xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 03/08/2009 | Blog do Crato
.

VÍDEO - CONVERSA FRANCA - O DESCASO NO CRATO - Dihelson Mendonça ( 30-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

03 agosto 2009

Incrível! - Mercadinho é assaltado em Ponta da Serra


Um dia antes da chegada da Ronda do Quarteirão em Crato acontece em Ponta da Serra um pequeno assalto à mão armada, no Mercadinho Santa Edwiges, do Sr, Aluizio Santana Amâncio, localizado à Rua Inácio Ferreira Leite, às margens da Rodovia do Algodão. Ao que se sabe, este foi o segundo assalto ocorrido em um estabelecimento comercial na comunidade, tendo o primeiro se dado há mais de um ano em um outro comércio situado na mesma rua.

O ato aconteceu às 7:30 da noite e os autores do assalto, um casal, guiavam uma moto, tendo levado pouco mais de 100 reais e a chave do veículo do comerciante.A população se encontra apreensiva, pois, já era previsto que, com a vinda da Ronda do Quarteirão para Juazeiro e Crato, os bandidos iriam procuras as sedes e vilas dos distritos para praticarem seus crimes.A população espera que as autoridades competentes olhem também para a segurança dos distritos.

Estamos "Ligados" Novamente...

Estivemos fora do Ar desde o final da tarde de hoje por motivos técnicos ( para postagens ), mas já estamos no ar novamente. Pedimos às pessoas que nos enviaram textos para publicação e aos que tentaram postar algo no final da tarde e não conseguiram, que tentem novamente. O problema já foi solucionado. Mais tarde, estarei postando os outros. Agora, tenho que ir a uma reunião...

Abraços,

Dihelson Mendonça

DESMAME - Por: João Marni de Figueiredo

Quem ama deveria se dispor a orientar e a incentivar o aleitamento materno, fosse profissional da saúde ou não, numa grande corrente a favor do ato mais bonito entre os seres vivos.

A mãe que amamenta tem olhos plenilúnios, a boca mais sorridente e o coração mais feliz dentre todos. Aquele momento é mágico, encontro de olhares que se completam, berço e palco de relações humanas quase angelicais, prenúncio e anúncio de uma amizade única, fundamentada na alegria, segurança e desprendimento.

Um momento tão bom que faz o neném balançar as pernas, como se a vida já estivesse resolvida...
Um momento de zelo tão singular que exige até trégua, como podemos observar em animais de espécies diferentes amamentando filhotes não seus, como bem retratado na mitologia greco-romana, em que os gêmeos Rômulo e Remo esbaldam-se nas tetas de uma loba. É senso comum que o aleitamento materno deva ser exclusivo até pelo menos o sexto mês de vida do bebê, por vantagens mil. Depois desse período, deverá a mãe preparar o desmame, o que não significa deixar de dar de mamar, mas introduzir novos alimentos: frutas, sopas, papas, etc. Algumas mães passam a negar o peito após o sexto mês, pois julgam haver cumprido com o dever. Ledo engano, pois não há prazo para isso. Por que não estender mais esses momentos? Lembrar que adiante, todas as refeições ocorrerão em pratos, xícaras, pires, copos, com talheres, palitos e com as mãos.

A criança, logo logo, procurará andar e sairá pelo resto da vida batalhando pelo alimento que antes brotava como por encanto.. Decreta-se que assim tem que ser a vida da gente, freqüentando mesas não raro barulhentas, pouco acolhedoras.

Se o ato de amamentar voltasse a ser tão natural quanto já o foi nos primórdios da humanidade, certamente não teríamos hoje o culto aos peitos, incentivado pelos colunistas e paraíso da indústria da moda e dos cirurgiões plásticos. Se sabemos que muito homens valorizam mesmo a outras tetas, ilusórias, aquelas das quais não jorram leite, mas dinheiro fácil e abundante, para que esse exagero? Que as mães não se apressem, não estipulem prazo para o desmame definitivo, pois este é um entendimento entre dois seres que se amam e se conhecem profundamente. Portanto, minha filha Monalissa, não participarei deste processo, mesmo que já tenha onze meses. Sendo avô, não posso perder o brilho dos olhinhos da minha neta Maria Alice quando está a mamar. Como pediatra, não lembro o nome do remédio que faz o leite secar! Adiante, no fim de ti, mãe, meu coração ainda infante te envolverá e serei capaz de po-la em meu colo, pender tua face em meu peito e fingir jorrar em ti a vida, no leite que tanto mo deste!

