xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 27/05/2009 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

27 maio 2009

DAS FORMIGAS DE ASAS AOS CUPINS

Mesmo sem atender à convocação, transitei o caminho duro das dúvidas entre a real natureza do ambiente e a ambiência de uma real necessidade. Afinal, mesmo não gostando da redução da real natureza do ambiente a um intento associado e dependente, me dei conta da real necessidade de manter a ambiência. Como uma formiga de asas e um cupim por evolução e transformação.

A formiga de asas se fez símbolo da liberdade. Saiu do sólido piso e ganhou os ares. Tudo mais rápido, elevado, acima da digestão da uma vida no tubo alimentar do predador. Por sobre a língua elástica do sapo, num vôo errático, que se atrai com a luz e cai no solo como aparição num repente onde não existia.

A formiga de asas, então as perde e imprevidente se toma de uma cegueira ainda insuficiente que se perca. A formiga de asas se transforma num cupim ávido por celulose. Atravessa barreiras de alvenaria, forma túneis extensos numa ramificação de oportunidade e rói toda a celulose que se interponha na sua progressão.

O cupim derruba a arquitetura das estruturas de madeiras, tudo pelo que perdeu do seu vôo de liberdade. Agora ele é intento sem freios de tornar pó aquele lenho rendilhado ou concêntrico que um dia um olhar se pôs. A liberdade de destruir o quê para si é apenas alimento.

NUNCA DIZER : FIZ UMA POESIA - Por :Fabio Brüggemann



NUNCA DIZER: “FIZ UMA POESIA”


Uma das coisas mais irritantes no uso da língua portuguesa – além dos cacofônicos “a nível de”, “estaremos enviando”, “eu enquanto sujeito”, “pretender objetivar”, “neste sentido” e outros vícios acadêmicos – é quando um pretenso poeta diz que “escreveu uma poesia”. O leitor tem todo o direito de não saber a diferença entre poesia e poema, agora, faz favor, poetas com livros publicados e tudo, associados a academias de louros e letras, fundadores de pseudo-grupelhos autodenominados livres – como se quem não pertencesse a seu universo fosse necessariamente preso – não têm direito de confundir poesia com poema. E como quem não quer nada, tentarei aqui explicar ao leitor (e me corrijam se eu estiver errado) a diferença entre uma coisa e outra.
O poema é o objeto, a espinha dorsal, a forma, o emaranhado de palavras antes de seu sentido, o significante a espera que o leitor atribua seu significado, o molde das idéias (porém, não as idéias), a caixa silenciosa que fala, o truque da língua, o cimento, a estrutura, a maquinaria textual, enfim, é tudo que lembra a fábrica, o concreto.A poesia não está apenas no poema. Reside nas películas a 24 quadros por segundo, nas xícaras que mexem da Fernanda, na música, no teatro, no olho da mulher que adora a palavra , e sobretudo no amor que sinto por ela, na intenção, no que se quer dizer antes que se diga, na estratégia, no pensar e no falar, na cor do miolo da boca, num filme de Godard, na tela de Edward Münch, nas coisas que não dependem de descrição, na intenção, no tudo que é abstrato.Aquilo que realça de preto no branco do papel é poema, o que se compreende disso é poesia. O que está impresso nos livros de poesia é poema, mas não é poesia. Pode se dizer “a poesia de Fernando Pessoa”, coisa bem diferente de se dizer “o poema de Fernando Pessoa”. O que se pode decorar é poema, o que se guarda sem se lembrar é poesia. Portanto, aquilo que se escreve é o poema, e ele pode ou não conter poesia, e a essência do que se desprende dali é o que se pode chamar de poesia. Faz tempo que não escrevo um poema, apesar de ter prometido a Vanessa um que fosse ruim, para que ela coloque na caixa de um projeto gráfico igualmente ruim. Tarefa tão inglória quanto escrever, talvez um bom poema. Mas, como diria o poeta Marco Vasques, não sou habilitado para falar de poesia e de poemas, porque sou ex-poeta, apesar de procurar aqui e ali uma poesia qualquer no meio dessa prosa porosa que é o mundo. A poesia está para a prosa, assim como o amor está para a amizade, cantou o poeta que nunca publicou um livro de poesia e que nunca escreveu um poema. Prova maior de que estas coisas se têm nomes distintos, devem ser mesmo diferentes.


Fábio Brüggemann


Perto, bem perto.

