xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 02/08/2009 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

02 agosto 2009

Mega Concentração de Renda - Por: Hildeberto Aquino


O País assiste, e provocado por agente do Governo - esse que por conveniência assente já que também lucra sem custo, é a uma brutal concentração de renda e, pior, ao empobrecimento ou a exaustão estimulada de milhões dos que já têm pouco ou quase nada. Uma utopia perversa e patrocinada! A Megasena, sob a gerência da CEF, é o maior agente promotor desse absurdo enquanto fascina e ilude tantos, repetidas vezes, e pela que forma como centra fortunas na mão de apenas um ou dois acertadores - cremos os já endinheirados que maiores valores apostam e com isso têm maiores chances. Há como repartir equitativamente esse volume colossal de dinheiro em benefício de vários participantes. Bastaria que a partir do segundo acúmulo o valor arrecadado fosse distribuído aos que conseguissem maior número de pontos, independente dos seis exigidos no caso da Megasena. Haveria maior número de acertadores e menos centralização de renda.

Hildeberto AQUINO
Russas (CE )

FIQUE POR DENTRO !

Foi inaugurado em Crato, mais em espaço agradável, com boa música e uma cozinha maravilhosa. Um lugar para confraternização entre amigos e para toda a sua família. Estamos falando do Restaurante Quatro Estações, funcionando na Rua Carolino Sucupira, 288 ( em frente a Casa do Estudante ).

Ficamos felizes quando surgem novos empreendedores como a jovem Maria Pia Barreto. Precisamos sim de jovens com espírito empreendedor para que a nossa cidade cresça cada vez mais. O Restaurante Quatro Estações além de propiciar mais uma opção de lazer , também está contribuindo para a melhoria dos indicadores de geração de empego e renda do nosso município. Venha Conhecer!

Texto e postagem: Maria Otilia Moreira

10 Maneiras de mudar sua vida (para melhor) em 59 segundos

O novo livro59 Seconds: Think a Little. Change a Lot” (“59 Segundos: Pense um Pouco. Mude Muito”, ainda não lançado no Brasil) esmiuça provas de estudos empíricos em uma variedade de publicações cientifícias em pequenos pedaços de conselhos capazes de mudar vidas.

1. Na próxima vez que você for a uma reunião importante, obtenha uma fácil e rápida vantagem psicológica sentando-se no meio do grupo.

2. Durante um encontro, comece indiferente e depois torne-se mais positivo; foque em coisas que ambos desgostem e imite a linguagem corporal de seu par.

3. Para proporcionar um aumento significativo em sua felicidade, force seu rosto a sorrir e segure essa expressão por 20 segundos.

4. A melhor maneira de conseguir que alguém goste de você não é fazendo um favor, mas fazendo com que essa pessoa faça um pequeno favor para você.

5. Para diminuir com a bebida e a comida, use copos estreitos, coloque um espelho em sua cozinha e mantenha um diário alimentar.

6. Compre experiências e não bens. Vá a um show, filme, lugar diferente ou um restaurante estranho: qualquer coisa que forneça uma oportunidade de fazer algo com outras pessoas ou de contar aos outros depois.

7. Ajude a atingir seus objetivos contando-os a amigos, familiares e colegas.

8. Para ajudar a manter um relacionamento vivo, lembre-se de balancear cada comentário negativo com cinco positivos.

9. Quando for procurar um emprego, aumente sua credibilidade mencionando qualquer fraqueza óbvia no começo da entrevista.

10. Vá atrás de mudanças “intencionais” começando um novo hobby, filiando-se a uma organização, aprendendo uma habilidade, iniciando um projeto ou conhecendo novas pessoas.

Por: Samuel P. Teles

Roberto Burle Marx 100 anos


Criador da linguagem moderna do paisagismo no mundo, Burle Marx é considerado o maior paisagista do século 20. Na década de 1930, ele foi pioneiro ao acrescentar plantas brasileiras em jardins que, até então, só traziam espécies europeias. Sua extensa obra de redesenho da Paisagem está presente em quase todo o Brasil e em algumas da principais cidades do mundo.


