xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 01/07/2009 | Blog do Crato
.

VÍDEO - ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Prefeito do Crato é escolhido um dos melhores prefeitos do Ceará pela PPE Eventos, em Fortaleza. ( 09-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

01 julho 2009

Notícias do Crato para o Dia 02 de Julho de 2009


02-07-2009
Crato contemplado com projeto de arborização no valor de R$ 420 mil

O município do Crato foi contemplado com um projeto voltado para o meio ambiente e melhoria da paisagem urbana. Na última segunda-feira, durante o governo Itinerante, o prefeito Samuel Araripe assinou o Projeto de Arborização, em conjunto com o governo do Estado, em que serão contempladas várias áreas do Crato com o plantio de árvores, no valor de R$ 420 mil. A entrada do município, Alto da Penha, Mirandão, área do centro Cultural do Araripe, estão entre os locais contemplados com o projeto inovador. Uma das finalidades da administração municipal junto com o Estado é promover o crescimento, dando prioridade ao desenvolvimento sustentável e a qualidade de vida do povo cratense, possibilitando um futuro mais saudável para todos os cidadãos.

Prefeito e Secretários se reúnem hoje para definir participação na ExpoCrato 2009

O prefeito municipal do Crato, Samuel Araripe, estará reunido, às 15 horas de hoje, com todo o seu secretariado, com a finalidade de traçar metas para o stand institucional da Prefeitura, na Expocrato 2009, que estará sendo montado durante a maior festa da cidade. Todo o material de apresentação será debatido em conjunto, no intuito de levar a população os serviços disponibilizados pelo setor público e os projetos que vêm sendo desenvolvidos em prol do crescimento do município, nos seus diversos setores. Além disso, os atendimentos essenciais e receptivo a serem prestados à população do Crato e aos visitantes, estarão na pauta, a exemplo da atuação da Vigilância Sanitária, dentro do parque, com a fiscalização nas barracas e comércio de alimentos por meio dos ambulantes, restaurantes da cidade, hotéis e motéis. Também do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran), com a organização e melhor estruturação do trânsito, para o melhor fluxo dos veículos pela cidade, e a Ação Social, com a atuação dos Conselhos Tutelar da Infância e da Adolescência e dos Direitos da Criança e do Adolescente. Segundo a chefia de Gabinete da Prefeitura, a meta é levar à população cratense um serviço que garanta um período de festas tranqüilo e com segurança a todos. A ExpoCrato terá início no próximo dia 12 de julho.

CAPS realiza hoje mobilização e comemora sete anos de fundação

Uma mobilização pelos sete anos do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) do Crato e a luta antimanicomial serão os temas enfocados durante a manhã de hoje, a partir das 8h30, em passeata, através do CAPS. Pacientes, familiares e funcionários do órgão estarão nas ruas, levando à sociedade a mensagem de integração social desenvolvida ao longo desses últimos anos, desde que foi implantado no município. Milhares de pacientes já passaram pelo local, atendidos de forma diferenciada. Atualmente, são cerca de 700 pessoas assistidas, com diversas formas de tratamento, acompanhamento de psicólogos, assistentes sociais, psiquiatras, enfermeiros e diversos profissionais. A passeata terá início no CAPS e vai até Siqueira Campos, no Centro da cidade. Na praça será realizada mobilização e apresentações artísticas. Já no dia 8 de julho, acontece o São João do CAPS com quadrilha, comidas típicas e apresentação da banda do CAPS.

Ponta da Serra realiza o VI Festival Junino

Tem início hoje, na Ponta da Serra, em Crato, o VI Festival Junino, que terá como tema central “O melhor do Nordeste é a nossa cultura”. O evento conta com o apoio da Prefeitura Municipal do Crato, e a realização é da Escola de Ensino Infantil e Fundamental Professor José Bizerra de Brito, em parceria com o Grupo de Jovens da Ponta da Serra, Malungo Produções e Nossa Agência Associados. O Festival será aberto no Poliesportivo Raimundo Ribeiro Matos, às 19 horas.

Reuniões da ASEF são transferidas para o CRAS

O Governo Municipal do Crato e a Secretaria de Ação Social, através da coordenação da ASEF – Ação Sócio Educativa às Famílias, comunicam as famílias cadastradas que as reuniões foram transferidas para o Centro de Referência da Assistência Social - CRAS, devido as creches estarem em período de férias. No próximo dia 7, haverá reunião às 15 horas, com as creches Nossa Senhora Aparecida, José Isaias, Criança Crescendo, José Pinheiro Gonçalves, Madre Esmeraldo e Rotary.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Governo Municipal do Crato
Fone/Fax - (88) 3521.7069
Mais informações:

http://www.crato.ce.gov.br
http://www.prefeituramunicipaldocrato.blogspot.com

No Brasil, Lei é Brinquedo !

No Brasil, quando algo vai de encontro aos interesses de um grupo, muda-se até a constituição do País para servir às maiores abominações. As leis no Brasil não foram feitas para serem cumpridas, mas para servirem às conveniências. São redigidas de modo a amparar um número sem fim de interpretações e "brechas". Cabe ao "BOM" advogado, encontrar uma dessas formas para livrar a cara do seu cliente. E criam-se PECs ( programas de Emendas Constitucionais ) apenas por brinquedo, como se a constituição fosse um caderno de rascunho.

"Esse é um País que vai pra frente ?"

Duvido!

Por: Dihelson Mendonça

Saída de dólares do país é maior do que entrada em US$ 1,227 bilhão em junho


Brasília - O saldo da entrada e saída de dólares do país, o chamado fluxo cambial, ficou negativo em US$ 1,227 bilhão em junho, até o dia 26 (19 dias úteis), segundo dados divulgados hoje (1º) pelo Banco Central (BC). No mesmo período do ano passado, as saídas maiores do que as entradas da moeda geraram saldo, também negativo, de US$ 1,581 bilhão.

