xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 06/09/2009 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

06 setembro 2009

Histórias e Estórias do Crato de Antigamente - Por: Ivens Roberto de Araújo Mourão

SONO

O Crato Tênis Clube era o local onde havia, às noites, o jogo de baralho a dinheiro. O Dr. Otacílio era um freqüentador assíduo. O delegado da cidade, Major Bento, também participava. O jogo era proibido, mas a presença da autoridade o oficializava. Existia o organizador dos jogos. Era aquele que providenciava os parceiros, os baralhos, as bebidas, os lanches etc. A este conjunto de serviços tinha o direito de cobrar “o barato”, ou seja, a comissão a que tinha direito, pelos serviços prestados. Esta despesa era rateada entre os jogadores. Acontece que o delegado Bento já estava devendo uma boa quantia ao organizador. E ele, com muita diplomacia fez a cobrança:

- “Major amigo, já dormem mais de uns trezentinhos na sua mão!”
E o delegado, olhando para as cartas e não dando a mínima importância para aquela cobrança:
- “Dormem... e é um sono grande!!!

Crato Tênis Clube em foto da década de 50. Foi fundado em 1932 e funcionou nos altos do Cine Cassino. A sede do Pimenta foi inaugurada em 27 de maio de 1950 (um sábado).

Foto atual, mostrando em primeiro plano, na parte superior, o local onde havia o carteado freqüentado pelo Dr. Otacílio.
Interior do Crato Tênis Clube, mostrando o salão de festa e o local onde eram colocadas as mesas. Está preservado, como nos anos 50, inclusive o piso, mosaico e madeira corrida, no salão.

Fonte: Livro "Só no Crato" de Ivens Roberto de Araújo Mourão. Direitos de Publicação concedidos ao Blog do Crato pelo autor. Todos os Direitos Reservados.

Lula, conforme Zaratustra- Por:Artur Salles Lisboa de Oliveira


Zaratustra, inspiração do filósofo Nietzsche, foi o fundador da religião persa e profeta que viveu por volta de 600 A.C e se notabilizou por pregar a existência do Bem e do Mal como entidades distintas e totalmente contrárias, valendo ressaltar que antes havia a crença que o mesmo Deus assumia os dois ‘papéis’.Nietzsche lança mão da idéia do Super Homem, aquele que supera o ser humano por dentre algumas razões ser capaz de transvalorar e de apreciar suas próprias virtudes sem fantasmas doutrinários pesando sobre sua consciência. Segundo o filósofo, o homem, digamos comum, aquele que não transcende, é o fio condutor entre o animal e o Super Homem.Zaratustra, ao contrário de Lula, não direcionava suas idéias a um público de pobres humildes, fracos e oprimidos, prometendo-lhes o Reino dos Céus, que no contexto atual podemos, por analogia, dizer que representa um País no qual todas as classes se encontram em pé de igualdade. Para Nietzsche seus pensamentos devem ser encaminhados para aqueles que são afirmadores da vida, os que querem viver aqui e agora vivendo no Reino da Terra. Logo, o ‘discurso bolsa família’ do presidente brasileiro, com certeza, seria motivo da repugnância do filósofo, que pela razão exposta decidiu pela águia e pela serpente como símbolos do seu personagem.A águia e a serpente são metáforas zoológicas que representam o orgulho, a arrogância e a astúcia.

Ferrenho crítico do cristianismo, Nietzsche, filho de um pastor luterano, utilizou tais símbolos justamente para se contrapor aos usados pela fé cristã, que são o peixe e cordeiro, que transmitem as idéias de servidão, simplicidade e mansidão. Zaratustra quer abrir o Evangelho dos Fortes e iluminar a consciência humana para suas virtudes. Tal pensamento é diametralmente oposto ao do presidente brasileiro que costuma enaltecer sua fantástica ascensão ao cargo máximo do Executivo com um desapreço total ao conhecimento e às virtudes que podem emergir deste.Do pensamento de Nietzsche sobre a transformação do homem é possível também criar um paralelo com Lula e sua trajetória política. Num primeiro momento, o ser humano é um camelo, que aceita de forma cordeira a carga que colocam sobre seu lombo; em seguida emerge o leão que ruge furiosamente em busca de auto afirmação; por fim, o momento criança, da ingenuidade, no qual o passado opressivo é deixado para trás e um novo mundo emerge.Antes de conquistar a presidência em 2002, Lula carregava consigo a áurea de sofredor, não apenas por sua história de vida e militância, mas também pairava sobre o ícone petista a mazela do derrotado pelo sistema que beneficia os poderosos – com quem o presidente se aliaria em seguida para viabilizar seu projeto de poder. Ao conquistar o cargo máximo, Lula se tornou o leão que rugiu no deserto o ‘eu quero’ do filósofo para construir a máquina que beneficiaria tantos companheiros por dois mandatos. Agora o presidente vive o dilema da criança de Nietzsche: chora o passado quando se vê confrontado por forças políticas opostas, mas esquece dele quando se utiliza de um pragmatismo surreal para defender falcatruas daqueles que o sustentam no poder.

Fonte: Tem Notícia
Por: Artur Salles Lisboa de Oliveira
Matriuska de Sidney rocha
Ou ainda: lupeu não sabe escrever resenhas



Vamos ao que interessa: você bem que gosta de uma boneca, eu sei, é verdade. Na boa porra! Sem mentiras! Você bem que viaja na maionese quando vê uma inflável simpática. Pois muito bem, é de bonecas que estou falando sim. Das bonecas escrotinhas de Sidney Rocha, também chamadas de “matriuskas”. Sabe o que é uma matriuska? Sabe não? São aquelas bonecas russas que enfeitavam as estantes das menininhas comunistas que comiam criancinhas. As de Sydney Rocha também comem. De tudo um pouco. Marisa, a primeira, faz um boquete por dez conto. Mas você tem que entender que o sol é foda, e que cega e seca: quem vê e quem lê. Sidney tem o encantamento do estranhamento. De uma leitura que incomoda, porque real, porque parece que eu vi, porque parece que foi comigo, porque parece que a Marisa do conto ta vindo ali, de lá, de sei lá onde, com medo do sol. Que porra de literatura é essa, de Sidney Rocha, que me faz querer interferir no que leio? Fico assim: indignadoencantado. Mas no fundo eu sei, ele faz isso de propósito. A segunda boneca tem um nome que pode ser separado. Cam. Mila. Duas. Dois espíritos. Corpo nenhum. Coisa bonita de dentes brancos sem gozar. Soprando. Como um poema. Que é o que se flagra nessa porra que ele chama de conto. Conto um caralho. Deve ser um prosoema. Um contoema. Um milaema. Um dilema que Sidney coloca assim, na mesa, pra você, desavisado, pegar ligeiro e comer quente. Doeu? Leia de novo, espere esfriar. A matriuska que dá nome ao livro não tem nome. Por isso a nomeio: “semnome”, mas ela tem uma bolsa. Dessas bolsas, que mesmo pequenas, carregam a vida de uma mulher. E delimita o seu personagem. Todo escritor é escroto. Sidney não foge a regra, antes a corrobora. Ele é o lexotan que a matriuska jura que não toma. Depois ele vem assim, com outra boneca de fala arrevezada e nordestina. E severinamente diz que pariu a morte. É forte. E deus não tem nada a ver com isso. Pode até apostar. Mastruz sim. Com veneno. E sem água. Pra dar sede. E nada vem de graça, e logo surge um camburão pegando a zinha, matriuska também, que descobre os poderes de trepar apanhando. Dói. Dá nojo. Dá raiva dos filhos da puta. Mas é como te disse antes: o cara que escreve quer mesmo é isso – assuma ou não – que quem lê se incomode quando lê. Que levante a bunda da cadeira e saia pra fumar um cigarro. E ficar na dúvida se leu ou se viu na televisão. Se leu ou foi que contaram de manhã, no balcão de um barzinho suburbano. Foi? Estupraram? Comeram? Foi bom? Puta que pariu! E do Nestor, você soube? Como assim, qual Nestor? Nestor porra! O comedor. Que um dia, teve que escutar o que queria e o que não queria. Mas, de certa forma, se vingou da matriuska: ela nunca vai saber até que parte ele ouviu. Daí, pause, que ela entrou na meno pause. E eu, que não sabia picas de como era entrar em pause, agora sei. Que Sidney disse. É soprar pra dentro. É virar fumaça. Sem virar. Dá pra recitar. Em oito vozes dissonantes. Poema pop pause em dó nenhum. E Manassés tem mais é que escutar uma mentira ou duas. Quem é Manasses? Leia. Senão, fodeu. Que mais eu não conto. Depois da pause, passe no supermercado e compre um absorvente para a próxima leitura. Nada disso de comprar qualquer absorvente meu camarada, ou minha camarada. Compre um carefree para sua matriuska que gosta de números e referências. De quem ele ta falando finalmente? Da minha irmã? Da irmã dele? Da puta esquisitinha que mora no oitavo andar? Sidney é foda. É um dissecador. Um desses caras que nasceram com facas de açougueiro em lugar de dedos. Mas isso é bom porra. Traz sangue pra escrita. Sangue de mênstruo. Por isso de vida. Por isso de ler. Por isso de pegar o livro como se coisa fosse. Coisa que se mexe na mão. Como um desses pivetes recém nascidos. Que a gente quer largar no chão. Pra passar a aflição sabe? Sabe é nada. Se soubesse, saberia de esther, de nome bíblico, de dores indizíveis, e que sabe deus com que trepadas esotéricas, conseguiu parir monstros com nome e sobrenome. Saberia também, caso soubesse, dos mistérios que é morrer de causa gafanhão. Falando nisso de morte, uma das matriuskas de Sidney tem acesso direito a deus. E pede dias de saldo pra resolver pequenas coisinhas. Miudezas que cada um, se soubesse direito o que tava fazendo iria logo resolvendo. Até porque as vezes, deus ta de mau humor é pode romper o trato. Pode em vez de dar mais um dia, ou dois, ou dez, te tirar uns quinze. Por ócio talvez, por tédio quem sabe. Então, se é o caso, comece agora a ler o livro. A pagar a conta. A devolver a parada que você pediu emprestado. Quem sabe deus não ta contigo na mira? De bonecas barbie é difícil falar. Dá uma coisa na garganta. Um nó. É meio sade. Com delicadeza. É meio nelson rodrigues, pela cara de notícias populares. É todo Sidney. Assombrando os pensamentos de pais zelosos. De filhas gostosinhas. De bonequinhas cheias de pecado. De pais que queimarão para todo o sempre no inferno de sonhos que não precisam acordar. Odeio Sidney. Odeio principalmente porque não conheço jane. Porque não a vi dançando no poste do motel. Porque não pude me apresentar a ela: prazer querida, meu nome é tarzan. Agora, de uma coisa qualquer um que leia o livro de Sidney não vai poder escapar: da página 63. da página 63. 63. 63. ele saiu? Ele? Saiu? E no tempo da onça? Guadalupe fazia poeira e filhos que não ensinavam ela a ler a desgraça das placas. Gosto de guadalupe. Bateria em guadalupe. Comeria guadalupe. Mas, se sobrasse tempo, ensinaria ela a ler. Guadalupe, lendo, leria wwwoman. Fumaria um baseado feito de aspargos coloridos para entender a ficção. Pra poder entender a tristeza de diana. Fiquei pensando: seria palmer o sobrenome de diana? Seria a deusa? Uma vagaba drogada. Diana. Simplesmente. Até porque a história dela não é simples. Há que se prestar atenção aos pontos. As vírgulas. A geografia. A diana. Linda. Linda e filha da puta. Tão filha da puta quanto a matriuska cristiane. Que queria o mar de cada viagem. Que queria o mar de cada viajante. Que engolia cada viagem de cada viajante procurando o sal dos que viajam. Dos que vão. Dos que lêem pelos olhos de Sidney. Daí, pelos olhos de Sidney, vi uma poltrona feminina. Sangrando. Puta da vida. Daí, que pelos olhos de Sidney, me assustei olhando os móveis de minha casa. Os femininos. Cadeiras. Geladeira. Canetas. Será que? Será? Mas não. Os anjos não permitiriam. No fim do livro, começo de tudo, Sidney conta os passos pra matar alguém. E enche de letras uma página que é rua. E enche de letras um semáforo. E enche de vida uma são paulo que pode ser crato. Jerusalém. Juazeiro da bahia. Lá vem a mulher, com uma faca viva na bolsa. Valha-me deus. Escuto a buzina do carro. O beijo. Em preto e branco. De uma foto da guerra. O sangue do vampiro. Em preto e branco. Sydney rocha. Em preto e branco. Preto no branco. Dançando uma ciranda profana com suas matriuskas nuas. Cada uma contando sua história ao mesmo tempo. Como se possível fosse. Possível. É possível. Leia se for capaz.