Contemporâneo e amigo de Oscar Niemeyer, Burle Marx foi responsável pelo paisagismo de projetos como o aeroporto da Pampulha em Belo Horizonte, o Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro e o Eixo Monumental de Brasília. Também é dele o projeto original de paisagismo do Parque do Ibirapuera, em São Paulo, que não chegou a ser executado completamente. Além disso, tem obras realizadas na Malásia, nos Estados Unidos e na Venezuela, entre outros 17 países. As comemorações dos seus 100 anos de nascimento, se registram no Rio de Janeiro, São Paulo, Brasilia, Fortaleza.

  • No Rio de Janeiro Além da primeira edição da Exposição Roberto Burle Marx 100 Anos - A Permanência do Instável, no Paço Imperial Exposição Roberto Burle Marx 100 Anos - A Permanência do Instável, no IMS/ InstitutoMoreira Sales, em sua sede da Gávea, realizará uma extensa programação com exposição fotográfica, debates e lançamento de publicação "Guia dos Jardins de Burle Marx".
  • Em São Paulo A Exposição Roberto Burle Marx 100 Anos - A Permanência do Instável, entre 17/Julho e a 13 de setembro no Museu de Arte Moderna de São Paulo - Parque do Ibirapuera, trata-se de uma retrospectiva que marca o centenário de nascimento de Roberto Burle Marx (1909-1994). A mostra, que já passou pelo Rio de Janeiro, mapeia sua múltipla produção artística, exibindo pinturas, tapeçarias, joias e paisagismos.
  • Em Fortaleza Mais uma edição dos Seminários Colóquios sobre a Paisagem, UNIFOR, em comemoração ao centenáriode nascimento de Roberto Burle Marx, com palestra "Roberto Burle Marx: 100 anos de arte" com Ricardo Marinho(Dia 04/08 Auditório A4 UNIFOR - 18h e 30min), exibição de Video "Eu, Roberto Burle Marx"(06/08 Sala A VIDEOTECA UNIFOR- 19:00h) e visita aos jardins da Sede Administrativa BNB com Arquiteto Marcos Thé(07/08 - 9:00h Av. Paranjana, 5700/ BNB Passaré)

Previsão do Tempo e Almanaque - Domingo, 02 de Agosto de 2009

Domingo, 02 de Agosto de 2009. O Dia amanheceu nublado em Crato. Temperatura local de 22 graus na Vilalta. A previsão do tempo, segundo o site Climatempo, é de Sol com algumas núvens, e não chove. Como novidades, temos uma melhor organização dos vídeos e do próprio site da TV Chapada do Araripe, que nesta semana irá ter uma grande alavancada, com a produção do setor de Jornalismo, além de vários programas educativos. Aproveite e visite o site provisório: www.tvchapadadoararipe.com


ALMANAQUE

Hoje, dia 02 de Agosto, a Igreja católica comemora o dia de Santo Eusébio de Vercelli.

Eusébio nasceu na ilha da Sardenha, no ano 283. Depois da morte do seu pai, em testemunho da fé em Cristo, durante a perseguição do imperador Diocleciano, sua mãe levou-o para completar os estudos eclesiásticos em Roma. Assim, muito jovem, Eusébio entrou para o clero, sendo ordenado sacerdote. Aos poucos, foi ganhando a admiração do povo cristão e do papa Júlio I, que o consagrou bispo da diocese de Vercelli em 345. Nessa condição, participou do Concílio de Milão em 355, no qual os bispos adeptos da doutrina ariana tentaram forçá-lo a votar pela condenação do bispo de Alexandria, santo Atanásio. Eusébio, além de discordar do arianismo considerou a votação uma covardia, pois Atanásio, sempre um fiel guardião da verdadeira doutrina católica, estava ausente e não podia defender-se. Como ficou contra a condenação, ele e outros bispos foram condenados ao exílio na Palestina. Porém isso não o livrou da perseguição dos hereges arianos, que infestavam a cidade. Ao contrário, sofreu muito nas mãos deles. Como não mudava de posição e enfrentava os desafetos com resignação e humildade, acabou preso, tendo sido cortada qualquer forma de comunicação sua com os demais católicos. Na prisão, sofreu ainda vários castigos físicos. Contam os escritos que passou, também, por um terrível suplício psicológico.

