xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 20/06/2009 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Em breve, estaremos de volta com as novas transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, alguns programas ao vivo ). O modelo será mais ou menos como no vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos em que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

20 junho 2009

Cidade do Crato - Crônica para o Dia do Município - Roberto Jamacaru

Ladeira do Seminário

Acima: Crato visto da ladeira da Cel. Luiz Teixeira

"Eu vou pro Crato, vou matar minha saudade..."

Em princípio do século XVIII, os Frades Capuchinhos, sob a liderança do Frei Carlos Maria Ferrara, fundaram, no sul do Ceará, a Missão do Miranda que deu origem à cidade de Crato. Os índios Cariris, que deram o nome à região – CARIRI - onde está situado o município de Crato, presume-se ser os seus primeiros habitantes. Dado à lucratividade financeira nas épocas dos ciclos do couro e, posteriormente, na da cana-de-açúcar, esses fatos foram decisivos para que o Crato passasse a liderar todo o território compreendido pelos atuais municípios de Barbalha, Jardim, Missão Velha, Caririaçu, Juazeiro do Norte, Farias Brito, Santana do Cariri e Milagres. Foi, também, fator co-responsável para o surgimento da aristocracia no seio de sua sociedade.

Consumada sua liderança na região, a província do Crato, em 1817, tendo à frente a família da heroína Bárbara de Alencar, fez parte da história nacional ao ser um dos berços do movimento pró-república. Em 1824, o Crato voltaria à cena ao liderar, no Ceará, a Confederação do Equador.
Geograficamente falando, o município de Crato fica situado na Região Metropolitana do Cariri, sul do estado do Ceará, mais precisamente ao sopé da Chapada do Araripe, a uma distância média, e estratégica, de 600 km das principais capitais do Nordeste. Seus dados: área de 1.009,20 Km2, altitude de 422m, precipitação pluviométrica média anual 1.100 mm; clima em torno dos 27º e população, em 2009, de 120 mil habitantes.

História e Geografia à parte, o Crato, terra natal do Pe. Cícero caracteriza-se e evidencia-se pela diversidade, riqueza e beleza da fauna e da flora da Chapada do Araripe. Evidencia-se também pelo número elevado de Universidades, pela originalidade da sua tradição cultural e artística; pelo aspecto da segurança, pela pujança da economia, pela qualidade de vida e alegria de seu povo, pelo clima ameno... Por mais, muito mais: pela fé na padroeira N S da Penha, pelas opções de lazer e infra-estrutura hoteleira (no mínimo sete clubes sociais e quatro bons hotéis); pelo baião-de-dois com pequi, pelo bom humor de seus patrícios... Tudo isso, junto, tem colocado o Crato em destaque no ranking dos principais municípios do Nordeste brasileiro.
Matando a cobra e mostrando o pau: confirme tudo visitando-nos a qualquer dia, principalmente no mês de julho, durante o período da EXPOCRATO. Você verá que, na base da boa gastronomia, da diversidade de atrações, do calor humano, do folclore, da galhardia e da alegria de seu povo, tudo será autoexplicativo!

Nos versos da música de Luiz Gonzaga está cifrado:
“Eu vou pro Crato, já não fico mais aqui, Cratinho de açúcar coração do Cariri!”.

No hino da cidade está versejado:
“Quem já te viu... Oh! Não te esquece mais!”.

Correinha cantou:
“Venha ver as belezas do Crato, venha ver, tudo é natural!”.

Na base da estátua do Cristo redentor, localizada no coração da cidade, está grafado:

Sede bem-vindo!
Nesta terra há lugar para todas as pessoas de boa vontade!

Por: Roberto Jamacaru de Aquino
Foto: Dihelson Mendonça

Hoje, Domingo, 21 de Junho - Encerramento da Semana do Município de CRATO

Esta notícia é postada de forma antecipada.
Gostaria de convidar todos os Cratenses para se fazerem presentes no ato de encerramento da semana do município que transcorre Domingo ( hoje ), às 08:00 na Praça da Sé.

