20 setembro 2009

Vamos ter Monarquia no Brasil ? - Parabéns, Armando Rafael !!

armando 01

Acima: O maior historiador do Cariri, Armando Lopes Rafael

armando 02

Acima: Dihelson Mendonça recebe diploma do ICC das mãos de Armando Rafael

Ele é um monarquista em meio a milhões de republicanos. Segura firme a posição de um regime monárquico no Brasil, o qual defende com unhas, dentes e poderosos argumentos, que variam desde estatísticas, que guarda com todo zêlo, a histórias fantásticas que pouquíssima gente conhece...

Estamos falando do maior Historiador do Cariri, a saber, Armando Lopes Rafael, cujo aniversário transcorreu no último sábado. Armando, homem sério e íntegro, não se abala com argumentos de seus adversários ( e que são muitos ). Pelo contrário, isso lhe serve de estímulo e exercício das suas convicções. Católico praticante, e grande defensor das tradições e da cultura do Cariri, Armando se consagra para a posteridade como um baluarte firme de convicções e coerência daquilo que pensa, que acredita e que age, descendente direto da melhor linhagem de outros grandes imortais a exemplo de Irineu Pinheiro e tantos outros.

Parabéns, ó nobre historiador do Cariri, discípulo de Heródoto. A tua retidão te precede, e teus opositores tremem perante a tua poderosa oratória. Salve estes tempos, que são teus, e tão teus somente! E que o criador nos permita tê-lo por infindáveis anos ainda em nosso convívio.

Um fraternal Abraço,

Dihelson Mendonça
Administrador do Blog do Crato

11 comentários:

  1. Caríssimo Dihelson:

    Obrigado por suas palavras de carinho e apreço por este seu velho amigo e admirador.

    Armando

    ResponderExcluir
  2. Parabens Dihelson. Premio merecido. Quanto a Monarquia devo dizer para os amigos que sou simpatizante, especialmente nestes tempos de republica corrupta e desavergonhada.
    A. Morais

    ResponderExcluir
  3. Meu Caro Morais,
    Eu começo a cada dia a pensar em novas e antigas teorias e formas de governo.

    A princípio, quando conheci o Armando, acho que qualquer um de nós pensa o mesmo, que falando-se em monarquia poderia se tratar de alguma loucura. Como alguém em pleno século XXI poderia defender um regime monárquico, e em tese, "obsoleto" ?

    Na verdade, ao longo do tempo, embora eu não concorde com tudo o que o Armando diz, não deixo de reconhecer que o homem tem inúmeros argumentos favoráveis aos países em que são regidos por um sistema de monarquia parlamentarista. Não posso negar as estatísticas apresentadas. Ao mesmo tempo, fico confuso quando me pego raciocinando nessa direção.

    O que podemos dizer da situação da república na nossa pátria, se a história da república, é história do CAOS ?

    Dihelson Mendonça

    ResponderExcluir
  4. Caros Morais e Dihelson:

    Não resisto em aproveitar o “gancho”.
    O grande mal para divulgação da forma de governo monárquica PARLAMENTARISTA (por má fé os adversários gostam de citar "monarquias" absolutas árabes, que não são defendidas pelos monarquistas brasileiros) é o preconceito e a desinformação. Que no Brasil é terrível...

    Dias atrás, felizmente, a mídia paulista (a mais aberta do Brasil) publicou os dados abaixo:

    “Custos Operacionais das Monarquias e das Repúblicas
    Ao contrário do que divulga a propaganda republicana, é muito mais barato manter uma Monarquia do que qualquer República. Nas Monarquias, mantém-se uma família. Nas Repúblicas, são mantidos o Presidente no cargo, mais todos os ex-presidentes e suas famílias.

