xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 14/08/2009 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Em breve, estaremos de volta com as novas transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, alguns programas ao vivo ). O modelo será mais ou menos como no vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos em que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

14 agosto 2009

Manifestações "Fora Sarney" neste sábado....


Crise no Senado
Movimento "Fora Sarney" realiza manifestações pelo Brasil
Em uma semelhança assumida com a geração dos "caras-pintadas", de 1992, o movimento "Fora Sarney" prepara diversos atos de protesto pelo país para este sábado, exigindo o afastamento do presidente do Senado José Sarney (PMDB-AP). Em seu site http://www.forasarney.com/, a convocação é para que a população das cidades onde serão feitas as manifestações compareça vestindo roupas pretas e leve faixas, cartazes e bandeiras do Brasil.
Às 14h, as ações ocorrem simultaneamente em São Paulo (Masp), Porto Alegre(Arco da Redenção), Rio de Janeiro (Orla de Copacabana), Florianópolis (Trapiche da Beira Mar Norte), Natal (Praça Vermelha), Belo Horizonte (Praça Sete), Salvador (Av. Garibaldi), Brasília (Congresso Nacional), Goiânia (Praça Universitária), Maringá (Av. Colombo), Londrina (Calçadão), Curitiba (Centro Cívico), Vitória (Shopping Vitoria) e Recife (Av. Conde da Boa Vista). Apenas na capital maranhense, São Luís, o protesto será antecipado para as 9h, na praça João Lisboa, por causa da concentração de pessoas no centro da cidade aos sábados.
Em julho, o movimento realizou uma "passeata virtual" pedindo a saída de Sarney. Os responsáveis pelo movimento chegaram a enviar banners por e-mail, SMS, além de mensagens no Twitter, em blogs e em sites.
Mais informações, acesse o blog abaixo:

De Boas Intenções Nossa Cabeça Está Cheia - Por: Henrique Alves

Ode à Autoconfiança...

Basta estar vivo para viver e sentir a delícia de ser e estar vivo. Afinal, o que é viver senão estar atento às oportunidades mil que a Vida costuma nos oferecer diariamente? Penso, logo acredito que nada acontece por acaso. Nem mesmo as grandes crises financeiras que afetam as bolsas e os bolsos das nações. Muitos querem entender a razão das dificuldades pessoais que a Humanidade enfrenta desde os tempos mais remotos. Se as coisas saem erradas ou não, a vida sempre tem algo a nos dizer, a nos ensinar. Quem nunca enfrentou ou enfrenta algum tipo de problema?

Somos suficientemente sábios para sabermos que não sabemos tudo. E o pouco que sabemos nos diz que tudo faz parte de uma constante e eficiente “aula de vida”. Dessa forma, diante das adversidades, não adianta xingar, pronunciar todos os palavrões existentes no mundo e nem jogar aos quatro ventos nossas velhas lástimas e quinquilharias verbais. O medo paralisa as pessoas. Enquanto que a preocupação em demasia é uma grande perda de tempo. Além disso, o estresse pode causar o aumento de rugas e cabelos brancos. Há quem esteja ficando careca desnecessariamente. E perder energia, meus caros, certamente não é o nosso objetivo. Ninguém é melhor ou pior que seu vizinho. Os reveses da vida são bem democráticos: chegam para todos, indistintamente. Diante das dificuldades que se apresentam, temos duas claras escolhas: encarar tudo com pessimismo e negatividade ou enxergar a possibilidade de aprendizado e crescimento.

Uma das principais características de uma pessoa campeã é não se deixar intimidar pelos desafios. Ser feliz ou não, acredite, só depende de nós e de nossas escolhas.

A autoconfiança corre nas veias dos vencedores. Quem acredita nas suas próprias capacidades espanta o fantasma da dúvida e afugenta a derrota que ronda corações e mentes. Quando usamos nossos talentos e desejos na intenção de servir a Humanidade, criamos algum tipo de prosperidade em nossa vida e na vida do outro. A sorte é, portanto, fruto de nossas ações e pensamentos. O sucesso começa dentro de nós.

Por: Henrique Alves

GRIPE SUÍNA - Tire as suas dúvidas...

O que é a gripe suína?

É uma doença respiratória aguda altamente contagiosa frequente em porcos. Esses animais podem ser infectados, ao mesmo tempo, por mais de um tipo de vírus, o que possibilita que os genes dos vírus se misturem. Por isso, a suspeita dos especialistas é de que a doença que está contaminando pessoas atualmente seja provocada por um vírus que contém genes de várias origens - chamado de recombinante. É um vírus que contém a mistura de genes que provocam a gripe suína, a aviária e a humana.

Quais os riscos para as pessoas?

A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera a situação uma "emergência de saúde pública de preocupação internacional". Conforme explicou no domingo o secretário-geral adjunto da OMS, Keiji Fukuda, isso significa que há risco de que a gripe suína se espalhe pelo mundo. Já foi estabelecido nível de alerta de grau quatro - numa escala que vai até seis. Nesse caso, avisou Fukuda, os países serão de tomar medidas muito drásticas, mas não deu detalhes.

Como ocorre a infecção em humanos?

As pessoas, quase sempre, são infectadas pelo contato com porcos. Mas em alguns casos não há histórico de contato nem com porcos nem com ambientes em que esses animais tenham estado - em fazendas ou feiras agropecuárias, por exemplo. Os registros de transmissão da doença entre humanos são limitados a contato muito próximo em grupos de convivência.

É seguro comer porco e produtos de carne suína?

Sim. Não há registro de transmissão da gripe suína por ingestão de alimentos adequadamente preparados. O vírus da gripe suína não resiste ao cozimento em temperatura superior a 70°C, como se recomenda para a preparação de carne de porco e outras carnes para alimentação humana.

E alimentos como presunto cru, patê suíno, salame, salsicha?
Também não existe nenhum tipo de risco em comer esses alimentos.

Há vacina para proteger pessoas?

Não. Esses vírus se modificam muito rapidamente. A vacina atual contra a influenza produzida a partir das recomendações da OMS não contém o vírus da gripe suína.

Como é feito o diagnóstico em seres humanos?

Da mesma forma que numa gripe comum, quando observados os sintomas (febre, dores pelo corpo, cansaço e tosse), recolhe-se material para análise, normalmente o muco expelido pelo nariz e boca.

Por que a gripe suína mata?

Esse vírus tem uma capacidade de atingir os pulmões e não só pode causar uma pneumonia (que leva à morte pela insuficiência respiratória) como predispõe o pulmão a se infectar com outras bactérias que normalmente não causariam essa pneumonia.

Estou em um avião e tem alguém com sintomas de gripe (e não sei qual é). Devo me preocupar?

Devo me preocupar se estiver em um voo internacional que saiu de um desses países onde existem casos confirmados e suspeitos. As pessoas que estão no Brasil, porém, não devem ter paranóia. Por enquanto, não há casos confirmados aqui.

A vacina usada na prevenção da gripe comum pode ajudar no combate da gripe suína?

Pode, ela pode conferir uma proteção parcial. A pessoa pode se proteger ou não, ou pode se proteger de um modo intermediário. A chance maior é que não proteja muito bem, porque o vírus da gripe suína é diferente do que está na vacina. Mas mal a vacina não irá fazer.

Como os médicos sabem diferenciar se é uma gripe comum ou a gripe suína?

Em uma pessoa com suspeita, primeiro, se faz o chamado teste rápido para detecção do vírus influenza. É um kit que existe e que permite indicar a presença do vírus influenza. Se esse teste rápido der positivo, o material colhido é enviado para um laboratório especializado e ali se identifica se o vírus influenza encontrado é ou não da gripe suína.

Uma pessoa que está com a gripe suína pode se curar?

Pode. A maioria dos casos está sendo curado espontaneamente. Por enquanto, ainda não se sabe o percentual de cura. Até agora, a gripe suína tem sido menos letal do que a gripe aviária, mas se espalha com mais rapidez, porque é transmitida de humano para humano.

Se é a pessoa é contaminada uma vez, faz tratamento e melhora. Ela pode ser contaminada novamente?
Provavelmente não, porque ela adquire uma proteção contra esse tipo de vírus da gripe, mas não contra outros tipos.

A pessoa fica com o vírus "para sempre", mesmo depois de melhorar?

Não. O vírus infecta a pessoa, causa sintomas - ou não - vai embora e depois deixa essa pessoa com uma proteção contra ele. O tratamento, para funcionar, tem de ser feito nas primeiras 48 horas. A medicação é específica.

Fontes:
Ministério da Saúde. http://www.saude.gov.br
Organização Mundial da Saúde: http://www.who.int/

Via Blog de Farias Brito

Mais um filho que se casa - Por: Joao Marni


David e Tassiana, vocês vêm tecendo juntos a memória dos dois ao longo desses anos, num tecido de linho branco, munidos de paixão, amor e amizade. Esperamos que a ponta do fio continue a escrever essa história bonita até que todos os nus vistam-se com dignidade. Perguntamos a Deus por que tamanha pressa em casar depois de doze anos de namoro?Precisam avaliar melhor os riscos de desentendimentos, a começar se não chegar em casa o homem à hora costumeira, ainda mais sem o pão, ou pela comidinha queimada que a mulher esqueceu no fogão após horas à frente do espelho! Que movimentem-se não de uma incerteza para outra, mas com a convicção de que existe um traçado superior para nossas vidas, e que determina nossos passos. No final, ficará apenas o trajeto das nossas almas em prol das pessoas e a saudade da juventude. O amor de vocês não está estreando, não é como a primeira página em branco de um livro, pois tem já várias gerações, e Deus apela àqueles que amam, que façam ninho e procriem.

