xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 12/06/2009 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

12 junho 2009

PONTA DA SERRA MOSTRA SUA CARA



O Distrito de Ponta da Serra, que foi criado pela Lei Estadual de N 3.931, de 27 de novembro de 1957, possui, hoje, uma população estimada em dez mil habitantes. Sua sede, conta com mais de setecentos prédios e é dotada de uma boa infra estrutura em Energia Elétrica, Abastecimento D’água, Rede Telefônica, Internet via rádio, Posto de Saúde, Creche Municipal, Posto Policial, Posto dos Correios, Caixa de Atendimento Bancário, Posto de Combustíveis, Clube dançante, ONG ( Projeto Verde Vida), Jornais Escritos ( O Despertar e o Ponta da Serra), Serviço de Amplificadora, Blog ( http://blogdapontadaserra.blogspot.com/ ), e o mais importante, duas excelentes escolas: a E.E.I.E.F. Professor José Bizerra de Britto, com mil e cem alunos matriculados, e a E.E.M. Joaquim Valdevino de Brito.
Uma prova da eficiência dessas duas instituições de ensino público é o fato do grande número de alunos oriundos dessas duas escolas , aprovados nos últimos vestibulares da região. Nesse Concurso Vestibular da Urca 2009.1, sete alunos que terminaram o ensino médio Joaquim Valdevino de Brito conseguiram aprovação nos mais diversos cursos desta Instituição de Ensino Superior.

Um fato nos chamou a atenção nesse mês de maio. É que dentre os 364 formandos, dos mais diversos cursos da Urca, 11 são residentes no Distrito de Ponta da Serra. São eles:Antonio Correia Lima, Socorro Alves Fernandes e Eugênia Alencar Evangelista (HISTÓRIA) Luciano Pereira Leite e Valdemy Custódio da Silva ( ECONOMIA); Lidiane Custódio Ribeiro ( LETRAS); Edvânia Maria Correia Ferreira e Solange Solon de França (PEDAGOGIA); José Roberto Ximendes e Francisco José de Santana de Menezes ( Tecnologia Em Edifícios). A colação de grau se deu no dia 08 de maio no Ginásio Poliesportivo de Juazeiro do Norte, em um dos eventos mais importantes do ano em nossa região, apesar da falta de cobertura da imprensa regional.

Por: Antonio Correia
Lima

Os Românticos - Foto de Teresa Abath - Por: David Coimbra e Artur da Távola


Um repórter de TV foi entrevistar aquelas cantoras que participaram de um especial com o Roberto Carlos, há poucos dias. Microfone em punho, abordou a Hebe Camargo. Quis saber:

– Por que Roberto Carlos é o Rei?
A Hebe, depois de uma miada:
– Porque ele é romântico...

Uma grave injustiça conosco, os demais homens, presumíveis súditos de RC. Pelo seguinte: pense em todas as músicas que existem no mundo, milhões delas, talvez bilhões. Em toda a poesia e a literatura. Os filmes. Do que tratam os filmes, a poesia e a música alguma vez já compostos sobre a Terra? Do amor. Amor, amor. Noventa por cento das músicas, dos filmes e dos poemas são sobre o amor. Por que isso? Por nossa causa, nós homens. Porque somos românticos. As mulheres acham que não. Acham que elas são as românticas. Estão erradas, e a prova disso é o dia de hoje, o Dia dos Namorados. Para quem o Dia dos Namorados foi criado? Obviamente, para as mulheres. Alguém há de dizer que se trata de uma efeméride urdida para satisfazer o romantismo feminino. Mas não. Porque o romantismo não pode estar assinalado no calendário. O romantismo é o que exsuda de um peito dolorido. Quando o Chico Buarque escreveu:

Passas em exposição
Passas sem ver teu vigia
Catando a poesia
Que entornas no chão

Quando o Chico escreveu esses versos, ele não os escreveu porque quis. Escreveu porque tinha de escrever. Porque sentia. Porque via aquela estátua de carne desfilando ali ao lado e precisava gritar o que sentia. E Paulinho da Viola, no dia em que ele cantou:

Ela declarou recentemente
Que ao meu lado não tem mais prazer

No dia em que Paulinho cantou esses versos, ele não os cantou; chorou. Os versos rasgavam seu coração – ela não sentia mais prazer ao lado dele. E Lupicínio! Todas as músicas de Lupicínio, absolutamente todas, contam uma história de sofrimento. Se não sofresse, Lupicínio não escreveria:

Nunca, nem que o mundo caia sobre mim
Nem se Deus mandar, nem mesmo assim
A teus braços eu não voltarei!

Eis aí. Nós homens sofremos. Somos autênticos em nosso romantismo, e o romantismo só é autêntico se temperado pela dor. Um romantismo que flui todos os dias e se transforma em filmes, música e poemas, quase sempre compostos por atormentadas almas masculinas. Por isso é injusto quando as mulheres dizem que RC é rei por ser romântico. Não pode alguém se destacar por uma característica que todos os seus congêneres possuem. Todos os homens somos românticos. Todos, de caminhoneiros que lacrimejam ao ouvir versos de duplas goianas no asfalto escaldante da estrada a empresários que mergulham o diamante da amada numa taça de Dom Perignon. Todos! As mulheres? As mulheres precisam de datas, porque datas são símbolos. Símbolos de compromisso, que é o que lhes importa, afinal. O compromisso! Elas são práticas, elas marcam dias, elas planejam cerimônias. E nós aqui sofremos, nós homens, os verdadeiros românticos, que não precisamos de datas para sentir.

David Coimbra

(A POESIA)

