xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 13/02/2009 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Em breve, estaremos de volta com as novas transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, alguns programas ao vivo ). O modelo será mais ou menos como no vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos em que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

13 fevereiro 2009

O Circo da Moralidade em Matozinho - Por José Flávio Vieira


Cidadezinha perdida no meio deste mundão de meu Deus, Matozinho tinha poucos eventos que saculejavam sua estrutura até as raízes. A festa de Santa Genoveva, o Judas na Semana Santa talvez fossem as festividades mais típicas da vila e que mais remexiam com a alma dos matozenses. Havia, no entanto, uma atração itinerante que revolvia seu povo e trazia um invejável clima de alegria : O Circo. Simplesmente porque ele atraía a meninada , os jovens e, sabe-se lá como, transformava os adultos e velhos em criancinhas de colo. O circo imprimia em todos o mais puro magnetismo. Por mais simples que fosse a companhia sempre inundava a cidade de um ar lúdico com as piruetas dos palhaços, as mágicas indecifráveis, o rodopiar dos malabares , os mortais dos trapezistas e aquela fina sensualidade das partners e dançarinas.
Aquele dia parecia, assim especial e a cidade se engalanou. Ainda cedinho, adentrou a vila o famoso “ Circo Moscovita”. Já chegaram fazendo alarde, com uma retreta pelo meio : palhaços, mágico, anões, equilibristas, mulheres em biquinis sumários desfilando pelas ruas da cidade e convidando a todos para os espetáculos que aconteceriam, como sempre, em curtíssima temporada.

--- E o palhaço o que é?
--- É ladrão de mulher !

