xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 04/04/2009 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

04 abril 2009

A Ética Tucana (Público X Privado) - Casa de Mãe Joana ???

Max Weber escreveu que há dois tipos de ética: a da convicção (o comportamento dos políticos na esfera privada) e a ética de responsabilidade (as normas e valores que orientam o político a partir da sua posição como governante ou legislador).
Agora, o episódio dos jatinhos fretados por Tasso Jereissati com o dinheiro público nos dá outra contribuição sociológica. É a ética tucana: quando não está escrito na lei o agente público pode fazer o que bem entender. Vejamos a posição de alguns “experts” no assunto:
Cesar Britto, presidente da OAB federal: “O particular pode fazer tudo o que a lei não lhe vede. O servidor público somente o que a lei lhe autoriza. O administrador público não gere a coisa como se privada fosse. Tem de servir ao público e ser controlado pelo público”.
Sepúlveda Pertence, ex-ministro do STF e atual presidente da Comissão de Ética Pública da Presidência da República: "Ao contrário do particular que pode fazer tudo que a lei não proíbe, o administrador só pode quando a lei determina ou autoriza. Trata-se do princípio da legalidade. O agente público age em nome do Estado e vinculado ao Estado”.
Piquet Carneiro, advogado, ex-presidente da Comissão de Ética Pública da Presidência da República (1999-2004), um dos redatores do Código de Conduta do governo: “No direito privado a norma não precisa ser específica. Já no direito público, sim. O particular é livre para fazer tudo o que não é vedado pela lei. O servidor público, não. Lembro-me de um caso a muitos anos de uma pessoa que usou ajuda de custo para moradia para pagar a prestação de um imóvel. O caso foi analisado e o servidor foi condenado a devolver os valores. Não havia proibição para usar o dinheiro para comprar imóvel, é verdade, mas não havia também a permissão – logo, não estava permitido. Tem de ser assim, se não vira casa da mãe Joana”.
Fonte: os citados - Postagem: José Nilton Mariano Saraiva
*****************************************

O que tem a nos dizer o Zé do Vale, a respeito ???
E os causídicos, aqui do blog, manifestar-se-ão ???

Conversa de sábado com o Senador Tasso Jereissati - por José do Vale Pinheiro Feitosa

A rigor um jatinho não é algo mais individualista que um automóvel. Todos os dias vemos pessoas com seu espaço multiplicado por dezenas de vezes, contribuindo para o aquecimento global, sozinhas nos engarrafamentos das cidades. Mas onde o jatinho se diferencia destes “culpados” do transporte individual? É na escala em que um jatinho se torna realidade: milhões de dólares. Retirados do caixa das empresas, retirados do ambiente social, desviados de outras prioridades, apenas para por nos céus aqueles que já estão tão próximos de Deus que se confundem com Ele.

Só para título de exemplificação e de sustentação do argumento. Uma das referências negativas dos jatinhos ocorreu com os executivos das montadoras americanas de pires na mão dirigido ao governo (ao dinheiro do povo americano). Os tais executivos receberam uma reprimenda da imprensa por terem ido a Washington nos jatinhos da empresa. Como bons atores, na segunda vez tiveram o cuidado de virem em carros das próprias montadoras.

Retornando ao primeiro parágrafo. É na escala de “altitude” que o jatinho vira problema. Como aquele que transportou a sogra do Governador Cid Gomes. E como este do Senador Tasso. Claro que podem incluir até o Number 1 de Obama ou o Aerolula. Estamos entendidos? Este é um dado líquido e certo do Jatinho dos senadores. Mas tem outro “jatinho” dentro do jatinho.

É esta arrogância de que eu posso, eu fui escolhido, eu sou o maior e o melhor. Isso a cultura moderna, de natureza individual, com consciência da ambiência coletiva não aceita. Somos todos iguais em tudo. Até mesmo o liberalismo anda a rigor nesta lógica ao propagar que é o regime das oportunidades para todos. Então quando tratamos da arrogância, estamos falando de um fundo ideológico que nem liberal o é (embora existam controvérsias), pois é pura oligarquia, por direito de herança ou por direito divino.