Por: João Marni de Figueiredo

MATEMATICANDO.COM Dr Valdetário. Por Dr. Valdetário

Ilusão Geométrica.

Imaginemos que a Terra seja perfeitamente esférica. Agora suponhamos que peguemos um arame muito grande, mas muito grande mesmo, tão grande que dá pra gente circular todo a diâmetro da Terra, de maneira que todo o arame fique, em toda a sua extensão, tocando a superfície do globo terrestre. Agora vamos supor que a gente aumente apenas um metro em uma das extremidades do referido arame e tornemos a dar uma volta na Terra com o arame aumentado em um metro. Nessa circunstância o arame não mais tocará a superfície do globo. Surgirá um pequeno espaço entre o arame e a superfície da Terra.

A pergunta é: na sua imaginação, o que conseguiria passar por entre esse espaço? Ou seja, por baixo do arame?

Marque a sua opção.
A – Uma pulga.
B – Um rato.
C – Um gato.
D – Nenhuma das respostas.

DESCARTADOS CASOS DE GRIPE SUÍNA NO CARIRI.

Site do Jornal do Cariri em 03/08/2009 (09:02)

Nenhum caso da Influenza A foi registrado na região, nos últimos dias espalharam - se rumores de que a gripe suína teria chegado ao Cariri, e que havia dois casos da A H1N1 nos hospitais São Francisco de Assis e na Casa de Saúde Joaquim Bezerra de Farias, ambos em Crato, hipótese já descartada.
Na capital do estado 40 casos da doença já foram confirmados e o temor da população aumenta em relação aos demais municípios cearenses devido a rápida disseminação da doença. O Ministério da Saúde está aconselhando uma conduta médica e os cuidados que devem ser levados aos pacientes com doenças respiratórias mais graves e que esteja com sintomas parecidos com a gripe comum: tosse, dor de garganta e febre acima de 38 graus.
As secretarias municipais de saúde de Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha estão capacitando seus profissionais para orientar a população. Na secretaria de saúde de Juazeiro o material educativo como folders, cartazes e panfletos vão ser distribuídos no aeroporto regional, rodoviária e no centro comercial da cidade, contendo orientações sobre a gripe suína e os cuidados necessários. Trabalho que também acontece nas secretarias de saúde do Crato e de Barbalha.

Previsão do Tempo e Almanaque - 03 de Agosto de 2009

Segunda-Feira de sol, com algumas núvens e certamente que não choveu... essa foi a previsão do tempo para ontem ( essa é a primeira vez no Blog do Crato em que se fez previsão atrasada , rs ). E pudemos comprovar que pelo menos assim, verificando após a data, o Climatempo previu com exatidão, até porque no Ceará por esta época, não há como errar em previsão do tempo. Daqui até novembro, será quase sempre: Sol com Algumas núvens - Não Chove MESMO!

Um grande abraço a todos os que visitam o Blog do Crato nesta Segunda-feira.

ALMANAQUE

O dia 3 de agosto é comemorado pela Igreja Católica, o dia de Santa Lídia.

Os apóstolos Silas, Timóteo e Lucas acompanhavam Paulo em sua segunda missão na Europa, quando chegaram em Filipos, uma das principais cidades da Macedônia, que desfrutava de direitos de colônia romana. Lá encontraram uma mulher que lhes foi de grande valor. Eles já haviam passado alguns dias na cidade. Mas Paulo e seus companheiros pensavam em ficar até o sábado, pelo menos, pois era o dia em que os correligionários judeus se reuniriam para as orações. Como Filipos não tinha sinagoga, o local mais provável para o encontro seria às margens do pequeno rio Gangas, que passava fora da porta da cidade. Assim entendendo, ao procurarem o lugar ideal para suas preces, como nos narra são Lucas nos Atos dos Apóstolos, eles foram para lá e começaram a falar com as mulheres que já estavam reunidas. Entre elas estava Lídia, uma comerciante de púrpura, nascida em Tiatira, na Ásia. Ela escutava com muita atenção, pois não era pagã idólatra, acreditava em Deus, o que quer dizer que tinha se convertido à fé dos judeus. E o Senhor abrira o seu coração para que aderisse às palavras de Paulo.