Sentencia que nunca mais pensem separadamente e que seus filhos condicionarão suas vidas, sendo isto tão verdadeiro quanto as estações do tempo. Hoje consagram a união em público porque em particular já o fizeram perante Ele desde aquele dia, David, em que Tatá sorriu para você pela primeira vez, revelando covinhas em suas bochechas adolescentes. David, de olhos cândidos, de azul celeste, e Tassiana com os seus, esses olhinhos de jaboticaba: negros e doces. Que casal lindo, de sorrisos francos, largos e acolhedores, vocês que são incapazes de fazer mal a alguém ou a qualquer ser vivo não humano, não tenham medo mas saibam que a dor virá de algum modo, como um desafio, para que só os bravos e os sofridos possam abrir o Grande Portão como quem chega em casa! Na cerimônia das alianças, lembrem-se que o compromisso primeiro é com o próprio Deus, pois vocês são meros figurantes da festa. Festejem e festejem muito, pois Ele estará muito mais exultante e feliz do que todos nós e, enquanto jogam arroz os convidados, do ALTO cairão bênçãos e mais bênçãos. Tassiana, você é uma filha que não tivemos e que por isso mesmo não nos deu trabalho; não a vimos correndo pelos nossos corredores, mas a queremos como tal e qual. Pedimos-lhes que fiquem atentos para que não criem filhos arrogantes ou filhas submissas, mas que tenham a disciplina necessária da paciência e do amor de vocês, com a graça e o perdão perenes de Jesus, pois certamente assim não recorrerão eles à felicidade volátil e vã das drogas. Cici e Beta, obrigado por essas crianças lindas e boas em nossas vidas: Tassiana, Tales e Tiago. Saibam que Deus retribuirá a todos nós com netos barulhentos! David, Tassiana é sua companheira sonhada e encontrada. Cuida bem dela. Com nosso mais longo abraço, abençoamos-lhes!

Seus Pais e irmãos.

João Marni de Figueiredo
15/08/2009

Tucanos brigam com o Governo por causa do nome da CEASA do Cariri


“O nome dado à Central de Abastecimento (Ceasa) do Cariri pode ser causador de discórdia entre a bancada do PSDB na Assembleia Legislativa e o Governo do Estado. Mensagem encaminhada em julho pelo Governo do Estado dando o nome de um padre da região à sede da Ceasa teria deixado descontente o deputado Vasques Landim (PSDB), que já havia apresentado outro projeto de lei batizando o bem público. “A bancada fechou questão a favor do Vasques”, disse o líder tucano João Jaime.

O estremecimento ocorre quase um mês após a reunião entre o senador Tasso Jereissati (PSDB) e os deputados do PSDB. Na ocasião, foi dado um prazo de cinco meses para que o partido recebesse “melhor tratamento” do governador Cid Gomes (PSB). Caso contrário, os tucanos devem lançar candidato próprio ao Governo. Nada que não possa mudar na reunião que deve acontecer entre Tasso e o governador até o fim deste mês.

Ontem pela manhã, os deputados tucanos se reuniram para discutir o posicionamento do partido na votação do nome da Ceasa. João Jaime reconheceu o mal-estar por conta da mensagem do Governo e a possibilidade de se votar contra, se necessário. “Já conversei com o presidente (da Assembleia, Domingos Filho) e com o líder do Governo (Nelson Martins) para intermediarem uma conversa, para que a gente não precise ir à votação em plenário”.

Vasques questiona o fato de a matéria de sua autoria ter começado a tramitar em 12 de março, ter sido aprovada na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), mas “de lá para cá”, não ter ido a plenário.

Vasques vê a possibilidade de disputar voto a voto com a matéria do Governo, mas fez questão de dizer que está “se resguardando” para ver qual a resposta do governador na conversa com Domingos e Nelson. “Deve ter interesse do pessoal do PT lá. Eu entendo assim, não sei. Pode ser que o governador nem saiba, mas se ele assinou…”, avaliou.

Pelo projeto do tucano, a Ceasa receberia o nome de José Feijó Sá - pai do ex-prefeito de Barbalha, Rommel Feijó (PTB). Na eleição do ano passado, Feijó acabou perdendo para José Leite Gonçalves (PT) - candidato apoiado pelo secretário do Desenvolvimento Agrário (SDA) de Cid, o também petista Camilo Santana. “É o Governo entrando numa questão paroquial entre Vasques e Camilo Santana”, reforçou Jaime.

Segundo o líder tucano, a mensagem do Executivo, ainda não lida em plenário, propõe batizar a Ceasa do Cariri com o nome de Padre Mascarenhas.”

Fonte: Jornal "O Povo" - Blog Eliomar de Lima

Verdades sobre o Espartame. Engorda e é tóxico - Por: Rafael Siqueira Cruz

O adoçante é um produto muito comum no Brasil. Principalmente para aquelas pessoas que dizem estar em processo de emagrecimento e para os diabéticos. mas será que este produto faz bem para a saúde? Será mesmo que ele evita que a pessoa engorde? Quando a temperatura excede 30º C, o álcool contido no ASPARTAME (principal compomente dos adoçantes) se converte em formaldeído e daí para ácido fórmico (o ácido fórmico é o veneno das formigas), que provoca acidose metabólica. A toxicidade do metanol imita a esclerose múltipla e as pessoas recebem diagnóstico errado de esclerose múltipla. A Esclerose múltipla não se constitui em sentença de morte, mas a toxicidade do metanol sim. No caso do Lúpus sistêmico, estamos percebendo que é quase tão grave quanto a esclerose múltipla, especialmente em usuários de Coca Cola Diet e Pepsi Diet.

Nos casos de Lúpus sistêmico causado pelo ASPARTAME, a vítima geralmente não sabe que o Aspartame é a causa de sua doença e continua com seu uso, agravando o lúpus a um grau tão intenso que algumas vezes ameaça a vida. Quando interrompemos o uso do Aspartame, as pessoas que tinham lúpus ficam assintomáticas. Se você está usando ASPARTAME (Nutrasweet, Equal, e Spoonful, etc.) e sofre de sintomas como fibromialgia, espasmos, dores, formigamento nas pernas, câimbras, vertigem, tontura, dor de cabeça, zumbido no ouvido, dores articulares, depressão, ataques de ansiedade, fala atrapalhada, visão borrada ou perda de memória, você provavelmente tem a DOENÇA DO ASPARTAME! Há um tempo atrás houve Audiências no Congresso dos EUA incluindo o aspartame em 100 produtos diferentes. Nada foi feito. Os lobbies da droga e da indústria química têm bolsos muito profundos. Agora existem mais de 5000 produtos contaminados com este produto químico, e a patente expirou. Na época da primeira audiência, as pessoas estavam ficando cegas. O metanol no aspartame se converte em formaldeído na retina do olho. Formaldeído é do mesmo grupo das drogas como cianeto e arsênico - Venenos mortais! Infelizmente, leva muito tempo para matar, mas está matando as pessoas e causando todos os tipos de problemas neurológicos.

O Aspartame muda a química do cérebro. É a causa de diversos tipos de ataque. Esta droga muda os níveis de dopamina no cérebro. Imagine o que acontece com os pacientes que sofrem de Doença de Parkinson? Também causa malformações fetais. Não existe nenhuma razão para se utilizar este produto. Atenção: O Aspartame NÃO É UM PRODUTO DIETÉTICO! Os anais do congresso dizem: Ele faz você desejar carboidratos e faz engordar. Dr. Roberts viu que quando ele interrompeu o uso do Aspartame a perda de peso foi de 9,5 kg por pessoa. O formaldeído se armazena nas células adiposas, principalmente nos quadris e coxas.

O Aspartame é especialmente mortal para os diabéticos. O Dr. H.J. Roberts, especialista diabético e perito mundial em envenenamento pelo Aspartame , escreveu um livro entitulado: DEFESA CONTRA A DOENÇA DE ALZHEIMER (http://www.sunsentpress.com/defenseAgainstAlzheimers.HTML)

Dr. Roberts conta como o envenenamento pelo Aspartame está relacionado à doença de Alzheimer. E realmente está. Mulheres de 30 anos estão sendo internadas com Alzheimer. NÃO USE MAIS ADOÇANTES! Se quiser viver por mais tempo e com mais qualidade de vida, consuma seus sucos, café e outras bebidas naturalmente, ou seja, sem açucar e nem adoçante. Veja sugestões de adoçantes naturais que podem substituir a sacarose e os educorantes sintéticos. Malte ou Mel de Arroz – este xarope equilibrado, com um grande teor de maltose e carboidratos complexos, é absorvido lentamente na corrente sanguínea; tem uma doçura sutil e um sabor rico;

Malte de Cevada – semelhante ao malte de arroz, mas o arroz é substituído por cevada. Os amidos da cevada germinada são transformados em um adoçante complexo que é digerido gradualmente;

Fruta – Purês, manteigas ou pastas de frutas secas ou cozidas são excelentes adoçantes, uma vez que contêm menos água, o que concentra o sabor e conteúdo natural do açúcar;

Amasake – adoçante tradicional no Oriente, produzido a partir de diferentes cereais, geralmente arroz integral; tem uma consistência espessa e a textura de um pudim;

Frutose – este açúcar simples refinado tem a mesma estrutura molecular do açúcar da fruta; é cerca de duas vezes mais doce do que o açúcar branco, no entanto liberta glicose na corrente sanguínea mais lentamente. A frutose pode subir os níveis de triglicérides, particularmente em pessoas com um estilo de vida mais sedentário;

Sumo de fruta concentrado – Têm um efeito semelhante ao açúcar branco. Se comprar concentrados de fruta, escolha aqueles que são evaporados em vácuo (se não vier mencionado no rótulo, prefira outros), e que mantêm o sabor e aroma. Cuidado com os concentrados de sumo de uva que não sejam biológicos (de agricultura orgânica): o resíduo de pesticidas pode ser muito elevado;

Mel – o mel consiste essencialmente em glucose e frutose e é duas vezes mais doce do que o açúcar, sendo muito rapidamente absorvido na corrente sanguínea;

Melaço – obtido a partir do açúcar, é um açúcar simples altamente processado que entra rapidamente na corrente sanguínea. O melaço pode também conter resíduos químicos associados à cultura e processamento do açúcar branco. Se alguma vez utilizar melaço, utilize apenas aquele que é biológico (produzido sem produtos químicos).

Sobre o Autor
Rafael é carioca, vive na cidade de Maricá, no Rio de Janeiro é técnico em informática e programador Web. Atualmente está cursando a Faculdade de Cinema da Universidade Federal Fluminense, em Niterói, Rio de Janeiro. Em 2000, fundou um dos primeiros clubes virtuais de xadrez do Brasil, o AJAX. Em 2005 criou o primeiro portal de notícias da Ilha Grande, o Diário da Ilha. Em 2006 e 2007, respectivamente, fundou os blogs Cucamonga. e Tecnologia e Cinema. Rafael escreve para o jornal O ECO, da Ilha Grande sobre turismo e meio ambiente.