O resultado negativo registrado nos dados preliminares de junho vem depois de dois meses seguidos de saldos positivos (em abril de US$ 1,430 bilhões e em maio de US$ 3,134 bilhões). O saldo registrado em junho, até o dia 26, foi puxado pelo fluxo financeiro (investimentos em títulos, remessas de lucros e dividendos ao exterior e investimentos estrangeiros diretos, entre outras operações) negativo em US$ 1,140 bilhão no período. O fluxo comercial (exportações, importações e financiamento ao comércio exterior) teve saldo negativo de US$ 88 milhões.

De janeiro até 26 de junho deste ano, o fluxo cambial é US$ 363 milhões, contra US$ 14,231 bilhões registrados no mesmo período do ano passado. No período, o fluxo financeiro ficou negativo em US$ 12,525 bilhões, e o comercial, positivo em US$ 12,888 bilhões.

O BC também informou que em junho, até o dia 26, foram liquidadas compras da moeda americana no mercado à vista no valor total de US$ 1,689 bilhão.

Fonte: Agência Brasil

SARNEY joga a Toalha...

Renúncia!
José Sarney decidiu renunciar à presidência do Senado. Ele oficializará essa posição hoje à noite quando conversar com Lula, que está chegando da África. A decisão foi tomada hoje de manhã, depois de uma reunião com os seus assessores mais próximos e alguns de seus familiares. Ontem, à noite, numa conversa com os filhos, também se disse decidido a sair da tormenta. Os três filhos, Roseana, Sarney Filho e Fernando, apóiam a decisão. Marly, mulher de Sarney, é outra que pediu ao marido que saia de onde está.

Sarney espera que a renúncia bote fim na sequência de revelações sobre nepotismo que minaram sua capacidade de reação diante da crise. Com a renúncia, quer fazer valer a afirmação que fez num discurso na tribuna do Senado há duas semanas: “A crise não é minha, é do Senado”. Saindo de cena, espera jogar no colo dos outros senadores a bomba da crise.

Mas e se Lula , na conversa de hoje à noite, pedir para Sarney ficar? Segundo o que ficou acordado na reunião de hoje de manhã, Sarney não recuará. Dirá que está cansado, que quer sair. Sarney assumiu a presidência do Senado (pela terceira vez) há quatro meses. Não teve um dia sequer de paz: a podridão do Senado emergiu com uma força incontrolável. Desde o seu primeiro mês na presidência, já vinha falando em sair.!

Veja Online - Coluna Radar

Através de Lindomar Rodrigues

Juazeiro: Mudanças no Secretariado Municipal

Com a finalidade de dar um novo direcionamento e incrementar as ações da sua administração, o prefeito de Juazeiro do Norte, Dr. Santana, anunciou hoje às 10h., mudanças que foram implementadas em sua equipe de trabalho.

A partir da criação da Secretaria Habitação, o rodízio feito pelo prefeito Santana, deixou parte do seu primeiro escalão assim definido:

Secretaria de Habitação – Romisa Aires Montenegro;

Secretaria de Meio Ambiente - Gizele de Menezes;

Secretaria de Governo - Eraldo Oliveira;

Secretaria de Infraestrutura - Fátima Bandeira;

Chefia de Gabinete - Geraldo Carreiro;

Secretaria de Educação - Ricardo Lima.

O Professor Antonio dos Santos, deixou a Secretaria de Educação para reassumir o cargo de vereador na Câmara Municipal de Juazeiro do Norte. (Assessoria de Comunicação da PMJN)

Por: Daniel Walker - Site Juaonline.com

Brasileiro mata cão a pauladas, mostra no YouTube e revolta internautas


Revoltante...

Hoje à tarde divulgaram um link no Twitter com um vídeo no qual um grupo de garotos se "divertia" maltratando um cachorro. Logo, as imagens se espalharam e muitos internautas se revoltaram. Alguns nem tiveram coragem de assistir o vídeo até o final, pois já sabiam o que vinha pela frente, a morte do cachorro a pauladas.

Após o vídeo ser divulgado, as pessoas começaram a denunciá-lo no YouTube e as imagens acabaram saindo do ar por conteúdo impróprio. Alguns internautas, porém, conseguiram fazer o download e subiram o vídeo em outros locais.

A página do YouTube que continha o vídeo estava no nome do internauta Gabriel Terra de Araujo, no link http://www.youtube.com/user/gabrielterradearaujo. Até agora, a página já recebeu dezenas de mensagens inconformadas.

Do website: Minha Notícia

Publicidade - Clínica São Raimundo - Cuidando do Povo de Várzea Alegre !


O Blog do Crato tem o prazer de fazer a publicidade da Clínica São Raimundo, da cidade de Várzea Alegre - CE, que acredita no nosso trabalho como meio de buscar a integração regional. A Clínica São Raimundo é uma empresa conceituada. Comandada pelos renomados médicos Dr. Menezes Filho e da Dra. Ana Micaely de Morais Meneses. Especializada em pediatria, ultrassonografia, fisioterapia especializada, RPG.

Eis algumas fotos da nossa empresa/parceira que fazemos questão de divulgar:



Acima: A Logomarca oficial da Clínica São Raimundo, em Várzea Alegre.


Acima: O Médico, Dr. Menezes Filho em atividade.

Acima: Dra. Ana Micaely de Morais Meneses

Cuidando de seus pacientes com carinho e dedicação...



