xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 26/04/2009 | Blog do Crato
.

VÍDEO - ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Prefeito do Crato é escolhido um dos melhores prefeitos do Ceará pela PPE Eventos, em Fortaleza. ( 09-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

26 abril 2009

Um Documento para a Posteridade - Carta do Cacique Noah Sealth


O Blog do Crato tem prazer em publicar este documento famosíssimo, a sábia carta enviada pelo índio Noah Sealth...(1786-1866), cacique Seattle da tribo Duwamish ao Presidente Norte-Americano Franklin Pierce em 1855 ( eu sempre tive vontade de publicá-lo )

"O Grande Chefe mandou dizer que deseja comprar a nossa terra. O Grande Chefe assegurou-nos também de sua amizade e benevolência. Isto é gentil de sua parte, pois sabemos que ele não precisa de nossa amizade. Vamos, porém, pensar em sua oferta, pois sabemos que, se não o fizermos, o homem branco virá com armas e tomará nossa terra. O Grande Chefe de Washington pode confiar no que o Chefe Seattle diz, com a mesma certeza com que nossos irmãos brancos podem confiar na alteração das estações do ano. Minha palavra é como as estrelas - elas não empalidecem. Como pode querer comprar ou vender o céu, o calor da terra? Tal idéia nos é estranha. Se não somos donos da pureza do ar ou do esplendor da água, como então pode comprá-los? Cada torrão desta terra é sagrado para meu povo. Cada folha reluzente do pinheiro, cada praia arenosa, cada véu de neblina na floresta escura, cada clareira e inseto a zumbir são sagrados nas tradições e na consciência do meu povo. A seiva que circula nas árvores carrega consigo as recordações do homem vermelho. O homem branco esquece a sua terra natal, quando - depois de morto - vai vagar por entre as estrelas. Os nossos mortos nunca esquecem esta formosa terra, pois ela é a mãe do homem vermelho. Somos parte da terra e ela é parte de nós. As flores perfumadas são nossas irmãs: o cervo, o cavalo, a grande águia - são nossos irmãos. As montanhas rochosas, as fragrâncias dos bosques, o calor que emana do corpo de um potro e o homem - todos pertencem à mesma família. Portanto, quando o Grande Chefe de Washington manda dizer que deseja comprar nossa terra, ele exige muito de nós. O Grande Chefe manda dizer que irá reservar para nós um lugar onde possamos viver confortavelmente. Ele será nosso pai e nós seremos seus filhos. Portanto vamos considerar a sua oferta de comprar a nossa terra. Mas não vai ser fácil, não. Porque esta terra é, para nós, sagrada.

Esta água brilhante que corre nos rios e regatos não é apenas água, mas sim o sangue de nossos ancestrais. Se lhe vendermos a terra, terá que se lembrar que ela é sagrada e terá de ensinar a seus filhos que é sagrada e que cada reflexo espectral na água límpida dos lagos conta os eventos e as recordações da vida de meu povo. O rumorejar da água é a voz do pai de meu pai. Os rios são nossos irmãos, eles apagam nossa sede. Os rios transportam nossas canoas e alimentam nossos filhos. Se lhe vendermos nossa terra terá de se lembrar e ensinar a seus filhos que os rios são irmãos nossos e seus, e terá de dispensar aos rios a afabilidade que daria a um irmão. Sabemos que o homem branco não compreende o nosso modo de viver. Para ele um lote de terra é igual a outro, porque ele é um forasteiro que chega na calada da noite e tira da terra tudo que necessita. A terra não é sua irmã, mas sim sua inimiga, e depois de a conquistar, ele vai embora. Deixa para trás os túmulos de seus antepassados, e nem se importa. Arrebata a terra das mãos de seus filhos e não se importa. Ficam esquecidas a sepultura de seu pai e o direito de seus filhos à herança. Ele trata sua mãe - a terra - e seu irmão - o céu - como coisas que podem ser compradas, saqueadas, vendidas como ovelhas ou miçangas cintilantes. Sua voracidade arruinará a terra, deixando para trás apenas um deserto. Não sei. Nossos modos diferem dos seus. A vista de suas cidades causa tormento aos olhos do homem vermelho. Mas talvez isto seja assim por ser o homem vermelho um selvagem que de nada entende.