Quando o povo cristão tomou conhecimento do fato, ergueu-se a seu favor. Foram tantos e tão veementes os protestos que os hereges permitiram sua libertação. Contudo o exílio continuou e ele foi mandado para a Capadócia, na Turquia e, de lá, para o deserto de Tebaida, no Egito, onde foi obrigado a permanecer até a morte do então imperador Constantino, a quem sucedeu Juliano, o Apóstata, que deu a liberdade a todos os bispos presos e permitiu que retomassem as suas dioceses. Depois do exílio de seis anos, Eusébio foi o primeiro a participar do Concílio de Alexandria, organizado pelo amigo, santo Atanásio. Só então passou a evangelizar, dirigindo-se, primeiro, a Antioquia e, depois, à Ilíria, onde os arianos, com sua doutrina, continuavam confundindo o povo católico. Batalhou muito combatendo todos eles. Mais tarde, foi para a Itália, sendo recepcionado com verdadeira aclamação popular. Em seguida, na companhia de santo Hilário, bispo de Poitiers, iniciou um exaustivo trabalho pela unificação da Igreja católica na Gália, atual França. Somente quando os objetivos estavam em vias de serem alcançados é que ele voltou à sua diocese em Vercelli, onde faleceu no dia 1o. de agosto de 371. Apesar de ser considerado mártir pela Igreja, na verdade santo Eusébio de Vercelli não morreu em testemunho da fé, como havia ocorrido com seu pai. Mas foram tantos os seus sofrimentos no trabalho de difusão e defesa do cristianismo, passando por exílios e torturas, que recebeu esse título da Igreja, cujo mérito jamais foi contestado. Com a reforma do calendário litúrgico de Roma, de 1969, sua festa foi marcada para o dia 2 de agosto. Nesta data, as suas relíquias são veneradas na catedral de Vercelli, onde foram sepultadas e permanecem até os nossos dias.

HOJE NA HISTÓRIA

O Início da Guerra do Golfo

Nesta data, em 1990, soldados e tanques iraquianos cruzam a fronteira com o Kuwait e rapidamente assumem o controle do país. Estava iniciada a Guerra do Golfo. A Guerra do Golfo foi um conflito militar iniciado em 2 de agosto de 1990 na região do Golfo Pérsico, com a invasão do Kuwait por tropas do Iraque. Esta guerra envolveu uma coalização de forças de países ocidentais liderados pelos Estados Unidos da América e Grã Bretanha e países do Médio Oriente, como a Arábia Saudita e o Egito, contra o Iraque. Depois da Guerra Irã-Iraque, a Guerra do Golfo foi possivelmente um dos maiores massacres da história do Médio Oriente. Mais de 100 mil soldados iraquianos foram mortos contra cerca de mil baixas das forças da coalizão.
Índice

Causas da Guerra

Em julho de 1990, Saddam Hussein, presidente do Iraque, acusou o Kuwait de causar a queda dos preços do petróleo e retomou antigas questões de limites, além de exigir indenizações. Como o Kuwait não cedeu, em 2 de agosto de 1990, tropas iraquianas invadiram o Kuwait, com a exigência do presidente Saddam Hussein de controlar seus vastos e valiosos campos de petróleo. Este acontecimento provocou uma reação imediata da comunidade internacional. Os bens do emirado árabe foram bloqueados no exterior e a ONU condenou a invasão. Dois dias após a invasão (4 de agosto), cerca de 6 mil cidadãos ocidentais foram feitos reféns e conduzidos ao Iraque, onde alguns deles foram colocados em áreas estratégicas. Nesse dia, o Conselho de Segurança da ONU impôs o boicote comercial, financeiro e militar ao Iraque. Em 28 de agosto, Saddam respondeu a essa decisão com a anexação do Kuwait como a 19ª província do Iraque.

Perante os desenvolvimentos do conflito, a ONU, em 29 de novembro, autorizou o uso da força, caso o Iraque não abandonasse o território do Kuwait até 15 de janeiro de 1991. Uma coalizão de 29 países, liderada pelos Estados Unidos da América foi mobilizada. A atividade diplomática intensa fracassou, e em 17 de janeiro de 1991 um massivo ataque aéreo foi iniciado. Do conjunto de nações participantes, destacam-se os Estados Unidos da América, a Grã-Bretanha, a França, a Arábia Saudita, o Egito e a Síria. Quase no limite do prazo dado pela ONU para a retirada do Kuwait, o Irã e a União Soviética fizeram um último esforço pela paz.