Matozinho respirou fundo e vestiu a sua melhor roupa para receber os artistas que chegavam . Armaram o circo na beira do Paranaporã que estava com pouca água, quase batendo piaba, naquele tórrido setembro. Todos os artistas chegaram espremidos em duas kombis velhas. Todos tinham muiltifunção. O dono, já idoso, fazia mágicas, a esposa era sua partner; os malabaristas , trapezistas, equilibristas e palhaços e as esposas todos subiam ao picadeiro à noite e, durante o dia, cuidavam da infra-estrutura circense. Eles mesmos esticaram a empanada velha , tipo mini-saia, também chamada de “tomara-que-não-chova” e prepararam o espaço para as apresentações. No meio um picadeiro precário e acima alguns balançadores, em feitio de trapézios. Parte das acrobacias aéreas podia ser vista de fora, por quem não tinha comprado o ingresso e ficava ali arriscando uma possível “hora dos miseráveis”. Ao derredor, montaram três barracas que acomodavam todo o elenco do circo. Falavam com um sotaque carregado tentando demonstrar uma possível, mas improvável, origem estrangeira da trupe , uma mistura de espanhol-inglês-francês-pernambucano , quase um esperanto ! Era uma ingrizia de famílias e filhos dos mais diversos relacionamentos que parecia difícil, aos de fora, entender a divisão de espaços. Coisas de artistas.
O “Moscovita” chegou numa quinta a Matozinho, já com um corso pelas ruas da vila. Feitos os contatos políticos, escolhido o espaço para alocação do circo, marcaram a estréia para o domingo à noite. Distribuíram-se, como é de se esperar, cortesias para todas as altas autoridades locais. Prefeito, secretários municipais, juiz, vigário, delegado , cabo e soldados. Durante a sexta e o sábado os artistas , nos intervalos da montagem, desfilavam pela cidade, convocando a todos para os espetáculos.
No domingo à noite, a beira do Paranaporã parecia uma Broadway. A casa estava repleta de pessoas de todas classes sociais. Nos camarotes da primeira fila, o juiz Dr. Hermenegildo Bembém e a esposa; o prefeito Sindé Bandalheira e a primeira dama, D. Guilhermina; o presidente da Câmara Saturnino Bilhar com a esposa; Padre Vanderico; Gumercindo Seridó , o delegado , junto com a esposa e a filha Tequinha de uns oito anos; todos eles perfaziam quase que uma mesa solene de abertura dos trabalhos. De repente, após um ruflar de tambores, uma voz em off anunciou o início do espetáculo:
---“Senhoras e Senhores, distinto público de Matozinho, o Circo Moscovita, com a graça de Deus e de São Jorge e Padre Cícero tem a honra de apresentar o espetáculo desta noite. O Drama : “O Cego de Barcelona”.
De repente, quatro atores invadem o palco, com um figurino paupérrimo e encenam por uns trinta minutos um dramalhão destes de deixar a platéia em lágrimas. Seguiram-se o mágico encantando a platéia, os malabares, o equilibrista. Os matozenses estavam tomados de um maravilhamento incontrolável. E vejam que ainda faltavam várias atrações, entre elas os trapezistas que geralmente fechavam com chave de ouro a noite esplendorosa. Ninguém esperava o contratempo que estava prestes a surgir. De repente, entram no picadeiro os palhaços “Bolachinha & Biscoitão”, como se sabe, palhaço de circo pobre é quem segura a barra. Outra característica é que geralmente apelam para piadas mais picantes . Bolachinha e Biscoitão não fugiam à regra, contarem umas duas piadas de papagaio e umas outras duas de putas e bichas, o que já deixou o primeiro pilotão de camarotes arrepiado. O pior era o bordão da dupla repetido a cada minuto e seguido de movimentos sensuais de cadeiras:
--- Ai , minha fia, aprume o buraquim, só vai muiando...!
O delegado Gumercindo não agüentou muito tempo. Além da filha presente, o vigário, a primeira dama, a mulher do juiz... Resolveu acabar com aquela putaria de uma vez por todas. Chamou, imediatamente, o Cabo Inocêncio e autorizou:
--- Cabo, isto aqui virou um verdadeiro cabaré. Onde já se viu tanta esculhambação junta ? Nem na Rua do Caneco Amassado! Tome as providências imediatamente, cabra !
O cabo, mediante a ordem dada, invadiu o picadeiro de cacetete em punho e deu umas duas lapadas no couro dos palhaços , enquanto gritava:
--- Que putaria é essa, seus filhos de rapariga ? A mãe de vocês só pode ter uns priquito tudo afolosado, seus chupador de caceta ! Se vocês continuarem com essa putaria, sem respeitar as autoridades presentes, vou enfiar esse cacetete no olho do cu de vocês , rodar dentro até lascar todas as pregas , até a prega rainha ! Vocês não tão vendo meu galão não ? Não respeita um cabo, não ? Tão pensando que esssa divisas aqui no meu peito foram pregada foi com sebo de pica, foi , suas quenga desclassificada?
Depois dessas reprimendas bem dosadas, as autoridades locais respiraram fundo e a moralidade finalmente foi restabelecida na cidade de Matozinho. E o espetáculo pode continuar candidamente e sem interrupções.

J. Flávio Vieira

NOVOS DEPÓSITOS NA SUÍÇA: XENOFOBIA AOS MILHÕES

A brasileira pernambucana Paula retalhada a navalhadas numa cidade Suíça por neonazistas alerta o mundo para um dos fenômenos da globalização liberal e claro açulada pela atual crise dos capitais. Acontece que a globalização liberal se caracterizou pela migração desenfreada das fábricas em busca de território flexibilizados para o lucro máximo dos capitais e a renda mínima do trabalho. Resultado: a renda média das pessoas nos países mais avançados caiu. Cada nova geração começou a compreender que o seu futuro não seria melhor que os dos pais e que o cenário apontava, ao contrário, para uma piora geral. Quando muitos numa sociedade de massa são tocados pelo mesmo efeito, a política se mostra como instrumento social válido e as bandeira de luta se tornam agudas de vários modos.

Um modo é o enfrentamento do lucro do capital. A luta clássica dos trabalhistas, socialistas e comunistas. Enfrentam a acumulação do capital. Estas lutas geram enfrentamentos políticos e sociais imensos e não raro recheado de violências. Durante o século XX instituições com a previdência social, as leis trabalhistas, férias, horário de trabalho, participação nos lucros, impostos, direitos sociais e assim por diante resultaram desta luta. Inclusive os regimes socialistas como na União Soviética inegavelmente formaram instituições advindas desta forma de enfrentamento.