Não há um lugar sequer calmo nas cidades do homem branco. Não há lugar onde se possa ouvir o desabrochar da folhagem na primavera ou o tinir das asas de um inseto. Mas talvez assim seja por ser eu um selvagem que nada compreende. O barulho parece apenas insultar os seus ouvidos. E que vida é aquela se um homem não pode ouvir a voz solitária do curiango ou, de noite, a conversa dos sapos em volta de um brejo? Sou um homem vermelho e nada compreendo. O índio prefere o suave sussurro do vento a sobrevoar a superfície de uma lagoa e o cheiro do próprio vento, purificado por uma chuva do meio-dia, ou rescendendo a pinheiro. O ar é precioso para o homem vermelho, porque todas as criaturas respiram em comum - os animais, as aves, o homem. O homem branco parece não perceber o ar que respira. Como um moribundo em prolongada agonia, ele é insensível ao ar fétido. Mas se lhe vendermos nossa terra, terá de se lembrar que o ar é precioso para nós. Que o ar reparte seu espírito com toda a vida que ele sustenta. O vento que deu ao nosso bisavô o seu primeiro sopro de vida, também recebe seu último suspiro. E se lhe vendermos nossa terra, deverá mantê-la reservada, feito um santuário, como um lugar em que o próprio homem branco possa ir saborear o vento, adoçado com a fragrância das flores campestres. Assim, pois, vamos considerar sua oferta para comprar nossa terra. Se decidirmos aceitar, farei uma condição: o homem branco deve tratar os animais desta terra como se fossem seus irmãos. Sou um selvagem e desconheço que possa ser de outro jeito. Tenho visto milhares de bisões apodrecendo na pradaria, abandonados pelo homem branco que os abatia a tiros disparados do trem em movimento. Sou um selvagem e não compreendo como um fumegante cavalo de ferro possa ser mais importante do que o bisão que (nós - os índios) matamos apenas para o sustento de nossa vida. O que é o homem sem os animais? Se todos os animais acabassem, o homem morreria de uma grande solidão de espírito. Porque tudo quanto acontece aos animais, logo acontece ao homem. Tudo está relacionado entre si.

O Grande Chefe deve ensinar a seus filhos que o chão debaixo de seus pés são as cinzas de nossos antepassados. Para que tenham respeito ao país, conte a seus filhos que a riqueza da terra são as vidas dos nossos parentes. Ensine a seus filhos o que temos ensinado aos nossos: que a terra é nossa mãe. Tudo quanto fere a terra, fere os filhos da terra. Se os homens cospem no chão, cospem sobre eles próprios. De uma coisa sabemos: a terra não pertence ao homem: é o homem que pertence à terra. Disto temos certeza. Todas as coisas estão interligadas, como o sangue que une uma família. Tudo está relacionado entre si. Tudo quanto agride à terra, agride os filhos da terra. Não foi o homem quem teceu a trama da vida; ele é meramente um fio da mesma. Tudo que ele fizer para a trama, à si próprio fará. Os nossos filhos viram os seus pais humilhados na derrota. Os nossos guerreiros sucumbem sob o peso da vergonha. E depois da derrota passam o tempo em ócio, envenenando seu corpo com alimentos adocicados e bebidas ardentes. Não tem grande importância onde passaremos os nossos últimos dias - eles não são muitos. Mais algumas horas, mesmo alguns invernos, e nenhum dos filhos das grandes tribos que viveram nesta terra ou que tem andado em pequenos bandos pelos bosques, sobrará para chorar, sobre nossos túmulos, um povo que um dia foi tão poderoso e cheio de confiança como o nosso. Nem o homem branco, cujo Deus com ele passeia e conversa de amigo para amigo, pode ser isento do destino comum. Poderíamos ser irmãos apesar de tudo. Vamos ver. De uma coisa sabemos que o homem branco venha talvez, um dia a descobrir: nosso Deus é o mesmo Deus. Talvez julgue, agora, que o pode possuir do mesmo jeito como deseja possuir a nossa terra; mas não pode. Ele é Deus da humanidade inteira e é igual sua piedade para com o homem vermelho e o homem branco. Esta terra é querida por ele e causar dano à terra é cumular de desprezo o seu criador. Os brancos vão acabar; talvez mais cedo do que todas as outras raças. Continuem poluindo as suas camas e hão de morrer uma noite, sufocados em seus próprios dejetos!