Clinica São Raimundo.
Rua Dep. Luis Otacilio Correia 129. Várzea-Alegre. Fone (088) 3541-1467.
Especialidade: Pediatria, ultrassonografia, fisioterapia especializada, RPG.

"Cuidando com carinho e responsabilidade do povo de Várzea Alegre !"

Anuncie no Blog do Crato.
Contatos:
blogdocrato@hotmail.com
Tel: 088-3523-2272

O céu da cidade - por José do Vale Pinheiro Feitosa

Quando a cidade ainda era criança ouvia histórias de Trancoso ao luar ou em noites estreladas. Foi nesta era que aprendeu a mais improvável das idéias. O tempo e o espaço não existiriam por eles, dependiam dos astros no universo. E então ela compreendeu, mesmo uma menina ainda aprendiz, entre o alto do Seminário e de São Francisco, que o céu era invenção de seus próprios corpos celestes.

Por isso na parte do seu umbigo, a qual brincava chamando-o Siqueira Campos, ela imaginava que ali se reuniriam os astros do céu para longas noites de brincadeira. E como uma criança de sentido na vida, todas as noites ela punha as estrelas, os satélites, os cometas, asteróides, corpos cadentes, pulsares e quasares para animada conversa.

A criança entendia que todos deveriam nas noites se encontrar. Sem qualquer censura a quem quer que fosse. Sem dimensões, hierarquias ou primazias, apenas a reunião para que assim o céu surgisse em sua natureza dependente dos corpos reunidos.

De vez em quando o sol queria mediar alguma coisa, dizer que ele era o principal, pois ocupava com seu brilho metade do tempo. Mas a criança dizia-lhe: o tempo é matéria de todos os corpos celestes. Não adiantava o sol querer censurar, se vingar com seus raios candentes, se aborrecer com os outros astros, ele apenas o era em face dos demais.

Pois naquele céu da cidade a estrela mais amorosa, doce com estas luzes matutinas e vespertinas, canto das ladainhas com cheiro de vela iluminada, era uma necessidade inarredável. A estrelinha com algumas sombras enrugadas, uma cicatriz da eventualidade, não era imagem dos espelhos côncavos, era um astro mantenedor do céu da cidade.

Feito aquelas estrelas da constelação de câncer, que dizem do incontrolável em multiplicação, mas são tímidas e misteriosas, ligadas às tradições. Mesmo que lhe digam abismo, é o signo do sonho, da ternura, imaginação e da memória tenaz que fixa e idealiza as recordações, acontecimentos e sentimentos do passado para se proteger contra as incertezas do futuro. Sedutor e sensual. Com seus textos e figuras retiradas dos jardins do mundo.

E sempre lá as estrelas do Cruzeiro do Sul, no traço do caminho da via láctea, a rota que do litoral aponta para a origem. Como é para sul, se veste de outras possibilidades que não apenas as mesmas normas assim do modo costumeiro, o seu contrário que até se diz que norteia. Os astros constelares destes céus que se dizem luzes.

E o céu necessita dos pulsares que não cessam, mesmo quando despido de suas lagartixas ou das formas continentes do cotidiano. Os pulsares são tantos e dispersos no planisfério da praça que em cada canto vem a narrativa de um tipo da cidade, uma voz das correntezas franciscanas; mais adiante uma voz feminina em dupla com o outro gênero.

Quasares como sugestão do indecifrável, na fronteira do universo, quase a cabeça luminosa de toda uma galáxia. Cometas anunciando os velhos tempos, puxando uma cauda luminosa entre o medievo e a modernidade. Alguma estrela polar essencialmente traduzindo o espaço como uma forma determinada pela intensa luminosidade de tal astro. E são todos, a cidade sabe que nenhum pode ausentar-se sob pena que o céu não se mostre.

Mesmo o buraco negro é necessário como parte positiva de tamanha conjugação. Certo que a palavra fala em negativo, no sumidouro de todas as partículas, mas também de uma força que tende a resolver tudo por origem. Aquele antes em que o horizonte de tantos eventos nem promessa seria. Apenas o irrealizado.

A cidade sabe a importância do céu, sem ele jamais chegaria à vida adulta.

José do Vale Pinheiro Feitosa

Tchau !



01/07/2009 - 12h02
Papa aceita renúncia de bispo de PE que excomungou envolvidos em aborto

Na Cidade do Vaticano


O papa Bento 16 aceitou, um ano depois de apresentada, a renúncia do arcebispo brasileiro que, em março, protagonizou um escândalo internacional ao excomungar os envolvidos no aborto praticado em uma menina de nove anos que havia sido violentada sexualmente pelo padrasto. Hoje, o Vaticano anunciou que o monsenhor José Cardoso Sobrinho, arcebispo de Olinda e Recife, teve a renúncia aceita, mas não fez alusão ao escândalo. Para o lugar de Cardoso Sobrinho, Bento 16 nomeou o monsenhor Antonio Fernando Saburido, informou a Secretaria de Imprensa da Santa Sé.
A renúncia do arcebispo foi apresentada há um ano, meses antes do incidente, porque o prelado atingira o limite de idade estipulado pela lei canônica para o exercício da função. O arcebispo de Olinda e Recife se envolveu em um escândalo internacional no dia 5 de março, quando anunciou publicamente que o médico que realizou o aborto e a mãe da menina vítima de estupro estavam sumariamente excomungados. A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), o L'Osservatore Romano, jornal oficial do Vaticano, e o presidente de La Pontifícia Academia da Vida, monsenhor Rino Fisichella, distanciaram-se da decisão do arcebispo. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva censurou o prelado pela medida. No entanto, o arcebispo rechaçou as críticas e alegou ter aplicado a lei e a verdade da Igreja Católica.