Um outro modo é não enfrentar o lucro do capital, ao contrário lhe dar eficiência máxima através de um protecionismo nacionalista. Neste ambiente, com um porrete na mão direita e outro na mão esquerda, regimes políticos se encastelam no aparelho do Estado, tanto nos poderes do executivo, quanto legislativo e judiciário e criam reservas de trabalho e renda ao mesmo tempo mercados cativos. Por isso este regimes nunca podem ser chamados de liberais. O clássico destes regimes é o fascismo ou o nazismo, assim como o franquismo na Espanha, o salazarismo em Portugal e de algum modo o Estado Novo getulista. Estes regimes têm com instituição paradigmática o nacionalismo, o culto a si próprio e o ódio ao outro.

A se configurar o que o noticiário trás, as declarações do pai da brasileira e dela mesma, estaríamos diante desta segunda alternativa. O neonazismo tem exatamente este tipo de matriz e, diga-se de passagem, por verdade não nasceram do nada, surgiram como efeito deste chamado neoliberalismo que dominou as relações políticas no mundo todo nestes últimos 30 anos. Paula pode se tornar uma evidência a se lembrar nos próximos anos de uma alternativa de política na Europa e muito brevemente nos outros continentes.

Só para finalizar. Anotem na memória: se o próximo governo brasileiro adotar uma política continental de beligerância com outros governos da América Latina (Argentina, Paraguai, Bolívia, Venezuela e Equador) estaremos abrindo as portas internas e externas para os cabeças raspadas de navalha da mão.

Dentro de 60 dias, será construído no Crato, o prédio do Curso de Ciências Agrárias da UFC - Por: Antonio Vicelmo


Ensino Superior é ampliado no Cariri


Fachada da Faculdade Católica do Cariri, que anuncia inscrições ao vestibular (Foto: ANTÔNIO VICELMO). Novos cursos de Ensino Superior são ofertados no Cariri, com destaque para Filosofia, da Faculdade Católica. Crato. A Faculdade Católica do Cariri, com sede em Crato, abriu inscrições para o seu primeiro vestibular, que será realizado no dia 8 de março, à tarde. A nova entidade de nível superior, que é mantida pela Fundação Padre Ibiapina, está oferecendo 40 vagas para bacharelado e 40 para licenciatura em Filosofia. O diretor, padre Marcondes Torquato, informou que o curso de Filosofia atende a uma exigência do mercado regional que necessita de profissionais da área. A maior parte dos formados, segundo padre Marcondes, atua como professor em universidades, faculdades e escolas de Ensino Médio e Fundamental. Há vagas em escolas particulares e também na rede estadual, onde a Filosofia é disciplina obrigatória no Ensino Médio. O sacerdote lembra também que alguns órgãos públicos e Organizações Não-Governamentais voltadas para a área social estão contratando filósofos para atuarem como consultores éticos. “A filosofia é a análise e crítica na busca do conhecimento do mundo e do homem”, afirma ele.

Ciências Agrárias
Dentro de 60 dias, será construído no Crato, o prédio do Curso de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Ceará (UFC), que funciona precariamente nas dependências da Universidade Regional do Cariri. O anúncio foi feito pelo prefeito do Crato, Samuel Araripe, após reunião com o reitor da UFC, Jesualdo Farias. O reitor esteve reunido com o chefe do Executivo, que garantiu a infra-estrutura para a alocação do curso, além da doação do terreno, já efetivada pela Prefeitura, inclusive com projeto de lei aprovado pela Câmara Municipal. A unidade de Ensino Superior será construída no bairro Muriti, ao lado da Faculdade Católica, na margem da Avenida Padre Cícero, que liga Crato a Juazeiro. Na mesma área será construído o Centro de Convenções do Cariri, que, segundo o prefeito, também deverá ser iniciado em 60 dias. Samuel destacou que esta obra vai garantir divisas para o Crato, principalmente na área de infra-estrutura turística, possibilitando a realização de grandes eventos, a ocorrerem no futuro próximo na cidade do Crato. O Cariri é o maior centro universitário do interior. Somente a Universidade Regional do Cariri (Urca), com sede em Crato, possui 18 cursos, com cerca de 10 mil alunos matriculados. Juazeiro do Norte conta com mais três faculdades, com cerca de 20 cursos, entre os quais, a Faculdade de Medicina de Juazeiro da UFC.