Porém, ao perecerem, eles brilharão com fulgor, abrasados pela força de Deus, que os trouxe a este país e, por algum desígnio especial, lhes deu domínio sobre esta terra e sobre o homem vermelho. Esse destino é para nós um mistério, pois não podemos acreditar como será quando todos os bisões forem massacrados, os cavalos bravios domados, as brenhas das florestas carregadas de odor de muita gente e a vista das velhas colinas empanada por fios que falam. Onde ficará o emaranhado da mata? Terá acabado. Onde estará a águia? Irá acabar. Restará dar adeus à andorinha e à caça. O fim da vida é o começo da luta para sobreviver.

Compreenderíamos talvez, se conhecêssemos com o que sonha o homem branco, se soubéssemos quais as esperanças que transmite a seus filhos nas longas noites de inverno, quais as visões do futuro que oferece às suas mentes, para que possam formar desejos para o dia de amanhã. Somos, porém, selvagens. Os sonhos do homem branco são para nós ocultos. Por serem ocultos, temos que escolher nosso próprio caminho. Se consentirmos em vender a nossa terra, será para garantir as reservas que nos prometeu. Lá talvez possamos viver nossos últimos dias, conforme desejamos. Depois que o último homem vermelho tiver partido e a sua lembrança não passar da sombra de uma nuvem a pairar acima das pradarias, a alma do meu povo continuará vivendo nesta floretas e praias, porque nós a amamos, como ama um recém-nascido o bater do coração de sua mãe. Se lhe vendermos a nossa terra, ame-a como nós a amávamos. Proteja-a, como nós a protegíamos. Nunca esqueça de como era esta terra, quando dela tomou posse. E com toda a sua força, o seu poder e todo o seu coração: - conserve-a para seus filhos e ame-a como Deus nos ama a todos. De uma coisa sabemos: o nosso Deus é o mesmo Deus. Esta terra é por ele amada. Nem mesmo o homem branco pode evitar o nossos destino comum.

Texto enviado por: Cesar Augusto Fontes

Panorama Político - Por: Beto Fernandes

PMDB e PT precisam encontrar com o PSB do Governador Cid Gomes uma sintonia para evitar tanto “disse me disse” na imprensa. O lance é o seguinte. Toda semana tem sempre um emplumado tucano falando coisa do tipo: “A tendência do PSDB é apoiar a reeleição do Governador Cid Gomes”. Essa é do Secretário de Justiça Marcos Cals, lembrando que ao mesmo tempo deverá ser respaldada a reeleição de Tasso Jereissati para o Senado.

Enquanto isso João Jaime, deputado estadual lembra que está definido após encontro da bancada estadual que os tucanos irão naturalmente apoiar reeleição de Tasso enquanto os demais cargos majoritários (governador, vice e outra de senador) dependerão da conjuntura nacional. O jornalista Eliomar de Lima lembrou que ele, João Jaime, só não disse a simpatia da maioria dos deputados estaduais e federais de seu partido: apoiar reeleição de Cid, talvez por estratégia política.

Enquanto isso em Iguatu foi realizado o encontro regional do PSDB, com “ensaio de carreata” e muito, muito confete para Tasso Jereissati. Detalhe: Iguatu é administrado pelo competente Agenor Neto do PMDB. O PMDB tem como candidato natural ao Senado o atual deputado federal Eunício Oliveira. Estaria Cid Gomes articulando uma frente com todos os partidos? Querer é uma coisa, viabilizar é outra completamente diferente.

