xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 18/02/2009 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

18 fevereiro 2009

DISCIPLINARIDADE e TRANSDISCIPLINARIDADE – Contribuição Social ao Ensino de Medicina no Cariri.- Por : Nilo Sérgio Duarte Monteiro


DISCIPLINARIDADE e TRANSDISCIPLINARIDADE – Contribuição Social ao Ensino de Medicina no Cariri.

A formação médica no que diz respeito ao âmbito universitário data da criação das primeiras Universidades na idade média. Nesta época, segundo Le Robert, a medicina nem fazia parte do “conjunto dos saberes das sete artes liberais”. No séc. XII era concebida como uma técnica proveniente das “artes mecânicas”, então pertencente a “segunda filosofia” oposta, portanto à Física, a ”filosofia dos fatos”. No período compreendido entre o Renascimento e o Séculos das Luzes, observou-se uma impressionante fragmentação disciplinar tendo Parecelso (1493-1541) reagido energicamente propondo a ligação entre a observação da natureza e a “mão hábil” numa ampla hermenêutica. Depois do sec. XVII ocorreu a fragmentação de disciplinas que faziam parte da medicina, por exemplo: farmácia, química, botânica, higiene, filosofia, patologia, cirurgia entre outras. Entre os séculos XVIII e XIX, o ensino da medicina torna-se mais prático e técnico sem dissociar-se, entretanto das bases filosóficas da escola helênica. No séc. XX o progresso científico associado à expansão da tecnologia biomédica e farmacológica trouxe importantes e significativos avanços na arte médica, uma maior eficácia e êxitos em campos nos quais antes nunca havia progredido. Mas o “paradigma mecanicista e tecnológico” já havia lançado suas garras sobre a prática médica no século anterior com a mais ampla reforma universitária da história dos Estados Unidos da América, a qual se baseou no famoso RELATÓRIO FLEXNER em 1910 (assunto que abordarei em próximo artigo). Flexner, um talentoso Professor e Médico com formação na Alemanha, foi incumbido pelas poderosas fundações americanas para realizar um amplo estudo sobre as condições de funcionamento das mais de cem escolas médicas existentes à época, a maioria delas medíocres e sem a mínima condição de formar um médico com qualidade. Mas, a reforma estava atrelada aos interesses do capital emergente advindo da crescente industrialização dos EUA que determinariam em futuro próximo o surgimento do poderoso parque industrial farmacêutico e tempos depois o da engenharia biomédica. Foram fechadas 80% dessas escolas, proibiu-se a entrada de negros e adotou-se o modelo Cartesiano e Mecanicista que a medicina incorporou tragicamente à sua prática. A eficácia adquirida no séc. XX teve um alto preço, determinado uma crescente onda de especialização acompanhado do aumento significativo dos custos, dos efeitos iatrogênicos e da medicalização incontrolável. Hoje o médico na sua maioria direciona sua prática ao ato diagnóstico e/ou terapêutico e por isso não avalia (com raríssimas exceções) o risco/benefício e custo/benefício dessa prática. O paciente vê-se transformado em “corpo/objeto” e sente-se excluído de sua individualidade e daquilo que mais lhe pertence sua vida! Como diz Patrick Paul: “... se a técnica representa o saber indispensável à prática, o humano não é redutível ao objeto, pois a arte médica não provém apenas da competência mecânica, fisiológica ou farmacológica. Ela diz respeito ao individuo em sua dimensão bio-psico-social, seja para a medicina generalista ou para as diversas especialidades”. A medicina de saúde pública é confrontada com questionamentos bem diferentes já que sua ação diz respeito também à sociedade. Dessa forma os problemas colocados pela saúde pública não são da mesma ordem daqueles colocados no exercício médico geral ou especializado, mesmo havendo integração entre eles. O médico de saúde pública tem sua ação delimitada no entrecruzamento entre indivíduo e coletividade, entre as leis físico-biológicas e as leis sócio-culturais. Dessa forma ele aborda o conceito de saúde de forma mais ampla que a simples prática médica. A sua contribuição à saúde do paciente está baseada na sua reflexão, tanto sobre o meio ambiente físico como o meio ambiente social a fim de melhorar o sistema coletivo de