xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 01/05/2009 | Blog do Crato
.

VÍDEO - CONVERSA FRANCA - O DESCASO NO CRATO - Dihelson Mendonça ( 30-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

01 maio 2009

O Fato e a Versão - Por: José Flávio Vieira


Alguém já afirmou que a versão é muito mais importante do que o fato em si. Talvez seja justamente esta lei que resume toda atividade jornalística. Houve um tempo em que as informações circulavam de boca em boca e, claro, que, a cada passagem de língua, as histórias iam tomando nuances próprias que dependiam da capacidade inventiva do povo, mas, também, dos muitos interesses envolvidos no enredo que cada um passava adiante. Os primeiros meios de comunicação de massa como jornais e rádios trouxeram a possibilidade de multiplicar a difusão das histórias e os poderes político e econômico perceberam, rapidamente, que tinham em mãos um instrumento poderosíssimo. Passavam a ter controle de milhares de línguas com capacidade de espalhar a versão que mais lhes interessava. Podiam cometer os crimes mais hediondos, as fraudes mais estapafúrdias, a corrupção mais deslavada pois possuíam nas mãos a mídia capaz de torná-los santos e cândidos. Detinham o monopólio das versões. Assim não existe jornalismo imparcial, a informação sempre está a serviço de grupos ideológicos e econômicos. A luta sempre deve ser no sentido de que todos tenham igual acesso democrático à veiculação das suas versões e, mais, que tenham apurado senso crítico para perceber, claramente, que interesses existem mascarados por trás de cada notícia veiculada. Com a globalização das informações nos últimos tempos, esta arma midiática se tornou bem mais poderosa, mas , por outro lado, democratizou-se mais e fugiu um pouco ao controle do Poder. O grande problema nos dias atuais é filtrar , no meio do turbilhão de versões acessadas, aquelas com um mínimo teor de credibilidade e, mais, entender a intenção subjacente.
Em Matozinho, Gutemberg ainda não havia chegado com suas prensas. A informação e a contra-informação perambulavam de língua em língua e se amplificavam apenas nas rodinhas da Praça da Matriz, na Igreja e nas conversas no Bar do Giba e na Botica de Janjão. Além disso, havia naturais difusoras na vila que eram suas fofoqueiras, imprescindíveis ao leva-e-traz, à fabricação de inimizades e à tessitura de intrigas. Algumas, como D. Filó, morassem em cidades maiores e mais conflituosas, já teriam envenenado as relações internacionais e o planeta já estaria vivendo, segundo Rui Pincel, sua quarta ou quinta Guerra Mundial.
Segundo nosso filósofo, quem primeiro em Matozinho percebeu a importância da versão e não do fato em si, teria sido o velho Chico Liberalino. Ele vivia na cidade do aluguel de alguns imóveis que herdara do pai. Nunca fora de muito trabalho. Suor de Chico, no dizer de Rui Pincel, tinha poder de curar tudo quanto é enfermidade perigosa: câncer, paludismo, hidropsia e “até está tal de gripe do bacurim que vai terminar chegando por aqui”. Chico tinha um filho que herdara do pai a mesma disposição. Grandão, meio destrambelhado e gorducho, andava com passadas largas como quem toma chegada prá atirar em nambu. Confiado no tamanho, Albericão gostava de se meter em arranca-rabos, geralmente escolhendo com cuidado seus contendores entre os mais franzinos da cidade. O filho de Chico contava uma vantagem danada. Aumentava seus atos heróicos e seus embates e epopéias, traçando histórias que fariam inveja a Ferrabraz.
Um belo dia, pai e filho saíram para cobrar um aluguel atrasado de Zé do Sal. O homem alugara um pequeno quartinho a Liberalino e lá instalara uma bodega sortida. Vendia de um tudo. O comércio vivera até com certa estabilidade até que Zé se acoloiou com uma mulher dama da Rua do Caneco Amassado. O estabelecimento começou a não dar lucro suficiente para sustentar as duas famílias e, mais, pagar o aluguel de Liberalino que já varava mais de três meses sem o devido ressarcimento. Foi com este mister que Chico e e Albericão saíram decididos a ter a pendenga resolvida. Zé era um rapazinho franzino e meio empererecado. Só que morara durante muitos anos na Bahia e lá se fizera professor de capoeira, embora nunca tivesse exercido esta função após a volta a Matozinho, possivelmente por falta de alunos.
Em lá chegando, pai e filho, colocaram Zé na maior sinuca de bico. Queriam porque queriam o atrasado. De início a conversa até transcorreu com uma certa civilidade, mas rápido partiu para a agressão verbal. Albericão, confiado no seu físico, resolveu ir às vias de fato e exemplar o inquilino. Não sabia das proezas marciais de Zé. Nas primeira tentativa de tapa, recebeu Albericão uma pernada no tronco das orelhas e se estendeu no chão. Zé do Sal, num salto de felino, pulou em cima e passou a bater nele sem pena. Nisso Liberalino , ciente de que não poderia ajudar muito ao filho, resolveu utilizar o poder da propaganda. Como a briga acontecesse no interior da bodega, em pleno dia de feira, Chico se pôs na porta do estabelecimento e começou a gritar a plenos pulmões :