VESTIBULAR

80 vagas estão sendo ofertadas para o vestibular do curso de Filosofia, da Faculdade Católica do Cariri, sendo 40 em nível de Licenciatura e mais 40 para Bacharelado. Inscrições já estão abertas

Mais informações:
Faculdade Católica do Crato
Rua Coronel Antônio Luiz, 1068
Centro, Crato (CE)
Região do Cariri
(88) 3586.9050

Fonte: Jornal Diário do Nordeste

Previsão do tempo para hoje, Sexta-Feira, 13 de Dezembro de 2009

Pois é, amigos do Blog do Crato... Aqui estou ainda em Fortaleza, e provavelmente irei até a cidade de Guaramiranga, onde durante o carnaval acontece um dos grandes Festivais de Jazz do Brasil. Como eu sou essencialmente um músico, acima de todas as coisas que faço, não poderia me furtar a essa grandiosa festa. Enquanto isso, farei a manutenção de todo o Blog do Crato de qualquer parte com meu notebook e a tecnologia 3G, que cobre todo o estado do Ceará via internet sem fio. E agora, fiquem com a previsão do tempo para o dia de hoje em Crato, segundo o site Climatempo:


Fonte: Climatempo
13-02-2009

Escola passa por mudanças e atende comunidade

A Escola Gonzaga Mota passou por mudanças significativas durante a gestão da professora Ronderluce, sua atual diretora. Os alunos daquela escola já não buscam unidade de ensino em outros bairros, pois vem atendendo as exigências dos moradores. Para suprir a demanda de alunos , o Secretário de Educação do Crato, Valentim Dantas, autorizou e já está em andamento a construção de mais duas salas de aulas. A comunidade do Alto da Penha recebe assim, neste ano letivo, uma escola totalmente reformada de acordo com os anseios da população do local.

Organização do Carnaval é debatida durante reunião

Será realizada hoje, 13/02, às 16 horas, reunião do 'Carnaval Crato Amado da Folia e da Alegria com os Barraqueiros', no auditório da RFFSA, no Centro Cultural do Araripe. O objetivo é poder proporcionar uma festa mais organizada e consequentemente segura para a população do município.

Inscrições abertas para curso de Teatro e Dança

A Escola Municipal de Cultura e Arte - EMCARTE, abriu nesta segunda-feira, dia 09, inscrições para o curso de Teatro e Dança. Os cursos são gratuitos e destinados a crianças e jovens de idade de 07 a 18 anos da rede pública de ensino. Inscrições e maiores informações na Secretaria da Cultura Esporte e Juventude do Crato, à Rua Teophisto Abath, s/n, Largo da RFESA. Das 8 horas às 17 horas. (88) 3523-2365. As vagas são limitadas.

Atualizações cadastrais do Bolsa Família a partir de maio

O setor do Programa Bolsa Família da Secretaria de Ação Social do Crato informa às famílias beneficiárias, que as atualizações cadastrais, tais como: inclusão de crianças, mudança de endereço, mudança de escola e alteração de renda, só poderão ser realizadas a partir do mês de março, em conseqüência de um problema na base de dados. A secretária Liduína Andrade informou que está sendo aguardado o envio de uma nova base de dados, por parte da Caixa Econômico Federal.

Crato começa ação preventiva para o carnaval

Teve início, em Crato, campanha preventiva contra a comercialização de álcool durante o período de carnaval para crianças e adolescentes. A campanha preventiva é desenvolvida pelo Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS), através da Secretaria de Ação Social do Crato. O trabalho acontecerá no período de 11 a 18 de fevereiro, levando às ruas o tema "Celebrar a vida para não chorar depois". A atividade educativa tem a finalidade de realizar uma sensibilização junto à sociedade, para a proibição da venda de bebidas às pessoas com idade inferior a 18 anos. O trabalho irá culminar com uma grande mobilização, no dia 18, às 8 horas, na praça da Sé.

PREFEITURA MUNICIPAL DO CRATO:
Assessoria de Imprensa

Assim é a Vida - Por: José Sebastião Rodrigues‏

A vida é assim
Muito sofrida
De dor carcomida
No amor dividida

De pensar, padecida
De saudade, ferida
Na despedida
Não tem saída

Chôro é o forte
Receio da morte
Medo da morte

Tem que ser forte
Ter alguém que se importe
E o coração suporte.