Serviço:
Matriuska - Contos.
Autor: Sidney Rocha
Iluminuras

SELO ESCOLA SOLIDÁRIA -Por Maria Otilia

Em 2003, o Instituto Faça Parte - em parceria com o MEC, UNDIME e UNESCO, iniciou um projeto para identificar e reconhecer as ações e projetos de Voluntariado Educativo desenvolvidos por escolas de Educação Básica de todo o país: o Selo Escola Solidária.

A cada dois anos, o Selo Escola Solidária reconhece boas iniciativas, ações e projetos solidários que mostram com criatividade e competência que é possível repensar a educação.
As experiências selecionadas revelam a força da articulação da escola como núcleo de cidadania em sua comunidade, melhorando a qualidade da educação que a escola oferece.

A EEF Dom Quintino situada à Rua São Francisco S/N, bairro Pinto Madeira, novamente, neste ano de 2009 receberá o Certificado Selo Escola Solidária. Veja a seguir o resumo do Projeto Intensificação de Estudos, o qual foi publicado no site Instituto Faça Parte.

Instituição: EEF DOM QUINTINO

Endereço: Rua São Francisco
Cidade: CRATO (CE)
CEP: 63100-000
Telefone: (88) 31021248

Que problema a escola quis resolver com esse projeto:

A Escola, através da análise dos indicadores de desempenho acadêmico, constatou a necessidade de elaborar um projeto que atendesse aos alunos com dificuldades de aprendizagem em português e matemática. Daí surgiu a idéia de desenvolver um Projeto de Intensificação de Estudos, paralelo às atividades da sala de aula.

Descrição do Projeto:

O Projeto Intensificação de Estudos, com uma carga horária de 40h/a semanais, foi desenvolvido incialmente em todas as séries. Em seguida foi intensificado nas 9ªas séries, principalmente no que se refere às competências e habilidades de leitura, escrita, interpretação e raciocínio matemático. O Projeto foi desenvolvido ao longo do ano letivo, funcionando como ampliação da jornada escolar. Além de conteúdos anteriores à série, foram trabalhados os descritores de Português e Matemática, dentro dos padrões das avaliações externas: SPAECE, Prova Brasil e Olímpiada de Matemática e Português.

Relação entre os saberes escolares e as práticas sociais:

A articulação entre os saberes escolares e as práticas sociais acontecem a partir do momento em que o aluno adquire conhecimentos básicos para serem vivenciados no seu cotidiano.

Através do Projeto, alunos com dificuldades de aprendizagem passaram a ser mais participativos e se sentirem também capazes de novas aprendizagens. A escola buscou cumprir a sua verdaeira função social de ser agente de transformação, de inclusão.

Resultados:

- Melhor participação dos alunos nas provas do SPAECE.

- Elevação da taxa de aprovação e redução da reprovação.

- Redução do abandono.

- Maior tempo de aprendizagem para os alunos.

- Maior integração família e escola.

Postado por Maria Otilia


Edital de concurso da Semace em elaboração

Até o fim da primeira quinzena deste mês a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) divulgará o edital para realização de seu primeiro concurso público para efetivos. De acordo com informações de integrantes da comissão que elabora o edital do concurso, a Semace está trabalhando em parceria com a organizadora da seleção, a Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab), para concluir até o fim dessa semana as últimas adaptações no edital.O passo seguinte seria enviar o documento para a Secretaria Estadual de Planejamento e Gestão (Seplag), onde o edital seguiria para ser publicado no Diário Oficial do Estado. Serão oferecidas 122 vagas para cargos de nível superior, sendo 62 para a carreira de gestor ambiental, 51 para fiscal ambiental e nove para procurador autárquico. O salário base oferecido para as funções supera R$ 1.700 e pode dobrar com algumas gratificações.Os interessados neste concurso poderão acompanhar novidades pelo site da Semace: www.semace.gov.br.

Fonte: Blog do Eliomar

Operação Militar acontecerá na região, na segunda quinzena deste mês

MINISTÉRIO DA DEFESA
EXÉRCITO BRASILEIRO
COMANDO MILITAR DO NORDESTE
10ª REGIÃO MILITAR
REGIÃO MARTIM SOARES MORENO


O Comando da 10ª Região Militar solicita a divulgação da nota a seguir, em todos os meios de comunicação desse grupo, por julgar ser assunto de relevante interesse para a sociedade.

OPERAÇÃO JAGUARIBE

No período de 19 a 25 de Setembro, a 10ª Região Militar ( 10ª RM ) – cearenses, maranhenses e piauienses –, estará na região do Cariri ( Crato, Juazeiro do Norte, Santana do Cariri, Nova Olinda ), conduzindo a Operação Jaguaribe, dentro de uma situação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO).

Paralelamente, será desenvolvida uma Ação Cívico-Social ( ACISO ) em parceria com as prefeituras municipais. Em Santana do Cariri ( dia 21, distrito de Anginho; dia 23, em Dom Leme; e dia 24, em Guritiba ); em Nova Olinda, dia 22, no distrito de Triunfo. Das 08h30 às 17h, serão disponibilizados os seguintes serviços: expedição de documentos, atendimento médico-odontológico, distribuição de medicamentos, palestras, educação musical, reformas de instalações, corte de cabelo, manicure, pedicure, apresentações públicas da Banda de Música.

Estradas vicinais serão recuperadas pelo 3º Batalhão de Engenharia de Construção, com sede em Picos / PI; e obras de pequeno porte serão realizadas pelo 23° Batalhão de Caçadores, sediado em Fortaleza / CE.

A Operação Jaguaribe será aberta no dia 19, às 18h30, na Praça da Sé - praça central do Crato / CE -, com a presença do General-de-Divisão Vitor Carulla Filho, Comandante da 10ª Região Militar, e de autoridades públicas locais.

