28 agosto 2009

A leitura de Daldry - Por Demétrius Silva



Deve ser difícil eu não gostar de Kate Winlest, até porque em todos os filmes que vi com ela ela sempre está pelada. Que maravilha. Mas não é por isso (somente) que gosto dela. Ela é integra e muito competente. Ralph Fiennes que elenca esta obra que tirou o Cavaleiro das Trevas do pário do Oscar, podemos dizer que o ano de 2009 foi dele e de Robert Downey Jr. Michael, um jovem de 15 anos se envolve com Hanna, uma mulher bem mais velha que ele, descobrindo assim uma paixão, um amor incontrolável num verão que irá mecher com suas vidas para sempre. Para sempre mesmo.

Stephen Daldry sempre brilhante na direção (pra quem não lembra dele, ele fez As Horas), a academia é apaixonado por este cara, mais ainda do que do Clint Eastwood, mas a verdade é que O Leitor tem cenas lindas e Daldry é o melhor neste ponto com o elenco. Ta certo que deve ser (aparentemente) fácil trabalhar com Ralph Fiennes e a Kate mas a suavisação tão presente em seus filmes colocam em cheque com o espectador, a questão da moralidade irrisória no mundo, e o julgo de pessoas em relação a nossas vergonhas. Os produtores Sydney Pollack e Anthony Minghella que morreram no ano passado não viram sua obra tirar o Batman e ser tão bem cultuada em todo mundo. As locadora já disponibilizam do filme, a obra é baseada no romance de Bernhard Schlink. A Sr. Winslet, casada com Sam Mendes (que fez Foi apenas um sonho) ganhou seu primeiro Oscar no O Leitor. Mas o cinema Daldryano não pode acabar, seja com Kate ou Nicole, suas musas dão um charme irreverente.

Nota: 8,5

Demétrius Silva - Cinemania Cariri - Rede Blogs do Cariri

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.