saúde. Sem dúvida ele utiliza suas ferramentas médicas, como a epidemiologia, mas integraliza os custos de saúde, e a antropologia da medicina. É então pluri e interdisciplinar na sua missão e na sua vocação. É a partir dessa análise pluri e interdisciplinar que nasceu o conceito de ”Transdisciplinaridade”. Ela surgiu da insuficiência e lacunas no tratamento de determinados problemas complexos e se reflete de uma maneira contundente nos atores da saúde pública. E de que maneira isso ocorre? O crescimento da população, os esfacelamentos culturais, a multiplicidade das técnicas e das disciplinas são as duas faces de uma moeda uma riqueza e um drama. O universo das comunicações e do conhecimento a riqueza de dados em vista de descrições concretas, torna-se difícil devido a essas fragmentações. Então o desafio é: face ao quantitativo e ao múltiplo, encontrar um modelo integrador capaz de coordenar e hierarquizar o conjunto de informações e dar-se sentido a ação. A complexificação e a complexidade infinita dos objetos deve poder se opor, contraditória e paradoxalmente, a simplicidade do sujeito. Essa dialética supõe uma revolução pragmática de idéias. Foi após as limitações surgidas entre os anos 70 e 80 da utilização dos modelos da pluri e interdisciplinaridade para resolver alguns tipos de problemas ligados à complexidade que surgiu a transdisciplinaridade anunciada por PIAGET. Ele esperava ver a etapa da interdisciplinaridade ser sucedida por uma etapa superior, transdisciplinar, que situaria as ligações no interior de um sistema total, sem fronteiras, estável entre as disciplinas. E qual o papel da UNIVERSIDADE nesse contexto entre a transdisciplinaridade, sujeito e médico? A meu ver pela constatação de que o modelo de formação do médico baseado no modelo biologista e mecanicista já não responde às complexidades do sujeito paciente e a coletividade. Os médicos vivem uma situação difícil ligada a fragmentação dos saberes, a complexificação dos procedimentos, a informação e a informatização a qualquer preço, ao aumento dos problemas jurídicos, ao quadro deontológico e a explosão dos custos de saúde. Lembro também a permissiva, desastrosa, inoportuna e perturbadora influência da industria farmacêutica sobre os jovens e também os médicos mais antigos. Vou mais longe, sobre toda a classe médica. Só os atos técnicos são levados em conta na codificação dos atos médicos. O ato RELACIONAL, embora essencial na relação médico/paciente, não e valorizado suficientemente, ou melhor, dificilmente valorizado nesse sistema atual, mesmo sendo uma fonte de economia para a saúde. As pesquisas mostram que quanto menos tempo os médicos têm mais eles recorrem aos exames, aos medicamentos, aos procedimentos biomecânicos, e às internações. Mas para responder de outro modo, é preciso ser FORMADO de outro modo. Ou seja, é preciso ter valorizado o ÂMBITO DA FORMAÇÃO e da AUTOFORMAÇÃO do sujeito médico, a afim de que este possa, por sua vez, dinamizar a formação e a educação do sujeito PACIENTE. É aqui que se estabelece o papel fundamental das Faculdades de Medicina do Cariri e de todas as outras pelo Brasil afora no delineamento de soluções. É de vital importância debater exaustivamente com todos os segmentos da sociedade científica regional, propostas de modelos curriculares adequando-os a nossa realidade, avançando na questão da formação integral e humanística dos alunos, orientando-os para uma visão coletiva, macro, renovadora e impulsionadora de pesquisas e de questionamentos que ofereçam soluções práticas e regionais. Não é desejável um modelo curricular político pedagógico inadequado para a região. As sugestões devem ser bem-vindas. Estimular discussões palestra com especialistas visando incrementar o ensino, a pesquisa e a extensão, não esquecendo os aspectos antropomórficos da nordestinidade, singularidades e vocações. A Universidade é pluralista nas idéias e por isso mesmo aberta à troca de conhecimentos. Geratriz de tecnologias, capaz de conceber instrumentos que apontam soluções práticas visando a melhoria da saúde, moradia, saneamento, educação, num contexto de prevenção, contribuindo e impulsionando o crescimento e o bem estar do Cariri. Os homens devem ser do tamanho dos seus sonhos.