--- Vamo Simbora, Albericão, já basta ! Num mate o homem de peia não ! Já basta, meu filho ! Ele vai terminar pedindo o caco!
Albericão sofreu uma surra fenomenal mas até hoje Matozinho conta uma versão que ele fez Zé do Sal se mijar todinho com o tamanho da sova que levou.

J. Flávio Vieira

TRF ARQUIVA PROCESSO CONTRA O JUIZ “DE SANCTIS” POR DESOBEDIÊNCIA AO STF NA OPERAÇÃO SATIAGRAHA

O Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3) decidiu nesta quinta-feira (30), arquivar o expediente administrativo contra o juiz federal Fausto De Sanctis, por suposta desobediência ao Supremo Tribunal Federal (STF) na Operação Satiagraha e sonegação de informação (ele havia determinado a segunda prisão de Daniel Dantas, contrariando decisão do STF). Mais cedo, o TRF também decidiu arquivar um processo administrativo disciplinar contra o juiz por suposta desobediência ao STF no caso MSI-Corinthians. De Sanctis determinou uma segunda prisão do banqueiro Daniel Dantas, acusado de comandar um esquema de crimes financeiros, após ele ter recebido um hábeas corpus para soltura do STF. Segundo a assessoria do TRF, oito ministros votaram pelo arquivamento e seis, pela continuidade da investigação. O relator, desembargador André Nabarrete, votou pelo seguimento do processo. No caso MSI-Corinthians, a decisão de arquivamento foi dada por 11 votos a quatro. O relator do processo, desembargador André Nabarrete, argumentou que De Sanctis desobedeceu no ano passado a ordem do STF de suspender a cooperação da justiça internacional no processo contra o russo Boris Abramovich Berezovsky, que na ocasião foi considerado suspeito de intermediar irregularmente a negociação entre o grupo MSI e o Corinthians. Nabarrete tomou como base para pedir a abertura do procedimento uma reportagem do site "Consultor Jurídico", que dizia que o ministro do STF Celso de Mello repreendeu De Sanctis por desobedecer sua decisão. A defesa de De Sanctis argumentou que o juiz determinou a suspensão de novos acordos. Para o relator, o juiz deveria ter suspenso também os acordos já em andamento. A maioria dos desembargadores discordou que tenha havido a intenção de desobedecer. Alguns questionaram o fato de que o procedimento ter tido origem em uma reportagem.
*****************************************
A pergunta que não quer calar:
Como fica a situação do senhor Gilmar Mendes, presidente do STF, responsável pela libertação do senhor Daniel Dantas, já que agora irremediavelmente "DESMORALIZADO" por seus pares do TRF de São Paulo ??? E a Revista VEJA, braço direito do "banqueiro-bandido" e sua principal arma midiática ??? E quanto ao delegado Protógenes Queiroz, que foi quem iniciou o processo contra Daniel Dantas e vive sendo vilipendiado pela mídia, ameaçado de ser preso e responder a processo ???

Fonte: Site G1 - Postagem: José Nilton Mariano Saraiva

Leia-se Região Metropolitana do CRAJUBAR

Alguns estão querendo inventar novos nomes para a tão esperada cidade que viria a ser a Região Metropolitana do Cariri, que por DÉCADAS se chama CRAJUBAR. Portanto, escrevo estas linhas aqui apenas para reforçar que nosso empenho em direção a uma Crajubar é maior do que nunca também.E não se esqueçam:


CRAJUBAR

Crato - Juazeiro e Barbalha


Espertezas – Por Carlos Eduardo Esmeraldo

Em três oportunidades, li notícias da nossa imprensa que revelam a esperteza do típico brasileiro que adora aplicar a lei do Gérson, isto é “levar vantagens” em tudo, até nas mínimas coisas.