Fonte: Rafael Siqueira Cruz - Via website "Melhores Artigos"

Os grupos de inovação e o maniqueísmo político - PT x PSDB - Por: Luis Nassif



Uma coisa cansativa é a divisão de todos os temas entre PT e PSDB. É o caso de alguns comentários no post sobre inovação, a respeito da participação do Carlos Américo Pacheco no governo FHC. Bastou isso para alguns comentaristas mais apressados concluírem que o evento da próxima quarta visará recolher fundos para o Serra, se tem um nome do governo FHC no meio o modelo é neoliberal. Há uma incompreensão ampla sobre o atual estágio do país. O país não é PT e PSDB. Ambos são parcelas ínfimas da grande teia econômica e social que está transformando o país.

Desde os anos 90, consolidaram-se no Brasil grupos de excelência em várias áreas, que são muito mais ligados aos temas que defendem do que aos partidos políticos. São esses grupos que garantem a continuidade de diversas políticas públicas, que tentam se equilibrar entre governos tucanos e petistas. São eles o verdadeiro esteio do desenvolvimento do país, porque garantem a continuidade das boas práticas, colocando o viés técnico acima das conveniências políticas - que são inerentes aos partidos políticos. Tome-se o caso da saúde, desde a criação do Sistema Único de Saúde, na Constituição de 1988. Vários Ministros serviram a vários governos. Mas eram (e são) acima de tudo soldados da saúde. Henrique Santillo, Alceni Guerra, José Gomes Temporão, Jamil Haddad. O mesmo ocorre com políticas sociais. Há um grupo de primeiríssima responsável pelas melhores ações nos governos FHC e Lula e que também faz o meio campo com ONGs e Institutos privados. Ou se considera que a brilhante equipe do Bolsa Família nasceu em proveta de laboratório? Na área de Educação, há um movimento suprapartidário, assim como na área de saneamento.

No campo da Qualidade, apesar do baixo interesse dos diversos governos com o tema, esse grupo logrou convencer o governo FHC a instituir o Prêmio dse Qualidade para o Setor Público, que foi mantido no governo Lula. Eu mesmo integrei o Conselho do Prêmio de Qualidade no governo FHC (depois de ter recusado o convite do Bresser para ser membro do Conselho da Reforma do Estado). O grupo da qualidade está infiltrado em todos os governos, independentemente do partido político e está ajudando a mudar o país. A inovação é uma bandeira supra-partidária, que, na sua elaboração, contou com a participação de cérebros de todas as partes, do Pacheco e do Britto Cruz, aqui em São Paulo, aos cientistas da UFRJ e da UFMG, do Sérgio Rezende, no Pernambuco de Arraes, ao Cunha Lima, na Paraíba, dos institutos militares, das universidades federais e das estaduais paulistas, de grandes multinacionais abrasileiradas, como a Rhodia e a Siemens, às multi brasileiras, como a Natura e a Odebrecht. Esses movimentos são muito mais orgânicos e modernizadores do que os partidos políticos - cuja lógica maior é o da conquista e preservação do poder.

Só para comprovar o primarismo dessas avaliações, o encontro de quarta-feira em São Paulo faz parte de articulações do setor de inovação com o apoio do BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social), da ABDI (Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial) e do Ministério de Ciências e Tecnologia. Por isso, pessoal, vamos fazer daqui sempre um contraponto ao discurso único da mídia. Mas, peloamordeDeus, não vamos embarcar nesse primarismo maniqueísta da mídia.

Por: Luis Nassif

Visões sobre Tom Cego - Por: Henrique Alves


É preciso exaltar os homens com habilidades superiores. Thomas Greene Bethune, mais conhecido como Tom Cego, foi um grande espírito que um dia passou por essa grande escola chamada Terra. Tom veio ao mundo com a Síndrome de Savant (uma grave deficiência mental). Além disso, era cego, negro e escravo. Seus pais, escravos, foram comprados em um leilão, na Geórgia, Estados Unidos da América. Tom era apenas um bebê e como não tinha serventia nenhuma como escravo cego, foi dado ao senhor James Bethune. Desde cedo, Tom demonstrava extraordinário talento para imitar sons. Não somente o cantar dos pássaros, mas qualquer tipo de som! Os membros da família Bethune possuíam vocação para a música e todos os sete filhos da casa tinham aulas de piano. Nesses dias de aulas particulares, Tom ficava quietinho num canto da sala, a tudo ouvindo, pois nada podia ver. Um certo dia deixaram-no encostar seus dedinhos nas teclas do piano. E aquele menino cego, aparentemente inútil no Universo, sentou-se ao piano, e tocou todas as notas, do mesmo jeito como tinha ouvido durante as aulas dos filhos dos patrões. Todos ficaram estupefatos, pois o menino cego tinha apenas quatro anos de idade! A família Bethune não perdeu a oportunidade de explorar o talento da criança. Contrataram os melhores professores de música, mas estes alegavam que nada tinham para ensinar àquele menino prodígio. Aos seis anos Tom já era autor de suas primeiras composições. E também uma fabulosa mina de ouro da família Bethune.

Aos oito anos foi apresentado ao público com o nome de "Blind Tom" (Tom Cego), pianista, e como tal iniciou uma série de apresentações em centenas de cidades, chegando a fazer até quatro shows por dia. Aonde quer se apresentasse, causava grande surpresa e impacto nas platéias tal era seu magnetismo. Às vezes tocava três músicas ao mesmo tempo! Tom parecia não se incomodar com a desumana maratona de espetáculos. Impressionados com o extraordinário Tom Cego, diziam ser ele a reencarnação de outro precoce gênio da música, Mozart. E por que não? Todavia, outros enxergavam em Tom a revelação de novos conceitos científicos de um mundo musical paralelo, totalmente ignorado pelos demais mortais.

Tom faleceu em 13 de junho de 1908, aos 59 anos, mas até hoje sua biografia ainda causa o mesmo espanto e admiração do inicio de sua carreira. História de uma carreira. História de vida e sucesso.

Por: Henrique Alves

Nota do Editor: Como pianista, eu só poderia admirar esse artigo, e em vários livros, possuo referências a esse músico extraordinário que teria sido o "Tom Cego". A natureza dotou alguns de certos talentos simplesmente miraculosos.
O CARÁTER INCLUSIVO DA REFORMA AGRÁRIA



Democratizar o acesso à propriedade da terra para grandes contingentes da população camponesa empobrecida e marginalizada, propiciar os meios técnicos e financeiros para o incremento da produção agrícola e pecuária e impulsionar o desenvolvimento social das populações rurais tem sido o papel da reforma agrária no mundo.

Progressivamente, a reforma agrária no Brasil vai se consolidando como uma importante estratégia para o desenvolvimento do país. Assim foi concebido em 2004 o II Plano Nacional de Reforma Agrária (II PNRA) e a despeito das adversidades à sua plena execução – índices de produtividade defasados, limite mínimo de 15 módulos fiscais para desapropriação - a inclusão de milhões de brasileiros e brasileiras a um novo patamar de integração à sociedade nacional está sendo possível por meio da criação de milhares de assentamentos da reforma agrária em todas as regiões do Brasil.

A Reforma Agrária no Brasil beneficia 4 milhões de pessoas assentadas em aproximadamente 60 milhões de hectares e, no Estado do Ceará, as áreas de assentamentos federais abrigam 20.301 famílias em 846.954 hectares de terra. Somente em 2008, a Superintendência Regional do INCRA no Ceará incorporou 40.000 hectares ao programa de Reforma Agrária do Governo Federal e assentou 1.262 novas famílias.

Além do acesso a terra, as famílias assentadas da Reforma Agrária são apoiadas com crédito, assessoria técnica, infra-estrutura e outras políticas que visam o desenvolvimento dos assentamentos. Em 2008, a Superintendência do INCRA do Ceará repassou R$ 1,5 milhão nas modalidades de crédito apoio inicial e fomento à produção, beneficiando 644 famílias. Na área de habitação, o montante de crédito foi de R$ 15 milhões referentes à construção, recuperação, ampliação e melhoria de moradia de 7.709 famílias assentadas.

Recurso da ordem de R$ 1,8 milhão foi destinado em 2008 para contratação de assessoria técnica. Objetivando assegurar por um período mais longo esse serviço, um convênio plurianual (2009 a 2011) foi celebrado com investimento de R$ 43 milhões de reais. Para construção de equipamentos de captação de água e infra-estrutura viária o volume de investimento somou R$ 9,2 milhões. Outra ação é a de licenciamento ambiental, iniciado no ano passado. O INCRA Ceará já obteve 37 Licenças Prévias e 78 Licenças de Instalação e Operação e trabalha com a meta de obter as licenças de todos os assentamentos até 2011.

A Regularização Fundiária, em parceria com o Governo do Estado do Ceará desde 2005, promoveu a titulação de 21.358 posseiros e investiu R$ 8,5 milhões de reais. No final de 2008 novo convênio foi firmado no valor de R$ 40 milhões de reais para regularização fundiária em 84 municípios localizados nos Territórios da Cidadania. O Programa Brasil Quilombola, que tem a finalidade de regularizar e titular terras em nome dos descendentes de quilombos, também restabelece cidadania e promove inclusão.

Outras iniciativas do INCRA em parceria com instituições públicas e movimentos sociais como o Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária – PRONERA, o Projeto Arte e Cultura na Reforma Agrária e o Programa de Documentação da Mulher Trabalhadora Rural, contribuem de forma significativa para os resultados alcançados pela reforma agrária no Estado do Ceará.

Raimundo Amadeu de Freitas – Superintendente Regional do INCRA no Ceará.

15 de Agosto - Darkplanet

darkplanet


Escolha de Amigos - Por A. Morais


Lula que prefere Sarney não fará apelo para que a senadora Marina Silva fique no PT e avalia que ela não tem um discurso amplo, mas um "samba de uma nota só.
Postado Por A.Morais

Programa Cariri Encantado de hoje será com Dihelson Mendonça, o Mago dos Teclados - Por: Carlos Rafael

14 horas - Rádio Educadora do Cariri


Logo mais, às 14 horas, o programa Cariri Encantado fará o lançamento radiofônico do CD “A Busca da Perfeição”, de autoria do músico e compositor cratense Dihelson Mendonça, que será entrevistado e falará sobre o processo de produção do disco, bem como de outras atividades que exerce nos campos da comunicação e da arte.