Fontes: Edições Paulinas, Wikipedia e Barsa

Monsenhor Joviniano Barreto, o Mártir do Dever - por Armando Lopes Rafael


O ano de 1950 começou promissor para Juazeiro do Norte. A comunidade católica daquela cidade preparava-se para comemorar – no mês de março – os 15 anos do profícuo paroquiato de Monsenhor Joviniano Barreto. Este, por sua vez, após ajudar na instalação da Congregação Salesiana em Juazeiro do Norte, aguardava o dia 6 de janeiro, data marcada para o lançamento da pedra fundamental do Convento e Seminário dos Capuchinhos, recém chegados àquela cidade, após pacientes negociações feitas entre o Bispo de Crato, Dom Francisco – com decisiva participação do Monsenhor Joviniano Barreto – e a Província Franciscana.
A quase totalidade da população ordeira e humilde de Juazeiro do Norte professava a religião católica. Mas, como ocorre em toda cidade em fase de grande crescimento, Juazeiro do Norte abrigava alguns portadores de esquizofrenias. Um deles, Manoel Pedro da Silva, natural de Açu, Rio Grande do Norte, vinha, nos últimos meses, insistindo (junto a Monsenhor Joviniano) para que o vigário o casasse com uma senhora já casada. Em vão o sacerdote explicou ao esquizofrênico que a Igreja Católica proibia a realização desse matrimônio. Consta que, por algumas vezes – por vingança ante a recusa do sacerdote em realizar o ilegal casamento – Manoel Pedro procurou assassinar Monsenhor Joviniano. Uma delas foi planejada para a Missa de Natal. E não foi concretizada, pois, na hora, faltou coragem a Manoel Pedro para praticar o homicídio.
Mas, no início da fatídica noite de 6 de janeiro de 1950, após a solenidade de lançamento da pedra fundamental do convento dos capuchinhos, Manoel Pedro veio na direção de Monsenhor Joviniano e lhe desferiu profunda facada no coração, matando-o na hora. A pedra fundamental do convento dos capuchinhos foi, assim, regada pelo sangue desse servo bom e fiel, o “Mártir do Dever”.
Monsenhor Joviniano Barreto nasceu no município de Tauá, no Sertão dos Inhamuns, em 05 de maio de 1889. Oriundo de família de sólida formação católica era afilhado de crisma do segundo bispo do Ceará, Dom Joaquim José Vieira.
Estudou no Seminário da Prainha, em Fortaleza, onde recebeu ordenação sacerdotal em 22 de dezembro de 1911, aos 22 anos. Enquanto aguardava a idade canônica para receber a ordem do presbiterato lecionou naquele Seminário, entre 1908 e 1909 e no Colégio São José de Crato, entre 1910 e 1911.
A criação da Diocese de Crato veio encontrar o então Padre Joviniano Barreto como vigário-cooperador de Lavras da Mangabeira. Posteriormente, ele foi Cura da Catedral de Crato, Secretário do Bispado, professor e reitor do Seminário Diocesano São José, vice-presidente do Banco do Cariri (pertencente á diocese) e diretor do Ginásio, hoje Colégio Diocesano.
Segundo o escritor Mário Bem Filho: “Na administração episcopal de Dom Quintino Rodrigues de Oliveira e Silva, primeiro bispo de Crato, Monsenhor Joviniano Barreto era o padre de maior projeção da diocese. Homem apostólico, dedicado, trabalhador, inteligente e culto. Tinha um caráter forte e uma personalidade marcante. Contava com a amizade e estima de todo o clero diocesano. Impôs-se pela bondade. No governo do segundo bispo, Dom Francisco de Assis Pires, Monsenhor Joviniano era depositário de toda a confiança do pastor diocesano que o tinha como conselheiro. Dom Francisco mandava-o chamar frequentemente, ao Palácio Episcopal, para ouvi-lo”.
Com a morte de Monsenhor Esmeraldo, vigário de Juazeiro do Norte, ocorrida em outubro de 1934, aquela paróquia ficou novamente vaga e o Bispo de Crato encontrava dificuldades junto aos seus padres para que um deles assumisse aquela jurisdição paroquial. Um grupo de senhoras de Juazeiro do Norte veio, certa vez, ao Seminário São José, em Crato, pedir a Monsenhor Joviniano para aceitar a missão de pastor dos juazeirenses. Ele respondeu negativamente ao pedido. Dias depois, sem que ninguém soubesse o motivo da mudança, Monsenhor Joviniano procurou Dom Francisco e disse que aceitava a nomeação para Vigário de Juazeiro do Norte, uma função que representava, àquela época, um grande desafio. Assumiu a Paróquia de Nossa Senhora das Dores em 26 de março de 1935. Durante 15 anos reorganizou a vida paroquial. Dinamizou as associações religiosas. Reformou totalmente a igreja-matriz – hoje Basílica Menor – deixando-a com o aspecto como está hoje. Ajudou na evolução social da Terra do Padre Cícero, participando de todas as iniciativas que representavam progresso para Juazeiro do Norte. Foi professor da Escola Normal Rural e concluiu sua profícua missão pastoral em 6 de janeiro de 1950, passando à história como “O Mártir do Dever”.