Prof. Dr. Nilo Sérgio Duarte Monteiro- UFPE
Cidadão do Cariri

SERAFINA DA CONCEIÇÃO E AS VIRTUDES QUE LHES VISITA - Por José do Vale Feitosa

Não sei se o pessoal de lá se dar conta disso. Mas no Crato mora Serafina da Conceição, em qualquer lugar de quatro cantos: da Cruz ao Pimenta com Alto de Seminário ao de São Francisco. Bem se atine que nem com seis são bem vindas as pessoas das sete virtudes. Serafina só admite uma virtude: o corpo banhado nas águas do rio Batateira.

Se lhe encontra desprevenida a primeira das setes virtudes, aquela que jamais mente, Serafina com horror lhes joga pedradas de corisco rasgando o ar como um talho no rosto. Quem nunca mente, diz Serafina, incorpora a alma dos bandeirantes. Nunca matou índio, nem hes roubou as esmeraldas, jamais envenenou suas águas e derrubou-lhe as missões.

Quando ao banhar-se nas águas eventuais do Batateira e se espelha na superfície o rosto da virtude das riquezas, Serafina mija a jusante e cruza os dedos ao sol em sinal de eclipse. Diz Serafina: as riquezas são a fartura da escassez. Como um cano que rouba o leito do Batateira, uma hillux em sua aventura nas trilhas ecológicas com seus rastos destruindo o leito da natureza, acelerando a degradação de cheiro pútrido desde a cabine refrigerada em que se origina.

E Serafina no pórtico da Sé, prestes a orar e vem a virtude do homem sem pecados veniais ou mortais, no rosto apenas a farsa do pecado original. Ela vira um vulcão de imprecações contra o puro de desvios, redondo, branco e quebradiço como uma hóstia. Serafina sabe que num bolso ele carrega as orações dos perdões a si concedidos e no outro o castigo aos pecadores que lhes cabe julgar.

Entre uma barraca e outra da feira e Serafina escuta um comerciante a falhar-lhe do preço justo. Pronto, mesmo que na semana passe fome, que tenha de roer o sabugo de um milho já debulhado, Serafina abandona a feira e nada comprará. Os comerciantes não roubam por pecado, roubam por ofício. Ofício oficial, de impostos e outras matrizes e filiais. Sonegações, rateio nos pesos da medida, metrificação da falta.

Já Serafina se encontra numa roda a cantar e a virtude do luxo evola-se no ambiente, inebriando os sentimentos em escala musical. Emudece a voz e as notas musicais se tornam a pausa até o final da festa. È que, diz Serafina, o luxo é o preconceito contra a fantasia alheia, se julga filha predileta da fidalguia de cocheira, um enfeite das plumas de uma rainha. Inútil e esvoaçante como um penacho de uma colombina. Já que é carnaval.

Diz Serafina, referindo-se ao Bom Pagador e ao Sábio que empresta: são virtudes ofídicas. Uma comendo o rabo da outra. Enquanto o silvo encanta, o veneno destila nas agulhas do bote. Dos olhos que um ao outro espreita, o prestamista ilumina o lucro e o bom pagador mais uma nova prestação. E assim vão até o final dos tempos. Aquele juízo final em que toda a contabilidade será auditada e depois rasgada ao vento da exploração em rumo do deserto.

Por: José do Vale Feitosa


O testamento - Por A. Morais


Esta proeza eu estou passando pelo mesmo preço que recebi do saudoso amigo Jose Figueiredo, então proprietário do Cartório Figueiredo na cidade do Crato. Nada a mais nem a menos, igualsinha. Dizia que Cego Fransquim, um cratense dos bons, que residia na Rua Jose Marrocos, um religioso praticante, devoto e temente a Deus, que vivia do que lhe rendiam os alugueis de casas residências e prédios comerciais que possuía, era um homem extremamente organizado e previdente: guardava em um deposito nos fundos da residência as duas urnas mortuárias, a sua e a de sua esposa. Casado, sem filhos, portanto sem herdeiros, já com umas sete décadas nos costados procurou o Cartório e fez um testamento no qual definia para depois de sua morte deixar todos os seus bens para a Diocese. Fez chegar ao conhecimento da igreja a sua nobre decisão. Geralmente uma ou duas vezes por mês Cego Fransquim fazia uma visita ao Palácio Episcopal. Um belo dia lhe deram uma maçada das 08 da manha às duas da tarde e só então avisaram que o Senhor Bispo não poderia recebê-lo naquele dia.
O Cego Fransquim se encafifou e foi direto ao Cartório Figueiredo e revogou o testamento. Da revogação do testamento só tomaram conhecimento o tabelião e o próprio Fransquim. A vida passou placidamente e ninguém percebeu a ausência do Cego Fransquim pelos lados do Palácio do Bispo. Cego Fransquim bateu as botas, passou desta para uma melhor. Quando o clero tomou conhecimento do seu falecimento transladou o corpo para uma Capela e haja reza, não faltava um padre rodeando o caixão e jogando água benta em Fransquim. Missa de meia em meia hora.
Na concelebração final, antes do cortejo seguir para o cemitério, um Padre cantava uma ladainha e os outros respondiam em coro: Ééééé élzom! E Jose Figueiredo um pouco atrás observando o cenário dizia: Ééééé é não! Poucos dias depois o representante da Diocese procurou o Cartório e foi informado da revogação do testamento. O Cego Fransquim era muito conhecido no município do Crato e esta proeza é acontecida conforme testemunho do Alberto Figueiredo atual Tabelião do Cartório Figueiredo situado a Rua Senador Pompeu nesta cidade. Segundo Alberto a resposta de Jose Figueiredo ao coro dos padres era: Olhe que não é.
Por A. Morais

