tempo e Almanaque - 18 de Setembro de 2009

Boa Sexta-Feira, 18 de Setembro, para todos os leitores, colaboradores, escritores do Blog do Crato. Ontem, a meterologia "se atrapalhou" um pouco, digamos assim, em razão de aqui no Crato não foi lá esse dia ensolarado, e sim, um dia bastante nublado, mas sem a mínima possibilidade de chuvas. Hoje, uma grande novidade para nós Cratenses: Vai passar uma matéria sobre o Crato no Globo Repórter ( da Rede Globo, claro ). Então, fiquem ligados. Bom Dia!

Previsão do Tempo

A previsão do tempo para hoje, é de dia com sol, algumas núvens e não chove. Previsão do Climatempo, que acerta e erra em iguais proporções :)

ALMANAQUE

17 de setembro. Dia de São Roberto Belarmino

Roberto Francisco Rômulo Belarmino veio ao mundo no dia 4 de outubro de 1542, em Montepulciano, Itália. Era filho de pais humildes e católicos de muita fé. Tiveram doze filhos, dos quais seis abraçaram a vida religiosa, tal foi a influência do ambiente cristão que proporcionaram a eles com os seus exemplos. O menino Roberto nasceu franzino e doente. Talvez por ter tido tantos problemas de saúde nos primeiros anos de existência, dedicou atenção especial aos doentes durante toda a vida. Embora constantemente enfermo, Roberto demonstrou desde muito cedo uma inteligência surpreendente, que o levou ao magistério e a uma carreira eclesiástica vertiginosa. Em 1563, foi nomeado professor do Colégio de Florença e, um ano depois, passou a lecionar retórica no Piemonte. Em 1566, foi para o Colégio de Pádua, onde também estudou teologia e, em 1567, mudou para a escola de Louvain, sendo, então, já muito conhecido em todo o país como excelente pregador.

Em 1571, tendo concluído todos os estudos, recebeu a ordenação sacerdotal e entrou para a Companhia de Jesus. Unindo a sabedoria das ciências terrenas, o conhecimento espiritual e a fé, escreveu os três volumes de uma das obras teológicas mais consultadas de todos os tempos: "As controvérsias cristãs sobre a fé", um tratado sobre todas as heresias. Mais tarde, em 1592, Belarmino foi nomeado diretor do Colégio Romano, que contava com duzentos e dois professores e dois mil estudantes, entre os quais duzentos jesuítas. Lá, realizou um trabalho de tamanha importância que, algum tempo depois, foi nomeado para o cargo de superior provincial napolitano, função em que ficou apenas por dois anos, pois o papa Clemente VIII reclamava sua presença em Roma, para auxiliá-lo como consultor no seu pontificado. Nesse período, produziu outra obra famosa: "Catecismo", que teve dezenas de edições e foi traduzido para mais de cinqüenta idiomas.

Com a morte do papa Clemente VIII, o seu sucessor, papa Leão XI, governou a Igreja apenas por vinte e sete dias, vindo a falecer também. Foi assim que o nome de Roberto Belarmino recebeu muitos votos nos dois conclaves para a eleição do novo sumo pontífice. Mas, no segundo, surgiu o novo papa, Paulo V, que imediatamente o chamou para trabalharem juntos no Vaticano. Esse trabalho ocupou Belarmino durante os vinte e dois anos seguintes. Morreu aos setenta e nove anos de idade, em 17 de setembro de 1621, apresentando graves problemas físicos e de surdez, conseqüência dos males que o acompanharam por toda a vida. Com fama de santidade ainda em vida, suas virtudes foram reconhecidas pela Igreja, sendo depois beatificado, em 1923. A canonização de são Roberto Belarmino foi proclamada em 1930. No ano seguinte, recebeu o honroso título de doutor da Igreja. A sua festa litúrgica foi incluída no calendário da Igreja na data de sua morte, a ser celebrada em todo o mundo cristão.