Texto e postagem de Armando Lopes Rafael

TV Chapada do Araripe tem novo endereço!

Sistema Chapada do Araripe de Comunicação


Com a mudança do nome "TVCrato" para TV Chapada do Araripe, a fim de que o sistema todo fique alinhado, os novos endereços passam a ser:

TV Chapada do Araripe:

www.tvchapadadoararipe.com

Rádio Chapada do Araripe:

www.radiochapadadoararipe.com

Jornal Chapada do Araripe:

www.jornalchapadadoararipe.com


Sendo que o Jornal Online também pode ser acessado por nosso endereço geral:


De leve... - Por: José Nilton Mariano Saraiva

UM EXEMPLO DE VIDA.
Quase ao final da prática dominical o sacerdote perguntou aos fiéis da Igreja: -“Quantos de vocês conseguiram perdoar seus inimigos” ??? A maioria levantou a mão. O sacerdote, entusiasmado, voltou a repetir a mesma pergunta e então todos levantaram a mão, menos uma pequena e frágil velhinha: -"Senhora Mariazinha ??? A Senhora não está disposta a perdoar seus inimigos” ??? -"Eu não tenho inimigos” respondeu, docemente. "Senhora Mariazinha, isto é muito raro, um verdadeiro exemplo de vida”, disse o sacerdote. E perguntou: “Quantos anos tem a senhora” ??? Ela respondeu:-“98 anos”. O público presente na Igreja se levantou e irrompeu em aplausos, entusiasticamente. -"Senhora Mariazinha – prosseguiu o sacerdote – venha aqui e conte prá todos nós como se vive 98 anos e não se tem inimigos”. A doce velhinha se dirige ao altar e, em lá chegando, diz solenemente, olhando para aquele público emocionado: “Porque as filhas de puta já morreram. Não me pagaram o que deviam, mandei matar. Todas !!! Velhacas safadas !!!

COISAS DE CASAL
01) - Querida, vamos ter que começar a economizar. -Tudo bem…Mas como? -Aprenda a cozinhar e mande a empregada embora. -Tá legal…Então aprenda a fazer amor e pode dispensar o motorista. 02) O cara pergunta para a mulher: -Querida, quando eu morrer, você vai chorar muito? -Claro querido. Você sabe que eu choro por qualquer besteira… 03) Na cama, o marido se vira para a jovem esposa e pergunta: -Querida, me diga que sou o primeiro homem da sua vida. Ela olha para o babaca e responde: -Pode ser… Sua cara não me é estranha…04) Um casal vinha por uma estrada do interior, sem dizer uma palavra. Uma discussão anterior havia levado a uma briga, e nenhum dos dois queria dar o braço a torcer. Ao passarem por uma fazenda em que havia mulas e porcos, o marido perguntou, sarcástico:- Parentes seus? - Sim, respondeu ela. Cunhados e sogra…05) Marido pergunta pra mulher: -Vamos tentar uma posição diferente essa noite? A mulher responde: - Boa idéia, você fica aqui em pé na pia lavando a louça e eu sento no sofá !!! 06) O marido decide mudar de atitude. Chega em casa todo machão e ordena: - Eu quero que você prepare uma refeição dos deuses para o jantar e quando eu terminar espero uma sobremesa divina. Depois do jantar você vai me trazer um whisky e preparar um banho porque eu preciso relaxar. E tem mais: Quando eu terminar o banho, adivinha quem vai me vestir e me pentear? - O homem da funerária… Respondeu placidamente a esposa… 07) Querida, o que você prefere? Um homem bonito ou inteligente? - Nem um, nem outro. Você sabe que eu gosto mesmo é de você. 08) Marido e mulher estão tomando cerveja num barzinho. Ele vira pra ela e diz: - Você está vendo aquela mulher lá no balcão, tomando whisky sozinha? - Pois eu me separei dela faz sete anos! Depois disso ela nunca mais parou de beber. A mulher responde: - Não diga bobagens. Ninguém consegue comemorar durante tanto tempo assim!

