28 agosto 2009

O cartão Vermelho de Suplicy - Por: Edmar Melo

O “CARTÃO VERMELHO” DE SUPLICY

Depois do jogo jogado
Com o Sarney vencedor
Suplicy falou do púlpito
Expulsando o senador
Quase como oposição
Fez gestos de valentão
Depois que tudo acabou

Mas foi o Heráclito Forte
Quem lhe passou um carão
E ao defender o Sarney
Pediu calma ao valentão
E eu aqui só pensando
Nosso Senado sangrando
Na metáfora de um cartão

O Mercadante, coitado!
Fez que ia, mas não foi
Revogou o irrevogável
De piranha virou boi
Deve estar arrependido
De tanto ter desistido
De querer ir, mas não foi

Porque ligar o futebol
Ao imbróglio do Senado
Se o juiz desse esporte
É um dos mais criticado
Pois quando dá um cartão
É chamado de ladrão
Por quem torce doutro lado

Espero que o problema
Tenha a sua solução
Totalmente resolvida
Nessa próxima eleição
Onde o nobre eleitor
Como juiz vingador
Dê também o seu cartão.

Edmar Melo.
Por Creuzo Geovani

Eu pensei que Edmar Mello

Tinha vestido pijama
Com medo de seu parente
De origem alagoana
Que botou unhas de fora
Com olhar de quem namora
A máfia siciliana.

Essa pizza no Senado
Foi mesmo repugnante
Com o Lulismo crescendo
Nas costas do Mercadante
Que sofreu humilhação
Perdendo a reputação
De bigodudo falante.

Lula, nosso presidente,
Mostrou generosidade
Dizendo que Zé Sarney
É governabilidade
E também que no Senado
Tudo seria apurado
“Pela boca da verdade”.

É triste ver no Brasil
A governabilidade
Andando de braços dados
Com a criminalidade,
Pois “Don Vito Corleone”
No Brasil tem outro nome:
José Imoralidade!

Terá chegado ao Brasil
Nas salas palacianas
O silencio criminoso
Da máfia siciliana,
Onde certos governantes
Vivem numa aconchegante
“Cosa Nostra Americana!”?

A Câmara dos Deputados
Em clima de servilismo
E o Senado Federal
Perdido no nepotismo
Deixam a porteira aberta
Para a turminha esperta
Pensar em “NOVOESTADISMO”!

Por Edmar Melo, publicado por Luis Nassif

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.