Na primeira, através de um dos jornais de Fortaleza, eu tomei conhecimento que um funcionário da antiga VARIG, ao receber as bagagens de um vôo cargueiro vindo do Recife, observou que no compartimento de cargas destinado ao transportes de animais havia um cão pastor alemão capa preta, morto. Avisou ao gerente que, imediatamente orientou aos seus subalternos, a retirar o animal transportado para um incinerador. Em seguida, mandou procurar pelos canis de Fortaleza um outro cão bem parecido com o que fora encontrado morto e colocado na jaula própria para transporte, aguardando o destinatário. Quando este, um conhecido professor do curso de veterinária, procurou pela sua encomenda teve uma desagradável surpresa. O animal que esperava era um cão morto para que fizesse alguns estudos sobre a causa da morte daquele animal de raça. A esperteza do gerente da VÁRIG deu errada, com prejuízos exclusivos ao professor de veterinária.

A outra notícia gabava um conhecido industrial cearense. Dizia que nos meados dos anos quarenta ele já era um vitorioso empresário, apesar de ainda jovem. Por causa da guerra, o país atravessava um grande racionamento de combustível. O empresário homenageado pela reportagem quase teve o namoro desfeito por ordens dos pais da moça, porque ia se encontrar com ela a bordo de um velho carro de praça. Uma esperteza do empresário para driblar o rígido racionamento de combustível imposto aos carros particulares. Como os carros de praça tinham direito a uma cota maior de gasolina, o empresário adquirira um desses carros e quase perdia a namorada.

A terceira esperteza foi noticiada pela Revista Veja, numa reportagem em que tecia “loas” ao segundo Presidente da República eleito em 1994, após a redemocratização do país. Entre as características e gostos pessoais do nosso Presidente eleito, estava a de que ele adorava goiabada cascão. Como os netos do nosso futuro Presidente, quando visitavam os avós, comiam toda a goiabada em estoque na geladeira dele, ele resolveu implantar um rígido controle: lambia na frente das crianças todas as barras de seu doce preferido. Fiquei pensando: ‘um sujeito desses é um egoísta, se faz isso com os netos, o que não fará com os assalariados do Brasil?’ Outros tipos de esperteza postos em prática por aquele nosso Presidente atingiu a toda população brasileira. E as conseqüências nós amargamos até hoje, entre tantas, as elevadas tarifas dos serviços públicos privatizados, a desregulamentação da economia e o achatamento salarial posto em prática pelo Presidente lambedor de goiabada.

Procissão de São José Operário

Acontece hoje a procissão que encerra os festejos do padroeiro do Distrito do Lameiro, São José Operário.




Fotos: Pachelly J.
C/Marca D'Água
Direitos reservados

EDITORIAL - Não podemos também coibir as Manifesações Culturais sob a alegação de Poluição Sonora !



A Secretaria de Meio Ambiente de Crato, sob o excelente comando de Nivaldo Soares está fazendo um belíssimo trabalho no sentido de despoluir o Crato visual e acústicamente. Inúmeras placas enormes que poluíam o centro da cidade já foram retiradas, e casas de shows barulhentas já foram até interditadas pela Justiça. A SEMACE tem feito um trabalho merecedor dos maiores elogios.

Entretanto...

Entretanto, temos recebido várias reclamações via e-mail, por parte de pessoas que fazem a cultura funcionar no Crato também, como por exemplo o pessoal que produzia aquele belo espetáculo chamado CINETÉRIO, que consiste na apresentação de filmes de arte na praça Francisco Sá aos moldes antigos. Uma iniciativa excelente, de resgate do cinema. Segundo os e-mails que recebi, as sessões do Cinetério haviam sido proibidas no local. No nosso entendimento, isso foi um grande equívoco, pois trata-se de uma manifestação cultural e assim como todas elas, devem ser vistas com mais carinho pela administração Samuel Araripe e secretarias.

Outra reclamação igualmente procedente é do pessoal do OLHAR CASA DAS ARTES, um local sui generis aonde nessa cidade ainda se tinha a oportunidade de assistir a shows de artistas locais, fora do circuito grotesco das bandas de forró e que devido a problemas de volume sonoro parece-nos que foi até invadida ultimamente por cerca de 30 policiais ( assim dizia o e-mail ), causando pânico nos frequentadores. Esse tipo de atitude hostil deve ser evitada, pois as pessoas que frequentam esses locais não têm culpa do volume sonoro que a casa quer manter. E como falamos antes, são locais e eventos que ainda se tinha algum acesso a shows em Crato.

