20 novembro 2009

O MEIO AMBIENTE DE TODOS NÓS - Por: Djacyr Souza

Vivemos épocas de dilemas, discussões e conclusões diversas sobre o futuro do planeta em meio a profecias, teorias e diversas concepções que envolvem antes de tudo um temor generalizado pelo fim do mundo e dos recursos que precisamos na vida econômica e no processo de garantia de sobrevivência das sociedades. A grande questão do momento gira em torno de como podemos mudar a concepção de riqueza hoje presente nos vários setores da sociedade moderna. A questão maior é como podemos criar alternativas a ciclo crescente de produção e de aproveitamento dos recursos sem liquidar com os elementos naturais e provocar o caos ecológico. No meio dessas discussões tem surgido de forma crescente idéias que conduzem a um novo modelo de desenvolvimento que não seja predatório e que procure desenvolver um ciclo de respeito ao ambiente e à dinâmica da natureza.

São várias as alternativas a uma nova lógica de comportamento dos seres humanos em relação ao ambiente , pois precisamos questionar de forma veemente o consumismo desenfreado e buscar um novo modelo de aproveitamento dos recursos naturais que sejam certamente adequados a um processo de redução das agressões ambientais e ao ritmo desenfreado de aproveitamento da natureza. É urgente que sejamos cidadãos responsáveis por um mundo melhor e mais adequado a vida dos seres que povoam o planeta. É urgente mudar comportamentos e desenvolver medidas educacionais em todos os setores da sociedade que façam com que possamos conviver harmonicamente com os componentes dos diversos ecossistemas.

O mundo capitalista moderno tem se caracterizado como extremamente predador e gerador de degradação aos biomas e aos seres neles encontrados. A lógica do lucro hoje predominante em nossa sociedade atinge com voracidade nosso ambiente e deixa um rastro de destruição e reflexos que influem consideravelmente na qualidade de vida dos habitantes do planeta e tem causado grandes preocupações para os indivíduos quanto a problemas de saúde, ar , poluição de todos os níveis e processos intermináveis de dilemas que podem promover o próprio questionamento ao modelo de economia hoje predominante na sociedade moderna. É urgente que criemos alternativas a um processo de desenvolvimento que seja criador de oportunidades iguais para todos e que gere menos lixo, menos degradação e menores problemas ambientais. Nos dias de hoje o debate ecológico é vital em todos os setores da sociedade para que possamos escolhe um modelo alternativo de desenvolvimento econômico que procure gerar oportunidades de crescimento igualitário dos benefícios gerados pela tecnologia e que estejam afinados com o processo de melhoria da vida de todos os seres que habitam nosso planeta.

A visão ambiental é uma tarefa que precisa ser desenvolvida em todos os grupos sociais para permitir uma visão de mundo que dê aos indivíduos a certeza de que teremos um mundo melhor e mais justo para todos. É cada vez mais importante que nossa sociedade apóie e desenvolve iniciativas de processos educacionais para um novo modelo de vida que reduza o desperdício, questione a descartabilidade , promova ações ambientais e seja um criador de novas visões de mundo onde o meio ambiente faça parte de todas ações no setor público e privado. A Educação Ambiental deve ser incentivada em todos os patamares da sociedade e deve promover atitudes ambientalmente corretas para o bem do mundo e dos seres que nele vivem. A hora é agora! não podemos deixar nosso planeta à mercê dos interesses meramente econômicos, pois dinheiro não compra a felicidade ambiental que só será alcançada se soubermos cuidar do planeta e das pessoas que nele vivem.

Por: Djacyr Souza

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.