Quem não tem namorado
é alguém que tirou férias não remuneradas de si mesmo.
Namorado é a mais difícil das conquistas.
Difícil por que namorado de verdade é muito raro.
Necessita de adivinhação, de pele, de saliva,
lágrimas, nuvem, quindim, brisa ou filosofia.
Paquera, gabiru, flerte, caso, transa, envolvimento,
até paixão é fácil .
Mas namorado é mesmo difícil.
Namorado não precisa ser o mais bonito,
mas ser aquele a quem quer se proteger
e quando se chega ao lado dele a gente treme,
sua frio e quase desmaia, pedindo proteção.
A proteção dele não precisa ser parruda,
decidida ou bandoleira,
basta um olhar de compreensão ou mesmo de aflição.
Quem não tem namorado não é quem não tem amor,
é quem não sabe o gosto de namorar.
Se você tem três pretendentes , dois paqueras,
um envolvimento e dois amantes,
mesmo assim pode não ter um namorado.
Não tem namorado quem não sabe o gosto de chuva,
cinema sessão das duas, medo do pai,
sanduíche de padaria ou drible no trabalho.
Não tem namorado quem transa sem carinho,
quem se acaricia sem vontade de virar sorvete
ou lagartixa e quem ama sem alegria.
Não tem namorado quem faz pactos de amor
apenas com a infelicidade.
Namorar é fazer pactos com a felicidade
ainda que rápida, escondida,
fugidia ou impossível de durar.
Não tem namorado quem não sabe o valor de mãos dadas,
do carinho escondido na hora em que passa o filme,
de flor catada no muro e entregue de repente,
de poesia de Fernando Pessoa,Vinícius de Moraes ou Chico Buarque
lida bem devagar,
de gargalhadas quando fala junto ou descobre a meia rasgada,
de ânsia enorme de viajar junto para a Escócia
ou mesmo metrô, nuvem, cavalo alado,tapete mágico
ou foguete interplanetário.
Não tem namorado quem não gosta de dormir agarrado,
fazer sesta abraçado, fazer compras junto.
Não tem namorado quem não gosta de falar do próprio amor,
nem ficar horas e horas olhando o mistério do outro dentro dos olhos dele,
abobalhados de alegria pela lucidez do amor.
Não tem namorado quem não redescobre a criança própria
e do amado e sai com ela para parques,
fliperama,beira d´agua, show de Milton Nascimento,
bosques enluarados, ruas de sonho ou musical do metrô.
Não tem namorado quem não tem música secreta com ele,
quem não dedica livros, quem não recorta artigos,
quem não se chateia com o fato de seu bem ser paquerado.
Não tem namorado quem ama sem gostar,
quem gosta sem curtir, quem curte sem se aprofundar.
Não tem namorado quem nunca sentiu o gosto
de ser lembrado de repente no fim de semana,
de madrugada ou no meio dia de sol em plena praia cheia de rivais.
Não tem namorado quem ama sem se dedicar,
quem namora sem brincar, quem vive cheio de obrigações,
quem faz sexo sem esperar o outro ir junto com ele.
Não tem namorado quem não fala sozinho,
não ri de si mesmo e quem tem medo de ser afetivo.
Se você não tem namorado porque não descobriu que o amor é alegre
e você vive pesando duzentos quilos de grilos e medos,
ponha a saia mais leve, aquela de chita,
e passeie de mãos dadas com o ar.
Enfeite-se com margaridas e ternuras
escove a alma com leves fricções de esperança.
De alma escovada e coração estouvado,
saia do quintal de si mesmo e descubra o próprio jardim.
Acorde com gosto de caquie sorria lírios
para quem passar debaixo de sua janela.
Ponha intenções de quermesse em seus olhos
e beba licor de conto de fadas.
Ande como se o chão estivesse repleto de sons de flauta
e do céu descesse uma névoa de borboletas,
cada qual trazendo uma pérola falante
a dizer frases sutis e palavras de galanteria.
Se você não tem namorado é porque ainda não enlouqueceu
aquele pouquinho necessário a fazer a vida parar
e de repente começar a fazer sentido.

Artur da Távola

Nossa Vida , Nessa Vida - Por Telma Medeiros Loureiro



Cada átomo, cada grão de areia, cada gota de chuva, cada célula, cada peixe, cada rio, cada oceano, cada planeta, cada galáxia, tem sua razão de existir. Cada uma dessas coisas, não importa o tamanho ou onde se encontra, surgiu da Natureza, é regida pelas mesmas leis e constitui parte integrante de um tecido único e complexo que é o Universo.
(Roberto Otsu)

“Estamos tão empenhados em realizar determinados feitos, com o propósito de atingir objetivos de um outro valor, que nos esquecemos de que o valor genuíno, o prodígio de estar vivos, é o que de fato conta.” (Joseph Campbell)

Sendo assim....
VOCE NUNCA IRÁ CONSEGUIR AGRADAR A TODOS.

Enquanto existir tentando agradar todo mundo ou pensando que vai satisfazer essa ou aquela pessoa, estará amarrado a um poste, girando em volta dele, sem sair do lugar.

OUSE, MUDE, FAÇA, REALIZE, INVENTE, DANCE, CANTE, DIVIRTA-SE sem pensar se há alguém na platéia para lhe aplaudir. O mundo, seus filhos, os amigos, maridos ou namorados, os colegas de trabalho, não vão parar porque você quer aplausos.

QUANDO FIZER SUAS ESCOLHAS, FAÇA-AS POR SUA LVRE E ESPONTÂNEA VONTADE COM CONSCIÊNCIA RESPONSÁVEL.

Tudo é causa e efeito. São a mesma coisa e ao mesmo tempo. Escolher agir é sua responsabilidade; pensar nos desdobramentos dessas escolhas – se boas ou ruins – é prudência, sensatez, e a Deus pertencem!

FAZER MUDANÇAS IMPLICA EM FAZER ESCOLHAS SEGUNDO SUA A VONTADE.
Não queira fazer escolhas com a autorização dos outros. Faça-as! Não espere anuências, agradecimentos ou a ajuda de ninguém. Pare de pedir "benção" a tudo que faz ou pretende fazer.

SUA VONTADE É DIFERENTE DA VONTADE DO OUTRO.Não queira impor a sua. Somos indivíduos com personalidades, desejos e destinos diferentes. Não temos, nem nunca teremos, controle sobre a Vida de alguém.

PARE DE SE PREOCUPAR COM QUEM JÁ NÃO LHE DÁ IMPORTÂNCIA.

Ausência de contato é sinal de indiferença. Valorize quem dá importância a você. Preste atenção nas pessoas que surgem espontaneamente em sua vida.

NÃO PERCA TEMPO COM O QUE É INÚTIL.

E por inútil entenda-se tudo o que não é importante estar em nossa Vida: móveis velhos, hábitos antigos. Conceitos ultrapassados, ex-amores, passado, futuro, burrice, ressentimentos, mágoas, frustrações, raivas, inveja, ciúmes, apegos, vícios, ganância, medo, solidão, inseguranças, covardias, pessoas desleais.

NUNCA... NUNCA... NINGUÉM ESTÁ SATISFEITO COM O QUE TEM OU COM O QUE O OUTRO OFERECE.

Goiabeira não dá pêssego, dá goiaba! A vida é simples e é como é! Problemas nunca deixarão de existir, faz parte da Vida. Portanto, sofra menos, divirta-se mais! Como bem disse Carlos Drumond de Andrade “a dor é inevitável, mas o sofrimento é opcional!

O TEMPO É INEXORÁVEL PARA SE PERDER TEMPO COM JUSTIFICATIVAS DE SUAS AÇÕES, PORQUE ACREDITA QUE, COM ISSO, TERÁ ALIADOS.

Não terá! Cada coisa e cada pessoa têm seu próprio ritmo, seu próprio processo e uma razão para serem assim.

PARE DE ACHAR QUE SALVARÁ O MUNDO DA MISÉRIA, DA IGNORÂNCIA OU DO EGOÍSMO.
Ninguém salva ninguém. Antes, dê bons exemplos. Somos modelos um para o outro: “o que você vê em mim está em você, e o que vejo em você está em mim!”

ESTÁ NA HORA DE COMEÇAR A EXERCITAR O DESAPEGO.

Para isso basta que se ame a todo instante porque ninguém é de ninguém, nem você pertence a alguém. Somos pessoas interessantes, companheiros de jornada, paramos um instante para conhecer, compartilhar e amar... Depois, seguimos adiante. Solte-se. Desprenda-se.

VIVA A SUA VIDA ENQUANTO TEM SAÚDE PARA APROVEITÁ-LA.

E só se pode aproveitar o melhor que a Vida pode oferecer quando aprendemos a nos amar. Todos os dias faça exercícios para manter o vigor físico (seu templo sagrado); alimente sua mente com boas leituras; preencha sua Alma com Sabedoria. Cuide-se!