Ilário Marques, Presidente do PT, teve a coragem de cobrar uma posição de Eunício algo mais concreto sobre a outra vaga para o Senado, que naturalmente é do seu partido. O ministro José Pimentel e a prefeita Luiziane Lins estão de olho na vaga. Pelo crescimento do partido nas últimas eleições, inclusive com a conquista da maior prefeitura do interior, Juazeiro do Norte, caberia apenas indicar o vice?

Posso imaginar como “impossível”, eu disse “impossível” o PT em um mesmo palanque com o PSDB de Tasso por razões obvias e a principal é o palanque do presidenciável petista. Nunca, jamais, o PT deixará no Ceará o (a) candidato (a) do Presidente Lula sem palanque para atender a conveniência de Cid, mesmo tendo secretários do seu quadro e o próprio Vice, Professor Pinheiro, homem sério, discreto e competente. Não se pode agradar a dois senhores ao mesmo tempo. Eunício deve urgentemente falar no outro nome ou no partido que indicará o político que fará dobradinha com ele para o Senado.

Uma coisa também é Cid Gomes querer juntar todos em seu palanque como forma de facilitar a reeleição e outra é o povo aceitar. Grande articulador, isso é inegável, Cid precisa que alguém lhe advirta que “quem tudo quer tudo perde”.

Esse samba do crioulo doido com tantas especulações deixa as lideranças interioranas receosas. Imaginem uma conjectura de Cid com apoio do PSDB e no mesmo palanque Dr. Germano (tucano) em Araripe com Jucelio Alencar (PP) e Dona Olga (PSB). Em Assaré Evanderto (PSDB) com Oliveira (PMDB) e Humberto Alencar (PSB). Em Caririaçu, Lúcia Vanda (PSDB) com o reeleito Edmilson Leite (PSB). Em Crato, Samuel Araripe (PSDB) com Walter Peixoto (PMDB) e Sineval Roque (PSB). Em Campos Sales, Paulo Ney (PSDB) COM José íris (PRB). Lembro apenas que lá até o PC do B e PSB estivera coligados com os tucanos. Em Brejo Santo, Guilherme Landim, seu pai Welington (PSB)e ainda Dr. Edmilson e Arônio Salviano (PSDB). Para completar esse quadro de absurdos aqui em Juazeiro do Norte, Dr. Santana, José Roberto Celestino, Raimundo Macedo, Carlos Cruz, Dr. Lucildo e claro, Manoel Salviano do PSDB e ainda José Arnon do PTB. Ta bom, vamos parar por aqui. Isso seria brincar com a inteligência do povo e do eleitorado.

De duas, uma. Ou Cid Gomes define com quem fica ou continua nesse “nhem-nhem-nhem” e o PT lança candidatura própria, força o PMDB a mostrar realmente sua cara e vai contar os votos que tem no estado. O PT já deveria ter apresentado candidatura própria em 2006, assim como fez em 2006 (José Airton). Ponto e pronto.

Autor: Beto Fernandes - Revista do Beto

Locutor Geraldo Alves falece em juazeiro do Norte


Silencia-se a voz do programa "Geraldo Alves Comunica..."



Juazeiro do Norte e o Cariri Cearense lamentam o falecimento do radialista Geraldo Alves. Ele estava no Hospital do Coração em Barbalha há uma semana vítima de um infarto no último dia 18. Geraldo era um dos mais experientes locutores de Juazeiro tendo passado só na Rádio Iracema, 50 anos. Ele tinha 74 anos e era irmão do também radialista Coelho Alves, de saudosa memória. O corpo de Geraldo Alves foi velado na Funerária Anjo da Guarda e foi sepultado ontem, domingo.