CRATO-CE: Centro comercial vai ser monitorado por câmeras

No final do ano passado aconteceram sucessivos assaltos a estabelecimentos comerciais no centro do Crato e em alguns bairros da cidade. Elementos armados com revolver em plena luz do dia invadiram lojas, fazendo de reféns o proprietário , clientes e funcionários e depois fugindo sem deixar pistas. Devido a ação ser muito rápida e inesperada a policia não conseguiu prender ninguém. Estas ocorrências motivaram a CDL – Câmara de Dirigentes Lojistas, policias militar e civil a pensarem que a única solução para evitar esse tipo de ação delituosa é a instalação de câmeras em pontos estratégicos no centro comercial cratense, com o monitoramento ficando a cargo da V Companhia Militar onde será montado o equipamento. O presidente da CDL, Geraldo Pinheiro acha que a instalação do sistema vai garantir melhor segurança e tranqüilidade para clientes e lojistas. O projeto ainda é embrionário mas a intenção é concluí-lo o mais rápido possível. Admite Geraldo que o investimento é alto mas é eficiente no tocante a segurança publica. Duda Alencar, presidente do Sindicato dos Lojistas acredita que nenhum dos 400 a 500 proprietários de lojas em Crato vai recusar a participar da parceria, mesmo as despesas com a compra do equipamento sejam recursos próprios. Lembrou Duda que a operação do sistema e o monitoramento terão custos zero, uma vez que este trabalho ficará a cargo das policias.

Alguns lojistas vitimas dos assaltos disseram que a idéia é excelente mas é um projeto muito caro e nem todos vão ter condições de patrociná-lo. A população está dividida sobre a instalação do sistema. Uns dizem que a ação dos bandidos é muito rápida e não há tempo para a chegada da policia. Outros opinam favoráveis achando que as câmeras é o único meio eficaz de combater os assaltos as lojas e pessoas nas ruas. Se os bandidos não forem pegos em flagrante, serão identificados depois, já que as imagens estão nos arquivos da policia.

Fonte: Site: Canal 13

Crato promove Grande Campanha de combate à Dengue em Todo o Município !


A Prefeitura Municipal do Crato, por meio da Secretaria de Saúde, desencadeará no município uma grande campanha de combate à dengue, envolvendo toda a sociedade. A abertura será nesta quinta-feira, 19, às 8 horas, na praça Siqueira Campos. Durante este ano, não foi confirmado nenhum caso positivo da doença. 19 casos foram notificados e a Secretaria aguarda os resultados dos exames. A campanha tem como tema 'O Combate à Dengue Começa em Casa', e será feito com blitz nas ruas da cidade, distribuição de adesivos e panfletos informativos, a participação da banda de música com agentes de endemias nas ruas, estudantes de escolas públicas, passeata pelo centro, tendas e barracas armadas na praça Siqueira Campos, levando informações importantes para a população. O trabalho de combate ao Aedes aegypti tem sido permanente no município, tanto que as estatísticas têm comprovado o resultado do trabalho, acompanhado de forma efetiva pela Secretária de Saúde, Nizete Tavares, e pelo prefeito Samuel Araripe, que solicita o apoio efetivo da sociedade para juntos, poder público e população, se vencer essa batalha contra o mosquito da dengue. A campanha, segundo a secretária de Saúde, tem como base as estatísticas colhidas no ano passado, em que 65 por cento dos focos foram encontrados em tanques, tambores, potes, filtros e tinas e outros depósitos nas residências. O trabalho da Secretaria envolve uma atividade intensificada, principalmente nas áreas de maior incidência, com distribuição de toucas para potes e cobertas para caixas de água, dentre outros meios de prevenção adotados. É importante salientar o trabalho educativo desenvolvido em todo o município, por meio da Mobilização Social.

