19 outubro 2009

Policiais mortos em queda de helicóptero da PM são enterrados no Rio

NE - Esse é o Rio das Olimpíadas !

Os policiais militares Ednei Canavarro e Marcos Stader foram sepultados, na tarde deste domingo, no cemitério de Sulacap, na zona oeste do Rio. Ele morreram no último dia 17) quando o helicóptero da PM que tripulavam foi atingido por tiros durante uma operação no Morro dos Macacos, na zona norte da cidade.

"Parecia uma guerra", afirma morador sobre tiroteio
Governo do Rio recusa ajuda da Força Nacional

O secretário de Segurança Pública do Rio, José Mariano Beltrame, e o comandante da PM, coronel Mário Sérgio Duarte, compareceram ao enterro, mas não falaram com a imprensa. Além dos dois policiais, outras dez pessoas morreram nos confrontos de ontem, que tiveram início após traficantes do morro São João tentaram invadir o morro dos Macacos em disputa pelos pontos de venda de drogas. O morro São João é controlado pela facção criminosa CV (Comando Vermelho), enquanto o morro dos Macacos, pela ADA (Amigos dos Amigos). Segundo o secretário de Segurança Pública do Rio, José Mariano Beltrame, a polícia sabia da invasão planejada pelos traficantes. Hoje, o comandante da PM do Rio, reconheceu que pode haver mais inocentes entre as 12 vítimas do confronto. Segundo ele, algumas vítimas podem ter sido classificadas equivocadamente como criminosas. Neste domingo, mais duas pessoas foram mortas em tiroteio com a polícia na favela do Jacarezinho, e dois corpos foram localizados durante operação no morro São João. Por volta das 22h, a Operação Grande Cerco permanecia nos Morros dos Macacos, Quieto, Matriz e São João. Policiais permaneciam nos locais para evitar a "fuga de criminosos que poderiam estar no interior dessas comunidades", informou a corporação em nota. Durante o dia foram apreendidas duas pistolas, 300 kg de maconha, uma granada, nove carregadores de pistolas e 24 carregadores de fuzis.

Recompensa

O Clube de Cabos e Soldados da Polícia Militar do Rio informou neste domingo que será paga recompensa de R$ 2.000 a quem oferecer informações que levem a captura do responsável pela queda do helicóptero da PM no último dia (17) durante confronto com traficantes no morro dos Macacos, zona norte do Rio. Segundo o presidente da associação, Jorge Lobão, o valor da recompensa vem da receita da própria instituição e visa mobilizar a sociedade para reagir contra a violência. As denúncias podem ser feitas pelo telefone do clube --0/XX/21/2117-2000-- ou ainda pelo celular 0/xx/21/8181-7370. Até as 19h de ontem ( 18 ) ainda não existia um balanço de denúncias recebidas sobre o caso.

Fonte: Folha OnLine

Um comentário:

  1. Esse é o Rio das Olimpiadas, assim como o Brasil é o país do futuro, assim como o lula não sabe de nada.Mto mais interessante ser credor do FMi do que resolver o problemas sociais e de segurança do país.

    vamos continuar fechando os olhos, pois vem a copa do mundo tambem e o Brasil com certeza vai se preparar para estes eventos.

    Enquanto isso nas ruas e nas escolas a indiferença reina

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.