xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 13/01/2009 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

13 janeiro 2009

Abidoral Jamacaru no Café Estação


Seguindo a programação noturna da Oficina de Escrita literária que está a acontecer na URCA de 12 a 17 de janeiro, foi programada uma pequena apresentação do cantor e compositor Abidoral Jamacaru no Café Estação ( No Largo da Reffesa ) em Crato, para ontem, terça-feira dia 13 de janeiro. Como acontecerá durante toda a semana, à noite haverá sempre uma programação especial e aberta ao público em algum local da cidade. O Blog do Crato divulgará com antecedência essa programação. Compareça!

Abraços,

Dihelson Mendonça

CRATO: Vigilância Sanitária divulga atividades realizadas, em relatório anual

A Unidade de Vigilância Sanitária e Ambiental, órgão ligado a Secretaria de Saúde do Crato, divulga relatório de atividades desenvolvidas durante o ano de 2008, com dados referentes a todos os projetos implementados, dando embasamento para consolidação do Plano Diretor de Vigilância Sanitária (PDVISA).

Segundo o relatório, o trabalho faz parte de uma construção coletiva, com a adoção de instrumentos de orientação do reordenamento das práticas de vigilância sanitária, que foram executadas pela equipe de fiscais sanitários. Como resultado, estabeleceu-se uma programação de atividades com maior eficiência e melhores resultados alcançados. Entre as medidas, está a adoção de escala de horários de trabalho; Cronograma por atividades a serem realizadas; Operações estratégicas em estabelecimentos com horários noturnos; Operações estratégicas de plantões nas principais datas comemorativas como: Carnaval, Semana Santa, ExpoCrato e Elaboração do Código Sanitário Municipal para o fortalecimento das ações de Vigilância Sanitária, entre outras medidas. Dentro das atividades houve várias produções de trabalhos científicos, a partir de atividades desenvolvidas pela Vigilância, além de atividades em parceria com instituições de ensino superior, a exemplo da Universidade Regional do Cariri (URCA), com alunos do curso de Biologia e Enfermagem.

A vigilância sanitária inova e vem se consolidando política e tecnicamente, assentada em várias áreas do conhecimento científico e nas bases jurídicas vigentes. Com esta perspectiva a VISA vem contribuindo continuamente no âmbito das práticas de saúde do município e dando suporte estratégico para estabelecer as relações nas várias instâncias que compõem o Sistema Único de Saúde - SUS

Fonte: Website da PMC


CUIDE BEM DO SEU EMPREGO! - Por: Dimas de Castro e Silva

Passada a euforia das festas de fim de ano, a ressaca das contas negativas emerge. Para muitos brasileiros o Natal e o Ano-Novo, regados a décimos terceiros ludibriantes ofuscaram, um pouco, o tamanho da crise que assola a economia mundial. Um pouco, pois alguns comerciantes já testemunham a redução no volume de vendas em relação ao mesmo período de 2007. Outro fenômeno identificado é o aumento do número de pagamentos à vista em relação aos pagamentos à prazo, o que demonstra certa “precaução” por parte do consumidor quanto a necessidade de não adquirir novas dívidas, vincendas em 2009.

O ano novo trouxe consigo a grande dúvida: e agora, o quanto a crise vai nos afetar? A análise mais coerente parece ter mais fundamentação quando parte do panorama da economia Norte Americana, de onde surgiu a crise. Pátios repletos de carros novos, queda na produção e vendas de quase tudo, o maior número de demissões desde o fim da 2ª Guerra Mundial. O governo Americano tenta, desesperadamente, conter a redução do consumo e, consequentemente, as demissões, através da abertura de novas linhas de crédito, redução da taxa de juros, empréstimos de bilhões de dólares às empresas e, mais recentemente, a redução dos impostos dos contribuintes pessoa física. Ações como estas, estão sendo seguidas à risca pelo Brasil e no resto do mundo. Nosso governo, a exemplo da recente redução do I.P.I. dos automóveis, finalmente, resolve dividir o “bolo” com o cidadão comum. Pena que a fatia tenha vindo numa hora tão difícil e com data marcada pra acabar.

Com base nisso, o emprego parece ser bem precioso! Na recessão, a redução de custos passa necessariamente pelo “item” mão-de-obra, ou seja, as demissões. Caso isso venha a acontecer, porque essas coisas acontecem, deve-se estar preparado. Quero chamar atenção ao fato de que, não há garantias que as ações adotadas pelos governos surtirão o pleno efeito desejado e que, principalmente, é hora de empenho, individual e em equipe, para que a sua empresa, ou a empresa onde você trabalha, encontre novas soluções de sobrevivência à crise. Portanto, dentro das ações que nos cabem, é fundamental não contrair dívidas e dispor de algum dinheiro guardado, uma poupança, para enfrentar um indesejável, mas possível, período de “vacas-magras”.