Uma pergunta que muita gente faz para quem escreve é de onde vem a inspiração. Antes de responder, sempre digo que a priori não creio em inspiração. O que já é uma resposta. Se não creio, como poderia saber de onde ela vem? A idéia da existência de uma musa que sopre no ouvido os versos já prontos ou de que o escritor é um sujeito passível de ser inspirado é muito antiga. Por conta disso, fica difícil desassociar escritor da idéia de musa. Escrever não é uma atividade comum, não exige curso superior, e a densidade escritor por metro quadrado é bem pequena. Para saber escrever é preciso, antes de mais nada, saber ler. Isso vale para qualquer atividade humana. Ninguém decide ser ator sem nunca ter ido ao teatro. Dificilmente um sujeito opta pela arquitetura sem ter se encantado com alguma forma, e por aí vai. Ao que chamam de inspiração, nada mais é do que uma espécie de memória afetiva, que vez ou outra surpreende com alguma imagem, ou idéia. Mas ela não é estranha, estrangeira, ou venha de fora de nós. Só podemos escrever sobre aquilo que conhecemos. Nem sei, na verdade, porque estou falando sobre isso. Talvez seja a famosa embromação, doença que acomete cronistas de vez em quando. Não por falta de assunto. Eles não faltam, basta abrir os jornais, caminhar no calçadão, ouvir uma conversa no café sem que os que falam percebam, ler um livro, enfim, conhecer alguém. Poderia falar sobre os dias lindos que têm feito, sobre o friozinho bom. Assunto nunca falta. Até mesmo a falta de assunto é um assunto. Mas tem dias que tudo fica meio entorpecido. Dá vontade de falar sobre nada mesmo, apenas sentar no banco da praça e contar quantos passantes têm blusa amarela, quantos usam anéis, ou no que está pensando aquela senhora com sacolas na mão e passo apertado. Vontade mesmo é de fechar os olhos e sentir o calor do sol, não dar nome às coisas, apenas querer ter nascido pelo menos vinte anos mais tarde, para que qualquer diferença não fosse sentida, não causasse confusão, e querer ficar perto, bem perto. Tão perto que nem o fio da luz do sol consiga passar por entre os corpos.



Fábio Brüggemann

Arqueologia e Paleontologia serão dicutidas no Cariri


Mais de 190.000 visitantes estiveram no Museu de Paleontologia da URCA em Santana do Cariri, numa cidade de cerca de 7.000 mil habitantes.

Aprofundar e socializar a produção cientifica na área de paleontologia e arqueologia é um dos objetivos do Encontro Universitário de Paleontologia e Arqueologia do Cariri que será realizado no período de 08 a 10 de junho de 2009, na Universidade Regional do Cariri – URCA. O evento constará de palestras, mini-cursos e vivencias na Casa Grande e Mina de Calcário em Nova Olinda.

A região do Cariri é um dos locais importantes para a pesquisa cientifica nas áreas arqueológicas e paleontológicas. A primeira citação dos fósseis da Bacia do Araripe foi registrada em 1810 por João da Silva Feijó e cerca de 20 anos depois a ilustração desses fósseis foram publicadas por Spix & Martius em 1831. Diversos eventos científicos propiciaram a difusão de estudos e de descobertas sobre essas áreas do conhecimento, como é o caso do I e II Simpósios sobre Bacias Interiores do Nordeste em 1994 e 1997, a realização do XVI Congresso Brasileiro de Paleontologia em 1999 e o Simpósio Sobre Atualidades Paleontológicas em 2008, eventos que conseguiram potencializar a região como pólo de pesquisa cientifica paleontológica e arqueológica.

Para os organizadores, a conseqüência direta do evento é proporcionar aos acadêmicos e a comunidade em geral, o despertar sobre o estudo da Paleontologia, da Arqueologia, da evolução e biodiversidade na região do Cariri.


Até hoje, mais de 190.000 visitantes estiveram no Museu de Paleontologia da URCA em Santana do Cariri, numa cidade que tem apenas cerca de 7 mil habitantes. Número similar são as visitas à Casa do Homem Cariri em Nova Olinda, para conhecer os vestígios do povo Cariri, antes da chegada dos colonizadores portugueses. Entre estes visitantes, destacam-se inúmeros pesquisadores nacionais e estrangeiros. Esses dados demonstram a importância da região do Cariri para a cultura cearense e nordestina e a necessidade de fomento à pesquisa e divulgação cientifica sobre esse potencial regional que também é discutido na ótica do turismo cientifico.