Eventos históricos:

* 1759 - Soldados em Quebeque renderam-se completamente aos ingleses (v. A Queda da Nova França).
* 1793 - George Washington assenta a pedra fundamental do Capitólio.
* 1814 - Elisa Baciocchi, irmã de Napoleão, é afastada do Grão-Ducado da Região da Toscana.
* 1818 - Independência do Chile.
* 1822 - Dia da Instituição da Bandeira do Brasil.
* 1851 - Fundação do The New York Times.
* 1860 - Vítor Emanuel II derrota o exército papal em Castelfidardo (v. Unificação Italiana).
* 1865 - Rendição do Paraguai.
* 1904 - Fundação do América Football Club no Rio de Janeiro
* 1927 - A rede de rádio CBS faz sua primeira trasmissão.
* 1946 - Sancionada uma nova Constituição Brasileira
* 1946 - Recriação do território brasileiro do Iguaçu e de Ponta Porã.
* 1947 - A Força Aérea dos Estados Unidos da América é instituída como órgão independente.
* 1947 - Fundação da CIA (Central Intelegency Agency).
* 1950 - Inauguração da TV Tupi em São Paulo. A primeira emissora de televisão do Brasil.
* 1959 - Lançamento do satélite Vanguard III.
* 1962 - Burundi, Jamaica, Ruanda e Trinidad e Tobago são admitidos como Estados-Membro da ONU.
* 1967 - É fundado o Esporte Clube Santo André
* 1968 - A nave Zond 5 deu uma volta ao redor da Lua.
* 1969 - Ministros da civis e militares mandam aprovar nova Lei de Segurança Nacional, que institucionalizou a pena de morte e a prisão perpétua em território brasileiro (v. Anos de Chumbo)
* 1970 - Fundação do MRPP (Movimento Reorganizativo do Partido do Proletariado), embrião do Partido Comunista dos Trabalhadores Portugueses (PCTP/MRPP).
o 1970 - Morre, aos 27 anos de idade, o guitarrista, cantor, compositor e produtor norte-americano Jimi Hendrix.
* 1973 - Alemanha e Bahamas são admitidas como Estados-Membro da ONU.
* 1979 - Santa Lúcia é admitida como Estado-Membro da ONU.
* 1980 - O vôo Soyuz 38 é lançado.
* 1990 - Liechtenstein é admitido como Estado-Membro da ONU.
* 1999 - Percy Spencer tem seu nome incluído no National Inventors Hall of Fame pela invenção do forno de microondas.
* 2000 - Xia Yang quebra recorde olímpico de halterofilismo para mulheres no estilo Galo (até 53kg).
* 2004 - Chegou às bancas notícia sobre suspeita de compra votos de partidos aliados ao governo brasileiro (v. Mensalão).
* 2004 - Furacão Jeanne chega ao Haiti.

Nascimentos:

* 53 - Trajano, Imperador Romano (m. 117).
* 1599 - Robert Blake, almirante inglês.(m. 1657).
* 1752 - Adrien-Marie Legendre, matemático francês (m. 1833).
* 1819 - Jean Bernard Léon Foucault, físico e astrônomo francês (m. 1868).
* 1888 - Sinhô, compositor brasileiro (m. 1930).
* 1831 - Antônio Manuel Correia de Miranda, político do Império do Brasil (m. 1903).
* 1895 - John George Diefenbaker, ex-primeiro-ministro canadense (m. 1979).
* 1905 - Greta Garbo, atriz sueca (m. 1990).
* 1924 - Eloísa Mafalda, atriz brasileira.
* 1930 - Ignace Moussa I Daoud, cardeal da Síria.
* 1939
o Jorge Sampaio, ex-presidente de Portugal.
o Frankie Avalon, cantor e ator norte-americano.
* 1940 - Rocío Jurado, cantora e atriz espanhola (m. 2006).
* 1942 - Pavel Sadyrin, ex-futebolista e treinador russo de futebol (m. 2001).
* 1946 - Joel Camargo, ex-futebolista brasileiro.
* 1947 - Giancarlo Minardi, empresário italiano, ex-proprietário e ex-diretor esportivo da equipe Minardi.
* 1948 - Neila Tavares, atriz e escritora brasileira.
* 1949 - Peter Shilton, ex-goleiro inglês.
* 1951 - Marc Surer, ex-piloto suíço de Fórmula 1.
* 1952 - Dee Dee Ramone, músico americano (m. 2002).
* 1954 - Steven Pinker, linguista e psicólogo.
* 1958 - John Aldridge, ex-jogador de futebol anglo-irlandês.
* 1961 - James Gandolfini, ator estadunidense.
* 1962 - Serenella Andrade, apresentadora portuguesa.
* 1964 - Carlos Alves, piloto brasileiro de Stock Car.
* 1967 - Roberto Rosetti, árbitro de futebol italiano.
* 1968
o Christian Castañeda, ex-futebolista chileno.
o Chloe Vevrier, atriz erótica alemã.
* 1970 - Frank Aguiar, cantor e político brasileiro.
* 1971
o Lance Armstrong, ciclista estadunidense.
o Anna Netrebko, soprano russa.
* 1973
o Ami Onuki, cantora japonesa.
o Mário Jardel, futebolista brasileiro.
o James Marsden, ator norte-americano.
o Aitor Karanka, ex-futebolista espanhol.
* 1974
o Ticha Penicheiro, basquetebolista portuguesa.
o Sol Campbell, futebolista inglês.
o Pablo Villaça, crítico de cinema brasileiro.
* 1976 - Grzegorz Piechna, futebolista polonês.
* 1977
o Li Tie, futebolista chinês.
o Commins Menapi, futebolista salomônico.
* 1978
o Augustine Simo, futebolista camaronês.
o Luciana Andrade, cantora brasileira.
* 1979
o Junichi Inamoto, futebolista japonês.
o Daniel Aranzubia, goleiro espanhol.
o Alison Lohman, atriz norte-americana.
* 1980
o Ludovic Assemoassa, futebolista togolês.
o Ilan, futebolista brasileiro.
o Avi Strool, futebolista israelense.
* 1981
o Jennifer Tisdale, atriz e modelo norte-americana.
o Arie Luyendyk, Jr., piloto holandês de corridas.
o Andrea Caracciolo, futebolista italiano.
* 1982 - José Devaca, futebolista paraguaio.
* 1983
o Diego Pereira Correa, futebolista brasileiro.
o Kevin Doyle, futebolista irlandês.
o Andrew Boyens, futebolista neozelandês.
* 1986 - Leeley Hazell, modelo britânica.

Falecimentos:

* 96 - Domiciano, imperador romano (n. 51).
* 707 - Papa João VII.
* 1783 - Leonhard Euler, físico e matemático suíço (n. 1707).
* 1961 - Dag Hammarskjöld, diplomata sueco e ex-Secretário Geral das Nações Unidas (n. 1905).
* 1967 - John Douglas Cockcroft, físico britânico (n. 1897).
* 1970 - Jimi Hendrix, músico norte-americano (n. 1942).
* 1987 - Américo de Deus Rodrigues Tomás, ex-presidente português (n. 1894).
* 1995 - Henriqueta Brieba, atriz (n. 1901).

Feriados e eventos cíclicos:

* Aniversário da cidade de Feira de Santana, na Bahia.
* Dia Nacional da Televisão (Brasil).
* Dia dos Símbolos Nacionais (Brasil).


HOJE NA HISTÓRIA

Em 1927, a rede de rádio CBS faz sua primeira trasmissão.

A história do rádio

O rádio é um veículo de comunicação, baseado na difusão de informações sonoras, por meio de ondas eletromagnéticas, em diversas freqüências. Ele pode ser caracterizado como um meio essencialmente auditivo, formado pela combinação do binômio: voz (locução) e música.

O rádio entre os meios de comunicação em massa, pode ser considerado o mais popular e o de maior alcance do público, não só no Brasil mas no mundo, isso pela capacidade que o homem tem em ouvir a mensagem sonora e falada simultaneamente e não ter de interromper as suas atividades e se dedicar exclusivamente à audição. Segundo dados do Ministério das Comunicações, o Brasil possui aproximadamente 3.000 emissoras de rádio, sendo que distribuídas aproximadamente em 50% para AM e FM.