5ª Seção ( Comunicação Social ) da 10ª Região Militar
3255.1673

Texto enviado à Redação por:
MARCOS ANTONIO BRATZ - 1º Sargento
Chefe da Instrução do TG 10-004

Cientistas descobrem 3 novos elos genéticos ligados ao Alzheimer

.
Estudos mostram que os genes são importantes fatores de risco. Mal de Alzheimer afeta mais de 26 milhões pessoas em todo o mundo.

Cientistas descobriram três importantes elos genéticos ligados ao mal de Alzheimer que afetam até 20 por cento dos pacientes da doença. Os especialistas disseram neste domingo (6) que foi a mais importante revelação na área nos últimos 15 anos. Dois grandes estudos mostraram que os três novos genes se juntam ao mais conhecido gene APOE4 como importantes fatores de risco para a causa mais comum do estado de demência.

"Se pudermos retirar os efeitos prejudiciais desses genes por meio de tratamentos, poderíamos reduzir a proporção de pessoas que desenvolvem Alzheimer em 20 por cento," disse Julie Williams, professora de Genética Neuropsicológica na Universidade de Cardiff, na Grã-Bretanha, em entrevista coletiva em Londres. O mal de Alzheimer afeta mais de 26 milhões pessoas em todo o mundo, não tem cura nem bons tratamentos. A necessidade de remédios eficientes está aumentando, já que o número de casos deve superar 100 milhões de pessoas em 2050. Os atuais medicamentos só podem atrasar os sintomas de pacientes que perdem a memória, a capacidade de se locomover com eficiência e o cuidado consigo mesmos. Williams, que liderou um dos dois estudos publicados na revista Nature Genetics, afirmou que apenas na Grã-Bretanha quase 100 mil pessoas poderiam evitar a doença com a erradicação dos efeitos dos três novos genes.

Fonte: G1

Justiça nega habeas corpus para italiano preso depois de beijar a filha.Por:Luciana Lima



Fortaleza - O Tribunal de Justiça do Ceará negou na noite de ontem (5) o pedido de habeas corpus para o italiano preso em Fortaleza acusado de ter abusado sexualmente da filha de oito anos. De acordo com a defesa do italiano, o Tribunal de Justiça entendeu que é necessário ouvir primeiro a titular da 12ª Vara Criminal do Ceará, juíza Maria Ilna de Castro, onde está um pedido de anulação do flagrante apresentado na última sexta-feira (4).O habeas corpus foi apresentado no sábado (5) à tarde pelo advogado Flávio Jacinto, que defende o turista italiano. Segundo ele, trata-se de uma tentativa de apressar a saída do italiano da prisão, já que o pedido de anulação do flagrante só deverá ser julgado na próxima terça-feira (8), devido ao feriado de 7 de Setembro, na segunda-feira.A anulação do flagrante, segundo Jacinto, tem como base falhas nos depoimentos das testemunhas à polícia. “São duas testemunhas com depoimentos idênticos. Não muda nem uma vírgula”, explicou o advogado.O italiano está preso em Fortaleza, acusado de ter cometido estupro vulnerável, previsto no Artigo 217-A, da Lei 12.015, que entrou em vigor em agosto último. Caso fique comprovado o abuso, a lei prevê pena de oito a 15 anos de prisão.Quatro testemunhas foram ouvidas até agora no inquérito. Um casal que afirma ter visto o italiano beijando a menina na boca e acariciando as partes íntimas da menina e mais duas apresentadas pela defesa.A menina também foi ouvida na companhia da mãe, de uma psicóloga e de uma assistente social. A delegada Ivana Timbó, da Delegacia de Combate à Exploração de Crianças e Adolescentes (Dceca) disse que não identificou no depoimento da criança elementos que possam incriminar o pai. Ela intimou três funcionários da barraca Croco Beach, onde ocorreu o caso, para prestarem depoimento na próxima terça-feira (8) e espera concluir o inquérito até a próxima quinta-feira (10).

Fonte:Agência Brasil Por : Luciana Lima

Aviões da Patrulha Acrobática da França se apresentam no 7 de Setembro.Por: Yara Aquino


Brasília - Um público de 50 mil pessoas é esperado para assistir o desfile do 7 Setembro e ver a Esquadrilha da Fumaça cruzar o céu de Brasília. A estimativa é da organização do desfile no qual se apresentarão, na Esplanada dos Ministérios, cerca de 3,6 mil pessoas entre civis e militares. O custo da festa é de quase R$ 1,2 milhão.E desta vez a Esquadrilha da Fumaça não estará sozinha, ela terá a companhia da Patrulha Acrobática da França que também fará uma apresentação em função das comemorações do Ano da França no Brasil.Oito aviões da Patrulha Acrobática da França sobrevoarão a Esplanada dos Ministérios durante o desfile dos músicos da Marinha francesa e tingirão o céu com um rastro de fumaça azul, branco e vermelho, cores da bandeira do país. Entre os aviadores franceses está a única mulher na história a participar de um grupo militar de acrobacias aéreas, a piloto-adjunta, Virginie Cuyot.A Patrulha Acrobática da França chegou ao Brasil na sexta-feira (5) e fará apresentações também no Rio de Janeiro, no dia 12 de setembro, e, em Natal, no dia 29.O presidente francês, Nicolas Sarkozy, assiste ao desfile como convidado de honra.A estrutura, montada na Esplanada dos Ministério, tem arquibancadas cobertas com espaço para abrigar 20 mil pessoas. Haverá postos de distribuição de água, banheiros químicos e atendimento médico.O desfile está programado para começar às 9 horas com duração estimada de uma hora e trinta minutos. Entre as atrações estão tanques, blindados, regimentos de cavalaria, tropas motorizadas, apresentação de bumba-meu-boi, bandas militares e a pirâmide humana do Batalhão de Polícia do Exército.O desfile é organizado pela Secretaria de Comunicação da Presidência da República, em conjunto com o Ministério da Defesa e as secretarias de Educação e Cultura do governo do Distrito Federal.

Fonte :Agência Brasil

Crimes previdenciários já causaram mais de R$ 39 milhões de prejuízo ao INSS este ano . Por: Alex Rodrigues



Brasília - Uma em cada cinco operações realizadas pela Polícia Federal (PF) nos últimos dois anos teve o objetivo de combater crimes contra a Previdência Social. Além disso, aproximadamente 15% das cerca de 25 mil investigações em curso na PF tem a ver com os chamados crimes previdenciários, sejam aqueles cometidos contra o sistema de arrecadação (sonegação e apropriação indevida), sejam os que atingem a concessão de benefícios previdenciários e assistenciais pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).Segundo a chefe da Divisão de Repressão a Crimes Previdenciários da PF, delegada Virgínia Vieira Rodrigues Palharini, 41 das 235 operações feitas em 2008 tinham a finalidade de desarticular fraudes contra o sistema previdenciário. Destas, 20 investigavam a concessão irregular de auxílio-doença (pago ao segurado que, por doença ou acidente, é impedido de trabalhar por mais de 15 dias consecutivos) ou de aposentadoria por invalidez (concedida ao trabalhador considerado permanentemente incapacitado de exercer atividades que lhe garantam o sustento).Ainda segundo Virgínia, este ano a PF já realizou 20 ações conjuntas com o Ministério da Previdência Social e com o Ministério Público Federal (MPF), órgãos que, junto com a PF, compõem a Força Tarefa Previdenciária, criada em março de 2000 com o objetivo de combater, de maneira sistemática, a evasão fiscal e os crimes previdenciários.Por enquanto, o percentual está abaixo dos de anos anteriores, já que, ao todo, a PF realizou 167 operações, o que significa que uma em cada oito é de combate à fraude previdenciária. Quanto aos prejuízos causados aos cofres públicos, PF e Ministério da Previdência Social só podem trabalhar com estimativas. Isso por conta da dificuldade de apurar com exatidão os valores desviados pelos criminosos. Além disso, a conta é feita apenas com base nos dados já sob investigação, ou seja, nas fraudes que a Força Tarefa consegue identificar.De acordo com a delegada, só os cálculos relativos a 17 das 20 operações feitas este ano apontam para um prejuízo de cerca de R$ 39 milhões. Já no ano passado, a estimativa atingiu R$ 2,143 bilhões – valor considerado “atípico”, já que só a Operação Fariseu envolvia algo em torno de R$ 2 bilhões.Realizada em março, a ação serviu para desmontar uma quadrilha que fraudava certificados concedidos pelo Conselho Nacional de Assistência Social a entidades consideradas filantrópicas que, com o documento, recebiam isenção de impostos e contribuições sociais. A título de comparação, até junho, a Previdência Social acumulava um déficit de R$ 21,547 bilhões."Os valores envolvidos nas fraudes identificadas são muito grandes”, diz Virgínia. “Para a fraude valer a pena e compensar os riscos, os criminosos não vão fraudar apenas um benefício. Eles vão fraudar 500, 1000 benefícios”, afirma a delegada, explicando que há quadrilhas que atuam em mais de um estado, migrando tão logo uma única fraude é detectada. Além disso, garante Virgínia, é comum que antes de partir para outro local, um grupo criminoso ensine outro grupo a agir.A delegada destaca a complexidade dos crimes previdenciários, que, assim como o tráfico de drogas ou os crimes contra o sistema financeiro, exigem grupos organizados, com rígida divisão de tarefas entre seus membros e capacidade de, na maioria dos casos, aliciar servidores públicos. Segundo a delegada, a existência de cerca de 20 diferentes benefícios previdenciários e assistenciais impõe que estas quadrilhas se especializem em um determinado tipo de fraude.
"Não há um modus operandi único. No caso do auxílio-doença, por exemplo, intermediários aliciam pessoas interessadas em receber o benefício e fraudam principalmente laudos psiquiátricos, obtidos com médicos particulares ou com peritos do próprio INSS que agem em conluio com a quadrilha. Chegamos a detectar laudos psiquiátricos assinados por um ortopedista”, conta Virgínia.A delegada sustenta que o combate a este tipo de crime tem se intensificado e que a própria PF tem procurado aperfeiçoar sua atuação. E destaca uma recente mudança na abordagem das investigações. "Até recentemente, nós investigávamos apenas os beneficiários suspeitos de receber irregularmente. Ao começarmos a atuar junto com o INSS e com o Ministério Público Federal, tivemos outra visão dessa modalidade criminal. Já não era só um beneficiário que fraudava um atestado médico e obtinha um benefício. Com isso, passamos a dar maior visibilidade às quadrilhas criminosas, investigando-as a fundo”, conclui a delegada.

