27 outubro 2009

ENERGIA - Por: João Ludgero

Toda energia provém do Sol e é armazenada na natureza. Nosso frágil corpo sobrevibe por extrair a energia dos alimentos. Da mesma forma, a sociedade não funciona sem fontes de energia.
Energias limpas são as que poluem menos e fazem menos mal ao clima e à saúde humana. Energias renováveis são as de fontes naturais, como o Sol (solar) e os Ventos (eólicas), e que a natureza repõe, como a água e a lenha. Energias sustentáveis são aquelas que garantem sua reposição no decorrer do tempo.
Entendemos matriz energética, como o conjunto dos recursos de enrgia de uma sociedade, de uma região ou do mundo, incluindo as formas como eles são usados. A matriz abrange as fontes de energia primárias (petróleo, água, hulha, cana-de-açúcar etc.), secundárias (querosene, gasolina álcool etc.), as tecnologias de geração (mecânica, térmica, nuclear etc.) e as formas e setores de consumo: eletricidade, combustíveis de veículos, indústria, comércio e residências.
A nossa matriz energética até 1940 era abse de lenha e correspondia a 80% da energia gerada no Brasil. Os recursos priorizados depois foram a hulha e a hidreletricidade, o petróleo estimulado por JK , grandes hidrelétricas e energia nuclear que veio com os militares, e também o álcool.
Mantido o ritmo econômico antes crise, o consumo mundial de enrgia poderá crescer 50% até 2030, com destaque para Índia e China. Há o risco de um desequilíbrio entre a oferta e aprocura e a té o desabastecimento, principalmente de petróleo. Ainda bem que os tempo são outros aqui no Brasil, pois graças aos esforços do governo atual somo hoje auto-suficiente em petróleo, bem diferente do APAGÃO do hoje APAGADO FHC. Mesmo assim, é preciso ampliar o uso de enrgias renováveis, como a da água, a dos ventos e a solar. Nos transportes, podem-se usar álcool e biodiesel, que poluem menos, o Brasil é exemplo neste quesito para o mundo.
Saudações Geográficas!
João Ludgero

Um comentário:

  1. Demos os primeiros passos, ainda há muito que caminhar. É preciso uma agenda que extrapole ideologias e interesses comerciais, e que caminhe mais rápido que o aquecimento global.

    Jacinta Pereira

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.