Segundo Dihelson, “O CD A Busca da Perfeição é um CD de idéias, não um CD de músicas convencionais para se escutar no rádio e dançar bolero. Pelo menos não foi essa a intenção do autor. Este é um trabalho, sobretudo, para fazer pensar e questionar. Um trabalho conceitual, em que por sua temática, não busca proselitismo, mas sim a disparidade de conceitos...”

O Programa Cariri Encantado acontece com o apoio do Centro Cultural BNB Cariri e é veiculado todas as sextas-feiras, das 14 às 15 horas, na Rádio Educadora do Cariri, 1020. É apresentado por Luiz Carlos Salatiel e Carlos Rafael Dias.

Por: Carlos Rafael Dias

Morre LES PAUL, o Grande Inventor da Guitarra Elétrica

NE - Eu tive a chance de conhecer pessoalmente o Les Paul em Nova York, quando tocava numa casa noturna todas as Segundas-feiras. Um ser humano notável, sempre com um sorriso no rosto, atendia a todos com igual alegria e cordialidade. E como músico de Jazz, possuía um trabalho que não podemos dizer que era virtuosístico, mas era muito agradável de se ouvir. O velho Les Paul dava muita conta do recado...

Les Paul, o guitarrista e inventor que mudou a história da música com a guitarra elétrica e a gravação multicanais e chegou a ter alguns hits nas paradas (muitos ao lado da esposa Mary Ford), morreu nesta quarta-feira (12). Ele tinha 94 anos. Lester William Polsfuss, nome completo do aclamado músico e inventor nascido em Waukesha, no norte dos Estados Unidos, em 1915, morreu em um hospital da cidade de White Plains, no estado americano de Nova York, após "complicações de uma grave pneumonia", informou a Gibson Guitars em um comunicado de imprensa.Ele estava acompanhado da família e de amigos. "Ele vinha recebendo o melhor tratamento disponível durante sua última batalha, quando mostrou força, tenacidade e coragem incríveis", acrescenta a nota sobre a morte do artista, que, ao longo de sua vida, sobreviveu a um grave acidente de trânsito e a uma delicada cirurgia no coração. Ele havia sido hospitalizado em fevereiro de 2006, quando descobriu que ganharia dois Grammys por um disco que havia lançado depois de seu aniversário de 90 anos, “Les Paul & friends: American made, World played”.

“Eu me sinto como um prédio condenado com uma bandeira novinha em folha instalada em cima”, brincou na época.

Les Paul em 2004, antes de um ensaio com sua banda. (Foto: AP )

Como inventor, Paul ajudou a no nascimento do rock ‘n’ roll ao criar a primeira guitarra elétrica de corpo sólido, e também foi responsável por uma das invenções mais revolucionárias nos métodos de gravação: o gravador multicanal. Com ele, os músicos puderam gravar instrumentos diferentes na mesma música, até mesmo cantando em harmonia consigo mesmos – além de poderem mexer no equilíbrio entre as faixas dos canais para finalizar suas gravações. "O mundo perdeu hoje um ser humano excepcional e verdadeiramente inovador. Ninguém no mundo conseguiu igualar suas técnicas", disse no comunicado o executivo-chefe da Gibson, Henry Juszkiewicz. Com Ford, sua esposa entre 1949 e 1962, ele conseguiu 36 discos de ouro e 11 hits no primeiro lugar das paradas, incluindo “Vaya con Dios”, “How high the moon”, “Nola” e “Lover”. Muitas das músicas da dupla usavam técnicas de gravação que Paul, o inventor, ajudou a desenvolver. Durante seu aniversário de 72 anos, Les Paul autografa o peito do guitarrista Jimmy Page, do Led Zeppelin. (Foto: AP) “Eu podia pegar Mary e fazer ela ter três, seis, nove, 12, quantas vozes quisesse”, já explicou Paul. “Ter a dinâmica, ter a possibilidade de se expressar para além dos limites de um instrumento não amplificado, era incrível. Hoje ninguém pensaria em cantar uma música em um palco sem um microfone e um sistema de som”.

'The Log'

Músico e criador desde a infância, ele experimentou com a amplificação de guitarras por anos antes de chegar ao que chamou em 1941 de “The log” (“A tora”), uma placa de madeira com cordas de vilão de aço.

“Eu fui até uma casa noturna e a toquei. É claro que todo mundo me chamou de doido”. Mais tarde ele colocou asas de madeira no corpo do instrumento para dar a impressão do formato de um violão mais tradicional. "Queria demonstrar que conseguir uma tampa sólida, sem vibrações, era o caminho a seguir", explicou à época o próprio artista sobre a criação da "The Log", precursora da sua invenção mais venerada, instrumento com o qual conseguiu "amplificar a pureza das cordas sem a interferência da ressonância da madeira no som".

Desde 1952

Em 1952 a Gibson Guitar começou a produção da guitarra Les Paul. Pete Townsend do The Who, o virtuoso jazzista Al DiMoela e Jimmy Page do Led Zeppelin estão entre os que escolherem a Gibson Les Paul como sua guitarra preferida. Ao longo dos anos a série Les Paul se tornou uma das guitarras mais usadas na indústria musical. Em 2005, a casa de leilões Christie’s vendeu uma Gibson Les Paul de 1955 por US$ 45.600 (mais de R$ 85 mil).

Fonte: G1

Cientista espera que o mundo viva sem influência da religião


NE - Esta notícia já tem um certo tempo, mas é vale a pena conferir...

Paraty (RJ) - Evolucionista em evidência, o biólogo inglês Richard Dawkins levou ao palco principal da VII Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), em sua conferência que aconteceu dia 2 de Julho, uma apaixonada defesa da ciência e da razão em detrimento da religião. O convite a Dawkins é um dos destaques da Flip no ano em que se comemoram os 150 anos de A origem das espécies, livro de Charles Darwin. Autor do polêmico livro Deus, um delírio, em que nega qualquer preceito para explicar a origem da vida, Dawkins reiterou que o mundo sem religião é, sim, parte da evolução da humanidade. “Eu realmente espero que o mundo viva sem religião”, disse, em entrevista coletiva. O biólogo reconheceu, contudo, que fé e ciência podem conviver e citou o físico Albert Einstein, que, não raro, fazia referências a Deus. “Mas Einstein não acreditava em nenhum tipo de Deus personalizado. Por Deus, Einstein entendia como o profundo mistério que ainda não compreendemos”, ressaltou.

Lísia Gusmão
Enviada especial da EBC
Agência Brasil

Governo tem dinheiro para construir mais de 1 milhão de moradias, diz Lula

Goiânia - O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, afirmou ontem, (13) que o governo tem dinheiro para construir mais de 1 milhão de moradias no país. “Temos dinheiro, as prefeituras já estão fazendo o cadastramento, se o cadastramento passar de um milhão de casas, vamos fazer mais de um milhão de casas nesse país”, disse se referindo ao programa habitacional Minha Casa, Minha Vida no lançamento do programa Moradia Digna, do governo do estado de Goiás. Muito elogiado nos discursos feitos pelo prefeito de Goiânia, Íris Rezende (PMDB), e do governador de Goiás, Alcides Rodrigues (PSDB), Lula criticou o ex-governador do estado, Marcone Perrilo (PSDB), que, segundo ele, quis levar o mérito pela obra de duplicação da BR-060, que liga Goiânia a Brasília.

“Essa obra não foi reivindicada por ele [Marcone Perillo], por que se ele gostasse tanto dessa obra, ele, que foi governador por oito anos, a poderia ter feito”, disse. Perillo atualmente é senador do PSDB e teve como vice-governador, Alcides Rodrigues, a quem apoiou nas últimas eleições. Em seu discurso, o presidente da República que o governante que não usa o coração para as necessidades do povo, não serve para governar. “Se uma criança com fome não toca a alma de um governante, se o desemprego não toca a alma de um governante, se a violência sexual contra as meninas desse país não toca a alma de um governante, ele não serve para ser governante desse país, nem de lugar nenhum”, afirmou. Ao lembrar as eleições passadas, Lula disse que, naquela época, ouviu de muitas pessoas que deveria tomar cuidado com os formadores de opinião pública, pois eles iriam trabalhar contra o seu governo. Mas, de acordo com o presidente, a época dos formadores de opinião pública deixou de existir. “A era dos formadores de opinião pública acabou, quem forma opinião púbica hoje é o povo brasileiro, que não se permite mais enganar”, disse.

Fonte: Agência Brasil

BlogHumor: Seu trabalho é ruim ? - Veja esses, antes de reclamar !

Recebi por e-mail estas fotos interessantes que mostram certos tipos de trabalho difíceis, que muitos de nós rejeitaria. Por isso, pense duas vezes, antes de reclamar do seu trabalho... rs rs










Matéria enviada por: Roberta Frota

Existe uma Estética Homossexual? - Por : José Castello

A comparação entre uma série de obras literárias, às quais se soma o inédito “O Pombo-Torcaz”, de André Gide, põe em dúvida o argumento.

Assim como a homossexualidade não existe — o "homossexual" é só um personagem inventado pela psiquiatria do século 19 —, é no mínimo temerário falar de uma estética homossexual. Se existem apenas as relações homoeróticas, e não os personagens imaginários que o senso comum arrola no clichê do "terceiro sexo", preferir as relações com o mesmo sexo não define ninguém. Essa impossibilidade se reafirma na leitura de O Pombo-Torcaz, delicado conto que o francês André Gide escreveu no verão 1907 e que só reapareceu um século depois. No texto, publicado agora no Brasil, Gide conta a noite memorável que passou com um jovem chamado Ferdinand Pouzac, em Bagnols-de-Grenade, perto de Toulouse. O "pombo" do título é Ferdinand, apelidado assim por "arrulhar" quando fazia amor.