Concurso para Professores da Rede Estadual do Ceara


Já está no site da SEDUC, o edital do concurso para professor efetivo da rede estadual do Ceará.Esta é mais uma oprtunidade para que todos os professores de contrato temporário, possam realmente fazer parte do grupo ocupacional do magistério( quadro efetivo).
Acessem o site: www.seduc.ce.gov.br e sucesso para todos os grandes profissionais que se encontram lotados nas escolas, como temporários, e que vem contribuindo para a melhoria do ensino público.

Vem aí... Quatro Estações

Em breve, os cratenses terão mais uma opção no que se refere a uma boa comida e um bom ambiente para um bate -papo entre amigos. Em breve será inaugurado o restaurante Quatro Estações, gerenciado pela micro-empresária Maria Pia, filha de Dr. Paulo Cartaxo e Neide Barreto. O referido restaurante está localizado à Rua Carolina Sucupira, vizinho ao HEMOCE.

Aguardem !!!

AUTOR DA VIDA (TEXTOS E FIGURAS RETIRADOS DA INTERNET)












Publicidade - Mercadinho Matos - Ofertas da Semana


O Mercadinho Matos ( Org. Adiê e Aluísio ) firmou-se na cidade como um dos melhores locais para os Cratenses fazerem as suas compras. Bons preços, excelente atendimento, e variedade. Produtos sempre novos, longe do praço de vencimento. Tudo em: Cereais, enlatados, perfumaria, biscoitos, bebidas e frios em geral. MERCADINHO MATOS - O Prazer de comprar bem pelo melhor preço da cidade, com entrega em Domicílio. Rua Dr. João Pessoa, 73 - Fone (88) 3521-3893 - Crato - CE.

roda


OFERTAS DA SEMANA:
=============================================

Açúcar Cristal - 1Kg-----------------------------R$ 1,35
Biscoito recheado Estrela------------------------R$ 0,85
Creme Dental Colgate 90g-----------------------R$ 1,25
Absorvente Qualy com Abas pac 3/unid -------- R$ 3,20
Café 3 de Ouros - 250g ------------------------ R$1,99
Biscoito Cream Cracker Fortaleza ---------------R$ 1,75
Sardinha Coqueiro ------------------------------R$ 1,99
Creme Dental "Contente" --- 90g--------------- R$ 1,09
Flocão Dona Clara -------------------------------R$ 0,99
Macarrao Imperador Fortaleza ----------------- R$ 1,29
Waffer Estrela ----------------------------------R$ 0,99

=============================================

Trabalhadores fazem Grito da Terra - Por: Antonio Vicelmo

PRODUÇÃO ORGÂNICA

Clique para Ampliar

Agricultores participam do 1º Grito da Terra dos Trabalhadores Orgânicos e Ecológicos (Foto: Antônio Vicelmo)

Crato. Agricultores do Cariri participaram, ontem, do 1º Grito da Terra dos Trabalhadores Orgânicos e Ecológicos da região. A manifestação teve como objetivo chamar a atenção das autoridades em defesa do meio ambiente e a prática de uma produção agrícola saudável. Na oportunidade, foi entregue uma lista de reivindicações ao prefeito Samuel Araripe, solicitando o envolvimento da Secretaria de Agricultura no município no fortalecimento da agricultura orgânica.

Os ambientalistas da zona rural do Cariri defendem a criação do programa Bolsa Família Ecológica, em parceria com os Ministérios do Desenvolvimento Agrário, Meio Ambiente, Integração Nacional e Assistência Social. O prefeito Samuel Araripe garantiu que a Prefeitura está empenhada para atender as solicitações dos trabalhadores no que compete ao município como reconstrução de estradas, ampliação de escolas e apoio logístico.

Os manifestantes pedem a disponibilização de recursos para o seguro agrícola, incentivo a comercialização de feiras mensais por microrregiões e uma feira semestral regional e mais espaço na Ceasa para os produtos orgânicos. No leque de reivindicações, estão incluídos mais linha de crédito e acesso a terra.

Preferência

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais Orgânicos e Ecológicos, Expedito Guedes, afirmou que “apesar da importância que representa este modelo agrícola, defendido pelos produtores orgânicos, para regeneração do solo, infelizmente, a maioria dos agricultores e consumidores prefere o plantio e consumo dos produtos cultivados com agrotóxicos”.

Expedito reclama também da falta de apoio. O documento que será entregue à autoridades sugere mais assistência médica e educacional com a construção de postos de saúde e mais escolas na zona rural.

No Cariri, já existe uma experiência neste sentido. A pequena produção de produtos orgânicos está sendo comercializada nas feiras semanais de Crato e Ponta da Serra. Em Nova Olinda, está sendo desenvolvido um projeto de agrofloresta, um sistema agrícola tradicional que integra a agricultura, a floresta e o ser humano.

De acordo com o projeto, as plantas agrícolas convivem com as florestais num caminho rumo à complexidade, com qualidade e quantidade de vida consolidada com todas as inter-relações possíveis. A agrofloresta, segundo Expedito Guedes, é uma tentativa de harmonizar as atividades da agricultura com os processos naturais da vida existentes em cada lugar em que se atua. “Representa grande potencial para as regiões tropicais, naturalmente ricas em biodiversidade, por proteger os solos das intensas chuvas e da insolação direta”, desataca o sindicalista.

Sem agrotóxico

O produto orgânico é cultivado sem o uso de adubos químicos ou agrotóxicos. É um produto limpo, saudável, que provém de um sistema de cultivo que observa as leis da natureza e todo o manejo agrícola está baseado no respeito ao meio ambiente e na preservação dos recursos naturais.