Dimas de Castro e Silva Neto

Mestre em Gerenciamento da Construção
pela University of Birmingham
Professor do Curso de Engenharia Civil da UFC Cariri

Artigo publicado no Jornal do Cariri de 13/01/2009

Sobre Artigos não Publicados...

Tenho recebido recados na secretária eletrônica de pessoas que afirmam que enviaram artigos para nosso e-mail e que nao viram publicados. Afirmo que jamais recebi qualquer desses artigos, e quando recebo um artigo para publicação, geralmente envio uma resposta à pessoa, apenas para confirmar o recebimento. Por exemplo, Eugenio Miranda diz que enviou artigo. Nunca recebi. Jorge Carvalho também. Há várias mensagens na secretária, vindas do Jorge carvalho cobrando a postagem desse artigo, mas eu nao recebi artigo nenhum. Tentei entrar em contato pelo telefone fornecido por ele mas só dá ocupado...e assim vai...

Quero pedir às pessoas que enviam artigos para publicação que se enviarem artigos e não receber respostas minhas, por gentileza entre em contato de outra forma, por exemplo, postando um comentário no Blog do Crato em qualqur parte, até no mural de recados, apenas para eu saber que foi enviado esse artigo...

Nós temos o maior prazer em divulgar os artigos escritos pelas pessoas que nos procuram. Portanto quero aqui dizer que se alguém possui algum artigo e este não foi publicado no Blog do Crato, não foi por má vontade, e sim, porque nao tive acesso ao mesmo, ou ainda por algum esquecimento no agendamento, mas todos os que eu recebo confirmo o recebimento imediatamente.

Abraços,

Dihelson Mendonça

A Boa Música Sobrevive !


FESTIVAL de guaramiranga Em grande estilo !

Clique para Ampliar

O belga Toots Thielemans: atração esperada desde edições anteriores têm presença anunciada este ano no Festival Jazz & Blues

Clique para Ampliar

O pernambucano Dominguinhos: atração esperada desde edições anteriores têm presença anunciada este ano no Festival Jazz & Blues

Clique para Ampliar

O Baixista Arthur Maia

Clique para Ampliar

A cantora Ná Ozzetti

Clique para Ampliar

O guitarrista Lanny Gordin

O Festival Jazz & Blues Guaramiranga chega à 10a. edição com uma lista de grandes nomes. Entre as atrações, Toots Thielemans, Dominguinhos e César Camargo Mariano

Dez anos blues. Quando fevereiro chegar trará consigo o décimo carnaval com uma opção de trilha sonora diferenciada, para quem sobe ao Maciço de Baturité. O Festival Jazz & Blues Guaramiranga celebra seu aniversário driblando as dificuldades que marcaram os bastidores das edições mais recentes e oferecendo uma programação à altura da efeméride.

O evento, que atraiu projeção nacional ao se firmar como uma das principais referências no crescente calendário de festivais do tipo, também desempenhou um papel importante no fomento à atual cena instrumental cearense. E, ao menos a julgar pelas atrações musicais, contará com motivos suficientes para atrair, de 21 a 24 de fevereiro, tanto quem ainda não conferiu o festival quanto quem já se acostumou ao carnaval na serra.

Afinal, a programação confirma a vocação do evento para a diversidade - em um ecletismo saudado por muitos, mas também recorrentemente visto com ressalvas por quem preferiria um Festival Jazz & Blues menos ´free´ e mais ´strictu sensu´. Seja como for, fica clara a intenção de marcar esse primeiro decênio com uma grande edição do festival - comparável aos melhores anos do evento. Como, por exemplo, 2005, quando o público pôde assistir, entre outros, a nomes como Pedro Aznar, Hélio Delmiro, Stanley Jordan, Jorge Hélder e Naná Vasconcelos.

Pra começar, o encontro, enfim concretizado, com o gaitista belga Toots Thielemans, cujo nome esteve rondando a programação em diversas edições. Festa para os fãs do instrumento, aos quais o festival sempre contemplou, com harmonicistas como Gabriel Grossi, Sérgio Duarte, Jefferson Gonçalves e J. J. Milteau. E para os quais também traz, este ano, o som do gaitista brasiliense Pablo Fagundes.

Outro ´acerto de contas´ do festival é com um músico aclamado tanto pelo público quanto pelos mais virtuosos: o pernambucano Dominguinhos. Acordeonista e compositor que chegou a ser anunciado como atração principal do evento em 2007, mas acabou tendo sua participação adiada, devido a cuidados médicos. Dois anos depois, o sorriso e o talento de Dominguinhos, presença freqüente em Fortaleza nos últimos anos, se encontrarão com a platéia do festival na serra. Oportunidade também para o mais legítimo discípulo de seu Luiz mostrar um outro lado de sua musicalidade.