Com sua ética protestante e seus conflitos interiores, André Gide (1869-1951) se esforçou para produzir uma explicação "natural" para a homossexualidade, da qual nunca afastou seus ideais religiosos. Em um livro como Corydon (1924), ele apresenta a pederastia (no sentido grego, de amor entre um homem mais velho e um jovem) como um ramo da pedagogia e a homossexualidade como um fenômeno biológico. O esforço para tornar aceitável o amor homossexual levou-o a fundar uma ética naturalista e biológica, que percorre toda a sua escrita. Ética segundo a qual o amor (seja ele qual for) é, antes de tudo, uma manifestação da natureza. Ética que bane de cena o desejo e a subjetividade, e que está presente também no conto que agora se publica.

Menos dogmático que Gide, o furioso Oscar Wilde (1854-1900) lustrou sua vida sexual com o verniz do desafio, do vício e da decadência. Ao mostrar quão efêmera é a beleza, um relato como O Retrato de Dorian Gray reafirma um vínculo entre a homossexualidade e o "estilo" — seja ele nobre ou doentio. O amor homossexual não passaria, nesse caso, de uma afetação, como o esnobismo ou o pedantismo — que estão sempre presentes nos escritos do inglês. Em carta ao amigo Robert Ross, escrita dois anos antes de morrer, ele se arrepende dessa posição. Mas, em vez de avançar rumo à aceitação de si, recua. Escreve: "Eu teria alterado a minha vida se admitisse que o amor uranista era ignóbil". De fato, uma sombra negra percorre toda a obra de Wilde — sinal do vínculo entre a homossexualidade e o vício, que nunca conseguiu desfazer.

Efeitos e estéticas muito diferentes foram obtidos no século 20 pelos autores da literatura beat americana, sobretudo por William Burroughs (1914-1997), autor de Almoço Nu, livro inspirado na temporada de sexo livre que passou em Tânger, no Marrocos. Ao lado de poetas como Allen Ginsberg e Jack Kerouac, Burroughs trata a homossexualidade não como uma questão biológica, tampouco como uma afetação, mas sim como uma perigosa e excitante viagem interior. Politizada pela contracultura, essa viagem se tornou não só marginal, mas contestadora. Por isso, em suas mãos, a estética homossexual assume tons violentos, de grande força política, atitude que o leva para uma espécie de "pansexualismo".

Antes dele, um autor como Marcel Proust (1871-1922) via as práticas homossexuais como uma espécie de maldição. Algo que, de alguma forma, se ligava à asma que, desde cedo, o infernizou. Em uma reversão, Proust fez da homossexualidade uma versão mundana da elevação espiritual, que ele encenou com sua vida reclusa. Repetiu, de certa forma, a herança dos poetas franceses Arthur Rimbaud (1854-1891) e Paul Verlaine (1844-1896), para quem a paixão homossexual que os uniu (e os separou) foi, sempre, um trafegar à beira do abismo; posição que se reflete na poesia que escreveram.

UMA FORMA DE VIOLÊNCIA

No século 20, um autor como o brasileiro Lúcio Cardoso (1913-1968) tratou a homossexualidade como um doloroso atestado de incompreensão. "Médicos, professores do futuro; exponho-me nu aos vossos olhos de certeza", escreveu, sintetizando sua posição de rejeitado. Místico e autodestrutivo, Cardoso via a homossexualidade não como uma realidade biológica, tampouco como uma ética; nem como afetação, ou uma "viagem"; mas como uma forma de violência.

Visão que o aproxima de dois outros artistas do mesmo século, o escritor cubano Reinaldo Arenas (1943-1990) e o cineasta italiano Pier Paolo Pasolini (1922-1975). Para Arenas, a homossexualidade — vivida sempre às escuras, nos parques, nas vielas — se torna uma bandeira política contra Fidel Castro. Nas mãos de Pasolini, ela se transforma em uma afirmação de desejos arcaicos (e "populares") e de uma verdade que nem sempre é saborosa. Ao morrer assassinado brutalmente em uma praia de Ostia, com o rosto desfigurado e a postura de um santo, Pasolini, de alguma forma, fechou uma estética de revolta e da luta, na qual o homossexual aparece como uma espécie de arauto do futuro.

Hoje, nas telenovelas, a estética homossexual se afasta também da doença (o que é positivo), mas se aproxima do modismo — o que, de fato, corresponde à forte expansão da indústria gay. As narrativas homossexuais ganham no vídeo, assim, um ar um tanto chique — como uma nova grife. Muitas estéticas são construídas em torno das relações homoeróticas; todas tentam enquadrar e disciplinar a esfera do desejo, que, em vez disso, é sempre singular e ingovernável.

Supor que o amor homossexual é sempre o mesmo é tão ingênuo quanto imaginar que as relações heterossexuais, só porque se repetem entre parceiros de sexos opostos, se equivalem. Todos sabemos que, sob a estética oficial do vestido de noiva, do casal perfeito e dos filhos saudáveis, esconde-se uma infinidade de variações do amor. E que é nessas particularidades, nesses desvios do singular, que as relações amorosas são sempre vividas.

Por isso — e o livro de Gide é só mais uma prova dessa impossibilidade — se torna cada vez mais difícil pensar em uma estética homossexual. Os amores, homossexuais ou heterossexuais, não comportam modelos. É na singularidade e na invenção, e não na repetição de fórmulas eróticas e estéticas, que eles revelam sua potência.

fonte : Revista Bravo -http://bravonline.abril.com.br

Por: José Castello , jornalista e escritor, autor de A Literatura na Poltrona, entre outros.

Notícias da URCA - Universidade Regional do Cariri - Dia 14 de Agosto de 2009


Reuniões do Fórum da Meso-Araripe retomadas durante encontro na URCA

O Reitor da Universidade Regional do Cariri (URCA), Plácido Cidade Nuvens, abriu, na manhã de ontem, no Salão de Atos da Instituição, a reunião do Fórum da Mesorregião da Chapada do Araripe, que marca a retomada das atividades. O Fórum vem atuando com reuniões e engajamento em projetos, coordenadas por meio de uma gerência geral, dentro da Política Nacional de Desenvolvimento Regional, do Ministério da Integração Nacional (MIN). Para início dos trabalhos, estiveram reunidos representantes do Fórum na Meso-Araripe dos estados do Piauí, Ceará e Pernambuco. O encontro teve o objetivo definir quais os projetos que o MIN deve apoiar na mesorregião do Araripe, que abrange 103 municípios dos três estados. A verba para os projetos aprovados terá parte ainda aplicada esse ano e o restante em 2010. Cada estado priorizou neste primeiro momentos das discussões três propostas prioritárias para atuar. O novo gerente do Fórum da Mesorregião do Araripe, Raphael Paiva, destacou o trabalho de articulação que vem sendo desenvolvido pelo Fórum, mas que esse é o momento de dizer para o Ministério da Integração o tipo de projeto que se quer trabalhar com maior prioridade. O Fórum é formado por várias instâncias representativas da sociedade, com instituições governamentais e não governamentais, que vêm atuando principalmente em cima de ações voltadas para os arranjos produtivos nos estados em que atua. São 13 instâncias desse gênero em todo o País. Segundo o gerente, essas são regiões em que se reconhecem grandes desigualdades e que precisam de reparação em vários níveis. Também existem as nove sub-regiões prioritárias. Ele destacou a importância dos convênios e parcerias para o fortalecimento das ações discutidas pelo Fórum. Na ocasião, a Fundação Araripe fez a apresentação da proposta de reestruturação do Fórum e foram apresentadas a ações desenvolvidas pelos três estados. O secretário das Cidades do Ceará, Joaquim Cartaxo, apresentou a política de desenvolvimento regional e as ações do Governo na região do Cariri. O Fórum de Desenvolvimento da Mesorregião é formado por representantes de associações, instituições e técnicos que vivem na região e conhecem de perto os problemas e necessidades da Chapada do Araripe. Assim, as ações apoiadas pelo Ministério da Integração Nacional podem beneficiar pequenos produtores de mel, leite de cabra e derivados, além do setor mineral.

Dia do Economista marca a abertura comemorativa dos 50 anos do Curso no Cariri

Uma homenagem aos Economistas e a abertura de uma extensa programação comemorativa aos 50 anos do Curso de Economia da Universidade Regional do Cariri (URCA), foi aberta na noite de ontem, numa comemoração ao Dia do Economista, com várias homenagens e ex-professores e ex-alunos. Na ocasião, foi lançado o projeto “50 anos do Curso de Economia”, com a participação de acadêmicos e docentes. O Curso de Economia da URCA é considerado um dos mais antigos do Nordeste, criado 10 anos após de regulamentada a profissão de Economista. A abertura dos trabalhos foi feita pelo reitor da URCA, Professor Plácido Cidade Nuvens, e em seguida o professor José Micaelson Lacerda Morais, do Departamento de Economia, abordou a nova grade curricular para os estudantes. O coordenador do Curso de Economia, Professor Francisco do Ó de Lima Júnior, falou sobre “A Profissão do Economista e o Mercado de Trabalho”. Um dos homenageados da noite, o Professor Eli Meneses, passou pelo Curso com aluno, foi docente e diretor. Ele ministrou palestra sobre a “História da Criação do Curso, Encampação pela UECE e Incorporação pela URCA”. O Curso, segundo ele, nasceu agregado a Universidade Federal do Ceará (UFC), por necessitar ter uma instituição responsável por sua existência. Destacou o seu criador e idealizador, Professor Martins Filho. O evento foi encerrado com o lançamento do projeto dos 50 anos, pelo Professor Marcos Eliano Tavares Ribeiro. As homenagens foram concedidas aos ex-professores Francisco Eli Meneses, Alderico de Paula Damasceno, Dilza Rodrigues Maria Esmeraldo; ao ex-aluno Caio Alencar, e ao secretário de Educação de Juazeiro do Norte, Ricardo Lima. Em seguida, foi servido um coquetel comemorativo ao Dia do Economista.

Assessoria de Comunicação
Universidade Regional do Cariri - URCA
(88) 3102-1212 ramal 2617
www.urca.br - Elizangela Santos
Crato, 14 de agosto de 2009.

Tempo Esgotado - Aglézio de Brito.


