27 outubro 2009

A teleobjetiva de Heládio Teles Duarte - por Armando Rafael



Heládio Teles Duarte é um médico competente e um cidadão com o sentimento do mundo...
Ele tem uma visão das paisagens no sentido mais puro do humanismo. E vê o mundo deixando fragmentos da sua visão gravadas na teleobjetiva que o acompanha sempre.
Heládio sabe que as paisagens e as construções feitas pelos homens têm seu lugar na história. Sabe que os espaços urbanos, os imóveis que fizeram parte da vida de uma cidade e das pessoas devem ser preservados. Não somente para encher os olhos, mas, também, para relembrar de coisas boas que ali ocorreram.
Quantas vezes não temos vontade de entrar em um edifício e lembrar um momento da nossa vida, dos nossos antepassados, de resgatar histórias ali plasmadas...
Estes bens urbanos – sejam históricos, edificados ou ambientais – têm um significado importante na nossa formação, na nossa identidade como pessoas que fazem parte de uma sociedade, seja ela coerente e cônscia de suas responsabilidades para o ambiente urbano ou não.
No último domingo vi as duas fotos acima feitas por Heládio. Na primeira, vemos os escombros de um dos prédios mais bonitos que existiu em Crato: o antigo Grande Hotel, onde nos baixos funcionava a Cinelândia. Hoje o que foi um conjunto arquitetônico lembra uma foto recente de Bagdá.
No outra foto, Heládio clicou a invasão dos ambulantes que se apossaram da Praça da Sé e a transformaram num mercado persa.
Resta a esperança de que os poderes públicos revertam o triste estado atual desses dois espaços urbanos...

Fotos: Heládio Teles Duarte
Texto: Armando Lopes Rafael

3 comentários:

  1. Rafael...
    Com certeza é muito triste onde a cidade do Crato não tem memória. pois alguns prédios deveriam ser tombados. Mas...
    Em relação a praça da sé e tantas outras estão em estado lastimável. A praça mais congecida por São Vicente ( Joaquim Távora) já não pode mais ser chamada de praça. O lixo toma conta e o aspecto é cruel.Principalmente por ser no centro da cidade. Onde estão nossos representantes da cãmara que ao invés de reinventar nomes de ruas, não solicitam junto aos deputados paraquedistas, verbas para reestruturação destes espaços públicos ?

    ResponderExcluir
  2. Quero aqui enviar um abraço para o Doutor Heládio, e dizer que perdemos contato.

    A Mônica Araripe havia me dito que ele estava tentando entrar em contato comigo, mas eu não possuo seu telefone, e já enviei vários e-mails há pelo menos 1 ano e não obtive mais qualquer contato. Aparentemente, meu e-mail entrou na sua lista de SPAM, de onde não sai mais.

    Gostaria de publicar aqui no Blog do Crato as fotos de Doutor Heládio, mas sem o contato, fica impossível. Peço ao Armando Rafael que possibilite aí essa ponte com o Heládio, a fim de que possa colocá-lo como colaborador, escritor do Blog do Crato, pois creio que o interesse é mútuo, e seríamos agraciados com as belas fotos que ele tem produzido.

    Abraços,

    Dihelson Mendonça

    E-mail para contatos:

    blogdocrato@hotmail.com

    ResponderExcluir
  3. Dihelson:
    Farei, com prazer, o contato com o Dr. Heládio.

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.