Da Revista do Beto Fernandes

Futebol - Por: Amilton Silva


Em partida isolada válida pela segunda divisão do campeonato Cearense de 2009, O Limoeiro apesar de jogar em seus domínios, não saiu de um empate em 1 X 1 contra o Trairiense, vice lanterna da competição. Apesar de apresentar um melhor futebol e ter criado várias oportunidades, o Limoeiro tomou o primeiro gol aos 27 minutos do primeiro tempo, através do atacante Edinardo. Na segunda etapa após algumas substituções o Limoeiro chegou ao empate através do jogador Paloma aos 32 minutos. Com o resultado o Limoeiro soma 19 pontos ganhos e enfrentará o Crato no dia primeiro de maio.O trairiense chega aos 13 pontos ganhos e terá um jogo decisivo contra o Lanterna São Benedito que soma 11 pontos ganhos.

Domingo de Decisões Pelo Brasil

Flamengo e Botafogo jogam no Maracanã à partir das 16 horas, na primeira partida da decisão do Carioca de 2009. O Botafogo ganhou a taça Guanabara e o Flamengo a Taça Rio. A outra partida será no próximo domingo dia 03 de maio tambem no Maracanã. Na Vila Belmiro, em Santos, o Santos recebe a visita do invicto Corínthians. O jogo de volta será domingo, dia 03 de maio, no Pacaembu. Fortaleza e Ceará iniciam hoje dia 26, a grande decisão do cearense de 2009, a partida de volta será no domingo 03 de maio. As torcidas de Atlético e Cruzeiro , lotarão o mineirão na primeira partida da decisão do campeonato mineiro de 2009.


Publicidade - AraújoSAT - Empresa Líder em Internet no Cariri


O Blog do Crato tem o grande prazer de anunciar um dos nossos melhores e mais importantes parceiros: ARAUJOSAT, um nome que nem precisa se falar tanto aqui no cariri, pois todos conhecem os bons serviços prestados. Empresa de internet totalmente legalizada, possui uma equipe formada por 10 profissionais qualificados para realizar a instalação e a manutenção da sua internetsem fios. Além disso, é empresa líder no mercado, com o maior know-how, fazendo a cobertura inteira do município de Crato e cidades vizinhas. Por isso, na hora de escolher seu provedor de internet, não precisa sair procurando...chega de amadorismos e de perder tempo com provedores de principiantes. Nesta difícil área, que exige responsabilidade, escolha pessoas honestas, credenciadas e que trabalham com profissionalismo e experiência no ramo. O Blog do Crato recomenda AraújoSAT como a sua melhor solução quando o assunto é Internet no Cariri. O preço ideal para a qualidade de internet que você precisa.

Atendimento personalizado

Equipamento profissional ligado à embratel


Profissionais competentes para melhor atendê-lo

Empresa Profissional dentro de todas as normas

O Crato hoje de Manhã...

Belas fotos do Crato hoje de manhã enviadas por nosso colaborador Amilton Silva:






CRIME DENTAL

A familía Favela, tradcional do Crato, constituida de pessoa simples, humildes, trabalhadoras, criativas e sobretudo de uma presença de espiríto fora do comum. Sabe-se inumeros fatos pitorescos dessa familia, por exemplo: Manuel Favela, um dos seus componentes resolveu saborear uma gostosa sopa no Restaurante Guanabara do “ Nenen” chegou em uma hora de pouco movimento, fez a solicitação ao garçom, retirou-se por algums minutos para ir ao banheiro, ao retornar deparou-se com um enorme gato saboreando a sua apetitosa sopa, não teve dúvida aplicou um tremendo soco na boca do bichano ocasionando ferimentos no pobre felino. Nesse momento chega o garçom e pergunta:

O que houve seu Manuel?
Arrependido do que havia feito exclamou:
“Acabo de cometer um crime dental com gato”

Zilberto Cardoso de Oliveira
Fortaleza, 24/04/2009

A Rádio Chapada do Araripe está de Volta em mais de 40 websites !

.

É com grande prazer que informo que a Rádio Chapada do Araripe - Internet está de volta. Através do serviço de manutenção da empresa ARAUJOSAT, estamos tentando encontrar a melhor forma de resolver os problemas. Comunico ainda que o problema da lentidão da AraujoSAT já foi descoberto, após muito estudo por parte dos técnicos. tratava-se de um conflito de DNS e equipamentos muito difícil de ser identificado e isolado, mas tudo já foi sanado. Também já foi pedido mais links junto à Embratel para resolver a grande demanda necessária para contemplar mais de 600 clientes.