Lídia era uma proprietária de sucesso, rica, influente e popular, exercendo sua liderança entre os filipenses e, principalmente, dentro da própria família. Isso porque a púrpura era um corante usado em tecidos finos, como a seda e a lã de qualidade. Na época, o tecido já tingido era chamado de púrpura, e o mais valioso existente. Usado como símbolo de alta posição social, era consumido apenas pela elite das cortes. Quando terminou a pregação, Lídia tornou-se cristã. Com o seu testemunho, conseguiu converter e batizar toda a sua família. Depois disto, ela os convidou: "Se vocês me consideram fiel ao Senhor, permaneçam em minha casa". E os forçou a aceitar. Esta, com certeza, foi a primeira e maior conquista dos primeiros apóstolos de Cristo. A casa de Lídia tornou-se a primeira Igreja católica no solo europeu. Lídia usou todo o seu prestígio social, sucesso comercial e poder de sua liderança para, junto de outras mulheres, levar para dentro dos lares a palavra de Cristo, difundindo, assim, a Boa-Nova entre os filipenses. A importância de Lídia foi tão grande na missão de levar o Evangelho para o Ocidente que cativou o apóstolo Paulo, criando um forte e comovente laço de amizade cristã entre eles. O culto a santa Lídia é uma tradição cristã das mais antigas de que a Igreja Católica tem notícia. A sua veneração é respeitada, pois seus atos são sinais evidentes de sua santidade. Considerada a Padroeira dos Tintureiros, santa Lídia é festejada no dia 3 de agosto.

HOJE NA HISTÓRIA

Nesta data em 2001, a China anuncia que investiria 12 milhões de dólares por ano em procedimentos para garantir a segurança dos bancos de sangue a fim de conter o alastramento do HIV.

China - O país que mais cresce no mundo ?

Atualmente a China é um dos países que mais cresce no mundo, no contexto econômico, industrial, financeiro, está prestes a se tornar uma potência mundial. Para a compreensão das características do território e dos aspectos políticos, é importante realizar uma análise dos dados humanos e naturais. A China é denominada de República Popular da China, seu território se encontra localizado ao leste do continente asiático, a área do país corresponde a 9.536,499 km2, seu espaço é um dos maiores do planeta, com dimensão continental. Um destaque em relação aos outros países está no contingente de pessoas que habitam a China, atualmente a população chinesa é a maior do mundo, são aproximadamente 1,4 bilhões de pessoas, alguns analistas estimam que esse número seja ainda superior, isso devido a muitos pais que não fazem os registros do segundo filho temendo repressões por parte do Estado que estabeleceu uma política de controle de natalidade, dessa forma esse número pode saltar para cerca de 1,7 bilhões de pessoas. O imenso território chinês é composto por planaltos que vão de oeste a leste, a sudoeste está situada a maior cadeia de montanhas do mundo, o Himalaia. No centro e a oeste se apresenta o planalto do Tibet, ao norte está localizado o deserto de Gobi e o planalto da Mongólia, ao nordeste fica a planície da Manchúria e por fim no sul a planície da China. Na paisagem é possível visualizar formas distintas de relevos, vegetações, climas e minérios, tudo isso é proveniente da dimensão continental do território que abrange diferentes formações rochosas, solos que influenciam diretamente na composição das paisagens. Na variedade de climas a China apresenta no norte do país um clima árido e frio, já nas proximidades das Cordilheiras e também nos planaltos o clima é o frio de montanha. No sul da China as características climáticas se alteram, pois nela o clima é quente e úmido com incidência de chuvas no verão, demonstrando aspectos tropicais, e por fim no nordeste e leste o clima é temperado.

Em recursos minerais a China ocupa um lugar de destaque no cenário mundial, esse fator é importante para o abastecimento das indústrias e contribui para o crescimento econômico do país. O principal minério chinês é o carvão mineral, sendo o maior produtor mundial, além de ocupar o ranking de sétimo lugar em produção de petróleo, essa corresponde a 4,6% de todo minério fóssil do mundo. Outros minérios importantes e encontrados com abundância são estanho, ferro e alumínio.

Fontes: Edições Paulinas, Climatempo e Eduardo Freitas - Graduado em Geografia - Equipe Brasil Escola

Juazeiro do Norte - PROTEÇÃO ÀS MULHERES - Casa de apoio está desativada - Reportagem: Elizângela Santos

Construída há mais de quatro anos, a Casa Abrigo Beata Maria de Araújo encontra-se em total estado de abandono. A unidade seria para as mulheres vítimas de violência (Foto: Elizângela Santos). As mulheres vítimas de violência em Juazeiro do Norte não dispõem de casa apoio. A única está abandonada. Juazeiro do Norte. A Casa Abrigo Beata Maria de Araújo, que sequer foi inaugurada em neste município, para servir de proteção para mulheres vítimas de violência e em estado de abandono, encontra-se abandonada. Portas quebradas, banheiros destruídos, pias e com fezes por vários cômodos, demonstram que o lugar, desde que foi parcialmente concluído, por volta de 2005, vem servindo de abrigo para desocupados. O resultado de uma reivindicação das mulheres do município poderá não demorar muito para ser entregue, recuperada. Pelo menos é o que garante a secretária de Assistência Social do município, Vanda Rozendo.