Programação:

21 de Junho - Domingo



08:00 - Praça da Sé


- Concentração Cívica
- Hasteamento de bandeiras
- Execução dos Hinos
- Pronunciamentos
- Deslocamento para o Palanque
- Desfile Cívico Militar
- Desfile dos Colégios
- Demonstração do Corpo de Bombeiros
- Prova Ciclística 21 de Junho

16:00 - Jogo de Futebol ( final da copa 21 de Junho )

17:00 - Missa de Ação de Graças - Sé Catedral

Assessoria de Imprensa
Prefeitura Municipal do Crato

Preito e gratidão a Lourival Luciano Filho

Ao final desta tarde fui surpreendido com a infausta notícia do falecimento do professor e psícologo Lourival Luciano Filho, antes de tudo um colega, companheiro e amigo.

Trabalhei e convivi com Lourival por quase duas décadas, principalmente na Comissão Executiva do Vestibular – CEV da URCA. Boas lembranças tenho deste convívio, pautado por uma postura séria, competente e ética.

Depois, quando assumi a árdua função de presidente da CEV, sempre contei com a colaboração prestimosa e eficiente do professor Lourival.

Só tenho que agradecê-lo por tudo isso e desejar à família enlutada, o conforto que só a fé é dispensadora.

Muitos querem ser Colunistas, mas quem quer ser REPÓRTER ?

Algum Repórter Bom na Área ?

Depois que eu lancei aqui no Blog do Crato um convite de colunistas, cronistas e repórteres para o novo JORNAL CHAPADA DO ARARIPE, em meu e-mail surgiram inúmeros candidatos... A colunistas... Muita gente quer escrever para um jornal, quer ter sua própria coluna, expressar seu pensamento, etc...

Só que:

1 - A linguagem dos Blogs é bem diferente de um Jornal. Com a queda da necessidade de um diploma para o Jornalista, em tese, qualquer um poderia ser jornalista. Mas...e a Qualidade / Que falta faz uma escola de Jornalismo! Com a falta de uma academia, o mercado poderá absorver profissionais apenas pela competência. Até aí, tudo bem, vale a lei da qualidade. Mas o fato é que, quem escreve para um Blog, pode não se adaptar à linguagem de um Jornal, a não ser que o conheça bem. O blog, é uma coisa mais livre, mais aberta, existe um caráter de pessoalidade nos escritos... Jornal trabalha essencialmente com NOTÍCIAS. No meu entendimento, e de muitos, notícias possuem formatos. Os jornalistas profissionais são as pessoas mais aptas a redigir uma notícia, principalmente os grandes jornalistas. Uma notícia escrita em linguagem jornalística é muito diferente de um Blog. No Jornal, deve pesar a imparcialidade, não deve haver qualquer intromissão da pessoa que relata um fato com a interpretação do fato, por mais que aquele que escreve, discorde do conteúdo da matéria. Nos Blogs isso seria aceitável. No jornal, é imperdoável. Pelo menos, a um jornal que se preza. Nada de opiniões pessoais, nem exteriorização de emoções banais.

Que diria de um editor de POLÍTICA ficar criticando a todo instante o partido ou posição que ele detesta ? Jornal é feito para relatar fatos como eles acontecem, não pela interpretação daquele que redige uma matéria. Vejam os grandes jornais, o tipo de linguagem empregada. Leiam por exemplo, o Jornal do Brasil, a Folha, verifiquem a redação... em alguns casos há uma clara tendência, mas via de regra, existe uma imparcialidade. Alguém aí conseguiria escrever bem sobre Política, por exemplo, deixando as paixões de lado ?

2 -Quando o assunto são crônicas, claro, aí podem ser exteriorizados os pontos de vista daquele que escreve, mas mesmo num jornal, é muito chato ler posicionamentos muito direcionados, como é chato para mim, por exemplo, ler as matérias do Reinaldo Azevedo na Revista VEJA. Mas em todo caso, Cronistas nós já temos muitos. Claro, que estamos sempre dispostos a publicar o trabalho BOM de quem quer que nos procure. Por isso, mãos à obra, enviem suas crônicas para nosso e-mail:

blogdocrato@hotmail.com

Mas encontrar notícias boas, principalemnte a nível regional, e ter quem as redija bem, continua sendo a principal dificuldade que eu enfrento atualmente. Obviamente, eu já disponho de inúmeros contatos para resolver essa questão, mas quero dizer que essa é a parte mais difícil, a fim de se fazer um Jornal de nível profissional. Mas estou à procura de bons REPÓRTERES e FOTÓGRAFOS para o nosso Jornal.

Boas reportagens sobre o Cariri continua sendo a nossa maior procura.