Como todo meio de massa, a comunicação pode ser caracterizada como pública, transitória e rápida. Ela é pública, porque, na medida em que as mensagens não são endereçadas a ninguém em particular, seu conteúdo esta aberto ao critério público. Rápida porque as mensagens são endereçadas para atingir grande audiência em tempo relativamente curto, ou mesmo simultaneamente. Transitória, pois a intenção é de que sejam consumidas imediatamente, não se destinando a registros permanentes, naturalmente há exceções, como filmotecas, gravações etc.

O início

Tudo começou com Michael Faraday, grande sábio inglês que descobriu em 1831 a indução magnética, assim como a grande contribuição dada por James C. Maxwell que descobriu matematicamente a existência das ondas eletromagnéticas diferente somente em tamanho, das ondas de luz, mas com a mesma velocidade (300.000 Km/s). Outro personagem que marcou a história das comunicações foi Thomas A. Edison quando em 1880 descobriu que colocando em uma ampulheta de cristal um filamento e uma placa de metal separada entre si e ligando-se o filamento ao negativo e uma bateria e a placa ao positivo, constatava-se a passagem de uma corrente elétrica da placa para o filamento e nunca em sentido contrário. Grande contribuição também foi dada pelo professor alemão Henrich Rudolph Hertz que comprovou na prática em 1890 a existência das ondas eletromagnéticas, chamadas hoje de “Ondas de Rádio”. Suas experiências basearam-se na teoria de Maxwell, Hertz descobriu que ao fazer saltar uma chispa em seu aparelho oscilador, saltavam também chispas entre as pontas de um arco de metal colocado a certa distância denominado resonador. Hertz demonstrou com essa experiência que as ondas eletromagnéticas tem a mesma velocidade que as ondas de luz. Em sua homenagem, as ondas de rádio passam a ser chamadas de “Ondas Hertzianas”, usando-se também o “Hertz” como unidade de freqüência.

As primeiras transmissões radiofônicas

Mais tarde em 1893 o padre, cientista e engenheiro gaúcho Roberto Landell de Moura testa a primeira transmissão de fala por ondas eletromagnéticas, sem fio. Graças a ele, a Marinha Brasileira realizou, em 1 de março de 1905, diversos testes de mensagens telegráficas no encouraçado Aquidaban. Todavia, o primeiro mundo reconhece o cientista Guglielmo Marconi como o “descobridor do rádio”. Marconi, natural de Bolonha, Itália, realizou em 1895 testes de transmissão de sinais sem fio pela distância de 400 metros e depois pela distância de 2 quilômetros. Ele também descobriu o princípio do funcionamento da antena. Em 1896 Marconi adquiriu a patente da invenção do rádio, enquanto Landell só conseguiria obter para si a patente no ano de 1900. Essa polêmica da invenção do rádio se compara à da invenção do avião, no início do século XX, em que o primeiro mundo credita aos irmãos Wright, dos EUA, a invenção do veículo aéreo, embora tenha sido o mineiro Alberto Santos Dumont seu pioneiro (os Wright não registraram imagens e suas experiências de vôo, enquanto Dumont realizou testes com seu 14-Bis diante de multidões em Paris, França, em 1906).

Cronograma do rádio no Brasil

Em nosso cronograma você ficará por dentro dos principais acontecimentos que movimentaram a história do rádio no Brasil, desde o início, e as novas perspectivas sobre a vinda da tecnologia digital.

1922 – Em caráter experimental foi realizada pela Rádio Sociedade do Rio de Janeiro a primeira transmissão oficial de radiodifusão na praia Vermelha no Rio de Janeiro, com o discurso do presidente da República, Epitácio Pessoa em comemoração ao centenário da Independência do Brasil, para isso, foram importados 80 receptores de rádio especialmente para o evento.
1923 – No dia 20 de abril, é fundada a primeira emissora brasileira, a Rádio Sociedade do Rio de Janeiro, hoje denominada Rádio MEC, criada para atuar sem fins comerciais.
1924 – É regulamentada a atual faixa de Ondas Médias, compreendidas entre 550 à 1550 KHz.