O equipamento complementaria a rede de atendimento às mulheres vítimas de violência em Juazeiro, que já possui Delegacia de Defesa da Mulher e Juizado Especial. A secretária afirma já ter encaminhado projeto de recuperação e compra de equipamentos, no valor de R$ 253 mil. A pretensão é que a casa fosse entregue ainda esse semestre, mas por conta de ajustes burocráticos, a previsão é somente para o primeiro semestre de 2004. Com a Casa Abrigo, conforme a secretária, fecha a rede de atendimento às mulheres vítimas de violência.

Construída na administração de Carlos Cruz, há mais de quatro anos, a casa não pôde entrar em funcionamento, por não ter mobiliário e nem o muro. Uma cerca de arame e um portão de ferro, acabaram facilitando a entrada de desocupados. A secretária afirma que esteve no local no último dia 18, para inaugurar o Centro de Referência em Assistência Social (Cras), de frente a casa, e constatou a situação, mesmo sem entrar no local, por conta dos riscos.

Não existe porta de entrada da casa e as outras estão todas quebradas e com marcas de arrombamento, em todos os quartos. Algumas janelas também foram arrancadas, com os vasos sanitários, de todos os banheiros quebrados, além das pias. Na cozinha, a pia foi retirada, além da lavanderia. Vanda Rozendo não sabe explicar o motivo da casa não ter sido concluída, mas acredita que pela falta da contrapartida da própria Prefeitura, na época em que foi concluída. Construída para abrigar cerca de 40 mulheres, a unidade irá funcionar num dos bairros da periferia do município. Irá atender os casos de alta complexidade, em que mulheres vítimas de espancamentos ou em situação de alto risco, no caso de estar sob ameaça do companheiro, possam ser resguardadas com segurança.

2001 a 2003 várias mulheres foram mortas por assassinato na região, com instalação até de um "escritório do crime", em Juazeiro. Os casos ganharam repercussão internacional e as reivindicações por segurança e justiça para os casos foram constantes. Vieram os equipamentos, incluindo uma delegacia em Crato e outra em Juazeiro do Norte. O Juizado Especial foi instalado há pouco mais de um ano. A secretária lamenta que a Casa Abrigo para mulheres ainda não tenha sido concluída e esteja no estado de depredação. Além da Casa Abrigo ainda a ser concluída, Juazeiro conta com mais dois equipamentos, para crianças e adolescentes em situação de alto risco, no caso de abandono das famílias e que passam por um processo de reintegração, com acompanhamentos de vários profissionais, como mães sociais, educadores, assistentes sociais e psicólogas. Os dois locais se encontram em reforma, já que há mais de seis anos construídos no município, ainda não passaram por recuperação de melhoramento.

Mais informações
Secretaria de Assistência Social
Juazeiro do Norte, Rua Monsenhor Esmerado, 300, Bairro Franciscanos
(88) 3572.3900


ELIZÂNGELA SANTOS
Repórter do Jornal Diário do Nordeste
Colaboradora do Jornal Chapada do Araripe