Abraços,

Dihelson Mendonça
Contatos: blogdocrato@hotmail.com

Leia Hoje no JORNAL CHAPADA DO ARARIPE - O Diário do Cariri


.
chapada 20-06-2009


Matérias de Hoje, 20 de Junho de 2009:

- Entrevista: Dr. Santana, Prefeito de Juazeiro do Norte
- Jornalismo - O Diploma não significa Qualidade !
- Secult realiza orientação para os Pontos de Cultura na Assembleia Legislativa do Ceará
- Exposição “Cariricaturas” na Urca, 17 à 19 de junho
- ANP investirá R$ 10 milhões em pesquisas na Bacia do Araripe
- “House” é a série mais assistida no Brasil e no mundo
- O Sermão da Lucidez - Por: Daniel Walker
- Iguatu: Agenor Neto concede entrevista ao Jornal A Praça de Iguatu
- Juazeiro: Saúde realizou mais uma entrega de órteses e próteses
- Juazeiro: Hospital infantil está sob intervenção - Elizângela Santos
- Encontro Nacional de Reitores de Santuários será realizado em Juazeiro.
- Lançada no CAIC a campanha de vacinação infantil em Juazeiro
- Caminhada “Iguatu pede Paz” reúne mais de 15 mil pessoas
- Filme brasileiro é premiado em Tóquio
- Nova fuga na cadeia pública de Iguatu
- Brasil tem 131 casos de gripe suína
- Gisele Bündchen está grávida, diz revista
- Prefeito de Barbalha assina termo de adesão ao programa “Minha casa,minha vida”
- Oficiais de justiça do Ceará decidem entrar em greve na quarta-feira
- Maria Roxa - Por: Carlos rafael Dias
- Aurora: Prefeito Adailton promove Governo Itinerante em Ingazeiras
- … Do Sertão - Aristélio Andrade - Por Edilma Rocha
- Governo e igrejas mantêm parceria para prevenção e combate às drogas
- A Dona da Luz - Por: João Marni de Figueiredo
- Ministério espera vacinar 14,7 milhões de crianças contra a poliomielite
- Mais de 90% dos municípios brasileiros não têm conselho para política antidrogas
- Reflexões para o fim de semana - Por: Alessandra Bandeira
- Exposição em Brasília reúne grafiteiros do Brasil e da França
- Prefeitura carioca interdita mais 10 casas de condomínio onde uma pedreira desabou
- Lula contesta ONGs e diz que medida provisória não estimulará grilagem de terras na Amazônia
- Secretário de Saúde do Rio está de quarentena com suspeita de estar com gripe suína
- O Crato e a Região Metropolitana do Cariri - Amadeu de Freitas
- Origens da rivalidade entre Crato e Juazeiro (II)
- O petróleo é nosso - por: Valton de Miranda Leitão
- Juazeiro: Saúde rastreia possíveis casos de câncer de boca
- A Verdade Estatística - Por: José Flávio Vieira
- Cinema: Notas do Mês - Por: Demétrius Silva

- O Diário do Cariri -

www.chapadadoararipe.com

Sorriso - Por: Carlos Rafael


Figuras típicas do Crato

Todas as cidades prezam e desprezam, com a mesma intensidade, seus loucos. É uma espécie de catarse, para as pessoas tidas como normais extravasarem a pressão que pode levá-las à loucura. No Crato, não é diferente. Ainda, hoje, apesar do rápido crescimento observado nos últimos anos, tanto do seu perímetro urbano quanto de sua população, é comum o triste espetáculo de malhação pública das pessoas tidas como exóticas, a exemplo dos bêbados, homossexuais e loucos. Sorriso era uma louca que só vivia sorrindo, perambulando maltrapilha pelas ruas, becos e avenidas.

Em tempos de moralismo extremado, o tabu da virgindade era muito forte. Havia um forte preconceito contra as garotas que não fossem virgens, o que, fatalmente, custaria um casamento dentro do padrão esperado. Para os garotos, só restava uma alternativa para aliviar a libido: fazer sexo com prostitutas. No entanto, essa via era problemática. Só os maiores de dezoito anos podiam frequentar os prostíbulos (aqui chamados de cabaré). Os comissários de menores, a quem chamávamos de “come-sapo”, eram implacáveis e, por isso, muito temidos. Ou seja, sexo com prostitutas nos cabarés era uma possibilidade muito difícil. Restavam duas opções: as empregadas domésticas ou as loucas. E dentre as loucas, Sorriso era a primeira opção.