Fonte: Agência Brasil

Meio Ambiente entra no discurso da Campanha de 2010

Após a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil), mais dois pré-candidatos à Presidência - o governador de Minas, Aécio Neves (PSDB), e o deputado Ciro Gomes (PSB-CE) - ajustaram nesta semana o foco para as questões de meio ambiente. O tucano, com viagem marcada à Amazônia, disse sábado, 5, em Belo Horizonte que “qualquer pessoa que queira pensar o Brasil com seriedade para as próximas décadas tem de incluir a questão da sustentabilidade no seu programa”. Ciro, no Rio, declarou que em 2010 discursos e planos de governo terão de dar “conteúdo” ao termo sustentabilidade.

O tema ganha destaque na mesma semana em que a ex-ministra do Meio Ambiente e senadora Marina Silva trocou o PT pelo PV, com o plano de disputar a Presidência. Na quarta-feira, Dilma, nome preferido do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para a sucessão, havia defendido o respeito aos mananciais e ao meio ambiente, em discurso no Itamaraty. “No centro da vida estão nossos rios.”

Fonte: Agencia O ESTADO

Na véspera do Dia da Amazônia, após assinar decreto que regulamenta a nova Lei Florestal do Estado, Aécio disse ontem que o desafio é encontrar fórmulas de desenvolvimento sustentável. Falou, ainda, de desmatamento. “Não diria que temos motivos para comemorar, mas temos hoje instrumentos que não tínhamos para fiscalizar, punir e inibir o desmatamento, o que já vem ocorrendo”, afirmou. “O Brasil, por mais que desmate muito além do razoável, vive um processo, segundo os últimos dados, de redução do desmatamento. É positivo.”

Apadrinhado de Sarney perde cargo em estatal

Apadrinhado político do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP) e colega de turma de seu filho, Fernando Sarney, na faculdade, o engenheiro Ulisses Assad foi afastado da diretoria da Valec, estatal subordinada ao Ministério dos Transportes que tem como principal atribuição construir a ferrovia Norte-Sul.

Investigado por suspeita de superfaturamento e desvio de dinheiro nos contratos de construção da Norte-Sul, Assad ocupava o cargo de diretor de engenharia desde o início do governo Lula. O afastamento foi determinado pelo Ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, e tem duração de 60 dias, prorrogáveis por mais 60.

As suspeitas sobre a atuação dele à frente da mais importante diretoria da Valec surgiram em investigações da Policia Federal e do Tribunal de Contas da União. Auditoria do TCU apontou superfaturamento de R$ 516 milhões nas obras de um dos trechos da ferrovia, cujo projeto nasceu durante o governo de José Sarney (1985-1990). No ano passado, em relatório enviado à Justiça, a PF relacionou indícios de que Assad usava o cargo para favorecer empreiteiras ligadas à família Sarney.

De acordo com a versão oficial, porém, o que determinou o afastamento de Assad foi uma sindicância aberta pela Valec para averiguar suspeitas levantadas por auditores. A sindicância teria concluído que, sob o comando de Assad, foram feitas obras em desacordo com normas estabelecidas. A Valec nega superfaturamento.

Fonte: Agencia O ESTADO.

Hoje, 06 de Setembro, é o Dia do Sexo !


Nota: Há poucos dias, foi o Dia do orgasmo. Hoje é o Dia do sexo. Agora descobrimos porque os blogs hoje estão pouco movimentados...todo mundo ocupado, rs. Mas falando sério, vamos aproveitar o dia para falar de um assunto importante. A educação sexual dos nossos filhos. Trago esse excelente artigo, publicado no Yahoo:

Como falar de sexo com meus filhos?
A sexualidade é um campo amplo que vai muito além do sexo

Em tese seria o uso do corpo para se conhecer, descobrir as necessidades prazerosa e afetiva a caminho de uma vida feliz e plena. Mas sabe-se que a vida sexual está inserida na vida de todos nós de maneira desordenada e sem sentido. Isso é apenas como uma busca de prazer efêmero, fugaz e pobre, pois não valorizam aspectos intimamente ligados às necessidades psíquicas que são os aspectos afetivos.

Isso é muito difícil de transmitir em palavras, organizar em teses infalíveis, vejamos: desde o começo da epidemia da Aids sempre se enfatiza a necessidade de se valorizar o sexo seguro, porém o que se vê é o aumento vertiginoso das doenças sexualmente transmissíveis, gravidez precoce e de tantas mazelas advindas da vivência sexual despreparada. É fato que os adolescentes começam sua vida sexual precocemente. Segundo o que os dados nacionais e mundiais nos mostram o despreparo é um problema a ser administrado pela sociedade.

Segundo os dados disponíveis, todos os anos um em cada 20 adolescentes contrae uma doença sexualmente transmissível; um em cada quatro abortos são realizados em adolescentes; o HIV infecta cinco milhões de pessoas por ano e dessas mais da metade tem menos de 24 anos.
De acordo com o IBGE, ¾ dos adolescentes até 19 anos tem vida sexual ativa; sendo que 500 mil se submetem a abortos e 600 mil engravidam. Ao começar a vida sexual cedo, os adolescentes ficam expostos a riscos. Por isso, orientação e informação são importantes e podem minimizar as dificuldades auxiliando o adolescente a viver essa etapa com menos dúvidas e medo, permitindo uma vivência com menor risco.

Ao analisarmos esses dados podemos perceber que não é apenas do aspecto educativo e biológico que se deve cuidar. Apesar de inúmeros artigos em revistas, inclusive aulas infindáveis sobre sexo seguro, na hora h o que se vê é que o jovem se depara com sua completa ignorância e inabilidade diante da sua sexualidade que nada contribui para uma sexualidade plena e feliz. Eu parto do princípio de que mais, muito mais que um palavrório

recheado de lições, o testemunho, a vivência de uma sexualidade saudável e feliz enfatizando a qualidade do vínculo entre os pais é a melhor lição de sexualidade plena que os pais podem dar aos seus filhos; se conhecendo e por conta disso terem capacidade de responder as perguntas que inevitavelmente as crianças fazem.

Não com a teoria dos livros cientistas ou psicólogos, mas com a teoria pessoal construída a partir de sua vivência respeitando, é claro, os limites da curiosidade infantil.

Investindo num bom relacionamento afetivo e sexual que deve ser enriquecedor; com as diferenças que podem ser excitantes desde que respeitadas e que esse relacionamento contribua principalmente para a auto-estima e o engrandecimento do eu individual. Nesse contexto é de primordial importância que mais do que aulas e palestras, o testemunho dos pais no exemplo de respeito, cumplicidade e demonstrações afetivas espontâneas; pais que se beijam e se abraçam; que beijam abraçam seus filhos estarão dando uma lição completa de vivência de sua sexualidade. Portanto, é importante que se reveja, através de uma releitura da educação sexual como está estabelecida, onde os órgãos sexuais são senhores absolutos, desdenhando-se ou até mesmo negando-se a participação de aspectos mais subjetivos e muito importantes tais como cumplicidade, admiração, respeito. Enfim, para os mais românticos, amor.

Você conversa com o seu filho sobre sexo? Qual a idade ideal para falar sobre este assunto?

Fonte: Yahoo.com

" O MODELO BIOMÉDICO E CARTESIANO NA MEDICINA"


Tive a enorme honra de ser orientado na minha dissertação de Mestrado pelo Cubano Prof. Dr. Fernando Luis Gonzáelz Rey, Psicólogo Clínico de renome internacional. Durante os anos de convívio de orientação consolidamos uma estreita amizade que perdura até os dias de hoje. Ao término dos trabalhos me convidou a ir a Cuba tendo sido seu hóspede por inesquecíveis três meses. Passava horas em sua seleta biblioteca e sob suas indicações lia Capra, Foucault, Descartes, e a me apaixonar perdidamente pelos clássicos gregos e principalmente pela História da Medicina, disciplina que ministro em Cursos de Pós Graduação. Em nossas longas conversas ao fim da tarde debatíamos acerca do Modelo Biomédico. O artigo de hoje trás reminiscências desse colóquio.