20 anos de morte do Rei do baião Luiz Gonzaga - Por: José Cícero


Há vinte anos a música dos nossos sertões ficava mais pobre. Vez que perdia em 02 de agosto de 1989 um dos seus mais importantes ícones: Luiz Lua Gonzaga, o rei do baião. Aquele que a duras penas projetou para o Brasil e o mundo a forte musicalidade dos nossos sertões: o forró que a partir de então ganhara a sua cara, imagem e semelhança.
Luiz Gonzaga, um artista que como tantos nordestinos sofridos, acuados pelas estiagens e pela fome, deixara o seu Exu nos grotões do Pernambuco no quintal do Ceará, para ganhar a vida no antes chamado “Sul maravilha”. Como muitos, o então jovem Luiz se aventurou a experimentar do velho sonho de alcançar com as próprias mãos o 'Eldorado' do eixo Rio-São Paulo. Um antigo sonho, uma utopia ainda hoje a alimentar as ilusões de tantos quantos sofrem e se recusam a penitência de sobreviver passivamente as agruras e o sofrimento impostos historicamente pela miséria da secas sucessivas do interior nordestino.
A música, o forró, o baião e o xaxado salvaram-no de mais uma tragédia. Ele não vira o Eldorado, mas foi o primeiro a ajudou a escrever uma nova página musical do Brasil. Entrando de vez na história como um talento incomparável. Um monstro sagrado da nossa MPB.
Luiz Gonzaga, o aventureiro. O sonhador. O cabra da peste que um dia resolveu empunhar a sua sanfona como um rebelde guerrilheiro na selva de pedra a fazer uso de uma metralhadora. Mas, a sua arma era do bem. tanto que da sua lavra prodigiosa, nasceram canções que se consagraram no conceito popular e se imortalizaram como verdadeiros hits atemporais que até hoje enfeitaram de poesia e fantasia a dura lida dos sertões desta nação Nordeste.
O cancioneiro sertanejo nunca mais seria o mesmo após a ousadia daquele homem simples, cabeça-chata, valente, corajoso, devoto de padre Cícero, admirador de Lampião que se decidira cantar e decantar a saga dos seus irmãos pelo Brasil adentro. Suas canções encheram de poesia, assim como de orgulho a árdua labuta de uma gente dos rincões do mundo acostumada quanto muito, a ouvir pelo rádio de pilha um cancioneiro alienígena, estranho e avesso a sua realidade cotidiana.
Porém com o Lua tudo ficou diferente. Os nordestinos passaram a se verem através do seu forró, xaxado e baiões. Era ela então, um espelho a refletir a velha realidade de miséria e de resistência por que passava o sertão e sua gente. Tudo estava lá, a seca, a chuva, a tragédia, a fome, a cabocla bonita, o mato, a fauna a luta pela sobrevivência, a diáspora da qual o próprio Luiz fora vítima em potencial. A pilhagem, o estelionato eleitoral, as crendices, a poética, o repente, a fé, a tradição, o milagre. Enfim, a flora e a fauna. E a injustiça na sua versão mais cruel. Aquela pintada com as cores da verdade com sendo o sangue da própria tragédia a envolver quase uma nação inteira de explorados, esquecidos e oprimidos pelas intempéries do tempo, assim como pela força e o poder dos homens.
Luiz Gonzaga, um artista simples do povo, cujo talento fez ecoar como se fosse um grito de protesto pelo pais inteiro, ritmos musicais nordestinos até então desconhecidos pelos potentados das metrópoles e do poder. Luiz Gonzaga um predestinado pelos deuses a encantar o mundo e a vida pela voz e a inspiração de uma poesia seca, audaz, prenhe de verdade, beleza e encantamento. O criador de ritmos e gêneros que até hoje denotam a presença imortal do seu nome.
Como a popularização do baião, por exemplo, conseguiu levar a música dos sertões a lugares até então impossíveis, inimagináves. Com Luiz o Nordeste, o Pernambuco, o Ceará e nossa matutagem subiram de vez no podium das coisas da capital.
Tirou a música do oco do mundo e das gargantas dos esquecidos para mostrá-la como um desafio ou uma provocação aos salões da burguesia. Os rádios e o mercado fonográfico de toda uma época foram de vez como que obrigados a rende-se a ele, por força do seu talento inconfundível. O Nordeste desde então, tinha agora, vez e voz no Brasil de cima. Com ele, a musicalidade poética dos nossos sertões se firmara de vez para o país dos excluídos com a altivez que lhe era necessário por quase uma questão de direito natural.
O Triste e saber que hoje, passados vinte anos de sua morte, parece que o fantasma do ostracismo já começa a rondar a periferia de sua memória. Posto que muito pouco de Luiz Gonzaga podemos ainda conferir, agora, nas emissoras de rádio, inclusive do nosso Cariri; rincão que o mestre Lua cantara tanto. Pelo Nordeste e resto do Brasil nosso Luiz começa a receber o tratamento comum, dado a todos os grandes que por aqui passaram e fizeram história, ou seja, o esquecimento e a indiferença. Uma injustiça para as novas gerações principalmente...
Mas, digamos que o legado musical deixado pelo mestre Lua não morrerá nunca. Por isso Luiz Gonzaga viverá para sempre na força, no grito e na resistência, inclusive musical dos nossos sertões do Nordeste.
Viva Luiz, porque Luiz viverá para sempre no meio de nós ante a sua música, que além de grande, será para o todo e sempre eterna na memória de muitas e muitas gerações de Nordestinos e brasileiros comprometidos com a sua própria história.

Por: José Cícero
Escritor e poeta

Sec. de Cultura de Aurora-CE.


Edições Anteriores:

Dezembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 30