    Compare os dados abaixo sobre a manutenção da estrutura da Chefia de Estado.
    Para sustentar a Monarquia, a Inglaterra gasta U$ 104,1 milhões (é a mais cara do mundo)
    O Japão gasta U$ 52,1 milhões
    A Holanda gasta U$ 15,4 milhões
    A Bélgica gasta U$ 10,8 milhões
    A Dinamarca gasta U$ 9,5 milhões
    A Espanha gasta U$ 8,1 milhões
    A Noruega gasta U$ 3,5 milhões

    A República Federativa do BRASIL, segundo levantamentos do ex-ministro da Fazenda, Delfin Neto, gasta (para manter 3 Palácios (Granja do Torto, Alvorada e Planalto) e as mordomias das famílias do atual e ex-presidentes (Sarney, Collor de Mello, Itamar, FHC) U$ 1 BILHÃO e 700 MILHÕES DE DÓLARES (aí não computados a “caixa-preta” dos cartões corporativos)...

    Ao serem consultados, os governos da Alemanha, Argentina, Estados Unidos da América, França, Itália, México e Portugal não proporcionaram quaisquer informações a respeito dos custos de manutenção de suas respectivas estruturas da Chefia de Estado, sob a alegação de que os dados não estavam disponíveis ou de que se trata de segurança interna.

    Eis aí um ítem...

    ResponderExcluir
  5. P.S.
    O Brasil, como Império, era um país do primeiro mundo, junto com os Estados Unidos da América, Inglaterra e Alemanha.
    Se tivéssemos mantido a Monarquia, os sucessores de D. Pedro II, até agora, teriam sido apenas três.
    No mesmo periodo de um século, tivemos 47 Presidentes, com igual número de mudanças de rumo e outro tanto de crises, golpes, instabilidades e ditaduras.

    A Monarquia é uma forma de governo moderna e eficiente. Das 12 economias mais fortes do mundo atual, 8 são monarquias. A República está sendo questionada em vários países, pois não tem solucionado seus problemas. Haja vista que, das 165 repúblicas atuais, só 11 mantêm regime democrático há mais de 20 anos.

    ResponderExcluir
  6. esse texto é tão arcaico, que por vários instantes pensei ter sido meu avô(1914)pedindo a mão de minha vó(1923) em casamento.Monarquia? Baluarte?Ó nobre? Teus opositores? mas confesso,eu amo os delírios de vaidade desse blog, já estou viciada em ler a troca prazerosa de elogios entre os que aqui postam,e as críticas enfurecidas para aqueles que não rezam a mesma missa,nem leram a mesma cartilha, de qualquer forma o blog do crato deixa claro a sua posição diante da politica, da "sociedade", dos bons costumes e permite "até" que as críticas sejam divulgadas... AMEI A POSTAGEM!É no mínimo pertubador que um professor de história defenda a monarquia, se a república é corrupta e desavergonhada, a monarquia é o quê?Acho então que li os livros errados de história, ou a história verdadeira sobre reis e rainhas são aquelas de contos de fadas? repletas de rapunzéis,brancas de neve e Ladys Dy?E "que" argumentos favoráveis à monarquia? rsrsrs,só teríamos 3 sucessores, e ao contrário, já tivemos 47 presidentes,então seria apenas o bizavô desse cidadão quem escravizou e exterminou nossos antepassados índios? quem nos faz ler até hoje que descobriram nosso país?Os responsáveis pelo sequestros de negros africanos por alegarem que nós éramso preguiçosos e nada domesticáveis para o trabalho? como não acreditar na evolução?Passamos pelos grandes proprietários de café, a um revolucionário populista,apenas populistas, militares,impeachment, intelectuais neo-liberais,até chegarmos a um trabalhador comum que se reelege com características ainda duvidosas entre o neo liberalismo e o socialismo,e assim descobrirmos com erros a cada dia a forma de se fazer política,será que um plebeu chegaria a rei?A não ser que fosse um herói exterminador e conseguisse a permissão de casar com a princesa, quanto a ser um país de primeiro mundo na época do império,gostaria de perguntar se quem desestruturou essa riqueza não foi a nossa "nobre" nobreza,desviando nosso ouro e pau brasil, cauculemos o desfalque daquela época com a de hoje, não estou defendendo a corrupção atual, estou afirmando que a monarquia faliu,mas o senhor deve mesmo ser o "melhor professor de história" pra convecer alguém de ouvi-lo e entitulá-lo assim, defender a monarquia não passa de "exótico",ja temos uma monarquia imbecil e arrogante a nos cuspir catolicamente seus preconceitos e repressões,mas O REI ESTÁ NU, é o que afirmo,vê quem quer! Por essas e outras eu adoro o blog!