No decorrer de toda a ciência ocidental, o desenvolvimento da biologia caminhou de mãos dadas com o da medicina.. Por conseguinte, é natural que, uma vez estabelecida firmemente em biologia à concepção “mecanicista da vida”, ela dominasse também as atitudes dos médicos em relação à saúde e à doença. A influência do paradigma cartesiano sobre o pensamento médico resultou no chamado modelo biomédico, que constitui o alicerce conceitual da moderna medicina científica. O corpo humano é considerado uma máquina que pode ser analisada em termo de suas peças; a doença é vista como um mau funcionamento dos mecanismos biológicos, que são estudados do ponto de vista da biologia celular e molecular; o papel dos médicos é intervir, física ou quimicamente para consertar o defeito do funcionamento de um específico mecanismo enguiçado. Três séculos depois de Descartes a medicina se baseia como escreveu Engel: “nas noções do corpo como uma máquina, da doença como conseqüência de uma avaria na máquina, e da tarefa do médico como conserto dessa máquina”. Ao concentrar-se em partes cada vez menores do corpo, a medicina moderna perde freqüentemente de vista “o paciente” como ser humano, e, ao reduzir a saúde a um funcionamento mecânico, não pode mais ocupar-se com o fenômeno da cura. Essa é talvez a mais séria deficiência da abordagem biomédica. Embora todo médico praticante saiba que a cura é um aspecto essencial de toda a medicina, o fenômeno é considerado fora do âmbito científico; o termo “curar” é encarado com desconfiança, e os conceitos de saúde e cura não são discutidos normalmente nas escolas de medicina. O motivo da exclusão do fenômeno da cura da ciência biomédica é evidente. É um fenômeno que não pode ser entendido com termos reducionistas. Isso se aplica à cura dos ferimentos e, sobretudo, à cura das doenças o que geralmente envolve uma complexa interação entre os aspectos físicos, psicológicos, sociais e ambientais da condição humana.

Reincorporar a noção de cura à teoria e prática da medicina, significa que a ciência médica terá que transcender sua estreita concepção de saúde e doença. Isso não quer dizer que ela tenha que ser menos científica. Pelo contrário, ao ampliar sua base conceitual, pode tornar-se mais coerente com as recentes conquistas da ciência moderna. A saúde e o fenômeno da cura têm tido significados diferentes conforme a época. O conceito de saúde, tal como o conceito de vida, não pode ser definido com precisão. Os dois estão intimamente relacionados. O que se entende por saúde depende da concepção que se possua do organismo vivo e de sua relação com o meio ambiente. Como essa concepção muda de uma cultura para outra, e de uma era para outra, as noções de saúde também mudam. O amplo conceito de saúde necessário à nossa transformação cultural – exige uma visão sistêmica dos organismos vivos e, correspondentemente, uma visão sistêmica da saúde. Para começar, a definição de saúde dada pela OMS no preâmbulo de seu estatuto poderá ser útil: “A saúde é um estado de completo bem estar físico, mental e social, e não meramente a ausência de doenças ou enfermidades”. Embora a definição da OMS seja algo irrealista, pois define a saúde como um estado estático de perfeito bem estar, em vez de um processo em constante mudança e evolução – ela revela, não obstante, a natureza holística da saúde, que terá de ser apreendida se quisermos entender o fenômeno da cura - A medicina ocidental emergiu de um vasto reservatório de curas tradicionais e populares, e propagou-se subseqüentemente ao resto do mundo; acabou por transformar-se em vários graus, mas conservou sua abordagem biomédica básica. Com a extensão global do sistema biomédico, vários autores abandonaram os termos: “ocidental”, “científica” ou “moderna” e referem-se agora, simplesmente, à “medicina cosmopolita”. Mas o sistema médico “cosmopolita” é apenas um entre muitos. A maioria das sociedades apresenta um pluralismo de sistemas de crenças médicas sem nítidas linhas divisórias entre um sistema e outro. Além da medicina cosmopolita e da Medina popular, ou curandeirismo (os pesquisadores biomédicos tendem a desprezar as práticas dos curandeiros populares, relutando em admitir sua eficácia), muitas culturas desenvolveram sua própria medicina, algumas de elevada tradição. A semelhança da medicina cosmopolita, esses sistemas – indiano, chinês, persa e outros – baseiam-se numa tradição escrita, usando conhecimentos empíricos, e são praticados por uma elite profissional. Sua abordagem é holística, se não efetivamente na prática, pelo menos na teoria.

Além desses sistemas, todas as sociedades desenvolveram um sistema de medicina popular – crenças e praticas usada nos seio de uma família, ou de uma comunidade que são transmitidas oralmente e não requerem curandeiros profissionais. A prática da medicina popular tem sido tradicionalmente uma prerrogativa das mulheres, uma vez que a arte de curar, na família, está usualmente associada às tarefas e ao espírito da maternidade. Devo lembrar aqui a odisséia dos xamãs, pagés, benzedeiras, sacerdotes de todas as culturas arcaicas e da antiguidade, a mitologia das deusas arte de curar greco romanas, etc. Os curandeiros, por sua vez, são mulheres ou homens em proporções que variam de cultura para a cultura.Não têm uma profissão organizada; sua autoridade deriva de seus poderes de cura – freqüentemente interpretadas como o acesso deles ao mundo do espírito - Basta o leitor de debruçar sobre a história dos nossos índios e dos índios das Américas e terá um panorama esclarecedor, ou então, mais próximo no nosso Cariri as “rezadeiras e benzedeiras”.

Com o surgimento da medicina organizada, de longa tradição, entretanto, os padrões patriarcais se impuseram e a medicina passou a ser dominada pelos homens. Isso é verdadeiro tanto para a medicina chinesa ou grega clássica quanto para a medicina européia medieval, ou a medicina cosmopolita. No próximo artigo vou abordar a maior revolução do setor educacional e da medicina, ocorrida nos EUA e que reforçou o patriarcalismo e o racismo naquele País, embora a reestruturação de ensino médico em particular, tenha trazido incomparáveis avanços dentro do modelo que leva o nome do seu coordenador Flexner. Na história da medicina ocidental, a conquista do poder por uma elite profissional masculina envolveu uma longa luta que acompanhou o surgimento de uma abordagem racional e científica da saúde e da cura.

O resultado dessa luta foi o estabelecimento de uma elite médica quase exclusivamente masculina e a intrusão da medicina em setores que eram tradicionalmente atendidos por mulheres, como o parto. Esse patriarcalismo foi sendo paulatinamente derrubado pelos movimentos de emancipação feminina ao longo do tempo e até culminar hoje com a consciência do domínio do seu corpo e alma e eu lugar na sociedade machista intra e extra muros das universidades. Elas reconheceram nas lutas travadas principalmente no campo da medicina que o controle patriarcal era exercido como controle de seu próprio corpo e estabeleceram como um dos seus objetivos centrais a plena participação das mulheres na assistência à sua própria saúde.

Por: Nilo Sérgio Monteiro

Diário do Pernambuco destaca criação do Estado do Cariri – Por Beto Fernandes

Proposta para criar o Estado do Cariri

O conceituado Jornal Diário do Pernambuco traz neste domingo, 06 de setembro, matéria enfocando artigo do Jornalista Jota Alcides (foto)sobre a criação do Estado do Pernambuco. O artigo foi publicado recentemente no Site Juanorte e por sua importância transcrevemos para o Blog do Juazeiro. O Blog Juanews também fez referência assim como o Blog do Crato. Ao que indica a idéia de Alcides parece ganhar mais ressonância fora do Cariri e do Ceará.

Divisão // Escritor Jota Alcides critica o desprezo ao Sul do Ceará e inicia movimento para defender a criação de uma nova unidade da federação, que teria Juazeiro do Norte como capital

Juazeiro do Norte - O sonho do ex-senador cearense Martiniano de Alencar de transformar a região do Cariri em um novo estado brasileiro volta a ser debatido, agora com mais justificativas econômicas e sociais. Após 170 anos, da apresentação do projeto no Senado do Império, o escritor e jornalista Jota Alcides, iniciou um movimento para viabilizar a ideia cuja referência política seria o município do Juazeiro do Norte, a Terra do Padre Cícero. "O estado do Cariri é a solução política inadiável para salvar o belo e naturalmente rico Vale do Cariri, sempre desconsiderado ou maltratado pelos governos do Ceará, sobretudo o atual (Cid Gomes). Não há o que temer. É melhor ser um estado pequeno e pobre mas, livre e independente, verdadeiro dono do seu destino", afirma Alcides.

O autor da proposta lembra que nos últimos dez meses, "cresce a insatisfação e a revolta da população de Juazeiro do Norte, contra a indiferença, a negligência, a omissão, a discriminação e até conspiração por sucessos governos cearenses, pormais de um século, até os dias atuais". A proposta irá contribuir para evitar o aumento da concentração de riquezas na capital Fortaleza, que tem Produto Interno Bruto (PIB) R$ 22,5 bilhões, quase 50% do PIB estadual de R$ 46 bilhões.

"É visível a grande concentração de riqueza na capital. Fora da Região Metropolitana de Fortaleza, as duas maiores economias cearenses estão nos municípios de Sobral, com PIB de R$ 1,5 bilhão, e Juazeiro do Norte, com PIB de 1,1 bilhão. São dados que revelam, claramente, o tratamento diferenciado do governo do Ceará favorável ao norte do estado. Maior cidade do interior, com aproximando-se dos 300 mil habitantes, Juazeiro do Norte não tem sido privilegiado com investimentos do estado. Pelo contrário, tem sido discriminado e esquecido. E quando o governo prejudica Juazeiro, acaba prejudicando o Cariri", ressalta.