1931 – São vendidos os primeiros receptores com o nome das estações no dial.
No mesmo ano foi inaugurada as rádios: Record e América de São Paulo.
1933 – Nasce a Sociedade Rádio Educadora de Campinas, que desde 2002 passou-se a denominar Rádio Bandeirantes AM, com isso a programação abre espaço para o jornalismo.
1936 – É fundada a brasileira Rádio Nacional do Rio de Janeiro, ela se tornaria um marco na história do rádio com seus programas de auditório, suas comédias e rádio novelas. Entre o final dos anos 30 e a primeira metade dos anos 50 a Nacional seria uma das líderes de audiência do rádio brasileiro, exportando sua programação gravada e dias depois transmitidas em outras cidades brasileiras.
1937 – Em 6 de maio é inaugurada em São Paulo a Rádio Bandeirantes, a primeira emissora a divulgar notícias durante toda a programação.
1938 – Surge a Rádio Globo do Rio de Janeiro, que mais tarde passa a ser a rádio AM mais popular do país.
1941 – A Rádio Nacional lança o Repórter Esso, primeiro rádio jornal brasileiro, também entra no ar a primeira novela radiofônica do país: Em busca da felicidade.
1946 – O rádio ganha maior agilidade com o surgimento dos gravadores de fita magnética.
Também os retificadores de selênio começam a substituir as válvulas retificadoras material semicondutor em estado sólido muito menos propício a queimar do que as velhas válvulas a vácuo.


1955 – Primeira transmissão experimental de rádio FM, pela Rádio Imprensa do Rio de Janeiro, extinta no final de dezembro/2000.
1967 – É criado o Ministério das Comunicações no dia 25 de fevereiro.
1990 – A rede Bandeirantes de rádio se torna a primeira emissora no Brasil a transmitir via satélite com 70 emissoras FM e 60 em AM, em mais de 80 regiões do país.
1991 – O sistema Globo de rádio inaugura a CBN (Central Brasileira de Notícias), emissora especializada em jornalismo, que a partir de 1996 inicia suas transmissões simultâneas em FM.
1995 – Início da campanha pelo fim da obrigatoriedade da transmissão do programa oficial “A voz do Brasil”.
2005 – Comemorando os 84 anos do rádio no Brasil, inicia-se no país em 26 de setembro as primeiras transmissões de rádio no sistema digital, tecnologia que está apenas “aterrissando” no Brasil.

Fontes: Cliamtempo, 10emtudo, Wikipedia, Edições Paulinas, http://www.srhistoria.blogspot.com

Pensamentos do Dia - 18 de Setembro de 2009

Acima: Foto: Desolação - Centro do Crato

"A maneira mais fácil e mais segura de vivermos honradamente, consiste em sermos, na realidade, o que parecemos ser."

Sócrates

"As vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido."

Fernando Pessoa

"O homem começa a morrer na idade em que perde o entusiasmo."

Honoré de Balzac

"Transportai um punhado de terra todos os dias e fareis uma montanha."

Confúcio

Foto Ilustrativa: Dihelson Mendonça

Adiado para dia 25 o prazo para inscrição no edital de programação dos Centros Culturais BNB em 2010

Em virtude da greve dos Correios, o Banco do Nordeste do Brasil (BNB) está prorrogando, de hoje (sexta-feira, 18) para o próximo dia 25, o prazo para inscrição no edital de seleção de propostas artísticas para participação, durante o ano de 2010, nas programações dos Centros Culturais Banco do Nordeste-Fortaleza, Cariri (em Juazeiro do Norte, região sul do Ceará) e Sousa (no alto sertão paraibano). Os interessados podem apresentar propostas nas áreas de artes cênicas, artes visuais, literatura, música, atividades culturais infantis, cursos de apreciação de arte e oficinas de formação artística. Todas as informações (edital e formulários) para inscrição de propostas estão disponíveis no portal do BNB (www.bnb.gov.br/cultura).

O BNB recebe propostas até o próximo dia 25 de setembro, e o resultado da seleção será divulgado em 20 de novembro deste ano. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail cultura@bnb.gov.br ou pelos fones (85) 3464.3108 (Fortaleza), (88) 3512.2855 (Cariri) e (83) 3522.2980 (Sousa).