Portanto, no sentido de promover a cultura e as artes, é que pedimos encarecidamente ao Secretário Nivaldo Soares e a Secretária de Cultura do Município Danielle Esmeraldo, que procurem uma maneira de tornar possível as sessões do "Cinetério", em um local apropriado para que este continue. Poderia até ser no auditório da Reffesa, se fosse de comum acordo com os organizadores. Aliás, deve-se fazer mais eventos no auditório da Reffesa, bem como no Teatro Municipal, que todo dia poderia ter espetáculos artísticos e culturais para a população, porque não ? Artistas no Cariri não faltam! Sei que a Secretária Danielle Esmeraldo tem procurado dar o máximo de si no sentido de promover a cultura, mas é bom que a população possa contribuir com algumas sugestões também.

Então, vamos agir com mais simpatia para com as pessoas que ainda procuram fazer algo de artístico e cultural no Crato, pois estes não podem e não devem ser confundidos com os arruaceiros que empestiam a nossa cidade de Forró eletrônico com seus carros turbinados e que sempre saem impunes e são danosos à sociedade. Aliás, também muito pelo contrário, a cultura e as artes verdadeiras enobrecem o Ser Humano.

A dose pode estar forte demais para uns e fraca para outros...

Cultura - "Abriu pra Juventude" encerra suas atividades, com música alternativa e bandas locais







CULTURA, ESPORTE E JUVENTUDE

Com a realização de várias atividades, foi encerrado ontem, em Crato, o I Seminário Abriu Pra Juventude, com a participação de jovens de todo o município. O evento, realizado pela Secretaria de Cultura, Esporte e Juventude, foi iniciado no último dia 28, com várias palestras voltadas para o público jovem. Ontem, foi realizada Exposição de Artes Plásticas de Artistas Jovens, pertencentes à Rede Pública de Ensino. Outros trabalhos foram realizados nas áreas da literatura, audiovisual, artes cênicas, esportes radicais, trilhas ecológicas, capoeira, maculelê, mountain bike e dança de rua, dentre outras atividades. Também aconteceu a exibição de curtas metragens, documentários, e animações produzidas por jovens cinegrafistas. A música também fez parte do evento, através da Mostra Vozes da Juventude, com a apresentação de bandas alternativas locais. O Abriu pra Juventude contou com a participação de diversos parceiros, como a Secretarias de Educação, Ação Social do Crato e SESC. Com apoio do SINE/IDT, SENAC, Colégio ÁGAPE Estudos e Projeto Verde Vida.

Fonte: Website da PMC - Secretaria de Cultura

VITÓRIA !!! - Icasa empata com Vasco no Rio de Janeiro

O Icasa foi ao Rio de Janeiro e trouxe um grande resultado, ao empatar com o Vasco em 1 a 1, na noite desta quinta-feira, no estádio São Januário, pela primeira partida das oitavas-de-final da Copa do Brasil. Na partida de volta, no estádio Romeirão, na próxima quarta-feira, o Verdão do Cariri se classifica com um empate sem gols.

O gol do time carioca saiu após uma cobrança de escanteio, aos oito minutos do primeiro tempo. Depois do bate-rebate dentro da área do Icasa, o goleiro Ari acabou marcando contra. O Verdão do Cariri empatou aos 30 minutos do segundo tempo, num contra-ataque bem armado pelo time cearense. Leozinho passou pelo marcador e cruzou na área para Marciano chutar forte para o gol, sem chances para o goleiro Tiago.

Foto: Lancenet
Fonte: Jornal "O Povo"

Bandidos são executados em Assalto !



