26 agosto 2009

Vale a pena Ler: Drogas hormonais para próstata são perigosas para alguns homens

Risco é maior para quem tem doença cardíaca ou diabetes.
Mais de 5 mil homens com câncer foram avaliados entre 1997 e 2006.

Medicamentos de origem hormonal usados no combate a tipos agressivos de câncer de próstata podem ser perigosos para alguns homens com doenças cardíacas, disseram pesquisadores dos EUA nesta terça-feira. Eles concluíram que as drogas, que bloqueiam elevações da testosterona que alimentam tumores, ajudam a maioria dos pacientes. Mas aqueles que têm mais de uma forma de doença cardíaca ou diabetes enfrentam um risco maior de morte quando recebem essas drogas junto com radioterapia. Uma equipe liderada pelo médico Anthony D'Amico, do Hospital Brigham & Women's e do Instituto Dana-Farber do Câncer, em Boston, estudou os casos de Os homens receberam radioterapia - ou na forma de radiação externa, ou em pequenas cápsulas radiativas, a chamada braquiterapia - e mais uma das várias drogas destinadas a atenuar a produção de testosterona. Mais de 400 deles morreram ao longo de cinco anos de acompanhamento, segundo estudo publicado na "Jama" (Revista da Associação Médica Americana).

Complicações

Os homens que sofriam de insuficiência cardíaca ou tiveram um ataque do coração tinham mais do dobro de chance do que aqueles sem doença cardíaca ou que tinham apenas um sintoma, como colesterol elevado. Os pesquisadores disseram que entre os homens com insuficiência cardíaca ou que tiveram um ataque cardíaco 26 por cento morreram, em comparação com 11 por cento de mortes no grupo sem essas complicações. Mas isso representava apenas 5% do total dos casos pesquisados, de modo que as conclusões explicam por que no geral a terapia hormonal é positiva para pacientes com câncer de próstata, segundo a equipe de D'Amico. No entanto, segundo eles, os homens com doenças cardíacas sérias precisam conhecer o risco. O câncer de próstata é o segundo mais comum entre homens do mundo todo, atrás apenas do câncer de pulmão. A doença mata 254 mil homens por ano no planeta. Muitos tumores de próstata crescem lentamente e levam anos para causar algum dano, e alguns médicos começam a defender tratamentos menos agressivos para alguns pacientes.

Fonte: Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.