No dia 11 de agosto, comemora-se o dia do advogado, porque no dia 11 de agosto de 1837, por decreto do Imperador Dom Pedro I, criaram-se os Cursos Jurídicos no Brasil. Antes, tudo dependia de Portugal. Para minha honra a OAB-Subseção do Crato agraciou-me com a Medalha do Mérito Jurídico que leva o nome do Dr. Raimundo de Oliveira Borges, este ícone da advocacia no Cariri. Comigo foram condecorados, também, os advogados e professores José Dantas Tavares e Paulo Santos Neto, exemplos de ética e profissionalismo em nossa região, os quais me outorgaram poderes para, em nome deles prestar o agradecimento público pelas homenagens, na sessão que se realizou no auditório da Rádio Educadora do Cariri, por sinal, completamente lotado, porque o evento dava início a XIII Semana de Direito da URCA, cujo tema central se intitula”Na Defesa e pela Efetivação dos Direitos Humanos Fundamentais”. Ali estavam presentes, compondo a mesa de honra, o Presidente do Conselho Estadual da OAB, Dr. Hélio das Chagas Leitão, o Presidente da OAB/Crato, Dr. Francisco Bacurau Bento, a Reitora da URCA em exercício, Professora Otonite Cortez, o coordenador do Curso de Direito da Urca, Professor e jurista Reno Feitosa, o representante do Prefeito Crato, Dr. Cícero Bezerra França, além de vários professores. Na platéia, estudantes de Direito, advogados, integrantes da imprensa escrita, falada e televisionada, além dos familiares dos homenageados.

Anunciada a minha palavra, sem que me tenham estipulado um tempo para pronunciá-la, discursei de improviso e, além dos agradecimentos necessários, feitos em meu nome, do Dr. Tavares e do Dr. Paulo Santos, por um dever de cidadão e, sobretudo, de advogado, advertia aos operadores do Direito no sentido de estarmos sempre atentos e em combate aos corruptos e corruptores que depredam o nosso País Brasil, estraçalham a Constituição Federal e fazem da República uma propriedade particular, notadamente a maioria dos representantes do povo que tomam assento no Congresso Nacional, nas Assembléias Legislativas e ali, usurpando o mandato eletivo, desrespeitam os direitos fundamentais, desvirtuam a Democracia e legislam e governam em causa própria, num sistema de governo plutocrático, onde todo o Poder emana dos ricos, pelos ricos e para os ricos, determinando uma concentração de rendas nas mãos de uma minoria, em detrimento da imensa massa popular brasileira, onde muitos fuçam os lixões para se alimentar, a despeito de a Constituição Brasileira (art. 6º) assegurar ao povo, como direitos sociais, a educação, a saúde, o trabalho, a moradia, o lazer, a segurança, a previdência social, a assistência aos desamparados.

Pois bem, no meio desse raciocínio, quando acreditava que estava prestando um serviço à Pátria e aos meus compatriotas, eis que um dos cerimonialistas, a desconhecer o dever da ética, da civilidade e do respeito aos homenageados, ou a mando de outros, cuja mensagem veiculada no discurso estivesse lhes ferindo interesses pessoais, me exibiu um cartão manuscrito em letras garrafais, com o seguinte comando:” TEMPO ESGOTADO”. Aquela atitude escrita me pareceu um autêntico ato de censura, típico do Ato Institucional nº 5 do golpe militar de 1964, cujo regime despótico deflagrado calou a boca dos brasileiros injustiçados e levou à sepultura centenas de patriotas, torturados pelos caudilhos daquela Ditadura. Por lado, me senti humilhado com aquela ordem anônima, travestida com a inscrição de “TEMPO ESGOTADO” e que sei, se para o seu autor inconfessado a minha fala não tinha o menor valor, essa não era a interpretação do seleto auditório, que me escutava, atentamente, por menos de 15 minutos. Por fim, a minha tristeza se quedou maior quando aquele bilhete anônimo me esgotou o tempo, me suprimiu, sumariamente, a oportunidade de finalizar o meu discurso saudando os meus filhos e à família dos outros homenageados, que vieram àquela magna solenidade para prestigiar, orgulhosamente, os seus pais, seus irmãos, e parentes. Foi uma cena triste, mas, lamentavelmente, é a verdade.

Por: Aglézio de Brito

Previsão do Tempo e Almanaque - 14 de Agosto de 2009

Bom dia para todos os leitores do Blog do Crato. Começando o dia no Blog um pouquinho atrasado...Hoje, dia 14 de Agosto de 2009, teremos um dia de muito sol, poucas núvens e nenhuma chuva. Ontem, em Crato, começamos a sentir já os primeiros indícios da enorme onda de calor que teremos nos meses seguintes. Até agora, foi o dia mais quente da temporada. Ao longo do dia, novidades, notícias e reportagens especiais. Obrigado por estarem conosco. ( Editor )


ALMANAQUE

No dia 14 de agosto, a Igreja Católica comemora o dia de São Maximiliano Maria Kolbe

Maximiliano Maria Kolbe nasceu no dia 8 de janeiro de 1894, na Polônia, e foi batizado com o nome de Raimundo. Sua família era pobre, de humildes operários, mas muito rica de religiosidade. Ingressou no Seminário franciscano da Ordem dos Frades Menores Conventuais aos treze anos de idade, logo demonstrando sua verdadeira vocação religiosa.

No colégio, foi um estudante brilhante e atuante. Na época, manifestou seu zelo e amor a Maria fundando o apostolado mariano "Milícia da Imaculada". Concluiu os estudos em Roma, onde foi ordenado sacerdote, em 1918, e tomou o nome de Maximiliano Maria. Retornando para sua pátria, lecionou no Seminário franciscano de Cracóvia.

O carisma do apostolado de padre Kolbe foi marcado pelo amor infinito a Maria e pela palavra: imprensa e falada. A partir de 1922, com poucos recursos financeiros, instalou uma tipografia católica, onde editou uma revista mariana, um diário semanal, uma revista mariana infantil e uma revista em latim para sacerdotes. Os números das tiragens dessas edições eram surpreendentes. Mas ele precisava de algo mais, por isso instalou uma emissora de rádio católica. Chegou a estender suas atividades apostólicas até o Japão. O seu objetivo era conquistar o mundo inteiro para Cristo por meio de Maria Imaculada.

Mas teve de voltar para a Polônia e cuidar da direção do seminário e da formação dos novos religiosos quando a Segunda Guerra Mundial estava começando. Em 1939, as tropas nazistas tomaram a Polônia. Padre Kolbe foi preso duas vezes. A última e definitiva foi em fevereiro de 1941, quando foi enviado para o campo de concentração de Auschwitz.

Em agosto de 1941, quando um prisioneiro fugiu do campo, como punição foram sorteados e condenados à morte outros dez prisioneiros. Um deles, Francisco Gajowniczek, começou a chorar e, em alta voz, declarou que tinha mulher e filhos. Padre Kolbe, o prisioneiro n. 16.670, solicitou ao comandante para ir em seu lugar e ele concordou.

Todos os dez, despidos, ficaram numa pequena, úmida e escura cela dos subterrâneos, para morrer de fome e sede. Depois de duas semanas, sobreviviam ainda três com padre Kolbe. Então, foram mortos com uma injeção venenosa, para desocupar o lugar. Era o dia 14 de agosto de 1941.

Foi beatificado em 1971 e canonizado pelo papa João Paulo II em 1982. O dia 14 de agosto foi incluído no calendário litúrgico da Igreja para celebrar são Maximiliano Maria Kolbe, a quem o papa chamou de "padroeiro do nosso difícil século XX". Na cerimônia de canonização estava presente o sobrevivente Francisco Gajowniczek, dando testemunho do heroísmo daquele que se ofereceu para morrer no seu lugar.

HOJE NA HISTÓRIA

Termina a Segunda Guerra Mundial - Rendição Japonesa

O Japão decide render-se aos Aliados. Esta decisão que acabou com a guerra mais difícil da história humana foi tomada depois de uma semana importante que viu duas bombas atómicas americanas cairem no Japão e uma declaração de guerra pelos soviéticos. À tarde, 1 000 oficiais do exército japonês atacaram o palácio imperial com a intenção de roubar uma mensagem gravada do Imperador Hirohito, que anunciava a rendição; os guardas imperiais impediram o golpe. No dia seguinte, o discurso de Hirohito que pedia aos seus súbditos que "suportassem o insuportável" foi transmitido na rádio nacional, e centenas de milhões de pessoas em todo o mundo celebraram o dia "VJ", da vitória sobre o Japão. [ na foto ao lado, a conquista de Iwo Jima, um passo importante nas subsequentes vitórias da Segunda grande guerra ].

Faltava pouco para a meia-noite de 9 de agosto de 1945 quando o Conselho Supremo do Japão iniciou uma nervosa reunião no Palácio Imperial. Era o segundo encontro no mesmo dia, para tratar da mais deliacada questão que envolvia o país na Segunda Guerra: decidir pela rendição. O encontro tinha como pano de fundo o temor de uma devastação sem precedentes na histário japonesa -- os Estados Unidos já haviam despejado duas bombas atômicas sobre o país, a primeira havia três dias, sobre Hiroshima, a segunda horas antes em Nagasaki, e os estrategistas previam que Tóquio seria o próximo alvo em pouco tempo. No dia anterior uma outra bomba havia explodido nas mãos da diplomacia nipônica, a declaração de guera da União Soviética. Ao redor da mesa ministros e chefes do Estado Maior da Guerra e da Marinha, além do velho almirante Kantaro Suzuki, primeiro-ministro, ouviram a palavra de um semideus, o Imperador Hirohito, filho da Deusa do Sol, que pela primeira vez sentava-se à mesa para tratar de assuntos até então delegados aos súditos.