Por: José Sebastião Rodrigues

INFORMES COMDEMA: DE OLHO NO MEIO AMBIENTE

Ilmo Sr.
Dihelson Mendonça
Administrador do Blog do Crato

Boa tarde!

Meu nome é Maria Cristina Vitorino, sou conselheira do COMDEMA-Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente do Município do Crato. Em nossa primeira reunião do ano de 2009, eu juntamente com a companheira Vanda, técnica da Secretaria de Meio Ambiente do Crato, ficamos responsáveis em fazer a divigação do que acontece em nossas reuniões, afim de manter a sociedade cratense bem informada, sabendo que O Blog do Crato é bastante difundido em nosso meio, dirijo-me a V.Sa. para solicitar que seja divulgado neste conceituado Blog os informes que segue:

INFORMES COMDEMA: DE OLHO NO MEIO AMBIENTE

01 - Nossas reuniões ordinárias acontecem mensalmente, na segunda terça-feira de cada mês.
A segunda reunião ordinária do ano de 2009, aconteceu no dia 10 de fevereiro de 2009 ás 8h30min, no auditório da Secretaria de Saúde no Centro Administrativo da Prefeitura Municipal do Crato - Rua 7 de Setembro, 150, com a seguinte pauta:

PAUTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO COMDEMA

08h30min - Abertura e informes;

09h00min - Apresentação do Programa “Território da Cidadania do Cariri”

Pedro Neto Lobo Soares - Articulador do Território do Cariri;

10h00min - Dar continuidade ao Planejamento das ações do conselho para o ano de 2009;

12h00min - Encerramento e encaminhamentos da reunião.

02 - Nesta quinta-feira dia 12 de fevereido de 2009 às 9h no Salão de Atos da URCA, acontecerá uma discussão dos seguites temas:

1) Mobilizção e retomada de ações do forum da Mesorregião da Chapada do Ararripe;

2) Planejamento das ações para o ano de 2009;

3)Informes sobre o Encontro Nacional do Fórum , ocorrido no período de 19 a 21 de novembro de 2008 em João Pessoa-PB

O convite é feito pelo chefe da APA do Araripe, professor Jackson Antero.

03 - Nos dias 12 e 13 de fevereiro de 2009 às 8h30min no auditório do Pasárgada Parque Hotel - Sitio Belmonte S/N, próximo ao Clube Serrano - Crato-CE, acontecerá o SEMINÁRIO DE DISCUSSÃO PARA ELABORAÇÃO DO TERMO DE REFERÊNCIA, referente à REVISÃO DA BACIA DO SALGADO. o convite é feito pelo: COHS - Comitê da Sub-bacia Hidrográfica do Salgado.

04 - Neste dia 17 de Fevereiro de 2009, das 8h às 15h no Salão de Atos da URCA, acontecerá o SEMINÁRIO PACTO DAS ÁGUAS sob a responsabilidade da Assembléia Legislativa do Estado do Ceará e Secretaria de Meio Ambiente e Controle Urbano do Município do Crato.

Sem mais para o momento, agradeço antecipadamente a atenção, ao mesmo tempo que peço URGÊNCIA na divugação desses eventos.


Cafe Electro Fashion - No Café Estação

Sonhos de Carnaval- Por: Denísia de Oliveira


Ô abre alas que eu quero passar .Lá vem o Carnaval. A data em que a alegria desponta e o sorriso cresce de orelha a orelha. É uma época de sentimentos genuinamente bons, onde o dia é uma festa e a noite, uma criança. Não importa a idade que se tenha, carnaval é feito por todos e para todos. É o momento de tirar a fantasia do armário, sacudir a poeira e voltar a sonhar aqueles sonhos que viraram cinza junto com a quarta –feira do ano passado. Pode ser que a roupa já esteja desbotada e o sapato gasto mas isso são detalhes remendados com retalhos coloridos. A máscara, por favor, não deixem esquecida no fundo da gaveta. É ela que disfarça a passagem do tempo. Não que nossas marcas não sejam motivo de orgulho, mas todo mundo quer parecer melhor do que é. E Talvez, nesse ano, as coisas podem não ter começado muito bem e é melhor não dizer isso aos mais felizes. Deixemos os mascarados passarem na avenida com todo brilho, bocas e batons, dispensando a corte, jogando confete, vivendo de cor porque sem eles o carnaval perde o espírito de ser grande e ser intenso.
Aumentem o som só mais um pouquinho que as marchinhas que embalam grandes amores não podem ser esquecidas. Ary, Carlos, Carmem e Chiquinha aquecem a memória de quem bem viveu essa tradição. Ô abre alas que eu quero passar, escute a música e o seu coração, seja você, seja feliz porque a vida é tão efêmera e intensa quanto um bom carnaval.

