24 setembro 2009

Redes de pesca são incineradas em Iguatu

Fiscais do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) queimaram, ontem, pela manhã, em fornos de uma cerâmica, nesta cidade, 72.500 metros de rede de pesca. Essa foi a maior quantidade de galões já apreendida no Interior durante o período de defeso da pesca em água doce, em 16 açudes públicos do Estado.A incineração foi acompanhada pelo chefe da fiscalização do órgão, Rolfran Castro Cacho, que destacou o esforço dos fiscais. "É um fato inédito essa quantidade de galões apreendida", observou. "Isso revela que infelizmente muitos pescadores insistem em desrespeitar a lei, por falta de conscientização". Nesse caso, cabe ao trabalho dos fiscais do Ibama manter a ordem para a pesca.
Fonte Lindomar Rodrigues

2 comentários:

  1. Este tipo de trabalho,está melhorando agora...Não sou lulista,mas sei que é proveniente da sua cidadania...Pena que é um meio de sobrevivencia...

    ResponderExcluir
  2. Há uma conscientização global maior agora também, diga-se de passagem, de que é preciso preservar o Meio Ambiente em todo o planeta. E isso é bom!

    Abraços.

    Dihelson Mendonça

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.