Assaltantes mortos na tarde de ontem ao tentarem levar malote do BB da BR 116

Bandidos armados tentaram assaltar na tarde de ontem, malotes de um carro-forte do Banco do Brasil situado na BR-116, bairro Aerolândia. Dois dos criminosos morreram após troca de tiros. Segundo o soldado do Ronda do Quarteirão, do bairro Luciano Cavalcante Alexsandro Pereira, cerca de cinco homens chegaram em um veículo L-200 com armas de grosso calibre e coletes a prova de balas e realizaram a ação. Houve intensa troca de tiros e dois bandidos tombaram mortos. A abordagem aconteceu no momento em que os seguranças estavam transferindo o dinheiro. Um vigilante e um policial militar ficaram feridos, mas foram socorridos e passam bem. Também ficou ferido a bala o assaltante Francisco Hélder Corrêia Maximus Júnior, 28. Ele foi socorrido para o Instituto Doutor José Frota (IJF), onde está internado na enfermaria xadrez. De acordo com o coronel Hélio Martins, a bala se alojou na perna e ele deve ser submetido à cirurgia.
A quadrilha não levou nenhum dos malotes e fugiu no veículo que foi abandonado no cruzamento das ruas Roma com Capitão Vasconcelos, na Aerolândia. O bando seguiu em outro veículo, um Fiesta, que também foi deixado na rua Visconde do Rio Branco, para despistar a Polícia. Um colete sujo de sangue e uma pistola foram encontrados. O soldado acredita que a fuga tenha acontecido em um terceiro veículo, um Cross Fox e um Palio. Policiais do Ronda, da 4a Companhia (Cia) do 5o Batalhão da Polícia Militar (BPM), Cotam e Raio estiveram no local, assim como uma aeronave do Ciopaer.

Mara Rodrigues - Repórter - Especial para "O Estado"

Nota:
Segundo Charles Bronson, no filme "Desejo de Matar 3", bandidos são como baratas. Se você deixar uma, a casa fica infestada...

Fonte: Jornal "O Estado"
Foto Ilustrativa: Charles Bronson em "Desejo de Matar"

MP entra com ação contra secretária de saúde do Crato - Por: João Paulo Fernandes



O Ministério Público do Estado do Ceará, através dos promotores de Justiça da comarca de Crato Élder Ximenes e Marcos da Silva de Jesus, ingressou, no dia 31 de março, com uma Ação de Responsabilização por ato de improbidade contra a secretária de Saúde daquele município, Maria Nizete Tavares Alves, por violação aos princípios da administração pública, e com uma Ação Civil Pública contra o município, para obrigar a contratação de seguranças (se necessário, realizando novo concurso público) ou a relocação de guardas municipais nos postos de saúde do Programa Saúde da Família (PSF). A Ação de Responsabilização por ato de improbidade contra a secretária de Saúde daquele município, Maria Nizete Tavares Alves, por violação aos princípios da administração pública, encontra-se distribuída ao juízo da 4ª Vara da Comarca de Crato. Já a Ação Civil Pública contra o município já está sob os cuidados do juízo da 1ª Vara. O MP verificou que existem graves deficiências na prestação dos serviços de saúde, nos postos de saúde do PSF. Há quase dois anos os profissionais (médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e odontólogos) reclamam da falta de segurança nos locais, além das más condições de trabalho (pela falta de equipamentos, de instalações, etc...), tendo já havido conflitos entre profissionais e usuários. Antes, os promotores de Justiça Plácido Rios e Élder Ximenes haviam requisitado informações à secretária de saúde, a qual informou que havia segurança em todos os postos. Mais tarde, em audiência com o MP, sendo questionada, explicou que, em realidade, seriam todos os postos da sede do município e das sedes dos distritos. Os representantes do Ministério Público fizeram inspeções, juntamente com seus servidores, e certificaram com fé de ofício e fotografias os locais – constatando que a situação era o inverso da relatada pela secretária. Os promotores sustentam que o administrador não pode mentir no exercício de suas funções, especialmente quando responde a requisições oficiais dos órgãos que os fiscalizam (como o MP). As demais reclamações acerca das más instalações dos postos de saúde continuam a ser apuradas pelo Ministério Público.

Fonte: Assessoria de comunicação MPE


GOVERNO DO ESTADO - Piora situação de estradas no Cariri - Por: Antonio Vicelmo


Nota do Blog do Crato:
É preciso que o Governo do Estado, a quem pertence a jusrisdição sobre a estrada Crato-Barbalha via Arajara, possa intervir e solucionar de vez esse problema. Todo ano é a mesma ladainha. Até quando os Cratenses e Barbalhenses irão sofrer com isso ?