Ao justificar sua iniciativa, Alcides lembra que o desenvolvimento de Juazeiro, hoje - maior centro comercial e industrial do interior do Ceará-, deve-se à sua grande força de atração de investimentos privados nacionais e estrangeiros. "Como Metrópole do Cariri, a cidade exerce influência sobre 2,5 milhões de habitantes da região e de municípios vizinhos da Paraíba, Pernambuco e Piauí. É um importante centro de atração turística do Nordeste recebendo milhares de visitantes todos os anos e hoje o maior centro urbano, demográfico, social, político, econômico, cultural, universitário, artístico e desportivo do Nordeste central do Brasil", completa.

Juazeiro do Norte é hoje o terceiro maior polo da indústria calçadista do Brasil e o principal do Norte e Nordeste. É ainda o terceiro maior polo de produtos folheados em ouro do país. Para Alcides, a economia do Juazeiro poderia ser mais desenvolvido hoje "se não sofresse o desprezo dos governos do Ceará, sobretudo o atual, que faz altos investimentos no Norte do estado (cerca de R$ 300 milhões) sem dar a devida e merecida atenção ao Sul, ao Cariri, cujos investimentos não chegam aos R$ 100 milhões".

Ele sustenta que Juazeiro tem "crescido por suas próprias forças, pelo empreendedorismo do seu povo, e convoca seus conterrâneos a defenderem a proposta que terá que ser apresentada no Congresso Nacional. "Só resta aos caririenses assumirem com ousadia e determinação o seu próprio destino lutando pela criação do estado do Cariri", conclui.

Foto: Site JUANORTE e DER (Departamento de Edificações e Rodovias)

Por Beto Fernandes

Porque hoje é domingo... - Por: José Nilton Mariano Saraiva

O CORINTHIANO

Num açougue da periferia chega de repente uma exuberante Ferrari vermelha e dela sai um torcedor do São Paulo que pergunta ao açougueiro: - O Sr. tem picanha ? - Sim, tenho - respondeu o açougueiro. - Corte para mim vinte peças - diz o são-paulino, pagando com notas de 100 dólares e, saindo em seguida. Passados 10 minutos chega uma BMW e dela sai um torcedor do Santos, que pergunta ao açougueiro: - O Sr. tem alcatra ? - Tenho sim - respondeu o açougueiro sorridente pela última venda. - Corte 70 quilos - pede o torcedor do peixe que recebe e paga com cartão Platinum indo embora logo em seguida. Nesta hora, muito feliz pelas vendas, o açougueiro recebe um torcedor do Palmeiras em uma Mercedes, que diz : - O Sr. tem filé mignon ? - Tenho sim - respondeu o contente açougueiro. - O Sr. corte 150 quilos, por favor - diz o palmeirense, que paga a mercadoria com notas de 100 euros, saindo logo após. De repente, chega um Corcel II, bem velho e todo enferrujado, placa de Capão Redondo, com um adesivo “A Inveja é uma Merda” numa lateral, outro no para-brisa “Veículo Rastreado por Fofoqueiros” e, por último pegando o vidro traseiro inteiro um outro: “É Deus no céu e nóis no corcel”, de onde sai um brutamontes com camiseta e gorrinho do Corinthias e diz para o açougueiro:- E ai mano, cê tem asa ? - Tenho sim - respondeu o açougueiro. - Então voa: é um assalto !!!

****************************
PERGUNTAS INOCENTES

Se para a igreja, a pílula do dia seguinte já é aborto, então, surgem algumas dúvidas:
1) A masturbação é homicídio premeditado e por motivo torpe?
2) E o “boquete”, em alguns casos, será canibalismo?
3) Podemos considerar o coito interrompido como abandono de menor?
4) E o que dizer do preservativo (camisinha); por acaso seria homicídio por sufocamento?

*****************************
VÔ GRITÁ

O mineirim Ôclides, da cidade de Machado, foi fazer um exame de "prósta". Quando o médico colocou o dedo de uma só vez, ele disse: - Num tô güentanu não dotô, vô gritá ! O médico, também mineiro, alertou: - Eu acho mió, não. Caus diquê a recepção tá lotada di pacienti aguardanu e vai ficá feio procê. E o médico continuou o exame. E o Ôclides continua falando: - Dotô, eu vô gritá ! E o médico diz: - Guenta sô, tô quaisacabando. E o Ôclides diz mais uma vez: - Num tô guentanu, vô tê qui gritá! O médico, impaciente: - Grita intão!!! E o minerim: - Ôôô, trem bão, sôôô !!!

************************************
O CÚMULO DA PRETENSÃO

O motoboy, Zé da Silva, primo da presidenciável Marina (aquela, que a tucanada quer embarcar num foguete ligando o nada a coisa nenhuma e com passagem só de ida), havia mudado do Acre para o Rio de Janeiro e ia a 140 km/h. na Av. Brasil, rumo a São Paulo. De repente deu de encontro com um passarinho e não conseguiu desviar: PÁ!!! Pelo retrovisor, o cara ainda viu o bichinho dando várias piruetas no asfalto até cair estendido no chão. Não contendo o remorso ecológico, ele parou a moto e voltou para socorrer o bichinho. O passarinho estava lá, inconsciente, quase morto. Era tal a angústia do motoboy que ele recolheu a pequena ave, voltou ao Rio, levou-a ao veterinário, onde foi tratada e medicada; depois, comprou uma gaiolinha e a levou para casa, tendo o cuidado de deixar um pouquinho de pão e água para o acidentado. No dia seguinte, o passarinho recupera a consciência. Ao despertar, vendo-se preso, cercado por grades, com o pedaço de pão e a vasilha de água no canto, o bicho põe as asinhas na cabeça e grita: - PQP, MATEI O MOTOQUEIRO!!!

***************************
TPM EM 4 FASES

1) A Fase Meiguinha: Tudo começa quando a mulher começa a ficar dengosa, grudentinha. Bom sinal? Talvez, se não fosse mais do que o normal. Ela te abraça do nada, fala com aquela vozinha de criança e com todas as palavras no diminutivo... A fase começa a chegar ao fim quando ela diz que está com uma vontade absurda de comer chocolate. O que se segue, é uma mudança sutil desse comportamento, aparentemente inofensivo, para um temperamento um pouco mais depressivo.

2) A Fase Sensível: Ela passa a se emocionar com qualquer coisa, desde uma pequena rachadura em forma de gatinho no azulejo em frente à privada, até uma reprise de um documentário sobre a vida e a morte trágica de Lady Di. Esse estágio atinge um nível crítico com uma pergunta que assombra todos os homens, desde os inexperientes até os mais escolados como o meu pai: -Você acha que eu estou gorda? Notem que não é uma simples pergunta retórica. Reparem na entonação, na escolha das palavras. O uso simples do verbo “estou” ao invés da combinação “estou ficando”, torna o efeito da pergunta muito mais explosiva do que possamos imaginar. E essa pergunta, meus amigos, é só o começo da pior fase da TPM. Essa pergunta é a linha divisória entre essa fase sensível da mulher para uma fase mais irascível.

3) A Fase Explosiva: Meus amigos, essa é a fase mais perigosa da TPM. Há relatos de mulheres que cometeram verdadeiros genocídios nessa fase. Desconfio até que várias limpezas étnicas tenham sido comandadas por mulheres na TPM. Exagero à parte, realmente essa é a pior fase do ciclo tepeêmico. Você chega na “casa dela”, ela está de pijama, pantufas e descabelada. A cara não é das melhores quando ela te dá um beijo bem rápido, seco e sem língua. Depois de alguns minutos de silêncio total da parte dela, você percebe que ela está assistindo aquele canal japonês que nem ela nem você sabem o nome. Parece ser uma novela ambientada na era feudal. Sem legendas... Então, meio sem graça, sem saber se fez alguma coisa errada, você faz aquela famosa pergunta: -Tá tudo bem?' A resposta é um simples e seca: -'Ta' !!!, sem olhar na sua cara. Não satisfeito, você emenda um -'Tem certeza?', que é respondido mais friamente com um rosnado baixo e cavernoso -'teenhoo.'. Aí, como somos legais e percebemos que ela não tá muito a fim de papo, a deixamos quieta e passamos a tentar acompanhar o que Tanaka está tramando para tentar tirar Kazuke de Joshiro, o galã da novela que...- Merda, viu!? - ela rosna de repente. - Que foi? A Fase Explosiva acaba de atingir o seu ápice com essa pergunta. Sem querer, acabamos de puxar o gatilho. O que se segue são espôrros do tipo: -Você não liga pra mim! Tá vendo que eu tô aqui quase chorando e você nem pergunta o que eu tenho! Mas, claro! Você só sabe falar de você mesmo! Ah, o seu dia foi uma merda? O meu também! E nem por isso eu fico aqui me lamuriando com você! E pára de me olhar com essa cara! Essa que você faz, e você sabe que me irrita! Você não sabe, aquele vestido que você me deu ficou apertado! Aaaai, eu fico looooouca quando essas coisas me acontecem! Você também, não quis ir comigo no shopping trocar essa merda! O pior de tudo é que hoje, quando estava indo para o trabalho, um motoqueiro mexeu comigo e você não fez nada! Pra que serve esse seu Jiu Jitsu? Ah, você não estava comigo? Por que não estava comigo na hora? Tava com alguma vagabunda? Já sei, aquela sua colega de trabalho, só pode ser ela. E nem pra me trazer um chocolate serve! Cala sua boca! Sua voz me irrita! Aliás,vai embora antes que eu faça alguma besteira. Some da minha frente! Desnorteado, você pede o pinico e sai. Tenta dar um beijinho de boa noite e quase leva uma mordida.