A VIDA É SUA E É ÚNICA.Pare de viver violentando-se nas tentativas de criar condições que acredita favorável às pessoas que te rodeiam.

"NÃO QUEIRA DAR O CÉU, QUANDO QUEREM APENAS O PURGATÓRIO".

Não tente segurar as rédeas do destino do outro.

APAIXONE-SE POR VOCÊ E PELO QUE FAZ
“Só posso tirar prazer daquilo que tem afinidade com meu ser”.

O resto não oferece interesse porque causa desconforto e dissabor. Não dê nenhum passo adiante se não souber aonde pretende chegar. Faça a sua parte com determinação que o resto lhe virá sem que precise fazer esforço algum.

EDUQUE SEUS FILHOS EDUCANDO-SE PRIMEIRO.
Eles são frutos do meio em que vivem, tenha respeito por eles, são seus tesouros. Lembre-se: filho é boletim de pai e mãe. Oriente seus filhos para enfrentar o mundo e para respeitá-lo quando estiver velho.

VOCÊ É O AUTOR DO SEU PROJETO DE VIDA.
Sartre foi feliz com a frase “nós estamos condenados à liberdade”! E ser livre significa ser responsável pelas próprias escolhas, ações e condição de vida.Porque nossa vida, nessa vida, merece todas as experiências, toda alegria, todo encanto, todo amor e toda paz interior!Cuide dela muito bem enquanto estiver neste plano de existência.

Namastê,
Telma
Campo Grande \ MS – Junho/2009

* Telma Medeiros Loureiro é jornalista em Campo - Grande -MS. Morei no final da década de 80 em Bela-Vista (MS), sua cidade natal.
Grande figura...Como profissional e como ser humano !

Espero que, doravante, nos prestigie com alguns dos seus textos.

Abraços, amiga Telma !

Desemprego no Brasil : Falências e guerra fiscal cortam 20 mil empregos de sapateiro em Novo Hamburgo

O Sindicato dos Trabalhadores no Calçado de Novo Hamburgo, mais conhecido como Sindicato dos Sapateiros, que já teve 27 mil profissionais cadastrados nos anos 90, hoje não conta com mais de 8 mil filiados. Na avaliação de seus dirigentes, esses números retratam a crise que o setor calçadista vem enfrentando nos últimos anos, com a falência de muitas empresas e a transferência de outras para municípios do próprio estado, ou mesmo do Rio Grande do Sul, com a consequente extinção dos postos de trabalho.

O próprio diretor administrativo do sindicato, Luciano Fagundes, é um exemplo dessa situação. Ele só não foi demitido de uma fábrica de calçados femininos, conhecida em todo o país, porque tem imunidade sindical: no ano passado, a empresa encerrou a produção de calçados em Novo Hamburgo e manteve apenas os setores de modelagem e amostras no município, o que custou o emprego de 390 trabalhadores, demitidos de uma vez só.

"A produção foi transferida para Bom Princípio (na Serra Gaúcha, a 70 quilômetros de Novo Hamburgo) e, lá, terceirizada. Eles ganharam incentivos, prédio e maquinário do município", conta Luciano, ressaltando que esse fato é comum, atualmente, na indústria calçadista de sua cidade. Trata-se da guerra fiscal entre municípios gaúchos para atrair empresas como esta à sua jurisdição, explicou o sapateiro. Segundo ele, isso também ocorre entre os estados, o que levou várias empresas calçadistas a mudar suas fábricas outros estados, como Santa Catarina, Bahia e Ceará.

Aos 34 anos e há 11 anos no mercado de trabalho – começou aos 12 anos na profissão de sapateiro – Luciano Fagundes diz que, se um prefeito oferece isenção de impostos a um empresário para que mude sua empresa de município, o prefeito do município visado tem que reagir da mesma forma, "pois o patrão só pensa em lucrar e, quanto mais a empresa ganhar em cima do trabalhador, para ela, é lucro".

Mas não é só a guerra fiscal que enfraquece a indústria calçadista de Novo Hamburgo. Luciano cita a desvalorização do dólar em relação ao real, que prejudica as exportações e, consequentemente, reduz a produção, além da importação de calçados da Ásia, principalmente da China, como dois agravantes importantes desse quadro recessivo.

O mais grave, segundo ele, é que algumas empresas importam calçado da China com valor mínimo, "simplesmente trocam a etiquetinha e vendem bem mais caro no Brasil, como se fosse produção local". Esses dois pontos são os que mais afetam os empregos na indústria de calçados, mas há também o excesso de impostos para complicar mais as coisas, acrescenta.

Para o sindicalista, além disso, o setor de calçados é "muito esquecido" pelo governo, que nada lhe ofereceu para enfrentar a crise, "enquanto reduzia impostos para os automóveis, siderurgia e linha branca". Outro problema para o trabalhador desse segmento é a alta rotatividade nos empregos: "A empresa demite o trabalhador e, lá na frente, o contrata de novo, porque não conseguiu emprego em lugar nenhum, com um salário menor".

O piso salarial da categoria é de R$ 478,40, mas a média no setor é de R$ 550 a R$ 600. Luciano diz que, nos últimos anos, os trabalhadores só têm conseguido a reposição da inflação nos acordos salariais com os patrões. E têm que brigar muito, segundo ele, para manter os benefícios sociais conquistados ao longo dos anos, que os empresários querem retirar, como o auxílio-creche de R$ 75,90 às mulheres que têm filhos de até 4 anos.

"Não estou dizendo que não existe a crise. Ela existe, mas muitas empresas também estão se aproveitando da situação", acusa o sindicalista. Ele não dispõe de um levantamento de quantas empresas fecharam nos últimos anos, mas cita dados das demissões formalizadas no sindicato no ano passado de trabalhadores com mais de um ano de casa: foram 4 mil demissões, de janeiro a dezembro de 2008, em Novo Hamburgo.

Este ano, até o início deste mês, mais 1.200 trabalhadores já foram demitidos. Uma situação que Luciano Fagundes conheceu muito bem, antes de se tornar diretor do Sindicato dos Sapateiros: as quatro empresas em que trabalhou desde 1988 fecharam e todos os empregados perderam seus postos de trabalho.

Edição: Nádia Franco - Fonte: ABr
Foto: ladroesdebicicletas.blogspot.com

ENTREVISTA - Secretário do Desenvolvimento Agrário fala ao Blog do Crato

Enfim, a tão esperada entrevista do Secretário Camilo Santana !


Estivemos há alguns dias com o secretário do desenvolvimento agrário, Camilo Santana, que nos concedeu ampla entrevista sobre a polêmica que se formou aqui em Crato, sobre uma idéia de relocalização do tradicional parque de exposições da cidade. Segundo o secretário, tudo está ainda nos primeiros estágios, e há muito o que se discutir. Se vai construir um novo parque ou ampliar o antigo, ou qual local da cidade, bem como outros aspectos, ainda será levado à mesa de negociações. Segundo o secretário, há muita especulaçao sobre um assunto, que sequer foi discutido ainda. A entrevista está sendo degravada para texto, o que não foi completada devido ao nosso escasso tempo nas semanas passadas, envolvido com a finalização do nosso Jornal Online Chapada do Araripe, mas para quem desejar simplesmente ouvi-la na íntegra, sem cortes nem edições, aqui está: ( como sempre recomendo: Para não ouvir 2 sons ao mesmo tempo, pare primeiro o player da Rádio Chapada do Araripe ).

