31 dezembro 2009

NO CARIRI - Bolsa Família pagava drogas - postado por Armando Rafael

Fonte: Diário do Nordeste, 31-12-2009


Cartões do Bolsa Família, programa criado pelo Governo Federal como uma das formas de erradicar a pobreza no País, estão sendo transformados em "Bolsa Maconha" na Zona Sul do Estado. A Polícia do Município de Barbalha, na Região do Cariri (a 505Km de Fortaleza), prendeu o traficante de drogas Antonio Pereira, conhecido por ´Tonho de Lucas´, na Rua Manoel Peixoto, bairro Prourb. (Foto Antônio Vicelmo)
Em poder do acusado foram apreendidos 28 papelotes de maconha, R$ 3,5 mil em espécie e quatro cartões de benefícios, dois dos quais do programa Bolsa Família, em nome de Luiz Cardoso dos Santos e Acia Samara Praça, que eram utilizados, segundo a Polícia, como moeda de compra de droga.
Federal

O acusado foi levado para a Delegacia da Polícia Federal em Juazeiro do Norte, onde foi ouvido pelo delegado Alan Robson Alexandrino Ramos e, em seguida, transferido para a cadeia pública de Barbalha, onde aguardará julgamento. Ele responderá a inquérito por tráfico de drogas e pode também ser enquadrado por crime federal.

De acordo com a Polícia, o usuário de drogas entregava o cartão, com a senha, para o traficante, que recebia o dinheiro no banco no dia do pagamento. Este desvio de função de recursos federais do programa "Fome Zero", destinado a pessoas carentes, está sendo investigado com profundidade pelo Policia. Além do tráfico de drogas, ele vai responder também pelo desvio de recursos federais. Os titulares dos cartões, de acordo com a Polícia, serão ouvidos no inquérito, correndo risco de também serem indiciados e perderem o benefício.

O objetivo da operação, denominada "Final de Ano Feliz", foi estourar um ponto de venda de drogas que funcionava naquele bairro. De acordo com a Polícia, na residência de Antonio Pereira foi observada uma grande movimentação, principalmente, de adolescentes. Diante da suspeita de que o local era uma ´boca-de-fumo´, o capitão PM Marcus Alencar, comandante do destacamento da PM de Barbalha, solicitou ao juiz de Direito da 2ª Vara da Comarca, Péricles Victor Galvão de Oliveira, um mandado de busca e apreensão com o objetivo de investigar a estranha movimentação. O magistrado deferiu o pedido, expedindo o documento.

De posse do mandado, a Policia entrou na residência onde, além da droga e do dinheiro, encontrou os cartões. "Tonho" negou envolvimento com o tráfico de drogas e com o uso dos cartões. Disse apenas que era viciado. No entanto, o capitão Marcus reafirmou que ele vendia drogas e recebia os cartões como garantia de pagamento.

Pobreza

O Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda com a finalidade de beneficiar famílias em situação de pobreza (com renda mensal por pessoa de R$ 70,00 a R$ 140,00) e extrema pobreza (com renda mensal por pessoa de até R$ 70). O objetivo é assegurar o direito à alimentação.

ANTÔNIO VICELMO / Repórter

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Ô racinha criativa, esta do Cariri! Conseguiu transformar o Bolsa-Família em “Bolsa-maconha”...

    Em maio de 2009 foi amplamente divulgado – mas não repercutiu por aqui – a denúncia de que mortos, políticos eleitos e muitos donos de automóveis foram identificados pelo Tribunal de Contas da União (TCU) como beneficiários do Bolsa Família. A auditoria constatou indícios de fraude no pagamento de cerca de 106 mil benefícios. Os beneficiários do programa só podem ter renda até R$ 137 mensais por pessoa da família. O combate às supostas fraudes, segundo os auditores, poderia fazer o governo economizar o equivalente a 3,4% da folha mensal de pagamentos, ou R$ 318 milhões por ano.

    ResponderExcluir
  3. Só faltava essa!
    "Bolsa Maconha": Mantenha-se chapado durante td o mês para renovar seu cartão. Será realizado exame toxológico para evitar fraudes...

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.