4) A Fase da Cólica: No dia seguinte o telefone toca. É ela, com uma voz chorosa, dizendo que está com uma cólica absurda, de não conseguir nem andar. Você vai à casa dela e ela te recebe dócil, superamável. Faz uma cara de coitada, como se nada tivesse acontecido na noite anterior, e te pede pra ir à farmácia comprar um Ponstan, Atroveran ou Buscopan pra acabar com a dor dela. Você sai pra comprar o remédio meio aliviado, meio desconfiado “O que aconteceu?”, você se pergunta. “Tudo bem”,você pensa: “Acho que ela se livrou do encosto”. Pronto! A paz reina novamente. A cólica dobra (literalmente) a fera e vocês voltam a ser um casal feliz. Pelo menos até daqui a 20 dias...

Autoria: Desconhecida - Postagem: José Nilton Mariano Saraiva

Programa Música nos Hospitais estreia em Brasília na próxima quarta-feira .Por:Daniel Lima

Brasília - O programa Música nos Hospitais chega a Brasília. Na próxima quarta-feira (9), a Orquestra do Limiar se apresenta no Hospital de Base do Distrito Federal. Só este ano, 18 apresentações do grupo foram programadas com objetivo de humanizar um pouco mais o ambiente hospitalar entre médicos, pacientes, familiares, acompanhantes e todo tipo de colaboradores.A Orquestra do Limiar é regida pelo médico, maestro e compositor Samir Rahme e é formada por 12 jovens. Segundo Vera da Cunha Pasqualin, coordenadora da orquestra, desde 2004, quando ela surgiu, o trabalho está sendo ampliado. O programa, promovida pela Associação Paulista de Medicina em parceria com uma empresa farmecêutica multinacional e com apoio do Ministério da Cultura, começou em São Paulo e foi difundido para outros estados, chegando agora ao DF.Além da orquestra, o programa conta com uma quarteto que visita os pacientes que não podem acompanhar as apresentações no saguão dos hospitais por não ter condições de sair do leito. Nas mais de 60 apresentações realizadas em hospitais de São Paulo e do Rio de Janeiro, o programa já beneficiou cerca de 15 mil pessoas.O programa Música nos Hospitais segue a mesma linha do projeto Doutores da Alegria, que leva momentos de descontração aos hospitais por meio do palhaço, na “busca do enriquecimento da experiência humana".
“São momentos de levar um pouco mais de alegria e de esperança para o ambiente muito carregado de dor. É um momento de alívio e de abrir um pouco o canal da emoção para lidar com toda esse período difícil que as pessoas que estão nesse ambiente estão passando”, disse Vera Pasqualin.
Emocionada, ela narrou um episódio ocorrido neste ano no Hospital dos Servidores Públicos Municipal, em São Paulo, e que mostra a importância do programa na humanização do ambiente hospitalar. “Quando o quarteto do Limiar foi tocar em um dos andares de internação, tinha um paciente que havia acabado de voltar de uma cirurgia. Embora não pudesse falar, ele ficou emocionado por ter sido violinista. Foi um momento de comoção muito grande.”


Fonte : Agência Brasil

Por:Daniel Lima

Até a saúde ele quer privatizar.


Para depois não dizerem que somos injustos. Saiu no "Diário Oficial" dos tucanos de São Paulo, votação na Assembléia Legislativa de lá, de proposta do governador José Serra, de cobrança em Hospital Público. E a matéria do "Diário Oficial" do Serra, ops, dos tucanos de São Paulo é assim: "São Paulo aprova cobrança em hospital público".


Mais um projeto genial do tucanato. E depois dizem que não querem privatizar nada!

Blog Humor: Desabafo de um bom marido.- Por Luis Fernando Veríssimo.

Minha esposa e eu temos o segredo pra fazer um casamento durar: duas vezes por semana, vamos a um ótimo restaurante, com uma comida gostosa, uma boa bebida, e um bom companheirismo.Ela vai às terças-feiras, e eu às quintas. Nós também dormimos em camas separadas. A dela é em Fortaleza e a minha em São Paulo .Eu levo minha esposa a todos os lugares, mas ela sempre acha o caminho de volta. Perguntei a ela onde ela gostaria de ir no nosso aniversário de casamento. “Em algum lugar que eu não tenha ido há muito tempo!” ela disse.Então eu sugeri a cozinha.Nós sempre andamos de mãos dadas. Se eu soltar, ela vai às compras. Ela tem um liquidificador elétrico, uma torradeira elétrica, e uma máquina de fazer pão elétrica. Então ela disse: “Nós temos muitos aparelhos, mas não temos lugar pra sentar”. Daí, comprei pra ela uma cadeira elétrica.Lembrem-se, o casamento é a causa número um para o divórcio.Estatisticamente, 100 % dos divórcios começam com o casamento.Eu me casei com a “Sra. Certa”. Só não sabia que o primeiro nome dela era “Sempre”.Já faz 18 meses que não falo com minha esposa. É que não gosto de interrompê-la. Mas tenho que admitir, a nossa última briga foi culpa minha. Ela perguntou: “O que tem na TV?” E eu disse “Poeira”.No começo Deus criou o mundo e descansou. Então, Ele criou o homem edescansou. Depois, criou a mulher.
Desde então, nem Deus, nem o homem, nem Mundo tiveram mais descanso.“Quando o nosso cortador de grama quebrou, minha mulher ficava sempre me dando a entender que eu deveria consertá-lo. Mas eu sempre acabava tendo outra coisa para cuidar antes: o caminhão, o carro, a pesca, sempre alguma coisa mais importante para mim.Finalmente ela pensou num jeito esperto de me convencer.Certo dia, ao chegar em casa, encontrei-a sentada na grama alta, ocupada em podá-la com uma tesourinha de costura. Eu olhei em silêncio por umtempo, me emocionei bastante e depois entrei em casa.Em alguns minutos eu voltei com uma escova de dentes e lhe entreguei.”- Quando você terminar de cortar a grama,” eu disse, “você pode também
varrer a calçada.”Depois disso não me lembro de mais nada. Os médicos dizem que euvoltarei a andar, mas mancarei pelo resto da vida”.”O casamento é uma relação entre duas pessoas na qual uma está sempre certa e a outra é o marido…”

Eduardo Campos diz que Lula avaliza candidatura presidencial de Ciro

O governador Eduardo Campos (PSB) revela, na edição deste sábasdo do jornal Folha de Pernabuco, do Recife, que o seu partido tem o aval do presidente Lula (PT) para fortalecer a pré-candidatura do deputado federal Ciro Gomes (CE) a presidente da República. Anteontem, o PSB veiculou inserção partidária, na televisão e no rádio, apresentando-se como uma legenda que pode garantir mais avanços sociais ao País. Os socialistas destinaram cerca de 70% do programa para dar visibilidade ao seu postulante, que cumpriu a função de “âncora”, dialogando com uma cabeleireira que recebe o Bolsa Família. “Se a gente não mostra (o Ciro), vocês reclamam. Se a gente mostra muito, também. Se tem no partido um cara (Ciro) com 15% nas pesquisas, tem que mostrar ele mesmo”, justificou Campos.Para o governador, o resultado final da inserção ficou bom. “Um trabalho muito bem feito, que exalta a posição do PSB (de colocar-se como uma evolução ao PT), mas também aborda as realizações do Governo Lula”, destacou Eduardo Campos. Apesar de avalizar a estratégia socialista, Lula já deixou bem claro que prefere ver Ciro Gomes disputando o Governo de São Paulo para não atrapalhar os planos da ministra da Casa Civil e presidenciável, Dilma Rousseff (PT).O deputado cearense, por sua vez, já reiterou sua vontade de concorrer ao Planalto. Ponderou, entretanto, que não sairá para presidente se for prejudicar a base aliada. No próximo dia 20 de setembro, ele dirá transferirá seu domicílio eleitoral para São Paulo, fato que garantiria seu ingresso na disputa.