Recomendável apenas para conexões Banda-Larga:



Conexões lentas, clique no player abaixo:




Lembrando ainda que temos diversas outras entrevistas gravadas em áudio e vídeo, a serem degravadas para texto, e já prometidas aos nossos leitores:

Na sequência:

- Entrevista exclusiva com o Ex-Governador Lúcio Alcântara
- Entrevista com o Secretário do Meio Ambente e Controle Urbano Nivaldo Soares
- Entrevista com a Secretária de Cultura Danielle Esmeraldo
- Entrevista com o Pres. da Fundação J. de Figueiredo Filho sobre os Museus
- Entrevista com Joatan, chefe do Demutran sobre as lombadas do Crato.

E se estas entrevistas ainda não foram ao ar, é por pura falta de tempo nossa, e porque, não temos uma equipe ( Ainda ). Jamais por má vontade. Peço paciência a todos, que tudo vai ser ainda publicado.

Dihelson Mendonça

Que falta de Sorte! - Italiana que perdeu o Vôo 447, morreu num acidente de carro...

Uma italiana que na semana passada perdeu o voo do da Air France que caiu em águas brasileiras morreu num acidente de carro, informa o site do jornal "The Times". Johanna Ganthaler, aposentada e natural da região italiana de Bolzano, tinha passado uns dias de férias no Brasil com o marido. Os dois perderam o voo 447 da Air France, que caiu no Oceano Atlântico em 31 de maio com 228 pessoas a bordo. Um dia depois, deixaram o Rio de Janeiro. O acidente de carro que matou Ganthaler aconteceu em Kufstein (Áustria), quando o veículo no qual estava bateu num caminhão. O estado de saúde do marido da italiana é grave.

Fonte: EFE

O Brasil não tem epidemia, mas existe uma pandemia da gripe suína. - por José do Vale PInheiro Feitosa

A relação entre produção e grandes campanhas da humanidade é quase linear. Sempre que ocorre uma catástrofe, uma guerra, uma epidemia, uma grande onda de fome, a produção estruturada e em larga escala se acompanha. Quem pegar a história das guerras napoleônicas verá que uma das grandes críticas a elas se referia aos fornecedores de materiais bélicos, roupas e alimentos para suprir os soldados.

Aqueles que dominam a produção estruturada, pronta para atender à repentina demanda, saem poderes e ricos ao final da campanha para superar as dificuldades. Por isso mesmo é que em linha geral esta produção passou a ser uma questão de Estado, pois apenas este pode tornar esta produção em algo estratégico para o país e para o conjunto da nação. Esta introdução para falar sobre a Novartis e o recém desenvolvimento da vacina contra a atual pandemia de gripe suína.

Em primeiro lugar é preciso entender que o conceito de Pandemia é demográfico e territorial. Quando tantos territórios foram atingidos, quando um determinado número de pessoas foi acometido e a transmissão continua a ocorrer e a se ampliar, trata-se efetivamente de Pandemia. Por isso quando a Folha de São Paulo diz que a Pandemia da OMS foi baseada apenas em números, isso é um mero erro de escrita do repórter. É difícil avaliar, mas uma coisa é certa, os jornais estão em tantas dificuldades que é cada vez menor a permanência de setorialistas na imprensa. Um setorialisa é aquela jornalista que entende mais um determinado ramo e escreve com maior propriedade sobre os assuntos dele.

Portanto, para todos os efeitos práticos, o Brasil não tem epidemia da febre suína mas há uma pandemia dela. O fato da existência objetiva é que faz uma multinacional investir na descoberta e produção da vacina. E não ao contrário, pois uma epidemia não é algo subjetivo, as pessoas não irão apenas porque alguém tenta ganhar dinheiro e por mais que tenhamos crítica à imprensa mundial e nacional, ela é fragmentada e contraditória e jamais teriam uma voz única que manipulasse numa escala desta.

A teoria da conspiração tem como principal crítica um fato bem básico: somos animais que dependem continuamente do contato com o mundo. Sempre que algo neste contato romper, por instinto de defesa procuramos o que nos é essencial. Por isso ninguém inventa uma Pandemia, nem as multinacionais que podem manipular e ganhar com esta manipulação. Em outras palavras, a manipulação será fatalmente descoberta e posta à prova pelas pessoas.

Mais um detalhe: a Novartis acaba de anunciar uma grande novidade e isso a Folha não viu. Pela primeira vez se tenta a produção da vacina da influenza em célula e não em ovo. Esta é uma mudança tecnológica e tanto. Inclusive pela maior capacidade de produção de doses e pela possibilidade de combinar várias vacinas.

A sociedade brasileira deve continuar atenta aos fatos e as autoridades sanitárias não arredarem o pé até para reconhecer o momento se focos de reprodução ocorrerem no país.

José do Vale Pinheiro Feitosa

Apareceu a Pandemia e já apareceu a Vacina - Bons Lucros !! $$$$$$$$$$$

$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$


$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

A empresa farmacêutica suíça Novartis informou nesta sexta-feira ter produzido com sucesso o primeiro lote de uma vacina contra a gripe suína. A informação foi divulgada no dia seguinte ao anúncio da OMS (Organização Mundial de Saúde) de que a doença causada pelo novo tipo de vírus influenza A H1N1 atingiu o nível de pandemia. O termo tem relação apenas com a ampla distribuição geográfica da gripe suína, considerada uma doença "moderada". leia mais no site da Folha Online.

Fonte da foto: http://tanarede.files.wordpress.com

O IMPENSÁVEL - OMS declara pandemia de Gripe Suína

gripe-2

Brasília - A Organização Mundial da Saúde elevou de 5 para 6 o nível de alerta da influenza A (H1N1) – gripe suína. Com o aumento para o nível máximo da escala de alerta, a organização declara oficialmente o estado de pandemia. O critério para definição... Leia mais...

Barbalha - Devoção ao santo casamenteiro é tradição popular - Por: Antonio Vicelmo


Entre os municípios cearenses que têm Santo Antônio como padroeiro, Barbalha se destaca com tradicional festejo

Barbalha. Com uma grande procissão que conta com a participação de mais de 10 mil pessoas e 30 andores dos santos padroeiros das capelas do município, será encerrada, amanhã, a Festa de Santo Antônio, padroeiro de Barbalha, que foi aberta no dia 1º com o carregamento do pau da bandeira. O evento é um dos mais tradicionais do Nordeste. Na Igreja Matriz, o clima é de oração e reflexão sobre a vida de Santo Antônio. Segundo o vigário de Barbalha, padre Renato Simoneto, o santo foi um dos maiores pregadores da Igreja Católica. A cidade, que se enfeitou para a festa profana, é a mesma que se ajoelha para reverenciar o seu padroeiro. O vigário explica que a parte folclórica e as quermesses são conseqüências da devoção à Santo Antônio.