Mas ainda estamos fazendo uns testes aqui, e se porventura a Rádio sair do Ar, provavelmente é porque estou instalando alguns programas de proteção nesta noite.

Abraços,

Dihelson Mendonça

ÊLE É O CARA

É dura a vida de colunista e escritor. Não adianta eu falar, insistir, berrar aqui nesse espaço ou onde mais me deixarem à solta. Tem que vir o Obama pra dizer em alto e bom inglês que o Lula é o cara - Lula is the man - e aí sim, a imprensa repete aos milhões, o Fernando Henrique tem um choque anafilático de tanta inveja e todo mundo cai na real. Isso não significa que eu não tenha críticas ao Lula ou ao partido. Minha relação com eles é mais ou menos a que eu mantenho com as mulheres: gostaria que fossem muito diferentes, mas, olhem só as alternativas! Vivemos em um mundo real, com defeitos reais, conseqüências infelizes da nossa humanidade. Compreender esse mundo e governar para ele, tentando ao mesmo tempo torná-lo melhor, com direito a alguma quantidade de sonho, é o que diferencia um político competente de um estadista. E Lula é um estadista, o maior que já tivemos. Eu acho que boa parte desse preconceito contra o Lula é preconceito mesmo, do ruim. Olhem o que eu ouvi ontem mesmo de uma moradora de um bairro nobre daqui. Ela explicou que não torce para o Corinthians, porque, afinal "tenho todos os meus dentes e conheço o meu pai". Uffff. Lula, por exemplo, que mal conheceu o pai, na infância, e não sei quanto aos dentes, mas sei quanto aos dedos, torce para o Corinthians. E eleger o Lula foi um momento sublime para os brasileiros porque ele representou a nossa aceitação de nós mesmos por nós mesmos, condição essencial para uma nação ser algo maior do que um mero país. Eleito, Lula nos libertou e o Brasil deu o salto que todos vivem, mesmo que não queiram ver. Na América Latina, e eu leio a imprensa dos nossos vizinhos, Lula é idolatrado como um grande líder nacional, que ama seu povo e se dedica a defender os seus interesses, ao mesmo tempo em que tenta sinceramente ajudar e integrar os que nos rodeiam. Somos admirados por que passamos a nos levar a sério e deixamos de puxar o saco do primeiro mundo, como fazia o nosso pomposo FHC. Barramos espanhóis (inocentes, claro) na fronteira exigindo tratamento decente aos nossos viajantes que entram na Europa. Lula não tem medo de ninguém e exige estar no G-20, mas junto com o G-8, ou onde quer que se decida alguma coisa. Lula ajudou Chávez a sobreviver e hoje o enche de elogios, enquanto sabota seus piores planos e ajuda o Brasil a vender e ganhar muito com a Venezuela. Garantiu o empate na quase guerra de araque entre Colômbia e Equador, fazendo o Brasil atuar como o líder que tem que ser. Lula abriu agências da Embrapa em países africanos, onde nossa biotecnologia tropical vai ajudar a combater a fome e criar uma agricultura moderna. Ele também decidiu que não vamos exportar petróleo do pré-sal, coisa de país atrasado, e sim derivados com alto valor agregado. Isso não é lá visão geopolítica e estratégica? Viajou aos países árabes, nunca antes assunto para nossos governantes e criou laços que hoje se transformam em comércio, bom para todos. Aqui dentro, já que o Brasil também é assunto, manteve sim a política econômica anterior, mas lhe deu a direção social que faltava. E se alguém acha que isso foi coisa pouca, imaginem as pressões que Lula sofreu, às quais teve que resistir, enquanto a Argentina, aqui ao lado, experimentava heterodoxias com o Kirchner e crescia 10% ao ano. Imaginem o que foi para um ex-torneiro mecânico peitar toda a suposta elite econômica instalada nos principais veículos de comunicação, que tentavam dizer a ele para onde apontar o nariz e que aprendesse a obedecer ou o mundo iria cair, culpa dele. Quem resiste a tudo e segue firme no caminho em que acredita é um líder.