Fonte: Blog do Eliomar

Brasil Vence Argentina e Está na Copa 2010 - Por: Amilton Silva

Única seleção que participou de todas as copas do Mundo, mais uma vez o Brasil estará presente na próxima copa que será realizada em 2010, na África. Jogando na noite de ontem (05), em Rosário na Argentina, a Seleção Brasileira venceu a Argentina por 3 X 1, e faltando tres rodadas para o final das Eliminatórias Sul Americana, já está classificada para próxima copa do Mundo. A seleção Canarinha quebrou um tabú de jamais vencer pela competição os Argentinos dentro dos seus domínios. Jogando um futebol de campeão , o Brasil não tomou conhecimento de los Hermanos e marcou logo aos 24 minutos do primeiro tempo , através do zagueiro Luizão de cabeça, após cobrança de falta, aos trintas Luis Fabiano marcou o segundo gol. A Argentina voltou para segunda etapa com uma forte pressão , e aos 20 minutos Dátolo marca de fóra da área, quando todos a torcida argentina acreditava no empate, veio um contra ataque brasileiro e Luis Fabiano, artilheiro das eliminatórias com 9 gols em 10 partidas, da cifras final aos 21 minutos. O Brasil volta a atuar na próxima quarta feira dia 9, diante da Seleção Chilena , desta feita na Bahia. Outras quatro partidas foram realizadas ontem pelas eliminatórias:

PERÚ 1 X 0 URUGUAI
COLOMBIA 2 X 0 EQUADOR
PARAGUAI 1 X 0 BOLÍVIA
CHILE 2 X 2 VENEZUELA

Com os resultados da 15ª rodada , ficou assim a classificação:


classificação atualizada
P
J
V
E
D
GP
GC
SG
(%)
Classificados para Copa do Mundo

CLASSIFICADOS PARA COPA DO MUNDO
Disputa vaga com o quarto colocado da Concacaf DISPUTA VAGA COM O QUARTO COLOCADO DA CONCACAF Não se classificam para Copa do Mundo NÃO SE CLASSIFICAM PARA COPA DO MUNDO
J jogos P pontos ganhos V vitórias E empates D derrotas GP gols pró GC gols contra SG saldo de gols (%) aproveitamento
Dados atualizados em 06/09/2009
1 Brasil 30 15 8 6 1 28 7 21 66
2 Chile 27 15 8 3 4 25 16 9 60
3 Paraguai 27 15 8 3 4 21 13 8 60
4 Argentina 22 15 6 4 5 20 18 2 48
5 Colômbia 20 15 5 5 5 9 11 -2 44
6 Equador 20 15 5 5 5 18 22 -4 44
7 Uruguai 18 15 4 6 5 23 17 6 40
8 Venezuela 18 15 5 3 7 19 26 -7 40
9 Bolívia 12 15 3 3 9 19 31 -12 26
10 Peru 10 15 2 4 9 8 29 -21 22

Por: Amilton Silva

Lula vem ao Ceará na próxima 5ª feira, dia 10, participar de homenagem a “Che” Guevara


A agenda do presidente no Estado tem início em Sobral
A agenda que o presidente Lula cumprirá dia 10 próximo no Ceará só será fechada mesmo pelo Palácio do Planalto, na próxima terça-feira. Mas já existem alguns compromissos sendo acertados. Lula deverá iniciar, a partir das 13 horas, seu giro pelo Estado, ao lado da ministra Dilma Roussef (Casa Civil), por Sobral, terra natal do governador Cid Gomes (PSB), que quer seu irmão, Ciro Gomes, disputando a presidência para forçar o segundo turno em 2010. Lula ainda participará da inauguração festiva do primeiro Centro Urbano de Cultura e Artes (Cuca) “Che” Guevara construído pela prefeita Luizianne Lins (PT), na Barra do Ceará.


Postado por Armando Lopes Rafael

Previsão do Tempo e Almanaque - Dia 06 de Setembro de 2009

Bom dia, Bom Domingo, Amigos!

Devido às grandes edições ocorridas nesta madrugada das postagens de ontem, essa sessão sairá hoje um pouco mais tarde que o costumeiro. Aliás, ontem tivemos um dia recorde de postagens no Blog do Crato, com a participação massiva de vários autores que com sua sinergia, seu entusiasmo, primaram por artigos bastante diferenciados, como ressaltou o nosso novo colega Nilo Sérgio em seu comentário.

Previsão do Tempo

Segundo os maiores sites de meteorologia do Brasil, hoje não é dia de chuvas, e sim de Sol com algumas núvens no Crato. Temos observado a crescente onda de calor em toda a região, com a escalada das temperaturas. Pretendo apresentar em breve, um gráfico com as altas do último mês.

ALMANAQUE

...mais tarde...

HOJE NA HISTÓRIA

...mais tarde...

Abraços,
Bom Domingo, Bom descanso semanal.

Dihelson Mendonça

Pensamentos do Dia - 06 de Setembro de 2009


"A alegria está na luta, na tentativa, no sofrimento envolvido e não na vitoria propriamente dita."

Mahatma Gandhi

"Uma coletânea de pensamentos é uma farmácia moral onde se encontram remédios para todos os males."

Voltaire

"No fim tu hás de ver que as coisas mais leves são as únicas
que o vento não conseguiu levar:
um estribilho antigo
um carinho no momento preciso
o folhear de um livro de poemas
o cheiro que tinha um dia o próprio vento..."

Mário Quintana

"Amar não é olhar um para o outro, é olhar juntos na mesma direcção."

Antoine de Saint-Exupéry

Ciro abre conta em SP e inicia caminho para mudança de domicílio eleitoral


“Vista com ceticismo quando surgiu, há um mês, a possível candidatura do deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE) ao governo de São Paulo continua no cenário político, com avanços concretos nas negociações. Anteontem, entusiastas da alternativa Ciro comemoraram o cumprimento de um pré-requisito legal pouco notado, mas crucial para sua candidatura: o deputado federal já tem contas em seu nome em São Paulo, o que é fundamental para garantir a transferência de domicílio eleitoral para a cidade.A mudança do domicílio pode ser feita até o início de outubro, um ano antes das eleições, mas é preciso comprovar residência no Estado ao menos três meses antes -prazo que venceu na sexta-feira, dia 3. Parte do PT de São Paulo, um dos principais entraves à candidatura, dá sinais de que pode vir a aceitar a entrada de Ciro na disputa estadual, como deixou claro a entrevista de um dos pré-candidatos, Emídio de Souza, à Folha.Na semana passada, o presidente do PT-SP, Edinho Silva, reuniu-se em Brasília com o presidente do PSB-SP, deputado federal Márcio França (um dos principais articuladores da candidatura Ciro), para discutir o cenário político no Estado. Vai haver novas conversas.

O grupo da ex-prefeita Marta Suplicy é um dos mais ferrenhos opositores de o PT deixar de ter candidato próprio a governador. Próximo de Marta, o líder do partido na Assembleia Legislativa, Rui Falcão, diz que isso seria abrir mão de um projeto estratégico no Estado.Integrantes do comando nacional do partido -que também tem interesse nessa solução, porque tiraria o deputado da disputa pela Presidência e abriria caminho para alianças mais amplas com o PT do presidente Lula- fazem uma avaliação realista de que as chances de a candidatura emplacar ainda não são grandes, mas também não são mínimas.Lula já disse ao presidente do PSB, o governador Eduardo Campos (PE), que vê com simpatia a hipótese Ciro. Nesta semana pode haver a aguardada conversa entre Ciro, Lula e Campos para discutir a real possibilidade da candidatura”.

Fonte: Eliomar de Lima

Fim ao Capitalismo ! - Postado por : J. Flávio Vieira


Michael Moore pede o fim do capitalismo em seu novo filme em Veneza

NEUSA BARBOSA
Especial para o UOL, de Veneza, Itália*

A passagem do documentário "Capitalism: A Love Story", de Michael Moore repercutiu com toda a força que se poderia esperar do engajado diretor de "Tiros em Columbine" e "Fahrenheit 11 de Setembro". Sua primeira sessão para a imprensa no Festival de Veneza, onde concorre ao Leão de Ouro, nesta noite de sábado (5), teve fila começando mais de meia hora antes de seu início, empurra-empurra e dezenas de jornalistas voltando para trás, assim que a lotação da Sala Perla (450 lugares) se esgotou.


Michael Moore em cena de "Capitalism - A Love Story" (2009)

Ao final, o filme foi bastante aplaudido. Em todo caso, o filme é polêmico e tem a marca marqueteira de Moore, embora não lhe falte contundência. Ao seu final, o diretor simplesmente faz uma profissão de fé contra o capitalismo -que, segundo ele, "não pode ser regulado, tem de ser simplesmente eliminado e substituído por um sistema mais justo." O foco do filme é a grande crise econômica que abalou os mercados mundiais ao final de 2008, provocando a quebra de instituições financeiras e a falência não só de empresas, como de pessoas físicas -milhares delas perderam suas casas, nos EUA, por não poderem pagar suas hipotecas, que haviam sido refinanciadas para adquirir novas casas. Como de hábito nos filmes de Moore, a pesquisa é consistente e registra casos impressionantes, que visam retratar a ganância dos bancos e o resultado trágico, segundo ele, de uma desregulamentação do sistema financeiro. Além de acompanhar o despejo de alguns inadimplentes com as hipotecas, Moore denuncia verdadeiros crimes, como empresas que fazem apólices de seguro em favor de seus empregados e beneficiam-se delas, no caso de sua morte, em prejuízo das famílias dos mortos. O filme não se furta a indicar mesmo os nomes de diversas grandes empresas norte-americanas que usaram ou ainda usam este expediente.

Uma das sequências mais provocadoras de "Capitalism: A Love Story" está em seu final -quando o próprio cineasta percorre diversos bancos em Nova York com um saco de pano na mao, com a intenção declarada de "recuperar" dinheiro subtraído aos contribuintes. Impedido de fazer esta "coleta", Moore arranja então um rolo da fita normalmente usada pela policia norte-americana para isolar cenários de crimes, passando-a pela porta dessas instituições. Ao final, o cineasta propõe que cada uma das pessoas que assistir ao filme também se rebele, seguindo os exemplos de trabalhadores que ocuparam indústrias desativadas ou alguns moradores que reocuparam suas casas, desobedecendo às ordens de despejo. Moore diz claramente que os EUA hoje "não são" o país que o falecido presidente Franklin Roosevelt propunha, mas que ele não irá deixá-lo. Moore repropõe, ao que parece, a boa e velha desobediência civil. Com tantos assuntos bombásticos, a coletiva do filme de Moore, marcada para a tarde de domingo, promete.

*Neusa Barbosa escreve para o site Cineweb

Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30