A trezena preparatória da festa, que apresentou como tema das pregações “A Igreja de Jesus nos seus diversos aspectos”, envolveu todos os setores da sociedade barbalhense. A festa chega ao fim marcada pela tradição religiosa popular. Hoje, Dia dos Namorados, a data é comemorada com preces ao padroeiro. Um exemplo dessa devoção são as preces escritas no pau da bandeira, erguido em frente à Igreja Matriz. Casais de namorados escrevem seus nomes no tronco como prova de amor eterno.

Casamento certo

A crendice, segundo a qual a jovem solteira que toca no pau da bandeira de Santo Antônio não passa mais de um ano sem casar, é alimentada por um grupo de devotas que mantém uma barraca na Praça da Matriz, onde são vendidas amostras da casca do pau, acompanhadas de orações. A iniciativa é de Socorro Luna que, apesar de não ter casado, diz que não faltam pretendentes. “Santo Antônio já me ofereceu muitas oportunidades para casar. Eu é que não quero”, comenta Socorro Luna. Esta semana, Socorro viajou para o Rio de Janeiro com a finalidade de participar do programa “Mais Você”, apresentado por Ana Maria Braga. A coordenação dessa manifestação de religiosidade popular foi entregue a Maria Luzia Souza que, segundo afirmou, teve que aumentar a fabricação do chamado “kit do milagre”. Na primeira semana, foram vendidos mais de 700 kits. Este ano, a novidade é a essência do pau, extraída do óleo da copaíba, a árvore que foi escolhida para servir de mastro da bandeira do santo casamenteiro. O “kit do milagre” é composto por um pedaço da casca e da folha da árvore, uma medalha e uma oração que diz: “Oh, glorioso Santo Antônio, protetor das encalhadas, venho aos vossos pés humildemente vos pedir, arranje-me um namorado, que seja bom, fiel, amoroso, trabalhador e que tenha pressa para o matrimônio”. Está sendo vendido também um chá casamenteiro, feito da casca do pau da bandeira com a fórmula: “Cloridrato de milagre, 100mg; cloridrato de fé, 200mg; oração antoniana, 100mg”.

Fama em cordel

A fama de Santo Antônio como casamenteiro é explorada principalmente pelos cordelistas que exaltaram em versos os poderes miraculosos da casca do mastro da bandeira. Em casos mais complicados, recomenda-se um chá da casca. Algumas mulheres solteiras montam em cima do tronco na expectativa de conseguir um casamento. Até os homens estão pedindo a ajuda de Santo Antônio para desencalhar. Um exemplo dessa crendice é o casal Graciano Ferreira e Patrícia Luna que namoraram mais de 20 anos. Casaram no ano passado, no dia do carregamento do pau da bandeira. Graciano diz que a união contou com a proteção de Santo Antônio. Com o chefe de gabinete da Prefeitura de Barbalha, Maurício Teles Freitas, Santo Antônio exagerou. Ele já vai no terceiro casamento. Maurício conta que depois do segundo matrimônio, assumiu o propósito de não casar mais. No entanto, influenciado pelos amigos, participou da festa do pau da bandeira de Barbalha. Os amigos o desafiaram a pegar na árvore. Não deu outra. Em menos de um ano, ele estava casado com uma barbalhense autêntica. A tradição vem de longe. O padre Renato Simoneto conta que “uma moça muito bonita, filha de família pobre, foi assediada por um jovem de família nobre e rica, que se ofereceu para pagar as dívidas da mãe da pretensa namorada em troca do casamento. Apaixonada por outro jovem pobre, a moça se prostrou aos pés da imagem de Santo Antônio, a quem pediu proteção. De repente, caiu ao lado dela um papel , onde estava escrita a recomendação para entregar o papel ao um comerciante local. A jovem cumpriu a determinação. Quando o comerciante recebeu o bilhete, estava escrito: “Dê a esta jovem as moedas correspondentes ao peso deste papel”. Imediatamente, ele, que era devoto de Santo Antônio, começou a colocar as moedas na balança. Quando concluiu a pesagem, a quantia em dinheiro era exatamente igual à dívida da mãe da jovem para com os credores. Outra versão, muito contada pelos antigos, diz que uma jovem, depois de fazer uma novena à Santo Antônio e não tendo encontrado noivo, zangada, jogou a estátua de Santo Antônio que tinha em seu oratório, pela janela e a mesma caiu na cabeça de um caixeiro-viajante que passava. Este gritou e ela foi correndo ajudá-lo e levou-o para dentro e tratou de seu ferimento. Ele se apaixonou por ela e se casaram.

FIQUE POR DENTRO

Monge português seguiu a Ordem Franciscana

Santo Antônio de Pádua, também conhecido como Santo Antônio de Lisboa, segundo o padre Simoneto, foi um monge português da Ordem Franciscana e doutor da Igreja Católica. Aos 15 anos, entrou para o convento de Santa Cruz de Coimbra onde recebeu ordens sacras. Em 1220, foi admitido na Ordem dos Irmãos Menores de São Francisco. Professor de teologia das universidades de Bolonha, Touslouse, Montpellier, Puy-enVelay e Pádua, adquiriu reputação como orador sacro na França e na Itália: ficaram célebres os sermões que pregou em Forli, Provença, Languedoc e Paris. Dentro da Ordem Franciscana liderou um grupo que se insurgiu contra os abrandamentos introduzidos na regra pelo superior Elias. Foi canonizado por Gregório IX em 30 de maio de 1232. É o santo patrono de Portugal e de Pádua, e sua festa celebra-se a 13 de junho. Entre seus escritos autênticos figura uma coleção de sermões para domingos e dias santificados. A devoção popular a Santo Antônio de Pádua é grande nos países latinos, especialmente em Portugal e no Brasil. É comumente invocado para auxiliar moças a encontrar noivos. Daí serem comuns as práticas das chamadas ´simpatias´ oferecidas ao santo, como forme de promessa para atrair noivos. Mas não só as mulheres fazem a prática. No Cariri, homens também são devotos do santo.

Mais informações:

Festa de Santo Antônio
Secretaria da Paróquia da Igreja Católica em Barbalha
Ao lado da Matriz
(88) 3512.3601


Antônio Vicelmo
Repórter

Fonte: Jornal Diário do Nordeste

Comunidade católica de AURORA participa de Procissão de Corpus Christi




A comunidade católica de Aurora comemorou na noite desta quinta-feira, 11 a passagem do Dia de Corpus Christi com uma missa na igreja matriz do Senhor Menino Deus tendo como oficiante o padre Cícero Leandro, vigário local, seguida da tradicional procissão que percorreu as principais ruas da cidade em direção a capela de São Francisco no Araçá. A secretaria de Cultura do município ornamentou toda a avenida Antonio Ricardo no centro da cidade com um extenso tapete construído com pó de madeira, casca de arroz, flores, pedrinhas do rio salgado e coloridas pinturas de paisagens bíblicas. Tudo para receber os fiéis participantes da procissão. Moradores das ruas por onde o cortejo passou também enfeitaram as suas residências em especial os da rua Dr. Guedes Martins e Bela vista que construíram igualmente um grande tapete para receber os devotos. A procissão terminou com um evento religioso na capela de São Francisco no Araçá, o bairro mais populoso de Aurora. Foi um acontecimento dos mais animados e participativos já promovido pela paróquia aurorense.