E infelizmente para nós cearenses, para este do mundo real que teve em Tasso Jereissati uma referência de liderança desde os anos oitenta, ficamos juntamente muito ruins na foto do senador. A visão “política” do sul maravilha é que os nordestinos são desfibrados, vergam suas costas ao peso do coronelismo. Seria uma fala, um discurso, mesmo que tivesse de enfrentar as questões internas do senado, mas Tasso não poderia ter dito o que disse, ao se defender dos jatinhos fretados com verbas do senado.

Ficamos todos, quem acompanha ou é adversário do senador, decepcionados com aquelas frases que pagaria em dobro o dinheiro de uma possível conduta ilegal. Aí o Tasso deixou a todos de calça arriada, só ele tem salvação, inclusive da justiça ao cometer eventuais desvios. É o vezo do cachimbo: compra com dinheiro o “perdão”. E nós? Vamos pagar pena no Paulo Sarasate?

Por vezes até me sinto maior do que a própria estatura ao ouvir coisas como essa. Esta história não é parecida com aquela do segundo habeas corpus do Ministro Gilmar Mendes a favor do banqueiro Daniel Dantas, quando na mesma época permanecia preso o punguista que tentou roubar-lhe um cordão de ouro na beira mar de Fortaleza?


Por José do Vale Pinheiro Feitosa


Está na Hora de Darmos Posse a mais Escritores no Blog do Crato !

Pois é, gente...

Sábado, dia mais tranquilo em que podemos nos dar ao luxo de descansar um pouco. Aliás, falando em descansar, percebo um compotamento social que eu considero errado, que é marcar compromissos nos feriados e nos fins de semana. Por exemplo, se você parar para observar, um dia de descanso é para se descansar mesmo. Acontece que tem gente que no dia de Domingo aproveita para trabalhar o dia inteiro em projetos da casa, para fazer longas caminhadas...

Na minha opinião, descanso é descanso! Dia de parar TUDOOOOO !!
E nos dias de descanso e feriados, eu gosto de cumprir à risca. Desligar os telefones, não atender ninguém. É repouso absoluto. No máximo assistir filmes sem ser perturbado por telefones nem visitantes. Afinal, a semana existe para isso.

Mas o assunto que eu gostaria de tratar aqui neste texto não tem nada a ver com isso. Eu estou pretendendo dar posse a mais alguns escritores que por sua fidelidade, constância aqui no Blog do Crato, certamente que já merecem de muito tempo estarem conosco pois já são da famíla de fato e de direito. E um deles é o Darlan Reis, que ultimamente vem escrevendo excelentes comentários que suscitam discussões e isso é bom para o Blog, pois um Blog vive de debates, especialmente inteligentes.

Então eu pediria ao Darlan que me fornecesse o e-mail de contatos do Gmail para eu poder enviar o seu convite de membro do Blog do Crato. Outras pessoas estão na lista e serão convocados em breve também, principalmente os que mais participam.

Abraços,

Dihelson Mendonça



POESIA PLUVIAL na cidade do Crato... Por Pachelly J.

"Quando nosso pai celeste manda chuva no nordeste, de verde a terra se veste e corre água em borbutão"! (Patativa do Assaré)
" Há poesias nas janelas de onde olhar o inverno, o cheiro da chuva tem a fragância dela" (P.Jamacaru)

" O sol doura o cume verde da Chapada do Araripe, sonolenta a tarde cai, noite vem ninar o Cariri" (Abidoral Jamacaru)
Ah! Essas gotinhas de chuva...

Anoitece com o radinho de pilha a tocar a Ave Maria e os pingo a tilintar nos telhados...

E amanhece chuvosa a nos convidar aos lençóis das manhãs preguiçosas... Como é bom morar no Crato!


Fotos: Pachelly Jamacaru
C/Marc d'água
"Direitos reservados"

Hoje à noite no Olhar Casa das Artes - Praça da Sé - Crato


Noite do Vinil - Sexta-Feira
Dj. Sérgio
R$ 2,00

Parabéns Mônica Araripe pelo seu Aniversário !

Quero aqui registrar o aniversário de uma grande amiga, que por sua solidariedade, pelo grande amor à vida, pela esperança e fé que possui no ser humano, a torna uma pessoa muito especial para quem a conhece de verdade, e que convive no dia-a-dia. Chama-se Mônica Araripe, mais conhecida por nós amigos como Monkynha, filha do grande poeta cratense José Helder França e casada com Samuel Araripe.