Por Denísia de Oliveira

Dep. Sineval Roque teme que moradores de áreas de risco sejam prejudicados com o início da quadra invernosa

Com o início da quadra invernosa, a preocupação de quem mora nas áreas de risco aumenta. A previsão da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) para 2009 é de que a quadra chuvosa, no Ceará, deve ser igual ou superior à média histórica. A média histórica é de 611 milímetros. É calculada com base nos índices pluviométricos dos últimos 30 anos, em todos os 184 municípios. A Ibiapaba, o Cariri e o litoral de Fortaleza são as regiões do Estado, historicamente, com maiores índices pluviométricos. Na Região do Cariri a chuva é aguarda com ansiedade pela maioria dos agricultores, porém, quem mora em regiões onde existem construções de casas ou instalações que são expostas a desastres naturais, como desabamentos e inundações, está preocupado. Com o objetivo de amenizar a situação das pessoas que moram em áreas de risco, o deputado estadual Sineval Roque (PSB), apresentou um requerimento ao departamento legislativo da Assembléia, pedindo que, a Defesa Civil do Estado promova ações de atendimentos emergenciais a fim de amenizar a situação das vítimas das enchentes que vivem na Região do Cariri.

No ano passado, por exemplo, o número de pessoas desabrigadas e desalojadas por causa das enchentes passou de 8.400, só no Cariri. Os municípios de Barbalha, Crato e Lavras da Mangabeira decretaram estado de calamidade pública.

Gab. Dep. Sineval Roque
Assessoria de Imprensa – Karol Martins
(85) 8848.8321
(85) 9168.4807

Comunidade do Gesso terá oficina sobre Arte e Cidadania

Dentro do Projeto da Exposição "Cabaré: Memórias de uma vida",
proposta pelo Coletivo Camaradas ao Centro Cultural do Banco do
Nordeste, a comunidade do Gesso, na cidade do Crato será beneficiada
com duas oficinas sobre Arte e Cidadania, com dois dias de duração
cada uma. A primeira oficina terá inicio nesta quarta-feira, dia 11.
a partir das 18 horas. O objetivo da oficina é favorecer a aproximação
do grande público com o fazer e pensar da arte engajada a partir da
linguagem contemporânea. A estratégia pedagógica utilizada será o uso
de imagens do cotidiano como forma de refletir sobre a realidade
social.
A segunda oficina será realizada no período de 04 a 05 de março. Já
nesta sexta-feira, dia 13, O Coletivo realizará uma reunião na
comunidade do Gesso a parti das 15 horas, no Salão do Projeto Nova
Vida, aonde os "Camaradas" apresentarão e discutirão com a comunidade
o teor da exposição "Cabaré: Memórias de uma vida".

Os trabalhos na comunidade foram iniciados no ultimo final de semana

No ultimo sábado ( dia 07) pela manhã, os Camaradas realizaram
filmagens, fizeram registro fotográfico, conversaram com a população,
recolheram fotos antigas e planejaram a ações seguintes. Em diversos
pontos foram afixados cartazes com palavra "Procura-se" convidando os
moradores para as ações do Projeto.

Texto enviado por: Alexandre Lucas

PONTA DA SERRA RUMO À EMANCIPAÇÃO.