Fonte: Acessoria de Imprensa da PMC

A viuva que comprou um lugar no céu! - Por: João Paulo Fernandes


Uma rica viúva indiana de 80 anos gastou cerca de US$ 37,5 mil em uma festa para milhares de convidados, na esperança de que essa ação possa lhe garantir um lugar no céu, conforme relatou a mídia local. Para encher sua festa de pessoas, Phuljharia Kunwar convidou os moradores de vilas e cidades perto de sua casa. Autoridades locais disseram que a viúva, que vive em Bihar, não tem parentes próximos e gastou todo esse dinheiro porque não tem para quem deixar suas posses. “Ela nos disse que agora poderia começar sua jornada final e que sua alma poderia descansar em paz no céu”, afirmou Ajay Kumar Bulganin, que participou da festa realizada na quarta e quinta-feira desta semana.
* Bem que ela poderia ter feito uma doação ao Blog do Crato

Fonte: Globo notícias
Por: João Paulo Fernandes

Previsão do Tempo para Hoje, Quarta-Feira, 18 de Fevereiro de 2009

Pancadas de chuvas à tarde e à noite. Esta é a previsão do Site Climatempo para hoje no Crato!


Fonte: Climatempo
18-02-2009
Experiência com Plantio Direto de Milho será efetivada em Crato


O Secretário de Agricultura, Pecuária e Recursos Hídricos do Crato, Erasmo Ferreira, participou, durante o dia de ontem, com uma equipe de técnicos da pasta, do Seminário Manejo da Cultura do Milho em Sistema de Plantio Direto, realizado no auditório do Centro de Ciência e Tecnologias – CCT, da URCA, em Juazeiro do Norte. O evento teve a promoção da Ematerce e contou com participação de pequenos produtores de diversas cidades da região e palestrantes renomados, na área de Engenharia Agrônoma, de vários estados, além de representantes de várias entidades, a exemplo dos sindicatos dos trabalhadores rurais e instituições ligadas ao meio ambiente. Várias experiências de plantio direto de milho vêm sendo realizadas na região, em cerca de 800 hectares de terra. A idéia, segundo o secretário, é que a experiência seja desenvolvida no município, acompanhando o processo já desenvolvido principalmente nos estados do sul do País. Erasmo adianta que ainda é cedo para se falar na experiência e seus resultados no município, mas conforme acompanhou os casos relatados, podem ser observadas várias vantagens como a forma de cultivo.

Pacto das Águas: encontro discute problemática local

Com o objetivo de promover um diálogo local sobre a problemática relacionada aos recursos hídricos, foi realizada na manhã de ontem, no Salão de Atos da Universidade Regional do Cariri (URCA), em Crato, o "Seminário Pacto das Águas", reunindo representantes de diversas entidades. O evento foi aberto pelo reitor da URCA, Professor Plácido Cidade Nuvens, que ressaltou a importância da participação social, dentro da necessidade do repasse das informações para contribuir com políticas públicas bem definidas para as problemáticas voltadas à questão dos recursos hídricos. O secretário de Meio Ambiente do município do Crato, Nivaldo Soares, esteve representando o prefeito do Crato, Samuel Araripe, durante a abertura do evento. Conforme o secretário, assuntos relacionados à distribuição, gestão, qualidade, saneamento e educação estiveram entre os temas debatidos pelos grupos de trabalho formados durante o seminário. Os trabalhos foram coordenadora pela Cogerh, Secretaria de Meio Ambiente e URCA. Do encontro saíram representantes do município para participarem do Pacto Regional, reunião que se realizará em Barbalha, com a participação de 23 municípios da Bacia do Salgado. No final será retirado um documento com as principais questões relacionadas aos recursos hídricos da região, que fará parte do Plano Estratégico de Gestão dos Recursos Hídricos do Estado. Há cerca de um mês, foi realizada a primeira reunião de trabalho sobre o Pacto das Águas, encontro com a coordenação estadual do Pacto e a presença das principais lideranças dos municípios que compõem a Bacia do Salgado, no auditório do Crede, em Crato. O trabalho vem sendo desenvolvido com todas as regiões do Estado, através da Assembléia Legislativa.

Revitalização do Seminário: mais um passo para obra da encosta

Uma das obras importantes para a revitalização da encosta do Seminário, uma das principais áreas de risco do município, será iniciada nos próximos meses, com a aplicação de recursos da ordem de mais de R$ 10 milhões, dando um novo perfil urbano ao município do Crato, com 1.700 metros de área construída. O escritório do arquiteto Luciano Guimarães acaba de vencer a concorrência pública para elaborar o projeto arquitetônico e executivo da obra de revitalização. Esse foi o primeiro passo no sentido da solução de um grave problema. Também será feito um melhor aproveitamento de área. Um levantamento já realizado pela prefeitura inclui mais de oitenta moradias de risco, que serão desapropriadas. Os moradores serão todos indenizados. O projeto contempla ainda uma ampla e bela avenida panorâmica de Crato permitindo um passeio contemplativo à cidade. A revitalização da encosta do Seminário é um antigo desejo dos moradores que apostam numa condição melhor de se viver a partir de um impulso no desenvolvimento do bairro. O projeto será desenvolvido pela Prefeitura do Crato numa parceria com o Governo do Estado e Banco Mundial. A previsão é que ainda neste semestre a obra seja iniciada.

