16 dezembro 2009

O que posso fazer? Por: Manoel Severo

Temos acompanhado com muita atenção todos os movimentos que se desenrolam em Copenhague, na Dinamarca; por ocasião da Conferência das Partes – popularmente conhecida por COP-15; quando as nações do mundo se reúnem para falar da saúde do planeta e os rumos a serem tomados.

Não gostaria de me deter aos temas ou às discussões latentes de tão importante encontro mundial, mas, trazer à pauta deste nosso estimado blog, uma discussão que a meu ver é extremamente oportuna e que sem dúvidas está diretamente ligada aos resultados “almejados” pelos líderes mundiais: O que posso fazer para melhorar a vida das pessoas e a saúde do planeta?

Em matéria de nosso amigo José Sales; neste mesmo blog; comentei sobre o papel importante que cada um de nós precisa assumir na direção de contribuir para o bem estar planetário. Penso que precisamos urgentemente largar o sentimento de que esse é um problema apenas de nossos governantes; do poder público, das grandes organizações, enfim. Precisamos sair de nossa zona de conforto e assumir o desafio que é nosso.


Muitas vezes nos escondemos atrás de nossas próprias conveniências e deixamos de lado ações importantes dentro de nosso dia a dia que com certeza fariam toda a diferença. Como posso exigir ética, responsabilidade, honestidade, falar de cidadania,quando negligencio de forma absurda minha conduta, minha atitude, meu sentimento?

Grandes ações começam com pequenas ações, pequenas ações se constroem no dia a dia, do alvorecer até o momento em que repouso a cabeça no travesseiro. Conheço um Ensinamento que prega: “Um dia sem reflexão é um dia perdido”... Se pudermos nos permitir uma reflexão diária que seja, com certeza já seria um bom começo.

A palavra está facultada...


Por: Manoel Severo


Um comentário:

  1. Senhor Manoel Severo

    Extremamente lúcido o seu posicionamento quanto à postura que devemos adotar diante dos riscos pelos quais passam o planeta.

    Essa história de debater apenas o que tá distante é coisa para quem não quer encarar de frente os verdadeiros problemas.

    Parabens. Que todos possamos dá a nossa parcela de contribuição; mudando primeiro o nosso pequeno mundo; nossa casa, nosso ambiente de trabalho, nossas relações com a família, amigos, companheiros.

    Receba meus cumprimentos,

    Professor Mario Helio

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.