O ÓBVIO
Em uma escola muito heterogênea, onde estudam alunos de várias classes sociais, durante uma aula de português, a professora pergunta: - Qual é o significado da palavra 'óbvio'? Rapidamente, Luanna Spassotto Matarazzo, menina rica, uma das mais aplicadas alunas da classe, respondeu: - Prezada professora, hoje acordei bem cedo. Depois de uma ótima noite de sono no conforto de meu quarto, desci a enorme escadaria de nossa residência e me dirigi à copa onde era servido o café. Depois de deliciar-me com tantas iguarias, fui até a janela que dá vista para o jardim de entrada. Percebi que se encontrava guardado na garagem o automóvel BMW do meu pai. Pensei com meus botões: - É óbvio que o papai foi ao trabalho no Mercedes. Sem querer ficar para trás, Sebastião Belarmino de Souza, de uma família de classe média, acrescentou: - Professora, hoje eu não dormi muito bem porque meu colchão é meio duro. Eu consegui acordar assim mesmo porque pus o despertador do lado da cama. Levantei meio zonzo, comi um pão meio muxibento e tomei café. Quando saí para a escola, vi que o fusca do papai estava na garagem. Imaginei: - É óbvio que o papai não tinha dinheiro para gasolina, foi trabalhar de busão. Embalado na conversa, Wanderkleison Maxwell Maycon Jáqueson, de classe baixa (é óbvio), também quis responder: - Fessora, hoje eu quase não durmi, porquê teve tiroteio até tarde na favela. Só acordei de manhã porquê tava morrendo de fome, mas não tinha nada pra cumê mesmo... quando olhei pela janela do barracão, vi a minha vó caminhando com o jornal debaixo do braço e pensei: - É óbvio que ela vai cagá. Num sabe lê!

ENFERMEIRO EFICIENTE
O português Joaquim era enfermeiro de uma UTI e tratava de uma mulher internada em estado de paralisia total. Nove meses depois ela aparece grávida, para espanto de todos. A Direção do Hospital se reuniu e deu queixa na delegacia para achar o culpado. A polícia, então, começou interrogando o enfermeiro Joaquim: -Era você que cuidava da paciente que está grávida? Sim Senhoire...-E foi o senhor quem engravidou a moça?! - Foi sim, senhoire, mas só o fiz por ordem do Hospital, cumprindo rigorosamente o que estava escrito na prancheta da paciente. -Como assim? O que estava escrito no boletim médico? Joaquim, então, retirou uma cópia do relatório e entregou ao ao delegado. Lá constava: “Mulher, 32 anos, desacordada, não reage a nenhum estímulo. COMA” – Aí... eu comi, concluiu o eficiente Joaquim !!!
Autores: desconhecidos - Postagem: José Nilton Mariano Saraiva



TV Chapada do Araripe - Homenagem a Antonio Vicelmo - A Crônica da Cidade...


O
Blog do Crato já tem sua história. Saudades... em 2007, fomos até os estúdios da Rádio Educadora do Cariri, onde pudemos registrar a famosa "Crônica da Cidade - Palavra oficial da Rádio Educadora do Cariri - Temas e fatos em debate" , desta feita, do nosso querido amigo Dr. José Flávio Vieira, que falava sobre a crise enfrentada pelo SUS - Sistema Único de Saúde. Vale a pena conferir e recordar. Para evitar ouvir 2 sons ao mesmo tempo, pare antes o player da Rádio Chapada do Araripe no canto superior direito do Blog. Para assistir, clique no player abaixo:



.

Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31