Comemorações Juninas:

Durante todo este mês de junho, o município viverá uma extensa programação voltada para Santo Antonio, São João e São Pedro – as chamadas festas juninas que tradicionalmente acontecem em toda região. A prefeitura por intermédia da Seculte-Aurora realiza, por exemplo, o São João no dia 24, na praça do Monsenhor com as bandas Forró Lapada e Forró Sacanear, E no dia 29 o grande São Pedro com o 1º Festal Junino – Festival de Quadrilhas Juninas sob a animação das bandas: Forró na Veia e Eclipse do Forró. Vários outros eventos acontecem ainda este mês, tanto na sede quanto em diversas localidades da zona rural. Toda a comunidade está sendo convidada.

Por: José Cícero - Aurora - CE

Corpus Christi, os ladrões agindo, governador descansando e a polícia inerte - Por: Tiago Viana

Dou um tempo na terceira pessoa, e agora escrevo em primeira. Acabo de presenciar um terrível “mini-arrastão”, ao meio dia, em um dos cruzamentos da Via Expressa na bela capital cearense que receberá a Copa do Mundo de 2014. Assaltos existem todos os dias, passividade da polícia também. Sinal fechado, vagabundos vitimados pela vagabundagem governamental agindo livremente. A quebrar violentamente o vidro de dois veículos, a machucar violentamente o rosto de um dos passageiros, e deixar todo mundo em pânico, que assim como eu tiveram que avançar o sinal, em tempo de causar uma tragédia maior, para se livrar dos vagabundos tatuados, crias dos vagabundos engravatados. Cinco veículos (dois vitimas dos assaltantes e os outros perplexos pela agilidade dos meliantes) pararam após o avanço de sinal numa rua próxima. O Ronda? Nem sinal. Polícia normal? Nada. Gate? Risos. Nenhuma sombra de Hilluzinha para fazer medo, provocar a sensação de segurança ou tentar ir atrás dos vagabunduzinhos que agem na Via Expressa em pleno meio do dia. Após as a agressão morais e físicas os aprendizes da vagabundagem adquirida saíram armados em disparada a beira da linha do trem, adentrando a uma favela (prontos para a próxima ação).

As vítimas ficaram ao relento, desamparadas, ainda pavorosas, no susto da terrível surpresa, contabilizando os prejuízos, e sem acreditar que ainda estavam vivos. Eram turistas que acabavam de voltar da Praia do Futuro seguindo para um hotel na Beira mar.
Vi que apesar do susto, e de uma das vítimas terem ficado ferido (pelo soco do assaltante ao vidro do carro, que atingiu de cheio a cabeça de um dos passageiros) não era muito grave. Liguei então para a eficiente Polícia cidadã que anda nos carros luxuosos, e segui minha rota. Após quinze minutos passo outra vez pelo local do assalto (via expressa). E no cruzamento vejo agora duas motos da polícia, e dois policiais. Resolvo dar a volta para falar com eles e sentir o drama. Comunico do ocorrido aos policiais, a resposta dos dois oficiais: “é isso ai todo dia acontece aqui”... ...”foi ai que o delegado matou um”... ...”quando a copa do mundo chegar isso se resolverá”. Nenhum movimento, tudo era absolutamente normal. Nada dos policiais saírem para pelo menos fazer uma varredura nas proximidades para procurar os quatro suspeitos. Disse a eles que reconheceria dois (dos quatros vagabundos em ação). Inertes para não criar trabalho para eles. Não sei se na hora do assalto era o horário dos dois policiais motorizados.
A Copa do Mundo esta influenciando até na desculpa para que os policiais não façam seu serviço correto. Saiu da conversa com os homens da Lei frustrado pelo poder da vagabundagem atrelada a todos os lados. De cima com a incompetência do Governador, a passar na coragem ousada dos vagabundos das ruas, e parar bem na conveniência dos policias que só querem ficar sentados em cima de suas motos.

Resolvo passar ao longo da Avenida Via Expressa (aproximadamente 500m do ponto do semáforo onde aconteceu o assalto, e onde agora estavam os dois policiais de moto). O que vejo? O vagabundo mor ainda sem blusa, e sua tatuagem no músculo do braço direito falando despreocupadamente ao celular (seria de uma das suas vitimas?) a beira da linha do trilho, ao lado da Via Expressa. Não acreditei quando vi. Primeiro pela tranqüilidade do assaltante, segundo pela vagabundagem da polícia que fica por isso mesmo, afinal de contas “isso acontece todos os dias”... ...”quando a copa do mundo chegar isso se resolverá”. O ruim é que até se criar respeito com a vida milhares de motoristas, e passageiros, nos cruzamentos de Fortaleza, milhares poderão perder a vida pela culpa ampla da vagabundagem em várias esferas de responsabilidades.
O que falta para aquela área ficar segura? Vergonha na cara dos governantes? Vergonha na cara de pau dos vagabundos meliantes? Honra e respeito dos funcionários públicos que prestam serviço de segurança a população? Mas, quando a Copa chegar tudo se resolverá! Ache bom ou ache ruim, não sei quem é mais malandro o Governo, os policiais ou os assaltantes, é isto!

Por: Tiago Viana, do Blog: Rastreadores de Impurezas

A Incrível “DISPERSÃO” de Votos na Eleição Cratense (que nos levou ao estágio atual) - Por: José Nilton Mariano Saraiva

Em aditamento à postagem do Dihelson, sugerindo a outorga do título de “persona non grata” aos dois Deputados Estaduais que traíram o Crato, ao se insurgirem contra a denominação Região Metropolitana do Cariri (exigindo que fosse adotada, por cima de pau e pedra, a denominação região Metropolitana de Juazeiro do Norte), é bom lembrar as respectivas votações, aí no Crato: José Vasques Landim (PSDB): 453 votos (11º lugar) e Ana Paula Gomes da Cruz (PMDB): 328 votos (13º lugar).
De bandeja, com dados oficiais do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mostramos como o eleitor cratense ou é mesmo irresponsável ou não dá o devido valor à poderosa arma que dispõe – o voto – já que na votação para Deputado Federal foram contemplados incríveis 114 nomes, enquanto que para Deputado Estadual foram votados nada menos que 249 candidatos; abaixo, os 15 Deputados Estaduais mais votados no Crato, assim como, também, os 15 Deputados Federais que receberam mais votos no município (se o Dihelson autorizar, podemos postar as duas relações completas, para mostrar que a grande maioria deles só aparece no Crato ou na Exposição ou em época de eleição). A pergunta que se impõe: quando é que a população do Crato vai aprender ???
José Nilton Mariano Saraiva