Hirohito começou censurando os militares que lhe prometeram vitórias arrasadoras e só trouxeram derrotas desmoralizantes, que levaram o Japão ao colapso pelo esforço de guerra. Lembrou que o país estava sem armas, sem recursos naturais, com linhas de comunicação e abastecimento cortadas, a população desabrigada e esfomeada, milhões de mortos. Foi a introdução para defender a paz imediata. O documento de rendição, elaborado por um grupo de ministros indicados pelo Imperador, foi apresentado às 3 horas do dia 10 e aceitava os termos da Declaração de Potsdam, com uma única condição: as perrogativas do soberano Hirohito, como Imperador, não seriam afetadas. A resposta dos norte-americanos chegou no dia 12 e era categórica: "A partir da rendição a autoridade do Imperador ficará subordinada à do comandante-chefe das Forças Aliadas". Embora a decisão dos Estados Unidos tenha sido um golpe na soberania japonesa, foi a fórmula encontrada pelo secretário de Estado americano, James Byrnes, para evitar o julgamento de Hirohito como criminoso de guerra e ao mesmo tempo permitir a manutenção da monarquia no Japão. A decisão do Imperador, entretanto, provocou mal estar entre os militares, que insistiam em resistir pela força. Desde o momento em que anunciou a intenção de pedir a rendição, na madrugada do dia 10, até o dia 14, quando em uma nova reunião do Conselho Supremo voltou a defender a paz, dizendo compreender os sentimentos patrióticos dos militares, mas lembrando que tinha o dever de salvar a nação, Hirohito tentou contornar o início da crise. Não teve sucesso. À noite estourou uma rebelião. Grupos de oficiais dos ministérios da Guerra, Estado Maior e da Divisão da Guarda Imperial passaram a matar aqueles que defendiam a rendição, acreditando que eles haviam passado ao Imperador informações falsas sobre o cenário real da guerra, levando-o a tomar uma decisão distorcida. Um grupo de oficiais tentou impedir que as rádios japonesas transmitissem o pronunciamento de Hirohito à população, informando que havia aceitado a rendição incondicional. Só após a rápida e eficiente intervenção da Guarda de Tóquio a manifestação foi contida. Às 17 horas do dia 15 de agosto a população japonesa se reunia em volta de aparelhos de rádio, em todo o país, para ouvir uma voz desconhecida.

O filho da Deusa do Sol começou a falar. A linguagem era formal, mas todos entenderam o recado: o Imperador queria o fim da guerra, a aceitação da derrota, da humilhação e da ocupação. "Depois de termos ponderado profundamente (...), oredenamos ao nosso governo que comunicasse aos governos dos Estados Unidos, Grã-Bretanha, China e União Soviética que aceitamos os termos de sua declaração conjunta", disse o Imperador. "Sabemos muito bem quais são os sentimentos mais íntimos de todos vós, nossos súditos (...). Entretanto, é de conformidade com os ditames do tempo e da sorte que resolvemos preparar o caminho para a grande paz de todas as gerações vindouras, importando em inevitáveis sofrimentos e em padecer o insuportável". Hirohito encerrou o pronunciamento enfatizando a esperança: "Uni totalmente vossa força para devotar-vos à construção do futuro. Cultivai o caminho da retidão. Fomentai a nobreza do espírito e trabalhai com resolução para que possais encarecer a glória inata do nosso espírito imperial e preservar a paz com o progresso do mundo". O discurso provocou um clima de desespero. Líderes militares rebeldes praticaram o haraquiri, kamikazes jogavam seus aviões na baia de Tóquio, enquanto pilotos da base de Atsugi davam vôos rasantes sobre o Palácio Imperial, atirando panfletos que denunciavam os traidores e convocavam as pessoas à luta até o extremo. A reação levou Hirohito a enviar quatro integrantes da família real até as bases do exército no exterior, uma forma de garantir a obediência à capitulação. Na manhã do dia 2 de setembro o Japão estava pronto para a hora da verdade. A delegação chefiada pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, Mamoru Shigemitsu, chegou ao encouraçado Missouri, ancorado na baia de Tóquio, para a assinatura do termo de rendição. No tombadilho do navio uma mesa forrada por um pano verde guardava os documentos. Alguns japoneses choravam. Foi a senha para o general Douglas MacArthur, que liderava a comitiva de representantes de países vencedores, quebrar o protocolo e fazer um rápido discurso. Falou da paz restaurada, repudiou o espírito de "desconfiança, malícia ou ódio", colocou vencedores e vencidos em condição de igualdade e pediu um esforço comum para restabelecer a dignidade humana. A guerra terminou. MacArthur passou a chefiar, então, um governo militar imposto pelos vencedores, que se prolongou até 1951, com o propósito de reconstruir o país e devolvê-lo à vida democrática. Somente em 1951, com a assinatura do documento final da Conferência de São Francisco, nos Estados Unidos, que teve como signatários todos os aliados do bloco capitalista -- a URSS se recusou a participar da reuinião de cúpula --, a paz com o Japão foi definitivamente restaurada. Os Estados Unidos, então, já estavam preocupados com outras questões no cenário político internacional, como a vitória de Mao Tsé-Tung na China, a Guerra Fria e a Guerra da Coréia.

Fontes: Climatempo, 10emtudo, Edições Paulinas, Canal da História, http://www.geocities.com/Pentagon/Quarters/3415/rend2.html

Curiosidades do Crato: A imagem de São Quintino – Por: Armando Lopes Rafael


Dedicado a Maria da Glória Pinheiro Cavalcanti Ordonez,

que me proporcionou conhecer o livro de Jacopo de Varazze


Existe na capela de Santa Teresa de Jesus, em Crato, uma imagem de São Quintino. Santo pouco cultuado no Brasil fiquei curioso em conhecer a origem dessa imagem que se venera naquele templo. E fiquei sabendo que foi uma espécie de agradecimento – feito pelos fiéis cratenses – a Dom Quintino Rodrigues de Oliveira e Silva, 1º bispo de Crato, e construtor daquela capela. Depois, conversando com o diácono-permanente Policarpo Rodrigues – sobrinho-neto de Dom Quintino – este esclareceu que era costume na família Rodrigues dar nome aos filhos homenageando o santo comemorado na data de seus nascimentos. Dom Quintino nasceu num 31 de outubro, data que se comemora São Quintino. Mas, quem é este santo venerado em Crato? No livro de Jacopo de Varazze, “Legenda Áurea–vidas dos santos”, (com 1.040 páginas), consta à página 419: “Quintino, nobre cidadão romano, foi à cidade de Amiens onde fez muitos milagres e foi capturado por ordem do prefeito Maximiano, sendo espancado com varas até os carrascos estarem esgotados e depois jogado na prisão. Mas, libertado por um anjo, foi para o centro da cidade pregar ao povo. Novamente preso, foi esticado no potro (obs: instrumento romano de tortura, constituído por uma armação de madeira cuja forma lembra um pequeno cavalo, daí este nome) até suas veias se romperem, foi duramente espancado, jogaram nele azeite, pez e gorduras ferventes, e como continuou a zombar do prefeito, este, irritado, mandou jogar na sua boca vinagre, cal e mostarda.

Mas como permanecia inabalável, foi conduzido a Vermand, onde o prefeito mandou enfiar nele dois espetos que iam da cabeça às coxas, e dez pregos entre as unhas e a carne; depois mandou decapitá-lo. “Seu corpo foi jogado em um rio e ali ficou 55 anos, tendo sido depois encontrado por uma nobre dama romana. Esta, que se entregava assiduamente à oração, certa noite foi avisada por um anjo para ir ao castelo de Vermand e ali procurar em determinado lugar o corpo de São Quintino e sepultá-lo com honras. Ela se dirigiu com um grande séquito ao lugar indicado, onde, depois de ter feito sua prece, apareceu o corpo de São Quintino, flutuando incorrupto e exalando um suave odor. Ela o sepultou, e como grande recompensa recuperou a visão. Depois de construir naquele lugar uma igreja, voltou para casa”.

Texto e postagem: Armando Lopes Rafael

"En passant" - Por: José Nilton Mariano Saraiva


MEDIDAS ADICIONAIS CONTRA O MOSQUITO DA DENGUE

01) Quando ficar com água na boca...faça gargarejo! Não deixe a água da boca parada, pois este é o ambiente ideal para o mosquito que sempre se mete onde não é chamado; 02) Se você tiver piscina em casa, faça um revezamento com sua família de modo que fique sempre alguém dentro dela, fazendo bolhas e ondas artificiais. Piscina parada é o ambiente ideal para um mosquito de férias; 03) Não saia de casa com o cabelo molhado! Água parada no couro cabeludo é o ambiente ideal para o mosquito com “problemas psicológicos”, que pensa que é piolho; 04) Seja em jogos de futebol, ou tribunais, nunca molhe a mão do juiz, principalmente se por perto houver um mosquito parasita de plantão; 05) Se você pensa que cachaça é água, o mosquito da dengue também pensa. Portanto não deixe sua pinga parada em qualquer lugar. Bebida parada é o ambiente ideal para o “mosquito alcoólatra”; 06) Verifique se o radiador do seu carro não possui rupturas por onde o mosquito possa passar. Água de radiador parada é o ambiente ideal para mosquitos que gostam de uma boa sauna; 07) Nunca coloque gelo nos galos da sua testa. Primeiro porque gelo não cura chifre, segundo, porque o mosquito da dengue adora uma água geladinha; 08) Se você estiver no carro e começar a chover, ligue imediatamente o limpador de pára-brisa. Água parada no vidro do carro é o ambiente ideal para o mosquito que gosta de aventura; 09) Não acesse sites de sacanagem. A grande quantidade de baba que fica acumulada no teclado forma o ambiente ideal para o “mosquito internauta”.

A BELA E A FERA

Em uma planície, viviam um urubu e um pavão. Certo dia, o pavão refletiu: -Sou a ave mais bonita do mundo animal, tenho uma plumagem colorida e exuberante, porém nem voar eu posso, de modo a mostrar minha beleza. Feliz é o urubu que é livre para voar para onde o vento o levar.
O urubu, por sua vez, também refletia no alto de uma árvore: -Que infeliz ave sou eu, a mais feia de todo o reino animal e ainda tenho que voar e ser visto por todos; quem me dera ser belo e vistoso tal qual aquele pavão. Foi quando ambas as aves tiveram uma brilhante idéia: cruzar-se seria ótimo para ambos, gerando um descendente que voasse como o urubu e tivesse a graciosidade de um pavão. Então cruzaram...e daí nasceu o peru. Que é feio pra cacete e não voa !!!
Moral da história: Se tá ruim, nem vem com gambiarra que piora !!!