As inscrições devem ser feitas mediante entrega de formulários-proposta, específico para cada uma das atividades, devidamente preenchido com letra legível ou digitado, assinado pelo responsável pela proposta e acompanhado dos respectivos anexos. Qualquer pessoa física ou jurídica pode apresentar projetos para as três unidades do CCBNB. A entrega do formulário-proposta pode ser feita, pessoalmente, nos seguintes locais, dias da semana e horários:

CENTRO CULTURAL BANCO DO NORDESTE-FORTALEZA

Rua Floriano Peixoto, 941 – Centro
Fortaleza-CE
Fone: (85) 3464-3108
(De terça a sábado, no horário de 10h às 20h; e domingo, de 10h às 18h)

CENTRO CULTURAL BANCO DO NORDESTE-CARIRI

Rua São Pedro, 337 - Centro
Juazeiro do Norte-CE
Fone: (88) 3512-2855
(De terça a sábado, no horário de 13h às 21h)

CENTRO CULTURAL BANCO DO NORDESTE-SOUSA

Rua Cel. José Gomes de Sá, 07 - Centro
Sousa-PB
Fone: (83) 3522-2980
(De terça a sexta-feira, no horário de 13h às 21h, e sábado, de 14h às 22h)

Fonte: Centro Cultural Banco do Nordeste

José Alencar é internado em SP

Vice-presidente voltou ao hospital Sírio-Libanês. Ele luta contra um câncer no abdôme.

O vice-presidente José Alencar, que tem câncer, voltou a ser internado no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, na noite desta quinta-feira (17). A internação ocorreu por volta das 21h30 e não estava programada, segundo a assessoria de imprensa do hospital.

O vice-presidente deve fazer transfusão de sangue.

Câncer

Alencar luta contra o câncer no abdôme há 12 anos. Em 24 de julho ele se submeteu à 15ª cirurgia, desta vez por causa de uma obstrução no intestino grosso. A operação mais agressiva aconteceu em janeiro, quando os médicos levaram 18 horas para retirar tumores na região abdominal. Nos Estados Unidos, Alencar passava por um tratamento experimental testado, com sucesso, em 30 pacientes. Diferentemente da quimioterapia, o remédio ataca apenas as células que provocam o tumor, evitando que elas continuem a agir.

Fonte: G1

Transtorno de déficit de atenção/ Hiperatividade - Por: Ana Gabriela Neres de Quadros


É um distúrbio que ocorre geralmente na infância, crianças desatentas, ansiosas e inquietas. O TDAH(Transtorno de déficit de atenção com hiperatividade)é muito confundido com agitação normal de de crianças que apenas tem muita energia para gastar. É comum ouvirmos pais dizerem que seus filhos são hiperativos, é preciso ter cuidado, pois muitas vezes são apenas crianças sem limites, buscando chamar atenção.

A criança hiperativa age sempre da mesma forma, o ambiente ou a situação que lhe é imposta não interfere no seu comportamento ou reação, pois é involuntário; já a criança sem regras, sem limite, vai agir de forma planejada e consciente, querendo sempre tirar proveito da situação.

Crianças com este transtorno tem auto-estima muito baixa , uma imagem de si próprias muito negativa; devido a dificuldade de concentração, seu rendimento escolar acaba sendo inferior ao das outras crianças, por conta disso acabam sendo vítimas de piadinhas e apelidos. Algumas vezes, espantosamente eu diria , professores completamente despreparados, julgam a criança hiperativa como desastrada, lerda, e acabam deixando-a ainda mais excluída dos demais alunos, causando na criança um sentimento de inferioridade profundo, podendo acarretar ate em depressão .

Já é hora dos profissionais da educação despertarem desa concepção estúpida e excludente, que interfere diretamente na formação do cidadão, logo, da sociedade em geral. Inclusão é algo sério, a primeira atitude a ser tomada é informação , o professor deve conhecer o TDAH, saber como ele age e conduz a vida das pessoas, manter um contato afetivo muito próximo do aluno, procurar incentiva-lo e encorajá-lo a cada acerto e principalmente no erro.; mostrar que estudar pode ser algo divertido e dinâmico, e que para chegar ao conhecimento, geralmente é necessário passar pelo erro .