Ação preventiva promove mobilização no Centro

Estará sendo realizada na manhã de hoje, a partir das 8 horas, nas ruas do centro da cidade de Crato, uma grande mobilização no sentido de sensibilizar a sociedade contra a comercialização de álcool para crianças e adolescentes, durante o período de carnaval. O trabalho vem sendo feito por meio da Prefeitura Municipal do Crato, através da Secretaria de Ação Social. A mobilização é a culminância de um trabalho que vem sendo desenvolvido desde o dia 11, dentro de uma campanha preventiva do Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS). A atividade educativa tem como tema "Celebrar a vida para não chorar depois".

Assessoria de Imprensa
Prefeitura Municipal do Crato


Cariri - Abandono compromete trabalho em Ilha Digital



Barbalha


O prédio da Ilha Digital, instalado na Praça Kennedy, em Barbalha, iniciou há cerca de seis anos. Desde novembro, sofre depredação (Foto: ELIZÂNGELA SANTOS). Mesmo em estado precário, a Ilha Digital de Barbalha deverá estar conectada à internet ainda nesta semana. Barbalha. Os estudantes, principalmente de escolas públicas deste município, que se utilizam da internet, estão prejudicados desde o mês de novembro, período em que houve um assalto na Ilha Digital instalada na praça central da cidade. Na ocasião, vários equipamentos foram roubados. Mas não é só isso. A pequena Ilha, no meio da Praça Kennedy, é um prédio totalmente rabiscado pelos alunos. Precisa de reparos urgentes, pois o quadro é de total abandono no patrimônio. Há cerca de seis anos, a Ilha Digital foi instalada e o fluxo de estudantes no período em que foi inaugurada era bem maior. O assalto foi considerado bastante estranho pelos moradores. É que, até o momento, nada foi encontrado pela Polícia, mesmo com registro do fato na Delegacia. A única porta de entrada não foi arrombada e todos os registros dos usuários foram levados. No início eram 12 funcionários trabalhando na Ilha, com revezamento. Hoje são apenas dois. Porém, segundo o secretário de Cultura de Barbalha, Dorivan Amaro dos Santos, já foram solicitados novos equipamentos e os dois funcionários permaneceram no local. A Ilha continua sendo aberta todos os dias, mas a internet só volta a funcionar, possivelmente, esta semana, já que a Prefeitura está fechando contrato com um provedor local. Foram levados do local, segundo depoimento de funcionária à Polícia, duas CPUs, três estabilizadores, uma impressora multifuncional que também funcionava como xerox, três aparelhos telefônicos, capas de proteção dos equipamentos, dois mouses, recibos e pastas com os cadastros dos usuários e até a placa inaugural. Antes, era cobrado R$ 1,00 para uso dos equipamentos, mas depois passou a ser por agendamento. É dessa forma que continuará funcionando, conforme o secretário municipal.

Municipalização

Ele disse que foram solicitados mais equipamentos, além de dois computadores que estão no local. O trabalho vai começar do zero, já que não tem nada nos arquivos e não se sabe de que forma eram feitos os convênios para o funcionamento da Ilha Digital. Segundo ele, apenas existia um contrato da Oi com o Governo do Estado, mas, hoje, o acordo não vigora mais. Será necessário haver parceria da Prefeitura, conforme estima. Agora o funcionamento, segundo destaca, ficará por conta apenas do município. O vigilante Francisco Atanagildo de Alencar diz que no período do assalto não trabalhava na praça. Não sabe informar o que aconteceu, mas conta que é necessário um trabalho educativo com os jovens para preservar a Ilha. Os riscos estão em todas as partes do prédio, e até estudantes já foram encontrados no período da tarde namorando na laje do local. Moradores dão queixa, também, de usuários de drogas na área.

ELIZÂNGELA SANTOS
Repórter

COMPUTADORES

"Já solicitamos novos computadores para interligar a Ilha Digital à Internet nos próximos dias".
Dorivan Amaro
Sec. de Cultura de Barbalha

Mais informações:
Secretaria Municipal de Cultura
Rua Neroly Filgueira, 97, Centro
Barbalha (CE)
Região do Cariri
(88) 3532.1708

Fonte: Jornal Diário do Nordeste

Mercadinho Matos - A Sua melhor Compra pelo Menor Preço !