O solo é à base do trabalho orgânico. O grande valor da horticultura orgânica é promover permanentemente o melhoramento do solo. O solo será sua fonte de nutrição.

Mais informações:
Sindicato dos Trabalhadores Rurais Orgânicos e Ecológicos do Cariri
(88) 3521.6317/ (88) 9255.5335

Reportagem: Antonio Vicelmo
Repórter do Jornal Diário do Nordeste
Colaborador do Blog do Crato e Jornal Chapada do Araripe


Notícias da URCA - Universidade Regional do Cariri - 01-07-2009


Processo Seletivo da URCA tem início hoje, para quase 5.500 inscritos


A Universidade Regional do Cariri (URCA) inicia hoje o Processo Seletivo 2009.2, com a participação de 5.465 concorrentes a vagas em 15 cursos da Instituição. O trabalho de coordenação está a cargo da Comissão Executiva do Vestibular (CEV). Até ontem estavam sendo entregues os cartões de inscrição nos locais onde serão realizadas as primeiras provas do Vestibular. Estão sendo aplicadas às 8 horas de hoje as provas de Física, Química e Geografia. Os estudantes devem estar nos locais de realização dos testes uma hora antes da entrega do material. O curso com a maior concorrência por é o de Direito, turno noite, com 14,25 inscritos por vaga. Em segundo lugar, Enfermagem, com 12,40 concorrentes.

A URCA entrou em recesso desde a última segunda-feira, para que os locais de provas fossem organizados, com exceção do setor administrativo. Durante este vestibular, somente os cursos de Física e Ciências Sociais ficam de fora, por terem seleções apenas anualmente. Segundo o presidente da CEV, Ricardo Bacurau, houve uma significativa adesão de interessados pelos cursos da instituição. A segurança em todos os locais de aplicação das provas foi providenciada. Ontem, os portões da Universidade foram fechados para finalização dos trabalhos de organização. Somente no município de Iguatu são quase mil inscritos para os cursos de Direito, Enfermagem, Educação Física e Ciências Econômicas. Para o segundo semestre letivo de 2009, a URCA oferecerá 1.070 vagas, distribuídas por campus de funcionamento, cursos e turnos.

O Processo Seletivo será executado em uma única etapa, nos dias 01, 02 e 03 de julho de 2009, compreendendo três conjuntos de provas objetivas e uma de Redação que abrangerão as matérias e disciplinas do Núcleo Comum Obrigatório do Ensino Médio. As provas serão aplicadas nos municípios de Campos Sales, Crato, Barbalha, Brejo Santo, Iguatu e Juazeiro do Norte.

ONGAMI encerra atividades do semestre em trabalho parceiro com a URCA

A Organização Não Governamental da Melhor Idade - ONGAMI, de Juazeiro do Norte, realizou solenidade de encerramento das atividades do semestre, trabalho desenvolvido em parceria com a Universidade Regional do Cariri (URCA), nas instalações da Instituição, no Campus do Pirajá. Várias atividades de capacitação vêm sendo realizadas junto à entidade, por meio dos cursos de Direito, Enfermagem e Educação Física, através da Pró-reitoria de Extensão - Proex. As instalações da ONGAMI foram cedidas pela Universidade, no início do ano. No encerramento das atividades, na manhã de ontem, estiveram presentes a Pró-Reitora de Extensão da URCA, Professor Arlene Pessoa, a coordenadora das atividades com os estudantes de Direito e a ONGAMI, Ana Elisa Linhares, e o professor Hermano Sousa, da Proex, além da representante do curso de Enfermagem, Arlete Sá Barreto, representante do prefeito de Juazeiro, Manoel Santana, e da Secretaria de Cultura. Na ocasião, o presidente da ONGAMI, Juracy Barbosa, fez um balanço das atividades do semestre e ressaltou ações a serem desenvolvidas a partir de agosto deste ano, com o retorno das atividades.

Curso do software Mata Nativa 2

Encontram-se abertas as inscrições para o curso Software Mata Nativa 2, que podem ser realizadas até o dia 03 de julho de 2009, em horário comercial, no Herbário da URCA. O valor da inscrição é de R$ 250,00. O curso será realizado de 06 a 07 de julho, nas dependências do laboratório de informática, tendo como ministrante a Professora Ana Angélica de Freitas de Lima Allen (UFV). Maiores informações: Proex – (88) 3102.1200.

Fonte: Assessoria de Comunicação da URCA - Universidade Regional do Cariri

Crato: Hospital privado está em crise - Por: Elizângela Santos


SAÚDE NO CARIRI

Clique para Ampliar

No Hospital Manuel de Abreu, no Crato, há anos funciona com várias necessidades. Há UTI do hospital, com apenas cinco leitos, deixou de funcionar (Foto: Elizângela Santos)

O diretor administrativo do hospital, José Cavalcante, diz que há uma perspectiva remota de fechamento

Crato. O Hospital Manuel de Abreu, neste município, não irá fechar. Pelo menos é o que garante o diretor administrativo do centro de saúde José Oliveira Cavalcante. O médico é um dos sócios-proprietários do hospital, que funciona há mais de três décadas no município. Ele admite que a crise no setor existe e diz que o hospital necessita de uma ajuda do município. Ele afirma que, há alguns meses, procurou o prefeito Samuel Araripe, que se mostrou sensível à situação, mas, ao mesmo tempo, o médico ressalta que o equipamento é particular e não existe obrigação do município fazer investimentos. Para ele, há uma perspectiva remota de finalizas as atividades, mas em nenhum momento foi repassada à sociedade que o hospital iria fechar as portas.