Sobre a Autora: Ana Gabriela Neres de Quadros

Ana Gabriela, Aluna do 2° ano do curso de formação de docentes em Santa Terezinha de Itaipu.Tenho 15 anos de idade, sempre tive gosto pela leitura, e a pouco , através de estimulo dos professores , tenho escrito sobre temas do curso, os temas que me agradam.Como estou apenas começando, Ainda tenho muito que aperfeiçoar, Aliás todos sempre temos algo para melhorar!

Notícias do Crato para o Dia 18 de Setembro de 2009



18-09-2009
Globo Repórter sobre casos de adoção destaca cearense que passou pela Casa Abrigo, em Crato

Uma reportagem sobre a forma como vem sendo cumprida a nova lei de adoção no Brasil, será transmitida hoje pelo Globo Repórter, da TV Globo, que dará destaque a crianças que foram adotadas em várias partes do País. Uma delas passou pela Casa Abrigo do Crato. O trabalho desenvolvido pela Casa Abrigo do Município do Crato, por meio da Ação Social, foi ressaltado pela Secretária Liduína Andre. A reportagem irá exibir um caso de processo de adoção de um menino que ficou por vários meses na instituição. A Casa Abrigo tem mais de seis anos de funcionamento. A criança do sexo masculino, que esteve aos 2 anos em Crato, agora com mais de 3 anos de idade, se encontra em Londrina, no Paraná, onde foi adotado por uma família daquele estado. O repórter da Globo, Alessandro Torres, e o cinegrafista, George Ulisses, estiveram realizando a reportagem, há duas semanas, na Secretaria de Ação Social, acompanhados pela secretária, a coordenadora da Casa Abrigo, Marisa Souto, e da Psicóloga, Elivânia Alencar, que forneceram todas informações relacionadas ao trabalho desenvolvido no local, estrutura de funcionamento e a forma como são realizados os encaminhamentos voltados aos casos de adoção. Elas ainda abordaram a importância do papel da Casa Abrigo, dentro do processo de guarda das crianças que chegam até o local, além dos novos critérios da lei de adoção, que vêm sendo cumpridos pelo município.

Dia ‘D’ de vacinação será neste sábado

O município do Crato, por meio da Secretaria de Saúde e o setor de Mobilização Social, estará realizando amanhã o dia “D” de vacinação contra a poliomielite, dentro da segunda etapa de imunização de crianças de 0 a 5 anos. Todas as Unidades de Saúde estarão abertas para receber as crianças, acompanhados dos seus pais ou responsáveis, para dar a segunda dose da vacina. O trabalho irá mobilizar grande número de técnicos da saúde. A vacinação de rotina da poliomielite continua nas unidades de saúde, à disposição para menores de 5 anos. A primeira etapa da vacinação, no primeiro semestre, teve sua meta alcançada, com mais de 11 mil crianças de 0 a 5 anos vacinadas.

Reunião do Projeto Primeiro Passo-bolsista na RFFSA

A Prefeitura Municipal de Crato e a Secretaria de Ação Social em parceria com o Projeto Primeiro Passo-bolsista, realizará dia 18 de Setembro, às 09 horas, no Auditório da RFFSA, reunião com as famílias dos participantes do referido projeto com a finalidade de repassar informações e orientações importantes. A participação de todos será de suma importância.

Cine BR no Muriti

O Pólo de Atendimento José Francisco de Luna e a PETROBRÁS apresentam o CINE BR-Cinema, Gratuito à comunidade, no dia 18 de Setembro, às 09 horas e às 14 horas, para as crianças do Bairro Muriti, no referido Pólo. A atividade é uma realização da Prefeitura e Secretaria de Ação Social.

Fonte: Assessoria de Imprensa
Governo Municipal do Crato
Fone/Fax - (88) 3521.7069
Mais informações:

http://www.crato.ce.gov.br
http://www.prefeituramunicipaldocrato.blogspot.com

Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31