Sorriso teve muitas gestações indesejadas e, por conseguinte, muitas crianças indesejadas, também.

Por isso, talvez, Sorriso vivia a embalar uma boneca de plástico, como que lhe substituindo os filhos, tomados para serem criados por famílias abastadas ou não.

Por: Carlos Rafael Dias

A quem souber responder... O mistério da Camisa de Listrinhas Azuis do Governo e Integrantes...

É Farda ?


Tenho notado desde décadas passadas ( e creio que muita gente também ), que muitas pessoas ligadas ao governo do Ceará, desde o tempo de Tasso Jereissatti à frente do Governo Estadual, adotou a camisa listrada, e de preferência azul. Listras finas. Na reunião ontem na Urca, diversas pessoas estavam com camisas de listrinhas azuis: Sineval Roque, Camilo Santana... É moda iniciada por Tasso Jereissatti, ou algum tipo de superstição ?

Dihelson Mendonça

O Enfático Haroldo Lima - Presidente da ANP - Ensaio Fotográfico

Ontem, por ocasião do encontro na URCA - Universidade Regional do Cariri, sobre o andamento da questões relativas à possibilidade da prospecção de petróleo do Cariri, eu pude fazer uma cobertura fotográfica com o emérito engenheiro Haroldo Lima, presidente da ANP. Dotado de pleno domínio sobre os assuntos da pauta, aliado a uma extrema habilidade com as palavras e à gesticulação, Haroldo Lima consegue convencer até os discordantes, e cativa a platéia. Por outro lado, as reações humanas ficam bastante evidentes quando as pessoas deixam-se guiar pela pura emoção. Isto é o que tento retratar aqui neste ensaio fotográfico.

Haroldo Lima: Não basta ser convincente. É preciso ser Enfático:


Image7


Image8


Image6


Fotos: Dihelson Mendonça
Todos os Direitos Reservados.

Tipos Populares do Crato (1)

Maria Roxa

Por Carlos Rafael Dias

A personagem deste artigo, que eu me lembre, não cheguei a conhecer pessoalmente. Mas, por outro lado, o seu nome era por demais conhecido no bairro onde vivi a minha infância. Ela morava, junto com uma grande família, entre parentes mais próximos e agregados, na Rua André Cartaxo. Eu morava na Rua Teodorico Teles, também conhecida como Rua da Cruz.

Maria Roxa, eu sabia, era piauiense e adepta da umbanda (ou candomblé), mas que, sob o forte preconceito e intolerância, bastante arraigados numa cidade de raízes católicas como o Crato, principalmente há trinta ou quarenta anos atrás, - era sinônimo de macumba, pura e simplesmente. Macumba era, ainda, sinônimo de magia negra, feitiço, pacto com forças ocultas e malignas. Portanto, Maria Roxa era conhecida, pejorativamente, como A Feiticeira. Dizia-se, inclusive, que o casarão onde ela residia, dispunha de um porão onde eram realizados os rituais da primitiva religião, heranças da etnia afro que para o Brasil foi transplantada na época da colonização lusitana, obrigada à prestação de trabalho escravo.

Ouvia todas essas histórias, com bastante interesse e tomada por aquela impressão própria da infância cheia de imaginação. Não sentia a repulsa que percebia existir nas pessoas adultas. A minha aguda curiosidade, ao contrário, atraia-me para aquela mulher diferente, difamada por preservar suas raízes negreiras (o apelido Maria Roxa era um sintoma da cor de sua pele) e aquele imenso e misterioso casarão, de primeiro andar e de um suposto porão. Contentou-me, pois, quando fui colega de escola de Cival, neto de Maria Roxa. Era a oportunidade de adentrar aquela dimensão desconhecida.

E a oportunidade se deu, quando Cival me chamou para ir até a sua casa. Para minha surpresa, além do tamanho desta (enorme, principalmente sob a perspectiva de uma criança que comumente superdimensiona as coisas), não havia nada de diferente por lá.

Resgatar, mesmo que sob a etérea perspectiva infantil, personagens marginalizadas por conta de um padrão diferente do comportamento dominante, é, da minha parte, uma maneira de fazer justiça, ainda que tardia.