Ele afirma que o valor financeiro do Sistema Único de Saúde (SUS), antes repassado para o Hospital São Miguel, atualmente sem o credenciamento do sistema, poderia ser uma alternativa para ampliação dos atendimentos no Manuel de Abreu. “O nosso hospital atende uma grande demanda. Tem uma procura constante de internamentos”, diz o médico.

Estão disponíveis no hospital 50 leitos, mas comporta 120 leitos. Semana passada, eram 40 pessoas internadas. Há uma rotatividade constante de pacientes, conforme o médico. Mesmo com uma grande estrutura, o hospital demonstra precariedade, por não ter condições de realizar maiores investimentos. Há cerca de cinco anos, a UTI existente no local deixou de funcionar. No local são apenas cinco leitos, o que hoje não chega para atender as exigências para o funcionamento. Praticamente não são feitos cirurgias ou tratamentos de alta complexidade. A disponibilidade do local é voltada para serviços como clínica médica, cardiológica, fisioterapia e tratamento ambulatorial, além das internações.

Continuidade

Uma das razões expostas para a continuidade dos serviços, já que o Hospital está num dos bairros mais populosos do Crato, o Seminário, é por ser administrado por médicos. Os plantões são feitos pelos donos, conforme o diretor administrativo, já que há dificuldade de pagar outros profissionais. Ele afirma que assumiu a direção administrativa do hospital em dezembro de 2007 e estava pior do que se encontra atualmente. “Se fôssemos fechar hoje o hospital, gastaríamos bem mais do que as despesas que estamos tendo, com questões burocráticas e tributárias”, explica ele.

O Manuel de Abreu recebe pacientes de outros municípios. Os custos para um plantão 24 horas estão em torno de R$ 800. “Não temos como pagar plantonista. Uma das alternativas que encontramos foi manter os sócios no quadro, e vamos segurar até onde pudermos”, diz o diretor administrativo. Além dos médicos proprietários, existem outros contratados e pelo menos 40 funcionários. De acordo com o médico, essa é a realidade atual, mas que poderá melhorar caso haja o repasse de cotas que desse para o atendimento de pelo menos 200 pacientes por mês.

A reportagem do Diário do Nordeste tentou entrar em contato com a secretária de Saúde do município do Crato, Nizete Tavares, tanto na Secretaria quanto por telefone. Segundo a assessoria da pasta, ela se encontrava em reunião com o prefeito Samuel Araripe, durante a manhã de ontem.

Mais informações:

Hospital Manuel de Abreu
Avenida Joaquim Pinheiro Bezerra de Meneses, S/N, Seminário, Crato
(88) 3523.1377


Elizângela Santos
Repórter do Diário do Nordeste
Colaboradora do Jornal Chapada do Araripe