O Mercadinho Matos ( Org. Adiê e Aluísio ) firmou-se na cidade como um dos melhores locais para os Cratenses fazerem as suas compras. Bons preços, excelente atendimento, e variedade. Produtos sempre novos, longe do praço de vencimento. Tudo em: Cereais, enlatados, perfumaria, biscoitos, bebidas e frios em geral. MERCADINHO MATOS - O Prazer de comprar bem pelo melhor preço da cidade, com entrega em Domicílio. Rua Dr. João Pessoa, 73 - Fone (88) 3521-3893 - Crato - CE.

roda

Variedade...


IMG_9028

Qualidade dos Produtos...

IMG_9011


IMG_9021

Excelente Atendimento...

mercadinho matos

Mercadinho Matos - A Sua melhor Compra !


VIDEO SHOPP LOCADORA - Parceira do Blog do Crato !



logo

Video Shopp Locadora. Localizada na Rua Dr. Miguel Limaverde, a Video Shopp Locadora é simplesmente a maior e melhor locadora de DVDs do Crato. Contendo cerca de 10.000 títulos em DVDs à disposição do cliente, preza pela qualidade geral dos seus serviços, oferecendo ambiente agradável e moderno, atendimento especializado, por pessoas que verdadeiramente conhecem a arte do cinema, tais como "Demétrius Tarantino" e Germano Leite, que atendem cada cliente de forma personalizada, e fornecem dicas honestas e garantidas para seus clientes. Chega de levar gato por lebre! Chega de levar o filme errado e que o vendedor quer te empurrar! Na Video Shopp Locadora você obtém indicações honestas, com embasamento de quem é do ramo e indica o filme segundo o perfil do cliente, para a satisfação garantida. Como se isso não bastasse, só na Vídeo Shopp Locadora você dispõe, além do maior acervo bem conservado de DVDs ORIGINAIS da cidade, também de setores específicos para um público exigente. Setores exclusivos com centenas de títulos dos grandes CLÁSSICOS DO CINEMA de todos os tempos, e do CINEMA ARTE, CULT MOVIES, além de raridades que você não irá encontrar em outro local do cariri. Assim é a Vídeo Shopp Locadora. E temos o prazer de selar mais essa empresa parceira do Blog do Crato.

IMG_2653

Ambiente agradável e moderno...

IMG_0411

Loja de eletrônicos com as últimas novidades e a melhor qualidade !

IMG_0408

IMG_0398

O Maior acervo em DVDs do Cariri, contendo Clássicos, Cinema-Arte e Lançamentos

IMG_0401

IMG_0396

Atendimento profissional por quem entende do assunto!

IMG_1827

Image1

"Demétrius Tarantino", cineasta e crítico de cinema é quem atende a clientela...

IMG_5262

Wálter, que traz as últimas novidades do setor de eletrônicos para o Cariri.

O Blog do Crato tem prazer nesta publicidade, assim como todas as outras empresas parceiras, pelo alto grau de qualidade dos serviços oferecidos ao público, e pela idoneidade da própria empresa.

Blog do Crato

A Infinitude do Tempo - Por: Aglézio de Brito

O passar dos anos, dos dias, das horas, dos minutos, os calendários, cronometragens do tempo são apenas ficções criadas pelo homem dentro da infinitude inexpugnável do universo. O tempo não muda, É inexorável. Nos movimentos de rotação e translação do Planeta Terra, o sol aparece e desaparece todos os dias, assim como as estações do ano vêm e se vão, tudo desde os milhões de milênios dos quais o homem nem tem conhecimento. O que é finito é o homem. Nasce, cresce, vive e não resiste à infinitude do tempo, que o absorve na impotência da sua fragilidade orgânica. O homem, entretanto, que tem esse predicado da mudança, que não foi dado ao tempo, deve aperfeiçoá-lo, tornando-o infinito na cadeia inefável das gerações, despojando-se do egoísmo para tornar infinitamente imperecíveis a PAZ e a SOLIDARIEDADE entre os seres humanos.