    ResponderExcluir
  7. Prezada Janinha, tenho muito apreço por você ( apreço quer dizer consideração ). Existe um ditado que diz o seguinte:

    "Quem diz o que quer, ouve o que não quer".

    Embora você tenha considerado o meu texto arcaico e criticado a maneira com que saudamos os nossos colegas de Blog, existe uma coisa chamada educação, cultura, a que muita gente não está acostumada.

    Sei que você pertence a uma geração que possivelmente não vai compreender essas relações de afeto e respeito entre os mais velhos, e talvez seja melhor para sua compreensão, já que insiste na crítica ao vocabulário mais erudito, que eu te falasse assim:

    Janinha,

    Aí, ó brother, saca só, meu! Tá ligada aí? negócio é o seguinte, o mano Armando tá fazendo tipo aniversário, ó, doido ? Vamu desejar só paz pro nosso brother aí, sacou ? Os mano tá tudo que se lambendo pra desejar só tudo bão aí pro cara, falows ?

    Um :) procê...

    Recebo a crítica da linguagem ARCAICA e lhe devolvo na boa, sem problemas. Se o Armando quiser, ele é grandinho e sabe defender os posicionamentos.

    Dihelson Mendonça

    ResponderExcluir
  8. amei Dihelson a sua resposta, rsrsrs, esse seu humor é inconfundível, realmente é o tipo que eu aprecio, " mas pô bixo,eu também num falo assim cara", acho que não pertenço a geração tão adolescente e nem a mais antiga que você "antecipadamente" quis se enquadrar,ja tenho meus 30 aninhos, você também é moço, e artista é sabido que nunca envelhece,sempre se renova, eu sou fã da sua música, dos seus textos, do seu blog, e fiquei honrada por ver sua resposta lá no meu blog a respeito desse comentário, Dihelson,sei sempre que podemos discutir idéias, sem nos desrespeitarmos, peço desculpas por ter postado numa homenagem, uma gafe,confesso,mas ja está registrado o meu ponto de vista,não alterando assim qualquer opinião pessoal minha a seu respeito,a quem também considero como amigo,nem ao Armando Rafael que nem conheço pessoalmente,se tivermos oportunidade de discutirmos sobre esse,ou outros assuntos, sei que a discussão será boa,com um ótimo nível,além do mais temos em comum o amor pela música, e de mim você tem admiração,me envaideço por tê-lo como seguidor do meu blog, obrigada por respostar e se importar de dedicar um pouco do seu tempo as minhas inquietudes,ou perplexidades....essa é só mais uma prova que acompanho e recomendo seu blog, ele não teria o sucesso que tem se não surgissem essas questões,e se essas não fossem divulgadas! obrigada e desculpa pela gafe!

    ResponderExcluir
  9. Pô, Janinha, mas tu também...sei lá, entende ? rs rs

    Realmente, janinha, já que vc tem 30, estamos mais próximos da mesma geração. Mas a forma de falar com cada pessoa se altera um pouco devido ao conhecimento, à linguagem usada por cada um.

    Eu tento tratar as pessoas da forma como as pessoas preferem o tratamento ( no uso da linguagem ). Por exemplo, vc já deve ter visto como eu trato a Alessandra, chamo de ALE, numa linguagem coloquial.

    Mas eu acho que há certos momentos em que a linguagem coloquial não pode ser empregada. Principalmente, em se tratando de uma homenagem a uma pessoa que tem outra visão de mundo. Se fosse uma homenagem ao Lupeu Lacerda, por exemplo, o texto seria outro completamente diferente. Então eu vejo assim, apenas diferenças de uso das palavras.

    Também não precisa se desculpar assim, pelo menos a mim que não tenho nada a ver com isso. E conhecendo o Armando, acho que vc iria adora conheçê-lo pessoalmente. Espero que tenha essa oportunidade. vais ver que é uma pessoa amável, um cara iluminado que tem tanto conhecimento e ao mesmo tempo tanta simplicidade que vc vai entender porque que eu escrevi e como escrevi.