Piorou a situação da estrada Crato-Barbalha, via Arajara, CE-293 e CE-386, que apresenta desmoronamentos em pelos menos quatro pontos. Com as chuvas desta semana, a rodovia foi interrompida para carros grandes à altura do sítio Romualdo, acerca de 10 quilômetros do Crato. Os ônibus que transportam estudantes estão fazendo baldeação. Os alunos são obrigados a mudar de transportes, algumas vezes, debaixo de chuva. Uma das alternativas apresentadas pelo Departamento de Edificações e Rodovias (DER) foi a colocação de placas com sinais de perigo. A revolta da população é maior porque faz mais de três anos que a rodovia apresenta problemas. Até o momento, não foi aberta licitação para reconstrução da rodovia que, além de interligar o povoado de Arajara com Crato e Barbalha, dá acesso também ao Arajara Park, principal balneário do Cariri. Outra estrada interrompida foi a CE-060, que liga Barbalha a Jardim, por cima da Serra do Araripe. As chuvas abriram um grande buraco nas proximidades do local onde, na segunda-feira, motoristas de vans e camionetes interditaram a estrada, por mais de quatro horas, queimando pneus no leito da rodovia. Uma equipe do DER restabeleceu o trânsito de veículos, mas os motoristas continuam reclamando do péssimo estado de conservação do acesso para a cidade de Jardim.

Precipitações

O mês de abril termina debaixo de chuvas. De acordo com o escritório regional da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural, com sede no Crato, somente nos mês de abril foram registrados 444 milímetros de chuvas, 81 milímetros a mais do que os anotados nos meses de janeiro, fevereiro e março que totalizaram apenas 363 milímetros. Mesmo assim, o índice pluviométrico da região do Cariri está abaixo do ano passado que, nos quatro primeiros meses do ano, registrou 1.212 milímetros. Com relação aos reservatórios, o açude Canoas, com capacidade para 69.250.000 de metros cúbicos de água, localizado no município de Assaré, abastecido pela bacia do Alto Jaguaribe, está sangrando. O Tomás Osterne, no Crato, está com 93% da capacidade.

ANTÔNIO VICELMO
Repórter
Fonte: Jornal Diário do Nordeste

Coluna Antônio Viana - Jornal "O Estado"

O Blog do Crato tem o prazer de publicar a coluna de um dos mais respeitáveis jornalistas do Ceará, que já recebeu mais de 100 prêmios de Jornalista, atuante há mais de 35 anos, e hoje, editor do Jornal "O Estado", além de Radialista da Rádio Cidade, e Assembéia Legislativa do Estado e que faz parceria com o Blog do Crato.

Cariri Prestigiado

Ao contrário do ceticismo de setores da imprensa local, na área do triângulo Crajubar (Crato, Juazeiro e Barbalha) e até de correspondentes de órgãos da capital terem noticiado com um certo desdém a recente Sessão Itinerante da Assembléia Legislativa, realizada na cidade do Crato (516 km de Fortaleza), nos meus quase 35 anos de carreira (em rádio, televisão, jornal e internet), nunca tinha assistido um evento no interior, de tamanha importância. Primeiro, durante duas ou três semanas, os espaços na mídia em Fortaleza e no próprio Cariri foram largos na divulgação do feito. A sua realização foi um marco histórico (nunca antes tinha acontecido, como diria o presidente Lula). Daí, os holofotes e atenções para o potencial cultural, econômico e político de uma região, que como acentuou o prefeito Samuel Araripe (anfitrião), em entrevista aqui mesmo ao O Estado e ao Política Especial, da Cidade AM 860 (do Grupo Cidade de Comunicação): "tivemos uma grande oportunidade de discutir nossas inquietações, lembrar obras que os governos federal e o estadual, ao lado dos municipais já realizam ; pretendem realizar e ou estão em via de fazê-lo, afora avançar nos contatos com diversos segmentos da gestão pública e da sociedade civil, com vistas a novos empreendimentos. Acho que a Sessão Itinerante da Assembléia em Crato, foi sim,, uma vitrine para nós, os Prefeitos e Prefeitas, Vereadores e outras lideranças como nossos deputados, além de outros segmentos, que tiveram a oportunidade de consignar o seu recado sobre os mais variados assuntos e, com transmissão ao vivo, dos órgãos de comunicação da Assembléia e os nossos meios de comunicação local e regional”, disse Samuel Araripe. Na mesma sexta-feira, o PSDB realizou em Iguatu o Seminário “Ceará em Debate”, com Tasso Jereissati, prefeitos e centenas de pessoas de 24 municípios. Assunto para outro relato nesta coluna, brevemente.