O Encontro é realizado pela Pró-Reitoria de Pós Graduação e Pesquisa – PRPGP, Grupo de Pesquisa Chapada do Araripe – GPCA e Laboratório de Pesquisa Paleontológica da URCA – LPPU.


Programação:

Inscrições

MANHÃ
08:00h as 11:00h SALÃO DA TERRA
NOITE
18:00h as 21:00h - C.A DE BIOLOGIA

Data de realização do evento: 8 a 10 de Junho de 2009
Local do Evento: Universidade Regional do Cariri – URCA

Palestras:
• História do Museu de Santana do Cariri: Dr. Plácido Cidade Nuvens – Reitor da Urca
• Legislação sobre o Tráfico de Fósseis: José Artur Andrade Ferreira Gomes, Geólogo – DNPM - CE/CPCA
• Arqueologia na Região do Cariri: Ms. Rosiane Lima Verde - Fundação Casa Grande
• Paleobotânica na Bacia do Araripe: Dr. Antônio Álamo Feitosa Saraiva – Professor de Botânica Criptogâmica da Urca
• Geopark Araripe: MS. Francisco Idalécio de Freitas – Geólogo do Geopark Araripe
• Paleoturismo - Com Enfoque na Região do Cariri: Dr. Alexandre Magno Feitosa Sales - Professor de Paleontologia da URCA

Mini-Cursos:
• Ambientes Sedimentares da Bacia do Araripe: Carlos Hindenburgo Nunes Holanda- Secretaria de Recursos Hídricos.
• Interpretação Paleoecológica: Dr. Maria Helena Hessel - UFC Cariri
• Replicação de Fósseis: Carlos Eduardo Sousa, Coord. Da Oficina de Réplicas – Museu de Paleontologia da Urca
• Preparação de Fósseis: Renan Bantim, Olga Alcântara e Nádia Amanda - URCA – Bolsistas de I.C/Funcap e CNPq.
• Introdução a Arqueologia: Ms. Rosiane Lima Verde - Fundação Casa Grande – Nova Olinda
• Biomecânica - O Voo dos animais: Dr. Hermínio da Silva. - Professor de Física da Urca.


CRONOGRAMA DE ATIVIDADES

• 8 de junho de 2009 – Segunda-Feira

08:00h – Credenciamento
08:00 as 08:15 – Apresentação Musical – Ana Paula Nogueira
08:30h – Palestra de Abertura: História do
Museu de Paleontologia da URCA - Plácido Cidade Nuvens – Reitor da URCA.
09:30h–Palestra: Legislação sobre o Tráfico
de Fosseis - Artur Andrade F. Gomes - DNPM
10:20h as 10:30h - Intervalo
10:30 as 11:20 – Palestra : Geopark Araripe
Francisco Idalécio de Freitas – Geopark Araripe.
14:00 às 17:00 - Mini Cursos e Credenciamento
14:30 - Filme


• 9 de junho de 2009 - Terça-Feira

08:30h Palestra Paleoturismo na Região do Cariri: Alexandre Magno Feitosa Sales- Urca
09:30h – Arqueologia na Região do Cariri: Roseane Lima Verde - Fundação Casa Grande
10:20 as 10:30 – Intervalo
10:30 as 11:20 – Paleobotânica da Bacia do Araripe: Antônio Álamo Feitosa Saraiva -Urca
14:00 as 17:00 – Mini Cursos
14:30 - Filme

• 10 de Junho de 2009 - Quarta-Feira

7:30 – SAÍDA PARA A VIVÊNCIA DE CAMPO EM FRENTE A PANIFICADORA P&C.
LOCAL DA VIVÊNCIA: Casa Grande (Nova Olinda- CE) e visita a Mina de Calcário (Geotope Nova Olinda).


Serviço:
Olga Alcântara (88) 8817-1458
Renam Bantim (88) 9909-8622
Aline Mounielle (88) 9222-4440
PRPGP (88)3102-1291


Vamos Discutir o Futuro do Crato ? - Amanhã, Quinta-Feira em FORTALEZA


"É preciso acabar com esse marasmo existente na população do Crato de se OMITIR nas horas em que precisamos decidir os destinos da nossa cidade. Quem se omite do debate, não tem o direito de reclamar depois!"

Dihelson Mendonça


Atenção TODOS os Cratenses em Fortaleza !