Esteve reunida neste último domingo, dia 08 de janeiro, às 10h, no Pólo de Atendimento Edvard Ribeiro, no Distrito de Ponta da Serra, Crato-CE, a Comissão de Produção da AMEPS (Associação Emancipalista de Ponta da Serra), sob a presidência de Ana Paula Brito Leite e os membros: Francisco Evaldo Barbosa Brito, Damião David da Silva, Antonio Correia Lima e Renata Ximendes, para planejamento de ação de divulgação com todos os associados e a população do Distrito, informações sobre o andamento da emancipação, bem como dados referentes a nova estrutura organizacional do novo município.
Dados Gerais do Distrito.
O Distrito de Ponta da Serra está a 13 km da sede do município de Crato - CE e localiza-se às margens direitas do Vale dos Carás, sendo cortada pela rodovia CE 055.
Pelo censo de 2000, Ponta da Serra já registrava 8.234 habitantes. O IBGE, não disponibilizou a população dos distritos-censo de 2007. Estima-se que, hoje o distrito ultrapassa a cifra de 10.824 habitantes.
Dispõe de infra-estrutura como: rede elétrica; abastecimento canalizado d’água; linha telefônica; posto de atendimento médico; posto policial; posto dos correios; escola de ensino infantil e fundamental (com mais de 1200 alunos matriculados); escola de ensino médio (mais de 400 alunos matriculados); Pós-Graduação em Psicopedagogia pela FIP- Faculdades Integradas de Patos, Núcleo Crato(21 alunos); Graduação em Pedagogia pela ULBRA – Universidade Luterana do Brasil; (20 alunos); Pólo de atendimento; quadra poliesportiva; cemitério público e açougues; posto de combustível, clube dançante, clube soçaite, 05 churrascarias, 03 lanchonetes, 8 bares, 03 locadoras de vídeo; 02 cybers.
Em termos de comunicação a sede conta com 02 pequenos jornais mensais, 01 serviço de amplificadora e 02 provedores via rádio para internet.
No que se refere o atendimento bancário, conta com 01 correspondente bancário da Caixa Econômica Federal “Caixa Aqui” , em funcionamento há mais de um ano e em estudos uma agência bancária do Bradesco.
O comércio local é constituído de 08 microempresas de médio porte (no ramo de mercearia, boutique e material de construção) e 10 pequenos comércios. Existe também uma beneficiadora de arroz, 02 oficinas mecânicas; 01 borracheiro e tantos outros pequenos empreendedores.
A Associação Cristã de Base acaba de criar em nossa sede uma feira quinzenal de produtos da agricultura familiar.
Existem no Distrito Sede, 768 prédios e uma população de 2.024 habitantes. Destes, 342(16,84%) são aposentados, 86(4,24%) funcionários públicos municipais e 10(0,49%), estaduais.
É sede de Paroquiato numa área ocupada por 5 Vilas, tendo como padroeiro São José Operário e vigário o Mons. João Bosco Cartaxo Esmeraldo (desde 1983).
O distrito conta com 20 pequenas cerâmicas e algumas cerâmicas de grande porte que empregam centenas pessoas residentes na área do distrito e 01 Indústria de Britagem de grande porte.
Na produção agropecuária, sempre se destacou pelas riquezas naturais do vale dos Carás, de onde se pode dizer: Se o Egito é uma dádiva do Nilo, Ponta da Serra também é uma dádiva dos Carás.
Recentemente o governador do Estado inaugurou no sítio Malhada uma mini industria de leite.
No entorno do perímetro urbano do distrito existem as seguintes vilas: Vila Malhada, a 3 km, com 250 famílias: Vila São Francisco, a 6 km, com 250 famílias; Vila Palmeirinha dos Vilar, a 2 km, com 160 famílias; Vila Rodeador, a 2 km, com 60 famílias; Vila Altos, a l km com 60 famílias, Vila Juá a 1 km com 60 famílias. A Vila Palmeirinha dos Brito está incluída no perímetro urbano do distrito.
Ponta da Serra tem 01 ONG reconhecida internacionalmente. Trata-se do Projeto Verde Vida do sítio Catingueira mantida por duas entidades da Alemanha, tendo realizado em 2008, parceria com a Criança Esperança e Petrobrás. Esta ONG tem realizado um importante trabalho na comunidade, juntamente aos jovens.
Antonio Correia Lima - Universitário-História/Urca.
Tesoureiro da AMESP.
Colaboradores na coleta de dados:
Francisco Dionísio Alves - Advogado e Presidente da AMESP, Edval Cirilo de Souza, líder religioso; Renata Ferreira Ximendes, Universitária-Construção de Edifício/URCA e Judas Tadeu Vilar Bernardo, Pós-Graduando em Geografia-URCA.