Minha grande amiga, aqueles que te conhecem de verdade, conhecem esse grande coração que tu possui, esse jeito de criança que às vezes demonstra, pois não perdeste o amor e a fé na vida e em dias melhores. Somos gratos ao criador por tê-la do nosso lado sempre, trazendo para os que convivem contigo, as gratas mensagens de fé, de otimismo, de esperança e de amizade verdadeira. Portanto, quero aqui dar os parabéns pra você, que é membro do Blog do Crato, em nome de toda a nossa equipe de escritores, e de teus amigos que são milhares...Parabéns, muitas felicidades e muitos anos de vida plena e sobretudo, de profunda alegria e paz!

Dihelson Mendonça

9ª FESTA POPULAR DA MALHAÇÃO DO JUDAS - Programação Oficial

Sábado de Aleluia, 11 de abril de 2009 – Centro Cultural do Araripe (RFFSA)

"JUDAS PEDOFILINO SAFADUS"

PROGRAMAÇÃO

15h00min – 1. Concentração na Bodega do Joquinha, rua dos Cariris (Centro); 2. Forró pé-de-serra: Trio Flor do Pequi; 3. Cortejo do Judas, acompanhado pelo Grupo de Caretas do Distrito da Bela Vista, Banda Cabaçal dos Irmãos Aniceto, Catirinas e Mateus, Boi, Burrinha e Jaraguá de reisados locais, por atores em seus personagens regionais: Chica Curuja (Joseany Oliveira), Geroplícia (Orleyna Moura), Tranquilino Ripuxado (Pedro Ernesto Morais), Coroné Barduíno (Adauberto Amorim), Zé Bocoió (Aécio Ramos), Maria Matusquela (Teresa Ramos), Zé de Baca (Cacá Araújo), Chicó (Flávio Rocha), Lôra do Banhêro (Françoi Fernandes), Cão-Côxo (Josernany Oliveira), Budeguêra (Joênio Alves), Medusa Bombril (Andecieli Martins), Dona Pomba (Mariana Nunes), Sivirino Cipó Cravo (Franciolli Luciano), Menó Abondonado (Walesvick Pinho), Maria Capionga (Tereza Cândido), Ciça Meropéia (Jonyzia Martins), Fofolete do Sertão (Gabriela Melo), Zefa Miúda (Charline Moura), Cabinha do Babado (Paulo Henrique), Carrim do Sino (Edval Dias), Cacho de Girmum (Vinícius Pinho). Seguem animados com carro-de-som pelo trecho: Centro – Praça 3 de Maio – Praça Siqueira Campos – Bar do Gil – Rua da Vala – Av. Duque de Caxias – Rua São Francisco – Rua Mons. Assis Feitosa – Centro Cultural do Araripe (antigo Largo da RFFSA).

17h00min – Tradicional roubo do Sítio do Judas: Os Caretas vigiam o sítio montado e açoitam com chicotadas os que ousarem roubar. A façanha é sair do sítio sem apanhar (e ainda com o roubo).

18h30min – 1. Leitura do Testamento do Judas, elaborado em versos (cordel); 2. Malhação do Judas, com show pirotécnico e artistas circenses com perna-de-pau e malabares de fogo.

19h30min – Forró pé-de-serra com Sílvio e Marcos.

22h00min – Debandamento.

REALIZAÇÃO

Sociedade Cariri das Artes (PONTO DE CULTURA DO MINC/SECULT-CE)
Cia. Cearense de Teatro Brincante
Circo-Escola Alegria

APOIO:

Prefeitura Municipal do Crato
Secretaria de Cultura, Esporte e Juventude
IMAGO/URCA



04-04-2009
Saúde planeja campanhas de vacinação em Crato

A Secretaria de Saúde do Crato realizou, na tarde da última quinta-feira, reunião com os integrantes do Programa de Saúde da Família (PSF), além da coordenadora da Epidemiologia Lídia Feitosa, da Atenção Básica; Elma Luna, do PSF, Cláudia Kyare e a assessora da Secretaria, Aline Franca. Também esteve presente a coordenadora da Imunização, Teresa Cristina. A principal pauta de discussão foram as campanhas de vacinação no município, iniciando com a elaboração do programa de vacinação do idoso.