Qualidade Administrativa

O Prefeito Samuel Araripe, maior liderança hoje do PSDB no Cariri (pude sentir com clareza que esta é a opinião de muitas áreas entre os que formam opinião ali), admite que em seu governo, priorizou-se “a qualidade administrativa, embora os percalços, dificuldades de execução de alguns projetos possam acontecer, como é regra na gestão pública no mundo inteiro, que quase sempre funciona ao humor do mercado financeiro, das bolsas de valores e, atualmente, tudo que se possa fazer, realizar, etc., vincula-se a se é bom ou não, devido a tão badalada crise internacional". No flagrante, Samuel, com a esposa Mônica e o colunista. Em 48 horas que passei, entre quinta-feira (23) e sábado (25), na cidade do Crato, tive a oportunidade, ao lado do repórter André Luis e do amigo Mansueto Linhares Morais, visitar quase uma centena de obras que foram realizadas pela administração Samuel Araripe, na sede (Avenidas, asfaltos, melhorias de escolas, requalificação do centro, com retiradas de placas e outros apetrechos que dificultavam a acessibilidade das pessoas ao comércio, às lojas, além da poluição visual, tão bem combatida pela sociedade e o Ministério Público. Passamos por Ponta da Serra (com todas as características de um futuro Município) e Dom Quintino, dois populosos distritos, que receberam muito nos 52 meses do governo Samuel Araripe.

Governo Cid muito presente

Embora as obras não estejam com o grau de desenvolvimento, que se poderia esperar, uma vez que o nosso governador Cid Gomes, já entra na reta final do seu Governo, não só os deputados que falaram durante a Sessão Itinerante da ALEC, sexta-feira(24), em Crato, mas, o próprio colunista visitou os locais da construção do Hospital Regional (em Juazeiro do Norte), essa já iniciada mesmo; a Central de Abastecimento (que será em Barbalha) e o Centro de Convenções (para os grandes eventos do Cariri), que será entre Juazeiro e Crato, na grande avenida onde pontificam fábricas, comércio, indústrias, clínicas médicas, a sede da futura TV Verdes Mares Cariri e tantos outros empreendimentos. O Estado tem feito sim as parcerias e as obras estão aos poucos sendo autorizadas. A prudência manda que antes de crucificarem o governador Cid Gomes, que aguardem um pouco mais. Pude sentir que dentro em breve, a julgar por relatórios dos secretários Joaquim Cartaxo (Cidades), Camilo Santana (Desenvolvimento Agrário) e Quintino Vieira (DER), nosso conterrâneo – muitas (eu falei MUITAS) obras serão iniciadas e concluídas ainda no primeiro Governo Cid. (Me aguardem com uma matéria sobre as estradas).

Jornalista Antonio Viana - Editor-Chefe do Jornal "O Estado".



01-05-2009
Cartões do Bolsa Família serão entregues dia 5 de maio

O Governo Municipal e a Secretaria de Ação Social, em parceria com a Caixa Econômica Federal irá fazer a entrega de Cartões do Bolsa Família no dia 05 de maio de 2009, na RFFSA. Comunicamos que desde ontem, dia 30, a relação com os nomes das pessoas estão disponibilizadas nos Pólos de Atendimento, CRAS, Prefeitura Municipal e Secretaria de Ação Social. É importante salientar o trabalho que vem sendo desenvolvido pela equipe do Bolsa Família no intuito de prestar um serviço de qualidade aos mais de 11 mil beneficiários do Programa no município, por meio de um atendimento feito na Secretaria de Ação Social, de forma permanente, com sala climatizada e serviços totalmente informatizado.

Pólo realiza debates e atendimento na comunidade do Muriti

O Pólo de Atendimento José Francisco Luna, encerra, nesta última semana do mês de abril, programa de debates, levando aos seus alunos a temática de discussão ‘O valor do trabalho e do trabalhador na nossa sociedade e no nosso dia-a-dia”. Temas correlatos foram abordados pela coordenação do Pólo aos jovens da comunidade do Muriti, como a importância de cada profissão. Neste domingo, dia 03 de maio, a partir das 9 horas, haverá atendimento à comunidade com cortes de cabelo gratuito com profissional para todas as pessoas interessadas.