O "Giro-da-Roda" (IV) - Por: José Nilton Mariano Saraiva

Por terra, o percurso Crato a Fortaleza normalmente é feito de “ônibus” (coletivo) ou “carro” (particular), por grande parte da população; já pelo ar, se você dispõe de um pouco mais de grana e pretende refazer a mitológica “viagem ao mundo em 80 dias” (em suas merecidas férias), irá utilizar essa maravilha da vida moderna, o “avião” (mesmo sujeito às “turbulências” da vida e a um indesejado mergulho no oceano); já no interior de pequenas fábricas de periferia ou nas grandes indústrias existentes nos mais variados rincões desse Brasilzão fabuloso (competentemente administrador por um “trabalhador” igual ao mais humilde mortal-comum, ou seja, aquele que não possui graduação superior), as “máquinas” não param de incessantemente girar, produzindo riquezas; enquanto isso, na nossa colossal usina hidroelétrica de Itaipu, suas gigantescas “turbinas” freneticamente movem-se, diuturnamente, na produção da tão necessária energia para suprir essas mesmas fábricas; enquanto isso, se você vai ao mercadinho da esquina (e após o sufoco de uma fila que teima em não andar), terá que usar o prosaico “carrinho” para transportar sua feira, do caixa até o carro, no estacionamento.
O que uma coisa tem a ver com a outra ???
Não é necessário que sejamos nenhum observador detalhista para constatar que o que há em comum no carro, ônibus, avião, máquinas, turbinas e o carrinho do mercadinho é um utensílio banal, simplório até, que ninguém dá muita importância (talvez por sua longevidade), já que inventado há milhares e milhares de ano (na verdade, desde a era primitiva): referimo-nos à cafona (nunca mudou de forma) e prosaica “RODA”.
Queiramos ou não, a “roda” é um dos maiores inventos da humanidade, se não o maior deles, simplesmente porque imprescindível em qualquer atividade humana (você já observou como o sábio pescador põe sua jangada ao mar, deslizando-a sobre “toras” de madeira que rolam ??? ou que o “danado” do computador (capaz de nos apresentar cálculos trigonométricos num átimo de segundo), só funciona porque em seu interior minúsculas rodas, rolamentos ou roldonas movimentam sua complicada engrenagem ???). Portanto, há que se propiciar as condições necessárias para que a rode gire.
Na Economia, a “coisa” também funciona assim; o “giro-da-roda” é sinal de avanço, progresso, desenvolvimento; e, se você não oferece condição para que a roda gire, já era, babau, até nunca mais !!!
A condição para que a rode gire sem que sofra qualquer solução de continuidade se nos apresenta sob duas facetas: a pública e a privada. Na pública, a opção política de um governo em investir pesado em uma determinada localidade é condição “sine qua non” ao seu deslanche rumo ao avanço, ao progresso, ao desenvolvimento; é o que aconteceu no nosso Ceará, quando o mandatário estadual de plantão (Tasso Jereissati, no primeiro governo ???) determinou que Sobral, ao norte, e Juazeiro, ao sul, seriam os receptores preferenciais das benesses governamentais (os critérios utilizados em tal escolha são desconhecidos); na esteira de tal decisão, posteriormente, dada a infra-estrutura construída pelo Estado, o Governo Federal seguiu a mesma rota, centrando suas ações e suas representações naquelas cidades.
Em termos de iniciativa privada, desde a elaboração de um certo e crucial documento intitulado “projeto”, todos sabemos que o objetivo maior é o lucro, daí a tendência de “minimização dos custos”, de par com a “maximização das receitas”; para redução dos custos, entra em cena o fator (ou agente) político: uma bancada legislativa forte e representativa (estadual e federal), trabalhando em uníssono, servirá e funcionará como “isca” (via conchavos políticos ou tráfico de influência), para atrair a bendita “presa” (empreendimentos de médio e grande porte), enquanto o poder municipal encarregar-se-á de, devidamente maquiado, complementar o processo de “sedução”, oferecendo toda espécie de facilidade: doação do terreno, renúncia tributária por um determinado período, dação de alguns insumos complementares e por aí vai (quando a roda se pôr a girar, os dividendos gerados cobrirão tais renúncias, via empregos, pagamentos de tributos, aproveitamento de matérias primas regionais, etc).
Especificamente em relação ao Crato, a partir de um certo momento da história (primeiro governo Tasso Jereissati ???) fomos abandonados e relegados a segundo ou terceiro plano pelo Governo Estadual (sem que houvesse qualquer cobrança do “porque” de tal decisão, por parte das autoridades constituídas do município), enquanto sua população, irresponsavelmente, parece nunca ter-se preocupado da importância em eleger gente “da terra, genuína” para representar a cidade nas casas legislativa estadual e federal (é só observar a incrível “dispersão” ou “pulverização” de votos em tais eleições); além do que, o candidato do governo sempre leva, fácil, fácil. Deu no que deu...
No tocante à escolha de um chefe do executivo municipal comprometido e dotado do imprescindível “espírito público”, basta citar duas “historinhas” veiculadas na cidade: 1) eleito, um determinado candidato teria (vejam que, a partir daqui, o tempo do verbo está no “condicional”) sido procurado por representante de uma instituição de ensino superior (IES) que pretendia instalar-se no município; a contrapartida da prefeitura seria apenas e tão somente a doação do terreno respectivo; pois bem, tal proposta não teria (olha o verbo aí de novo) sido aceita, porque a “educação não é importante” (em compensação, essa mesma figura teria vendido - superfaturado, é claro - um terreno de propriedade da família, encravado no meio do mato, à prefeitura, a fim de construir o sonhado hotel municipal, até hoje inexistente); 2) um outro escolhido pelo povo, teria negociado um terreno dele (pessoa física) para a prefeitura (via prefeito ou ele próprio), evidentemente que também superfaturado, para que fosse construído ali um revolucionário shopping center; hoje, silenciosas, abandonadas, desnudas e carcomidas pela voragem do tempo, as fundações de tal shopping se nos apresentam como testemunha silente e envergonhada de tal descalabro.
E assim, enquanto Juazeiro cresceu economicamente e expandiu-se territorialmente à sombra de um “falso milagre” (exploração desumana dos romeiros) tonificando-se pelo componente político de uma decisão (desonesta) do governo estadual (o “desvio” do campus da UFC, do Crato para Juazeiro, nos dias atuais, é emblemático de como a coisa funciona de há muito) perdemos o bonde da história em razão da inconcebível irresponsabilidade do nosso povo ao colocar, no “trono” municipal, pessoas partidárias e atuantes do “bloco do eu sozinho”, comprovadamente despreocupadas com a "coisa pública".
Chegamos ao “fundo do poço” ??? Ou ainda tem jeito ???
Tentaremos elaborar algo a respeito (se nos deixarem), numa próxima postagem.
Autoria e postagem: José Nilton Mariano Saraiva


Joe Jackson na perspectiva da exploração social e econômica - por José do Vale Pinheiro Feitosa

Imagino que seja do conhecimento geral a cruel exploração que a indústria da diversão faz dos artistas. Por isso é tão fácil aplicar o decalque do urubu de carniça na figura de Joe Jackson. Seu olhar castanho, seu rosto de velhice, seu corpanzil de “explorador”. Joe se adapta ao figurino, inclusive no tom aproveitador quando anuncia a fundação de uma nova gravadora diante da comoção pela morte do filho Michael Jackson.

Esta personalização é antes de tudo uma apreensão defeituosa e alienada da realidade, pois não se presta para a crítica ao verdadeiro processo em que a exploração e o horror de montanha russa que deseja uma emoção nova a cada minuto. Quando tantos vêm na figura de Joe Jackson um misto de promotor que inventou o Jackson Five com a exploração dos filhos até o limite da tortura física e psicológica, certamente enxerga como a indústria do show business funciona.

Se a crítica a Joe Jackson se resumir ao seu papel de pai perverso e não colocar esta perversidade na perspectiva de um modelo de exploração econômica que tem por base o vencedor e o derrotado, tudo permanece no mesmo charco da impossibilidade. A imanência da alienação da realidade no concurso da vida cotidiana não é, no entanto, uma mera elaboração individual. Parece uma repetição e o é, mas a verdade é que existe uma dinâmica de formação de mentalidade, de percepção da realidade, que aliena as pessoas em massa e esta é dirigida por uma ideologia que tem por mote o pessimismo e a manutenção das coisas como estão por absoluta possibilidade de ser diferente.