Amanhã dia 28 de maio, Quinta-Feira, estarei em Fortaleza, juntamente com uma comitiva representada pelo Prefeito de Crato Samuel Araripe, a convite da AFAC - Associação de Filhos e Amigos do Crato, em uma palestra que ocorrerá na CDL, onde será apresentado um DVD prestando contas à população do que a administração atual já fez pelo Crato, do que está realizando, e dos projetos que se pretende realizar no Crato ainda nesta gestão. Ao final, abriremos um amplo DEBATE, e aqui será um ponto muito produtivo para todos, porque faremos o questionamento acerca de inúmeros temas, dentre os quais o desenvolvimento regional, a vocação e melhores projetos para nossa cidade.

Quero convidar TODAS AS PESSOAS que amam o Crato e se preocupam com o futuro da nossa cidade, que não deixem de ir a esse evento, que é importantíssimo, e que preparamos com tanto carinho, e sobretudo, que participem da discussão dos projetos. Numa democracia, o governo vem do povo, e é através da audição das propostas populares, das consultas públicas, é que esse povo exerce a democracia. A indignação e a consequente mobilização que leva a AÇÃO, são as grandes ferramentas do processo democrático. Pois para tudo precisa que cada um cumpra com sua parte se quisermos o bem de todos. É preciso acabar com esse marasmo também existente na população do Crato de se OMITIR nas horas em que precisa decidir os destinos da nossa cidade. Quem se omite do debate, não tem o direito de reclamar! Portanto, conto com a presença de todos no evento.

Local: Amanhã, Quinta-Feira, dia 28 de Maio na CDL em Fortaleza.
Auditório da Câmara dos Dirigentes Lojistas- CDL de Fortaleza, localizado a Rua 25 de Março, 882, no Centro. Maiores informações com Ilton 85.9613.3936 / Graça Barreto - 85.9958.1650 / Luiz Lima- 85.9621.7017 / Pedro Jorge - 58. 9988.9911.

Horário: 19 horas.

Abraços,

Dihelson Mendonça

Notícias do Crato para o Dia 27 de Maio



27-05-2009
Secretaria de Cultura realiza o São João Festeiro de 14 a 21 de junho

A Prefeitura Municipal do Crato, por meio da Secretaria de Cultura, realiza do dia 14 de junho até o dia 21, o Crato São João Festeiro, no Centro Cultural do Araripe. Várias bandas da região estarão se apresentando durante os festejos, com direito a cidade cenográfica. O Centro Cultural se transforma no grande arraiá, com forró, comidas típicas, quadrilhas, cidade cenográfica, feira de artesanato e muita animação. Maiores informações: Secretaria de Cultura, Esporte e Juventude (88) 3523-2365.

Mobilização Social em Parceria com o DEMUTRAN de Crato promovem palestra educativa

Dando continuidade ao projeto: LER é CONHECIMENTO, a Secretaria de Saúde do Crato através do Núcleo de Mobilização Social em parceria com a Escola Juvêncio Barreto, do bairro Giselia Pinheiro( Batateiras) realizará mais uma atividade, hoje às 19 horas. A referida atividade será uma palestra dinamizada pelo Agente de Transito - do Departamento Municipal de Transito DEMUTRAN do Crato Daniel Abagaro para 30 alunos. As informações serão acerca do tema : Direção Defensiva - Transito seguro é um direito de todos. Farão parte das atividades, leitura de textos, explanação e confecção de trabalhos em sala.

III Semana do Meio Ambiente será aberta no dia 1º


A III Semana do Meio Ambiente será aberta no próximo dia 1º de junho, durante solenidade no Centro Cultural do Araripe, às 9 horas, com Assinatura do Termo de Cooperação Interinstitucional da Formação Comvidas. Também serão realizadas apresentações culturais. Na terça-feira, dia 2, será realizada a partir das 8 horas, trilha ecológica na Floresta Nacional do Araripe, por meio do Instituto Chico Mendes e CPMA. Às 8h30, acontece a palestra Educação Ambiental com Foco em Matas Ciliares, com a professora e Pró-Reitora de Extensão da URCA, Arlene Pessoa. A coordenadora do Núcleo de Meio Ambiente, da Secretaria de Meio Ambiente do Crato, Vanda Roseno, abordará o tema Pólo de Lazer da Ponta da Serra. À tarde acontecem apresentações culturais no Centro Cultural do Araripe. O evento continua até o dia 5 de junho, com o I Encontro Comvidas do Crato e o Seminário: Sistema Agroflorestal.