O “ROBOT” MODERNO

A mulher está na cama com um amigo e não mais que de repente ouve o barulho da chave na fechadura. Fica nervosa, principalmente, porque nos apartamentos modernos não há espaço debaixo da cama; estão a 20 andares de altura, não há armários; de repente, ela diz ao amante: -Querido, fica tranqüilo e faz tudo o que eu disser. Fica ali de pé, como se fosse um “robot”, sem pestanejar. O marido entra: - Olá, amorzinho! Olha, anteciparam o vôo e eu cheguei um dia antes, mas... quem é esse tipo e que merda está fazendo aqui nu, aí plantado? A mulher sorri e responde: - Como você tem me abandonado com essas viagens e reuniões, resolvi comprar este “robot escravo sexual modelo Rotasexy-2009”. Venha, aproxime-se, toque-o. Tem pele de verdade; é arrefecido a água; gasta pouco, processador de 256 bites, ligação GPRS à Internet, atualizações automáticas, etc, etc... - Mas, amor...havia necessidade disso? pondera o marido. - E o que você queria? Que eu transasse com algum vizinho ou com o porteiro do prédio? - Está bem, deixe de besteira e vamos para a cama - disse ele. A mulher, que já estava cansada, responde: - Ai, fofinho, é que... estou com dor de cabeça e além do mais, eu estou naqueles dias... -Que saco! Então, porque não vai arranjar qualquer coisa para eu comer? A mulher sai do quarto e vai para a cozinha. O marido, que ficou a sós com o suposto “robot”, olhando-o, diz: - Se este invento é bom para a minha mulher, também vai servir para mim. E então, puxa-o pelo braço, atira-o para cima da cama, coloca-o de quatro e, quando está a ponto de partir para os finalmente, o “robot” diz nervosamente e com a voz mais metálica e robótica que consegue: -Erro de Sistema...Entrada Incorreta !!! -Erro de Sistema...Entrada Incorreta !!! O marido olha-o de alto a baixo, sobe as calças e diz: -Que se lixe a merda do “robot” moderno. Vou atirá-lo agora mesmo pela janela. O amante, assustado, ao lembrar dos 20 andares do prédio, grita com a mesma voz metálica: -Sistema atualizado, Download de Software completo. Por favor, tente de novo !!! Tente de novo !!! Tente de novo !!! Entrada liberada !!! Entrada liberada!!! Entrada liberada !!!

SUS - OS 10 MANDAMENTOS DO PLANTONISTA

01 -Se você não sabe o que tem, dê Voltaren; 02 -Se você não sabe o que viu, dê Benzetacil; 03 -Apertou a barriga e fez 'ahn', dê Buscopan; 04 -Caiu e passou mal, dê Gardenal; 05 -Tá com uma dor bem grandona? Dê Diperona; 06 -Se você não sabe o que é bom, dê Decadron; 07 -Vomitou tudo que ingeriu? Dê Plasil; 08 -Se a pressão subiu, dê Captopril; 09 -Se a pressão subiu mais ainda, dê Furoseminda; 10 -Chegou morrendo de choro? Meta no Soro. E mais: Arritmia doidona? Dê Amiodarona. Pelo não, pelo sim, dê Rocefin. Só nunca esqueça que o diagnóstico é sempre o mesmo: VIROSE

DIETA DO CHÁ

Lasanha... chá comigo; Salada... chá pra lá; Picanha... chá comigo; Carne de soja... chá pra lá; Rabada... chá comigo; Peixe grelhado... chá pra lá; Feijoada... chá comigo; Sopinha... chá pra lá; Cerveja... chá comigo; Chazinho... chá pra lá; Açúcar... chá comigo; Adoçante... chá pra lá; Boteco... chá comigo; Academia... chá pra lá; Rodízio... chá comigo; Spa... chá pra lá.

O “VIAGRA” FEMININO

Cientista japonês descobre “novo Viagra”, só que feminino. O produto é conhecido por eles pelo nome de “Katon”. Quando você dá o “Katon” para a mulher, diz o japonês, ela fica rindo, alegre, carlinosa, bundosa, nom ??? Te beija intelinho. Não dá sossego: ele querer tlansar quantas vezes você agüentar. Só te chama de meu amor, meu gostoson, de adolo, te amo e tal. Aí perguntaram pro japonês: “Puxa, este produto é fantástico mesmo ???” Si, si, galantido, né ??? Funciona mesmo; num falha nom !!! Perguntaram então ao japonês: “Mas o nome é mesmo “katon” ???
-Si, si, é “katon”... “Katon de klédito”.

Autores: desconhecidos
Postagem: José Nilton Mariano Saraiva

O Reisado e o Cariri Cangaço - Por: Manoel Severo


I SEMINÁRIO CARIRI CANGAÇO

De 22 a 27 de Setembro de 2009, Crato, Juazeiro do Norte, Barbalha e Missão Velha. Promoção da SBEC – Sociedade Brasileira de Estudos do Cangaço, e das prefeituras municipais de Crato, Juazeiro do Norte, Barbalha e Missão Velha, com o apoio da URCA, do ICC, do ICVC, da Fundação Pró-Memória e Municípios de Jardim e Brejo Santo. O Reisado, uma das mais tradicionais festas folclóricas do Nordeste brasileiro, tem na região do Cariri um de seus principais berços e palcos. Essa maravilhosa manifestação cultural instalou-se no Nordeste ainda no período colonial e retrata através da dança, teatro e alegorias, o nascimento do menino Jesus e homenagem aos três Reis Magos. No Brasil se tornou uma espécie de revista popular, recheada de histórias folclóricas; mas sua essência continua a mesma; com uma mistura de temas sacros e profanos. A música, o figurino rebuscado, as cores, espelhos e fitas, alegorias de espadas, coreografias, o ritmo e os personagens marcantes, como Matheus, Catarina, Jaraguá e o Boi, impressionam e encantam a todos que conhecem o Reisado.

Durante O I Seminário Cariri Cangaço, teremos a grata satisfação de conhecer mais perto esse que sem dúvidas é um dos maiores patrimônios culturais do nordeste. Tudo isso no mês de Setembro no Cariri Cangaço.

TEXTO: Manoel Severo

Crato: Curso de Direito comemora 35 anos - Reportagem: Antonio Vicelmo

Sessão solene em comemoração aos 35 anos da criação da Faculdade de Direito do Crato (Foto: Antônio Vicelmo). Crato Os 35 anos do Curso de Direito da Universidade do Cariri são comemorados com a realização da XIII Semana de Estudos Jurídicos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-Crato) e XIII Semana de Direito da Urca, que tiveram como tema "Na Defesa e pela Efetivação dos Direitos Humanos Fundamentais". "A presença da Faculdade de Direito do Crato contribuiu para o crescimento da sociedade na defesa dos seus direitos essenciais", disse a vice-reitora em exercício, Antônia Otonite Cortez, dando por aberto o evento que termina hoje. Os dois acontecimentos, promovidos por professores e alunos do Curso de Direito e diretores da subsecção do Crato da OAB, tem como objetivo uma análise crítica e dialética em torno da condição de vida dos cidadãos e a aplicabilidade dos direitos e garantias fundamentais previstas na Constituição Federal, justificou o professor Mário Correia Filho, destacando a necessidade de incentivar o debate acadêmico voltado para a reflexão de diversos acontecimentos cotidianos que atingem todas as pessoas, pondo em evidência os elementos normativos, os órgãos jurisdicionais do Estado e demais entidades de natureza pública e privada.

O presidente da OAB-Ceará, Helio Leitão, falou sobre a importância do direito para o convívio social. A abertura foi encerra com a entrega de medalhas a professores, alunos e advogados que marcaram a vida acadêmica da Universidade Regional do Cariri ( Urca) e o exercício da advocacia na região. A Urca entregou a medalha do "Mérito Jurídico Dr. Luiz de Borba Maranhão" a Raimundo de Oliveira Borges, ex-diretor, ex-professor da Universidade e advogado mais idoso do Ceará, com 102 anos; ao monsenhor Gonçalo Farias Filho, ex-reitor; a Emido Macedo Lemos, ex-professor; e ao jornalista Antônio Vicelmo, orador da primeira turma da Faculdade de Direito. A OAB Crato homenageou os advogados Aglésio Neto, José Tavares e Carlito da Silva pelos serviços prestados às ciências jurídicas na região, além do professor João de Borba, filho de Luiz de Boba Maranhão, que foi um dos fundadores e diretores da Faculdade de Direito.

Mais informações
Universidade Regional do Cariri (Urca)
Rua Cel. Antônio Luiz
(88) 3102.1202

Por: Antonio Vicelmo
Repórter do Jornal Diário do Nordeste

Colaborador do Jornal Chapada do Araripe

Notícias do Crato para o Dia 14 de Agosto de 2009


14-08-2009
Restaurante Popular do Crato ficará em manutenção durante a próxima semana


A Secretaria de Ação Social do município do Crato informa nos dias 17, 18, 19, 20 e 21 ( próxima semana) o Restaurante Popular estará fechado para manutenção. Segundo a Secretária de Ação Social Liduína Andrade essa manutenção visa sobretudo a melhoria dos serviços. Portanto, durante uma semana, estarão sendo providenciados todos os reparos necessários para que o atendimento a comunidade seja cada vez melhor. A Secretária Liduína pede a compreensão de todos e ressalta que no dia 24 de agosto o funcionamento do Restaurante Popular do Crato será normalizado.

Agricultura do Crato promove próxima segunda-feira capacitação para os participantes do Garantia Safra

A Comissão Coordenadora do Programa Garantia Safra 2009/ 2010, formada pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Recursos Hídricos, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Ematerce, CMDS, comunica que será realizada capacitação para inscrição no referido programa para todos os representantes legais das associações e coordenadores do Conselho de base do município do Crato. A capacitação será realizada, próxima segunda-feira, dia 17 ás 9 horas, no auditório do Centro Cultural do Araripe, no Largo da RRFSA. O Secretário de Agricultura, Pecuária e Recursos Hídricos do Crato, Erasmo Ferreira, ressalta a importância desse treinamento para que todos possam realizar as inscrições corretamente no Garantia Safra. O Garantia-Safra é uma ação do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar - PRONAF que visa possibilitar um ambiente de tranqüilidade e segurança para o exercício da atividade agrícola na região semi-árida brasileira.

Fonte: Assessoria de Imprensa
Governo Municipal do Crato
Fone/Fax - (88) 3521.7069
Mais informações:

http://www.crato.ce.gov.br
http://www.prefeituramunicipaldocrato.blogspot.com

Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30