Projovem do Seminário realiza comemoração em homenagem às mães

O Projovem adolescente do Liceu, no Seminário, turma da tarde, convida as mães para uma tarde de descontração em comemoração ao seu dia, no próximo 6 de maio, às 14 horas. Serão realizados, na ocasião, sorteios, brincadeiras, distribuídos brindes, além de demonstração de trabalho. O trabalho terá a participação dos orientadores André e Eduarda, os instrutores de esporte Francigildo e Alex.


Fonte:
Assessoria de Imprensa

Governo Municipal do Crato

Fone/Fax - (88) 3521.7069
Mais informações:
http://www.prefeituramunicipaldocrato.blogspot.com

1º DE MAIO - Mensagem Federação dos Bancários - Por: Mário Correia Júnior


Há um ano o cenário no mercado mundial do trabalho era diferente deste que vivenciamos hoje, dominado pelas incertezas. As dificuldades existiam, as injustiças já eram desafiantes, mas, acima de tudo, havia espaço para coexistência de uma expectativa de dias melhores. Um sentimento que mudou a partir de quando explodiu uma crise econômica cuja dimensão ainda não se consegue, até hoje, definir com clareza. A jornada de luta tem sido especialmente desgastante para nós, do setor financeiro. Afinal, é nele que está concentrada a origem da maior parte dos problemas, dentro de uma situação que sempre foi criticada pela Federação dos Bancários do Norte e Nordeste como porta-voz de um sentimento dos trabalhadores bancários, mesmo nas épocas de bonança aparente. O mundo vive, em 2009, um 1º de Maio de apreensão, como poucos observados ao longo da história. O mercado de trabalho se contrai, postos são fechados, como resultado de uma tendência que ninguém consegue ainda dizer ao certo para onde nos levará. E, pior, até hoje inexiste uma ação mais clara das empresas que indique disposição para uma autocrítica que entendemos fundamental ao processo de reversão do cenário. Havia uma irrealidade que aqui sempre denunciamos. Os estratosféricos lucros de bancos e demais instituições financeiras, sempre mereceram de nós uma postura crítica e de cobrança em relação aos seus efeitos práticos, pois eram anunciados em meio a um quadro de aperto salarial constante, exploração laboral crescente e injustiça social inalterada.

A crise, ao invés de nos abater, mais uma vez nos encontra preparados para enfrentá-la. Nunca fomos embalados pela música conveniente dos desempenhos históricos do setor financeiro nos últimos anos, com registros de lucros fantásticos, da mesma maneira que não nos curvaremos ao discurso de que a hora é de desprendimento para salvar o próprio emprego ou o mercado. O trabalhador já foi submetido a sacrifícios demais em nome das reformas, dos consertos, das arrumações e de tudo mais que é feito, ou apresentado, em nome de uma ordem econômica nova. A Federação dos Bancários do Norte e Nordeste utiliza a data para renovar, agora com mais vigor, o apelo de todos os anos. É de união que continuamos precisando e unidos é que enfrentaremos com mais força as ameaças, novas e velhas, à luta para garantir as condições necessárias para termos o ambiente mais produtivo possível.


José Jesus Trabulo de Sousa
Mário Correia de Oliveira Júnior
Presidente, e Diretor do Conselho Fiscal


Palmas e nada mais - por José do Vale Pinheiro Feitosa

Manhã no aterro do Flamengo,
na réstia do terreno defronte do Passeio Público,
da janela do ônibus em que estava,
a celebração da humanidade,
uma roda de pessoas batendo palmas.

Para algo que havia acontecido,
palavras que abriram os céus,
cantos das pressões dos ventos alísios,
orações que atordoam a fatalidade,
uma cinta de solidariedade e amor.

Mas poderia ser aquela uma seita?
De candomblé sincrético na variante raça?
Alça da escada social de uma igreja evangélica?
Liga revolucionária da teologia do oprimido?
Seria algo carimbado parte do conflito?

Como palmas ao discurso fascista?
Tremores de uma epifania terrorista?
A hierarquia de um palco positivista?
Graças de uma alegria neoliberal?
Seria?
O que importa o seria?

Menos humano que da janela vi,
pergunta alguma encontraria,
nem lixos das idéias em luta,
ou móveis que justificam o ser no mundo,
nem uma causa que as palmas aplaque.

E do intervalo de interrogações,
esperei o sinal abrir em verde,
andando com um coração vermelho,
eram palmas da liturgia de ser humano,
e sem perguntas trouxe o momento até aqui.

José do Vale Pinheiro Feitosa


Edições Anteriores:

Dezembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 30