L-Í-D-E-R. Acerta e erra, mas lidera. O maior mérito do Brasil de hoje é nosso, do povo brasileiro. Fomos nós que soubemos mudar, acabar com o PFL, optar pelo moderno e, por isso, hoje nosso destino se divide entre dois partidos e projetos viáveis, PSDB e PT. Se os dois são viáveis, o PT é mais generoso, e por isso a minha escolha. Provavelmente seguiremos crescendo e nos afirmando como nação moderna emergente, capaz de alimentar a si e ao mundo, o que para mim já está uma beleza, obrigado. Mas, alguém aí ousa comparar o Lula a gente um tanto insípida, inodora e incolor, como Aécio, Serra e Ciro ? Vamos talvez seguir rumo à prosperidade, mas de um jeito tão mais sem graça. Vocês conseguem imaginar algum desses nomes acima fazendo a frase sobre "banqueiros brancos e de olhos azuis, que achavam que sabiam tudo de economia" que hoje é repetida no mundo inteiro? Lula, para mim, representa o fim do enorme desperdício que nosso país sempre praticou, ao ignorar a humanidade e inteligência do seu povo, acusando-o de ser pouco escolarizado. Eu tenho o privilégio de, de tempos em tempos, encontrar com leitores de grupos de EJA (Educação de Jovens e Adultos), na prática turmas de pedreiros, domésticas, carpinteiros, eletricistas; gente que deixou a escola quando criança e voltou agora, para aprender, inclusive, a ler. E ser lido por essas pessoas é uma enorme honra para um escritor que gosta de ser lido. E eles lêem como ninguém, minha gente. Com uma garra e encantamento de arrepiar. E raramente têm a chancede trazer essa visão absoluta do mundo, essa experiência toda a para vida do nosso país. Lula, prezados leitores, fez e faz exatamente isso. Eu conheço meu ilustre pai, para o bem ou para o mal, tenho praticamente todos os dentes e certamente todos os dedos, o que me coloca em uma camada, digamos, privilegiada, no Brasil. Mas, mesmo que não seja exatamente a minha cara, Lula consegue ser a cara brasileira da minha alma, de tantas outras almas de nosso país e, por isso mesmo, ele é, tem sido e vai ser o cara. O Cara, a nossa cara. Pelo que eu conheço do mundo, essa coluna vai atrair toda uma desgraceira pra cima desse colunista. Pois, muito bem, que venha. Esperar menos do que isso, estar menos preparado do que estou para combater o que vier, seria um desrespeito desse cidadão agradecido aqui, ao seu presidente, a quem tanto admiro e por quem tenho mais é que brigar mesmo. Podem vir, serão todos bem recebidos, e vamos em frente, nós e o Cara, fazer o debate e o país de que tanto precisamos. Dizer "Esse é o cara" afirma a negritude do Obama e sua admiração por Lula. Vivemos melhor em um mundo assim, de aceitações, reconhecimentos, sinceridades. Se eles, que são políticos, podem, então a gente pode tudo, até mesmo torcer para o Corinthians, imagino, nesse admirável mundo novo que o século 21 nos traz.