Visitações simultâneas nos bairros são feitas por agentes de Endemias

O segundo ciclo de combate à dengue no município do Crato foi iniciado com visitações simultâneas em vários bairros. Estão recebendo a visita dos agentes moradores das localidades do Muriti, Gisélia Pinheiro, Parque Grangeiro e São Miguel. Ao todo, são oito equipes. Os 55 agentes de Endemias da Secretaria de Saúde estão atuando também aos sábados, no intuito de realizar o maior número de visitações possível. No primeiro ciclo foram visitadas mais de 43 mil residências em todo o município. Até agora foram confirmados em Crato 3 casos da doença.

Telecentro garantirá inclusão digital de forma gratuita em Crato

O município do Crato terá implantado um Telecentro, no Centro Cultural do Araripe. Ontem mesmo, chegaram ao local os computadores para serem instalados. O objetivo é fazer a inclusão digital da população de baixa renda. A sala do Telecentro de 40 metros quadrados é anexa ao prédio do Restaurante Popular. O local terá uma central de ar condicionado, com 12 computadores, impressoras e internet banda larga, e vai oferecer cursos de informática e promover o acesso ao mundo digital de forma gratuita. O município do Crato foi beneficiado com duas dessas unidades. A outra irá funcionar na Escola Agrotécnica Federal.

Mobilização Social quer criar o Comitê de Moradores Contra a Dengue

O Núcleo de Mobilização Social da Secretaria de Saúde do Crato estará realizando reunião, no próximo dia 5 de abril, com associações, para criação de um Comitê de Moradores Contra a Dengue. A reunião irá acontecer na Associação Vila São José, a partir das 16 horas. O trabalho faz parte das ações da saúde no intuito de reduzir os índices de infestação da dengue, através do Aedes aegypti. Ontem, foi realizada visita domiciliar no conjunto Novo Crato, nas ruas 102 e 103. No colégio 18 de Março foi ministrada palestra sobre dengue e reciclagem de lixo.

Parceria leva esclarecimentos sobre direitos Humanos às comunidades

Dentro da proposta de levar à comunidade o Balcão de Promoção dos Direitos Humanos, uma parceria da Prefeitura Municipal do Crato e Universidade Regional do Cariri (URCA), foi realizada ontem, no CRAS do Seminário, palestra sobre o Balcão de Atendimento para a comunidade local, ministrada pela Dra. Alda Maria Teles Oliveira, contando também com a assistente social, Rita de Cássia Soares Damasceno. Por meio do Balcão podem ser oferecidos serviços como orientação sobre deveres e direitos dos cidadãos e legislação que assegura esses direitos; acolhimento e encaminhamento de denúncias sobre violação dos direitos humanos, envolvendo violência contra a mulher; mediação e conciliação de conflitos, atuando na busca de soluções pacíficas, com a finalidade de promover acordos satisfatórios entre as partes envolvidas. Também inclui assistência jurídica, nos casos em que não for possível a solução pacífica e a capacitação de lideres comunitários.

Contatos: Prefeitura Municipal do Crato
Assessoria de Imprensa

cratoimprensa@gmail.com

Telefone(88): 3521. 9600
Mais informações:

www.prefeituramunicipaldocrato.blogspot.com

Bem na Foto - Por: Wilton Dedê

Bem na foto
Merval Pereira - Claudio de Moura Castro
Merval Pereira
O Globo - 03/04/2009

Gostaria muito de saber o que o presidente Lula disse ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, na sequência da conversa que tiveram ontem em Londres, quando Obama disse que ele era "o cara" e definiu Lula como "o político mais popular da Terra". A linguagem corporal de Lula foi de modéstia. Balançou a cabeça, ficou limpando os óculos, parou um pouco para pensar, como se quisesse entender as reais implicações daqueles comentários. Afinal, Lula sabe como ninguém que é o próprio Obama o "político mais popular da Terra". Em seguida, puxou literalmente Obama pela manga do terno e disse alguma coisa para ele, como se estivesse relatando alguma experiência pessoal sobre políticos populares.

Conhecendo esse seu comentário, poderíamos saber as consequências do elogio em seu comportamento político daqui para a frente. Houve quem percebesse um tom irônico no tratamento de Obama, especialmente porque o presidente americano disse que Lula era tão popular por ser "boa pinta", o que de certa maneira esvazia seu elogio do cunho político.

Não creio que essa tenha sido a intenção, e acho mesmo que as pequenas espertezas de Lula, como a revelada pelo primeiro-ministro Gordon Brown, antes de irritar seus colegas governantes, os fascinam.