A alienação dirigida, desejada, continua sendo um grande veículo do sistema de ensino, da mídia corporativa, das religiões e da cultura de um modo geral. Por isso sempre se clamou por uma pedagogia que retomasse a consciência da realidade; que permitisse a crítica do processo social e econômico; que elaborasse a liberdade como apreensão de que outro mundo é possível: sem destruição das pessoas, sem miséria, estimulante da diversidade como forma de construção de possibilidades humanas, um mundo mais humano e menos mecanicista de uma economicidade de acumulação.

Atualmente dois discursos existem para manter as coisas como estão, um discurso pessimista e alienante que tem por base a ira contra a utopia e o apego à crítica dos regimes que tentaram e geraram enormes problemas como o comunismo na União Soviética e na China. O pessimismo não é um discurso novo, o niilismo inclusive se encontra na raiz filosófica do Nazifascismo. Já o apego à crítica aos regimes comunistas que caíram ou foram reformulados nas duas nações continentais, é a novidade que desvia o principal de uma realidade que precisa se transformar ou uma espécie de senha: não adianta mesmo, tentaram e só deu problema.

José do Vale Pinheiro Feitosa

OS MUTANTES (TEXTOS E FIGURAS RETIRADOS DA INTERNET)








No ar, comunidade literária que vai dar o que falar e o que escrever


Inaugurado neste mês, o site www.saladeleitura.com.br é uma comunidade literária colaborativa, com a participação interativa de escritores (amadores e profissionais) de diversos gêneros.
Desenvolvido por um grupo de amantes da literatura, o site abre espaço para os usuários postarem seus próprios textos, promoverem debates, divulgarem eventos, saraus, cursos, palestras, seminários, conferências, lançamentos de livros e tudo o que acontece de mais importante no mundo literário.
Na Sala de Leitura, o autor com obra publicada tem também a oportunidade de se relacionar diretamente com os seus leitores. E para navegar livremente, o interessado deve cadastrar-se para fazer comentários, trocar opiniões construtivas e indicar novos amigos, ampliando a rede de relacionamento. Com um conceito diferenciado dos demais sites literários, o www.saladeleitura.com.br se destaca pelo dinamismo, interatividade e abrangência do seu conteúdo.

Envie este e-mail para seus amigos, e colabore incentivando a cultura brasileira.

Nova edição do Jornal "ACONTECE" já está circulando


Para todo o público do Cariri, do Ceará e do Brasil, saiu a nova edição do Jornal ACONTECE, um jornal produzido no Crato, pelo nosso prezado amigo Antonio Rodrigues Peixoto.

Embora não tenhamos tido acesso ainda a uma imagem em JPG da última capa, aqui seguem algumas das principais manchetes:

- Crato - 245 de História
- A Lei seca mostra-se eficaz já em seu primeiro aniversário
- Sobre a Região Metropolitana do Cariri
- Entrevista com Geraldo Pinheiro, presidente da CDL sobre ExpoCrato
- Comidas típicas da festa Junina

Nas Bancas e gazeteiros...

Áurea - Por: João Mendes Filho


O Crato que habita em mim, sua áurea e precursores da mídia escrita e falada que contribuíram para os escritores de hoje.

Esta semana tive o prazer de encontrar um artigo na Revista da Cultura, publicação da Livraria Cultura, edição de Junho de 2009, instalada em Recife no Bairro do Recife Antigo, espécie de reduto para cultivadores da leitura, artigo de título: Morte (em vida) Sertaneja, onde neste é citado a inspiração do médico e dramaturgo Ronaldo Brito, nascido em Saboeiro, tendo se mudado para o Crato aos cinco anos de vida aonde permaneceu até aos dezessete.

Bastante interessantes e ricas as citações sobre a cultura cratense na década de 1960, sua áurea cosmopolita, sua diversificação cultural, onde a relação com o exterior passava pelas ondas das Rádios Educadora e Araripe e a exibição dos filmes pelos cinemas Educadora, Moderno e Cassino, sendo comparada pelo dramaturgo acima à província italiano de Rimini, cidade natal de Frederico Fellini.

De fato, como não se alimentar da cultura reinante em nosso município nas décadas de 1960/1970, onde tínhamos o privilégio de conviver com ícones da cultural nacional, como o poeta Patativa do Assaré, Mestre Luiz Gonzaga, ouvir crônicas do escritor J. de Figueiredo Filho, lidas ao meio dia pelo locutor Vicelmo, assistir apresentação de maneiro pau, reisado, aboio dos vaqueiros durante a exposição, assistir as vaquejadas, curtir o frio do mês de Julho, tomar banho de chuva nas bicas das casas, também de água corrente na nascente, desfrutando ainda como menor, de imagens das ninfetas de vida fácil que para lá eram conduzidas para também usufruírem das belezas do Crato e com suas vestes íntimas transparentes fazerem a garotada sonhar. Como era gostoso acordar sob os acordes dos pássaros e poesias declamadas pelo mestre Eloi Teles. Viver com a constante imagem da chapada do Araripe.

Acredito que estes ingrediente, catalisados pelo instinto de sobrevivência dos pobre de posses e ricos de sonhos, onde a salvação é a educação e cultura, tendo também a participação fundamental de bons professores que lecionavam mesmo em escolas públicas como Colégio Estadual Wilson Gonçalves, fazem a diferença dos profissionais filhos naturais ou adotivos desta terra chamada Crato e não se esquecem de bem falarem da mesma, gerando sempre ótimos artigos.

A tradição do Crato continua, pois que beleza esta Rádio Chapado do Araripe, que beleza este Blog do Crato, ricos na coletânea de músicas que parece habitarem no nosso âmago e este vastíssimo time de escritores que com certeza beberam da fonte CRATO.

Por: João MENDES Filho


Edições Anteriores:

Novembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30