******************************
Crato - Eleição de 2006
Eleitores: 75645 – Comparecimento: 61.975
Deputados Federais votados: 114
Os 15 mais votados: André Barreto (PV) – 19.613 votos; Ciro Gomes (PSB) – 10.699 votos; José Arnon Bezerra – 4.274 votos; Luiz Gonzaga Fonseca .Mota (PSDB) – 3.279 votos; Eunício Oliveira (PMDB) – 2.229 votos; Manoel Salviano (PSDB) – 1.442 votos; Roberto Oliveira Barros (PT) – 1.070 votos; Manoel Raimundo de Santana Neto (PT) – 1.030 votos; André Peixoto F. Lima ( PDT) – 977 votos; Carlos Matos Lima (PSDB) – 805 votos; Raimundo Gomes de Matos (PSDB) – 639 votos; Ariosto Holanda (PSB) – 551 votos; José Guimarães (PT) – 507 votos; Deladier Feitoza (PSDB) – 496 votos; José Pimentel (PT) – 458 votos.
Deputados Estaduais votados: 249
Os 15 mais votados: Antonio Roque de Araújo (PSB) – 12.531 votos; Ely Aguiar (PSDC) – 9.914 votos; Raimundo Coelho Bezerra (PSDC) – 7.757 votos; Fabíola Alencar (PSDB) – 6.679 votos; Luis Jairo Sampaio Pinto (PSL) – 1.543 votos; Walter de Oliveira Brito (PTB) – 1.391 votos; Maria Íris Tavares (PT) – 728 votos; Lucildo Leite dos Santos (PT) – 644 votos); José Ilo Alves Dantas (PSDB) – 631 votos; José Wellington Landim (PSB) – 483 votos; José Vasques Landim (PSDB) – 453 votos; José Teodoro Soares (PSDB) – 384 votos; Ana Paula Gomes da Cruz (PMDB) – 328 votos; Geovani Sampaio Gondim (PSDB) – 327 votos; Nelson Martins (PT ) – 220 votos.

Fonte: Tribunal Superior Eleitoral
Postagem: José Nilton Mariano Saraiva

Carta aberta ao Diretor do Jornal do Cariri, e Blog do Tarso, Sr. Tarso Araújo.


Usar o que as pessoas dizem em proveito próprio é Inadmissível !


Venho por meio desta, exigir a retirada COMPLETA e IMEDIATA do seu site "Blog do Tarso", de todas as colocações feitas por mim, informações, no artigo da minha autoria, sobre a poluição sonora em Crato, que foram roubados infamemente do site "Blog do Crato" e usadas ao Bel prazer para sua própria deturpação, por Tarso Araújo, servindo-se destas a interesses escusos para me usar como instrumento para atacar a administração do Crato, usando-se daquilo que eu escrevi como arma para seus ataques no artigo "Crato: controle da poluição sonora deve ser feita de forma democrática". Sinto-me ultrajado, ao ver meus escritos deturpados em conclusões, do seu editor, e usados no "Blog do Tarso", sem a minha consulta prévia e sem a mínima e devida autorização.

Jamais concedi qualquer autorização para uso, cópia, reprodução, e nem concedo, a quem possa se utilizar de meios tão baixos e mesquinhos, como usar o que as pessoas dizem, para atacar a administração da qual eu faço parte como assessor de imprensa, utilizando-se das minhas próprias palavras para servir de mais um artigo nos seus ataques nefastos.

Creio que já está bem claro para o povo Cratense e Cearense, e mais uma vez, agora comprovadas pelo que ora denuncio, destas práticas hediondas, bizarras, e da malícia característica que rege a conduta daqueles que se dizem "jornalistas" ( ainda que sem carteira ), editores do Blog do Tarso ( e também do Jornal do cariri ), pelo fato de que embora o Blog do Crato exista há 4 anos, e periodicamente temos realizado reportagens sobre a administração do Crato, contendo inúmeras entrevistas e reportagens, ora elogiosas, ora de críticas, e tanto mais agora ,que tenho mais acesso à informação, NUNCA este chamado "Blog do TARSO" publicou qualquer linha sequer de artigos em que elogio as boas coisas da administração, e aproveitando qualquer reportagem que realizei ( e que foram muitas ), em que eu louve a administração atual. Mas na primeira crítica realizada por mim, o Blog do TARSO, se arvora logo em publicar ( e ainda mais, sem autorização, e tirando suas próprias conclusões em cima do que eu falei.

Não preciso de Tradutor não! ( Se eu quisesse tradutor, eu pagaria por um, e não seriam vocês ), para juntar ao seu arsenal de ladainhas por haverem sido excluídos da administração Samuel Araripe, e este nem sequer lhes concede mais entrevistas, devido às divergências sobre o que se diz.

O prefeito Samuel Araripe tem sido um homem que posso chamar de DEMOCRATA, amigo da liberdade em todos os sentidos, pois um dos pré-requisitos para que eu aceitasse o convite que me foi feito por ele, ao assumir a Assessoria de Imprensa, foi que nosso Blog do Crato teria uma atuação totalmente independente, e ficássemos inteiramente à vontade para criticar qualquer setor da administração, se achássemos conveniente, o que o próprio Samuel disse-me prontamente: "Dihelson, a sua atuação no Blog do Crato precisa manter total independência de nós. Não quero de forma nenhuma atrapalhar os trabalhos do seu site". E assim, temos exercido nossa liberdade em criticar qualquer setor da administração. Nunca fui procurado por esse ou aquele, para pedir que eu não reclamasse de algo, nem deixasse de publicar coisa alguma, o que eu também não teria feito, pois não existe preço para a verdade. Não se trocam míseros trocados mensais pelo preço de se falar a verdade, como alguns das práticas nefastas desejam realizar. Portanto, critico sim, mas dentro das normas de educação e de convivência, como fazemos periodicamente, sempre que encontramos algo que merece ser criticado. Todos os secretários de administração são meus amigos, como exemplo claro, o Dr. Nivaldo Soares, em quem fiz crítica recente na minha reportagem. Mas nem por isso o taxei de "incompetente", nem decretei "FALÊNCIA ALGUMA" como escreve o editor do Blog do Tarso, tentando miseravelmente deturpar o que eu disse, em razão de uma birra que ele mantém com o atual gestor. Diz ele na sua edição e reconstrução do meu texto, que eu "Como uma pessoa do governo, com livre trânsito nas várias esferas de poder e conhecimento do assunto, Dihelson exemplificou e mostrou claramente a incompetência da gestão municipal e de outras autoridades..." dentre outras coisas. Tarso, tenta elogiar meu texto, colocando-se do meu lado, e ao mesmo tempo, como se, em luta contra a atual administração, para me usar como seu instrumento sórdido. Cai fora, Jacaré !!! Grande Tarso Araújo, tenho grande admiração pelo seu trabalho como jornalista experiente e atualizado que é, e suas outras reportagens, além da linguagem, mas isso aí foi deveras apelativo, e nunca esperei que você viesse a tentar usar seu próprio amigo dessa forma. Convenhamos, meu amigo. Isso não se faz !

Não demonstrei NADA de clara incompetência no texto, isso aí é a conclusão maliciosa e o VENENO dele ( do editor ), que se utiliza do princípio da MÁ FÉ, para expor um pensamento que ele tem em relação à gestão Samuel Araripe, ( E isso ele tem todo o direito de pensar, contanto que não use as pessoas ), se aproveitando das palavras dos outros, por não ter coragem de assumir o que diz e o que pensa! Pois quem tem coragem de dizer o que pensa, não precisa usar, nem distorcer o que os outros dizem para atingir seus objetivos.

Meus caros, ou Meu Caro Tarso,

01 - Porque vocês não publicam por exemplo, o artigo que fiz sobre a primeira-dama se engajar na luta contra a poluição sonora ? Porque não publicam nada de bom da administração Samuel Araripe ? tantos releases que te envio todo dia ?