Postado por: Mário Correia de Oliveira Júnior
Presidente da Comissão de Assuntos Jurídicos e Mídia.

Peça - O Pecado de Clara Menina - Dias 13 e 14

Entendendo as Ações do Banco Central Diante da Crise Financeira Internacional - Wellington Ribeiro Justo


Recentemente tem sido divulgado na mídia ações que o Banco Central brasileiro tem adotado diante de uma das maiores crises mundiais da era moderna. De repente, os noticiários têm jogado informações que para a grande maioria da população é de difícil compreensão. A idéia deste artigo é tentar colocar de forma mais clara algumas das medidas recentes adotadas pelo Banco Central para tentar aliviar os possíveis efeitos desta crise na economia brasileira, apesar de declarações infelizes do presidente afirmando que o Brasil está blindado contra esta crise. Uma das medidas refere-se à diminuição do Recolhimento compulsório dos bancos. De que se trata? A autoridade Monetária (Banco Central) possui alguns instrumentos de política monetária. A política monetária de forma sucinta significa o controle da oferta de moeda na economia de acordo com as metas de crescimento e de controle da inflação estabelecidas pela equipe econômica do governo. Um dos instrumentos de política monetária que o Banco Central dispõe é o recolhimento Compulsório. O que significa então? Significa que o Banco Central estabelece um percentual sobre o dinheiro captado pelos bancos que obrigatoriamente tem que ser repassado para o Banco Central com o objetivo de formar reservas e garantir a liquidez do sistema financeiro nacional (evitar que o sistema financeiro como um todo venha a quebrar). Este instrumento utilizado pelo Banco Central pode ser feito de forma seletiva. Isto é, o percentual sobre o dinheiro captado pelos bancos a ser repassado para o Banco Central pode variar de acordo com a região de captação, com o porte do banco, com o setor de atividade econômica e com o tipo de operação bancária.

A forma de atuação do recolhimento compulsório como instrumento de política monetária é que ele atua diretamente nas disponibilidades dos recursos financeiros dos bancos para emprestar. Quanto maior for o recolhimento compulsório, menor será a quantidade de recursos que os bancos disporão para emprestar e vice-versa. Quando o Banco Central quer aumentar a oferta de moeda na economia ele diminui o recolhimento compulsório e quando o objetivo é diminuir a oferta de moeda ele aumenta o recolhimento compulsório. Com o agravamento da crise financeira mundial a partir do mês de setembro, quando quebraram instituições financeiras tradicionais nos Estados Unidos, houve uma propagação de desconfiança nos mercados financeiros do mundo inteiro. Uma conseqüência deste comportamento foi a diminuição do crédito internacional. Isto tem dificultado os bancos de menor porte captar recursos colocando-os em situação de dificuldade. Diferentemente do problema dos bancos americanos que apresentam problemas de solvência (risco de quebrar) por terem apostado no mercado de hipotecas dos Estados Unidos, o problema dos bancos pequenos brasileiros é de liquidez, ou seja, dificuldade em conseguirem crédito para repassarem para seus clientes. Foi aí que o Banco Central interviu, diminuindo o recolhimento compulsório de forma a permitir uma maior oferta de dinheiro na economia. No primeiro momento, esta medida não foi suficiente para resolver o problema dos bancos pequenos e daí porque o Banco Central exigiu que parte dos recursos liberados pela diminuição do recolhimento compulsório fosse utilizada pelos bancos maiores para comprarem carteiras de créditos dos bancos menores e diminuir o risco destes bancos quebrarem. O problema é tão grave que a agência de riscos Moody’s rebaixou o rating (nota de risco de crédito) de alguns bancos brasileiros o que dificulta ainda mais a situação destes.

O montante de dinheiro injetado pelo Banco Central na economia por meio deste instrumento de política monetária pode chegar a cifra de 160 bilhões de reais. É sem dúvida uma das maiores intervenções desta natureza na história recente do Brasil.

Wellington Ribeiro Justo
Doutor em economia e professor do Curso de Economia da URCA.

Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30