Cursos e oficinas

Os cursos e oficinas serão sobre os temas: Maquetes como Instrumento de Educação Ambiental, com o professor José Luiz Tupinambá Freitas, nos dias 4 e 5 de junho, das 13h30 às 17h30, na URCA; Quebra de Dormência de Sementes, com o professor mestre Luis Marivando Barros, nos dias 4 e 5, das 13h30 às 17h30; e Manipulação de Plantas Medicinas, por Petrúcia Araújo Lima, da Secretaria de Meio Ambiente, no Viveiro Municipal de Mudas, na sede do escritório do IBAMA, nos dias 4 e 5 de junho, das 8 horas às 17h30. As oficinas serão sobre o Uso Sustentável dos Recursos Hídricos, com a professora mestra Claire Anne Viana de Sousa, da Cogerh, as especialistas Maria das Dores Gonçalo Costa, da Cogerh, e Lusimeire Ramos da Silva, da Superintendência do Meio Ambiente, e Biojóias, por Maria Araújo Ferrer, do ICMBio, no Colégio Municipal. As oficinas também serão realizadas nos dias 4 e 5 de junho, das 8 horas às 17 horas. Durante a semana também será desenvolvida uma programação de Filmes Ambientais - Ecocine, das 19 horas às 21 horas, no Salão de Atos da URCA, além da Exposição, durante todos os dias do evento, do “Túnel da Vida”, no Centro Cultural do Araripe.

Crato convoca a população para participar o Dia do Desafio

A Secretaria de Cultura, Esporte e Juventude do Crato, através do Núcleo de Fomento ao Esporte-NUFESP, em parceria com o Serviço Social do Comercio – SESC- Crato convida todos os cratenses a participarem do Dia do Desafio. As atividades de hoje começam a partir das 9 horas tendo início com um cortejo pelas principais ruas da cidade do Crato, saindo do Centro Cultural do Araripe, no Largo da RFFSA. O Dia do Desafio é um evento é de repercussão Internacional e a cidade do Crato estará concorrendo com Sincelejo na Colômbia no alcance das metas estipuladas. Cada pessoa ou grupo de pessoas que participa do Dia do Desafio deve registrar sua participação, fazendo algum tipo de exercício. Em cada cidade os coordenadores estabelecem pontos estratégicos para captação dos registros e utilizam recursos como telefone, fax, e-mail, etc, No Crato, ligue para a Secretaria da Cultura, Esporte e Juventude, fone 3523-2365 ou 0800 726 4018. Todo registro é importante para a computação final dos resultados. Os registros de participação devem ser aceitos até o encerramento das atividades - às 21h, horário local. Participem, pratiquem exercícios, e façam do Crato um dos municípios brasileiros vencedores do Dia do Desafio 2009.

CRAS Vila Alta realiza ações comemorativas e educativas

O poder Municipal do Crato através da Secretaria de Ação Social, realizou nesta última terça-feira, dia 19, a comemoração do Dia das Mães com o grupo da Terceira Idade do Centro de Referencia em Assistência Social -CRAS -Vila Alta. Nesta última sexta-feira, dia 22, pela manhã, aconteceu o segundo encontro com o Grupo de Jovens e Estagiárias de Serviço Social do referido CRAS. À tarde, nesta mesma data, houve mais um encontro com as crianças da Oficina Sócio-Educativa e logo em seguida, reunião com o Grupo de Inclusão Produtiva.

Fonte: Assessoria de Imprensa
Governo Municipal do Crato
Fone/Fax - (88) 3521.7069 M
ais informações:

http://www.crato.ce.gov.br
http://www.prefeituramunicipaldocrato.blogspot.com

INDIGNAÇÃO - Carta do Leitor Júnior Fernandes

Sr. Dihelson

Primeiramente quero lhe expressar minha intença admiração pelo seu trabalho no Blog Do Crato,sou um fiel leitor diário do seu blog, o que me faz sentir mais proximo da minha terra, e mais interagido com o Crato, chego a passar horas me deslumbrando com a beleza de suas fotos da região, presentes no seu blog. Sou natural de Fortaleza, cidade esta onde resído, apaixonadissimo pelo Crato, pois minha família materna é do Crato, me considero indiscutivelmente Cratense. Sou um modesto jovem, estudante universitário, um futuro Publicitário, não possuo tanta bagagem cultural como os comentaristas do seu Blog, mas não tenha duvidas que admiro muito a produção do seu blog.