02 - Porque vocês não publicam as longas entrevistas que mantive com o secretário Nivaldo Soares sobre a despoluição e os grandes benefícios que ele tem conseguido com a despoluição visual ?

03 - Porque vocês não retransmitem as inúmeras entrevistas que já fiz com o prefeito Samuel Araripe, na íntegra ?

04 - Porque vocês não publicam as entrevistas que já realizei com a secretária Danielle Esmeraldo, com o Secretário George Macário, com Joatan, e com vários outros?

Sabe porque ? Porque não é do seu interesse! Porque a boa visibilidade da administração Samuel Araripe não lhes interessa! Vocês só querem prejudicar a gestão atual. Esse é o interesse de vocês para tentar atingir seus objetivos. Desde quando ele não assinou E NEM HÁ DE ASSINAR qualquer contrato com o também Jornal do Cariri, é alvo de críticas semanais.

Como por exemplo, essas matérias sensacionalistas que o editor Tarso Araújo, publica "Crato e Abaiara serão fiscalizados pelo TCM ." Porque isso SIM, é do seu interesse... MALHAR! !! mas as coisas boas que a administração tem feito, ele não tem a menor intenção em publicar, a não ser que se pague para publicar, é ? Portanto, por esse tipo de atitude, não estranhe, amigo Tarso, que NINGUÉM da administração queira lhes conceder entrevistas, como fazem atualmente, se vocês mesmos não fazem por merecer ?? Este comentário eu já ouvi de várias pessoas. Ninguém na administração tinha absolutamente nada contra você. Mas parece que você está cavando, meu caro!

Afinal, quanto é que querem para publicar coisas verdadeiras sobre a administração ? A que preço está a VERDADE para vocês ?

01 - Talvez vocês queiram o pacote básico, em que fingem-se de mortos, nem atacam, nem defendem...
02 - talvez vocês queiram o pacote PLUS, onde fazem uns raros elogios e algumas poucas críticas.
03 - talvez vocês queiram o pacote PREMIUM, onde toda semana poderiam fazer elogios até sobre o que estiver errado
04 - Ou talvez vocês queiram o pacote MEGA PLUS PREMIUM PLUS, em que botariam a mão no chão para o prefeito não cuspir no piso ?


Seu Jornalismo tendencioso pode até enganar alguns dessa cidade, que não conhecem a verdade dos fatos, e vocês podem até usar outros ingênuos para tentar dizer aquilo que vocês não tem coragem de dizer na cara, usando-se de subterfúgios e de declarações DOS OUTROS, usando-se da sua má fé característica. Como tentaram aí fazer com meu artigo sem minha autorização. Mas agora vocês encontraram um cara que não tem medo de vocês não, que diz o que tem que ser dito, e que não fica se borrando nas calças com medo do seu "jornalismo" tendencioso, que é na verdade, uma colcha de retalhos das informações postadas nos Blogs do Cariri, do Ceará, dos nossos amigos na Internet, com apropriação indébita de diversos artigos que publicamos, com muito esforço, como o do colega Beto Fernandes, que redige, mesmo, e que está furioso com você, TARSO, também, pelo mesmo motivo, e até de foto da minha autoria já foi publicada em seu Jornal, e de inúmeras pessoas em que são usadas fotos sem dar o devido crédito. Jornal que é Jornal de verdade, quando publica uma matéria, coloca os créditos de quem publicou, ou a agência de notícias de onde retirou aquela informação, bem como coloca os créditos das fotos. Não vejo isso e ninguém vê isso no seu jornal, prova é que já tive fotos minhas publicadas sem o menor crédito. Isso é o que eu chamo de uma lástima de jornalismo! É esse o jornalismo que o grande tarso Araújo sonhava em fazer? pelo que conheci há cerca de 1 ano, não era essa a imagem que tinha de você, pelo contrário, era de uma pessoa idônea, de um cidadão de bem.

Portanto, para finalizar, desde que meu artigo foi USADO para outros fins, e sem que eu tenha tido qualquer conhecimento prévio, nem dado o consentimento necessário, e ainda por cima, deturpado para tirar conclusões do editor sobre o que escrevi, a fim de atacar pessoas da minha mais alta estima e consideração, é que venho por meio desta, solicitar a retirada imediata e completa de todas as informações, texto, e opiniões de editor acrescentadas sobre o meu artigo. original. Como disse, usado de muita má fé, para servir unicamente aos interesses maquiavélicos. Um homem honrdo nunca deveria fazer uma coisa dessas.

E lembrem-se: Da próxima vez em que forem publicar algo que não lhes pertence, consultem primeiro se o autor autoriza a sua reprodução, se o autor autoriza o uso de fotos, se o autor permite a mudança, ou adulteração do texto. Jornalismo é para ser exercido com seriedade, e mesmo sem a carteira de jornalista de uma universidade, espera-se que as pessoas que tratam da informação, possam ter a mínima qualidade necessária para se lidar com a palavra: Que eles tenham sobretudo, Caráter e Profissionalismo, o que deveria ser esperado por gente que se diz tão experiente no assunto...

Após a publicação dessa resposta que ora lhe escrevo, e que deve ficar exposta em seu site como minha resposta à sua infame reportagem, solicito que sejam retirados do seu site, no prazo de 48 horas a partir de agora, data de publicação, o meu artigo original em sua matéria sobre a poluição sonora, que foi usado sem autorização, e logo após isso, quero de antemão, declarar publicamente, que INFELIZMENTE, ( mesmo a contragosto, pela consideração que ainda nutria pelo Tarso Araújo ), após a data de hoje, 12 de junho de 2009, para "O BLOG DO TARSO, JORNAL DO CARIRI, CARIRI AGORA, e todo e qualquer site ligado à rede a que pertencem "Tarso Araújo, e seus colegas de jornal", a nível local e nacional, eu, Dihelson Mendonça, proíbo até data posterior, a veiculação de qualquer material, informação, trecho de artigo, artigo da minha autoria, presente, passado e futuro, publicado por mim, e por qualquer outro membro no "Blog do Crato", e de qualquer outro site da minha autoria, edição minha, como outros 30 Blogs em que dou assistência, e mesmo artigos meus, mensagens, reproduzidos em sites da internet, jornais, e qualquer outro veículo de comunicação, em que não foi pedida a minha autorização, bem como fotos, e todo tipo de conteúdo nosso.

Quando se precisa de um artigo, deve-se pedir antes. Solicitem, que poderei ver caso a caso.

Mas por favor, não tentem me meter nem me usar nas suas perpetrações Sórdidas!

E Isso vale para todos os Sites também da Internet.

Reproduções, somente mediante Autorização. Os violadores destas determinações, serão processados judicialmente até as últimas consequências legais, nas formas previstas nas Leis de direitos autorais e de Propriedade Intelectual. A apropriação indébita de artigos de terceiros, bem como de fotos e outros produtos, caracteriza roubo intelectual, também considerado crime, passível de inúmeras penas previstas em lei. E contra jornalistas inescrupulosos, a única e melhor arma do cidadão ainda é a LEI, de estou totalmente e firmemente disposto a acionar, se for preciso. Lamentavelmente.

Crato, 12 de Junho de 2009
Dihelson Mendonça
Imagem ilustrativa - fonte - : http://josiasdesouza.folha.blog.uol.com.br

Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31