19 outubro 2009

Rio de Janeiro está em Guerra - Últimas Notícias


NE - 22 morreram


PM mantém ocupação em favelas do Rio por tempo indeterminado; 22 morreram

Policiais militares do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) e de vários batalhões da corporação continuam a realizar operações nos morros dos Macacos, São João, dos Prazeres e nas favelas Nova Holanda e Parque União, na zona norte do Rio. A corporação informou nesta segunda-feira que a ocupação das favelas ainda não têm data para terminar. A PM ainda confirmou que subiu de 21 para 22 o número de mortos durante os tiroteios com traficantes registrados desde o último fim de semana. Entre as vítimas estão três policiais militares, três moradores e 16 suspeitos. A última morte contabilizada pela polícia ocorreu hoje na comunidade Parque União.

Operações

As operações policiais têm o objetivo prender os traficantes envolvidos nos ataques criminosos do último fim de semana. Hoje, um suspeito foi preso. Um dos principais procurados é o traficante Fabiano Atanásio da Silva, o FB, 33, foragido da policia e que atua no Complexo de favelas do Alemão (zona norte). O Disque-Denúncia chegou a oferecer R$ 2.000 para quem passasse informações sobre o paradeiro de Fabiano Silva. Segundo a PM, ele chefia o tráfico de drogas da favela Vila Cruzeiro, localizada na zona norte do Rio. A polícia procura ainda Alexander Mendes da Silva, o Polegar, que pode estar envolvido na invasão. Ele fugiu recentemente da prisão, ao conseguir progressão do regime fechado para o aberto. A busca aos criminosos transformou a favela Vila Cruzeiro em uma área inacessível para entrada da polícia, pois barreiras eram feitas com trilhos fincados no chão e botijões de gás. De acordo com a polícia, FB mandou instalar câmeras nas ruas da favela, para monitorar a entrada de moradores e da PM. A região é também conhecida por bailes funks como os da Chatuba, Grota, Rua 8 e Rua E, além do chamado Baile do Complexo Total. De acordo com o Disque-Denúncia, nesses bailes predominam o consumo de drogas e atos sexuais, inclusive envolvendo exploração de crianças e adolescentes. A PM informou que foram apreendidas grande quantidade de cocaína, maconha e crack; duas carabinas calibre 12; um rifle ponto 30 antiaéreo; um fuzil 762 Madsen; uma submetralhadora URU; munições de diversos calibre, seis carregadores de rádios; uma espada; dois coletes à prova de balas, um cinto de guarnição; sete uniformes clonados do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais). Apenas as operações nas favelas de Manguinhos, Mandela e Jacarezinho, na zona norte do Rio, foram encerradas no início da noite desta segunda-feira.

Fonte: Folha OnLine

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.