ANP investirá R$ 10 milhões em pesquisas na Bacia do Araripe, no segundo semestre


O diretor geral da Agência Nacional de Petróleo (ANP), Haroldo Lima, anunciou, ontem, em Crato, investimentos de R$ 54 milhões em pesquisas preliminares, com análises de solo e estudos geoquímicos. A finalidade é detectar a presença de petróleo no estado, nas bacias do Ceará e Araripe. Inicialmente, a Bacia do Araripe terá investimentos da ordem de R$ 10 milhões em pesquisas. A licitação para a primeira etapa dos trabalhos acontecerá no segundo semestre deste ano, segundo o diretor. O diretor esteve participando, na Universidade Regional do Cariri (Urca), do debate sobre “Os Projetos de Desenvolvimento do Brasil – Energia e Petróleo no Cariri”, realizado por meio da Instituição. A solenidade contou com a presença de prefeitos da região, secretários e pesquisadores. Haroldo Lima esteve acompanhado do senador Inácio Arruda ( foto ) (PCdoB), que destacou a importância de avanços nos estudos da área na região, proporcionando uma integração com os pesquisadores e a possibilidade de se firmar convênios com a Urca. Um deles, por meio do Mestrado de Bioprospecção Molecular, para o desenvolvimento diversas pesquisas, a exemplo dos biocombustíveis. O evento foi aberto pelo reitor, Plácido Cidade Nuvens. Ele ressaltou a contribuição direcionada à pesquisa na região, independente de qualquer que sejam os resultados empreendidos. O que também possibilita articulação para o desenvolvimento de articulações nos âmbitos dos governos federal, estadual e municipal. As pesquisas serão realizadas em várias áreas da Bacia do Araripe, que envolvem também estados fronteiriços. Serão colhidas duas mil amostras para estudos, com interpretação e análise do material coletado.

Acima: Magnífico Reitor da URCA - Plácido Cidade Núvens

O diretor da ANP disse que a Urca vai se beneficiar muito com os trabalhos e a meta é que a instituição acompanhe os estudos e possa desenvolver disciplinas. O reitor ainda destacou que a Urca já vem desenvolvendo projetos no intuito de celebrar convênios e captar recursos necessários para pesquisas na região, cumprindo com isso o seu papel no avanço do conhecimento científico.

A geóloga da ANP, Lisa Marie Ribeiro, fez um apresentação das pesquisas que serão realizadas na região e não descartou a possibilidade de se encontrar gás ou petróleo na Bacia do Araripe. Segundo o professor e geólogo Jackson Antero, não é por conta de estudos que já foram realizados na região que se pode afirmar que não há petróleo. De acordo com o professor, as pesquisas foram em áreas muito localizadas e de forma superficial. A proposta é de um aprofundamento muito maior e boas possibilidades de êxito nas pesquisas, principalmente por conta das falhas geológicas existente. Em relação danos que possam ser causados ao meio ambiente, Jackson Antero destaca o acompanhamento pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e Instituto Chico Mendes da Biodiversidade (ICMBio). “As perfurações serão feitas em pontos isolados, não causando grandes danos ao meio ambiente”, explica. Quanto às pesquisas, o geólogo afirma que é inquestionável o banco de dados a ser levantado, sendo de grande valia para dissertações, teses de mestrado e doutorado. ( foto: Senador Inácio Arruda )

Prefeito Samuel Araripe participa do debate.


O prefeito do Crato, Samuel Araripe participou, na noite de ontem, na Universidade Regional do Cariri (Urca), do debate sobre Energia e Petróleo no Cariri, com o diretor geral da Agência Nacional de Petróleo, Haroldo Lima. O diretor anunciou R$ 10 milhões de investimentos em pesquisas de análise de solo e geoquímicas, no segundo semestre deste ano. O prefeito destacou a grande relevância do projeto para região, onde serão investidas grandes cifras voltadas, inicialmente, para as pesquisas. Segundo ele, a região poderá ter bons resultados com o trabalho. Além da Bacia do Araripe, serão investidos recursos em pesquisas na Bacia do Ceará, que juntas terão um montante de R$ 54 milhões para serem investidos em pesquisas no Estado. Do evento participaram prefeitos da região, o senador Inácio Arruda, professores e pesquisadores da Urca, além de estudantes.



Outras fotos do Evento:



A geóloga da ANP, Lisa Marie Ribeiro


Deputado estadual Sineval Roque

















Reportagem: Elizângela Santos ( para a URCA ).
Fotos: Dihelson Mendonça
Outras fotos podem ser encontradas no seguinte endereço:
http://www.flickr.com/photos/11001724@N06/sets/72157619996529026/



Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30