Ao ler sua matéria sobre boatos da mudança da Expocrato achava que era impossível tal projeto, até ler a sua matéria de ontem sobre o projeto da construção do novo parque. Quero manifestar aqui a minha indignação, pois a Expocrato é um simbolo, um orgulho e uma marca que todos nós cratenses temos, a Expocrato já faz parte de nossa história, geralmente pessoas de diversos lugares do Brasil expressam admiração por este evento, ja é uma festa tradicional pelo local onde ela é realizada, meus pais já desfrutaram dessa festa durante a juventude, como isso pode ser mudado assim, de uma maneira tão banal? Como se o Crato não tivesse dono? È só chegar e impor a mudança de uma boa imagem que o tempo e a cultura cratense levou décadas para construir? Temos que mostrar que a sociedade do Crato existe para defender seu patrimônio, que a sociedade cratense pode proteger o que é seu, a sociedade cratense tem que mostrar que não está alí só para enfeite. Considero seu jornalismo através dos veículos em que o Sr. atua uma grande arma do povo cratense, um jornalismo transparente, aberto, realista e democrático.

Deixo aqui a minha admiração e o meu apoio a sua opinião sobre isso juntamente com a opinião expressada pelo Sr. Prefeito, que ao expressar a sua defesa pela permanência do evento cumpre com toda competência o seu papel. Aproximar a Expocrato do Juazeiro? Impossivel encarar-mos isso com naturalidade! Será que ele pretende "reestruturar" o nome da Expocrato pro Juazeiro tambem, futuramente? E a nossa economia? E a nossa cultura? E a nossa tradição, nossa identidade? "E o nosso desenvolvimento?" não podemos entregar de mão beijada pra ninguém.
Expresso Aqui minha indignação.

Obrigado por ler minha opinião sobre o assunto.
Sou Grato por a sua atenção e o seu tempo dedicando ao ler este meu modesto texto opinatívo.

Ass: Junior Fernandes

Nota:
Como sempre, as respostas estarão nos comentários desta postagem, mas quero aqui dar meus parabéns ao Júnior Fernandes por se manifestar, como um bom Cratense, que a exemplo de muitos, amam essa terra e desejam que ela se desenvolva. Eu concordo em gênero, número e grau com o exposto, e gostaria de discutir esse assunto de forma mais produtiva. Amanhã dia 28 de maio, Quinta-Feira, estarei em Fortaleza, juntamente com uma comitiva do Prefeito de Crato Samuel Araripe, a convite da AFAC - Associação de Filhos e Amigos do Crato em uma palestra que ocorrerá na CDL, onde será apresentado um DVD prestando contas do que a administração fez, do que está fazendo e do que se pretende realizar no Crato nesta gestão. Ao final, abriremos um DEBATE, e aqui será um ponto muito produtivo para todos, porque faremos o questionamento acerca de inúmeros temas, dentre os quais esse aí da ExpoCrato. Então, quero convidar TODAS AS PESSOAS que gostam do Crato e se preocupam com o futuro da nossa cidade, que não deixem de ir a esse evento, que preparamos com tanto carinho, e sobretudo, que participem da discussão dos projetos. Numa democracia, o governo vem do povo, e é através da audição das propostas populares, das consultas, é que o povo exerce essa democracia. A indignação e a consequente mobilização para a AÇÃO, são as grandes ferramentas do processo democrático. Pois para tudo precisa que cada um cumpra com sua parte se quisermos o bem de todos. Conto com a presença de todos.

Abraços,

Dihelson Mendonça

Música é bom para tudo.

Uma mensagem a todos os membros do Blog do Crato.

* 1 - Tocar reativa o bom humor;
* 2- Música, como entretenimento, torna as pessoas menos estressadas;
* 3- Alunos do Ensino Médio que estudam música, têm melhores resultados na escola, segundo pesquisa;
* 4- Música, é o que recomendam os médicos para aumentar a auto-estima e colaborar na recuperação dos enfermos
* 5- Estudo da Universidade da Califórnia indica que crianças estudantes de teclado , após 8 meses de aula, tiveram uma alta de 46% no raciocínio espacial;
* 6 - Tocar promove o relacionamento social;
* 7 - Aprender a tocar um instrumento estimula a superação de desafios em outros segmentos;
* 8 - A criatividade gerada pela prática é estimulada, unindo o corpo e mente;
* 9 - Crianças que tocam algum instrumento, compreendem melhor matemática, literatura, e etc. ...

Visite Balcão do Músico em: http://balcaodomusico.ning.com


Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31