    Olha, eu não sou monarquista, diga-se de passagem. Mas pela convivência, pela tolerância e pela tentativa de compreender as pessoas em seu próprio habitat, eu respeito a Monarquia do Armando, o Comunismo do Darlan, o Ateísmo do Zé Flávio, o Lulismo do José Nilton Mariano, o Anti-Serrismo do Darlan e do Ludgero, o Anti-Lulismo de Carlos Rafael, Morais e outros, a visão poética de ver o mundo de Claude Bloc...

    And the list goes on...

    Só que muitas vezes, embora eu não compartilhe as crenças e as convicções desse povo 100%, devemos aceitar.

    E eu ?

    Bom, eu não sou 100% Lulista, nem 100% contra. Sou a favor do que se faz correto. Ele acerta umas coisas, erra noutras. Busco outras formas de pensamento, de governabilidade, pois o atual não está bom. Mas, claro, minha opinião é o menos importante, porque eu só devo contribuir como participante também. É inevitável, e vc sabe disso, que nós, como administradores também temos opinião. A questão é não impedir, ou não tentar impedir a manifestação de pensamentos contrários. Pois cada um assume o que fala e por isso tem liberdade.

    A única coisa que sou terminantemente contra é o anonimato, a falta de educação, a agressão direta e o uso de palavrões. Isso aí já é parte do código de conduta do Blog. No mais, cada um é responsável pelo que escreve.

    Um forte abraço,
    Espero te encontrar em breve.
    Parabéns pelo Blog também. Espero que por lá os anônimos não te ataquem...rs rs

    Dihelson Mendonça

    ResponderExcluir
  10. Janinha,

    Dá uma olhada no teu e-mail do Hotmail...

    Abraços,

    Dihelson Mendonça

    ResponderExcluir
  11. Jeninha:
    Sua opinião é importante. Se você é jovem, curte a Internet, então prova que você está “antenada” com o mundo.
    E como uma pessoa atualizada deve saber que das 42 nações consideradas democráticas existentes hoje no mundo, 31 delas (ou seja 73,8%) são Monarquias. E já deve ter ouvido falar que 70,4% das Monarquias existentes mundo, em somente 19 delas a renda per capita anual está acima dos US$ 10.000,00. (dez mil dólares)
    (Pesquisa o PIB do Brasil, Jeninha! Um país rico, mas onde (diferente dos paises que adortam a monarquia) os serviços públicos não funcionam (por ex:saúde, educação, segurança) cheio de miseráveis, meninos de ruas, assaltantes, políticos corruptos)
    E quando você navega na Internet nunca deve ter ouvido falar em corrupção na Suécia, Noruega, Dinamarca, Bélgica, Inglaterra (e por extensão Canadá, Austrália, Nova Zelândia, Escócia, País de Gales), Holanda, Espanha, Luxemburgo, dentre outras.
    Essas nações adotaram a monarquia como forma de goveno, Jeninha...
    E mais Jeninha: as nações que adotam a forma de governo como Monarquias Parlamentaristas superam as Repúblicas na maioria dos indicadores e índices, tais como: mortalidade infantil, habitantes por leito hospitalar, porcentagem de analfabetismo, renda per capita etc.

    Ah! outra novidade Jeninha:
    Existem no Brasil diversos movimentos de jovens – que congregam milhares de adolescentes – conhecidos como “Juventude Monárquica”. Essas instituições proporcionam aos jovens estudantes de todos os níveis de educação a pesquisa e o conhecimento da História do Brasil, oferecem aos mesmos a compreensão da Forma Monárquica de Governo em todas as suas características e diversidades, em estudos comparados e com evidências políticas, históricas, filosóficas e científicas.
    Promovem a pesquisa e o debate sobre os principais temas que envolvem a vivência política, econômica e social do Brasil na contemporaneidade.
    Entre num dos “Sites abaixo” Jeninha (mesmo por curiosidade e você verá como ainda existe seriedade em algumas instituições do Brasil)

    http://www.imperialereal.com/
    http://www.brasilimperial.org.br/
    http://monarquia.zip.net/
    http://www.monarquia.org.br
    http://www.restauradores.org.br/manifesto.html

    Tudo de bom, Jeninha. Valeu!

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.