Autor: Marcelo Cunha (escritor e jornalista) - Postagem: José Nilton Mariano Saraiva

Poema de Domingo - Por Claude Bloc

Todos os meus poemas começam de manhã, com o sol.
Mesmo que as palavras não estejam à vista,
O poema será, então, meu céu de chuva
explicando a luz.
Durante o dia, morará inteiro
num espaço mais aberto
de ar claro e luminoso,
nas tardes lisas e eternas...
Então, emergirá, mais uma vez,
Da noite, do silêncio,
como um cais seguro.

Pela rua
sua passagem se confundirá
Com os assovios do vento
Com o rumor dos mares
E o encontrarei em areias claras
onde possa se estender ao sol,
no relicário dos meu sonhos.

Meu poema será
uma mão aberta e,
na sua palma, estará minha esperança.
...e se arrastará com o dia
e se meterá pelas copas das árvores,
cantará com os pássaros e correrá com os riachos...

Meu poema contará como tudo é feito
menos ele próprio...
começará por um acaso cinzento,
como esta manhã de abril
e acabará, também por acaso,
quando o sol (em meus olhos) brilhar...
Meu poema me levará no tempo
E não passarei sozinha...

Por Claude Bloc

Promotor Elder Ximenes de Parabéns - Interditada Casa de Shows que funcionava em bairro residencial do Crato.



Vitória da População do Crato !

Justiça interdita casa de show no Crato por poluição sonora

O Ministério Público do Estado do Ceará, através do promotor de Justiça da comarca de Crato Élder Ximenes Filho ( Foto ), conseguiu interditar, na última semana, por meio de uma decisão liminar exarada pelo desembargador Fernando Rocha Ximenes, o funcionamento da casa de shows “Eclipse”, atualmente conhecida como “Credicard Hall”. A casa de shows foi autuada pela Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) por poluição sonora em várias ocasiões. Por não providenciar o necessário isolamento acústico, a referida casa de shows não mais recebia alvará de funcionamento da Secretaria do Meio Ambiente do Município de Crato. O Ministério Público já havia aberto procedimento administrativo para examinar o caso, porque a empresa passou a impetrar sucessivos mandados de segurança, que obtiveram liminares, em plantões judiciários, para realizar festas e shows. No último dia 17, às 13h30, ingressou com novo mandado de segurança para um evento que já vinha anunciando nas rádios – mesmo sem sequer haver judicializado a questão e, assim, fazendo arriscada “propaganda enganosa”. A liminar foi concedida pelo juiz plantonista, titular da 2ª vara, às 15h:00 do sábado. Informado da concessão da liminar, o promotor Élder Ximenes dirigiu-se ao Tribunal de Justiça, impetrando agravo de instrumento. Em seu despacho, o desembargador Fernando Ximenes considerou que não poderia o plantão judiciário emitir liminar em processo não iniciado no próprio plantão. Além disso, não foi examinado pelo juízo de Crato o fato de o local já estar embargado administrativamente bem antes da divulgação do evento. Foi montado esquema de segurança para proteger os servidores da Semace na ação que impediu a festa, evitando-se conflitos com os usuários, que poderiam revoltar-se pela venda antecipada de ingressos – tendo havido pleno êxito, sem qualquer dano pessoal ou ao patrimônio. O MP continuará seu trabalho em relação à poluição sonora e à infração ao Código de Defesa do Consumidor por parte da empresa, além de cobrar dos órgãos de controle ambiental (Semace e Secretaria do Meio Ambiente do Município) que exerçam o poder de polícia de forma equânime sobre todas as empresas que produzam sons potencialmente poluidores.

Nota do Blog do Crato:

Parabéns ao emérito promotor Élder Ximenes Filho e ao desembargador Fernando Rocha Ximenes, por este feito memorável. Realmente, a população do Crato não pode permanecer à mercê desses desordeiros que quando pretendem realizar uma festa, acham necessário que TODA A CIDADE não durma, como tem acontecido. Porque é sabido de muitos que quando se realizam festas naquele local, apesar de distante, o som consegue invadir residências nos bairros distantes como a Vilalta e até no Alto do Seminário, tamanho é o volume. Um verdadeiro absurdo! Espero que essa atenção por parte do promotor se extenda também até a nossa festa maior, a ExpoCrato, a fim de que o volume sonoro não ultrapasse limites que possam perturbar o sono dos Cratenses, coisa que vem sistematicamente acontecendo aqui na cidade ao longo de muitos anos e que nós cratenses, nada podemos fazer para nos proteger de tamanha afronta perpetrada pelos organizadores de eventos, que não têm qualquer respeito à pessoa humana.

Dihelson Mendonça
Notícia do website: http://direitoce.com.br
Foto: Diário do Nordeste



Edições Anteriores:

Novembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30