Por: Aglézio de Brito Advogado




Porque não podemos desistir dos nossos sonhos? - Por: William Brito

Sonhos são sonhos, não realidade, melhor se manter acordado...A realidade nos inspira, ele é bem verdadeira, não mente, e a enxerga quem quer! Quem não vive fantasiando sua vida, com sonhos bobos, idéias medíocres e pensamentos vãos, percebe como é sangrento, doloroso, ardil, malévolo, desigual, injusto e desproporcioanal o mundo em que habitamos. Porque tão poucos possuem o poder (político e econômico) e tantos, inúmeros, milhares sofrem a mazela dessa estrutura tão bem construída que se chama erronea e discaradamente de SOCIEDADE? Porque?
Nossos antepassados foram e ainda hoje, a 'massa' continua sendo enganada e massacrada pelos detentores do poder, seja ele ideológico, político, econômico e porque não dizer social. A conformação social faz o homem emudecer, cegar, emouquecer, ser pastoreado, governado... O ilusão do social, das parcelas mensais pagas para ter uma carro, comprar um celular, ter uma moto, quitar sua casa, pagar seus impostos faz a população ser guiada para uma cegueira social, onde querendo ou, se encontra nas redes do jogo político, tramado a muitos anos pela Igreja e pelo Estado. Pessoas inteligentes, persuasivas e com desejo de dominação tramaram nossos destinos sem nos consultar... somos produtos de poucos, e vivemos numa realidade de ilusão social, e estamos cercados por gupos que nos querem torturar, pois vivemos sem saídas. De um lado temos desde a infância nossos pais a nos ensinar velhos preconceitos e velhas idéias ultrapassadas. Somos "criados" aprendendo a dizer AMÉM para todas as babaquices que nos são ensinadas na Escola ou na Igreja, e de maneira nenhuma podemos discordar com essas premissas. Desde cedo aprendemos a apanhar para assim apreder a respeitar, apanhamos para não subverter a ordem imposta desde nossos antepassados. Se de um lado já não bastava as ordens e o império de nossos pais, nos ensinano o que devemos fazer ou não fazer, quando crescemos temos que seguir a ordem e o desejo do Estado, com seu poder de polícia a nos cercar e impor o seu poderio. Um simples grito, um simples descontrole contra a ordem pré-estabelecida pela Lei, como o certo e o correto, somos conduzidos à força para uma sala de delegacia, onde aprenderemos a nos curvar frente a força do Estado, e do poder dados a poucos.
Já não bastasse todas essas coisas, temos que nos conformar frente às pessoas iluminadas pelo conhecimento, que se deixam comprar pelo econômico, trocando suas idéias por poucos 'milhões' de reais!!! É, realmente o dinheiro faz tudo, e esse é o fim último de nossa dita sociedade. O dinheiro compra tudo, pois compra tranquilidade, saúde, paixões, salvação, céu e terra e quiçá até uma amor... Perdidos? Devemos nos encontrar! Não adianta, nada mudará... já nos vendemos! Como diz a poetisa: "Tudo passa"(...)

(C. William Brito. Estudante de Direito / URCA-IGUATU)
Direitos do Consumidor Inadimplente
Por: Leopoldo Martins Filho

Mesmo inadimplente, o consumidor é titular de direitos e objeto de proteção pelo Código de Defesa do Consumidor e por diversas resoluções e agências reguladoras.

Vejamos alguns exemplos:

- O cliente das telefônicas, por exemplo, tem até 30 (trinta) dias para regularizar seus débitos, quando então a linha será suspensa para fazer ligações. A empresa tem 15 dias, após o vencimento da fatura, para notificar o consumidor do débito e avisar que vai suspender o serviço. Após 30 dias de suspensão parcial do serviço, a empresa pode suspender totalmente o serviço, não permitindo fazer ou receber ligações. Também esta suspensão total, tem que ser comunicada com 15 dias de antecedência. Após 30 dias da suspensão total do serviço, a empresa pode cancelar o contrato da linha telefônica.

- Já os clientes das companhias de água, só podem ter o fornecimento suspenso após aviso com no mínimo de 30 (trinta) dias de antecedência ao desligamento.

- A concessionária de serviços de energia, só poderá suspender o fornecimento de energia por inadimplência do consumidor, desde que este seja comunicado formal e pessoalmente, com antecedência mínima de 15 dias.

- O mutuário do SFH – Sistema Financeiro da Habitação pode até duas parcelas em atraso, que se forem pagas com juros e multa, o contrato continuará vigente. Porém a partir da terceira parcela, o banco pode dar o contrato por vencido e exigir imediatamente o saldo devedor, levando o imóvel a leilão.

- O consumidor só pode ser incluído no SPC, SERASA ou CADIN após prévia notificação do órgão responsável pelo registro. E em caso de pagar a dívida que gerou a negativação, a obrigação de baixar a negativação é da empresa e deve ser feito imediatamente, sob pena de reparação de danos morais ao consumidor.

- Mesmo executado judicialmente, o consumidor tem o direito de pagar a dívida com 30% de entrada e o restante dividido em 6 parcelas iguais.

Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30