Não que seja bom para Lula revelar que ele admitira, antes de acusar os "brancos de olhos azuis", que, estando no governo, culpava os Estados Unidos e a Europa pelos problemas mundiais por hábito de culpar alguém, como fazia com o governo quando era líder sindical de oposição.

Mas esse seria um pecadilho político risível, pelo menos no momento em que os líderes dos países ricos estão enfraquecidos pela crise internacional e são alvos fáceis da retórica dos líderes dos países emergentes como Lula, que se transformou, nos últimos dias, no símbolo da reivindicação dos países "pobres" por um sistema financeiro menos descontrolado e por uma ordem internacional mais justa.

Afinal, são todos políticos que vivem atrás de votos, e um presidente no fim do segundo mandato com a popularidade de Lula é raro. Ninguém mais do que Obama tem demonstrado saber exatamente que tipo de populismo aplicar em momentos de crise.

Obama beija criancinha quando precisa, vai a cidade com alto índice de desemprego quando quer pressionar o Congresso para aprovar algum plano econômico, fala mal da ganância dos executivos financeiros e demoniza seus bônus.

Na reunião do G-20, Obama estava em missão de pacificação de ânimos. A foto mais comentada do encontro foi a que o mostra sorridente, abraçado a Silvio Berlusconi, polêmico primeiro-ministro italiano, e ao presidente da Rússia, Dimitri Medvedev, fazendo o sinal de positivo.

Tom Trebat, diretor do Centro de Estudos Latino-Americanos da Universidade Columbia, em Nova York, acha que Obama realmente gostou de Lula, que ele está convencido de que Lula vai ser alguém com quem pode negociar na América Latina.

"Lula não vai fazer show nenhum em Londres batendo o sapato em cima da mesa. Ao contrário, vai ser alguém que vai liderar a luta antiprotecionista, vai favorecer o aumento do dinheiro disponível do Fundo Monetário para os países necessitados, o que, aliás, foi o que saiu de concreto da reunião do G-20", ressalta Trebat.

Mais do que tudo, diz, um comportamento razoável de Lula vai dar um sinal para muitos emergentes. Na visão do diretor do centro de estudos latino-americanos da Universidade Columbia, Obama está querendo agradar ao Brasil, desarmar eventuais prevenções, evitar que Lula abra novas frentes de críticas que já estão abertas com Nicolas Sarkozy, presidente da França, e Angela Merkel, da Alemanha.

O importante para Obama, analisa Trebat, era que a reunião do G-20 não mostrasse grandes divisões, e isso ele conseguiu. "Ele foi lá para mostrar que os Estados Unidos não têm mais aquela postura arrogante, foi buscar o diálogo", destaca.

O próprio presidente dos Estados Unidos definiu-se como "o novo garoto do bairro" ("the new kid in the block"), para dizer que era um novato naquele grupo de líderes mundiais, numa demonstração de humildade que corresponde à sua intenção de distender o encontro.

Esta é uma viagem de oito dias, Obama vai a Estrasburgo encontrar-se com a Comunidade Européia, vai à Otan, e, na opinião de Tom Trebat, o presidente americano "está pressionando de modo suave, com sua imensa popularidade em redor do mundo, os seus amigos e aliados para que não critiquem muito e para que deem um tempo para que a economia se recupere".

Uma aproximação com o Brasil de Lula facilita também o esvaziamento natural da liderança de Hugo Chávez na América Latina, e há informações de que, no encontro que tiveram em Washington, Obama não deu espaço para que Lula defendesse Chávez. Teria recebido Lula com um comentário direto: "Quero me congratular com um homem que respeita a letra da lei".

O fato é que o presidente Lula é visto pelos líderes internacionais como o exemplo de uma esquerda moderna que defende os interesses dos países emergentes com a credibilidade de quem quer participar dos organismos internacionais.

Até nesse ponto Lula está tendo a oportunidade histórica de o Brasil, em vez de pedir emprestado ao Fundo Monetário Internacional, fazer parte do conjunto de países que formarão um fundo para aumentar a capacidade do FMI e do Banco Mundial de ajudar a superação da crise e revitalizar o comércio internacional.

A crise econômica, que pode corroer sua popularidade no Brasil, só faz aumentá-la em nível internacional

Texto enviado por Wilton Dedê



Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30