E o mesmo evento que já trouxe ao Ceará artistas como Gilson Peranzzeta e Heraldo do Monte, que se destacam como instrumentistas e arranjadores, desta vez fará as honras da casa para o mestre César Camargo Mariano, radicado nos Estados Unidos, mas de tantos serviços prestados à música brasileira. Também na perspectiva dessa contribuição instrumental à música popular pode ser vista a presença do veterano guitarrista Lanny Gordin, um dos responsáveis pela sonoridade consagrada à época da Tropicália. Superando contingências difíceis, Lanny retornou à cena nos últimos anos, realizando shows e atraindo boa repercussão para suas releituras de clássicos tropicalistas, ao som cortante de sua guitarra.

Do blues ao contemporâneo

Entre os representantes do blues, o festival anuncia a participação do gaitista e vocalista Paulo Meyer, um dos fundadores da banda Expresso 2222, marcante na cena blueseira em São Paulo. Também com um pé no blues, embora passeando por vertentes como o funk e a música brasileira, o baixista Arthur Maia, presente em Fortaleza em 2008 participando do I Festival Cover Baixo, retorna ao Ceará para mostrar seu som em Guaramiranga.

Um toque mais contemporâneo na programação fica por conta da presença do pianista e produtor musical paulista Benjamin Taubkin, que realiza um amplo trabalho de pesquisa de música brasileira e latino-americana. Responsável pela curadoria musical do Mercado Cultural de Salvador, Taubkin defende - e pratica - uma música aberta à pluralidade de estilos e influências, sempre favorecendo um diálogo entre diferentes referências, sejam geográficas ou artísticas.

E se a história do festival é também pontuada pela presença de grandes intérpretes femininas - de Leny Andrade a Fhátima Santos, de Jane Duboc a Big Time Sarah -, a paulista Ná Ozzetti retorna ao Estado, desta vez no contexto do evento. Esta, aliás, é uma boa característica do festival, enfatizada na programação dessa décima edição: a possibilidade de se conferir por aqui shows que, de modo isolado, dificilmente despertariam o interesse de produtores locais.

Shows e espaços

Enquanto a programação de artistas cearenses ainda aguarda definição, o festival já confirma a manutenção de espaços consagrados ao longo de suas nove edições até aqui. É o caso dos ensaios abertos, realizados no início da tarde, no próprio Teatro Rachel de Queiroz (que, infelizmente, chega ainda inacabado ao décimo Jazz & Blues). Além da chance de uma ´palhinha´ sem necessidade de pagamento de ingresso, trata-se de uma oportunidade para troca de idéias de modo mais descontraído entre artistas e público.

Os shows realizados em espaços abertos ao final da tarde também devem continuar, segundo a organização. Assim como em anos anteriores, quando o público pôde assistir a apresentações no belo cenário da escadaria da Igreja Matriz de Guaramiranga, a idéia é abrir espaço também para jovens instrumentistas ´garimpados´ em oficinas do projeto Novos Talentos, promovido pelo evento em municípios do Interior. Por fim, as ´jam-sessions´ da madrugada, após terminadas as atividades no palco principal, prometem movimentar o público, com direito a muita improvisação e a uma espontânea interação entre os músicos. Celebrando a reunião em mais um carnaval.

Mais informações:
Festival Jazz & Blues 2009. De 21 a 24 de fevereiro em Guaramiranga e de 26 a 28 em Fortaleza. Realização: Via de Comunicação e Cultura. Promoção: Sistema Verdes Mares. Informações: 3262.7230 e viac@viadecomunicacao.com.


FIQUE POR DENTRO

Antes e depois, o festival em Fortaleza

Mesmo quem não subir a serra durante o carnaval contará, também este ano, com uma oportunidade de conferir as principais atrações do Festival Jazz & Blues. Como já é de costume, o evento tem sua continuidade em Fortaleza, após a quarta-feira de cinzas. Os shows na capital acontecem no Theatro José de Alencar, entre os dias 26 e 28, quando alguns dos músicos também ministrarão oficinas, voltadas para instrumentistas e estudantes de música, mas também para o público interessado em um contato mais direto com os artistas. O espaço para os shows na capital ainda será definido pela organização. E antes do festival na serra, a programação de ´aquecimento´ ´Na Trilha do Jazz´ deverá se estender por bares e casas de show de Fortaleza, com a participação de grupos locais. As apresentações musicais acontecerão de quarta a sábado, com destaque para releituras de clássicos do jazz e do blues, em novos arranjos e formações variadas, por alguns de nossos melhores instrumentistas e intérpretes.

DALWTON MOURA
Repórter

Fonte: Jornal Diário do Nordeste

Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30